Usado da semana

Carro da semana, opinião de dono: Fiat Idea Essence 2011

fiat-idea-essence-2011-usado-da-semana-1-620x465 Carro da semana, opinião de dono: Fiat Idea Essence 2011

Olá amigos do NA, primeiramente gostaria de parabenizar a todos por este excelente blog automotivo e falar das minhas experiências com meu automóvel, um Fiat Idea Essence 2011. Vejo muitas reclamações a respeito da marca Fiat, às vezes até mesmo por certo preconceito, mas não há duvidas de que problemas existam em todas as marcas e com a Fiat não poderia ser diferente, ainda mais por se tratar de uma marca com um passado um tanto quanto problemático. As pessoas generalizam todos esses problemas, dando certa impressão que todos os carros desta marca são super problemáticos.



Comprei o Idea em janeiro de 2011, com certo pé atrás pelo que eu ouvia das pessoas, mas resolvi arriscar. Paguei R$ 49900,00 pelo carro a pronta entrega, na época o carro não oferecia de serie itens como Air Bag, Abs, Ar-Condicionado, Rodas de Liga Leve, entres outros menos importantes, mas esse preço incluía todos esses itens como opcionais e ainda pintura metálica.

Pelo que ouço até hoje das pessoas a respeito da marca e do modelo, acho que fui premiado com o carro, por que nunca tive um único problema com o carro, isso mesmo nenhum defeito. Até hoje nunca fui à concessionaria para reclamar, apenas para fazer as revisões. Até por isso digo que o pós-venda da concessionaria Fiat da minha cidade bom, mas tenho consciência que pelo fato de não ter tido nenhum problema, minha opinião poderia ser outra. Mas agora vamos as minhas impressões sobre o carro, o Fiat Idea Essence 1.6 2011, que hoje está com quase 30.000 km rodados.

fiat-idea-essence-2011-usado-da-semana-2-620x465 Carro da semana, opinião de dono: Fiat Idea Essence 2011

Desempenho: O motor Etorq 1.6 de 115/117 cavalos atende bem aos seus 1260 quilos dentro da cidade, só fica devendo um pouco em ultrapassagens na estrada, ás vezes é preciso reduzir para não passar por situações de perigo, isso devido ao torque máximo de 16,2/16,8 kgfm só aparecer aos 4500 giros. O cambio é bem escalonado e não deixar a desejar.

Estabilidade: Pra mim um dos únicos problemas é não oferecer Controle de Estabilidade nem como opcional. De modo geral é bem equilibrado e por se tratar de um carro alto nunca passei por sufoco em curvas mais acentuadas, graças à suspensão traseira bem acertada herdada do Stilo.

Interatividade: Os comandos do ar, vidros e retrovisores são bem posicionados. Há bastante porta-objetos, inclusive no teto. A visibilidade deixa um pouco a desejar pelas colunas A, é preciso muita atenção para que motos não se “escondam” nelas. A posição das saídas de ar também incomodam.

Consumo: Esse é um dos pontos que mais me agrada, por se tratar de Brasil. O consumo com álcool fica na casa dos 6/7 Km e o com gasolina fica na casa de 12 km no ciclo urbano com o ar ligado. Já na estrada são 10 km com álcool e 15 km com gasolina, mas isso quem fala é o computador de bordo. Mas já vi pessoas falando em consumo de 8/9 com gasolina na estrada com esse mesmo motor.

Tecnologia: Aqui há um grande problema, pois é difícil achar mais que rádios na Fiat, onde centrais multimídia são raridade até mesmo como opcionais. Como o meu veio sem radio comprei um DVD com GPS integrado e mandei instalar.

fiat-idea-essence-2011-usado-da-semana-3-620x465 Carro da semana, opinião de dono: Fiat Idea Essence 2011

Conforto: Os bancos são bem confortáveis, e fica fácil achar uma boa posição de dirigir pelas regulagens de altura do volante e banco. O espaço interno leva 4 adultos com conforto, com 5 fica complicado por ter só 1,69 de largura. A suspensão absorve bem os buracos e imperfeiçoes do solo brasileiro. Acho a suspensão dianteira um pouco baixa, pois às vezes raspa em baixo quando passo por lombadas e para entrar em estacionamentos, um problema crônico de todos os Ideas.

Habitabilidade: A boa abertura e tamanho das portas facilita muito a entrada e saída do carro tanto na frente como atrás. Espaço interno é razoável, mas não compromete você perde em largura e ganha em altura. O porta malas é razoável com seus 380 litros.

Acabamento: Nada que vai além das normalidades brasileira, mas de modo geral o aspecto é bom e não fica devendo para os concorrentes. O tecido dos bancos de uma única cor me agrada bastante assim como o painel em duas cores. Não vemos rebarbas nem peças mal encaixadas. Há também tecidos nas portas para o encosto do braço. Barulhos internos também são raros.

Segurança: Oferece o básico Air Bag duplo e Abs (comprei como opcionais, hoje vem de serie), sinto falta de freios a disco nas rodas de trás. As chapas metálicas aparentam boa qualidade para o nosso mercado. Nada de mais sofisticado em termos de segurança, como a maioria dos carros brasileiros.

Design: As lanternas traseiras de Led agradam bastantes, a tampa traseira limpa também. Houve certa evolução em relação ao modelo anterior. Os faróis espichados são ótimos. Os vincos na lateral são bons, nada de exageros.

Custo/Benefício: Pelo preço que paguei R$ 49900,00 condizente com a realidade brasileira pelo que oferece. Sei que havia outras opções até melhores pelo mesmo preço, mas estou satisfeito.

Conclusão: Estou muito satisfeito com o carro, atende muito bem as minhas necessidades e recomendo. Muitos podem me questionar, mas entendo. O carro tem quase 30.000 km e nunca me deixou na mão, nunca houve nenhum problema que me tirasse o sono nem que me deixassem a pé. Mas não é por isso que ficarei com ele o resto da eternidade. Penso em troca-lo até o final do ano, estou de olho nos crossover/suv compactos. Duster e EcoSport não me entusiasmaram, estou esperando o lançamento do Chevrolet Tracker e quem sabe Peugeot 2008, se elas não cobrarem preços exorbitantes, um deles poderá parar na minha garagem.

Agradeço ao NA pela oportunidade de mostrar meu contentamento com um Fiat.

Por Joaquim Reis Alves Garcia

4.0

  • andy_irons

    esse carrinho é até bom, mais para quem teve a versão anterior não vai querer repetir a dose, o interior é idêntico a primeira geração. aqui em casa temos um e ao ir na loja é broxante entrar e ver o mesmo carro

    • alexhmoraes

      Isso que mata na FIAT!

    • Geanmatheus

      Também possuo um Idea, o carro é muito bom.
      Na época da compra, estava em dúvida entre carros populares completos e ele.
      Comprei usado, achei muito mais negócio um usado do que um completo popular.
      A questão de raspar a frente, deve ser nesta versão nova pois o meu não esbarra.
      Andei no Fit e não me agradou, fui apertado atras e o câmbio era meio "lento", a Meriva ter um design horrível na minha opinião e descartei.
      Hoje com 70 mil km o carro nunca me deixou na mão e estou satisfeito.
      Qeuria que a Fiat lançasse o 500l, pois seria uma excelente opção para a categoria.

      <img src="http://imguol.com/2012/09/30/fiat-500l-pop-star-14-1349047642523_615x470.jpg"&gt;

    • granrs78

      O Idea só tem uma geração, esse modelo sofreu uma reestilização somente isso, pois a sua plataforma continua sendo a mesma do modelo anterior ao facelift.

    • edvarvilarneto

      Para mim não seria problema se o carro tivesse o mesmo painel do modelo europeu. O que mata é aquele painel horrível e cheio de remendos do palio.

  • thales_sr

    30.000 km e nunca deixou na mão, não faz mais que a obrigação… Carros com manutenção em dia rodam 100 mil km fácil. Mas hoje em dia a galera lê duas dúzias de reclamações em blog/fórum e já acha que o produto é uma bomba…

    • vfreire85

      pois é. se for pelas opiniões do carros na web, por exemplo, ninguém compra um único carro.

      • Lauolling

        Corolla G3, por exemplo, tem uma avaliação muito positiva de praticamente todos os donos. E não é por menos, um excelente carro.

    • Mr. Potato

      Depende Thales, que o digam os compradores de Gol G5 com um monte de recall em seus primeiros anos. Teve gente trocando motor com menos de 1000 km. Claro que é absurdo, mas no mercado nacional essas coisas acontecem infelizmente.

      • thales_sr

        O normal é carro durar mais de 100 mil km, desde que feitas as manutenções preventivas no prazo correto.
        O caso dos Gol 1.0 foi um caso a parte, ponto fora da curva. Tanto que toda vez que alguém quer falar de problema prematuro em carro, só citam o Gol G5 como exemplo. E o problema já foi resolvido, então acho que já deu, de ficar batendo nessa tecla toda vez.

    • SilenceBass

      Pois é, sem contar que o carro é 2011, não tem que dar problema mesmo, e se der , é prematuro demais. O carro tá "zero" ainda. O meu é um 2008 com 38mil km e ainda tá zero e sem problemas, ou seja, tudo dentro da espectativa, tanto da km ainda baixa como até do tempo, apesar de já ter 5 anos.

    • O_Corsario

      Isso é algo que noto bastante, a maioria das pessoas considera uns 30mil km muito, 50 mil km um absurdo, e por aí vai… É muito comum, inclusive no meio jornalístico, ver gente falando que o carro é confiável pq em mais de 40.000km não deu problema e tal…
      Outro vício que apareceu aqui foi o de reclamar de ter que reduzir para ultrapassar…

      • Edson Roberto

        E que o motor 16v é ruim de baixa…rs

        O cara quer torque sempre nas rotações iniciais e muitos atuais donos de carros 16v tem "medo" de rodar acima de 3000rpm. Acham que vão "explodir" o motor na hora em que ouve o ruido do motor.

        • Geanmatheus

          Minha mãe por exemplo, quando anda comigo não gosta que eu chegue a 5 mil rpm no carro, sendo que o torque aparece em 4500 rpm.
          E até explicar esta questão de torque x rotação…… rsrsrsrs
          Ela não passa de 3500 rpm!

    • Carlos C.O.

      E que o assento traseiro central não tem apoio de cabeça nem cinto de três pontos.

  • Landrutt

    A Fiat deveria oferecer a versão Essence também com o motor 1.8. Agora em dezembro troquei meu Fit em um Idea e fui "forçado" a pegar o Adventure porque queria o motor mais potente. Comprei por 52k com vidros elétricos traseiros e som Connect, na bela cor cinza tellurium, que na verdade é um marrom metálico. Apesar de algumas falhas no acabamento, como a tampa do porta-luvas ligeiramente desalinhada, que vi em todos os Ideas que estavam no estoque da concessionária, estou gostando do carro. Preciso de um carro espaçoso e que não seja grande demais – e o limite de tamanho era justamente o do Idea -, nos mesmos moldes do Fit, mas queria um que não fosse tão "lambe chão" como o Honda.

    • AventadorMan

      Poiis eh amigo nos fit G1 vi alguns reclamarem de ser meio baixo, minha mãe tem uma classe A 2004 tirou zero e não troca o carrinho por nada, só que já está com 89 mil km, aí acho que iremos ver um idea para ela, pelo fato de ela querer carro mais alto, você está gostando do carro?

      • Henrique Grillo

        Cara sou proprietário de um Idea e recomendo, melhor que muito carro de 60 mil por ai.

        • AventadorMan

          Po legal saber vlw

      • Landrutt

        AventadorMan, estou gostando do carro sim. Eu nunca fui muito fã da posição de dirigir alta mas isso não ia determinar minha compra, já que meu primeiro carro foi uma Meriva SS 2006. Bom, o acabamento tem falhas, como todos os carros, mas a mais gritante mesmo é a tampa do porta-luvas desalinhada, e isso existe em todos os Ideas. Não existem muitas rebarbas nem peças mal encaixadas e o acabamento não bate – pelo menos ainda. Gostei dos painéis de porta macios e revestidos em tecido, tal qual no Fit, hoje em dia está cada vez mais raro encontrar algo do tipo nos carros brasileiros e até importados de faixa de preço semelhante. Como já disse, o meu é o Adventure, de início achei o motor 1.8 meio letárgico mas estou com a nítida impressão que o desempenho está melhorando. O consumo médio urbano é um pouco mais alto do que o que eu estava acostumado com o Honda, ficando entre 8.3 km/l e 8,9 km/l, mesmo com engarrafamento nunca desceu para valores abaixo do inicial que citei…ressalto que os números são com AC ligado direto, moro em uma cidade bem quente (Natal/RN) e preciso andar engravatado por causa do trabalho, então uso o AC 99% das vezes. Recomendo fortemente a instalação de um sensor de estacionamento, independente da versão do Idea, como ele é um carro bem alto acaba que em manobras, especialmente de noite, fica muito fácil não ver um carro menor atrás dele, muito fácil mesmo. E como já disse, gostei MUITO do fato de ele não chegar nem perto de arrastar em lombadas altas, valetas (não sei se os Ideas Attractive e Essence tem o mesmo comportamento já que são mais baixos), e isso realmente me incomodava no Fit, era um dos poucos "defeitos" do carro. Eu tenho a tarefa de deixar meu sobrinho na escola todas as manhãs e no caminho com meu carro anterior SEMPRE arrastava em duas lombadas que eu necessariamente precisava passar, mesmo parando o carro e passando com o maior cuidado. Até as lombadas do meu condomínio atacavam o Fit com facilidade, coisa que nunca acontecia no antigo C3 da minha irmã, no atual Picanto dela e no Camry do meu pai. Enfim, já escutei de alguns "jamais trocaria um Honda por um Fiat como você fez", mas como compro o carro que me satisfaz no momento e não compro apenas marca isso não é problema nenhum. Não é um carro perfeito, como nenhum, mas estou satisfeito com ele, pelo menos até agora.

        • AventadorMan

          Obrigado Landrutt, agente sabe que a fiat não é exemplo de acabamento, mas pra essa situação (minha mãe barbeira kkkk) só precisa de funcionalidade e um carrinho que não raspe mt, pq mulher não se liga mt em parar em lombada e tal eeheh (não generalizando é claro) moro em Itajai-SC utilizamos o ar de novembro – maio , em média 7 meses por ano, a média de consumo será melhor ainda, e em relação a fiat, minha mãe teve um palio 1.5 1997, tirou zero na época eu tinha 15 anos e andava com ele direto ehheh e gostava mas nao entendia muito de carro, nunca deu problema ela nunca reclamou, e tive um sitlo connect 2006 com 6 meses de uso gostei bastante, isso que meu carro anterior era um audi A3 1.8 125cv aut, o A3 era mais seco, lógico que a presença dele naquela época era impressionante a galera venerava o A3, ai peguei stilo fiquei com ele 3 anos super macio nunca deu problema depois peguei um i30 seco pra kct, so que comprei por 57.900 automatico e teto e vendi pra um amigo depois de 6 meses por 54 heheeh, mas enfim valeu pelo toque. Abração

      • Geanmatheus

        Eu tenho um Idea também e gosto bastante do carro.
        É bem espaçoso e tem um altura boa do solo.
        Já passei correndo em lombadas e o carro não raspou.
        O Fit do meu colega passou em uma vala e quebrou o sensor de direção elétrica, o conserto foi 3500 reais!.

        • AventadorMan

          Em nossas estradas lunares e de lombadas gigantescas temos que com carros altos msm, até para nao ter um preju igual a esse ae ehhee, obrigado pelo toque amigo

    • Diego105

      Minha chefe comprou um Fit 2012, e reclama muito da altura do carro, ainda mais que pra chegar na casa dela tem uma estrada de chao de 2 km cheia de buracos, onde ela passa a mil. Ela nao entende nada de carro, chegou a reclamar na Honda que o carro dela estava muito baixo

      • Sias

        E é nestas situações que os pseudo aventureiros se saem melhor.

        • Geanmatheus

          Ele tem uma boa altura do solo, já passei correndo em lombadas e o carro não raspou.
          Além de encarar estradas de terra com mais facilidade

  • alexhmoraes

    Eu não acredito que esse carro seja econômico não, meu primo tem um Punto Essence 1.6 16V Etorq e etc, o carro bebe muito, nao da mais que 10 na cidade nao. Manutenção bem puxada, suspensão muito incerta.

    • Mr. Potato

      A imprensa toda elogia muito a suspensão do Punto. Primeira pessoa que vejo dizendo o contrário.
      Quanto ao motor E.torQ, ele foi desenvolvido justamente pra ter manutenção fácil e barata, o que pega aí é a safadeza de certas concessionárias que jogam a M.O. lá em cima.

      • Filipe_GTS

        Pois é Sr. Batata, sequer pude entender o que seria uma suspensão "incerta".
        Nas experiências que tive com um Punto 1.6, equipado com rodas aro 16", gostei bastante do comportamento da suspensão.

        • Edson Roberto

          É que vc não andou então na versão T-Jet….rsrr

          • Filipe_GTS

            E sou bastante infeliz por não conhecer um carro que penso ser ótimo!
            Deve ser bem firme, não? Se for, ótimo! hehe

            • Edson Roberto

              kkkkkkkkkk

              É firme, estavel e anda muito! No Punto em especifico, não se sente aquela falta de força antes dos 2000rpm, o que deixa ele dando uma patada interessante para o tamanho do motor e o conjunto claro. Se fosse o cambio do Bravo…. seria perfeito!

  • hardstyle_

    Bom carro, mas o Fit de longe é melhor.

    • Geanmatheus

      é melhor mesmo, mas passou em uma vala e quebrou o sensor de direção elétrica, o conserto foi 3500 reais!
      O Idea é um popular grandinho e melhorado.

      • janduir

        Sem contar que o Fiat Uno tem suspensão mais macia…

  • figado

    Não é muito recomendável confiar demais no consumo do computador de bordo, o do Fox chega a mostrar 2 km/l a mais pra gasolina do que o consumo real, ja no alcool o consumo sai correto.

  • Faltou uma foto do interior..

  • _Adriano__

    Po com 30 mil o carro dar problema é brincadeira né, se bem que o palio 2008 que meu irmao tinha zuou a embreagem com 26 mil, motor do siena 2003 da minha mae foi pro saco com 100 mil rodados e o outro siena 2003 da minha avó veio com pintura bem zuada dificil até de lavar o carro.
    é acho q nao tenho um bom historico com a fiat e sou fiel em dizer que pra mim ela é um lixo!

    Outra coisa, tem que reduzir pra ultrapassar com segurança? Poxa amigo isso todo mundo faz até se estiver de ferrari!

    • navesjunior

      Não to defendendo ninguém, experimente andar com qualquer carro sem manutenção e verifica para mim se ele aguenta até os 100 mil KM sem bater o motor. Dizer que a marca é lixo é fácil, mas carro nenhum foi feito só para botar gasolina e andar. Tenho um Palio Fire Economy com 70 Mil KM e esses dias me deu o único problemão que tive que gastar um dinheirão para consertar, gastei no total: R$ 14,90 (Uma lâmpada de farol).

      • Lauolling

        Se o projeto do motor for bom, aliada a uma manutenção preventiva correta, fiéis trocas de óleo e um bom combustível(a parte mais difícil), o motor deve aguentar mais de 1 milhão de km. Muito mais aliás, como já foi tema de uma matéria aqui no NA.

    • gcarlos

      Já conheço gente q só lembrou de trocar a correia de comando de um mille depois q inteirou 100kms. Pra vc até um Uno vai a 100k, sem problemas, dependendo é claro do motorista.

    • Edson Roberto

      Ela usava o oleo correto?

      Pois nesse periodo, o que uma galera trocava os oleos sinteticos e semi sinteticos por MINERAL não tá no gibi… (meu pai é um deles)

  • Arthur_SS

    Meu pai tem um desse também…E se ele fizesse a mesma média com o ar Desligado, ele já ficaria feliz

    • Geanmatheus

      O meu faz 13 na estrada e 8 na cidade.(gas)
      Motor 1.4

  • Renato_Valente

    Caramba, 6/7 km/l em um carro 1.6 é brincadeira hein!!! Carrinho cachaçeiro….

    • Filipe_GTS

      Com álcool! Tive Gol AP 1.6 8v 2003 que fazia 7,0 com gasolina, sem choro.

      • Edson Roberto

        Mas meu pai tem um Siena Fire Flex que faz 7km/ seja com gasolina ou alcool…rs

        • Filipe_GTS

          O meu teve um Siena 1.0 16v em 2005/06 que fazia 9,0 na cidade e 11,0 na estrada. Não era flex.

      • Renato_Valente

        Então, e depois o povo vem falar que GM que é beberrão……..

        • Filipe_GTS

          É engraçado que consumo varia de carro pra carro, mesmo que use o mesmo motor!
          Relações de câmbio e diferencial, pneus, cambagem, etc., tem muita coisa que influencia (sem falar do peso!).

  • Louis

    R$ 50 mil? Achei caríssimo.

    • Leandro1978

      Sei, e por qual você optaria que tivesse as mesma características e nas mesma condições que o colega? Criticar e não dar alternativas é fácil, né?

      • Louis

        Um hatch médio, ou Honda Fit (que apesar de caro também, tem qualidade de construção e acabamento superiores).

        • Mr. Potato

          Tem que ver a época em que ele comprou. O Honda Fit custava mais e era mais básico. Focus caía no mesmo caso. Querendo ou não, ele não tinha muitas opções e queria um carro menor (o Focus é muito largo, em certas garagens passa um sufoco que o Idea não passa).

    • O_Corsario

      É engraçado, eu também sempre achei o Idea muito caro, mas também é pelo perfil. POr 50 mil preferia por exemplo qualquer compacto premium, mas não tem a mesma proposta do Idea…

    • roberto_araujo

      Preço de carro no Brasil é tabelado pelas montadoras, não existe carro similar que seja mais barato que o Idea. Por dentro, o Honda Fit é tão tosco quanto o Idea, só plástico duro no acabamento, é carro que foi feito pra classe popular, pra carregar crianças, mas que aqui no Brasil tem status de "carro de madame".

      • Edson Roberto

        Mas aqui no Brasil a Honda se tornou uma coisa de outro mundo. Falar mal de algum Honda parece ofender a muitos aqui.

        Além disso, o Honda tem problemas sérios de durabilidade de suspensão. Não é raro o mesmo apresentar trocas de peças prematuramente porque não suportam "nosso tapete".

        • tuduff

          falar que um carro é ruim de suspensão na situação em que vivemos em sp ( e mtos outros lugares ) é um absurdo. Qualquer carro deveria ter a durabilidade de toda a suspensão a mesma do amortecedor , onde nós trocamos com +- 60~80 mil km? E hoje o que vemos? carros de passeio com 15 mil km ou 1 ano, com a caixa de direção quebrada, bandejas destruídas, agregado empenado e outras coisas mais…. O jeito é arrumar saco e tempo, pra ficar processando a prefeitura a cada 6 meses.

        • janduir

          Já tive 2 Civic, e é aquilo, manutenção rotineira, nada de surpresas, mas quebrou alguma coisa fora do comum, prepare o bolso. Tinha medo de andar na buraqueira…

  • PabloRJ

    Com 50k eu preferiria um médio, seja hatch ou sedan. Provavelmente iria de Focus.

    • Mr. Potato

      Se tiver garagem pra isso. Um vizinho trocou um Focus hatch por um Honda Fit porque não aguentava mais o sufoco pra entrar e sair da vaga no prédio. Essas vendas altas de carros menores com preço de médio não são à toa.

  • AmmmmmP

    6/7KM/L…. vi na TV que no modo álcool um carro consome 30% mais do que no modo gasolina…. mas nesse Idea o consumo de álcool é 50% superior aos 12KM/L de gasolina.

    Sei não, posso não, não quero não!

    • Arthur_SS

      Na verdade cada carro tem seu próprio consumo…30% é a média entre todos os veículos…Assim como o Idea gasta 50% no etanol, tem veículos que gastam 80, até 90%. O que cada um tem que fazer é marcar suas medidas e ver o que vale mais a pena no seu veículo.

  • Henrique Grillo

    Eu tenho uma e posso garantir ela é melhor que muito carro de 60 mil por ai, conforto, espaço, consumo e design.

    • O_Corsario

      Na sua opinião, é melhor do que qual carro de 60mil? Fiquei curioso.

      • Geanmatheus

        Eu tenho um e acho que não é isso tudo não.
        É um carro melhor que populares completos.
        Agora melhor que médios não!

  • paranaiba

    é muito complicado fazer média somente acreditando no computador de bordo, ele pode dar uma diferença boa, tenho um no meu Fox, na minha ultima viagem fiz 16 no CB gasolina, na bomba deu 15,5 km/l com ar ligado a 110 km/h

    • Filipe_GTS

      Pô, essa diferença é totalmente aceitável. O cálculo pela bomba não sai perfeito nunca. O frentista pode encher um pouquinho mais ou um pouquinho menos quando vc manda completar novamente pra fechar a quilometragem.

      • paranaiba

        sempre que eu vou no posto eu peço pra completar pra fazer a média, e sempre peço para para de encher na primeira trava da bomba

    • odirrr

      Sei que não é o mesmo motor, mas é o mesmo CB.

      Eu tenho um Palio 1.4 2008 e minha mãe tem um 1.0 2010.

      Já fiz o teste tanto em cidade quanto estrada com uma boa KM para não ter tanta influência da bomba. Nunca teve diferença superior a 0,2 km/l, tanto etanol quanto gasolina. O da minha mãe eu só testei uma vez e no álcool, cravou.

  • bedotRJ

    O problema da Idea é o mesmo de outros carros já com bastante tempo de mercado nas costas: prá se tornar atraente, precisa ter vantagem em preço. Mas aí a gente vai verificar e percebe que uma dessas no modelo Attractive 1.4, com motorização insuficiente em diversas situações, custa a partir de R$ 43mil. Uma Essence 1.6 como essa do colega sai a R$ 46mil, sendo um carro curto, estreito, com painel do Palio antigo e apenas 1 ano de garantia. Fica difícil justificar sabendo ser possível comprar por menos do que isso uma Livina 1.6, uma Spin LT 1.8, um Sandero Stepway completo e, por pouco mais, um Fit DX. Nessa fase da vida, a Idea deveria ter preços entre 7% e 10% inferiores aos que tem agora.

    • O_Corsario

      Falou tudo, nem vou comentar pois penso o mesmo.

    • Henrique Grillo

      De todos ai que vc me falou sou mais o Idea

      • bedotRJ

        Assim, se vc tem orçamento restrito, só pode gastar 40k baixo, e suas opções mais factíveis para compra de uma minivan familiar se restringem, pelo mesmo preço, à Idea Attractive 1.4 e à Livina 1.6, vc realmente optaria pelo carro da Fiat? Tipo, 85cv e 1 ano de garantia contra 108cv e 3 anos de garantia?

        Pior é que quando a faixa sobe, a coisa continua ruim prá Fiat. Prá evitar o raquítico motor 1.4, há a Idea Essence 1.6 por R$ 46.050,00, mas aí vc tem por R$ 45.190,00 a Spin LT 1.8 e por R$ 45.490,00 a Livina 1.6 S, ambas com 3 anos de garantia, maiores e bem mais atuais do que a Idea.

        Então é o que eu falei no início. A Idea já sente o peso da idade e precisaria de um preço bem mais competitivo do que aquele que apresenta agora prá se manter como uma opção atraente.

        • tiago90j

          livina sem computador de bordo, sem ajuste de altura do cinto, com pucquissimas concessionarias, aqui em campinas, mesmo a nissan tem tantas concessionarias quanto a bmw, uma, e ainda no mesmo terreno de uma renault.
          e 1.4 nao eh raquitico, serve para atender as necessidades da maior parte dos usuarios.

  • fioduma

    Olá Eber, qdo pensa em vendê-lo? Tenho interresse nela OK. Qq coisa me avise! sarjob@gmail.com.
    Abraço!

    • CyborgPilot

      Esse carro não é do Éber.

      • Geanmatheus

        ó as IDEA, rsrssrsrssrrs

  • Anderson_94_10

    Tenho um Palio Economy 2010, e até hoje também, nunca deu sequer um probleminha, realmente as pessoas falam da FIAT por preconceito, mas não é assim, problemas todas tem.

  • Castle_Bravo

    Meu tio comprou exatamente o mesmo carro em 2011 (1.6 Essence Etorq) mas conseguiu a versão DuaLogic por este mesmo valor (R$50 mil).

    Eu já o dirigi algumas vezes, é um carro agradável, boa posição de dirigir e confortável a bordo, o câmbio era meio indeciso no início mas depois de dois recalls (feitos por telefone, pela concessionária mesmo, não pela FIAT) para atualização de software ele ficou mais esperto, ele não faz mais de 10 km/l com gasolina nem com reza braba e o ar-condicionado é inferior ao da Meriva, só como comparação, ele não gela tão bem.

    Com 12 mil quilômetros o estourou a bomba d'água e a concessionária Tramonto aqui de Porto Alegre demorou quase um mês até trocar a peça!

    • Edson Roberto

      Não por nada… mas é CLARO que ele gela menos… ele serve para GELAR o joelho…rsrsrrsrs

      Mas é ruim pela posição e diferente de modelos atuais, as saidas laterais são péssimas. Quer dizer, o posicionamento é bom, o que falta é entrar ar por elas.

      • tiago90j

        auhauahuh, fato, a saida de ar fica la embaixo, jah a da meriva vai no rosto… mesmo problema do meu palio.

  • Henrique Grillo

    Da ultima geração da Fiat o Idea e Punto são os melhores por que de resto só tranqueiras

    • Geanmatheus

      500, e Freemont

  • zeuslinux

    Eu acho 50 mil reais caro para esse carro. Um colega meu tinha uma Idea e achava muito ruim.

    Eu preferia a Meriva
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Chevrolet_Meriva

    Um amigo meu estava indecido entre a Idea e um Fox (a Meriva já estava saindo de linha e ele sabia disso) e acabou levando o Fox, mesmo sendo um pouco menor. Pagou "apenas" 43 mil reais em um Fox Prime 1.6, quase completo, com cãmbio automatizado.

  • CharlesAle

    Um carro caro,pelo que oferece,e já tem concorrentes na faixa de preço,como spin e livina..

  • JOEL2304

    Realmente o IDEA é um excelente carro, principalmente pelo teto alto e posiçao elevada de dirigir. Tive o prazer de dirigir um Adventure 2010 por dois dias na semana passada. Bom carro. O pecado dele é o "cheiro" do antigo Palio G4 com aquele painel enxertado. A SPIN por ser maior, é um boa opçao e eu ficaria com ela. Prezo muito por espaço interno. SO deveria ter um motor mais forte.
    Ponto positivo para o IDEA ADVENTURE com seus 132cv e ponto negativo para o seu painel de PALIO e mala de 380litros (pouco para uma minivan)

  • carrosempre

    O Idea poderia custar um pouco menos, pois seu interior não condiz com um carro de 50mil reais. Na minha opinião, o Fit é uma excelente compra por esse valor, assim como Spin LTZ (apesar do visual ser um ponto fraco).

  • Fabiano

    comprei um fiat idea 1.4 quando estou dirigindo parece que o carro esta torto. Alguem tem alguma sugestão?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend