Chevrolet Usado da semana

Carro da semana, opinião de dono: Chevrolet Vectra Elite 2011

Carro da semana, opinião de dono: Chevrolet Vectra Elite 2011

Muitos vão se perguntar porque eu escolhi o Vectra. Sim, eu avaliei outras opções, mas sempre alguma tinha algumas coisas que não me agradavam. Desde o meu primeiro carro eu faço questão de ser 0KM, na versão top (antes denominada “completa”) e com câmbio automático.


Então por isso cheguei às seguintes conclusões (lembrando que é uma opinião pessoal, que cada um tem uma diferente, pra isso todos tem liberdade de escolha):

Cerato 283: Foi um caso de decepção total, externamente é muito fino e estiloso, mas quando entrei tive uma grande frustração, além do preço um tanto alto por um 1.6
Civic EXS: Achei ridiculamente caro (na época, 88 mil), e não oferece itens dignos de um carro desse preço, além do porta malas um tanto reduzido
Corolla Altis: Igualmente caro, porém, com maiores justificativas, é mais equipado. Quase eu fechei em um, mas achei melhor ver as outras opções
Focus Titanium: Preço interessante, o seguro ia sair bem salgado, além das revisões semestrais ao invés de anuais, é um carro que não me agrada muito, gosto pessoal
Linea Absolute: Não tem opção de câmbio automático (descobri isso depois), só aquele treco todo esquisito que o vendedor insistia em dizer que era automático
Sentra SL: No geral não me agrada e algumas falhas agravantes como por ex. tinha câmera de ré e teto solar, mas não tinha a/c digital nem na versão mais cara

Então restou o Vectra, que não me causou nenhuma surpresa, mas estava dentro das minhas expectativas, mas o fator decisivo mesmo foi o preço, saiu 65 mil, e nem por isso era menos equipado que o Corolla, por exemplo.


Vectra Elite – equipamentos e conforto

Para pessoas que passam muito tempo no transito como eu, achei o Vectra Elite o mais adequado, com itens de conforto e segurança interessantes, como o câmbio que muda pra N automaticamente quando para, banco com regulagem elétrica, retrovisor dobravel no botão, limpador que regula sozinho quando chove, retrovisor que escurece sozinho quando bate luz, o som com bluetooth, amplificador e 2 subwoofers, piloto automático, além dos 4 airbags e o charme do teto solar.

O acabamento eu acho justo, o painel é almofadado na parte de cima e tem apliques que imitam aço escovado,o banco de couro é muito bom, daqueles com a costura bem justa que não fica amarrotado, tem os apoios laterais e os revestimentos de porta de couro furadinho, deixando o ambiente bem agradável.

Leia também sobre o Vectra Elegance.

Vectra Elite – desempenho e consumo

Ele tem um comportamento bem diversificado na hora de guiar, o motor é silencioso e as trocas de marcha são bastante suaves, mas ao mesmo tempo é firme e permite manobras e desvios rápidos. O consumo é um caso a parte.

Pra mim é aceitável, tem médias de 7,5 km/l com gasolina na cidade e 13 km/l na estrada. Com etanol fica +/- uns 5,5 km/ na cidade e 10 km/l na estrada, sempre com o a/c ligado. O espaço eu acho um show, mesmo com o banco regulado, ainda sobra bastante espaço o suficiente para ir atrás com as pernas folgadas e sem encostar.

É um carro que passa, pelo menos pra mim, uma grande impressão de solidez. As portas ao fechar fazem uma batida bem seca, a trava elétrica é bem barulhenta, o câmbio com posições catracadas é um pouco duro, até mesmo a chave de seta e a do contato são mais duras que o normal.

Eu acho isso bom, porque não da a sensação de fragilidade, que vai quebrar a qualquer instante. Tudo requer uma certa força, você não faz nada só com a pontinha dos dedos, como no C4. Não sei se é porque nunca tive carros com rodas desse tamanho, mas mesmo com todo o cuidado para desviar dos buracos, aparecem algumas avarias nos pneus, as vezes até pequenos rasgos nas laterais.

O meu borracheiro de confiança me disse que é normal em pneus de perfil baixo, mas fica a dúvida. No geral, é um carro bem equilibrado, com toda a solidez já citada acima, mas com itens que demonstram uma certa preocupação da marca, como luzes de iluminação nos retrovisores externos, capô que não precisa da varetinha (usa aqueles cilindros hidráulicos iguais do porta malas, que eu não sei o nome).

Vectra Elite – manutenção e seguro

Até então, o carro está com quase 11 mil quilômetros e sem rangidos e barulhos internos, foi feita a revisão de 10 mil quilômetros que saiu por 279 reais, que consertou a direção que estava torta (benditos buracos), por isso saiu um pouco mais caro que o tabelado, mas fora isso, nenhum problema ou defeito.

O seguro fica em torno de 3000 reais, bem menos que os quase 4500 do Citroën C4. Enfim, apesar das adversidades, eu não me arrependo nem um pouco e pretendo ficar muito tempo com meu Vectra. Bom, essa foi a opinião de um proprietário que não é entendido de carros, espero que tenha sido esclarecedora.

Relato do Ferns, membro do Fórum NA

Carro da semana, opinião de dono: Chevrolet Vectra Elite 2011
Nota média 4 de 1 votos

110 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

    • Falou tudo.Mas complemento:não é um bom carro.É um ótimo carro.Super espaçoso, imponente e com uma mecânica confiável. Seu substituo, o Cruze é um excelente carro também, apesar do preço salgado.Eu tenho um Vectra 09/10 e pretendo trocar agora em um Cruze.Vou ficar com saudades.

    • Pois é, um amigo está numa grande dúvida entre um GT seminovo e Golf seminovo… Acho que o motor 2.0 fala mais alto, se bem que o teto solar é tentador… Se o Vectra GTX tivesse sido lançado com teto solar e motor 16v teria feito mais sucesso

      • o que mais me cativa no vectra alem do motor 2.0 é o som que possui SD e bluetooth que é bem dificil de encontrar, tenho olhado com bastante carinho pra ele, to na duvida entre o GT 2009 já restilizado e o sandero privilege 0km… vou resolver ainda o q faço.

        • Vá de Vectra sem medo. Em minha casa já tivemos um Elegance automático 2006, tirado 0km e vendido depois de mais de 3 anos de uso. Carro bonito, confortável e espaçoso, nunca apresentou um defeito sequer. Procure um com baixa quilometragem que será satisfação na certa.

          Abraço.

    • Ainda bem que ela matou esse motor 2.4 . Não tinha o desempenho muito superior ao 2.0 e bebia mais. Se o 2.0 faz 5.5 na cidade, no alcool, espere o 2.4 fazendo algo em torno de 4km/l.

        • Na verdade o que matava a performance e o consumo eram o câmbio e o motor também, ambos de concepção antiga. O câmbio deixava subir muito o giro, ficava indeciso em muitas situações, o que comprometia o consumo.

      • O consumo pra mim foi uma grata surpresa.
        Nossa Idea Adv e antes uma Palio Adventure, sempre faziam 5,5-5,8 km/l no transito mais leve do RJ. Na estrada as médias variavam de 9,7 a 10,2. rodando a 100-110 km/h para região dos lagos sem tráfego.
        Sempre com AC ligado e usando alcool.

        • qdo eu falo que o vectra (na verdade toda linha gm que usa o familia II 2.0) ficou economico depois da atualização que lhe rendeu 140 pocotos, o pessoal nao acredita…

          Civic, C4, Focus e cia bebem bem mais, com motores mais modernos… o corolla depois do novo 1.8 (144cv) bebe um pouco meno que o vectra… o motor anterior do corolla (depois de flex) bebia mais que o "monzatech"

    • Acabei de fazer o test drive no Cruze modelo LTZ e digo com tranquilidade que não agradará quem possue um Honda Civic ou um Corolla… suspensão dura demais que reflete no volante qualquer pequeno desnível ou buraco (comuns no Brasil) e bancos que não se encaixam ao nosso corpo (e olhe que tenho apenas 1,75 de altura) jamais me fariam trocar meu Civic 2008 pelo Cruze. Para ser sincero fiquei decepcionado.

      • Se você que tem um Civic achou a suspensão do Cruze dura, então deve ser quase uma carroça!
        Também tenho um 2008 e demorei para me acostumar com a rigidez se comparada com a do Corolla.

  • Muitos consideram o Vectra um carro obsoleto, pelo seu tempo de mercado, motor, plataforma, etc.
    Mas estes pontos aparentemente negativos se transformam em positivos, dependendo sempre do que se busca no carro.
    Seu tempo de mercado se reflete em amadurecimento, pequenos defeitos típicos de carros novos, problemas, ruídos, já foram sanados pelo fabricante.
    Seu motor tem um torque delicioso, que não se encontra na maioria dos concorrentes, E seu consumo atual, dependendo de como se guia, não é tão alto, tem populares que gastam quase isso.
    É um carro sólido, confiável, espaçoso e confortável.
    Pena que está em fim de produção.
    Lógico que quem procura um carro atual, com estilo marcante, vai encontrar outras ótimas opções no mercado, o Vectra não é sua praia.

    • Cara, concordo com você…

      Mas é engraçado os dois pesos e duas medidas daqui do NA… Se o projeto é antigo, mas é do Vectra, muitas pessoas concordam com vc que isso é bom pq corrige falhas bobas de projetos novos, etc.
      Agora quando é o Agile que é plataforma antiga, aí é a GM que é louca, que brasileiro é idiota de comprar, que o carro é o "Fragile", corsa 94 e bla bla bla…

      Não to dizendo no seu caso, obviamente, mas de uma maneira em geral…

      Quanto a avaliacao, muito boa!

      • Sua opinião não está de toda errada. Mas acho que neste caso talvez ela não se justifique na medida em que o Vectra é um carro que acabou de sair de linha e o Agile é um carro que foi lançado há pouco, por isso as críticas ferrenhas com relação a este último. Essa última geração do Vectra quando foi lançada estava alinhada com tudo que havia no mercado, na média da concorrência.

        Abraço.

    • Acho que ele não comprou o Fluence, seguindo o fluxo natural:
      O Fluence, assim como Megane, Sentra são sucesso de crítica, todos elogiam mas poucos se arriscam a comprar. Aí depois que compram e querem vender a própria concessionária da marca torce o nariz.
      Mas também pode ter sido indisponibilidade do modelo para pronta entrega na época da compra.

      • Você quer dizer que o Vectra desvaloriza pouco?!
        Realmente só no caso do cara que comprou ele agora em 2011 já por um preço muito abaixo do que era praticado anteriormente…

        Entre Vectra e Fluence eu dou meu voto no Frances.

  • Como voce bem falou: "Então por isso cheguei às seguintes conclusões (lembrando que é uma opinião pessoal, que cada um tem uma diferente, pra isso todos tem liberdade de escolha)"

    Não seria a minha escolha, mas confesso que um carro com todos esses predicados, no valor de R$ 65 mil foi uma opção realmente interessante. Creio que uma falha que a GM adotou nesse Vectra foi manter um conjunto mecanico meio ultrapassado (apesar de confiavel).

    No mais, o que importa é que voce realmente está curtindo teu carro e não está arrependido.

  • "Civic EXS: Achei ridiculamente caro (na época, 88 mil)"
    Ué, o seu vectra não é 2011? Civic 2011 ta custando 67,500 SE(Special Edition), tem até cambio borboleta!
    E o fluence voce não olhou? Acho que teria sido a melhor opção, pois o câmbio CVT é um TESÃO, tive oportunidade de andar, deu 170 numa reta onde com o 408 que andei deu 150… Desempenho do Fluence mata a pau todos sedans médio do mercado.
    Mas mesmo assim, parabens pelo carro!

    • Se vc leu, quando ele comprou o carro ele queria os top. O civic SE é o modelo de entrada intermediario LXS. Agora tambem não entendi o pq dele não ter olhado o Fluence. Mas acho o Vectra um carrão mas faltou empenho da GM em atualizar motor e cambio.

      • amigo "marciosomar", acho que vc se enganou, ou sou eu que estou enganado! O SE é o civic top hoje, tem TUDO que o EXS tinha, ar digital, até borboleta, fui na Honda início do mês… De onde você tirou que ele é intermediário, falta alguma coisa nele? Estou na dúvida agora.

        • O LXL SE hoje pode até ser o top da linha Civic, mas sabemos que o modelo top é o EXS. Agora em relação ao Vectra ele falta os Airbags laterais, computador de bordo, Sensor de Chuva, Retrovisor FotoCromico, Teto Solar, Bancos Elétricos, fora o tamanho do porta malas que é bem maior no vectra. O Civic LXL aut sai na faixa de R$70.000 e ele comprou o vectra por R$65.000. Provavelmente ele pode ter coloca tudo isso a favor de sua compra. Agora na minha opnião eu não compraria nenhum deles. Hoje ficaria entre o Fluence, Cruze ou Elentra. Que fique claro é minha opinião.

      • Não vejo problema em adquirir um Civic SE no lugar de um EXS. Não tem muita diferença entre equipamentos e é bem mais barato. A menos que ele REALMENTE faça questão de que o carro tenha o "status" de top de linha, o que, penso eu, não é algo muito sensato e inteligente.

        • Eu tmb concordo com o Marciosmar, só do carro ter teto-solar e o outro não pelo mesmo preço já me faria optar pelo Vectra tmb, além de outros mimos a mais….eu não entendo pq a Honda e a Toyota não fazem aqui seus modelos com teto, já que lá fora é algo tão comum…e só pra complementar, o Fluence ao preço do Elite em questão não tem as coisas que o Vectra tem, portanto achei 1 ótima compra!

          • Pois é, também acho estranho. Gosto das atitudes da VW e Fiat disponibilizar esse acessório desde modelos de entrada, a GM deveria ter colocado no Vectra GT e a Honda no Civic, é inexplicável a falta do teto

    • Fluence já tinham lançado mas ainda não tinha nas lojas, e eu precisava do carro logo porque eu estava saindo de um C4 Hatch por causa dos problemas com a marca

  • A versão top de qualquer carro tem obrigação de entregar conforto e satisfação ao seu proprietário. Mas com tantas opções no mercado vale mesmo fazer pesquisa e eleger o seu preferido. Parabéns pelo Vectra.

  • Não é uma crítica ao vectra em si, mas á todos os carros nacionais, nossa média de consumo é ridícula, além dos motores defasados e da gasolina batizada legalizada pelo governo, 7,5km/l é média de carburado ou de v8 americano…

  • Achei o dono meio preconceituoso com os outros carros, todos no mesmo nível ou melhores que o Vectra. Mas ele pagou um preço "baixo" pelo Vectra, comparando com os outros modelos, óbvio. Falou do acabamento do Cerato, mas o Vectra também é puro plástico rígido no painel. Falou do Linea, sendo que sequer dirigiu o veículo. Falou do Sentra, mas preferiu o Vectra apenas pelo A/C digital. Agora Corolla e Civic também acho que estão custando um absurdo.

