Usado da semana

Carro da semana, opinião de dono: Citroen C4 Pallas 2013

citroen-c4-pallas-2012-2013-5-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Citroen C4 Pallas 2013

Olá pessoal, meu nome é Teobaldo e possuo um Citroën C4 Pallas GLX ano 2012/2013 adquirido 0 km em Brasília no mês de julho de 2013. Possuía anteriormente um Chevrolet Corsa 1.4 hatch 2010/2011, carrinho super valente, não tão econômico em transito pesado, mas ótimo! Nunca me deixou na mão e foi vendido com 48.000 km.



Minha decisão de trocar de veiculo foi catalisada com a noticia de que os carros fabricados no país viriam agora de fabrica equipados com sistema ABS e airbags. No medo de mais uma desvalorização avassaladora estava à procura de um novo veiculo, mas sem muitas pretensões. Sou solteiro, moro com minha mãe que trabalha muito próximo de nossa residência, cerca de 300 metros, eu estudo a 25 km de casa. Pensamos até em continuar com o Corsinha e comprar um “pé de boi” qualquer, pois de vez em quando nossos horários batiam e alguém haveria de ceder usufruir do carro.

Depois de muito conversar, chegamos a conclusão de que nunca na vida havíamos tido um veiculo que tenha nos dado prazer, e que queríamos evoluir neste sentido. Na minha visão não era sensato manter dois veículos drenando dinheiro em manutenções, desvalorização, seguro e impostos. Saímos a caça de um novo membro pra família. (O Corsinha ainda mora no meu coração)

Fui até a Ford, tive o carro avaliado em incríveis R$ 17.000 (tinha pago R$ 29.000 na compra). Já sai de lá com lagrimas escorrendo dos olhos ao ver como nosso suado dinheiro não vale mais nada, não me venham dizer que “carro não é investimento” blá blá blá… sim eu sei amigos, mas é triste ver como é absurdo nosso mercado, e não me refiro tão somente ao mercado de veículos, mas como um todo, aqui pagamos caro, muito caro em absolutamente tudo.

Na Ford me apaixonei pelo então recém lançado Fiesta, achei bem pequeno o espaço interno traseiro mas é um carrinho de muito bom gosto. A próxima visita foi a Nissan, já de olho no Versa, de beleza controversa. Avaliação em inacreditáveis R$ 17.500. Acho bom dizer aqui que o atendimento em ambas foi bom, nada extraordinário.

Na Citroen

Chateado com a situação dos valores oferecidos pelo Corsinha estava quase desistindo. Até que vi na Citroën uma faixa de promoção. Curioso pra saber de qual modelo se tratava, fui conferir. Estavam no showroom bem evidentes os lindos carros da família DS, logo atrás a família C. Bem atendido no momento em que cheguei, me disseram que a promoção era do C4 Pallas, pedi pra fazer um teste drive, no caminho até o carro o valor de R$ 53.000 foi citado na versão manual GLX. Logo pensei, “carro de categoria superior a qual estava almejando e bom preço? É, vamos ver onde isso vai parar”.

Entrei no carro, encontrei rapidamente uma boa posição de dirigir. Ele possui regulagem de altura do banco do motorista e de altura e profundidade do volante. Internamente achei um carro muito bem resolvido, sem coisas chamativas, muito agradável. O ar condicionado dual zone é show, som de boa qualidade, com 4 autofalantes nas portas e 2 tweeters, possui também conexões Bluetooth e auxiliar além da entrada para MP3.

citroen-c4-pallas-2012-2013-1-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Citroen C4 Pallas 2013

O volante de cubo fixo é muito intuitivo com todos os comandos lá. O Cruise Control funciona de duas maneiras, em um modo ele é ativo, mantendo o veiculo na velocidade selecionada sem a necessidade de acionar o pedal do acelerador. Desativado ao tocar no pedal do freio. No outro modo ele limita a velocidade e corta a aceleração quando chega na velocidade selecionada. Possui sistema ABS e airbag duplo.

Mas mesmo apaixonado pelo carro, com uma relação custo x benefício primorosa, ainda não havia me convencido de fechar o negócio. Até que terminamos o teste drive, pedi que avaliassem meu garoto, que ainda estava magoado, com a autoestima lá em baixo depois de ser mal avaliado duas vezes. Veio a surpresa, “senhor seu carro foi avaliado em R$ 23.000”. Que alegria, além disso ganhei a primeira revisão, bancos revestidos em couro e o volante revestido em couro. Fechei o negócio uns 5 dias após o primeiro contato.

Mas neste meio tempo fui ver a fama da marca na internet, muita reclamação de que a Citroën joga o valor dos próprios usados da marca ladeira a baixo, reclamação do cambio automático e a suspensão muito dura e que sempre está dando problemas. Considerei que dois destes três problemas mais recorrentes não me afetariam, o câmbio era impossível pois ia pegar a versão manual, a desvalorização, ela me deixou menos assustado por que a família não é do perfil que troca de carro todo ano e pretendemos passar um bom tempo como ele. Sobrou os problemas com a suspensão muito dura, bom isso é verdade, é dura mesmo. Mas felizmente consigo viver com isso.

citroen-c4-pallas-2012-2013-2-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Citroen C4 Pallas 2013

Após a compra

Um ponto muito negativo é o pós venda, venho reclamando de um barulho ao rodar com o carro. As pastilhas estão pegando nos discos e fazendo um barulho bem irritante, de vidros fechados não se ouve nada, mas de vidros abertos a historia é outra.

O carro está com quase 17.000 km e foi 8 vezes para a concessionária e não resolvem, já troquei o amortecedor dianteiro direito em garantia que estava vazando. E no momento uma presilha plástica se soltou do para-lama e esta fazendo barulho. Eu cheguei a trocar também o para-brisa que em uma tentativa de assalto foi acertado por uma pedra, mas ele foi trocado por uma empresa especializada indicada pela seguradora.

citroen-c4-pallas-2012-2013-3-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Citroen C4 Pallas 2013

Seu consumo com gasolina fica em torno de 7,5 km/l em transito de moderado a intenso com o ar condicionado ligado, com transito leve, a média de 12 km/l é possível. A maior média de quilometragem que tenho no computador de bordo aponta um consumo de 11,4 km/l com uma distância percorrida de 3.872 km, lembrando que é uma média em perímetro urbano. O meu segredo é pegar sempre as vias menos movimentadas e sem semáforos, além dos horários contribuírem ao meu favor o relevo do planalto central dá uma força.

citroen-c4-pallas-2012-2013-4-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Citroen C4 Pallas 2013

Resumindo, a família está muito feliz com o carro, no fim das contas é isso que importa!

Teobaldo Santos, 22 anos, graduando em ciências biológicas.
Brasília, maio de 2014
Um abraço a todos os leitores e a equipe do NA.

4.0

  • RKBerg

    Tchê, até me interessava em adquirir um Citroen, pois possuem preço interessante e bom pacote de equipamentos. Mas uma coisa é evidente: 17.000 km e 8 visitas na concessionária? Caracas. Fico longe.

    • Louis

      REalmente, isso desanima mesmo.
      Meu francês tem 8 anos e nunca pisei em concessionária Peugeot! (já comprei fora da garantia, com 2 anos de uso).

      • Minerius Valioso

        Pois é…

        Nem um usado em bom estado dá tanto problema assim.

    • TiagoNA

      Tem algo mal contado aí… Ir 8 vezes por causa do barulho e não resolverem é só chamar o gerente… Ou talvez não estão detectando o barulho.

    • Gabriel Oliveira

      tem algo errado mesmo, na 2ª eu já mandava bomba.
      meu 408 só foi 6 vezes pra oficina nos 60 mil km dele, pra fazer só as revisões básicas.

  • Acho um carro até legal. Mas essa disposição do painel, não me agrada…

  • Louis

    Belo carro, comprado zero é carro pra ficar 5 anos.

    • Minerius Valioso

      Se o carro realmente for bom, dá para ficar uns 10 anos tranquilo com ele.

  • CharlesAle

    Theobaldo,não entenda isso como uma critica,mas sim uma realidade do mercado!!Se a desvalorização do Corsa te irritou profundamente,a do C4 Pallas manual….Mas é aquilo,o que importa é que goste do carro…

    • Alfredo Araujo

      Meu gerente tinha um Exclusive com 50 mil kms rodados em 3 anos de uso. Vendeu por 25 mil reais… hahahaha
      Pagou 75 e vendeu por 1/3…
      Pra quem tem grana, não acho uma situação ruim… Ele adorava o carro… nunca teve nenhum problema

      • Edson Fernandes

        Preço espetacular para comprar usado…rs

      • TiagoNA

        Não faz muito sentido meu caro, provavelmente vendeu para o primeiro que passou ou em css. Este valor é de um hatch 2009 básico.

        • pablo

          Bem, pior que faz, vc acha varios deste modelo exclusive por 25 mil, nao sei pq ele desvaloriza bastante, mas se eu fosse comprar um deste, alem de dar preferencia nesta versão, iria caçar um dos pouco manuais, pq teria tudo que a exclusive tem, mais airbags, farol de xenon, varios controles eletronicos sem o problema no cambio.

          • TiagoNA

            2011 completo assim? Vários?

            • pablo

              Nao 2011, mas uns 9 ou 10 sim.

        • Alfredo Araujo

          hahaha
          Faz o seguinte… arruma um C4 de um amigo, familiar, etc…
          Pega ele e vai em alguma CSS para fazer uma avaliação

          • TiagoNA

            Qualquer carro q vc for avaliar na CSS meu querido, tanto que eu falei ali… e eu ja tive um C4 ;)
            Desvaloriza mesmo, mas não passa perto do que os preconceituosos falam..

            • Alfredo Araujo

              Pode depende da época em que vc teve e/ou vendeu o seu carro…
              Quando o C4 chegou no Brasil, era referência no seguimento… Meu gerente vendeu o dele ano passado. Ficou 4 meses tentando vender a 35 mil reais… o carro tinha acabado de passar por uma pintura na Citroen, para reparar a pintura…

    • automotivo

      É aquele negócio, se todo mundo fala que o carro é caríssimo quando comprado novo, por que dizer que não deve se importar com a desvalorização?

  • Lenon Slater

    Pow, preço de HB20x, fez uma ótima compra, parabéns pelo carro, CxB excelente.

  • zeuslinux

    Esse carro com câmbio manual é uma boa compra. O meu cunhado tem um desses com câmbio manual e o carro anda muito bem e tem muito conforto.

    Não ficou bem claro o motivo das 8 visitas, se foi sempre o mesmo defeito e quais foram os defeitos além da reclamação do barulho. Se puder, detalhe melhor isso.

    • CorsarioViajante

      Também gostaria de saber, até pq achei muita visita para poucos quilometros rodados.

    • Teobaldo Santos

      Foram basicamente dois motivos, o amortecedor em uma das vezes, e em todas a verificação dos discos e pastilhas fazendo barulho. Eu estudo logo ao lado do CSS e é “tranquilo” deixar ele lá

      • CharlesAle

        Aliás,se não me engano,o Pallas teve uma matéria na QR falando justamente dos amortecedores,que quando frio,funciona normal,mas depois de aquecido,o óleo afina e o amortecedor começa a bater como se tivesse sem ação!!!não sei se foi este seu caso!..

  • CorsarioViajante

    Meu cunhado teve um desses, mas era de um ano zicado que dava pau numa válvula XYZ que ninguém resolvia, o motor super-aquecia e desligava automaticamente o carro.
    Me parece que vc incomoda bastante com desvalorização pelo seu relato, por este viés não é uma escolha muito racional especialmente pelo câmbio manual, pouco valorizado neste segmento, especialmente num modelo que já não é muito valorizado.
    Enfim, se vc for ficar com ele mais tempo do que ficou com o Corsa, pode ter sido um bom negócio.
    E se vocês estão felizes, então com certeza foi um bom negócio.

    • Rude Voleur

      Qual era o ano desse carro zicado? Tenho vontade de adquirir um Pallas, mas com essa zica nem rola :p

      • Se quiser uma dica, vai de C4 VTR ou C4 hatch… anda mais (mais leve) e se possível, foca no MT (manual), pois assim evita encrenca com AT (cambio automatico).

        Ah, e claro, se prepare para manutenções e tb desvalorização. Franceses são ótimos, porém peças e mão de obra são caríssimas e infelizmente, brasileiro não gosta e paga mal neles.

        • Rude Voleur

          Eu não me importo tanto com desvalorização, mas o preço da manutenção realmente me assusta. E obrigado pela diga em relação ao MT

      • CorsarioViajante

        Desculpe, não sei qual era o ano. Mas o Palla tem um guia de compra no BCWS se não me engano, e eles citam os anos que tinham este problema.

        • Rude Voleur

          Vou dar uma checada. Obrigado

          • Rafael Lanfranchi

            A manutenção não é cara o0. Tenho um vtr e posso te afirmar isso. A manutenção só é cara quando feita na concessionária. Evite, pois pós venda é realmente um lixo!!!

  • ultimate_rr

    Eh.. que bom que está feliz com o carro. Isso que importa.
    Mas, 8x na concessionária com menos de 17 mil quilômetros. Hehehe… não não, obrigado.

  • Rodrigo

    Tive um hatch 2.0 GLX e um Pallas Exclusive automático e preciso ser sincero, não recomendo a ninguém! Nunca poderia imaginar que um carro fosse capaz de dar tantos problemas elétricos como ambos os que eu tive. Além do tamanho da desvalorização sofrida por ambos, principalmente pelo hatch que beirou os 50%, e isso porque consegui vender ele no valor referenciado pela tabela Fipe. Para completar a merda do hatch quando eu adquiri, diferentemente do pallas, só possuía 1 ano de garantia de fábrica! E logo que ele saiu da garantia adivinhem? Uma das centrais que comanda os componentes eletrônicos do carro queimou, tornando a utilização do carro inviável e nem a concessionária era capaz de resolver o problema. Demoraram cerca de 2 meses para um mecânico conseguir outra central e substituir a pertencente ao carro que não tinha solução. Além desse problema no hatch ainda tive problemas com o motor do limpador de para-brisas que queimou, a entrada auxiliar do som que parou de funcionar assim como alguns botões de comando do volante e por fim as luzes dos faróis dianteiro viviam queimando em pouquíssimo tempo, por sorte nesses casos o carro estava na garantia ainda. E no pallas tive que levar o carro por problemas com troca de marchas duas vezes na concessionária. Na primeira me disseram que a fábrica havia informado os concessionários sobre a existência de tal problema e segundo eles bastava uma rápida atualização. Na segunda foi necessário reprogramar a caixa. Além de problemas com o ar-condicionado e suas saídas para os bancos de trás. FRANCÊS, NUNCA MAIS! São belíssimos carros, repletos de tecnologia, mas não possuem confiabilidade alguma!

    • Bruno Wendel Marcolino

      acho que está generalizando, mas que pena que teve tantos problemas.

      Hoje a Renault é uma das mais confiáveis do mercado.

      • Jean Lehn

        Com certeza Bruno eles colocam a Renault no meio do rolo e a Renault e completamente diferente , peças baratas faceis de achar carros robustos macios economicos e com suspensão adaptada ao terceiro mundo

        • Corvo

          Acho que não vale generalizar. Tive um Renault 0 km há 1 ano e meio e vendi ele com 12 mil km de tantos problemas que deu. Qualquer carro poder dar problema, independente da marca.

          • Concordo plenamente. Não existe regra. Carro é tudo igual, tem seus “MacGyverz’ da vida e tem os lixão… depende da sua sorte! :)

          • Caio Henrique Alves Nascimento

            Concordo Corvo.. Já tive renault e não achei as peças tão baratas e o pós venda tão bom assim! Hoje,infelizmente, o mercado de carros + pós venda está muito as escuras!

      • Vagnerclp

        Fato, eu tenho um dacia….esta chegando nos 30 mil km (ainda é pouco), mas o único problema apresentado foi o botão do cb que quebrou (já veio com defeito, era duro pra acionar), e foi trocado na garantia, logo no primeiro ano com o carro. De resto, sem problema algum. Tá certo, o carro é bem simples, mas aguenta o tranco. O atendimento na c$$ também é bom, pelo menos a que tem aqui próximo de casa.

      • renato dantas

        você quis dizer a menos pior das francesas.

        • Rafael Lanfranchi

          Cara, não diga isso. Eu tenho um VTR e posso garantir que é um puta carro. Meu pai tem um Fluence e o ama. Tenho muitos amigos que tem c4, pois participo do c4clube, que amam a citroem. São carros muito bons, principalmente os franceses de verdade. Mas realmente a concessionária é um lixo. Participando do clube eu aprendo tantas maneiras de evitar a concessionária sem gastar um real que vc não tem ideia. Não tenho vontade de sair dos franceses tão cedo.

    • João Cagnoni

      Vejo que deste os seus problemas o pior foi o problema no câmbio. Isso é verdade e atinge todas as caixas AL4, mas a correção é simples: substituição dos solenóides e retentores, assim como a atualização da caixa para reconhecer as novas solenóides. Enfim, se te anima um pouco, existe um câmbio da BMW com o mesmo problema, e queimar o motor do limpador de para-brisas já vi acontecer com várias marcas. Agora pra acontecer tudo isso com você, acho que você será recompensado com 72 virgens no paraíso…

      • Rafael Lanfranchi

        Eu já ouvi falar sobre a troca do óleo do cambio, pois eles usam um óleo errado. Usam o mesmo óleo em todo o mundo, sem nenhuma modificação.

    • Mr. On The Road 77

      Se odiou tanto, por que teve DOIS? o.O?

    • pablo

      Bem, nao acho que é valido generalizar, meu tio tem um pallas glx e esta feliz da vida.

    • Jefferson A.

      Possuo um VTR faz pouco mais de 1 ano e adoro de mais o seu desenho tanto parte externa quanto interna, mais realmente é difícil manter um carro como esse em que vez ou outra da problema na suspensão ou elétrica.

      • Rafael Lanfranchi

        O meu nunca tive problema na elétrica o0. E a suspensão é só, quando for trocar, não colocar a original. Coloque uma Cofap Turbogás que vc vai ver a diferença absurda que tem.

    • renato dantas

      creative tecnologie de porcaria nenhuma, a menos pior das marcas francesas é o smart.

    • Petrucci

      Com todos estes problemas no hatch, você ainda comprou outro da mesma marca? Parabéns…

    • Gabriel Oliveira

      realmente vc deu azar, nka vi um carro com tantos problemas, nem no grupo do c4pallas/hatch nem nos foruns da vida

  • Marcos Freitas

    Eu comprei exatamente o mesmo carro! Até a cor é igual! Peguei o meu em maio de 2013.
    Estou gostando muito do carro. Até agora só voltei à concessionária para a revisão. Espero que permaneça assim. A suspensão é realmente dura, mas em compensação vai muito bem nas curvas.

    • João Cagnoni

      Comprou o automático? Não vai permanecer assim.

      • Mr. On The Road 77

        Os números da MegaSena, por favor! hehehehe

        • Marcos Freitas

          Beijinho no ombro!

      • Marcos Freitas

        Manual

  • ultimate_rr

    Agora, convenhamos que 98% dos donos que publicam opinião aqui site amam seus carros e, apesar de tudo, sempre estão muito satisfeitos… Imagino que qualquer hora vou ler algo do tipo: “o volante do meu carro já saiu na minha mão algumas vezes, mas mesmo assim ainda o considero um ótimo negócio”. A verdade é que o NA é um site bastante visitado e ninguém quer colaborar para que o Brasil e o mundo fique sabendo que, algumas vezes, o carro é bem ruim, afinal de contas, um dia ele precisará ser vendido né. Rsrs.

  • Antonio

    Já tive 307 2002 rallye, 206 1.6 … ambos tiveram problemas de suspensão, chave de seta, fora o preço das peças em CSS … metem a faca literalmente !
    Apelando para autopeças especializadas em franceses dá se um jeito.
    Mas fora isso, conforto e beleza são os pontos fortes dos carros da PSA.

    • João Cagnoni

      Cobram mais barato na venda e recuperam o prejuízo no pós-venda.

      • Edson Fernandes

        Discordo, possuo 2 Citroen e não é bem assim não.

  • Hugo

    Teobaldo,
    Para o barulho nos freios, tire as pastilhas de freio e aplique nas costas dela graxa de cobre.

  • Clayton Martins

    Interessante constatar como o bom e velho truque de “valorização do carro usado” feito pelas concessionárias continua iludindo os consumidores de veículos novos.
    Na verdade as concessionárias usam esse subterfúgio quando não querem dar desconto no valor de compra do carro novo, usando uma margem de desconto como “bônus” na recepção do usado.
    Mora ao lado de uma concessionária Toyota e é impressionante como os clientes da referida loja saem com a impressão de que tiveram seu usado “valorizado” quando pagam preços absurdos, incluindo ágio, no valor do carro novo.
    Claro que é muito mais cômodo deixar o carro usado na concessionária onde se compra o carro novo, mas isso tem um preço e não é nada baixo.

    • João Guilherme Fiuza Lima

      Mas no caso relatado, não acho que o cara pagou mais caro no que estava comprando…

      • Clayton Martins

        Se ele não estivesse negociando utilizando seu usado, com pouca negociação se chegaria a um valor em torno de 47k.
        A Citroen estava desesperada pra queimar o estoque de C4 Pallas e 50.000,00 era o valor de pedida na maioria das concessionárias do país.

  • Bruno Borges

    Muito bacana o relato e parabéns por comprar um veículo que esteja gostando apesar dos problemas, pois é complicado ter que fazer 8 visitas à concessionária com 17.000 km.
    Entretanto, espero que os problemas sejam sanados e tudo corra bem a partir daí.

  • Preetinho

    mal lhe pergunte, o valor do seguro ficou em quanto?

  • João Cagnoni

    Acho que posso complementar um pouco sua avaliação, eu tenho um automático com o famoso câmbio AL4. Estou muito satisfeito com o carro, mas o câmbio é realmente problemático. As solenóides possuem um defeito de fábrica que faz o câmbio perder pressão, e que só se resolve trocando. Quem não teve problema vai ter, e se resolve com menos de R$ 1.500,00. Se você tem um C4 que demora pra sair e costuma dar trancos na primeira e segunda marcha, eis o seu problema. O câmbio, quando em bom estado, não apresenta trancos e é extremamente gostoso de guiar. O maior problema é ter 4 marchas, por mais que tenham tentado o carro tem buracos entre as trocas. Se você tentar acelerar de segunda marcha entre 40~60km/H, parece um 1.0, depois o carro estica subitamente parecendo um motor turbo. Câmbios de 4 marchas nunca deveriam ter existido… O consumo de 11.4 km/L em cidade é impossível, e olha que o meu nem é Flex. O único modo de obter esse consumo é rodando em trechos sem farol e com o piloto automático ativo, vejo isso pela sua média de 43 km/h. Andando igual vovózinha faço 8km/L. Aliás, por algum motivo o carro é bem mais econômico com o piloto automático do que se você manter a velocidade no pedal, e não descobri o motivo. Na estrada faz 14 km/L tranquilamente. Sobre a suspensão, o carro tem 1400kg. Qualquer carro deste peso terá problemas com suspensão/pneus. Meu pai tem um Passat e é a mesma dor de cabeça. Estou comprando buchas de poliuretano para a suspensão, pois as normais não duram 1 ano.

    • O_Hobbit

      ‘Andando igual vovózinha’ kkkkkkkkkkkkk

    • Andrex2501

      Gostei do relato dele, muito interessante e gostei também do seu complemento, achei bastante explicativo.
      Claro que o consumo urbano pode ser considerado também se você rodar mormente em vias de trânsito rápido e não intenso. Agora a disparidade de consumo entre o seu e do relato é muito grande, será que grande parte da culpa não é o câmbio?

      • Mr. On The Road 77

        Comparar consumo já é algo complicado, ainda mais comprar o consumo de um carro automático com um manual. E o carro do relato principal ainda mora em Brasília.

        • João Cagnoni

          Sim, é verdade. Já me desculpei no comentário acima. Eu moro em SP, mas só ando fora de horário de pico. Mas vez ou outra preciso subir a Rebouças e o consumo já chegou a 4km/L. Não condeno o carro, pois levo 2h30 para andar 14km. É muito subjetivo falar o consumo sem saber as condições!

      • João Cagnoni

        Sim, é o câmbio. Lembrei que o dele era manual depois que enviei o meu comentário. Mas falando de câmbio, uma curiosidade que esqueci de relatar é que no manual do meu carro consta a informação de “óleo vitalício” para o câmbio, ou seja, sem necessidade de troca. Porém, o meu ainda é o importado da França, e no manual do europeu consta que a troca deve ser feita no máximo a cada 60.000km em condições de uso ideais (sem trânsito, uso misto, clima normal, etc). Coincidência ou não para os problemas de câmbio? Me faz lembrar do Marea e suas trocas de óleo a cada 20 mil km.

        • Mr. On The Road 77

          Sim, realmente tá errado. Dizem que o prazo para troca do óleo é com 30.000 KM. Para troca do óleo com solenóides, estão cobrando em média R$ 1.000,00 aqui no Rio.

        • Edson Fernandes

          João,
          Te antecipo que em manuais mais antigos (como dos primeiros XSara com AL4, pois antes era a caixa ZF 4HP14) a troca de oleo do cambio é indicada a cada 40000km.

  • pedro rt

    vc e corajoso em ter comprado um c4 pallas… assim q poe o pe fora da concessionaria de cara ele desvaloriza quase 23% e mais 9% com 1 ano de uso…

    • Daniel

      Daqui 4, 5 anos, veja qto vale o Pallas e qto vale um HB20 (do mesmo preço 0km)… depois olhe para o dono e veja qual é o mais feliz. hehehe

      Pena que não tem mais o C4 Hatch 2.0 manual, quero trocar meu C4 1.6 por outro só que 2.0 (não que o 1.6 não ande bem – e anda muito!)… mas quero a estupidez da força do 2.0!
      E, por mais que goste de carro automatico, não confio muito nesse AL4

    • Pietro

      A questão não é somente a desvalorização por ano, mas por período de uso e – aqui importante – o quanto você paga a mais para ter um carro que desvaloriza a menos. Na época que ele comprou, tinha concorrente do Pallas batendo a casa dos R$ 65 mil, ou seja, mais de 20% do valor do carro dele. E se não for o caso da pessoa já estar querendo chegar naquele valor (ou seja, valor disponível para um carro de R$ 65 mil), essa diferença não estando em sua poupança lhe daria prejuízo maior que a desvalorização dele. Afinal, seria a diferença + o rendimento pelos meses que você estaria com o carro!

  • pedro rt

    e o sedan medio frances e a marca francesa q mais desvaloriza… a melhor francesa de desvalorizacao mais baixa e a renault

  • Rafael Tavares

    Cara, vou fazer uma matéria mais completa do meu c4 VTR, achei a matéria legal, mais faltou alguns pontos importantes que deixou de abordar.

    • Gabriel Oliveira

      faz a matéria

  • beto

    Já tive um destes mas era o Hatch. Durante 3 anos e 50mil km, só foram feitas as revisões. Troquei por um GM e sinceramente, tenho saudades de C4.

  • Oswaldo

    Amigo, meu pai comprou um C4 na mesma situação q vc: Preço imbatível devido a saída de linha. Contudo ele pegou o top, com cambio automático e tal. O carro dele está com 20 mil km e até agora sem problema nenhum, manutenção só as 2 revisões e o recall feito na segunda revisão. O dele faz de 4 a 5 km/l com álcool em SP, acho q por ser automático o consumo é muito maior, e não notamos este barulho que vc relatou, talvez ele deu sorte.

    Sobre o seu problema, tenta levar o carro em outra concessionária, não sei como são as coisas aí em Brasília, mas em SP a Montpellier no Shopping Aricanduva é excelente, bem o contrário da Fiat Ponto São Matheus onde comprei meu 500.

    No mais, parabéns pelo excelente carro. Só não comprei um para mim devido ao consumo mesmo, nisso o pequeno Fiat 500 mata a pau 7,5 a 8 km/l com alcool em SP neste transito horrível e ar ligado sempre (ou no frio ou no quente o ar não tem descanso comigo)

    • Ronaldo

      o problema do cambio AL4 parece ter sido resolvido ou pelo menos amenizado nos carros de 2011 adiante.
      agora eles usam o AL8 que é uma atualização do cambio anterior. não tenho visto problemas com os carros mais novos.
      os pallas de 2008 a 2010 era certo o problema, mais cedo ou mais tarde.

      • Edson Fernandes

        Só corrigindo: É AT8.

        Abraços

  • Silas Coul

    Amigo. Vejo que por sua inexperiência com carros vc está satisfeito.temos um c4 palas exclusive bva. O mais top. No início era apaixonante. Até postei aqui fazendo mil elogios ainda tinha uns 6 meses. Hj com 2,5 anos e 35 mil km é só tristeza. O câmbio é péssimo. Ar inapropriado pra regiões quentes e não gela bem. Suspensão horrível! O carro parece uma escola de samba andando de tanto batulho. Até o prisma que tinha era mais confortável de dirigir. Consumo 5km/l gasolina sempre ar ligado. O carro é super frágil. Tivemos um c3 por 4.5 anos e foi só alegria. Acredito que nunca mais compro um citroen.

  • Jean Lehn

    Sempre os mesmos problemas com os Peugeots e Citroen SUPENSAO DURA E AMORTECEDORES BIELETAS E BUCHAS QUE NAO AGUENTAM , que vergonha essas marcas estão a nos no Brasil continuam vendendo e depois nao sabe porque estao la embaixo nas tabelas, e um carro bonito imponente porem frágil , enquanto a PSA nao resolver esses problemas de suspensão e eletronica e baixar o preço das peças e revisões serão apenas motivo de chacotas e enxurrada de reclamações!

    • Edson Fernandes

      Não queime a marca por um produto. Vários outros aguentam muito bem. Caso do meu C3 com 100000km por exemplo.

    • Gabriel Oliveira

      to com 70 mil km com meu 408 andando só em rua esburacada e cheia de remendo, ta boazinha, não só ela mas todos os componentes

  • Bruno Alves

    De um Corsinha para um C4 Pallas é uma bela evolução. Parabéns pelo carro.

  • Thunder

    Tenho um C4 Hatch Exclusive Automático e digo que o carro é muito bom. Quanto ao problema crônico do câmbio, até agora (o carro é 2010) nem sinal. O veículo é de manutenção relativamente barata (se executado por um profissional fora da CSS, o que é meu caso), sempre usando peças de qualidade e não obstante até peças originais citroen. Claro que a desvalorização da marca é enorme, mas no meu caso não condiz, pois estou com ele a 18 meses e perdi apenas R$ 1.500,00. Tenho também uma ecosport e com esta já se foram quase R$ 10.000,00 do meu suado $$$$$. A suspensão realmente é fraca para nossas estradas. A tecnologia embarcada é incomparável a qualquer outra marca/modelo nesta proposta de valor.
    O que mais pesa mesmo é o preconceito contra a marca, o que faz o valor do carro cair muito. Na compra, estava entre um Corolla 2009 XLI (automático) e o C4. Se estivesse pensando em vender, tinha feito o pior negócio do mundo. Mas como quero o carro pra andar e porque não “chamar um pouco a atenção” (e não me digam que o interior dele não desperta aquele pensamento:”caraca, isso parece uma nave”). Até hoje quando entro no carro sinto o prazer de olhar para toda a engenharia (elétrica, eletrônica, mecânica) e inovação que este carro apresentava a 4 anos e fico muito satisfeito.

    • COMENTARISTA MEDÍOCRE.

      mas o seu é hatch…. bem mais bonito. E se for o 1.6 é mais valorizado e fácil de revender.

      • Edson Fernandes

        O dele é automatico…. etnão é 2.0.

  • Bugrezilla

    É incrivel como os carros da citroen geralmente envelhecem mal. No início parece uma nave, mas depois de uns anos se transforma em uma coisa incomprável, parece muito mais datado que os concorrentes das mesma época.

    • automotivo

      Incrível, também vejo isso. Só tem um na minha cidade. Parece uma banheira ambulante

    • Gabriel Oliveira

      Não é o que vejo pro aqui, geralmente corolla de 2008 so vejo surrado e c4 vejo mais bem tratado e o carro funcionando melhor

  • Gustavo Guto

    Curto bastante o C4 Pallas, mas pegaria um usado com menos de 20 mil km. Estado de novo e por uns 15 mil reais a menos. Enfim eu acho uma boa aquisição.

  • Yuri Chaves Souza

    Cara, sua história é praticamente idêntica à minha, com diferença nos personagens.
    Tenho 27, sou graduado e funcionário público.
    O carro anterior era um Mille 2001 que foi vendido com nó na garganta. Ao comprador, ainda lhe disse: “cuide bem dele!”, e o atual é um Versa, o qual também tenho contratempos com o pós venda do jeitinho que voce descreveu ai.
    O Versa foi comprado em parceria com minha mãe. Uma parte de entrada junto com o Mille.

    De fato, foi um p#t@ avanço de categoria, conforto e sobretudo desempenho (na estrada especialmente). Detalhe que o consumo dele é o mesmo do Mille!
    Vou colocar meu relato aqui em breve também.

    Curti demais seu relato!

  • COMENTARISTA MEDÍOCRE.

    Acho esse carro comprido demais. Vc não gostou do c4 picasso? Acho muito mais interssante.

  • Ediomar

    Esse é o tipico carro que deve ser evitado quando se cogita a compra um carro usado,assim como seus irmãos e primos PSA,principalmente quando você mora longe de regiões metropolitanas e capitais,as peças são carrisimas e difíceis de achar fora da rede autorizada,fora a revenda horrível própria das marcas francesas,mas se o dono esta contente com o veiculo,parabéns!

    • Zoran Borut

      Na prática, o que você diz ocorre com qualquer marca fora das quatro grandes. Há cidades em que os moradores não compram nem Honda ou Toyota usados, devido à dependência dos preços das concessionárias e à distância destas.

  • Rodrigo

    Muito bom relato. Parabéns pela aquisição.
    Também tive um Corsa 1.4 completo (tinha airbags, apesar de não ter ABS), gostava muito dele também.

  • pablo

    Bem, meu tio comprou um zero em 2011 e ja esta com 50 000 km, bem, ele tambem so tece elogios do carro, viagens longas como goiania bh vai tranquilo, mas o que achei mais legal no seu é o ar digital, na epoca o glx nao tinha isto.O banco em tecido do pallas eu curto bastante.

  • Joildo Dias

    Amigo se vc acha q a suspensão do C4 é dura experimenta andar num SI ai vc vai ver o q é suspensão dura, sei q são propostas diferente, e sinto q quando tiver coragem de desfazer desse carro incrível qualquer carro q eu pegar vai ser igual uma poltrona confortável……………..

    • Edson Fernandes

      Por mas daí é sacanagem. Enquanto um é efetivamente esportivo e proprio para ter suspensão que faça uma curva mais forte, o ooutro é voltado a uma proposta familiar.

      Na minha opinião, mirar o consumidor com uma suspensão muito dura e precisar dar conforto, fica dificil, ainda que conforto não seja só o comportamento de uma suspensão.

  • Leoncio

    Meu humilde voyage 2013 0km ate hoje 22mil/kms só visitou a css para revisão. De resto. Nem passo na porta.

    • COMENTARISTA MEDÍOCRE.

      Com 22mil km qualquer carro é uma beleza. Venha comentar quando estiver com 60milkm.

      • Leoncio

        Po o cara relatou la em cima que o c4 dele com 17mil km ja visitou a css 8 vezes. Isso é o que saudade dos mecanicos?

  • fellipealo

    Belo Review NA. parabéns pelo depoimento.
    Isso que faz eu amar o NA!!!

    Agora, não sei se isso vai ajudar ao amigo, mas se o barulho for muito grande, vá atrás, caso contrário, quase 70% dos barulhos dianteiros sem motivos, não tem solução nem se você trocar TUDO. Pois pode ser balança, amortecedor, coifa, elevador, cara, presilhas do freio, pastilha mal usinada, cara, às vezes troca-se coisas novas e não era isso, às vezes é culpa de ressecamento de feltros, isolantes, cara… é muita coisa. Boa sorte.

  • Gran RS 78

    Carro e’ questao de sorte, portanto qualquer marca pode apresentar problemas, e isso inclui modelos Okm tbm, mas esse C4 em questao da reportagem nao e’ normal um carro com apenas 17 mil km e um ano de uso precisar ir 8 vezes na concessionaria para solucionar um problema, e pior ainda nao conseguiram resolver. Que mancada dessa concessionaria Citroen.

  • Rafael Lanfranchi

    Cara, tenho um VTR 2006, e posso dizer que vc tem um PUTA carro! Estou com o meu há 2 anos e sem maiores complicações. Parabéns
    Agora tem que entrar para o C4Clube e ver umas dicas

  • thiago rodrigo

    tive um que peguei em um negocio por 29.990,00 com 58 mil km rodados 2009/2010 manual, quando pensei em vender o carro( 3 meses depois )…. que isso… 22.500,00 pois ainda tive que da o desconto de 1.500,00 para trocar a embreagem que estava mais dura do que de scania… em questão do carro.. não é tão ruim.. tive esse problema do barulho de freio… suspensão traseira apos passar em quebra mola horrivel parece n ter molas… e o acelerador do carro é lerdo… vc pisa ai ele pensa.. ai que ele vai… e claro.. o POS VENDA da citroen que é meio falho… demorou para chegar as peças que pedi..

  • andre gustavo

    Carro excelente, prazer de dirigir. Vendo 2008 revisado e acompanhado em Oficina Especializada Citroen.
    http://www.webmotors.com.br/comprar/citroen/c4/2-0-exclusive-pallas-16v-gasolina-4p-automatico/4-portas/2008/11948182

  • Thiago

    Minha única crítica negativa em relação ao C4 Pallas é que a suspensão poderia ser mais acertada, menos dura. Tive que trocar a bieleta com 80 mil, mas também, a suspensão nunca foi trocada, era pra ter sido trocada com 40 mil.
    Fazendo manutenção na hora certa, o carro não dá problema.
    O pessoal mete o pau no C4 pallas, como se todos os outros carros brasileiros não dessem problema algum. Corolla da problema, Cívic da problema, sai procurando em fórum por aí que você acha milhões de casos. Acho que a Citroen não teve uma boa entrada no mercado brasileiro, com um pós venda ruim, mas vem melhorando seus serviços. Quando comprei o C4 estava ciente do problema de câmbio, por isso procurei um que já tivesse sido feita manutenção.
    Outra coisa, reclamar que o carro gasta? A grande maioria dos carros 2.0 16v, com o mesmo tamanho do C4 pallas, gastam a mesma coisa. Tem que saber andar com o carro.
    Minha média em cidade fica em 8.5 com gasolina e estrada entre 11 e 12 dependendo do peso do pé rs..

    Sobre a desvalorização, infelizmente quem comprou 0 se deu mau. O carro desvalorizou por que ficou mal falado pelos problemas de cambio e suspensão, e principalmente por causa do preconceito e julgamentos exagerados.To muito feliz com o C4 por tudo que ele oferece. Acabamento de primeira, ar condicionado dual, limitador de velocidade, piloto automático, farol com ascendimento automático, sensor de chuva, freios ABS, airbag duplo, controles de som no volante, banco de couro, tudo isso por 30 mil?

    Muito melhor que andar de Gol, Palio, Prisma, etc..

  • Luiz Carlos

    Tenho um C4 Pallas 2011, ele é ótimo,bom consumo,confortável,responde bem, e se achar um igual ao meu pode ficar uns 5 anos tranquilos.

  • Everton Lourenço

    O cara que desenhou esse projeto do Pallas merece um troféu… É o carro mais bonito que já vi, o desenho chama muita atenção, não tem como passar despercebido… Um dia eu tava no posto com o Uno da empresa e chegou um cara com um Pallas o frentista falou.. (OXI ISSO É CARRO…kkk).. Meu mecânico já disse que Citroen é loteria… Que carro mais top no Brasil só presta Honda, Toyota e Nissan… Mesmo assim o Pallas segue como meu sonho de consumo. Diante das broncas em cima do Câmbio AL4 até um manual GLX completão eu aceito… hehehe.. de preferência prata ou cinza chumbo. TOP DEMAIS!

  • Gabriel Oliveira

    Barulho ao rodar desse carro pode ser a capa de plastico que fica dentro da caixa de rodas, poe uns quadradinhos de feltro onde as presilhas seguram, entre o plastico e a lataria, pra n fazer zuada. Os pneus originais são barulhentos, uso continental e o carro mudou o rodar e conforto da água pro vinho. Pastilha de freio tem marcas boas no paralelo, veja se os discos não estão empenados tb. O meu nka fez zuada.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend