Etc Volkswagen

Carro antigo não tem vez em concessionária?

karmann-mobil-safari-1985 Carro antigo não tem vez em concessionária?

Eu possuo uma Karmann Mobil Safari 1985, para quem não conhece, trata-se de uma autocaravan (motorhome) derivado da Kombi. Na quarta-feira passada, dia 6/04, eu circulava pela Av. Marechal Rondon, no Rocha, quando o cabo do meu acelerador se partiu. Abri a tampa de comunicação interna do motor e usando uma corda, mantive o motor levemente acelerado. Isso me permitiu chegar à concessionária Recreio Maracanã que ficava na quadra seguinte.



A aceleração não foi suficiente para vencer a pequena rampa da entrada da concessionária e também não consegui voltar para a rua. Fiquei ali uns dez minutos, engatando 1º e a ré para tentar “desencalhar” enquanto uma fila de carros se formava atrás de mim. Nenhum funcionário da Recreio se dignou levantar o buzanfan da cadeira para ver do que se tratava, apesar de eu estar obstruindo a única entrada da concessionária.

“Então dane-se!”, pensei. Deixei o carro ali mesmo e fui falar com um atendente na Administração. Ele me indicou um funcionário chamado Armando que pediu que eu esperasse pois estava em atendimento. Expliquei, educadamente, que eu não tinha pressa mas que meu carro estava avariado bloqueando a única entrada da empresa, portanto, o interesse em resolver a situação não deveria ser somente meu. Ele pediu que eu falasse com o chefe de oficina Alexandre, mas antes verificasse com o setor de peças se eles possuíam o cabo.

Confirmando que havia a peça em estoque, fui falar com o Alexandre, chefe de oficina, que disse que não poderia fazer muita coisa, pois os atendimentos só eram realizados com agendamento, e que dependia de um dos atendentes agendar meu carro para que ele pudesse desviar um mecânico para me atender. Aleguei que a troca de um cabo de acelerador da Kombi era simples e rápido, que não iria levar nem 15 minutos para um mecânico experiente. Ele respondeu que infelizmente, dependia dos atendentes.

Voltei então a falar com o Armando, e este disse que não podia fazer nada. Voltei ao meu carro e pedi ajuda ao funcionário Anderson, o mesmo com quem primeiro falei. Ele prontamente arregimentou alguns funcionários e empurramos a Safari para a calçada depois da entrada.

Então, fui ao balcão de peças e comprei dois cabos, ao preço de R$ 11 cada um, e fui eu mesmo tentar o conserto. Deita no chão daqui, arranca cabo dali, recoloca cabo e quase consegui. O cabo ficou preso em algum ponto e eu achei melhor então procurar um mecânico… na Favelinha do Metrô. Antes de deixar o carro, voltei na administração e pedi para falar com o gerente geral (não estava), de atendimento (não existia), da oficina (não estava). O de vendas estava, mas não achei apropriado.

Então, pedi o email do responsável e “soltei meus cachorros” ali mesmo, mas sempre educadamente. Disse que havia sido mal atendido, que não à toa os proprietários evitam concessionárias e perguntei o que eles achavam que pensaria um proprietário VW ao ver um homem, todo sujo e sem uniforme , consertando um VW na calçada em frente à uma concessionária VW.

Os funcionários deste setor, logo à esquerda da entrada, aquiesceram e o funcionário Anderson me forneceu o 0800 da rede e consultou o gerente de vendas a respeito que, aparentemente, não quis se intrometer no que julgou ser um problema do gerente de oficina. Peguei um táxi, que não quis me cobrar, já que a distância era muito curta, e fui à favelinha do metrô buscar um mexânico, que me cobrou R$ 60, mas resolveu o problema em 20 minutos (ele encontrou uma dificuldade).

E, a piada final, a concessionária me vendeu o cabo errado, mais longo do que o correto. O mecânico fez uma improvisação. Fui ao balcão pedir troca do cabo remanescente mas a peça correta não havia em estoque. O atendente Valdecy ficou de providenciar e me telefonar quando chegasse.

Meu plano inicial pela manhã era deixar o carro no estacionamento, voltar para empresa, almoçar, trabalhar e depois seguir para a reunião. Tive a pane por volta das 10h e saí da frente da concessionária por volta das 13h. Tive tempo apenas de passar em casa para trocar a camisa, totalmente emporcalhada, e seguir para a reunião no Centro. Onde, obviamente, não foi fácil conseguir uma vaga para carro deste tamanho. Consegui, mas distante, e foi preciso tomar um táxi para chegar ao meu compromisso em cima do laço.

O que percebo, e comentei com o funcionário Anderson é um grande preconceito contra donos de carros antigos e, pior ainda, contra donos de Kombi. Um preconceito burro, pois no caso de antigomobilistas e proprietários de veículos para camping, é comum possuir dois veículos da mesma marca, um antigo, ou de lazer, e um moderno. Muito excepcionalmente não é o meu caso, pois moro perto do trabalho e vendi meu carro de passeio. Mas mesmo que eu tivesse uma Kombi comum, eu poderia muito bem ser um gerente de manutenção de um frotista, que depois disso,  numa próxima compra, talvez desse preferência a outra marca, ou pelo menos a outra concessionária para fazer suas encomendas.

Obviamente não acredito na explicação da necessidade de agendamento. Basta imaginar que se o gerente geral da Recreio Maracanã tiver uma emergência com o seu VW, o atendente Armando e o chefe de oficina Alexandre não vão se recusar a atendê-lo imediatamente. Mas acredito numa falha de gestão e tenho certeza de que os funcionários com poder de decisão na Recreio não têm comprometimento com o negócio, pois só fazem o básico.

Outra marcas tratam melhor o antigomobilista. Nem me refiro à exemplar BMW, mas ao nosso quintal mesmo. Alguns exemplos são a Fiat que acaba de assinar um convênio com o Veteran Car Club para abrir um museu em Belo Horizonte. E a GM, que no passado recente patrocinou uma expedição para levar uma picape Chevrolet Brasil para Detroit.

Obrigado pela atenção. Segue anexa uma foto que fiz do meu veículo.

Marcos Machado – Rio de Janeiro

 

COMPARTILHAR:
  • jersaosp

    Pior que a kombi nem é um veículo fora de linha da VW e eles tratam o consumidor assim…

    • fredggp

      Sem querer defender essas concessionárias (longe de mim), mas tendo em vista que outras pessoas agendaram a revisão/conserto, o desvio do mecânico iria repercutir no andamento das revisões restantes do dia. Sei que foi um simples cabo de aço e que laveria pouco tempo, mas poderia ser outra coisa ou um problema maior, tendo em vista que é um carro velho, e se a concessionária começasse o serviço teria que terminar, se não seria outra insatisfação para este cliente. Fora que a mesma não tinha a peça em estoque e simplesmente não poderia improvisar como fez o mexânico, pois ela é obrigada a dar garantia do serviço.

  • vinicarioca

    LAMENTÁVEL… se eu chego pra comprar um carro nesta concessionária e me deparo com esta situação… vou embora na hora

    • Tempero

      Eu faria a mesma coisa. E o pior é que eles não estão nem aí! Se a gente não compra, tem 200 lá fora esperando para comprar.

    • macielpb

      se fosse comigo eu diria,- "pode agenadar enquanto espero aki ela espera ali na entrada" quando o gerente xega-se kerendo entrar eu keria v se num aparecia uns "troca peça" para fazer o serviço.

  • Robson Iecker

    O que fizeram com rapaz ai é o que fazem com muito no brasil….
    é chato passar por esse tipo de situação……..

    • marcio233

      Com certeza! Nem somente em concessionárias, mas em lojas de shopping, por exemplo. Certa feita, estava em Aracaju a passeio num shopping e enrei em uma famosa loja de roupas. A primeira atendente, bonitona, me olhou de cima a baixo e virou-se. A segunda me recepcionou e, enquanto a primeira estava sem vender nada, comprei quase quinhentos reais de roupas… por isso que muitas destas atendentes continuam ali, como atendentes, só por causa de um rostinho bonito…
      Em uma concessionária GM aqui de SSA, conheço uma vendedora que me contou uma situação inusitada: um senhor chegou de chinelo de dedo e bermuda e as vendedoras novas nem o deram atenção. Uma mais antiga na loja o recebeu como deve ser e o mesmo comprou a Captiva do mostruário à vista…
      É o famoso preconceito velado de muitos brasileiros. Ele está ali, mas escondido…

      • DCald

        Em 2007 eu só não comprei um 206 1.4 por causa do pessimo atendimento… tinha testado todos os 1.4 e 1.6 do mercado na epoca… estava entre o Corsa 1.4 Premium e o 206 1.4 completinho… o Pug tinha a vantagem de ser 3,5k mais barato, apesar de menos potente e menor… além de uma manutenção mais cara…
        Um vendedor já tinha me atendido razoavelmente, mostrando o carro, itens de serie, opcionais e preços… dai no dia seguinte fui com minha mae… a vendedora que atendeu foi super mal educada, ficava fechando a porta do carro, ficava na nossa frente entre a gente e o carro… tipo "protegendo o carro" de um "pobretoes" que chegaram ali num BR 800…

        Dai minha mae falou, na frente dela: "se antes de comprar atendem tão mal, imagina se precisar da garantia?" viramos as costas e fomos embora, passamos na chevrolet (fomos bem melhor atendidos) e compramos um Corsa mesmo… a vista!

        Detalhe que na GM, depois ainda tivemos que mostrar o BR 800 pra varios vendedores, que elogiaram bastante o carro pelo estado de conservação do mesmo…

  • Turbo_Car

    É camarada, a questão não é o carro ser antigo ou não. Basta você aparentar ser pobre que ninguém te atende bem. Tenho 2 carros: um popular 98 e um hatch médio 2007. Quando saio com o popular 98, nem os lavadores de para-brisa de semáforos me "atendem". Já quando saio com o hatch 2007…
    Não é só concessionária que trata mal quem tem menor poder de compra (ou pelo menos aparenta) e você bem sabe disso.

    • mauricio3167

      Acontece o mesmo comigo. Tinha um popular 96 e um zero de luxo. Quando o 96 estava sujo nem esmola me pediam no farol em compensação com o outro tinha medo até de parar no farol.

    • L.

      É muito triste que isso seja verdade (e é). Tenho dois importados, um de muito status(relativamente), outro de nenhum status(absolutamente). A diferença de quando saio com um e outro é óbvia e ululante. Até com os flanelinhas há diferença, alguns são caras-de-pau e ainda pedem um troco, mas a maioria não pede e/ou me olha com cara de pena quando estou com o "sem status"… Se estiver com o outro, é sempre um "e o cafézinho, Dôtor?"…

    • Fabio D.

      Huaeaehaeiua já reparei isso no posto de gasolina, acredita? De 206, bermuda, camiseta, chinelo e barbudo, como adoro andar fim de semana, difícil ser bem atendido se eu não procurar. Agora, de terno e gravata (trabalho com esta roupa, mas não gosto) e guiando o Cerato… a coisa muda bastante de figura! Uma simpatia que até estranho. Só falta mandar servir café.

  • HelioReis93

    É o pós vendas da VW… nivelado com o tipo de veículos que ela produz…

    • DCald

      E pensar que a VW ainda tem um monte de fanboy que se acha o maximo num golzinho 1.nada…

      • 3dimensional

        Toda marca tem fanboys fera.
        E nenhuma marca é "santa".
        Sem mais.

        • DCald

          Sim, sei disso… igual a FIAT tem fanboy que a defende mesmo no caso dos carros soltando roda e tal…
          Até as chinesas tem fanboy!…
          Mas, VW e FIAT tem fanboys aos montes… e isso é injustificavel, seja pela qualidade dos produtos, seja pelo preço cobrado, seja pelo ridiculo pos-vendas…

          • 3dimensional

            Até concordo, mas seguindo seu raciocínio, nenhuma marca no Brasil deveria ter fãs pois todas praticam preços abusivos e a MUITAS delas são desonestas…
            Fiat e VW tem mais fãs pq tem maior participação de mercado eu creio. Normal. ;)

            • DCald

              FIAT e VW tem mais fanboy pq tem maior participação ou tem maior participação pq tem mais fanboys????????
              hehehe

              Marca nenhuma deveria ter fanboy… e não só de carro…

              • 3dimensional

                Mesma pergunta pro futebol…hehe
                Curintia e Flamengo tem mais torcida pq tem mais jogos transmitidos ou o contrário?

                E discordo que marca nenhuma deveria ter fanboy.
                Carro envolve uma parte emocional bem significativa. Eu gosto de VW, apesar de saber de cada defeito que a mesma costuma apresentar…

            • cruzmarcio

              Numa coisa eu discordo, pelo menos na GM.
              O preço da hora do serviço em uma autorizada realmente é muito alto, outro dia fui perguntar e me disseram: R$ 250,00 a hora. Apenas agradeci…
              Já em relação às peças (tenho um Astra de 12 anos), tanto são pouco mais caras que no mercado paralelo quanto eu encontro qualquer uma. Seja a haste esquerda da tampa do porta-luvas ou o parafuso de fixação do estepe, que precisei comprar outro dia. E se não tiver, a facilidade em se encomendar uma para receber em poucos dias é absurda.
              Dinossauro, porém vivo e com saúde! hehehe

  • Renato_Valente

    É isso ai, as concessionárias pouco se importam com os carros antigos, mais todos sabemos que isso é um erro absurdo, pois desta forma concerteza vão perdendo muitos clientes. Infelizmente a maioria delas são assim, nos restando poucas opções.

    • akrobatos

      Exatamente. E agora eles estão com a imagem prejudica não só perante os leitores do NA, o que não é pouco, mas nas principais listas de campismo e caravanismo do pais das quais participo.

    • DCald

      Cara, esse era um diferencial da Javep (chevrolet) em São Carlos… os caras me atendiam bem indo de bicicleta ou com uma Meriva sem placas…
      Inclusive, varias vezes levei a Caravan 88 (isso entre 2003 e 2006!) para fazer manutenção por lá… o pessoal sempre vinha olhar o carro (bem cuidado, por sinal), contar historias de opalas e caravans da familia, etc…

  • jerson_naval

    Poxa isso é uma indignação o carro é da marca e só porque é antigo os caras agiram desta forma nessa mesma concessionária eu ja fui a tendido sem precisar de agendamento com meu Gol G5 com um problema no vidro dianteiro do motorista q não queria descer mas levei e resolveram meu problema muito rápido ….

    • akrobatos

      Sua observação comprova o que eu desconfiava. o que imagino é que eles tenham certo receio de colocar a mão em carros antigos mesmo para serviço pequenos pelo fato de que, com o tempo, as coisas vão saindo do lugar, peças vão sendo suprimidas e o que poderia ser rápido pode se revelar demorado. De fato no meu carro faltava um cano guia na parte final do caminho do cabo do acelerador, o que dificultou um pouco o serviço, mas não muito. Foi por isso que eu não consegui fazer o serviço sozinho, mas o mecânico da favela tirou de letra.
      Ainda assim acho lamentável nem ao menos ter a dignidade de dar atenção ao cliente.

      • DCald

        Se eles tivessem tido a boa vontade de atender… e depois de analisar, tivessem dito que tava faltando uma peça e que não teria como atender, acho que vc não teria escrito esse texto todo… mas, como falta boa vontade, dai tem que colocar a boca no trombone!!!

  • dzindzik

    E aquele comunicado interno da vw falando das chinesas? É parece que ela deveria se preocupar mais com sua imagem do que ficar de olho na concorrência que logo logo tira ela do posto, por essas e outras coisas!

    • MattTr00

      falou tudo… e aquele documento para os que vão vender new Jetta então? para compensar os defeitos e o preço alto do carro, ficando pegando no calcanhar de aquiles dos carros da concorrência.

  • Romulo_Max

    O pós venda em geral é horrivel, não precisa nem ser antigo, basta q vc precise de uma manutenção q não seja as revisões programadas q ninguem liga a minima pra vc.

    Vc podia mandar um email com o link dessa materia pro dono da concessionária (Recreio Maracanã), pra ele ficar sabendo como queimaram a imagem do estabelecimento dele. :S

    • akrobatos

      Eu ia fazer isso, e também enviar para a VW. Mas com a publicação pelo NA eu tenho certeza de que eles vão tomar conhecimento. E de forma bem mais efetiva.

  • Armando_Perez

    pra mim a VW, pode pegar fogo…
    a css da minha cidade é bem assim, o pessoal vai tudo para a cidade ao lado para fazer manutenção e comprar os carros e lá são muito bem atendidos…

  • rafasantos

    Nunca vi nem fiquei sabendo de algum dono de Jetta tendo que consertar o seu carro na frente de uma concessionária da VW… rss

    • akrobatos

      Espere alguns anos e talvez veja.

      • rafasantos

        Aliás, parabéns pelo carro! Muito bonito e conservado!!

      • YankFullsize

        cara, seu carro ta lindo! bem raro vêr uma nesse estado (alias, bem raro ver uma destas! ) Parabéns!

      • DCald

        falando em alguns anos… foi aqui mesmo no NA que li que nas concessionarias FORD não atendem carros com mais de 5 anos… hehehe… absurrrrdo!

      • Wolf_Hoffman

        Parabéns por sua caranga, bem conservada hein B)
        Quanto ao comentario acima, logo logo vc verá um Fox Sedan, ou New Santana na frente da CSS pra conserto kkkk
        Depender de CSS é mesma coisa que espera na fila do INSS, alguns anos aguardando e ainda fazem coisa mal feita ….
        Lamentável o ponto a qual chegamos :@

  • apmneto

    Já tive um VW Polo. Após um sinistro o levei para uma concessionária de Natal (que tem duas, ambas do mesmo proprietário). Autorizado o reparo após vistoria, foi feito o conserto, que demorou bastante.
    Após longa espera entregaram-me o carro, aparentemente perfeito. Porém, com uns dias notei que o ar-condicionado não funcionava a contento. Voltei à concessionária, que diagnosticou que uma das ventoinhas estava quebrada (o polo tem duas, e uma estava com uma grande rachadura, facilmente perceptível). Tive bastante trabalho para que o seguro autorizasse a reposição, pois presumidamente a peça teria quebrado na colisão. O serviço foi autorizado.
    Ao final, a conclusão a que cheguei foi que ou a concessionária foi totalmente displicente ao não verificar que a peça tinha sido danificada na colisão, causando-me aborrecimento e perda de tempo, ou a peça boa foi trocada por uma quebrada durante a estadia do carro na concessionária (é uma peça cara).
    Em qualquer caso, resolvi que não terei mais um VW em decorrência desta experiência.

  • HenriqueAzevedo

    Minha solidariedade ao Marcos Machado.
    Moro no Méier e já presenciei cena parecida.

    • akrobatos

      Obrigado, Henrique.

      • MattTr00

        sou apaixonado por motor home, essa sua kombi é uma raridade! parabens pelo carro, poucos reconhecem o valor dele.

      • lucasfs87

        pra mim a unica kombi que do rj assim era a da Toca de Assis… aquela ali roda beeeem viu!!!!
        Também moro no méier, mas se visse você ali parado no minimo te dava uma carona pra mangueira.. rsrs
        grande abraço!

        • akrobatos

          Obrigado Lucas. Tenho uma história engraçada envolvendo a Toca de Assis. Certa vez eu passei de madrugada em frente à igreja da Candelária e um grupo de pessoas ali começou a gritar: Aqui! Aqui! Aqui!
          Somente depois fui entender que eram os missionários esperando o veículo para levá-los para casa. O motorista deles deve ter ouvido algumas reclamações. Mas como bons cristãos devem tê-lo perdoado :)

          Pessoal, não vou mais agradecer elogios sobre o carro para não fazer flood na página, ok? Desculpem.

      • RSM

        eu já ví seu carro algumas vzs no rio não sei se era vc mas é muito raro ver esse carro, gosto muito apesar de ser uma kombi.

        • akrobatos

          Difícil dizer. Existem mais Safaris no Rio e elas só eram fabricadas nesta combinação de cores. Existem modelos com outras cores, mas foram encomendas. A produzida em série sempre foi marrom-bege-branca.

  • scar_old

    Das Auto. E essa CCS tem propaganda na TV aberta dizendo ser a maior revenda VW do Rio. Imagina as pequenas…..

    • CaduRamires

      Aí é que está: ela é apenas grande. Ou seja, inchada. Tamanho não é documento, quantidade não é sinônimo de qualidade. Logo, quanto maior a estrutura, menos personalizado é o atendimento.

  • MarcosMV

    Chegue com um carrão e logo te promovem a doutor!

  • _Hunter_

    Se chama mensagem subliminar. O pessoal da css está dizendo que você tem que ser mais esperto e comprar outro carro, ou melhor, um carro. Categoria em que a Kombi não se enquadra.:D

    • akrobatos

      No meu texto eu usei a palavra veículo. Certamente a Kombi não se enquadra nesta categoria e nem a VW tentou enquadrá-lo. A Kombi é um veículo utilitário comercial leve.

      A mensagem subliminar deles pode sair pela culatra. Os compradores mais importantes da Kombi para a VW são frotistas, que fazem encomendas através de concessionárias. Já pensou se eu fosse o responsável pelas compras de um deles e estivesse testando um veículo da minha frota?

      Mas só para deixar claro, meu veículo não é uma Kombi. A Karmann-Ghia pegava a kombi furgão na linha de montagem da VW, a transformava e vendia com o documento indicando VW/Karmann Mobil Safari. É um derivado da Kombi, mas não é Kombi, como o Karmann-Ghia é um derivado do Fusca, mas não é Fusca. Mas claro que com essa cara, todos a chamam de Kombi motorhome.

  • Leosena

    O pós venda VW é no mínimo lastimável, pra não dizer coisa pior.

    Fora isso, Kombosa ajeitada em Marcão?!? Sou fã de antigos e fico feliz quando vejo uma relíquia bem preservada. Parabéns!

    • akrobatos

      Obrigado, Leosena.
      Infelizmente não mereço os parabéns. Essa foto deve ter dois anos e de lá para cá eu passei para um estacionamento descoberto prejudicando a pintura, e também fiz algumas mossas na lataria (barbeirantes).
      Mas ainda sonho em economizar um dinheiro e fazer uma restauração completa.

  • ThiagoLMC

    Eu num levo meu carro em concessionaria nenhuma pra arrumar.
    Só levo em oficina comum. A não ser que seja garantia, mesmo assim garantia é ilusão ne.

    Já tive muita dor de cabeça na concessionaria FIAT – Dismove, de Conselheiro Lafaiete.
    Resumo: Fui pedir pra arrumar o cambio de marcha do meu carro, pois nao estava passando a 5ª e 6ª (Siena 6 marchas / 99), e queriam trocar o câmbio inteiro! sairia em R$357,00, e demoraria 5 dias para que as peças chegassem. Fiquei preocupadissimo pois estava muito caro e ainda teria que esperar 5 dias andando com o carro até 4ª marcha. Conclusão, saí da concessionaria e fui em uma oficina comum.. e relatei o problema. O Cara disse que aquilo era apenas uma bucha do câmbio. Comprei a bucha num loja de peças por R$3,90 e ele me cobrou R$40,00 de mão de obra, pois teria que levantar o carro etc. Resolveu meu problema em 20 minutos.

    Com isso, aprendi, na concessionaria Dismove – Fiat, de Conselheiro Lafaiete, não levo mais!

    • akrobatos

      Eu também não costumo ir em concessiónárias, devido à fama de preços altos. Mas como estava em apuros, pedi o conserto e nem discuti preço. Mesmo assim atenderam mal.

    • L.

      Trocar o câmbio inteiro por 357 reais? Eu teria mandado fazer o serviço…

      • 3dimensional

        hehehe
        ÍDEM!
        E ia pegar uns pra vender ainda! huahuhauhauha
        Tem gente que não pode nem imaginar em ter um câmbio automático….

      • ThiagoLMC

        Isso foi a uns 3 anos atras.
        Mas esperar 5 dias? andando de 4ª marcha? fora o tempo que iria levar pra arrumar…

        Me desculpe, mas trocar R$43,90, por R$357,00 eu não acho um bom negócio.

        Agora, o que eu quis dizer, é: se o problema poderia ser resolvido trocando apenas uma bucha, por que eles queriam trocar o cambio inteiro? Será que seria mesmo o câmbio inteiro?…
        Queriam ganhar dinheiro? ou não sabiam arrumar e pra resolver trocam tudo?

        Aí imagine, eles dão esse orçamento mas depois dizem que teria que trocar mais isso e mais aquilo, etc etc…. e aí? iria reclamar?

        Eu acho que fiz o certo… e nunca volto lá!.. Se voces quiserem, fiquem a vontade pra levar os seus carros. rsrsrs

        • fpvolquind

          Acontece que com a cultura do bem de consumo "descartável", e o aumento da complexidade necessária para o conserto de uma peça, está acabando a idéia de que certas coisas ainda são "consertáveis".

          Pegue por exemplo televisão: antigamente, qualquer eletrônica trocava algum resistor ou capacitor no (simples) circuito da TV, ou alguma peça maior facilmente fabricável/falsificável (tipo tubo de imagem) e tava nova. Hoje em dia, com TVs eletrônicas, quem vai trocar o chip da placa e soldar? De onde vai sair uma tela LCD nova que não seja da fábrica?

          A tendência é, com o tempo, as oficinas tradicionais "sumirem", as únicas que vão sobrar são as autorizadas ou concessionárias (ou especializadas em veículos antigos). Com o tempo, vai aparecer um emburrecimento do consumidor, vai ter cara que vai botar o carro fora ao invés de trocar alguma peça simples que tradicionalmente é consertada/trocada em oficinas tradicionais, como hoje tem gente que bota a TV fora ao invés de trocar um simples fusível.

  • Victor_GCA

    Isso acontece e muito e nem precisa o carro ser tão antigo assim… Eu tenho um fiesta trail 2008 e mesmo com o carro agendado em uma css aqui de Maceió eu fui super mal atendido, tive que esperar de molho por 2h! Tinha um senhor com um fiesta 2004 lá tbm que não estava agendado, estava apenas passando por Maceió em direção à outra cidade quando o carro dele começou a fazer o mesmo barulho na direção que o meu fiesta estava fazendo. O coitado teve que esperar muito ainda pq eu fui embora e ele ainda ficou lá sem nem começar a ser atendido. Para piorar a situação, o que dava mais raiva era que só tinha 3 carros na css esperando para serem atendidos, o meu, o do senhor que estava esperando comigo e de um rapaz que estava no fusion, mas o rapaz do fusion não esperou muito não!!! ele estava em um fusion! É muito preconceito! e o senhor do fiesta 2005 estava com um fiesta emprestado de um amigo, ele na verdade é bem $$ o carro de uso normal dele eu não me lembro exatamente, mas era carro bom tbm e ele ainda tinha um mustang!

    Agora só uma piadinha hehehehe…. Já era de se esperar que a GM tratando melhor o antigomobilista com opção de carros que ela oferece.

  • birobiro

    Eu não sei o que é pior: Ir em alguma CCS Volkswagen realizar uma revisão, ou ir ao Detran realizar o licenciamento anual !!!
    Não é a toa que eu saí da VW, pela péssima qualidade da rede de concessionários, funcionários mal treinados, mal educados, … e além disso são muito careiros…. Já fui a umas 5 CCS e todas foram um lixo !!!

  • duhehe

    Acho que a montadora não tem nada a ver com essa historia, não podemos culpar o pedro pelo erro de paulo.
    E preço dos carros também não determinante, já fui bem atendido em CSS VW e um descaso completo na toyota.
    e outra..
    Mau atendimento é inadmissível.
    Não devemos ser insistentes. Ser mau atendido só uma vez, não reclamar e não rasgar saia , simplesmente nunca mais voltar ali é a melhor atitude, bem, eu faço isso.

    • birobiro

      Claro que tem a ver !!
      Ela é obrigada a fazer visitas nos concessionários e constatar a falta de respeito que eles agem com a gente. Todos são culpados neste processo!

    • akrobatos

      Nem tudo que concessionária faz é culpa do fabricante, lógico. O ágio sobre o preço de tabela, e a empurroterapia nas revisões são bons exemplos disso. Mas este caso indica a total falta de uma política do fabricante em relação aos carros fora de linha.
      Outro dia a VW fez um grande evento para comemorar os 30 anos do Gol em que um carro deste modelo recebeu a placa preta. Mas ela só fez isso como estratégia de lançamento da nova geração do modelo.
      Sou injusto ao dizer que a VW não faz nada pelos antigos. O 0800 da empresa te dá informações sobre cores e outros dados a partir do chassis de um veículo produto por elas. Mas é só isso que ela faz pela conservação de sua história? Teoricamente, sua rede, ou uma oficina própria especializada, como faz outra fabricante alemã, não seria o local mais adequado para a manutenção deste veículos?

    • akrobatos

      Amigão, eu não uso saias.
      Sua sugestão de conduta é adequada para certos casos. Não foi o meu entendimento quanto a este.

    • L.

      Tem que reclamar, sim! Se ninguem reclamar o atendimento vai continuar sendo sempre uma b… a mera queda na frequencia de clientes (se é que cairia) não forçaria a empresa a repensar o atendimento, no máximo iam fazer alguma promoção.

      Certíssimo está quem reclama, tanto pessoalmente quanto via telefone, internet, mídia e etc.

  • APF

    Meu lema atualmente é VW NUNCA MAIS !!!
    Eta marca ruim.

  • rogerio201060

    O dono de uma MARCA deve cuidar de todos os pontos do espectro mercadológico!
    Por isto esta enchente de marcas desaparecendo, sendo vendidas, etc….

    A falta de cuidado com quem'aguentou' o império VW dos anos 60/70…aliás a empafia continua a mesma para alguns generais de um soldado só! (tipo esta concessionária que é citada).

  • W_Santos

    Lastimavel….É o nivel de atendimeno da grande maioria de concessionarias e revendas do Brasil. Chegar a pé para ver um carro ou fazer um teste drive é triste, há quem nem olhe pra você. Se vai com um carro simples e antigo, há um desdem no atendimento, como se isso determinasse seu status financeiro….
    E o pior é que a sociedade está construida em cima de paradigmas preconceituosos, e em todos os lugares observamos esse tipo de tratamento, em bancos, corretoras, lojas e até unidades de saúde.

  • fkas

    Para mim, concessionária é para fazer revisão quando o carro está na garantia, e só!!! Suas práticas são quase que criminosas, seus custos, no mínimo abusivos, e seus prazos totalmente irreais. E elas c*gam e andam para serviços pequenos, seja em carros novos ou em velhos (se bem que estes elas nem olham).
    Em 2002 eu comprei um Ka Image e com poucos meses de uso fiz uma manobra desastrada (o Ka antigo com direção hidráulica empolgava bastante) e "ralei" a lateral em uma coluna de concreto… Fiquei com um belo amassado logo atrás da porta, até a roda traseira, e uma dor no coração. Corri na concessionária para um orçamento e quase caio de costas (não queria usar o seguro para não perder o bônus): 20 dias de prazo, R$ 1.800,00 de conta, e várias peças para "trocar"… Levei então em uma oficina "premium", dessas que vivem cheias de carrões importados, e o cenário foi este: 3 dias de prazo e R$ 450,00 de custo (em 3 vezes!), já incluído o borrachão da lateral que precisaria ser trocado (e só!)!!! Detalhe: Eles iriam pintar toda a lateral, e de "brinde" iriam reparar um pequeno amassado "DE DENTRO PARA FORA" na porta (a trava elétrica precisou ser trocada logo que comprei o carro, e um mecânico "muito habilidoso" da revenda bateu com uma chave por dentro da porta, me dando de presente este amassado), e um pequeno dano no para-choques dianteiro causado por um "pedaço" de se soltou de um ônibus que ia em minha frente (a chapa, quadrada, bateu "de quina" logo abaixo do farol, e fez um buraco na capa do para-choques… se batesse 2cm para cima teria destruido meu farol… e o ônibus foi embora, sem tomar conhecimento.). Ficou tão bom que ninguém jamais percebeu que houve algum reparo naquele carro!
    Moral da história: Use para comprar peças originais, mas para o resto FUJA!!!

    • Viper559

      Às vezes nem para comprar peças originais, muitas lojas as vendem por um preço MUITO mais em conta.

  • fpvolquind

    Só uma pergunta… eu sei que é do tamanho de uma Kombi, mas você tem um MOTOR HOME e não tem uma muda de roupa e/ou chuveiro ali?

    • Fredxyz

      Ele não mora no motor home rsrs

    • akrobatos

      O veículo estava na mão de terceiros para realização de um serviço e eu tinha ido buscar, por isso não deixei pertences a bordo. Não seria impossível tomar banho a bordo em via pública mas para o meu veículo há alguns complicadores, pois não tenho tanque de água servida. Eu precisaria parar perto de um bueiro, instalar e esticar mangueira de drenagem, etc. Dava menos trabalho passar em casa.

      • fpvolquind

        Valeu pela resposta, mesmo sendo para uma pergunta meio cômica…
        Creio que o sonho de criança de metade do pessoal daqui era ter um motor home xD
        Realmente, se as concessionárias mal se importam com os antigos, os novos também sofrem. Quando fazia revisão do meu Ka, era 'empurroterapia' direto, e qualquer peça era uma facada. Tive azar com uma oficina da Renault no meu Logan que não atendeu um pedido básico (trocar/consertar uma borracha de porta, serviço dentro da garantia) que pedi junto com um desamassamento que custou uma facada. Fui em outra concessionária Renault e o recepcionista simplesmente apertou a borracha com um alicate, que não deu mais problema… Apesar da garantia de 3 anos, estou pensando seriamente em passar a utilizar oficinas fora de concessionária.

  • mauricio3167

    Por esses motivos que evito de comprar carro zero. Quando compro prefiro perder a garantia e levar num mecânico de confiança

  • ITALIA150

    Primeiro parabéns pelo carro, muito bonito, segundo que eles só atendem bem, quando existe a possibilidade de lucrar muito !

  • Felipe_Henrique

    Eu teria alugado um Audi (Mesmo grupo VW, inclusive muitos sócios de concessionárias VW são também sócios de concessionárias Audi) ou um carro topo da VW e teria chegado lá alegando problemas no carro. Depois de ter a "confiança" do funcionário, mostraria a Kombi, parada na porta da concessionária e jamais teria me sujado no chão da entrada da concessionária na tentativa de trocar um cabo. Não nesta ocasião.

    • L.

      Meio difícil fazer tudo isso no horário de almoço…

      • Felipe_Henrique

        Nada! Com um cadastro numa "Rent-a-car", é fácil…
        Se a gente parar pra pensar que ele tentou trocar o cabo, foi buscar um mecânico e ainda foi em casa trocar de roupa, ele foi ninja! Ainda mais em SP!
        Mais fácil achar uma "Rent-a-car" e tentar resolver o problema na concessionária de outra forma.

        • ITALIA150

          Felipe, só uma correção : o fato foi no município do Rio de Janeiro

        • akrobatos

          O evento se deu no RJ. Não vejo necessidade de alugar carros, pois não preciso deles no dia a dia e para viagens tenho o motorhome. Jamais pensei em me associar a uma locadora para uma eventualidade raríssíma e que, a rigor, não deveria ter ocorrido. Mas, como alguém já disse: não existe "Mundo Perfeito VW".

          • Felipe_Henrique

            Juro que achei que tivesse escrito RJ!
            A atitude de alugar um carro seria somente pra "lavar a cara" da concessionária.

  • luisfelipecd

    Meu sogro comprou um Polo (no RS), e no dia seguinte ligaram de SP, da central de atendimento pra saber como tinha sido o atendimento dele.
    Ele sentou a púa na porcaria da ccs daqui, a PANAMBRA, dizendo que só comprou o Polo pq tinha um e gostava muito do varro, então trocara por um mais novo.
    Dois dias depois liga uma nova pessoa, dessa vez um gerente de relacionamento e ele voltou a informar sobre o péssimo atendimento, falta de educação, de conhecimento dos vendedores e a prática dos preços "conforme o comprador"; meu sogro foi convidado a fazer um tipo de BO, onde ele informava a situação, citava os nomes daqueles que o destrataram e assinava um termo de compromisso. fez tudo.
    Uma semana depois ligam da ccs e bem ríspidos queriam saber pq ele foi fazer "fofoca" (sim, foi esse o termo) e falando que aquele tipo de atitude poderia causar na demissão de funcionários e tal.
    Bem, agora, 1 ano depois, ele foi fazer a revisão dos 20.000 km e cobraram quase 2 mil Reais!! e não deram muitas explicações sobre o porquê, apenas disseram que haviam peças com "sobredesgaste" e que provavelmente era fruto do mal uso do veículo, e que ele forçou muito o motor durante o período de "amaciamento" do mesmo.
    Meu sogro entrou em contato com a VW, disse que não era a primeira vez que tinha problema com a PANAMBRA e perguntaram se ele já havia protocolado a reclamação anterior, ele afirmou e informou o número, mas pra surpresa dele, a VW informou que não havia nenhum tipo de BO no nome dele e nem no nome da ccs, que por sua vez era premiada por seu atendimento!!!!

    • JADERSONLEMAO

      Concordo com ele e bato o pé dizendo que o atendimento da VW é um dos piores que já ví.
      Agora o melhor é o da FIAT.

      E eu tenho um VW e digo a verdade todos q tem FIAT estão satisfeitos com o atendimento aqui na cidade.

    • akrobatos

      O episódio da "fofoca" configura a coisa como constrangimento ilegal. Seu sogro poderia entrar com ação, mas seria complicado provar. Já o sobredesgaste poderia ser contestado por um laudo de engenheiro mecânico.

      • luisfelipecd

        Ele contestou, e a "solução" oferecida seria a ida de um engenheiro da VW até Pelotas (cidade onde ele e eu moramos), sendo que o cara em questão sairia de POA, e meu sogro teria de bancar passagens, hospedagem e alimentação; caso ficasse caracterizado que o problema era do motor e não de mau uso, o valor seria reembolsado.
        Ele obviamente não aceitou, então a VW mandou ele ir na ccs e lá desmontariam o motor, o mesmo seria fotografado, remontado e ele vai que esperar pelo laudo que será feito a partir das fotos.

        • akrobatos

          Mas independente disso ele pode pedir um laudo a qualquer engenheiro mecânico. E se quiser deixar a coisa acima de qualquer suspeita, a um perito com fé pública (Inmetro ou polícia). O problema neste segundo caso é que também envolve altos custos.

  • lucasfs87

    pra mim a unica kombi motor home do Rio era a da Toca de Assis, que inclusive é idêntica a essa… aquela ali roda o Rj todo!!

    • akrobatos

      Não é a única. Mas é a que roda constantemente dentro da cidade. As outras têm pintura idêntica (quase todas foram fabricadas assim) mas são usadas em viagens com destinos fora da cidade.

  • akrobatos

    Não é caso da esfera criminal. É discutível se eles tem obrigação de me atender, portanto, é para a esferal cível.

    • 3dimensional

      Sua sensatez é admirável caro colega. ;)

  • fabioalisson

    É por essas e outras que eu confio cada vez menos em concessionárias para mexer no meu carro. Só tenho dependido das mesmas para compra de peças, pois mão de obra eu confio MUITO mais no meu mecânico de confiança.

    Fora os serviços de lanternagem, para se ter uma ideia, no Palio da minha mãe sofreu 2 pequenos acidentes de proporções de estragos semelhantes, o primeiro consertado em concessionária, o segundo em uma oficina credenciada da seguradora, o segundo conserto saiu MUITO melhor, sem contar que o primeiro levou mais de 2 semanas, o segundo, 4 dias.

    Vejo que concessionária é o "mal necessário" para carros em garantia.

  • Matheus_Marques

    Belissima Karmann Mobil Safari, parabéns!

    Quanto ao serviço na concessionaria, lamentavel e somente isso. Nao que o mau atendimento seja alguma novidade em qualquer lugar que lida com pos-venda, mas acho que ja ta muito batido esse negocio de que "tem que falar com o fulano", "isso depende do beltrano" ou "so posso fazer com a autorizaçao/presença do beltrano". Ma vontade é ma vontade, e ja estamos cansados de saber disso! Agora… A obrigaçao de uma concessionaria que quer colher frutos é tratar bem seus clientes, sobretudo quando esses clientes a tratam educadamente, como é o caso em questao.

    Preguiça dos funcionarios. Isso define com pontualidade o fato de um ficar empurrando pro outro com desculpas esfarrapadas como subterfugio.

  • Galvão

    Minha vó tah querendo vender a KIA Besta 98/99 dela.Na época(3 anos atrás)ela pagou R$33.500,hoje,ela não vale nem 20 mil mais!!
    Ela já ofereceu por 20 mil,mas ngn quer!
    Não sabemos mais o que fazer pra vender!!
    Alguém quer comprar??
    kkkkkkkkkkk

  • BlueGopher

    Puxa, até lembra a saúde pública em alguns locais do Brasil.
    Do jeito que estão alguns hospitais, o sujeito tem que marcar hora para ser atendido em caso de parada cardíaca…

  • joaopbezerra

    "Expliquei, educadamente, que eu não tinha pressa mas que meu carro estava avariado bloqueando a única entrada da empresa, portanto, o interesse em resolver a situação não deveria ser somente meu."

    Deveria ser somente seu sim.
    A concessionária não tem nada a ver com sua situação.
    Você deveria ter era chamado um reboque, ou "se virar" pra não atrapalhar a entrada da concessionária.

    • akrobatos

      João Bezerra, logicamente eu não me referia à responsabilidade legal sobre a situação, que claro é do dono do veículo. Me referia ao interesse. Ou é do interesse de algum comércio ter seu único acesso bloqueado? Se ele vai resolver isto com boa vontade, que foi o que eu implicitamente sugeri, ou com medidas legais, aí é outra questão.
      Não sei se você leu meu relato atentamente mas informei que desobstrui a entrada da concessionária assim que soube que eles "não poderiam" me atender. Não tive em nenhum momento a intenção de obstruir deliberadamente a entrada da concessionária. Não sou um "MST automotivo". Minha intenção usar uma vaga do estacionamento deles, que é amplo e fica em frente à loja, porém cercado.

      • cruzmarcio

        Sem contar a péssima propaganda com esse tipo de atendimento.
        Ao invés de mostrar orgulho por ter um veículo especial desses rodando até hoje, a marca trata assim alguém que investiu nela?
        Então se você comprar um veículo diferenciado e quiser mantê-lo por 20 anos ou mais, afinal você realmente gostou e a marca em tese ofereceu um produto de ótima qualidade, azar o seu se precisar de manutenção?
        Descaso até pra te fornecer a peça correta? Na autorizada? "Leva esse cabo aí que é de Kombi comum e deve servir…"?
        Com certeza, se eu estivesse na fila e pretendesse comprar um 0Km, ao ver uma cena dessas isso me faria repensar.

  • Sias

    Sempre achei muito legal esta camioneta.

    Uma vez em viagem, por volta de 2001, estava viajando com um Logus e o cabo do velocímetro arrebentou. Consegui ser atendido na única concessionária que existe em Santo Ângelo – RS e fui atendido fora do horário de expediente. Tive que recorrer a uma concessionária e pelo menos desta vez fui bem atendido.

    Mas concessionária é só para as revisões da garantia e somente o que está no manual. Já tive problemas com a Jardine – GM e Simpala – GM. Na Jardine não tinham peças de reposição para a D20 (isto em 96 e com o carro deste mesmo ano, 0km) e não sabiam fazer a geometria dela. Na Simpala a mesma coisa: não fazia muito tempo que haviam tirado a D20 de linha e já não tinham mais nehuma peça de reposição.

  • bilharinho

    Não precisar ser antigo. Basta ser um carro mais barato. Chega vc em seu carro popular 1.0 e outro com um carro de categoria superior para você ver. Adivinha quem tem preferência. Em qualquer comércio é assim. Eles se guiam pelo "cheiro" do dinheiro e não pela ética no atendimento ao cliente.

  • 3dimensional

    Eu tenho uma visão bem fundamentalista em relação à concessionárias também…
    Já ví e ouvi MUITOS casos que provam que são "empresinhas" duvidosas que só querem o seu dinheiro e não a sua satisfação.
    De BMW até VW. Todas iguais!

    Só compro peças originais nas autorizadas quando o preço é justo(poucos casos).
    Outro dia comprei um filtro de combustível na VW e como meu mecânico fica do outro lado da cidade(BH) achei que não haveria problema algum em pedir a própria autorizada pra executar o serviço na hora mesmo. Ledo engano…serviço só agendado.
    PERAE! Uma oficina autorizada que não tem serviço rápido? Coisas do Brasil pelo jeito…

    Outra coisa que NUNCA faço é largar um carro que tenha apenas um defeito específico na css. Casos de carros que entraram bons e sairam péssimos de autorizadas são fartos por aí….
    Complicado!

    Abraços!

  • akrobatos

    Pessoal, obrigado pelos elogios ao veículo. Parei de agradecer diretamente cada elogio para não fazer flood na página.

  • mikaelbrian

    aqui é o Brasil o país da impunidade e de outras coisas, ele ñ ligam pra carro já vendidos soh pra carros que vão vender e o resto q se dane, se for ter um carro com + de 10anos ñ passe em uma css ou assistencia tecnica dela pq ele lhe darão a minima pro seu caso.

  • Ricardo_Diniz

    Caro Marcos,

    Infelizmente aqui no Rio de Janeiro situações como essa são cada vez mais a norma quando deveriam ser a excessão. Parabéns pelo relato. E fica o pedido para todos os da comunidade, relatem, denunciem! só assim forçaremos uma mudança seja colocando esses maus comerciantes para fora do mercado por inatividade seja por que alguém com um mínimo de consciência resolva a situação e providencie um mínimo de "aprendizado" a esse pessoal que deveria estar devidamente treinado em como tratar o cliente.

  • afolive

    Hoje em dia, praticamente todas as relações comerciais, sejam elas com o setor privado ou com o estado, prevalece o descaso para com o cidadão comum, mesmo ele sendo o objeto da razão da existência de ambos. Nestes casos, cabe a nós respirarmos fundo e contar até mil para que não percamos a cabeça e acabar fazendo besteira. Na situação vivida por vc era para a empresa ao ser solicitada, no mínimo lhe ser solidária para ajuda-lo a resolver o seu problema, assim como nós fazemos quando vemos alguém em uma situação semelhante.
    Uma das grandes diferenças das verdadeiras economias capitalistas para o capitalismo brasileiro, é que a primeira trata todos os indivíduos como possíveis consumidores em potencial, enquanto que a nossa economia, trata as pessoas como possíveis otários de quem irão arrancar dinheiro.
    Voce tem a minha solidariedade com sua indignação e compartilho com a sua atitude, ou seja, tornar público esse fato, pois a única forma de defesa que temos em um caso como este é mostrar a verdadeira cara da empresa.
    Ainda bem que voce tem uma safari para dissipar todos os dissabores do cotidiano.

    • akrobatos

      Obrigado afolive. A Safari é uma grande fonte de prazer e geradora de amizades. Ponde vou as pessoas torcem o pescoço, sorriem e puxam conversa. Acho até que foi a indiferença total dos funcionários da empresa que me chocou e me fez largar o carro ali. Mas como você bem observou, procurei contar até mil e fazer o que era possível sem ser agressivo com ninguém.

      • cruzmarcio

        Essa Safari já merecia uma reportagem especial! :)

  • ThiagoLMC

    Depende do carro, o meu era um siena 6 marchas, ano 99/00. E o ocorrido foi em dezembro de 2007.

  • vini_c_a

    Felizmente não uso a rede de concessionárias, dificilmente encontramos uma boa e honesta. Procurem um bom mecânico, de confiança e um lugar especializado em peças para sua marca. Em São Paulo, falando de GM temos a Accioly, Só GM e Filadélfia por exemplo, para Ford temos a Agromotor e do lado a Toyagro para Toys.

    • macumba_online

      Excelente o atendimento da accioly, mesmo por telefone e com descrição nada técnica minha, souberam entender a peça que eu queria pro meu sedan, aceitaram enviar a peça pelo correio, e fiz depósito na conta da empresa, além de pagar muuuuito mais barato na peça (original) do que me pediram na concessionária.

  • kikofar

    Meu cunhado tem uma teoria que é a mais pura verdade. Ele tem 1 BMW 328 1996 e uma Grand Cherokee 1998. Na concepção dele, ir à concessionária, ainda que se tenha grana para pagar o preço deles, no caso desses carros, é pura perda de tempo. Afinal, vocês acham que há algum mecânico que está lá desde 13, 14 anos atrás??? Pouco provável né! Então, vocês acham que um problema num carro desses tem chances de ser resolvido na base do "empirismo"? (Tradução: na base do chute e do "troca tudo"). É claro que sim!!! hehehehehe E haja grana e desapego com o carro, afinal, ele poderá ser um "laboratório" nas mãos dos mecânicos. rsrsrsrsrs

    • akrobatos

      Kikofar, Eu só fui à concessionária porque tive o defeito bem próximo dela e me pareceu a forma mais rápida de resolvê-lo. Ademais, a toca de um cabo de acelerador na linha VW refrigerada a ar é tão fácil que até quem nunca mexeu com mecânica é capaz de conseguir. Por isso eu mesmo tentei.
      A teoria de seu cunhado é parcialmente verdadeira pois muitos sistemas atuais são evoluções dos antigos. Então, teoricamente, quem aprendeu a trocar pneu de moto, sabe trocar pneu de bicicleta.

  • Marcelorjcg

    Isso não é caracteristica de marcas ,e sim de pessoas. O ser humano é a maior doença que temos entre nós.Eu estive na KIA para comprar um sorento (estava de calça bem malhada e camisa bem desbotada -propositalmente sempre faço isso) e ninguém me atendeu.

    • akrobatos

      Concordo. Mas é por isso que a marca deve definir uma política de atendimento clara. Quando não o faz, a característica passa a ser dela, pois "uma corrente é tão forte quanto seu elo mais fraco".

  • afolive

    Hoje em dia, praticamente todas as relações comerciais, sejam elas com o setor privado ou com o estado, prevalece o descaso para com o cidadão comum, mesmo ele sendo o objeto da razão da existência de ambos. Nestes casos, cabe a nós respirarmos fundo e contar até mil para que não percamos a cabeça e acabar fazendo besteira. Na situação vivida por vc era para a empresa ao ser solicitada, no mínimo lhe ser solidária para ajuda-lo a resolver o seu problema, assim como nós fazemos quando vemos alguém em uma situação semelhante.

  • AntonioFord

    e até aí tem o caso do "EMPURRA EMPURRA",em que um gerente da loja passa pra outro gerente,e esse passa pra outro,e quando conseguimos o que queremos,é a peça errada,eu,mesmo tendo 14 anos,vou à uma concessionária Ford,nunca vi nada parecido,sendo que passo lá há um bom tempo…

  • macumba_online

    Certa vez tive problemas elétricos com o jeep 1952 da nossa família, e como a cidade onde estava era pequena encostei na primeira auto-elétrica que encontrei. Me atenderam como nunca fui atendido em nenhum outro lugar em minha vida. Além de muito atencioso o eletricista trocou vários metros de fios, fusíveis e diversas outras coisas até estar totalmente satisfeito com o resultado. Imaginei que deixaria uma boa grana pelo serviço, mas ao terminar o conserto, o proprietário me informou que não cobraria nada, pois há muito tempo não mexia num modelo como aquele, e que se sentia honrado em consertar um veículo daquela idade, e segundo ele tão bem cuidado. Acho que de vez em quando as grandes empresas deveriam olhar com outros olhos o atendimento que dão aos clientes, pois não adianta apenas ter bons produtos…. nós consumidores gostamos mesmo é de ser bem atendidos. Sou mais um exemplo de quem provavelmente jamais voltará a comprar um vw (depois de ter tido 3 carros da marca). Explico em novo post…

  • macumba_online

    Ocorre que na minha opnião concessionárias da marca, no caso a vw, que falam tão mal do produto que, anos atrás te venderam como sendo bom e confiável (caso dos 2 gols 16v que tive), não merecem credibilidade. Se nem a vw quer pegar na troca, em veículos novos da marca, carros que ela mesmo vendeu, e que poderiam facilmente passar por revisao e verificação do estado do carro… demonstra que nem mesmo a empresa acredita em seus produtos… Negar aceitar na troca veículos da própria linha, em excelente estado…. Usando desculpas de que o carro é ruim de negócio…… Ruim de negócio pra mim são as concessionárias vw daqui de Santa Catarina.Na chevrolet pegaram meu carro acima da tabela, e na época comprei um corsa pelo preço promocional…. Por essas e outras provavelmente as concessionárias vw me perderam pra sempre como cliente… A mim e a todos que eu conseguir levar junto… Nós consumidores muitas vezes não sabemos o poder que temos… Podemos não mudar o mundo, nem as empresas, mas… na minha garagem mando eu, e aqui, VW não entra mais !!!

  • eduardoks1

    Bateram na traseira da parati do meu vizinho e ele teve que trocar toda a tampa, insistiu com a seguradora em fazer o serviço em uma css da vw, chegando em casa, que surpresa, a tampa não abria. Casos como esse tem de monte, css ou não o que vale é achar um mecânico que seja de confiança, o que está se tornando cada vez mais raro… infelizmente…

  • TallWang

    Conterrâneo,

    Essa é a velha e boa simpatia e hospitalidade carioca… quer dizer, preconceito e desprezo se você anda com um carro antigo…

    Uma lástima.

    Ps.: Tenho um Opala 84 para meu uso diário e sei o que digo.

  • CharlesAle

    Meu pai viu um homem branco,de cabelos grisalhos e com a roupa suja de barro em uma css ford aqui do abc,ninguém nem olhava na cara dele(vendedor)ele,sem mais nem menos,subiu na diretoria,após 10 minutos,desceu ele e um diretor muito nervoso,e esse diretor perguntando quem iria atender o homem,interessado em comprar duas F 4000,o homem era um empreiteiro de obra e estava construindo só dois prédios enormes para uma imobiliária vender os aps,e segundo se comentou depois,ele é o primeiro a chegar na obra e pega no batente!!!!

  • Fabio D.

    Acho lamentável esse tipo de postura. Só porque é Kombi não significa que o camarada não merece atendimento de qualidade. O que interessa pro dono da loja é lucro. E por acaso tá escrito na cara do dono desse carro que ele não tem dinheiro, só porque é Kombi? Aí quando a gente fala alto, solta meia dúzia de patadas nos funcionários, as coisas andam rapidinho.

    Ele até teve paciência. Eu faria diferente. Primeiro armava o barraco DENTRO do salão de carro zero da loja. Depois largava o carro na entrada da loja e ali ia ficar até resolverem o problema. E armando inferno… Até poderia fazer o que ele fez, chamar o mecânico lá na favela do metrô, mas o espírito de porco é mais forte, atrapalharia até dizer chega.

  • Cil

    Mas isso não é exclusividade da VW ou mesmo de carro antigo. Quando eu precisei levar meu Picanto na CSS em garantia, só tinha vaga para dali a cinco dias. Até certo ponto é compreensível, porque a oficina é um ovo, mas e se eu precisar de serviço com emergência tipo chegar lá guinchada… isso se o guincho entrar naquela ruela. Será que só vão atender um carro guinchado com agendamento??? EHEheheheheheheh… Quero ver mesmo é quando a nova sede deles ficar pronta, que é maior, se ainda vai continuar assim.

    Daí, como não quis esperar, levei meu carro numa oficina aqui perto para eles pelo menos avaliarem o carro. Fui prontamente atendida. A oficina estava cheia, mas um dos consultores veio me atender, saiu comigo para andar no carro, colocou o carro no elevador para verificar… e eu ainda não paguei um centavo. Ehehehehe…

  • FordCorcel

    Insisto: a VW no Brail fabrica KOMBI só para lucrar MUUUUUUUITO, se vai transportar crianças sem segurança, se vai matar alguém pegando fogo, isso não interessa, interessaria se fosse na Alemanha, nos USA, etc, mas aqui, o importante é lucrar MUUUUUUUITO. E não estão nem aí para o consumidor, que se dane. Meu conselho: continue com sua interessante Kombi Safari, mas não compre nunca um VW para seu "uso diário", em conversas com amigos, diga mesmo que a VW não presta e conte seu acontecimento. E diga-lhes também que quando eu estive na Alemanha e falei, aos 4 ventos, que no Brasil a VW, que é alemã, ainda fabricava este modelo de Kombi, e que muitas serviam p/ transportar crianças e quase todas só transportavam pobres, eles ficavam chocados, a ponto de uma senhora chorar!! É fato: nem o povo alemão imagina que esta maquina de matar ainda é fabricada aqui, não existe QUALQUER compromisso social da VW em fabricar esta nojeira. Não entro no mérito do antigomobilismo, é outro assunto, nada tem a ver com as vitimas diárias da KOMBI!

  • Rodrigolf

    Essa autorizada é muito ruim, já fui mal atendido várias vezes ali, e não importa com que carro vc vá, o atendimento é péssimo !!!

  • Qualquer concessionária, de qualquer marca, precisa agendar os serviços, mesmo os pequenos, pois 20 minutos ali e aculá atrasam serviços programados. Os tempos mudaram. Existem empresas especializadas em Auto Socorro com manutenção imediata.

  • Geraldo Delanhese

    Concessionárias no Brasil, só serve para vender o carro, o pós venda não existe, as peças e serviços são cobradas com agio, tive um pós venda na Tempo Fiat Campinas, q o funcionário da concessionária danificou quebrou uma alavanca do painel do ar condicionado, ele apenas trocou o ventilador na garantia, mas me deu um prejuízo de um painel novo….
    Se as montadoras vendessem o carro diretamente sem estes exploradores, o carro zero seria mais barato com certeza….

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email