    De forma alguma quero criticar o comprador, até porque eu já tive Vectra e acho um bom carro, muito confortável, e acho que ele pagou um preço até condizente. Melhor ele do que o Cruze básico por 67 mil, fato. Mas não deixo de achar que outros carros ai na lista seriam escolhas mais racionais. De todos, o Vectra é o mais beberrão, disparado. Vi no computador de bordo de um Linea de um amigo meu e o carro faz uma média de 10 km/l em circuito misto (2/3 em rodovia) no etanol. Cerato também tem fama de ser econômico, é só olhar em relatos e fóruns.

    No mais, sempre digo que o que realmente importa é o comprador se sentir bem com o veículo, e como é isso que o dono do Vectra sente, então parabéns pela compra!

    O relato ficou bom, com o dono puxando um pouco de sardinha demais pro lado do Vectra, mas isso já era esperado.

      • Tudo bem cara?
        Percebi que o seu carro é verde e tem os farois do GTX assim como o Vectra Collection e o resultado ficou muito bom. Saiu muito caro colocá-los?
        Eu tenho um Collection 2011 e estou gostando muito do carro, paguei R$60 mil e veio algumas besteiras como troca de óleo grátis enquanto eu for o dono do veículo, emplacamento e película.
        O consumo é nesta faixa mesmo, mas eu e minha família não nos damos muito bem com o ar condicionado provavelmente por causa do tempo seco de Brasília. Assim vou ligando e desligando este item de acordo com a temperatura interna. Certa vez minha mãe estava gripada e neste dia eu nem liguei o ar e fui seguindo a velocidade da via que era 80km/h em alguns trechos e 60km/h, aí aproveitei consegui fazer 15km/l com a gasolina comum, já a aditivada nem com reza brava consigo fazer mais de 12km/l.

      • Pra mim o Vectra Elite só tem "Elite" no nome, pois o nível de acabamento é muito semelhante ao do Elegance, e que por sua vez é compatível com o Cerato. Agora, quanto a cilindrada do motor, vai de cada um.

        • De fato, concordo, a única diferença externa são os logotipos, rodas 17" e teto solar. Na verdade eu nunca fui favorável às versões top de linha de qualquer modelo, mas também não concordo com carros que utilizam motores menores que o adequado. Cerato 2.0 16cv e 150cv com equipamentos semelhantes à concorrência por 59.000 seria uma boa pedida. Mas agora com essa nova alíquota… F_ d _u

    • O valor do seguro depende de vários aspectos (proprietário, lugar, etc.) , acho muito difícil fazer uma comparação direta simplesmente com o valor do seguro.

  • Bela compra, parabéns!
    O custo-benefício desse Vectra acho realmente um dos melhores, mas ficaria com sérias dúvidas quanto ao Focus Titanium, entre esses dois é provável que eu optasse pelo Ford.

  • É um bom carro para quem não leva em conta que está para sair de linha, não tem uma tecnologia muito atual e nem um designe inovador! Entre esses sedãns eu iria de jetta, cerato ou fluence.

  • ele só comprou porque a GM está tirando de linha, por isso conseguiu esse preço, realmente vale a pena, esse carro, completo como é pelo preço que ele pagou, foi a melhor opção. Mas se a compra fosse a 1 anos atras, certamente ele não teria comprado, iria optar pelo Corolla, apesar do preço alto

  • "Desde o meu primeiro carro eu faço questão de ser 0KM, na versão top (antes denominada “completa”) e com câmbio automático."
    hehehee
    Quem pode pode!

    O carro por fora é até bonito mas o painel (console) é dos mais feios da atualidade!
    Sem mais.

  • Realmente quem fala mal do Vectra é quem nunca teve a oportunidade de andar em um especialmente o Elite que tem muitos mimos inexistentes em outros modelos bem mais caros. Quando fui comprar meu Civic em 2009 o preço do Elite estava em 76.000. Se naquela epoca o preço fosse o que vc pagou 65.000 hj, eu teria comprado o Vectra pois paguei 62.000 num Civic LXS mec com couro e sem muitos itens do Vectra por quase o mesmo preço.

  • O que prejudicou esse carro foi principalmente o seu powertrain (motor-cambio) desatualizado. Pouco importa para a maioria dos consumidores se era um Vectrastra, pq o porte deste carro e opcionais estavam alinhados com o segmento em que foi posicionado e preços abaixo dos lideres (leia-se Civic e Corolla). A GM foi incompetente em aproveitar a reputação que o nome Vectra tinha no mercado… poderia ter tido uma sobrevida no mercado.

  • Parabéns pelo relato e pelo carro também.
    Eu acho o Vectra uma boa opção, depende muito do que a pessoa quer.
    No mercado de semi-novos, seria um dos meus preferidos para compra, pois embora o pessoal reclame, a mecânica de Monza dele é confiavél e rende tão bem quanto a dos motores mais novos flex, ou seja, sai 6 por meia dúzia. A GM Acertou muito em não continuar com o 2.4 no Elite, pena que poderiam ter colocado um cambio mais decente.

    • Eu diria não só confiável, como também menos cara que a dos demais, um amigo tinha um civic(anterior ao new), falava que o carro era bom eu mesmo tive a oportunidade de dirigi-lo algumas vezes, realmente um bom carro, mas, a manutenção era bem cara.

  • Colega é bom vc ficar mesmo muito tempo com o carro porque quando for vender, vai valer muito menos que os outros, exceto Linea ja que esse Fiat vai valer menos que um Fiat Uno.

    • Compre um Fluence para ver quem vai perder mais. Vale dizer que perder mais não significa só valor de revenda, mas sim o histórico de gastos com o carro ao longo da sua existência. O povo não sabe fazer conta, acha que carro é comprar e sair rodando. Esquece que tem manutenção (peças caras no caso da Renault, experiência própria) demora para conseguir peças, seguro, etc… Tudo isso deve ser calculado, e sendo assim, creio que o nosso colega fez uma compra bem racional. Parbéns.

      • Pois é, muitos falam que determinado carro tem bom custo-benefício baseando-se somente no preço inicial, sem pesquisar seguro, consumo, revisões, preços e disponibilidade de peças e até desvalorização. Muitas vezes tudo isso somado acaba fazendo um modelo com preço menor acabar saindo mais caro. Por isso é necessário pesquisar antes.

        • Sem duvida, muita gente não leva isso em consideração quando por exemplo, num civic ou corola ano tal, tudo bem que é melhor que um popular zero, mas a manutenção é muito mais cara.

  • Cara, não seria minha primeira opção, mas a compra foi boa sim.
    Aqui em Salvador/Ba a rede Chevrolet tava vendendo Vectra Elegance mecânico a R$ 56.000,00 e o Elite também por R$ 64.000,00. Por esses preços, nenhum carro oferece o que o Vectra tem.
    O Cerato realmente tem um acabamento ruim e o motor pode até ser legal na cidade, mas na estrada deve sofrer um pouco.
    O Civic SE tem um porta malas ridículo, além do que, não acho legal pagar 67 mil num carro sem entrada USB no painel (pode parecer besteira, mas acho que faz diferença ter um som completo de fábrica).
    O Fluence de fato é o melhor na categoria, fiz um test drive em um há um mês e achei fantástico, o carro não passa a ideia de banheira no trânsito. É tão à mão quanto qualquer carro pequeno. Mas o cara quer itens que o Vectra tem e o Fluence não.
    O Corolla Altis e o Civic Top (não lembro a sigla) beiram o absurdo! Tem que ter muito amor pelas japonesas pra pagar o que elas pedem pelos seus completos.
    Ao Sentra falta emoção no design… Fora isso é um bom carro.
    Linea só manual – aí sim fica interessante e uma maravilha de dirigir.

    Acho que pelo preço pago, não tinha relação custo X beneficio melhor.

    Parabéns, cara. Curta o carro! Pode não ser lançamento como tantos outros aí, mas é honesto, relativamente rápido e ainda marca uma "presença" sim!

  • Olha. Não quero ser pretensioso mas como ja tive muitos carros na vida posso falar. Atualmente tenho um TIGUAN completo, um ACCORD V6, um CIVIC SI e um PUNTO T-JET. Entao vamos la. A GM anda patinando faz tempo, Esse vectra ta longe de ser um carro bonito. Ja tive um 1998, CD. Esse sim era bem acabado. Hoje em dia da pena de ver o interior onde falta requinte. Pra sorte os concorrentes tambem sao meia boca. CIVIC passou da hora de mudar. Corolla continua com jeitao de carro de coroa. O lance esta mesmo em se achar algo que agrade o custo beneficio. Agora se a pessoa procura QUALIDADE DE VERDADE,, sem ENGANAÇÃO, só vai encontrar mesmo em carros importados, pode acreditar no que eu digo….

    Uma dica para errar menos na compra de um carro. Antes de escolher um modelo escolha O PAIS de origem do carro. Os principais sao Alemanha, Italia, França, Japao, Coreia e Estados Unidos. Quer saber. Faz tempo que os EUA nao encantam mais…

  • Respeito o dono, acho um carro bonito, mas bem atrás da concorrência. É realmente espaçoso e confortável, mas motor/cambio comprometem o carro. É um bom carro, mas não compraria. A 2 anos atrás meu pai foi trocar seu Astra, e estava doido com o Vectra, mas não gostou do acabamento, interior e achou que não valia a pena. Comprou um Sentra.

    Conheço bem o motor (devido ao Astra). É muito torque em baixa, é bem gostoso estar de 3 marcha em 2500 rpm na hora de dar umas esticadas, e pisar fundo no acelerador. Quem conhece sabe.. Mas em situações normais acho muito forte pra andar na cidade (exagero ao meu ver), e insuficiente para estrada (comparado à concorrência), sinto meio desequilibrado e prefiro portanto as 16 válvulas.

  • Falam que o motor/câmbio do Vectra comprometem, mas e os concorrentes? O motor do Vectra rende potência semelhante à dos concorrentes e o torque é maior que o da dupla japonesa 1.8. O automático do Civic tem 5 marchas, mas o do Corolla tem 4. De que adianta ser VVTi se o desempenho e o consumo não trazem vantagem. Ou seja, é moderno no nome, mas na prática não traz vantagem.
    Falam que conhecem bem o motor do Vectra, mas dizer que é insuficiente na estrada?!?!? Pelo contrário, por conta do torque de 19,7 Kgmf, dirigir o Vectra na estrada é delicioso. O carro é silencioso e o consumo é bom.
    O Fluence pode ter um bom conjunto, mas seu estilo… é difícil dizer que é bonito. Tá de mediano para baixo.
    O Focus não entendo porque não vende. Talvez porque ele bebe, por ser pesado.

    • Conheço o motor do Vectra andando no Astra, que sem discussão é superior em desempenho devido ao peso mais baixo. O carro é excelente de 2000~3000 rpm… Depois disso morre. Experimente subir giro em um Corolla ou Civic (que são os mais "fracos" do mercado hoje). Você verá que diferença… de um carro 16v girando em alto giro. Povo acha que o Astra e Vectra andam muito devido ao fôlego inicial… Eu pensava assim quando era acostumado com o Astra… Depois que peguei o Civic na estrada, fiquei assustado com a diferença!

      Não adianta… motores 8v não gostam de girar em alta…

  • Bela escolha amigo. Tenho um elegance. Em retomada essa carro é otimo. o unico problema é esse cambio automatico que so tem 4 marchas…. Como viajo 1200 km por mes e dificil.. Mas meu vectra elegance está com 76000 km e SEM NEM UM RUIDO OU BARULHO. nunca deu problema nem nada. Pretendo trocar em um Jetta Turbo. Abraços :)

  • Já disse antes, a GM deveria manter o Vectra em linha, rebaixando-o para uma faixa de preço entre 48/52 mil, em versão única, recheado, como ocorria com o Astra.

  • Eu não gosto desse vectra, justamente por ser inferior aos concorrentes. Ele disse que o não pegou cerato pelo seu motor fraco 1.6, pois não deve ter andando, porque mesmo com uma cilindrada inferior ao vectra, ele anda mais. Digo isso, pois ja andei nos veículos. Eu ja prefiro qualidade aos gadjets, ex: Um focus glx não possui 4 air bags, nem teto solar, mas entrega uma dirigibilidade e um prazer ao dirigir que faz esquecer desses pormenores. Alem do 2.0 duratec ser muito melhor do que qualquer vectra. Enfim, tinha preconceito com aquela traseira do sedan, mas depois que andei, me apaixonei pelo carro. E olha que tenho um new civic. Os melhores carros hoje em dia em matéria de qualidade são: Focus, corolla e cerato. São excelentes escolhas. Agora, há quem prefira mais equipamentos que qualidade. Ai entra o custo beneficio do vectra e os problemáticos franceses. O civic não exemplifico, pois me deu muitos problemas, mas é um carro superior ao vectra.

  • Consumidor conciente,gostei,apesar de ter sido rigoroso ao extremo com o sentra,mas eu acho que ainda iria de focus,,nem tudo também tem de ser racional,o emocional conta também!!!

  • Eu particularmente sou totalmente contra carros top de linha. Pegar um Top de linha, prefiro pegar um segmento superior básico (que em geral entrega praticamente o mesmo que o top, pelo menos no que é realmente necessário).

    Mas pelo preço que ele pagou, achei interessante! Lembro no lançamento desse Vectra Elite que o top de linha encostava nos 90k!

  • Único problema que vejo no vectra é a falta de potência, um carro muito pato, qualquer golzinho 1.6 deixa ele no chinelo.

    Em viajem uma vez tentei acompanhar um Civic, achando que ele por ser 1.8 iria ficar pra trás.

    Errado, o cara andou na minha frente e sumiu em questão de uns 3km.

  • Eu tenho um Vectra Elite 2010, que está beirando os 25 mil km. Até agora não tenho do que reclamar desse carro. Ele é bonito, muito confortável, estável, segura bem nas curvas, tem uma ótima retomada e aceleração muito boa, além de ser bem completo nos equipamentos de série e itens de segurança.

    Como o nosso amigo Ferns mencionou, o acabamento interno é muito bom. O meu, que está um pouco mais rodado que o dele,
    também não apresenta qualquer barulho, ou rangido interno, sinal do uso de materiais de boa qualidade no acabamento.

    Como ele disse, o consumo é bem alto, mas para um carro da GM e para o Vectra isso é normal, pois ele sempre foi beberrão mesmo.

    Sinceramente, eu estou muito satisfeito com ele, e também não pretendo me desfazer dele tão cedo. Foi uma ótima compra e eu não me arrependo em nada de ter adquirido esse belo carrão!

    Abraços

  • Tenho um VECTRA 2.4, e deu inveja ao ler o seu consumo. O meu faz ridiculos 4 km/l na cidade sem ar ligado com gasolina e 3.5 com alcool. e na estrada 8 km/l no alcool e 9 na gasolina. Simplesmente ridiculo, e tudo isso fica mais ridiculo ainda comparando com o meu outro veiculo um Chrysler Stratus 1997 2.5 V6 163cv que acelera mais, tem mais final, é mais pesado, tem motor maior e consegue beber menos combustivel fazendo média andando com o pé embaixo de 4 km/l sem o ar condicionado e 7 km/l andando numa boa, 50% com ar condicionado. Sou fã do stratus, se eu for vender algum, vai-se o vectra.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email