Ford Usado da semana

Carro da semana, opinião de dono: Ford Fusion 2004

ford-fusion-2004-europa-opiniao-dono-usado-semana-1 Carro da semana, opinião de dono: Ford Fusion 2004

Moro na Espanha por 6 anos e gostaria de compartilhar com vocês a experiência que tive ao comprar meu carro. Bom, antes de comprar meu carro tive que tirar a carteira de motorista outra vez como se nunca tivesse dirigido, mas isso é outra história.



Com a carteira de motorista espanhola, fui atrás de pesquisas para comprar um carro usado, já tinha algumas idéias do que eu estava buscando: que não fosse nada caro, mas de qualidade, que tivesse motor diesel (economia), que tivesse algum conforto (nada de carro pelado) e que estivesse em bom estado, claro.

Para que fique bem claro, carro aqui é somente um meio de transporte, ninguém pensa em carro como investimento, o preço dos carros usados cai vertiginosamente. Muita gente tem um carro de 10 anos mas se recusa a trocá-lo porque ninguém dá nada por ele e, já que está funcionando bem…para quê trocar?

Coisas interessantes quando fui procurar um carro para comprar: a maioria dos carros, com certa idade, têm a pintura fosca e para-choques ralados, arranhados ou faltando pintura, por dentro estão sempre em bom estado….não faltando pecas, botões ou com “gambiarras”. Isso têm uma explicação: para pintar o carro custa, em média uns mil euros…ninguém vai pintar um carro, por exemplo: Golf modelo 1999 que custa por aqui uns 2500 euros. As pessoas aqui não têm amor ao carro, como disse, é um meio de transporte…estacionam batendo com os parachoques e arrancando a pintura como se fosse normal.

ford-fusion-2004-europa-opiniao-dono-usado-semana-3 Carro da semana, opinião de dono: Ford Fusion 2004

Outra coisa interessante é que os carros são bastante rodados. É difícil encontrar por aqui um carro com mais de 4 anos de uso com menos de 100mil quilômetros !!! Sim, isso mesmo, cem mil quilometros !!! Mas os carros estão sempre em bom estado e com as revi$ões em dia. Vejo carros aqui com 100, 140 mil melhores que muitos carros no Brasil com 50 mil.

Bom, vamos voltar com a compra do carro. Aqui há duas maneira de comprar um carro: ou comprando de um particular ou comprando em uma loja ou concessionária. Comprando de um particular se compra por um preço mais barato porém não têm garantia e ainda têm que pagar a transferência de documentos que fica por uns 400 euros e tratar de toda documentação.

Comprando de uma loja se compra mais caro, claro, porém têm um ano de garantia, por lei, caso venha a ocorrer qualquer coisa com o carro, o que seja. E não se precisa pagar a transferência nem ir tratar da burocracia, quem cuida de tudo é a loja.

Após olhar e analisar muitos carros  decidi comprar um Ford Fusion modelo Steel, ano 2004, numa concessionaria Ford. Depois de negociar o preço, 7500 euros, fechei o negócio. Este carro quando fui ver estava um pouco maltratado por fora e muito sujo por dentro. O vendedor me explicou que o dono dele havia feito um negócio de troca por um Ford Focus zero no dia anterior e eles não tiveram tempo de limpá-lo. O carro tinha um arranhado muito profundo numa das portas traseiras, os para-choques todos arranhados e o para choque da frente com um buraco !!!

ford-fusion-2004-europa-opiniao-dono-usado-semana-6 Carro da semana, opinião de dono: Ford Fusion 2004

O vendedor disse para não se preocupar com nada que eles entregariam o carro impecável de acordo com a lei. Apesar de tudo, o carro tinha apenas 50 mil quilômetros, como disse, muito raro de encontrar por aqui…dei uma volta no pátio da loja e o carro me agradou muito. Não me preocupei muito com detalhes de motor, suspensão, etc….como disse antes, teria um ano de garantia caso ocorresse algo.

Após negociar valor, o vendedor me pediu uma cópia da minha identidade, combinamos de pagar o carro no dia seguinte e me disse que o carro iria fazer uma revisão e ajeitar todos os defeitos, me deu uma previsão de entrega para dali 15 dias. No dia seguinte voltei a loja para pagá-lo e também me disse que já estava cuidando da transferência de documentos. Repararam que em momento algum eu fui verificar documentos, imposto, multas, etc ? Por lei, isso fica a cargo do antigo proprietário, nenhum veículo pode ser transferido ou vendido com pendências. Mas vou dizer, é muito raro esse tipo de situação por aqui.

Outra coisa interessante, aqui não existe o “seguro obrigatório” pelo governo. Porém é obrigatório, como mínimo, seguro a terceiros. Companhias de seguro por aqui, existe aos montes, uma brigando com outras para lhe oferecer o melhor preço. Outra coisa interessante é que o vendedor não me deixou tirar o carro enquanto a companhia de seguro não enviou um documento para a concessionaria indicando que o carro em questão já tinha seguro.

Paguei caro pelo seguro no primeiro ano, eles me consideravam motorista novato por causa da carteira espanhola e por ser meu “primeiro” carro. Decidi fazer um seguro total, paguei no primeiro ano 950 euros, com o passar dos anos, pago bem mais barato…este ano pago por volta de 400 euros pelo seguro total.

Outra coisa interessante é o imposto do carro. Aqui, o valor do imposto é de acordo com a motorização e emissão de gases e não pelo ano do carro. Pago pelo meu carro 60 euro de imposto por ano. Um amigo meu que tem um Mercedes ano 1992 mas têm um baita v6 de 250 cv debaixo do capô paga 290 euros !!! Aqui a regra é simples, se têm dinheiro para colocar combustível num carro esportivo, seja o ano que for…é porque têm mais dinheiro do que quem têm um Ford Fiesta diesel !!!

Após 15 dias o vendedor me ligou e disse que o carro estava pronto, combinamos a hora para eu ir buscar o carro. Na hora combinada o vendedor já estava a minha espera….o carro estava impecável !!! Limpo, encerado, sem nenhum defeito, como se saísse de fábrica naquele momento. Me explicou os comandos básicos do carro, me entregou duas chaves reservas, todas com um chaveiro de metal com a inscrição Ford, novos manuais do veículo dentro de uma bolsa de tecido espumado, com o logo bordado da Ford, para não fazer ruido dentro do porta luvas. Dentro do porta malas, uma bolsa com o triangulo, lampadas de  reposição, jaleco reflexivo, uma manta, luvas e pequenas ferramentas. Foi feito uma revisão no carro e trocado todos os fluidos e filtro. E mais de meio tanque de combustível !!!!

Como disse anteriormente o carro é um Ford Fusion modelo Steel (modelo intermediário entre o básico e o Ghia, uma versão especial lancada…), combustível diesel. Como vocês devem perceber, este carro é muito parecido com o Ford Ecosport brasileiro. Aqui na  Europa, este carro foi desenvolvido para ser a minivan da linha Fiesta. Com um desenho claramente urbano, ele têm sua diferenças em relação ao Fiesta. Suspensão mais alta, o que me agrada muito pelo porte do carro e nada tao exagerado como no Ecosport que tenta passar um aparência de carro maior do que ele é. Agarra bem nas curvas, e se passa do limite começa a sair de traseira…mas muito fácil de corrigir, sem sustos ou surpresas.

As dimensões do carro são boas, um dos principais fatores que me levou a compra deste carro, ele é pequeno por fora e grande por dentro. Ter um carro grande aqui é passar dificuldades na hora de procurar uma vaga para estacionar. Queria algo que eu pudesse viajar sem problemas de bagagem e pensando também quando eu tiver um filho, não me preocupar em trocar de carro. Ele é grande por dentro, pessoas com 1,90 não tem nenhuma dificuldade ao entrar ou bater com a cabeça no teto, leva 5 pessoas com folga. A mala é grande e alta, se leva 2 malas grandes e mais 2 bolsas sem problemas, com o banco traseiro rebatido é um salão de festas.

O motor é um Ford DuraTorq TDCI 1.4 turbo, têm 68cv de potência, bloco do motor em alumínio, acelerador eletrônico. É um motor que me agradou muito !!! Apesar de ter “somente” 68 cv, considero que ele é melhor que um 1.0 brasileiro, acredito que se equipara a um modelo 1,6 brasileiro. O carro não acelera muito, melhor que 1.0 sim !!! Mas é na economia que ele mostra o seu valor !!!! O tanque é de somente 42 litros, e se consegue andar por volta de mil quilômetros com 1 tanque, ele faz por volta de 20 e 25 km/litro, tanto na cidade quanto na estrada.

Claro que tudo depende do seu pé. O torque do carro é muito bom, tanto faz andar com ar ligado ou carregado de coisas na mala. O motor se comporta igual vazio. É um motor para ser econômico e barato, cumpre o que promete, após mais de 4 anos de uso comigo e atualmente com 85 mil quilômetros não me deu uma avaria qualquer. Fiz a revisão dos 60mil e troco óleo e filtro a cada 10 mil e nada mais.

O carro veio com rodas de liga leve aro 15 e pneus 195-60. ABS com EBD, duplo airbag, tensionadores dos cintos de  segurança. Grade cromada na dianteira, faróis de neblina e vidros escurecidos. Sobre os vidros, uma coisa curiosa…. não é um película, os vidro são escurecidos de fábrica !!! Aqui não existe graus de transparência de  películas, só existe um grau e é este que  estão vendo nas fotos do carro. Por lei, os vidros dianteiros e o para brisa não podem levar nada.

O interior é bastante agradável, nada de luxos mas os plásticos não tem rebarbas. Os bancos são firmes porem macios não cansam em viagens longas. A mala é toda acarpetada, inclusive atrás do banco traseiro. O forro das portas é bastante agradável, sem folgas ou ruídos, o tecido é simples mas de qualidade e está como novo até hoje. Todas as portas tem borracha de vedação dupla. O som, original da Ford é bom, com 4 alto falantes nas portas de 6 polegadas, sem ruídos ou distorções.

Ajustes de altura do banco do motorista, ajuste de altura do volante, volante em couro, ajuste de altura dos faróis, controle das funções do som atras do volante, espelho nos dois para sois. Ar condicionado, que gela bastante bem a ponto de ter que desliga-lo em determinados momentos por ficar muito frio. O porta treco acima do console central tem uma tampa, e dentro é todo emborrachado para que as coisas dentro não faca ruido. O carro, apesar de já seus anos, não faz um ruido sequer de  plásticos frouxos ou rangendo.

Não posso comparar com o Ecosport brasileiro, nunca dirigi um. Acho que as propostas são diferentes, enquanto no Brasil se quer passar uma imagem mais esportiva, aqui na Europa o Fusion é somente mais um carro urbano que tem na proposta ser um carro barato com mais espaço. Até o momento, estou bastante satisfeito com ele, não gasta nada e não me dá problemas, até hoje, a única coisa que fiz foi troca óleo e filtro a cada 10mil quilômetros, pastilhas de freio dianteiras que nunca tinham sido trocadas, junto com a revisão de 60 mil e uma lâmpada de um farol dianteiro que me queimou.

Tenho que trocar o rolamento traseiro de uma das rodas que me vai custar uns 50 euros e trocar os pneus dianteiros, que irá me custar uns 70 euros os dois juntos de uma boa marca (Pirelli) que até agora nunca os troquei também.

Bom espero que voces tenham gostado do meu relato e qualquer coisa, podem perguntar que eu respondo por aqui.

Por Fernando Perez

  • Guilherme1daSul

    Quando li pensei que fosse um fusion sedan rsrs carro bonito, acho que é equivalente e nossa eco sport…

    • godedit

      Morei em Londres e me assustei quando vi um Fusion em formato de "minivan". Eu tive a oportunidade de dirigir um desses na Inglaterra e fiquei encantado com o carro. Lembra a nossa EcoSport na aparência mas a qualidade de construção é de outro nível. Os detalhes que ele citou como o acabamento interno de bom padrão segue no modelo britânico e deixa a nossa sofrida "Eca"Sport no chinelo.

      • V8_sempre

        Cheguei a pensar q tinham errado a foto ! heheh !

        Mas… Como realidade européia é parecida com a nossa mesmo…

        Um carro 92 ou 99 no Japão… Já estaria na lata de lixo há muiiiiiiiiito tempo !!!!

        • rafa_marcao

          Fala V8…vc foi irônico quanto ao comentário da europa? Pois meu primo mora na Italia e comprou um mini cooper 2004 por 6.500 euros.

      • felpsarantes

        E esse Fusion é mais honesto também… deixa bem o recado "Eu sou um Fiestão", enquanto nossa Eco Sport tenta disfarçar…

        • Na verdade não tenta não. A unica coisa que a Ford sempre se pronunciou sobre esse modelo é a robustez que ele oferece. Tanto é que o modelo 4×4 qdo foi lançado, era testado a tração NA AREIA. Ou seja, é um carro puramente urbano que pode ter uma versão para caso vc tenha uma chacara e não queria um carro devorador de terras.

          Mas pode nele andar com uma boa altura em relação ao solo. Essa historia de jipinho foi conquistado pelas pessoas pela sua altura e claro, pelo não-convencional vendas de carros alto naquele momento. A ideia de se existir um "adventure" da vida, foi por esse motivo. Colocar um carro com a proposta "real" que a Ford fez, de colocar um carro mais alto e robusto na praça. Tanto é que nao existia tabela de caracterização do que o modelo da Ford é. Depois foi colocado realmente como um SUV sem ser. E veja que hoje, a Palio Adventure não está mto diferente de altura, o que engana são os adereços plasticos.

    • fernandorperez

      Ola a todos,

      eu sou o proprietário e relato deste carro. Vou tentar tirar, um pouco as duvidas que muitos estao tendo….

      eu comprei este carro em 2007, ou seja, ele tinha 3 anos de uso e me custou 7500 euros, hoje, 2011, nao o vendo por mais de 3mil, isso por um milagre, hehehe….ninguem irá compra-lo…. Este carro eu nao comprei a vista, financiei no banco onde tenho conta, aqui nao existe promocoes de fabrica, financiamento, etc…. Fui ao banco onde tinha conta e fiz um emprestimo no valor de 7500euros, para o banco, nao importava o que eu ia fazer com o dinheiro….levei o cheque para a loja e pronto. Fiz um emprestimo de 7500euros por 4 anos com juros de 7%, durante todo os 4 anos !!! Vou explicar melhor, pedí 7500 ao banco, eles adicionaram 7% no valor total e paguei prestacoes fixas, sem alteracao, durante todos os 4 anos…Tinha dinheiro para pagar a vista, mas achei melhor assim….

      • KTA2010

        Pô! juros 7% durante quatro anos, igualzinho aqui no Brasil, hehehe (foi piada). Lê o meu relato aí embaixo, que você vai ver a uma situação inversamente proporcional, felicidades!

    • fernandorperez

      Outra coisa mais….o carro é um "Fiestao" ? Sim, é !!!

      Tem um desenho que nao me agrada muito? sim, tem!!!
      mas comprei o carro pelo custo beneficio !!!!

      A ford aqui tem o seguinte pensamento: existem 3 categorias basicas para a ford, como isso eles fizeram uma "minivan" para plataforma: fiesta -> fusion — focus – > c-max — mondeo -> s-max.

      Ou seja, este ford fusion seria a minivan do ford fiesta, um carro de entrada para quem quer mais espaco e nao quer gastar mais por isso. Na realidade, o Ford Ecosport brasileiro deveria ser comparado com o ford Kuga daqui, por brigarem na mesma "categoria". Na realidade, o Brasil deveria ter o Kuga no lugar da gambiarra que fizeram ao criar o Ecosport…..

    • fernandorperez

      Vou dar um exemplo de como carro é tratado aqui…..

      Tenho um vizinho que tem um golf ano 2000 com motor a diesel, é este mesmo modelo que é vendido ai no Brasil….o carro esta com 180mil Km e ele tambem nao tratava bem do carro. Afinal ele teve um defeito grave motor e foi obrigado a levar no mecanico….ele tem que trocar sensores da injecao eletronica, caixa de marcha e mais algumas outras coisas para o carro voltar a andar, custo: uns 1200 euros. O carro nao esta mal carroceria esta perfeita, interior tambem…se fizesse o conserto o carro ficaria bom de novo….

      Ele resolveu nao consertar o carro e dar para o ferro velho !!! no qual o proprietario tem que pagar pagar dar baixa nos documentos do carro….

      • BlueGopher

        O seu relato mostra bem a seriedade com que os negócios são feitos aí, e na maioria dos países ditos de primeiro mundo.
        Aliás, o que divide o mundo em desenvolvidos, subdesenvolvidos, etc é justamente esta honestidade, que tanto faz falta por aqui.
        Aqui, quem passa a perna no outro se julga um herói…
        E o pior exemplo vem justamente do governo, campeão para cobrar impostos sem dar nada em troca. Desonestidade básica.
        Parabéns pelo post, muito bom.

    • Gustavoooo

      Esse carro é exatamente a fusão de 3 carros Fusion, Fiesta e EcoSporte.

  • rafa_marcao

    E ainda foram Campeões do Mundo…

  • vinicarioca

    lendo os preços, o tratamento das concessionárias… e principalmente o imposto de 60 euros por ano (IPVA deles)

    fiquei deprimido…

    temos estradas péssimas e nós brasileiros pagamos no minimo 600 reais de ipva por ano… num carro totalmente pelado, se for um modelo mais caro… o ipva é abusivo

    que país é esse? é a !@#$% do Brasil :x

  • João Paulo Vizioli

    Parabéns pelo carro e seu relato, muito bom! Existem algumas semelhanças com o Japão no que diz respeito a compras de carros usados.

  • captor83

    Igualzinho no Brasil.
    Sem burocracia, taxas baixíssimas, lojas e preços honestos.
    =/

    • E o pior… não precisa ficar se preocupando tanto com maracutaias como aqui.

  • andre_poa

    Parece um cruzamento de Fiesta Hatch (Rocam) com Ecosport. Mas o consumo é muito bom, mais de 20 Km por litro de diesel, ainda mais para um carro espaçoso. Quisera eu (brasileiro morando no Brasil) ter um carro com esse consumo e a diesel.

  • higojoseph

    q feio…parece o fiesta !

    • ThiagoLMC

      Feio num achei nao… mas estranho, sim.

      Parece que sobraram algumas peças dos carros e aí montaram esse.

      Farol de Fusion, altura de EcoSport, e lanterna traseira do Fiesta. Uma Reciclagem. rsrsrs

  • Danalarcon

    É exatamente a nossa ecosport, mas no caso o design da nossa foi inspirado "copiado" da Fusion, mas com algumas alterações que puxam para uma Land Rover Freelander, e o parachoque dianteiro desta, é bem parecido com o o Focus ultimo modelo da geração anterior…

    em questão de design, prefiro a Eco !
    o paia é que por questões de lei, não temos modelos desse porte com motores a diesel, imagina uma Eco a diesel ? uma Tucson ??

  • MajorAutomotivo

    Que FIESTÃO!!! KKK
    Senhores, eu iria odiar ter os para-choques do meu carro ralado por um espanhol cegueta ou bração.

    • Então meu amigo, lá vc não poderia ter carros ou simplesmente andar nos grandes centros de onibus. Pois para eles, o parachoque foi feito com o intuito de proteger o carro e nada mais.

      Portanto se o cara encosta no seu parachoque é porque ele esta ali para aquela função. Nós no Brasil que ficariamos ferrados da vida com isso, mas agindo como eles agem, os carros não tem um preço absurdamente abusivo como nós. Se tratassemos carro como ele é, não estariamos pagando por carro de entrada R$30000.

      E eu nao estou dziendo que vc é o unico, pois eu tbm ficaria bravo, mas reconheço que ainda seria mais interessante lidarem como eles lidam.

      • MajorAutomotivo

        Entendo perfeitamente.
        Quando eu tinha um Gol com para-choques preto, sem pintura, não ligava nada.
        Mas, um carro com para-choques arranhado é de doer a alma.

      • 0terceiro

        Por isso o nome da peça é PARA-CHOQUES
        tá ali para proteger o carro, e pronto!

  • TheDuka

    É como eu falei em uma notícia anterior. O brasileiro super valoriza os carros. Carro aqui carro é sinônimo de poder e riqueza ao contrário de outras nações que lidam com carros apenas como um objeto que deva ter conforto, economia, beleza e principalmente resistência e principalmente custo-benefício (na europa isso existe), já que eles fazem questão de usar o carro até não dar mais.

    Carro de brasileiro tem que durar no mínimo dois anos para sempre poder trocar trocando anualmente.

    • E o pior, brasileiro poe na cabeça que trocar anualmente ou durante dois anos é mais negocio que manter um carro por mais tempo. Eu mesmo sou partidario de trocar meu carro se ele apresentar problemas, ou se realmente depois do periodo de manutenção maior, o carro me deixar na mão. Caso contrario continuo com o carro.

      Curiosamente troquei meu Uno ELX 1.0 1995 (que tenho saudades) pois as peças originais não são fabricadas e o carburador estava dando sinais de falha e que poderiam realmente me causar dor de cabeça. Mas nunca me deixou na mão. E ele eu cuidava pior que o atual, chegando a seca-lo apos uma chuva. Vi sujeira? limpa o carro inteiro. Me lembro de limpa-lo até de semana se necessário…

  • Cosmo__kramer

    Esta mentalidade de que carro é um meio de transporte, e não um investimento, ou motivo de orgulho, é de dar inveja.
    Gostaria que aqui fosse assim, sairia bem mais barato, hehehe.

  • MeekeeB

    Uma coisa que eu achei muito interessante é o fato do dono do carro ter mencionado que lá eles tratam carro como deve ser tratado : meio de transporte, objeto manufaturado, e não endeusado como acontece aqui, onde há os fan boys, que idolatram marcas e carros como se fossem times de futebol ou religiões.

    • Filipe Augustus

      Acho que por isso um bom carro lá é barato, porque se não, ninguém compraria.

  • maiamachadoch

    a trazeira é a tampa do Fiesta Rocam, de lado parece o Zafira da GM e o interior é o do Fiesta também… interessante os valores que ele mencionou, 70 euros por um par de pneus Pirelli, aro 15, aqui no Brasil um par desses pneus são no mínimo uns R$ 600,00…. outra coisa, a tendencia de venda de usados no Brasil vai seguir para isso aí… não vai valer a pena vender um usado, vamos ter que dar baixa no detran e entregar no ferro velho, porque lá o imposto é baixo, aqui é um verdadeiro assalto, em minas são 4% do valor do carro.

  • AndredeAzambuja

    HAHAHA eu ia falar que tinha a frente igual da EcoSport e a traseira igual ao do Fiesta Hatch, mas acho que isso já tá notório

  • renato

    O nosso EcoSport é muito mais bonito…….. mas isso é questão de gosto!

  • diegogerman

    É o Big Fiesta!

  • Dudu_BR

    Voce mencionou que o carro tinha arranhoes ,profudo na porta e tambem nos para-choques.A Css repintou o carro ?Se for assim esta melhor que nos EUA onde os carros usados sao vendidos como estao,so existe garantia nos usados revisados e mais caros vendidos por css,normalmente 1 ou 2 anos de uso.

  • LFCruz

    Realmente muito util num blog brasileiro ter uma opinião do dono de um carro europeu que nunca foi vendido no BR. Eu leio o NA todos os dias, mas essas coisas são tristes de ler, ainda mais com um texto desse tamanho… isso é Internet… não um jornal de papel…

    • douglasmartins1

      Também concordo com vc, mas fica meio chato para o NA e para o Leitor o seu comentário… Ainda acho que o Opinião do Dono deveria ser toda semana um, e o NA deveria também avaliar os usados kkkkkk

    • Filipe Augustus

      Eu li tudo porque acho interessante, mais geralmente quando eu vejo uma notícia que não me chama a atenção eu nem ao menos clico no link para ver as fotos, isso é simples, não somos obrigados a ler nada que não nos interessa.
      =D

      • Não entendo… cara… qdo a opinião do dono não é sucinta e pior, mal detalhada reclama. Qdo a opinião do dono é bem embasada apesar de ver que ele acabou adquirindo a cultura local (o que é bom) o nego reclama.

        Sabe o que é pior? Parece pessoa que compra um carro e diz que o porta-malas é pequeno. Quer dizer que o cara foi comprar o carro e não viu? Coisa besta…

        Eu adoro noticias longas mas gostosas de ler… e ainda sinto inveja, afinal um carro como Ecosport (Fusion para eles) fazer de 20 a 25km/l de diesel é coisa linda….

    • fuzila

      Está com preguiça de ler? Não leia !

      É cada um que aparece … Jornal de papel ainda existe?

      • RBuriti

        Pensei que jornal fosse de vidro kkkkkkkkkkkkkkkk
        [ironic]

        realmente, se está com preguiça de ler um texto grande vai ler twitter.

        Agora, belo carro, 20km/l de diesel e 60euros de imposto, fora seguro de 400 euros…..brasil, é ridículo!!

      • Existe sim. As formas de leitura estão disponiveis para quem tem interesse. Assim para quem gosta de ler sobre carros, é um prazer ler uma opinião embasada em coisas REAIS e que o cara passa no dia a dia. Curiosamente, eu gostaria de saber o tempo que demora para ajuntar o dinheiro para comprar um usado por lá.

        Pois pelo Top Gear, há tantos carros velhos em bom estado que dá inveja. Inclusive eu sou o tipo que fico até bravo qdo vejo o Top Gear detonando um carro que lá está inteiro. Mas para vc ver como eu brasileiro me apego a carros e nao deveria.

  • JADERSONLEMAO

    Ele parece uma mistura de EcoSPORT, com MERIVA e o Fiesta

  • macedo86

    ecofiesta? putzzz

  • dammota

    Gostei do relato, bem detalhado, e ainda mostra o que eu tinha um pouco de curiosidade de saber… como é tratado o consumidor que vai comprar um carro usado lá na Europa… coisa de "primeiro mundo" mesmo…

  • Focusman

    A lateral dele é a mesma do Eco. Na verdade são o mesmo projeto, só que no Eco a traseira leva porta do tipo swingate e na frente fizeram alterações para ficar mais aventureiro.

    Muito feio esse Ford Fusion por sinal, assim como todos os carros desse tipo, como uma versão do Golf que esqueci o nome agora que também segue a mesma tendência (Acho que é Golf Plus se não me engano…)

    Parabéns pela reportagem, gostei muito de saber como a realidade é diferente em outros países.

    Interessante é que o preço pago pelo carro equivale ao preço que custa uma ECO do mesmo ano no Brasil, cerca de 20 mil reais, porém todo o suporte da rede concessionária ajuda bastante a esse custo benefício se tornar imensamente superior para o motorista espanhol.

    Grande abraço,

  • rodrigorsr

    Engraçado… europeu não liga pro carro e tem os melhores do carros do mundo.

    Brasileiro "ama" carro e só recebe as carroças…

  • KTA2010

    Pô! comprar carro usado em país de 1º mundo é outra coisa mesmo. Vou agora confirmar a afirmação do autor da matéria: há três anos comprei uma Ecosport 4WD usada em uma concessionária Ford de minha cidade. O carro era 2004, com 19.000kms de uso. Em função da kilometragem, do bom estado de conservação (no visual) e por estar comprando o carro em uma concessionária, achei que não teria problemas. Ressalte-se que a concessionária só deu 90 (noventa) dias de garantia, restrito a problemas de motor e câmbio. Puts! caí do cavalo. Ainda na concessionária verifiquei alguns ruídos na parte de baixo do carro, que mostrado para o chefe da oficina o mesmo concordou em fazer a troca de diversas buchas de atracação de motor e câmbio…

  • KTA2010

    …Retirado o carro, na primeira viagem para a praia o mesmo ficou no meio do caminho (de volta graças a Deus) pois o câmbio do carro travou. E na primeira viagem para a praia o carro já voltou em cima da carreta do guincho. Como foi problema de câmbio a concessionária concordou em consertar de graça. Trocou o cilindro mestre da embreagem e os cabos do câmbio. Segunda viagem para a praia e o carro voltou com um barulho estranho no motor (lembrando motor de gol 1.0 16V surrado). Na concessionária foi verificada a quebra o suporte do lado direito do motor, que arriou sobre o catalisador, provocando o ruído estranho. Mas como, na cláusula do contrato de garantia do motor não estava incluído o suporte do motor, a concessionária disse que não ia consertar na garantia, e passou um orçamento de R$ 2.500,00, incluindo um catalisador novo. Mas no final como a conta ficou somente em R$ 500,00 (suporte) resolvi engolir essa….

  • KTA2010

    …Menos de 30 dias comecei a ouvir um barulho e uma trepidação na direção em terrenos irregulares, então foi constatada na concessionária uma folga na barra de direção e necessidade de sua substituição. Valor: R$ 2.500,00. Já viram né! já sem paciência pedi, como quem não quer nada o relatório de serviço do carro nos últimos 12 meses antes da compra e….bingo, estava registrado que o dono anterior havia recusado o serviço de troca da barra de direção três meses antes da venda, e a concessionária ciente do problema vendeu-me o carro sem avisar do defeito (o famoso vício oculto)…

  • KTA2010

    …Então, entrei no juizado do consumidor com pedido de liminar para troca gratuita da peça, sob pena de multa diária de R$ 1.000,00 (o que foi acatado pelo juiz), juntamente com pedido de ressarcimento de danos materiais (suporte do motor – deferido pelo Juiz na sentença) e indenização por danos morais de 60 salários mínimos (indeferido na sentença, infelizmente). Com um ano e meio da compra do carro a embreagem foi embora (R$2.000,00), e aí foi o fim da picada! A lição que ficou para mim é de nunca mais comprar carro usado, nem mesmo em concessionária!

    • victorcvs

      Meu amigo, agora que vc tem comprar carro usado mesmo. Vc já gastou todo o seu azar com esse Ecosport.. Daqui para frente vai ser só alegria!!

      • Eu considero que comprar carro usado vale a pena sim. Mas eu acho que o KTA deveria na realidade ter buscado o historico do carro. Ele é o grande vilão da historia (historico).

        Eu mesmo não abro mão de ver todo o historico. E assim, trocaria mta coisa antecipadamente, certamente a barra de direção seria uma delas. Curioso é isso aparecer com apenas 19000km. O cara de fato surrou bem essa Ecosport.

        Mas de qualquer maneira e todos os problemas apresentados, eu considero que o KTA buscou o direito dele corretamente. Só acho que agora não adianta vender o carro para pensar num zero. Já arrumou tá ali redondo de funcionamento? então use e aproveite.

        • KTA2010

          Esqueci de falar que comprei e vendi o carro (para a própria concessionária) com um defeito crônico na central eletrônica do ABS, que foi resolvido pelo comprador do carro, que comprou uma central nova por R$ 400,00. Tomei conhecimento deste fato em conversa com o gerente da oficina da concessionária, que de tanto me ver lá acabou se tornado meu amigo!

  • Luis Felipe CD

    E pensar que esse poderia ser nosso Ecosport…

    procurem no arquivo digital da Quatro Rodas, lá pelas bandas de 2000 e pouco os caras especulando sobre a Ecosport, que se chamaria Fusion e seria igual a esse modelo ai.

  • Alesr50

    Eu li o relato: Se inveja matasse, estaria morto!

    Custo,atendimento,governo sem assaltante,repeito com leis…aooww…pqp…a deixa pra lá

  • erickluuh

    Eita carrinho feio EcoFiesta '-'

  • lucasbvieira

    Aiai Europa 1º mundo, Honestidade das empresas… Será que um dia essa moda pega aqui no Brasil?

  • fbmj

    O problema do Brasil não é só os baixos salários…são os baixos salários e o baixo poder de compra. Pessoas consideradas pobres em alguns países europeus e nos EUA tem acesso a bens de consumo como carros, produtos eletrônicos entre outras coisas por eles não custarem incontáveis vezes o salário da pessoa como no Brasil. Já o pobre brasilis, ter alguma coisa já é sinônimo de status, de modo que as empresas se aproveitam disso e aumentam ainda mais os preços, gerando uma bola de neve…

  • ccn1410

    O Fernando comentou logo no início que espanhol utiliza o carro como meio de transporte e não como investimento. E é claro que observa-se imediatamente a diferença de culturas pelos comentários. Brasileiros, de um modo geral, preferem carros belos e chamativos e não se preocupam muito com carros seguros, confortáveis e com pouco luxo. Aqui em nosso país ainda existe dificuldade para as pessoas entender que o uso do cinto de segurança é importante no banco traseiro do automóvel.
    Eu pessoalmente gostei do carro e talvez se estivesse morando na Espanha eu compraria um semelhante.
    Valeu Fernando, sempre é bom conhecer os usos e costumes de outros países.

  • eduzardec

    que mistura de fusion(brasileiro), fiesta e ecosport… mas até que é simpático.

  • Galvão

    Oxii isso aí é um fiesta…
    kkkkkk

  • Que na minha opinião, eles acertaram em manter o desenho do Ecosport especifico no Brasil. Talvez nao tivesse tido o mesmo sucesso com esse design. Mas o que importa o design se a qualidade do carro é superior não?

  • Eddu13

    KKKKKKKKK'
    Que gambiarra doida.

  • LucasHaughton_

    Muito doido esse Fusion espanhol, uma mistura de EcoSport, Fiesta Hatch, Fusion sedan, mais fico bem legal ele

  • Lucas Guimarães

    kkkkkkkkk que legal isso , nunca tinha visto

  • mvro_2001

    É os cornos da nossa Ecosport… rsrsrs

  • Cil

    "Muita gente tem um carro de 10 anos mas se recusa a trocá-lo porque ninguém dá nada por ele e, já que está funcionando bem…para quê trocar?"

    Gosto deste raciocínio. Eu troquei meu carro por conta do câmbio AT e, enquanto ele estiver funcionando, fica comigo. Quando não prestar mais… mando pra um desmanche/ferro velho e aí sim compro outro novo. E olha que no caso brasileiro é pior, porque no geral, as pessoas trocam de carro se mantendo no endividamento. Não sei os outros, mas não pretendo ficar a vida toda enroscada com financiamento de carro. Já basta o imóvel!

  • benelaux

    Mais fei que esse? só 2 desse!!

  • Skiegaard

    "Fiesta Adventure"…Bom review, so faltou falar um pouco mais da opcoes q se tinha na hora da compra kk

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend