Usado da semana

Carro da semana, opinião de dono: Alfa Romeo 145 Quadrifoglio 1996

alfa-romeo-145-quadrifoglio-1996-9-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Alfa Romeo 145 Quadrifoglio 1996

Ola pessoal do NA, meu nome é Bruno Melo, sou um visitante assíduo do site e nunca comentei uma matéria, vim pensando ao longo do tempo, e cheguei à conclusão que ao invés de comentar, eu poderia trazer uma matéria. Como não sou jornalista achei melhor relatar sobre meu carro.



Para mim, eu sou um feliz proprietário de um Alfa Romeo 145 Quadrifoglio 2.0 16v Twin Spark 1996/1996, mas para outros, eu sou um infeliz dono de uma “BOMBA”. Digo isso, pois, muitos deixaram uma certa má fama para a fabricante Alfa Romeo, para resumir esta historia, essa má fama, acredito eu, veio pelo fato de não ter mão de obra qualificada na época e peças com alto valor de mercado, hoje em dia o caso é bem diferente, sou capaz de dizer até que na faixa de preço que se encontra esses modelos (em específico o modelo 145) não há melhor custo benéfico no mercado (na minha opinião).

alfa-romeo-145-quadrifoglio-1996-10-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Alfa Romeo 145 Quadrifoglio 1996

Enfim…vamos falar do meu carro

Antes de comprar essa Alfa eu estava em busca de um carro até R$ 12.000, mas não um carro que se vê todos os dias nas ruas, eu queria algo mais exclusivo, mas ao mesmo tempo, que não fosse caro de se manter, e que pelo menos tivesse 100 cv, e nas minhas buscas eu encontrava carros tais como Marea, Omega, os quais eu já tive, e carros 1.0 populares sem opcional algum.

Meu penúltimo carro foi uma Alfa 164 3.0 com 193 cv, amava ela, foi uma perda lamentável, pensei em comprar outra, mas o alto consumo me desanimou, como gostei muito do acabamento da marca, resolvi então continuar a fiel a mesma e decidi minha compra, sendo uma Alfa 145 mas tinha de ser uma “Quadrifoglio” (versão topo de linha), olhei umas três e não estavam muito boas, mas quando bati o olho nessa, foi amor a primeira vista, ela estava com 174.000 km rodados e o cabeçote estava na garantia pois havia sido feito pelo dono anterior uns 500 km antes de venda.

Isso certamente ajudou a me decidir por ela, pois sou daqueles que, se o serviço foi bem feito, e estava com garantia não me importava apesar da quilometragem alta, ainda mais por ser o modelo completo com couro, teto solar elétrico, ar condicionado, freios a disco nas 4 rodas com ABS, entre outros itens…paguei nela R$10.000 ela estava em ótimo estado e ainda está, com seus 190.000km atualmente , com todas as peças originais, logotipos, acabamentos internos e etc., hoje ela já não esta 100% original, eu mesmo a envelopei de vermelho alpine pois não gostava da cor original, uma espécie de vinho e instalei as rodas do Stilo Dualogic aro 17, apesar das originais serem lindas.

alfa-romeo-145-quadrifoglio-1996-7-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Alfa Romeo 145 Quadrifoglio 1996

Desempenho, Consumo

Bom, muitos acham que por ela ser um carro 2.0 16v de 150 cv, ela deva ser “beberrona” mas na verdade não é, não sei ao certo, mas creio que sistema usado pela Alfa o “twin spark” (duas velas por cilindro) ajude um pouco na questão de consumo com o carro, moro em Belo Horizonte e o uso o carro no dia a dia, 50% por com o ar ligado e 50% com ele desligado e tenho medias 9 km/l, e na estrada tenho tirado medias de 12 km/l, acho um consumo excelente para um carro com uma proposta esportiva.

E por falar em performance, muitos pensam também por ter 150 cv é um carro pra sair dando um “coice” em uma arrancada, mas na verdade não, esse motor é bem lerdo até os 2.500 rpm chega a ser incomodo ter reduzir até a primeira marcha pra subir um rua um pouco mais íngreme, outra coisa incomoda é o fato do cambio ser curto demais, numa estrada por exemplo em 5° marcha em velocidade de cruzeiro tipo 100 km/h o giro fica em torno de 3.000rpm, mas ao mesmo tempo é um ponto forte, pois quando precisa-se de torque ele já esta ali, é só pisar que ela dispara. Se ela não fosse tão “frouxa” em baixas rotações diria que ela seria um perfeito Hot Hatch.

alfa-romeo-145-quadrifoglio-1996-5-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Alfa Romeo 145 Quadrifoglio 1996

Design, Conforto

Por ser um carro velho, 18 aninhos, supera muito, mas muito mesmo carros atuais em relação ao design e conforto. O design apesar de antigo chama atenção por onde passa, as pessoas acham que é um carro bem mais novo do que é, e também acham que deve ser caríssimo por ser importado, esse é um ponto forte, as linhas são bem atuais olhando os “legos” que nossas grandes fabricantes fazem hoje.

O conforto é bom dentro da proposta do carro, pois o carro é bem baixo e a suspensão é um pouco rígida, com as rodas e pneus originais 195/55/15 não se passavam tanto as irregularidades do piso, mas quando aumentei o diâmetros das rodas, houve aumento significativo dos ruídos e imperfeições dos piso para dentro da cabine, os bancos são Recaro em couro (originais) com abas laterais e são relativamente macios, possui regulagem em altura somente para o motorista, o volante de três raios tem boa empunhadura e regulagem de altura.

O espaço interno para o motorista é razoável, mas para o passageiro dianteiro é como um “divã” devido ao desenho do painel que é recuado para a frente, no banco de trás confortável mesmo somente pessoas de baixa estatura ou crianças, que no meu caso não incomoda pois somos eu, minha esposa e meu filho de 4 anos, o porta malas é suficiente para uma família como a minha, entrou mais um adulto na viagem a bagagem já vai apertada. Uma coisa que me incomoda um pouco é o fato ar condicionado demorar a gelar, levei em uma oficina especializada e me disseram que é normal devido ao para brisa que é grande e inclinado sobre o painel, e pelo fato de não ter “insulfilm” nos vidros. No mais o carro me atende e me agrada nesses quesitos.

alfa-romeo-145-quadrifoglio-1996-4-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Alfa Romeo 145 Quadrifoglio 1996

Manutenção, Peças

Chegou a parte que muitos esperam, por se tratar de um importado, muitos imaginam que as peças são difíceis de encontrar, que a mão de obra deve ser caríssima, mas ao contrario disso, as peças e a manutenção são muito baratas.

Poucos sabem que a Fiat não só representava esses carros no pais como também compartilhava peças e plataforma de seus carros com os Alfas, a plataforma da 145 é a mesma do Fiat Tipo assim como varias peças da suspensão, freios, sensores entre outros, as correia dentada e os tensores são os mesmo do Marea 1.8 assim como filtro de ar, Tbi alguns sensores e muitas outras coisas, existe até mesmo uma tabelas de peças Alfa Fiat Lancia que mostra todas as peças compartilhadas, por esse motivo a mão de obra não é cara pois seria o mesmo que dar uma manutenção em um Fiat tipo.

Como exemplo recente troquei os cubos e rolamentos dianteiros que custaram R$ 55,00 e R$ 40,00 cada respectivamente e a mão de obra R$ 80,00, preço bem próximo de carros como Gol, Uno, Corsa e companhia. O problemas mesmo é com a lataria, não que sejam peças difíceis de se encontrar, mas os valores são relativamente altos pelo ano do carro, a exemplo comprei um retrovisor usado que não saiu nada menos que R$ 350,00, achei bem caro por se tratar de ser o mesmo do Fiat tipo com a carcaça diferente.

alfa-romeo-145-quadrifoglio-1996-3-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Alfa Romeo 145 Quadrifoglio 1996

alfa-romeo-145-quadrifoglio-1996-1-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Alfa Romeo 145 Quadrifoglio 1996

alfa-romeo-145-quadrifoglio-1996-8-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Alfa Romeo 145 Quadrifoglio 1996

alfa-romeo-145-quadrifoglio-1996-6-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Alfa Romeo 145 Quadrifoglio 1996

Ficha técnica

Motor
Instalação Dianteiro Aspiração Atmosférica
Disposição Transversal Alimentação Injeção multiponto
Cilindros 4 em linha Comando de válvulas Duplo no cabeçote
Válvulas por cilindro 4 Diâmetro dos cilindros 83 mm
Taxa de compressão 9,5:1 Curso dos pistões 91 mm
Cilindrada 1969 cm³ Potência 150 cv a 6200 rpm
Combustível Gasolina Torque 18,9 kgfm a 4400 rpm
Peso/potência 8,40 kg/cv Torque específico 9,60 kgfm/litro
Peso/torque 66,67 kg/kgfm Potência específica 76,18 cv/litro

Transmissão
Tração Dianteira Câmbio Manual de 5 marchas

Suspensão
Dianteira Independente, McPherson
Traseira Independente, McPherson

Freios
Dianteiros Disco ventilado Traseiros Disco sólido

Direção
Assistência Hidráulica Pneus dianteiros 195/55 R15
Diâmetro de giro 11 m Pneus traseiros 195/55 R15

Dimensões
Comprimento 4090 mm Largura 1710 mm
Entre-eixos 2540 mm Altura 1440 mm
Porta-malas 218 litros Tanque de combustível 61 litros
Peso 1260 kg

Desempenho
Velocidade máxima 203,4 km/h Aceleração 0-100 km/h 9,7 s

Consumo
Urbano 10,4 km/l Rodoviário 12,9 km/l

Prós e contras

Prós:
Design (exclusividade)
Consumo
Potencia e torque em alto giro
Custo x beneficio

Contras:
Conforto (suspensão baixa demais)
Fraco em baixas rotações
Preços de peças de lataria

Minha conclusão é a seguinte, eu recomendo o carro aos que são mesmo apaixonado por carros, e conhecem um pouco sobre a Alfa Romeo e seus famosos “Quadrifoglio Verde”, é um carro barato e fácil de se manter e que na faixa de preço na minha opinião não se encontra muita coisa com os acessórios, potencia e exclusividade que o mesmo tem, aos que se interessam em adquirir um, recomendo que leve até um mecânico que entenda bem de Marea que ele saberá dar um bom diagnostico, e se precisarem de alguma informação podem me perguntar a vontade.

Assim termina meu relato, espero que tenha atendido a todos, deixo bem claro que não sou um jornalista automotivo e peço desculpa aos demais por erros ortográficos e/ou falta de informação. Agradeço ao NA pela oportunidade e a todos os leitores!

Por Bruno Melo

4.0

  • mhtrabuco

    Parabéns pela máquina!!

  • M.Dias

    Belíssimo Alfa. Parabéns amigo.

    • mgbalbo

      Concordo, lindo carro.
      Só tentaria dar uma aparência não necessariamente original, mas única, com outras rodas.
      Acho aquele estilo de roda com detalhes ciruculares tradicionais da Alfa MUITO bonitos.
      Faz parte da excentricidade do carro.
      Parabéns pelo brinquedo e por deixar sem insulfim haha.

      • Gustavo Vargas

        Concordo contigo mgbalbo. O carro com as rodas originais da alfa romeo ficaria mais bonito ainda!

    • TKGaliza

      sempre achei esse carro sensacional

  • Gustavo73

    Bela máquina. Eu era um que achava a manutenção cara. Parabéns pelo relato.

  • BelDare

    O título está errado. Não deveria ser carro da semana, deveria ser carro dos sonhos. Parabéns!

  • Tosca16

    Só pelo carro em si parabéns , me falaram que essas Alfas são como o *Tempra que eram bons carros a frente de nosso mercado e por isso sofreram bastante na manutênção e diversos mais ; fatou maturidade ao mercado diz uns em cuidar melhor daquilo que de melhor vinha para cá , hoje pode ter certeza que a Alfa Romeo voltando oficialmente seria outros 500 e sem dúvidas esqueceríamos o passado não digo que ruim mas mal estruturado no Brasil . *(O Tempra era um carro bom, mas não se compara como os Alfa Romeo , só para constar isso).

    • Gauderioctba

      A tempra foi " tropicalizada " e foram feitos várias adaptações no radiador e sistema de refrigeração, quem nunca viu uma tempra com o ventilador no máximo ? problemas na " cebolinha ", etc ?
      Alfa é um tesão de carro, mas algumas peças como ele mesmo disse tem partilha, mas tipo volante do motor, e demais peças exclusivas … ou compra usada ou IMPORTA !
      Estava quase comprando uma tempra turbo para reformar e restaurar … mas desanimei com o preço das peças !
      Não é pq é barata de comprar que as peças acompanham … é o contrário !

      • Tosca16

        veja o clube do Tempra e a opinião dos donos e verás que eles estão bem contrários ao que diz vc; eles dizem que o carro é excelente , mais potente até que o europeu e que muitos donos detonaram o carro junto à mecânicos sem conhecimento da mecânica , especialmente o DOHC de 8V . Era um bom carro sim, mas como também essas Alfas dificilmente se ver em bom estado .

        • KzR

          Depois que descobri esse estranho fato da vida do Tempra – ser DOHC com 8v – meu entusiasmo de criança com o modelo voltou com força. Um Tempra Turbo seria um bom candidato a ocupar vaga em minha garagem. Bem ele ou uma Marea Weekend Turbo, outro carro injustiçado pelo público brasileiro.

          • Tosca16

            A FIAT eu não gosto muito mas é claro que os carros bons que ela colocou no mercado foram injustiçados demais da conta … certas horas eu sei o por que das carroças hoje, quando coloca produtos modernos o pessoal não quer , reclama … queria ver ela líder quando trazia tais modelos como Tempra e Marea .

      • boniek_

        eu tenho uma 145 QV, logo as peças comprando em sites específicos o preço não é exorbitante

  • Landrutt

    Lindo carro, parabéns! Sou "Alfista" desde que me entendo por gente, com 14/15 anos eu babava em um espetacular 147 que um vizinho meu de Porto Alegre possuía. Tenho MUITA vontade de adotar um Alfa desses mas meu receio é justamente a manutenção, nem tanto a mecânica mas a parte de lataria e de acabamento, aqui em Natal não é tão fácil de encontrar peças para eles, mesmo em ferro velho. Sonho com o dia que a Alfa voltará pois com absoluta certeza terei um, de preferência um Giulietta.

    • KzR

      Muito fácil essa parte da lata… reze para não bater nem desgastar demais, rsrsrrs

  • cléber_vargas

    Muito bem cuidado o carro, difícil ver Alfas tão bonitos assim, parabéns.
    E me faz pensar pq a Fiat não traz logo a Alfa de novo…

  • FelipeLange

    Que bom a manutenção não ser cara.

  • FelipeLange

    Deve ser bacana dirigir um Alfa Romeo.

    Agora só resta garimpar no mercado de usados.

    Tenho certeza, que o seu carro pode durar pelo menos mais 100 000 Km. Parabéns pela máquina.

    • Edson Roberto

      Se vc já andou em um Tipo Sedici Valvole (16v 2.0) saberá como é….

      Ele tem um ronquinho instigante e boa estabilidade. Pelo menos no Tipo, ele tem uma direção hidraulica pesadinha o que colabora para uma aceelerada mais forte.

      • FelipeLange

        Edson, não sei se você sabe, mas infelizmente ainda sou "dimenor"… :'(

        E o primeiro carro que irei dirigir, provavelmente será aquelas carroças pé-de-boi da autoescola.

        • RafaPinheiro

          Depende da sua sorte, acabei de voltar da faculdade e vi um VW up de auto escola no bairro onde moro. Comparando com os carros que geralmente são usados po essa auto escola é uma evolução e tanto.

          • Brunocarro1998

            Aqui no Rio tem Punto, Ônix e HB20. Todos com ar e direção no mínimo, acho melhor que Palio Fire, Mille, Celta, Gol G4 que tem também em algumas auto escolas mais “probis”, rs.

        • RafaelMeyrelles
          • Alex_abade

            Sei nem o que dizer… Depois dizem que carro de auto escola passa por vistoria.

          • KzR

            Os alunos pira!

  • Neanderthal_Man

    Os Alfa Romeos sempre foram lindos. O carro mais bonito atualmente, fora os superesportivos, para mim é o Alfa 4C.

    • mgbalbo

      E o Disco Volante, um dos carros mais bonitos de todos os tempos!

      • RafaelMeyrelles

        Disco Volante parece um remendo kkkk achei feinho :b

  • LenonSlater

    Muito legal cara, verdadeiro CxB. Gostei mto do envelopamento, ficou muito bom. Porém n trocaria as rodas originais por nada… mais por gosto pessoal, acho que um carro desse merece ser o mais original e clássico possível. No geral parabéns.

  • 356

    Cara, parabéns pelo carro e obrigado pelo relato.
    E sou louco para comprar uma 145, mas morro de medo, e também estou com problemas de espaço atualmente.
    Seu relato ilumina e anima muitas pessoas como eu, que vivem esses dilema de comprar ou nao.
    Voce poderia dizer onde posso encontrar essa tabela com a equivalencia de pessas da Alfa, Fiat e Lancia?

  • vaiportuga

    Parabéns pelo carro mas……sendo um FELIZ dono de uma QV 1996 desde Zero…..pelo amor de Deus coloque as rodas originais de volta…..elas são simplesmente maravilhosas e logo logo se tornarão CLASSICAS….. !

  • deleted3940176

    Por 10 pila é um baita carro mesmo!!!

  • Edson Roberto

    Achei muito interessante e mandou muito bem na cor. Ainda que eu não enveloparia de outra cor a não ser a original. Agora o mais interessante…o dono poderia dizer o que ele fez para deixar envelopado com aparente alisamento da carroceria? Quero dizer… vejo que a maiori dificuldade de envelopar é ter um carro "liso" de lataria (principalmente mais velhinho) e envelopado como esse Alfa.

    Pois é uma situação interessante e interessaria diretamente para eu pegar um carro no futuro para colocar a cor original só que envelopada.

    • KzR

      Ou então aplica-se o envelopamento transparente, que acho coerente também. Protege e mantém a cor original mesmo.

  • Bruno Alves

    Belo carro, pena que não está todo original.

    Mas acho que mesmo original não teria uma 145. Justamente por causa desse motor que acho meio fraco, você deveria ter ficado com a 164 que tinha.

    • boniek_

      o motor do carro não é fraco, ele tem 90% do torque em 2000 rpm, logo quando fica sem força em baixa é pq o variador de fase está ruim

      • KzR

        Acho que deve ser por causa do coice que o carro dá se dê em giros mais elevados. Daí se nota morosidade em baixas rotações, mesmo que esteja tudo certinho.

      • KzR

        E já me liguei que você é dono de uma, hehehe

  • mauricar23

    Penas as fotos estarem tão ruins!!

  • PeriJR

    Como dizem no Top Gear, vc não pode se considerar um verdadeiro gearhead até que se tenha possuído um Alfa.

    • R0CKERZ

      hahaha boa!

    • KzR

      Ter desejado uma Alfa não vale? rsrs

  • IGLemosAR145

    Ótimo relato e belíssimo carro, se eu já tinha certeza de qual carro comprar, agora não há duvidas mesmo, com certeza vou comprar minha alfa 145. Parabéns pela Alfa!!!

  • Rauljrm

    Show, carro design além do seu tempo

  • UaDaFak

    Deu uma barangada trocar as rodas originais pelas do Stilo… Mas gosto é gosto…

  • Kohlsgrün

    Parabéns pelo relato e pelo carro.
    Sempre achei este Alfas lindos, mas o preconceito do alto custo de manutenção sempre me refreou de uma possível compra. Creio que a manutenção mecânica não é o bicho, o que pega é peças de carroceria, como o próprio relato diz.

  • maycu7

    o povo fala q e alfista, que gosta da alfa, será que se voltar esse povo compra??

    • KzR

      Acho que vai depende do preço, mas há muitos alfistas no Brasil donos de carros que só se consegue importando, seja eles atuais (MiTo e Giullieta) ou antigos (Giulia e GTV), isto é, são bem carinhos.

  • caffeine19

    Parabens pelo carro esta em um ótimo estado de concervação, muito pertinente a informação sobre as peças compartilhadas entre Fiat Tipo Lancia Delta(meu sonho) e Alfa 145, felicidades com o carro!

  • fschulz84

    Simplesmente sensacional.. Meu primeiro carro era pra ser um 145, eu queria muito, mas na época, eu só tinha 12k pra gastar com um carro e os 145 em bom estado só encontrava por 16k… E nem Quadrifoglio eram, ai acabei comprando um Fiestinha mesmo :(

    O seu exemplar está espetacular, eu somente voltaria às rodas originais.

  • Rogerio_R

    Achava esse Alfa 145 e o Fiat Coupé os mais belos importados dos anos 1990. Era muito fã do Tipo Sedicivalvole.

    • alexhmoraes

      Eu tive um Tipo…. ainda quero ter outro pra restaurar e deixar ele guardado

    • KzR

      Os três eram muito bons, sendo o 145 o mais forte. O Coupé seria o Tipo mais invocado e estiloso. O Tipo ficou com a postura racional dos três, trazendo bom espaço e desenho mais sóbrio mas trazendo um bom 2.0 de 127-130 cv.

  • alexhmoraes

    Relíquia…. muito conservado e bonito, eu correria atras das rodas originais essas ai deu uma cara de FIAT TIPO e desvalorizou demais o ALFA ROMEO

    • MaverickV81974

      Eu também achei que deu cara de Tipo, pois, essa roda é meio comum. Mas parabéns ao autor pelo carro.

  • pegadasdamarcha

    Parabéns pelo carro, tenta achar alguma roda original da Alfa no aro 16 que vai ficar muito mais legal.

  • Edson

    Parabéns pelo relato, bem escrito. E parabéns pelo relato.

    Pena que algumas fotos ficaram com iluminação demais, atrapalhou um pouco, principalmente as fotos do interior.

  • Alexsandro0712

    Parabéns. Quero saber se você conhece a oficina High Torque em BH, especializada em Fiat e Alfa Romeo.

  • suguii

    Belo carro! Mesmo com a idade e a quilometragem do carro, pelas fotos parece estar bem cuidado. Espero que esse belo Alfa faça boas memórias!

  • Leandro1978

    Legal, parabéns pelo carro. Era apaixonado pela 155, achava-a linda. Talvez influenciado pela DTM… rs… Também gostava da 156, mas neste, preferia a perua.

  • Anderson_sp

    Pô as rodas originais são lindas, uma Alfa dessa 100% original chama bastente atenção, sobre o carro 2.0 precisar de colocar uma 1º marcha pra subir, tem que dar uma olhadas nas velas, nos cabos, limpar os bicos e etc, pela potência e torque dele isso não seria necessário.

  • Parabéns pelo carro, realmente bem exclusivo e com um design bem interessante!

  • AlessandroSr

    Esse carro é um dos sonhos de consumo meu (tenho muitos..ahahah)

    E parabéns por conservar uma obra prima…

    E o preço dele é muito bom, atualmente estou vendo um carro pra comprar, a questão é que vou encarar um nacional (Vectra ano 2000)

    Quem dera achar um carro assim nesse nível de conservação…e sobre o custo , isso é pra calar muitos!

    Aqui no Brasil ter carro assim "é pra louco", e entre outros países o que muito vejo é pessoas que tem esses carros em casa mesmo…e tudo rodando, aqui é uma cultura de que carro é "igual investimento" e enquanto estiver andando está bom (não fazem manutenção nem nada)

    Parabéns de novo pelo carro

    Nessa mesma época tem muito carro, que pra mim, são lendas…CIntroen Xantia, Alfa 155, Fiat Coupe, Honda Prelude , Honda Accord Coupe (sou apaixonado por Accord, mas tenho medo de encarar)…entre outros

  • Heisenberg

    Realmente o Bruno Melo fugiu da ditadura dos modelos que são representados pelo suposto bom CxB que são os "populares" em questão.
    Como carro é um bem depreciativo com o tempo, ao se adquirir um, é preciso ter em mente que, mesmo que seu carro esteja em produção, seja um seminovo e com relativa facilidade de encontrar peças, você sempre fica sujeito a mesmice, de um modelo que não chama mais a atenção de ninguém e não dá aquele ar de exclusividade.

    O Alfa Romeu é como se fosse um "BMW" da linha Fiat. Os modelos em questão são concorrentes da marca alemã. São refinados e clássicos no estilo distinto. Não há outra montadora com design de tanta personalidade como os Alfas.

    Como há uma relativa facilidade na cesta de peças do carro por o mesmo compartilhar as mesmas peças de demais peças Fiat como o Tipo, Tempra e Marea, elas ainda existem a venda, mas os custos não são tão baixos como ele afirma. O ADG, dono da oficina High Torque já explicou como são os custos das peças do Marea que, além de mais difíceis de encontrar, elas também são absurdamente caras. Só a "centralina" do Marea 2.4 5cilindros, custa mais de R$ 6 mil.

    Enfim, o dono desse Afla fez a escolha correta. Um carro que o atraia pela exclusividade e beleza. O bom do mercado de usados é que, se você mesmo com poucos recursos, é possível adquirir um clássico dos anos 90 e da década passada.

    Só tenho a parabenizá-lo pela aquisição.

    • FelipeLange

      Concordo.

      E realmente é de lascar, o preço das peças do Marea. Frutos de carga tributária altíssima e mercado fechado as importações. O ADG disse que o Linea T-Jet é bem mais em conta de manter que o Marea.

      • Heisenberg

        Você viu um vídeo onde ele falou do preço de uma peça (não me lembro qual) que custava mais de 8 mil reais do Linea T-Jet?

        • KzR

          Que peça seria essa? É exclusiva do Linea T-jet ou se estende a outros T-jet?

  • Heisenberg

    Um boa dica de manutenção que o sr Bruno Melo poderia contar, seria com os serviços do Alexandre Dias Generoso da High Torque. Como o carro é um modelo oriundo da montadora Fiat e por ser exclusivo, ele poderia contar com os serviços do mineiro ADG cuja oficina fica em Belo Horizonte. Até quem sabe, pode ter ser carro exposto aos vídeos diários de manutenção no You Tube.

    • FelipeLange

      Verdade, já que ele mora em Belo Horizonte. O ADG chegou a conseguir arrumar um problema de um MINI, que a própria rede autorizada não resolveu.

  • Thiagusss

    SE AS RODAS ORIGINAIS ESTIVEREM MUITOS RUINS, POR FAVOR, MANDE REFORMAR E AS COLOQUE DE VOLTA!!!!!
    de resto, baita carro!!! parabéns e cuide bem dele!!!

  • tatu_peba

    Parabéns Bruno, ótimo relato. Por muitas vezes fiquei admirando essa traseira linda do Alfa 145 sumindo na estrada.

    • KzR

      Traseira arrebitada por sinal.

  • boniek_

    só corrigindo a plataforma do alfa romeo 145 é a mesma do marea e brava, não do fiat tipo

  • Rodrigo

    Eu tive um Tipo (meu primeiro carro e também o mais problemático). O interior, apesar de amplo e confortável, era uma escola de samba. O meu Tipo tinha mais espuma que meu colchão (cada um tenta reduzir os barulhos como pode). O consumo era muito bom, apesar do motor 1.6 de 92 vc apenas, mas toda economia que conseguia na bomba de gasolina acabava indo embora com peças, especialmente as da suspensão (um jogo de bandejas a cada 6 meses), freios e direção (caixa de direção trocada 2 vezes em 4 anos de uso). A estabilidade também era fantástica e não contava com nenhum recurso eletrônico ou refinamento técnico, aliás os pneus eram 185R14… Graças a Deus conseguiram dar PT no meu carro: um doido num Gol bola invadiu a pista e bateu de frente comigo. Eu nada sofri (apesar do olho roxo por causa da explosão do airbag e de um deslocamento na clavícula por causa do cinto), mas o motorista do Gol teve fratura exposta da tíbia esquerda e ficou inconsciente pois bateu a cabeça no volante. Mérito da origem européia do carro (que mesmo em 1996 já contava com vários reforços estruturais nos painel e portas).
    A Alfa realmente usa muitas peças do Tipo, mas acredito que caso você tenha que troca-las, prefira as do Sedicivalvole que deve ter um comportamento mais próximo do seu. A tampa traseira do seu Alfa também é de fibra?

    • KzR

      Ainda bem que tinha os airbags. =)

      • Rodrigo

        Na verdade era 1 airbag só, apenas para o motorista.
        Depois desse acidente só compro carro com airbag..

  • Fellipe

    Bela máquina, parabéns pelo relato.

  • Paschoalpca

    Bela Alfa. Parabens

  • bbrasil2

    Bonito carro, sempre achei lindo os Alfa´s, mas eu imagino que seja um problema achar um bom usado, pois o valor é muito baixo e dificil de vender, dai acaba caindo na mão de "boyzinhos" ou o cara desanima de tanto tempo esperando a venda e começa a ficar relaxado…

    O dono de uma concessionária FIAT daqui da cidade tem uma 156, qualquer dia e hora q vc passar lá, vai estar ela na vaga da diretoria impecavelmente limpa.

    Haaa, e me volte as rodas originais, essas rodas eu achei q matou o design do carro.

  • KzR

    Parabéns ao Bruno por ser um feliz proprietário de uma baita carro, de uma Alfa Romeo. Não se podia esperar menos de quem já teve uma fantástica 164. As Alfas são mesmo carros sensacionais, com aura sem igual, de coração quente, como a conterrânea Ferrari.

    Eu já pensei numa 145 Q para uso urbano, mas não tinha muita certeza sobre como seria a manutenção. Seu relato foi muito esclarecedor. Já vi alguns poucos 145 rodando na minha cidade e não entendia bem como se mantinham de pé.

    Alem deste há outro carro usado de quase mesmo valor médio que compartilha as mesmas características: o Audi A3 1.8 Turbo. É um hatch de quase mesmo porte, bem equipado, potente e relativamente econômico (o de 150 cv), de origem importada que acabou sendo produzido por aqui e compartilha várias peças com outros veículos da VW. Só trocaria a Alfa por ele nessa faixa de até 20 mil para um veículo de uso urbano.

    Acompanhando o resto do pessoal, acho as rodas originais mais apropriadas, não que a 145 tenha ficado feio com essas rodas, mas são grandes para ela.

    Que tal essas? ( *http://2.bp.blogspot.com/-aISEX3FL42w/T-e1yiapjvI/AAAAAAAASaA/wSghGpOZ8us/s1600/Alfa-Romeo-164-2.jpg*) rsrsrs

  • Cello Engine

    Bela machina!

  • Guest

    Nossa! eu estava pesquisando peças de reposição para Alfa Romeo 145 quando me deparo com essa Alfa vermelha plotada! Minha Alfa! Hoje sou o dono dela e continua Plotada Agora com rodas 17”! Agora que comprei vou cuidar e restaurar ela para ser una bella macchina!

  • Guest

    Olha a alfa da reportagem aqui! Esta comigo agora Hehehe!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend