Usado da semana

Carro da semana, opinião de dono: Hyundai HB20 1.6 Premium 2013

hyundai-hb20-premium-vermelho-8-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Hyundai HB20 1.6 Premium 2013

Olá pessoal, meu nome é Cleiton e moro em São Paulo/SP, Zona Oeste. Acompanho o NA a cerca de 3 anos, e como a grande maioria dos brasileiros, sou um apaixonado por automóveis. Como vejo vários relatos de automóveis dos donos, e acredito ser de grande ajuda para quem deseja adquirir um modelo específico, buscando informações dos donos mesmo, então decidi relatar minhas impressões do meu automóvel.



Bem, o modelo que vou relatar é o Hyundai HB20 1.6 MT Premium, 13/13, na cor vermelha, que adquiri em março de 2013. Este é o meu 3º carro 0km. Também compactuo da ideia de que carros 0km desvalorizam, mas a chance de você ter dor de cabeça é sempre bem menor quando se adquire um usado, com exceção da certeza da boa procedência do seminovo que você está adquirindo. Meu carro anterior foi um Fiat Punto T-Jet Branco 2010 (adquiri ele usado), e tive certas despesas com ele. Por isso minha troca foi para um 0km, para ficar por um bom tempo, sem me preocupar com custos e manutenções.

A Escolha

Tenho 27 anos, e quem dirige o automóvel é apenas eu e a minha esposa. A garagem de casa também é pequena, logo deveria escolher um automóvel pequeno, mas que me atendesse também em viagens, não tivesse uma cara de “tiozão” e não me deixasse deprimido em sair de um carro Turbo. Na época, dos modelos disponíveis no mercado que eu achava interessante, era o VW Gol, o Ford New Fiesta (ainda mexicano na época), Ford Fiesta Rocam (design não me agradava, mas seria uma escolha mais funcional, já que o preço estava bem interessante na versão 1.6, no entanto acabei descartando), Chevrolet Onix 1.4 (versão automática com 6 marchas era o atrativo, além da central multimídia) e o recém chegado Hyundai HB20 1.6 (motor forte, design interessante, acabamento acima dos concorrentes).

O que me influenciou na escolha foi a questão do seguro também. Não queria pagar os R$ 3.000,00 que acabei pagando na época do Punto. Cotando os carros, o Gol chegava na casa dos R$ 2.000,00, o que achei bem caro pelo que o carro oferecia. O Fiesta Rocam já estava fora da lista, por isso nem cotei. No caso do New Fiesta mexicano, achei o carro bem interessante, mas a questão de ser importado fez com que eu ficasse com receio também. Com relação ao Onix, achei o carro até interessante, mas acredito que a GM tenha errado ao colocar um câmbio moderno AT6, no motor 1.4 econoflex “repaginado” (já tive um Corsa 1.4 econoflex, e com o carro carregado, a sensação de estar em um carro 1.0 era nítida). Então resolvi descartar o Onix também, e acabei decidindo em correr atrás do badalado HB20. Logo, fui fazer o teste drive na concessionária, e gostei muito das respostas do motor 1.6!

Claro, não era um turbo, mas me atenderia sem problemas.

hyundai-hb20-premium-vermelho-3-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Hyundai HB20 1.6 Premium 2013

Definição do Modelo

No Show room da Concessionária, havia praticamente todos os modelos. Até pensei na escolha de um automático, mas nos dias de hoje ao meu ver, escolher um carro com câmbio de 4 marchas seria regredir um pouco. Tinha um amigo na época que tinha um i30 de 4 marchas, e ele me dizia sempre que, se o carro tivesse ao menos mais 1 marcha a mais, seria perfeito! Na minha opinião, na questão dos automáticos, a Hyundai economizou no câmbio e caprichou no motor do HB20, e a GM fez o inverso com o Onix.

Olhando a diferença de acabamento e itens de série, a versão mais interessante seria a Comfort Plus 1.6, pois já viria com VE, TE, Alarme Perimétrico, AC, DH e os já obrigatórios Air Bag e ABS. No entanto, as rodas eram de ferro, aro 14, com perfil relativamente fino, não tinha porta-óculos, nem faróis de neblina, itens que gostaria de ter na minha escolha, sem ficar colocando adicionalmente depois. Logo, fiquei em dúvida entre as versões Comfort Style e Premium. Na época (se não estou enganado), a diferença era cerca de R$ 2.500,00 a diferença de um para o outro, e o Premium tinha como diferencial as rodas aro 15 de liga leve (Style era de liga leve, mas aro 14), Alarme volumétrico, painel com 2 cores, cinzeiro (uso mais como porta-moedas), sensores de estacionamento, volante e câmbio com acabamento em couro, banco traseiro bipartido e a máscara do farol prateada (embora minha preferência era pela máscara negra, mas me acostumei até com a cor prata). Bem, mais pelo peso das rodas, sensores de estacionamento e do alarme volumétrico que considero itens importantes, optei pela versão Premium. Na época, adquiri ele por R$ 45.600,00.

Retirada da Concessionária

Fora a “empurroterapia” comum das Concessionárias que encontrei na loja (fechei apenas Insulfilm, Tapete e Protetor de Cárter), o que me chateou foi que o técnico, embora tenha explicado bem os itens do carro, quando dei a partida, percebi que estava falhando, e já tinha 11km rodados… Questionei ele se conseguiria chegar no posto do outro lado da avenida (uns 500 metros no máximo, contando com o retorno). E ele me garantiu: “Claro, pode ir que chega sem problemas”. Com muito custo, cheguei no posto, e completei com Etanol. A princípio, achando que estava tranquilo, descendo a avenida Giovani Gronchi para voltar pra minha casa, quando do nada o carro apaga, bem na rotatória de frente do estádio do Morumbi! E eu dava partida, e nada… não funcionava, já fiquei desesperado, ligava pro vendedor e ele não atendia. Liguei o alerta, meio preocupado, até que pensei o que poderia ter ocorrido: talvez ar na linha de combustível, já que o tanque agora estava cheio. Então fiz igual carro carburado: dando partida e bombeando o acelerador, até que ele enfim pegou, depois estabilizou e assim fui embora.

hyundai-hb20-premium-vermelho-1-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Hyundai HB20 1.6 Premium 2013

hyundai-hb20-premium-vermelho-2-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Hyundai HB20 1.6 Premium 2013

Exterior

O design do carro, baseado na “escultura fluída” da Hyundai é um dos pontos que, no meu caso, me agradou bastante. O carro consegue ter um visual agradável, e desde o lançamento até agora, se mantém atualizado, mesmo sem ter recebido nenhuma alteração estética até o momento. Inclusive, muitos confundem o design dele com o da categoria superior (do novo i30). Logo, quando se paga menos por um carro que se assemelha muito a um carro de categoria acima, isso é muito vantajoso.

A versão que escolhi fiquei bastante satisfeito, já que possui repetidor de seta nos retrovisores, rodas de liga leve aro 15, com pneus 185/60, sensores de estacionamento e faróis de neblina, o que me influenciou na escolha para que eu ficasse satisfeito com um carro que tenho intenção de ficar por pelo menos uns 5 anos.

hyundai-hb20-premium-vermelho-11-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Hyundai HB20 1.6 Premium 2013

Interior

O interior também merece muitos elogios, afinal de contas a Hyundai caprichou no design e nos encaixes. O painel, por exemplo, possui um estilo dos carros superiores, o que me lembra muito o design do antigo i30, com difusores de ar com desenhos modernos e os botões bem funcionais. Gosto muito do painel de instrumentos também, que comparado com o anterior Elantra, é muito semelhante, com computador de bordo simples e funcional.

Nesta versão Premium, ele possui também sensor crepuscular, que ativa os faróis quando escurece. Embora alguns achem frescura, acho interessante para até não esquecer o farol ligado. Quando desligo o carro, ele fica com o farol ligado por um tempo, e depois apaga… O que auxilia ao chegar em alguma garagem escura.

hyundai-hb20-premium-vermelho-9-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Hyundai HB20 1.6 Premium 2013

O som, embora simples, me agrada, já que “casa” bem com o design do painel. Nesta versão, ele possui controle nos volantes, bem como para atendimento de chamadas. Em alguns aparelhos celulares, ele mostra também o número que está sendo discado, já em outros isso não funciona, dependendo da funcionalidade Bluetooth do aparelho. A qualidade, ao meu ponto de vista, é satisfatória. Mas pra quem gosta de um som de melhor qualidade, acredito ser melhor trocar os falantes e talvez o aparelho também, ou acrescentar um módulo e caixas.

De ponto negativo, senti falta de um simples sensor de temperatura, de um AC Digital e do acabamento em tecido das portas traseiras.

hyundai-hb20-premium-vermelho-10-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Hyundai HB20 1.6 Premium 2013

Desempenho e Consumo

Está aqui, na minha opinião, um dos pontos fortes do carro. Motor forte (128 cv no Etanol e 122 cv na Gasolina) com bom torque em baixas rotações (cerca de 80% dos 16,5 Kgfm no Etanol e 16 Kgfm na Gasolina já nas 2.000 RPM).

O consumo foi é outro ponto que me agradou. Rodando na cidade, em trajetos com trânsito moderado, faço médias de 7,5 a 8,0 km/l. Na estrada, a média fica na casa de 12 a 15 km/l, dependendo do rodar. Todas estas médias foram calculadas com 80% de Etanol e 20% com Gasolina Aditivada no tanque. Após vários testes de mistura, elegi sendo esta como a melhor no meu caso, já que o motor fica com um desempenho muito superior (com apenas gasolina o motor fica um pouco “preso”, além do consumo ficar pouco acima desses valores apenas).

O câmbio possui engates precisos e curtos, comum ao gosto dos brasileiros. Outro ponto positivo para os coreanos que fizeram bem o levantamento do gosto nacional, para poder lançar o carro aqui.

hyundai-hb20-premium-vermelho-7-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Hyundai HB20 1.6 Premium 2013

Comodidade e Conforto

Gostei muito do nível de tecnologia embarcada no veículo e conforto oferecido. Dentro do automóvel, por exemplo, o ruído é muito pequeno, o som do motor é suave, e os engates do câmbio são bem macios e diretos, bem semelhantes aos do modelo do atual VW Gol. No meu veículo anterior (Fiat Punto), embora o desempenho do motor era muito satisfatório, sentia falta da precisão do câmbio, algo que no conjunto motor x câmbio da Hyundai, na minha opinião, isso ficou bem acertado.

Um ponto negativo, que muitos donos salientam do veículo, tanto versão Sedan, X ou do hatch, é da suspensão traseira. Acredito que deve ser uma característica do veículo, mas que ao rodar com o carro com 4 ou 5 pessoas, há bastante incômodo para os passageiros que ficam parte de trás. A impressão é de que o curso da mola e amortecedor é curto, transmitindo com mais facilidade as irregularidades com o carro carregado. Com 1 ou 2 pessoas, esta sensação não é percebida.

hyundai-hb20-premium-vermelho-6-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Hyundai HB20 1.6 Premium 2013

Revisões

Já realizei 2 revisões, de 10.000 km e 20.000 km. Pelo manual da Hyundai, a regra é 10.000 km ou 1 ano, o que vier primeiro. Na primeira revisão, pela minha falta de tempo, pedi que minha esposa levasse na concessionária mais próxima, que foi a mesma que adquiri o veículo.

Paguei o seguinte:

– Revisão 10.000 km: R$ 153,19 (valor tabelado na época)
– Alinhamento / Balanceamento / Rodízio dos Pneus R$ 120,00

– Total: R$ 273,19

Com relação ao serviço, fiquei muito insatisfeito com o alinhamento e balanceamento que foram feitos no carro, já que percebi que não foram feitos o rodízio dos pneus, e o meu volante ficou completamente torto.

Na 2ª revisão, resolvi tirar tempo e eu mesmo levar o carro, mas agora em outra concessionária. Relatei o problema e a minha insatisfação com a rede e que, não faria mais alinhamento na autorizada da marca. Ele me pediu uma nova chance para fazer o serviço, e acabei pagando o serviço lá.

Valores:

– Revisão 20.000 km: R$ 219,01
– Filtro de Ar Condicionado: R$ 53,00 (me sugeriram a troca e aceitei)
– Alinhamento / Balanceamento / Rodízio dos Pneus R$ 120,00

– Total: R$ 392,01

Desta vez saí mais satisfeito com o carro e os serviços que foram prestados.

Achei apenas um absurdo que, em ambas as concessionárias e revisões, eles não realizarem o serviço de lavagem como cortesia para o cliente, querendo cobrar quando o serviço fosse realizado. Em ambas, preferi não pagar.

hyundai-hb20-premium-vermelho-5-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Hyundai HB20 1.6 Premium 2013

Conclusão

Após rodar mais de 20.000 km com o meu HB20, aprovo e recomendo a compra pra que procura um veículo do segmento de hatch compacto. Para o meu caso, consegui um seguro mais acessível, um carro que atende e supera em muitos pontos a minha necessidade, e que embora possua alguns pontos negativos (como a suspensão traseira e baixa qualidade da rede autorizada), ainda sim estou satisfeito com o veículo.

Gostaria apenas que a HMB olhasse com mais atenção para a versão automática, e colocasse um câmbio mais moderno, pois com certeza ganharia mais clientes, já que não apenas eu, mas muitos consideram a caixa AT4 utilizada no automático atual “antiquada” para o bom motor Gamma 1.6.

Senti falta também de alguns itens tecnológicos presentes em alguns rivais, como o Controle de Estabilidade, assistente de partida em rampa e Ar Condicionado Digital, itens que, talvez se eu fosse adquirir o carro hoje, pensaria melhor olhando com melhores olhos outros da mesma categoria. Poderiam ter colocado também cinto de três pontos e apoio de cabeça para o assento traseiro central, uma pena…

Logo, concluo que o HB20 está dentro dos planos de ficar na minha família por mais uns 3 anos ao menos, e quem sabe o que nos aguarda no mercado automobilístico em um futuro próximo. Quem sabe a tecnologia de injeção direta seja mais utilizada, e o turbo pare de ser item de luxo e desculpa para elevar o valor do seguro dos automóveis sobrealimentados.

Por Cleiton Amaral

4.0

  • DGA

    Parabéns pela escolha, sendo que para o segmento este é o mais bem resolvido! Com poucos ajustes a HMB deixa o modelo “no ponto certo”.

    • Cleiton

      Valeu DGA, muito obrigado!
      Realmente achei que era o melhor na época que adquiri. Este mês faço 2 anos com o carro, e ele é muito show. Claro, não é perfeito, mas é muito bom!

      • Jonathan

        pooooxa, JURO que estava fazendo um relato do meu pra enviar hahaha, tenho um comfort style 2013, perto dos 26 mil km’s, mas motor 1.0 e faz dois anos em Abril.

        Parabéns pelo carro, relato e fotos. Eu não tenho dúvidas que acertei na escolha, gosto muito do carro.

        • Cleiton

          Hehehehe….

          Legal Jonathan.
          Mas faz do seu também, já que é outra motorização…. A galera do NA pode pegar pra postar!

          Abs!

      • BlueDot

        Cleiton, ouvi dizer que a direção hidráulica do HB20 é leve demais em altas velocidades, é verdade? Estou com um Novo Palio e estou louco pra trocar exatamente por isso, não gostaria de pegar outro carro com esse defeito que transmite insegurança…

        • Cleiton

          Ele realmente não endurece a direção em altas velocidades BlueDot…

          Mas também é uma questão de costume.
          Como a direção dele é hidráulica, mas ainda sim bem leve comparada às hidráulicas de outros carros (como Fiesta Rocam e Logan do meu sogro e pai, respectivamente) você tem que tomar cuidado mesmo.

    • É o DGA de Minas Gerais?? O mecanico? No avatar parece…

    • Marcio Almeida

      Realmente talvez no próximo facelift eles mudem o motor, e ai fica show espero que não demore.

      • Edson Fernandes

        O motor?

        • Victor Won

          Acho q ele queria falar cambio at6

          • Edson Fernandes

            Ah sim, nesse caso tbm concordo. Alias, não só mudar o cambio mas adicionar um controlador de velocidade.

            Isso seria uma grande diferença, já que o principal rival automatico, o Onix tem desde a versão LT automatica tal item.

            • DougSampaNA

              lembrando que o seguro dele é barato, abaixo de 1500,00 pra quem tem mais de 40 e nehum filho abaixo de 24 em casa.

  • MAXX FICH

    Parabéns pela escolha , carro porreta de bom, no segmento acho o mais bonito.

    • Hugosw

      Cara, seguimento é de doer…
      Viva as quotas, viva ao Brasil!!!!

      • Thiagusss

        Viva!!!!

  • Lucas Fernando

    Pra mim, foi um downgrade. Sentiria falta do Punto T-JET em tudo.

    • Cleiton

      E de fato senti um pouco Lucas…

      Mas o que mais me contentou foi o baixo valor do seguro (paguei 1200 no primeiro ano), revisão de 10k em 10k bem mais em contas, e o carro não chamava tanta atenção quanto um T-Jet.

      As complicações do Punto eram, além do seguro bem elevado (3K), manutenção cara… Exemplo: discos de freio, 2k o jogo!!! Disso eu não senti falta…

      O meu fiquei bem chateado porque roubaram o estepe bem perto de casa, daí fiquei num preju danado… fora o consumo que era alto, além de não ser flex, gasolina cara… Minha esposa tinha até medo de andar com ele. Eu teria que ter um carro mais discreto, mas também não um manco 1.0 ou o pseudo econoflex da GM.

      Por isso que disse que, em perdas, não senti tanto…

      Mas o projeto turbo ainda existe, mas pra outro carro, mais em conta, quando eu tiver uma casa com garagem maior :p

      • Julio Capelete

        Também desisti de comprar um punto t-jet por causa do seguro, para mim (casado 40 anos) dava em torno de 2700, acabei comprando um bravo t-jet seminovo (18 mil km) com seguro de 1400 reais, o Bravo é um carro que conforme as seguradoras dá menos sinistro e os compradores são de maior idade, barateando o seguro.

        • Cleiton

          Que diferença Julio!!!

          Bom saber então…

        • Rafael

          Fato! Meu perfil era de risco, 25 anos e solteiro. Seguro do Punto Tjet era 4700 e do Bravo 2700. Fiquei com o Bravo e de quebra ganhei em espaço entre outras coisas, alen de ser mais discreto. Ainda bem que não fui no Punto!

        • DougSampaNA

          isso é verdade, as seguradoras sabem que a moçada que tem um modelo turbo senta a bota sem dó e se estiver bebado com mina no carro, aí que a m… acontece. MAS não é regra porque eu tenho quase 50 e curtiria ter um carro destes versão AT, só pra ter abundancia de torque em baixos giros com conforto do AT; e o punto cairia bem pra mim; MAS se for pra pagar seguro de um turbinado, que seja daquele que me esfole menos.
          Seguro é um ponto importantíssimo na minha escolha de um modelo. é peso 3 na minha equação.

      • Rafael

        Por isso fui de bravo (usado) Hehehe. Ele parece com os outros bravos, super discreto. Adoro o carro e pegaria um Hb20 sem dúvida! O carro é show em ambas motorizações. parabéns pelo relato!

      • Rodrigo R

        Disco de freio a 2 mil Reais ? Procurei na internet e não achei nada nem próximo a metade desse valor.

        • Cleiton

          Original do T-Jet?

          Porque é diferente do Punto comum… É igual ao do stilo.

          Esse preço vi o par na época.

          • fschulz84

            Não rolava por importação?

            Dos meus Focus e do meu ex-Megane, este tipo de peça de desgaste natural eu sempre consegui importar ou até achar importadores aqui no Brasil…

            Meu atual Focus MK2,5, já achei importadora para pastilhas de freio (as 4 originais custam a bagatela de 800 reais) e paguei 130 no jogo completo (dianteiras e traseiras).

            • Cleiton

              Não cheguei a procurar na época, mas poderia ser uma opção também…

      • Herbet Moreira

        Engraçado que, no meu Linea T-Jet, cada disco foi R$149! E o seguro R$1528. 113 mil km e ainda estou com amortecedores, betentes e coxins dianteiros originais. Pra fechar, não acho necessário ficar fazendo rodízio. Troco de 2 em 2 mantendo sempre os novos na traseira. Quando os dianteiros acabam, os traseiros vão pra lá e de lá só saem pro lixo. Assim, eu mantenho pneus novos sempre no eixo que não controlo, fazendo o carro ficar mais seguro. Tem vários videos que mostram o que acontece quando o pneu errado está lá atrás. Gostei do carrinho, acho o HB20 o melhor dos compactos. Parabéns!

        • Alessandro Lagoeiro

          Sua noção de segurança está corretíssima. Os pneus menos gastos sempre devem estar na traseira.

        • Leonardo Silva da Rosa

          Rodízio é recomendação de segurança…

          • Herbet Moreira

            Esse rodízio que só serve pra ter que trocar 4 de uma vez e ficar nesse tira-bota atrás e na frente não é o mais seguro e faz vc gastar mais dinheiro. Olha os vídeos do amigo acima que comprovam o que estou dizendo. Segurança é pneus traseiros novos. O pneu que entra no eixo dianteiro do meu carro são os que estavam atrás e dali não voltam mais.

        • Cleiton

          Caramba! Muito mais barato…

          Deve ser diferente do Linea então, ou ele utiliza o mesmo do Linea aspirado, já que a potência não muda muito de ambos, só o T-Jet tem um torque maior em baixas comparado àquele 1.9.

          • Herbet Moreira

            Torque maior em tudo, vc quer dizer…

            Linea 1.9: 132/130cv a 5750rpm ; 18,6/18,1kgfm a 4500rpm
            Linea 1.8: 132/130cv a 5250 rpm ; 18,9/18,4kgfm a 4500rpm
            Linea 1.4 Turbo: 152cv a 5500rpm ; 21,1kgfm de 2250 a 4500rpm

            Numa viagem a Gramado/RS consegui tirar 14,66km/l (733km – 50l)

            • Cleiton

              Bacana…

              Esse motor T-Jet mesmo é bacana na estrada. Na cidade a criança gostava de beber… comigo fazia o consumo que consigo hoje no HB20 no Etanol (8km/l), e andando de boa ainda…

              Se fosse querer brincar, era 6km/l, kkk….

        • DougSampaNA

          Hoje troque 1 pneu novo pro meu New Fit 2011, pus o estepe pra rodar e escolhi o melhor pneu que estava rodando no mesmo eixo pra estepe; fui obrigado a trocar 1 pneu que teve um corte grande no ombro….os malditos buracos que infestam São Paulo do senhor da tintas, rei louco das cores, lorde supremo Suvinil..perfeito Maldade…ops ..prefeito Hadad.
          1 opneu novo+2 bicos novos+3 montagens+5 balanceamentos..tudo 400 reais, a vista.
          A gente não usa o estepe e vem o FDPs e levam embora, então pus pra rodar e coloquei o meia vida no lugar dele.

          • Herbet Moreira

            Se os pneus são iguais, blz. Novos como estão, devem ir lá trás. No Linea que tenho o estepe e a roda são iguais as outras 4 :D

      • DougSampaNA

        no meu HB eu mandei por o upgrade do alarme original, interligado ao modulo que levanta vidros e tem alarme no portamalas, se abrir mata o cara de infarte…que mate o cara e o ajudante junto de infarte..kkkkkkkk

  • Rodrigo

    Você estranhou o carro já ter 11km rodados? É bem comum, normal ter até 20km rodados os carros “zero km”.
    Ele tem que se movimentar dentro da fábrica, existem análises básicas de veículo recém fabricado que acabam contando, movimentação no pátio, no carregamento em cegonheira, descarregamento, dentro de concessionária…
    E com a gasolina que vem no tanque, em torno de 3,5 a 5L, dá pra rodar pelo menos uns 30 a 50 km. Não entendi com que custo chegou-se ao posto que ficava a 500m da concessionária!
    De qualquer forma, foi um relato bacana! Eu mesmo queria ver um HB20, mas eu não consegui nesta época pois tinha fila de espera de 6 meses!
    Acabei desanimando…
    Parabéns pela compra!

    • Cleiton

      Então Rodrigo…

      Estranhei porque os outros 0km que já adquiri, tinham 5 e 8 km rodados… mas, como você mesmo falou, deve ter rodado bastante dentro da fábrica.

      Quanto ao rodar, eles devem ter deixado o carro ligado por um tempo, ou algo assim, porque estava mesmo só com o “cheiro” de combustível no tanque, foi tenso…

      Na época eu queria um cinza, mas a pronta entrega tinha apenas o vermelho e o azul na rede da Max. A Caoa que era vergonhoso, eram 3 a 6 meses de espera…. daí achei essa Css no Morumbi e comprei. Fora o péssimo atendimento, estou muito satisfeito com o carro. Caso pense em pegar um, recomendo…

      • Fábio Dantas

        Meu New Fiesta veio com uns 14 km no odômetro… Nem esquentei, afinal estava entregando um Clio com 84 mil, 3 anos, surrado de um uso meio intenso e 3 acidentes… rsrsrs

        Quanto ao macete pro carro pegar, só quem já dirigiu carro velho sabe… hahahahaha!

        • Teodoro Pelizzaro

          A Saveiro do meu pai mesmo com seus 180 mil km tem que tentar duas vezes acelerando pra pegar. hahahha

          • Fábio Dantas

            Hauehau o Siena 2008 da irmã da minha avó deve ter quilometragem parecida e o GNV vive dando encrenca na regulagem. E tome de bombear o acelerador pra encrenca pegar! Só vai assim hahahaha

        • Marco Schneider

          Carro velho com 84 mil km e 3 anos? Tá novo ainda po hehe
          Meu pai trocou o Clio dele 2004 (10 anos de uso) e com 180 mil km, motor 1.0 8v (sofrível, mas fazia seu trabalho). O carro pegava no mesmo instante que a chave virava e a manutenção feita sempre foi apenas a preventiva, menos uma vez que deu problema na bomba de combustível.

          abs!

          • Fábio Dantas

            Bro, o problema é “como” esses 84 mil km foram rodados. Um desses três acidentes quase foi perda total. Consertaram o carro, peças originais, serviço de qualidade, etc, mas nunca ficou a mesma coisa. Por isso! :)

          • DougSampaNA

            A empresa que represento usa Gols com 2 anos e média 170 a 180 mil kms…usam até o talo, e rodam lisinhos.

    • Rubem

      só no porto roda-se uns bons quilômetros os carros “0 km”

      • ObservadorCWB

        MAs creio que este não veio via porto.

    • Mr. On The Road 77

      O único que me chamou atenção foi um Fiesta Street que veio com 44 km rodados…

      • Marcos Souza

        Na minha cidade tem uma loja da Ford. Mas os carros vem de uma CSS próxima(100km). Já vi o vendedor na estrada trazendo um ka do modelo anterior a esse. Mas ele trazia o carro dirigindo. Acho que depois baixavam a km do carro na CSS.

    • Stark

      Meu carro veio com 6 km rodados e a autonomia marcava apenas 8 km. Deu pra chegar no posto, mas fiquei naquela tensão de não conseguir, pois ainda peguei congestionamento.

  • Renaaato

    Tive um idêntico ao seu Cleiton, mas a cor era prata.
    Concordo com tudo o que vc citou…. o carrinho é excelente, só vendi mesmo porque quando meu filho nasceu, precisei de um porta malas maior e o do HB20 é bem pequeno.

    • Tosca16

      e o HB20S poderia ser a escolha ?

      • Renaaato

        Poderia sim, com certeza.
        Mas eu queria um automático e não peguei o HB20S por causa do cambio de 4 marchas. Acabei pegando um Honda City.

  • Higo Belchior

    Parabéns pelo carro!
    Tbm possuo um HB20, mas é um Comfort Plus 1.6 2013/2014 Branco. É o meu xodó (tbm por ser o meu primeiro automóvel). Acho que o consumo poderia ser melhor, no mais, estou muito satisfeito com ele.

    Só uma dica, na próxima revisão EXIJA a lavagem do carro ou que deduzam o valor de R$ 12,00 na NF, pois a lavagem é incluída nas revisões sem custo algum (consulte o site da HMB).

    Na minha 1a revisão percebi que a CSS não lavou meu carro, eu disse que só sairia de lá quando lavassem. Eles lavaram sem problema.

    • Cleiton

      Legal Higo, obrigado pela dica!

      Vou ficar atento então…
      Foi o cúmulo os caras não lavarem, achei um desrespeito total com o cliente. Na próxima vou exigir…

      abs!

    • Marcos Poa

      As concessionárias que frequento ou frequentei, GM, HMB e outras sempre tentaram cobrar a lavagem, mas nunca paquei. Atualmente vou logo avisando que quero o carro limpo e sem custo, do contrário procuro a concorrência. Eles não vão perder o cliente por doze reais.

      • Cristiano Espindola

        Não sei qual concessionária GM você frequentava. Em Porto Alegre, na Jardine, SEMPRE foi oferecida quando eu tinha um Onix. Uma vez, sem tempo algum, pedi pra não lavarem e recebi um “vale lavagem”, pra lavar uma outra hora.
        Hoje eu tenho um 500, uma das únicas coisas que sinto falta é o atendimento na Jardine. Não consegui fazer a revisão de 30k pelo preço que a Fiat informa no site em qq css, abri reclamação via e-mail e ainda recebi como resposta (via telefone) que as css são empresas de terceiros e que a Fiat não poderia fazer nada!

  • Carlos Silva

    Comprei no final do ano passado um HB20 1.6 Comfort Style, também vermelho. Até o momento o carro se encontra com pouco menos de 6000km rodados e é só alegria. Lembro que na hora de decidir entre ele e um New Fiesta (escolha emocional – carro pra quem curte dirigir) o custo-benefício do Hyundai falou mais alto. O detalhe da suspensão traseira realmente é incômodo, mas ainda não achei solução para a questão. Estou muito satisfeito com a aquisição e, assim como você, planejo mantê-lo na garagem por um bom tempo.

    • Cleiton

      Legal Carlos!

      É, hoje o que me tiraria da escolha dele, talvez, seria um NF.
      Quanto ao problema da suspensão, tem gente do fórum do HB20 (www.hb20clube.com.br) que instalou uma espécie de coxim de silicone entre as molas traseiras, union cusher (ou algo assim, não me lembro o nome), e conforme alguns relatos, dizem que melhorou bastante.

      Eu já me adequei à forma de dirigir, e me acostumei com o curso da suspensão. Basta só tomar cuidado em nossas maravilhosas ruas esburacadas, principalmente com o carro cheio.

      Abs!

      • Marcos Souza

        Eu não tive um hb20, mas tive um kia soul que usa o mesmo motor e usei ele por 67 mil km antes de trocar por um carro novo e nunca tive problemas. a média do meu ficava na casa dos 13 a 13,5 km/l. 3 vezes eu abasteci com gasolina premium e a média subiu pra 17 em uma vez e 19km/l nas outras duas vezes.
        O preço do filtro de combustível é um absurdo, r$125,00 na época que tinha que trocar. As trocas desse filtro são a cada 40 mil km e ele fica dentro do tanque.
        As velas são de iridium, dá pra trocar a cada 100mil km. a kia pedia pra trocar com 40mil, por isso não troquei e nunca deu problema…
        ótimo relato, até quando estava trocando o meu, pensei num hb20, mas optei por um sonic, pois achei o espaço interno no hb20 muito pequeno.
        abraços

        • Herbet Moreira

          Marcos, essas velas são boas mesmo e tem pra quase todos os carros… Coloquei num Siena 1.8, no meu atual Linea T-Jet e até o Escort GLX 97 1.8 do meu sogro já tá usando… E duram os 100 mil km sim. Na caixinha dela tem a promessa de economia de até 4% de combustível… se vc fizer as contas com 1% a vela já se paga (custa 4x mais que a “normal”). Por isso que eu acho que vale a pena uma vela decente, independente do carro.

        • DougSampaNA

          atenção, cada 20 mil kms PRA QUEM SÓ USA ALCOOL, melhor pedir ao mecanico pra retirr as velas, examinar e repor no lugar; tem muito honda com velas de iridium travadas no cabeçote com 40 mil kms porque o alcool causa certa aderencia da vela no cabeçote; meu fit está com 30 mil e mandei meu mecanico retirá-las e examiná-las, estavam perfeitas pois são de iridium recomendadas as trocas no manual aos 60 mil kms.

  • Leonardo David

    Boa escolha Cleiton, e o apagão que deu ao sair da concessionária? Vc chegou a verificar depois? Abraço.

    • Cleiton

      Então Leonardo… No dia seguinte estava decidido a levar na Css. Mas daí no retorno do dia pra casa, e depois utilizei o carro normalmente. Ainda sim, 1 semana depois levei o carro na Css e eles passaram o scanner, e falaram que estava tudo Ok, e que tinha provavelmente acabado o combustível mesmo.

      Mas reclamei e muito com o maldito vendedor… foi tenso, vc pega um carro zero, e nunca imagina ocorrer algo do gênero…

      Mas valeu!

      • Leonardo David

        Imagino que tenha sido bem tenso mesmo, ainda bem que não aconteceu novamente. :D

      • GPE

        Talvez esse apagão pode ter sido ocasionado pela troca de combustível. Tá ligado que tem uma recomendação que quando vc trocar completamente o combustível vc deve deixar o carro ligado coisa 15min ou andar uns 10km (cada fábrica diz uma coisa). Vc botou etanol e o carro pode ter sido abastecido com gasolina na fábrica

        • Cleiton

          Sei sim GPE…

          Inclusive o técnico foi enfático: “Põe Etanol que é o que o carro tem no tanque”.

          Só se o cara mesmo não sabia… Mas ele me informou que, todos os HB’s vem com Etanol no tanque.

          • GPE

            Enfim. Só uma suposição.

        • Davi Millan

          Quando se pega um carro zero geralmente deve completar com o mesmo combustível que tem no tanque na primeira vez. Pelo menos é isso que os técnicos dizem quando entregam o carro.

          • CharlesAle

            Verdade.E custava também, até como um agrado ao cliente, dar pelo menos 1/4 de combustível?Pelo menos para o cidadão não ter que correr para o primeiro posto de gasolina!Acho muita pãoduragem desses CSSs…

        • Andrew B.

          Correto a recomendação.Ainda vou mais além:mínimo 10km, 80km/h.

          • GPE

            80km/h o que?

            • Andrew B.

              Percurso de 10km, andando a 80km/h.

              • GPE

                Nunca ouvi falar de recomendação sobre a velocidade. Das vezes que mudei o combustível não andei a tal velocidade e não tive problemas

  • RTEC30

    Parabéns pela escolha, a maioria dos relatos que ouço tem sido deste jeito.
    Tomara que consertem a suspensão dos próximos modelos, pois muitos que acabam por andar com mais pessoas no carro (mesmo que eventualmente), podem abrir mão do HB20 por este motivo.

    • th!nk.t4nk

      Foi o que me fez desistir do HB20 no test-drive. O carro parece que vai desmontar todo em qualquer buraquinho, é muito desagradável. Não inspirou confiança, risquei das opções na hora.

  • Hericles Sales

    Tb tenho um HB20 1.6, só que branco. E realmente o carro é muito bom, o
    meu tb é 2013 e vai para a revisão de 20000 km agora no fim de março, A
    primeira ( de 10000 km ) foi de graça ( isso mesmo, de graça ) recebi um
    cortesia da frabrica por ter esperado pelo carro ( o pedido foi feito
    em dezembro e o carro entregue em abril ) Não teve nada de
    empurroterapia,só foi feito o que estava no manual, e o carro foi
    lavado. PATEO ( Recife ). Problemas ? Apenas 1, um grilo chato atrás do
    painel que foi resolvido na css.

    • Cleiton

      Bacana Hericles…

      De Css você está melhor que eu!
      Barulhos eu não tive nenhum ainda, acho o carro super silencioso. O meu já está com 25.000 km.

      Abs!

    • GPE

      20mil KM e apenas 1 grilo (e solucionado) é algo muito positivo num popular

  • Leonardo C.

    Parabéns pelo relato, gosto muito do HB20, acho muito bonito e tem uma boa imagem no mercado, mas optei por um New Fiesta Titanium Powershift, pois precisávamos de um carro automático e o Fiesta oferecia mais por menos (tinhamos isenção para deficiente). Mas como você disse, o motor dele é ótimo para o carro, e espero que você tenha sempre alegrias com seu HB.

    • Cleiton

      Valeu Leonardo, muito obrigado!
      E o NF, tá curtindo bastante? O câmbio PS tem dado dor de cabeça?

      Pois é essa a queixa que a galera relata…
      Mas é um excelente carro, principalmente por ter controle de estabilidade e assistente de partida em rampa, coisas inexistentes nos concorrentes…

      Abs!

      • Leonardo C.

        Sim, curtindo demais, o câmbio está excelente, gostando demais do carro. Ainda está com 3000 km, então não dá pra dizer sobre problemas. Reza a lenda que o defeito do câmbio melhorou nos modelos 14/15, mas espero que o meu não dê dor de cabeça rs. O assistente de partida em rampa é sensacional hahah!
        Abs!

  • Clayton Martins

    Os pontos fracos do HB20 1.6 na minha opinião são:
    1 – Equipamento de som de baixíssima qualidade, inferior aos utilizados pela Fiat em seus carros de entrada;
    2 – Suspensão traseira, alvo de reclamação de 10 entre 10 proprietários do veículo;
    3 – Ausência de itens de segurança ATIVA, fora o que é imposto pela lei.
    O consumo é apenas mediano no modelo manual e ruim no modelo automático. Nesse ponto fica atrás de C3, 208, Fiesta e Fox EA211, por exemplo.
    Como todo carro tem virtudes e defeitos, mas acredito ser uma das melhores opções do mercado, se a concessionária conceder descontos que o tornem alinhado aos modelos compactos de entrada, nunca como um pseudo premium, como muitas concessionárias da marca costumam tentar promover.

    • duhehe

      Tenho um HB20S Confort Style automatico.
      Não gosto de mexer no carro, então não troquei ainda, mas a qualidade do sistema de som que colocaram no carro, nem o Mille dos anos 90 era ruim igual.
      Sem falar que o meu tem o problema dos resets.
      Eu gosto de suspensão mole, então não acho ruim a susp traseira do meu.
      Itens que fazem no HB20 são na minha opinião, um termômetro, ar inteligente, um cambio melhor, piloto automatico e um som decente como já falado.
      A posição de dirigir poderia ser mais baixa também.

      • DougSampaNA

        HB20S Confort Style..igual ao meu. Teu consumo melhorou depois dos 10milkms? O meu está inalterado.

        • duhehe

          O meu tem 22 mil km, vou te falar que piorou, estou rodando 100% alcool, 6.8 de media 100% cidade.
          Pela manha pego pouco transito, entao a media melhora, de tarde que pego tudo parado, se zero o contador, a media fica geralmente em 4.7.
          Temos em casa tbm um corolla GLI 2015 com o todo “moderno” cvt ( tao aclamado por aqui) as medias são igualmente pessimas.

    • DougSampaNA

      é só trocar os falantes da portas DT por triaxiais , eu fiz isso e melhorou muito, gastei 100 reais.
      a suspensão bate sim, mas tem que pegar um buraco caprichado né?
      Itens de segurança..pensei num ESP pra hyundai matar o Gol, mas…
      Consumo no AT, minha média de 20 tanques na cidade deu 6,49km/l no alcool, e 8,3 km/l na gasosa….fraco! Aí talvez o cambio At6 ajudaria a melhorar os numeros, mas isso é outra história.

  • Gustavobrtt

    Tenho um 1.0, e a minha queixa é somente o som, que combina com o painel, porém a qualidade do áudio deixa a desejar. Estava buscando um modelo com ruído interno baixo, e foi a melhor opção econômica.

    • Rubem

      veja se não é a caixa de som tenho um idea e coloquei 4 sony nele de 50W cada. melhorou da agua para o vinho.

      ja no monza que tenho foi o contrario..rs a caixa era excelente e meti um clarion da propria GM.

      • Gustavobrtt

        É que a minha ideia, Rubem, é que não acho justo gastar mais num carro que supostamente deveria vir com o som ok. Já paguei caro nele e no som, agora gastar com auto falantes para ver se melhora, se não melhorar gastar mais instalando som de outra marca descaracterizando o painel… Vai uma grana aí, sem falar do instalador que pode quebrar os encaixes dos plásticos e o seu carro fica cheio de grilos. Meu, to fora.

        • Rubem

          vai no faça vc mesmo. Assim que eu fiz. Tb não confio muito em instaladores e em qualquer duvida, o google ou youtube te salvam. eu mesmo tinha duvida de como tirar o forro da porta do idea e parti para o youtube.

  • Davi Millan

    Ótimo relato! Mas eu tenho muito medo de HB20 vermelho!!!

    • Rubem

      pq???? um outro carro vermelho vc teria medo?

      • Davi Millan

        trauma. só isso. O última que vi deixou meu carro na oficina, pois a mulher passou o sinal vermelho (mesma cor do carro, isso é uma mensagem subliminar illuminati) e levou a frente do meu carro. Só trauma mesmo.

  • Rubem

    “A garagem de casa também é pequena, logo deveria escolher um automóvel pequeno” parabens!!! No meu condomínio tem um acéfalo que comprou um renault fluence e esqueceu que na vaga não cabe um carro desse porte no prédio.

    • Cleiton

      hahahahahahahahahahahaha……

      Complicado né, kkkk…
      Em casa até hatch médio fica ruim tb, porque daí já fica apertado pra entrar, e bate a porta na parede, corredor pra passar fica estreito… então, tem que ser hatch de entrada mesmo.

      • Higo Belchior

        Aqui em casa é pessimo tbm. Queria comprar o sedan, mas a garagem foi feita “exclusivamente” para hatch. O carro só entra se os retrovisores estiverem rebatidos. Kkkkkkkk. Fica apertadinho mas consigo coloca-lo na garagem, apesar da dificuldade. consigo imaginar como deve ser na sua garagem…hehehehe

    • Marcos Poa

      Muitos esquecem que o mundo não é só deles. No meu condomínio temos uns 3 com S10 e Hilux cabine dupla que as rodas da frente ficam além da faixa amarela onde termina a vaga, atrapalhando o trânsito do estacionamento. Fora aqueles que estacionam e invadem seu espaço! Deveria existir multa pra isso, pois os síndicos nunca querem se indispor com os vizinhos.

      • CorsarioViajante

        MOrava num prédio em Moema que isso era horrível. Naõ tinha vaga fixa, e eram vagas P, M e G. Sò que todo mundo comprou as bigornas “G” e não cabia mais.

      • Pedro Rocha

        Tecnicamente, um guarda de trânsito municipal pode aplicar multas mesmo em locais privados na área de todo o Município, exceto áreas militares. Obviamente que se ele for fazer uma geral na garagem do condomínio ele precisa ser convidado pelo síndico.

  • Thiago Campelo de Melo

    Em relação a versão com Câmbio automático, temos um em casa e achamos muito boa as trocas dele!

    • Pedro Rocha

      Com certeza é melhor do que as tranqueiras monoembreagem da VW e FIAT.

      • DougSampaNA

        muito macio, não há dúvidas. tem horas que vc não percebe e já está na 4a..isso é realmente muito bom. Mas tinha que ser AT6 pra melhorar o consumo.

    • Victor Won

      Quase 3 anos de mercado e ainda nao vi um proprietario q deu problema no AT4 do hb20 , diferente do fiesta q tem até petição .

    • DougSampaNA

      sim , o meu é macio nas trocas, mesmo quando enfio o pé, mas o consumo dele andando mansinho precisa melhorar, e muito!

  • CorsarioViajante

    Carro bem redondo este, difícil achar “defeitos” nele, o defeito mesmo está nesta prática tosca, ultrapassada e ridícula da concessionária ficar economizando R$20,00 de combustível quando você compra um carro de R$45.000.
    De resto, dá para entender porque vende tanto, mesmo custando relativamente caro.
    Acredito que no facelift que vem chegando vão alterar esta questão da suspensão que todo mundo reclama e talvez melhorar o som.

    • Marcos Poa

      Corsário, pelo que tenho visto hoje os concorrentes com os mesmos itens de fábrica não estão tão divergentes assim em preços. Se você fizer uma cotação nas concessionárias vai perceber isso, pois quando tem diferença eles dão descontos ou brindes.

      • CorsarioViajante

        Olha só, pelo visto o mercado está apertado. Vamos ver, os preços estão tão instáveis que é até difícil falar deles!

    • DougSampaNA

      Oi Corsário, blz? Pensando no que é caro, o caro dele ainda é proporcionalmente mais barato do que os caros Hondas..a Tabela do Fit 2015 são de doer.

      • CorsarioViajante

        O Fit é um carro legal, bacana, versátil e tal, mas realmente os preços são absolutamente incompreensíveis para mim. E o pior, vende adoidado!

  • Marcos Poa

    Parabéns pelo relato Cleiton. Tenho um Confort Style AT 13/14 a um ano e meio e vou discordar de você no quesito câmbio automático: apesar das quatro marchas me atende perfeitamente, pois é muito bem escalonado e preciso. Na época da compra até fiquei indeciso, mas depois de testar bastante o Onix e Fiesta com seis marchas não tive mais dúvidas, pois em ambos o ruído das trocas de marcha invadiam a cabine e o conforto fica longe do HB. Recentemente fiz duas viagens idênticas de mais de mil km, uma no HB e outra na Spin da patroa e a diferença em conforto, silêncio e economia são gritantes. A Spin só ganha no porta malas. Respeitando a velocidade permitida, o HB fez em média 14,5km/l contra 12km/l da Spin, contando os mesmos trechos de cidade e estrada. Vale destacar que o carro da GM, mecânico com 5 marchas, ficava em 3.100RPM aos 110k/h enquanto o HB 4 marchas AT ficava em 2.900RPM na mesma velocidade. Veja como a quarta do Hyundai é longa. Mas é óbvio que com seis marchas deveria ficar ainda melhor, mas deve ser uma questão de custo. Como resultado final acho o carro muito positivo quando comparado com concorrentes de outras marcas que já tive, e estou muito satisfeito.

    • Cleiton

      Bacana o seu relato Marcos!

      Acredito que, na estrada, o comportamento dele deve ser muito bom mesmo!
      E na cidade, como que está o consumo?

      Como no meu caso seria uns 75% dirigindo na cidade, por isso que imagino que o consumo do AT4 seria mais alto do que um MT, que é o que geralmente vejo relatos de donos no clube do HB.

      Mas daqui uns 3 anos pretendo pegar um AT. Espero que até lá as montadoras coloquem coisas melhores no mercado, que a GM mude o fraco 1.4 do Ônix, que a Ford arrume os problemas do PS e a HMB atualize esse AT4…

      Abs!

      • Marcos Poa

        Moro numa capital e o meu trajeto é sempre muito trancado, então fico na média entre 6 e 7 km/l. Mas se o trânsito fluir bem ele melhora bastante. Mas depois que se pega o “jeito” do AT você não vai querer sair mais dele, mesmo que venha a gastar um pouco mais. Ficar com o pé esquerdo e a mão direita livres nos engarrafamentos reduz muito o estresse. Ah, acompanho o HB20Clube desde antes de comprar o carro.

    • Victor Won

      Acredito eu q o at4 do hb20 a 120km/h fique com rotação menor q do at6 do onix na mesma velocidade , seu motor de 128cv ajuda muito nesse quesito mesmo com cambio de 4 marchas

  • Davi Millan

    1º Pronto: “Um ponto negativo, que muitos donos salientam do veículo, tanto versão Sedan, X ou do hatch, é da suspensão traseira. Acredito que deve ser uma característica do veículo, mas que ao rodar com o carro com 4 ou 5 pessoas, há bastante incômodo para os passageiros que ficam parte de trás. A impressão é de que o curso da mola e amortecedor é curto” Acho que isso é um mal de carros coreanos. Eu tenho um Cerato e é a mesma coisa, sendo que isso se repete com Picanto, Optima e i30 (versão anterior) (carros que eu pude ver isso).

    ——-
    2º Ponto: Agora sobre a geometria em css, eu nunca faço pois parece que é regra o carro voltar pior que foi.
    ——
    3º ponto: A Hyundai fez uma c*g*d* ao meu ver agora. pois tirou o HB20 premium mt e deixou somente o at. Pode ser que a maioria das vendas nessa versão sejam de automáticos, mas reduzir opções nunca é algo interessante no meu ponto de vista, ainda mais quando a única opção é uma transmissão automática de 4 marchas que é muito melhor que uma uma AL4 (Favor não confundir AL4 com AT8 que por mais que a última também não seja boa, ela é muitooo melhor que a porcaria da AL4) mas mesmo assim poderia ter pelo menos 6 marchas pois um Cerato com o mesmo motor e um cambio de 6 marchar (at) é mais econômico que um HB20 na estrada.

  • Rafael S

    tem coisa que é complicada de ler. O cara acha que com 1000 quilos fazendo 8 mk/l, o consumo é um destaque…

    • Cleiton

      Olá Rafael…

      Caso conheça algum carro com potência de aprox. 130 CV que seja bem mais econômico que 8km/l na cidade e basicamente com etanol no tanque, por favor me avise que vou avaliar a possibilidade de compra!

      Abs…

      • Pedro Gonçalves

        Meu Onix 1.4 faz mais ou menos isso também com etanol na cidade. Acho difícil algum carro da categoria e com motor acima de 1.0 ser muito mais econômico que isso.

      • Minerius Valioso

        Com etanol? Achei bom o consumo. Achei que fosse com mijolina.

        • Cleiton

          Sempre abasteço 10L de gasolina aditivada e completo o restante com etanol. Minha médias estão baseadas nessa mistura.

          Abs…

          • Rodrigo R

            Por pura curiosidade, por quer colocar 10 litros de gasolina e o restante de álcool ?

            • Cleiton

              É que a performance com apenas gasolina não me agrada no HB20, ele fica amarrado em baixas… ele roda mais solto com etanol. Desta forma coloco um pouco de gasolina aditivada (ou podium quando dá, rsrs) pra lubrificar mais a queima, já que o etanol, embora tenha água na composição, a queima é mais seca, podendo prejudicar com o tempo a queima exclusiva de etanol no motor.

              • Herbet Moreira

                Não concordo. Tive um Siena HLX 1.8 que, nos seus 101mil km rodados comigo só viu gasolina umas 4x no tanque. Ele já está no quarto dono (fui o segundo) sem problemas… Só não recomendo álcool em caso de uso severo (desligar antes de aquecer, no caso de trechos muito curtos).

                • Cleiton

                  Então Herbet…
                  Isso é opinião de cada um mesmo, cada dono considera o melhor pro seu veículo.

                  Mas caso tenha tempo, dê uma olhada nessa matéria da 4Rodas de longa duração do Ford Ka, usando apenas Etanol nos 60.000km:

                  http://quatrorodas.abril.com.br/carros/duracao/ford-ka-569463.shtml

                  A parte que um especialista em cabeçotes relata o seguinte, referente aos problemas que o carro via apresentando, sentindo ele mais fraco e devido ao vazamento da compressão dos cilindros:

                  “Ele diz que o vazamento pelas válvulas de escapamento não é exclusivo do RoCam 1.0, que equipa Ka e Fiesta. O problema é comum nos motores 1.0 em geral. “Com o refinamento desses motores, a queima é total. E o combustível nem chega a resfriar as válvulas de admissão. Quando se usa álcool, combustível mais seco, isso é agravado, uma vez que, diferentemente da gasolina, ele tem ação lubrificante reduzida, deixando a temperatura ainda maior.”

                  E mais embaixo acrescenta: “o uso exclusivo ou excessivo do álcool pode reduzir a vida útil do motor”.

                  Isso porque a gasolina tem um poder lubrificante maior que o Etanol.
                  Então por isso procuro utilizar um pouco de Gasolina também, embora goste muito mais da performance que o Etanol trás ao veículo…

                  Abs!

                  • Herbet Moreira

                    Muita gasolina, dá carvão nas válvulas…. mais álcool dá temperatura alta… esse lance da temperatura poderia ser remediado com um óleo de motor melhor? Eu usava no Siena um óleo de motor com especificações acima do que o fabricante recomendava… e não baixava nada.

              • Marcos Souza

                As pessoas tem preconceito com o etanol, mas a queima dele é mais completa. Se abastecer sempre na gasolina, sempre vai formar borra nos pistões. O que eu faço é abastecer sempre no etanol e a cada 2000km colocar gasolina pra lubrificar. Sempre q abasteço muito no etanol o consumo vai caindo. Mas é só colocar 2 tanques de gasolina que depois o consumo fica normal…

              • Fernando S.

                Meu antigo veículo, um Mille 2007, rodou 95 mil km. Nesse tempo (entre 2007 a 2013 – quando troquei ele -) só coloquei gasolina uma única vez e nunca tive nenhum problema. Atualmente com um Fiesta 1.6 coloco gasolina a cada 5 mil km, mas o carro amarra demais nesse combustível, além de ficar batendo pino. Com etanol parece que o carro vira 1.8

      • ebrotto

        Realmente está bem legal o consumo no etanol, meu NF 1.6 manual sofre pra chegar em 7, ainda está com 2 mil km, espero que melhore depois dos 5 mil, mas msm assim n reclamo, pelo menos o motor corresponde sempre que preciso.

  • Boris

    Eu tenho um Hb20x style AT 2015 e estou satisfeitissimo mesmo com cambio de 4 marchas. O motor é forte e eo cambio é bem escalonado. Minha esposa tem um Fit 2012 1.5 AT e o motor é fraco fazendo o cambio trocar marchas demais em estradas de serra.

  • Gran RS 78

    Meus parabéns. Na minha opinião esse modelo é um dos melhores do segmento. Ficaria na dúvida entre ele e o Fiesta, mas pelo preço que vc pagou, só daria para comprar o Fiesta de “entrada”, e que deixa a desejar no acabamento e itens de série em relação ao HB20.

  • Thiago

    Parabéns pela compra, Cleiton. Se em 2012 o mercado estivesse com boas opções de hatches compactos, teria ficado com um. Como não era esse o cenário acabei subindo um degrau e levando um i30.

    Concordo com teu amigo sobre o AT4, o carro seria outro com um mais uma ou duas marchas, mas também não descartaria apenas por isso. O câmbio é bastante confortável para uma condução suave, peca mesmo quando se quer extrair mais desempenho, aí fica meio amarrado. Sem falar que o consumo na estrada não é dos melhores. Escolhi um AT pelo conforto mesmo, pegava um trânsito complicado todos os dias (Florianópolis tem o pior índice de mobilidade).

    O controle de qualidade na entrega dos carros da Hyundai precisa melhorar. No meu caso era a CAOA, mas receber um carro com ambos os faróis queimados é dose!

  • Drone gibim

    Parabéns pela escolha…
    Tenho um Premium Automático 2014 e não tenho nada a reclamar até o momento. Para mim o cambio é muito bom, pois pela leveza do funcionamento dá a impressão de ter mais do que 4 marchas. Em viagens a 110 k faço medias na gasolina comum entre 13/14 p/litro, o que considero satisfatório. Já temos a mais de um ano e até agora nenhum ruído interno ou de carroceria o que demonstra esmero na montagem.Quanto aos faróis cromados, no meu caso no dia da negociação pedi para trocarem pelos com ¨máscara negra¨ sem custo e o vendedor aceitou.
    Para nós um excelente carro, e atende muito bem.

  • Nostress

    Estou há 20 dias rodando com um alugado, peguei com 2.000km e agora está com 5.000km. O ABS dele quase mata a gente de susto quando atua, além do altíssimo barulho metálico não freia nada. Barulho por todo lado. O bagagito até tirei pois bate muito. É super gastão, difícil fazer mais que 11 na rodovia na gasolina. Som muito ruim. Traseira sai em qualquer curva mais forte. Ainda bem que devolvo amanhã. Saudades dos meus carros….. E um carro bonzinho, mas nada além de um gol, uno ou ônix. Continua sendo um popular de entrada.

  • João Cagnoni

    Considerou um 208 no momento da compra?

    • Cleiton

      Então Joao…

      Como adquiri o carro 10/03/2013, o 208 estava para ser lançado ainda… Se não me engano, foi lançado em Abril…

      Mas hoje, caso fosse comprar, com certeza levaria em consideração… Digo mais, a versão GT Turbo que deve chegar no ano que vem, essa sim deve ser bem interessante!

      Abs.

  • Lucas Kopereck

    Parabéns,HB20 é um bom carro.

  • EDUVINHAS

    Aqui em casa temos tres Hyundai. Um deles e um sedan Hb20s copa do mundo , Concordo com tudo que voce falou , Bem montado , gostoso de dirigir e economico.

  • FranciscoAdrianoSilva

    Parabéns pelo carro, realmente, uma ótima escolha é um veículo de convívio fácil e prático.

  • Ubiratã Muniz Silva

    Curiosamente, meu pai comprou final do ano um HB20 1.6 (acho que é o Comfort Plus, automático) na concessionária do grupo Smaff aqui em Brasília, a entrega do veículo também foi sofrível. Nenhuma explicação sobre o funcionamento dos detalhes do carro, nenhuma orientação técnica, nada. Ele desceu a lenha quando ligaram pra fazer pesquisa de satisfação kkkkkkkkkkkkkk

    fora isso ele tem gostado do carro. é o primeiro automático dele.

  • Marcelo Alves

    Tenho dois amigos que compraram HB20 já a 2 anos, os dois sempre falam muito bem do carro (um tem um Sedan e outro tem um Hatch, ambos 1.6).

    Eu acho o farol prateado bem mais bonito que o máscara negra no HB20, cai certinho no visual do carro! O mais feio pra mim é aquela versão que vem com o para-choque pintado de preto e faróis máscara negra, não caiu bem no carro não :P.

  • Márcio Krüger

    tenho um HB20s Premium AUT 2014/2014 onde unica mudança foi colocar banco de couro..
    e estou super satisfeito também,.
    um ótimo carro.. estou com 16mil KM no momento.
    Nada a reclamar.

  • Fernando S.

    Boa escolha, colega. Mas creio que você estivesse disposto a desembolsar mais de 40 mil num carro à época, já que eu tive essa mesma dúvida que você em 2013 (pensei no HB20, Sandero e Fiesta Rocam – todos 1.6) e acabei decidindo pelo Rocam devido ao valor. Na época o Sandero estava saindo 39.900,00 (completo + MidiaNav) e, salvo engano, o HB20 1.6 inicial estava na faixa de 42 mil. Já o Fiesta, apesar de estar prestes a sair de linha à época, saia por imbatíveis 34.490,00 completo também.

    • Cleiton

      É… Tinha essa dúvida mesmo.

      É que o Rocam não me agradava o design, e o motor é meio beberrão (meu sogro tem 1 e faz 6km/l no etanol na cidade). Mas é um carro bom, sem manutenção praticamente…

      Já o sandero acho o câmbio com relações largas, muito grande, não tem os engates precisos iguais ao do Hb ou os do Polo é Gol, por ex. Mas são carros excelentes tb, pensei neles na época….

      Abs!

      • Fernando S.

        Realmente o motor Rocam gosta de beber hehehe. No começo me assustava com o consumo de 6,5 km/L na cidade com etanol e só 50% do tempo com ar ligado. Aprendi que ele precisa ter moderação para pisar na cidade, realmente ter pé de pena com ele. Atualmente está com 16 mil rodados e tem média de 8,2 km/L em trechos mistos (metade cidade metade estrada). Qual o atual consumo seu com o HB20?

        • Cleiton

          Com a mistura que citei acima no meu relato, tenho 8km/l apenas na cidade e na estrada ele rende uns 13km/l, até 15/l se eu rodar até 90km/h. Mas mantendo os limites das estradas paulistas cuja média é na faixa de 110 e 120, ele faz uns 13…

          Por isso estou bem satisfeito com ele! Consumo similar só vi no Honda Fit de amigos, mas ai já é outra categoria também…. Além do HB ser mais forte tb.

          Abs!

        • Herbet Moreira

          Pra um motor que bebe apenas 500ml a menos que um Linea T-Jet a cada 47 litros consumidos…. com 2/3 de potência… Rocam bebe mesmo…

  • André Luiz De Faveri

    Eu não entendo o critério para classificar a potencia dos carros hoje em dia.
    Potência 128 cv bacana, mas torque de 16 kilos…
    Santana 97 como exemplo, potencia 112cv, torque 19,5 kilos.
    E agora qual na prática tem melhor retomada e velocidade final?

    • Rodrigo R

      Velocidade final é o de maior cavalaria.

      Retomada o de maior torque.

      Você só vê o resultado das cavalarias lá próximo da velocidade máxima do carro, antes disso o que conta é o torque do motor.

    • Comentarista

      Vc não pode considerar apenas números de motor. Tem questão de peso, relação de cambio, cx aerodinâmico, rotação de entrega de potência e torque e por aí vai.

      • André Luiz De Faveri

        Bem citado, porem eu vejo carros de 1997 com menor potência declarada andando na frente de carros novos de categorias inferior como o hacht compacto, que tem uma potência declarada maior. No resumo que tenho na pratica, o que vale mesmo é o torque a potencia hoje em dia é algo fictício.
        Só serve para fazer propaganda. O bicho vai pegar quem tiver mais torque e de preferencia em menor rotação.

        • Comentarista

          Não há mágica. Se tem torque em vaixa a potência é menor em alta e vice versa. Pura fórmula mecanica. Na cidade um torcudo da a impressão de ser mais potente mas quando vai na estrada o motor morre e vice versa tbm.

          • André Luiz De Faveri

            Olá nesse caso tem dois fatos a se destacado, primeiro fato: temos um motor GM familia II que desenvolve praticamente 20 kilos de torque em baixíssima rotação e ao mesmo tempo entrega uma excelente potencia em alto rotação. O segundo fato e a aplicação de uma turbina onde se tem ótimo torque em baixa rotação e excelente potencia em alta também.

    • Adam Lewis Charger

      Mas o seu carro é 2.0 então naturalmente ele tem mais torque que o 1.6, você pode ver que os carros quando aspirados (sem ser esportivos) tem a mesma faixa de torque nas cilindradas.

      • André Luiz De Faveri

        Exato, o fator mais importante em um carro não é a potencia e sim o torque.
        Para extrair torque em um motor não tem segredo, apenas tem que aumentar a cilindrada ja a potencia virou meros numeros aleatorios…

        • Adam Lewis Charger

          Para andar na cidade sim, o torque é mais importante, porém um motor 2.0 é muito gastão para deslocamentos curtos e trânsito caótico, por isso estão adotando turbo, tirando torques gigantes de motores pequenos e mantendo o consumo lá em baixo.

  • Mauro Schramm

    “Gostaria apenas que a HMB olhasse com mais atenção para a versão automática, e colocasse um câmbio mais moderno…”.

    A Hyundai deixou de vender um HB20 lá em casa por causa disso. O Fiesta, apesar do interior horroroso, foi escolhido pelo câmbio mais eficiente e pelos itens de segurança.

    • Cleiton

      Acredito justamente nisso Mauro…
      E provavelmente perderá mais.

      Eu mesmo, daqui 3 ou 4 anos, pretendo pegar um hatch bem equipado automático, e se não mudarem, vou ter que considerar outras opções no mercado…

      • Adam Lewis Charger

        Diz que sai já esse ano o AT6.

        • Cleiton

          Será Adam??
          Poxa, aí seria bacana!

  • Cadu Viterbo

    Eu tive um hb20 1.6 CP e não tenho nada a reclamar do carro
    Só elogios. Seguro barato, manutenção barata e de ano em ano e não de 6/6 meses como os outros nacionais. Nem da suspensão eu reclamava.
    consumo razoável pela potência. Me atendeu mto bem durante um ano. Eu teria outro
    Câmbio, motor e nível de ruído estão acima da média dos compactos

    O problema é a rede de concessionárias. São poucas autorizadas e você esbarra na demora tanto de serviços quanto peças (principalmente fora da manutenção programada). Se vc bater o carro, chora, porque são pelo menos 3 meses esperando peças!
    Meu carro, FELIZMENTE, deu PT. Pq se fosse arrumar, seria uma novela. A css pediu 60 dias pra receber o carro. Ele ficaria parado esperando vaga

    Depois acabei pegando um New Fiesta Powershift. Mas é outra história! Achei um carro melhor que o HB20 tanto em itens de série quanto dirigibilidade. Claro, é mais caro e de outra categoria.

    Estou pensando em voltar pros compactos, vou esperar essa prometida restilização do hb20. Quem sabe? (só torcer p não bater, rsrrs)

  • Félix

    Quase comprei um nesta virada de ano…. mas não consegui nenhuma boa promoção. Uma pena pois gosto desse carrinho. Só acho a suspensão meio curta para a buraqueira da minha cidade.

  • Renato Machado

    Cleiton, ótima avaliação, tocou em todos os pontos que eu estava na dúvida. Obrigado.

  • Marcel Gasparini

    Cara, o consumo é realmente uma maravilha. Tenho um hb20 2014 comprado em janeiro de 2015 0 km premium 1.6 flex manual . Só utilizo gasolina comum, rotação sempre entre 2,5 a 3 mil rpm e o consumo é em media de 11,5 a 12 km/L dentro da cidade, e na estrada 14,5 a 15, mas com gasolina aditivada ja cheguei a fazer 15.9 km/L

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend