Carrinho infantil é guinchado pela PM em Santa Catarina

Carrinho infantil é guinchado pela PM em Santa Catarina

O que era para ser uma diversão, acabou virando caso de polícia em Itapoá, litoral norte de Santa Catarina, levantando uma polêmica sobre os carrinhos infantis em vias públicas.

Uma família de São José dos Pinhais-PR, passando férias na região, levou para a rua um mini-Fusca infantil, estimado em R$ 12 mil.

Réplica do clássico Fusca conversível, o pequeno veículo feito para crianças usa um motor a gasolina que o permite atingir 45 km/h, passando longe daqueles pequenos elétricos vistos especialmente em shoppings e praças, geralmente para alugar.

O mini-Fusca estava circulando pela via com o pai e suas duas filhas, sendo uma de 7 anos. Então, flagrado pela Polícia Militar, o veículo foi retido e guinchado, utilizando-se para isso um caminhão-plataforma.

A mãe da menina de 7 anos, que ficou desesperada, postou nas redes sociais um vídeo onde o esposo circula com o mini-Fusca entre os carros e também o mesmo já sobre o reboque acionado pela PM.

Com a imagem da garotinha chorando, o vídeo (confira nesse link) é um apelo da mãe para que o Detran-SC devolva o brinquedo, já que a filha está inconsolável pela perda.

Ela comentou que o brinquedo tem nota-fiscal e que não sabe como proceder para licenciá-lo. Segundo informações locais, a PM já teria advertido a família sobre o uso deste tipo de veículo em vias públicas, o que a família contesta.

Os motivos seriam a falta de segurança do mesmo em relação aos automóveis, assim como por não ter documentação e nem um condutor habilitado ao volante, nesse caso indicando que a menina estaria guiando o mini-Fusca.

Além disso, o pai será responsabilizado criminalmente por entregar veículo a um condutor não habilitado e menor de idade. No ato da apreensão, ele foi multado e teve a carteira de motorista suspensa.

Pelo porte e proposta, o mini-Fusca é considerado um brinquedo e somente para uso em áreas de lazer. A família vai entrar na justiça para recuperar o bem.

[Fonte: Tribuna]

 

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.