Kia Usado da semana

Carro da semana, opinião de dono: Kia Picanto 2006

kia-picanto-2006-opiniao-dono-1 Carro da semana, opinião de dono: Kia Picanto 2006

Era o meio de 2007 e eu queria trocar de carro. Meu Twingo Initiale 2002, apesar de estar com baixa quilometragem (50 mil), começava a apresentar uns defeitos que eu não aceito em carro tão “novo” – câmbio começou a suar de óleo, os discos estavam indo embora antes das pastilhas, o leitor do CD já não era mais o mesmo. Queria um carro como ele, pequeno, diferente e completo. O Picanto me parecia a solução.



Esperei umas boas semanas pelo azul (com interior da mesma cor). A linha 2007 já tava chegando, mas o azul ia demorar ainda mais. Então o jeito foi aceitar esperar o último lote do antigo e pegar um 06/06 no meio de 2007, com um bom desconto. Paguei R$ 32.000 pelo carro (na época o zero custava 34.900, e não havia desconto).

kia-picanto-2006-opiniao-dono-2 Carro da semana, opinião de dono: Kia Picanto 2006

Quase quatro anos depois, o carro registra 85.000 quilômetros e uma carinha de usado. A pintura não é mais reluzente, alguns barulhos surgiram, o câmbio não é mais o mesmo. Separei por itens pra facilitar. Meu “roteiro”: rodo entre 20 e 30 mil kms por ano, 75% em estradas em boas condições, entre São Paulo, Campinas e o Vale do Paraíba.

kia-picanto-2006-opiniao-dono-3 Carro da semana, opinião de dono: Kia Picanto 2006

DESIGN E CONCEPÇÃO: foi o motivo principal de ter comprado o carro. Chama atenção até hoje por onde passa, mesmo em São Paulo, onde já tem muitos (quase todos com a cara nova). A maioria acompanha o carro com os olhos, alguns viram a cara, mas já fui questionado em semáforos e já dei de cara com máquinas fotográficas apontadas pra mim. Arrisco a dizer que, até, hoje, ele ainda possui um certo status perto dos nacionais do mesmo tamanho. Entretanto, uma vez um carro cruzou o semáforo na minha frente e gritou: “ô carro feio”. Bonito era o Gol caixa tunado dele… Quem entra elogia o painel e os bancos azuis (acho que no fundo brasileiro só compra carro prata pra revenda mesmo), além do espaço, que é bom pra quem tá na frente, um pouco apertado pra quem vai atrás, mas nada de outro mundo.

kia-picanto-2006-opiniao-dono-4 Carro da semana, opinião de dono: Kia Picanto 2006

Os bancos dianteiros são altos, então dá pros passageiros de trás colocarem os pés sob eles. Porta-malas é enfeite e tá ali porque o carro tem que ter. Eu sou solteiro e sozinho, pras compras dá, pra viagem de fim de semana é tranquilo. Pra dizer a verdade já levei máquina de lavar roupa e uma mini cama elástica nele. Mas pra uso de uma família, mesmo pequena, esquece. Os equipamentos são generosos (nem tanto pra quem sai de um Initiale), mas você vai se sentir exatamente como eu se trocar um carro francês por um oriental: falta pirotecnia. As portas não vão travar quando você anda, a luz interna não faz idéia do que seja um temporizador, e o som, coitado, nem sabe o que é RDS ou controle no volante. Ah, e se quiser travar ou destravar as portas internamente, tem que ser no pino, como nos anos 90, pois ele não tem botão pra isso. Tudo que tinha no Twingo, de projeto de quase 20 anos. Os Picantos mais novos ao menos saem com alarme, som com USB e airbag em todas as versões, coisa que o meu 2006 desconhece.

kia-picanto-2006-opiniao-dono-5 Carro da semana, opinião de dono: Kia Picanto 2006

MOTOR: Não, nego: não ligo muito pra motor. Mesmo assim ele me surpreende. Cabe salientar que o meu é 1.1, não sei os 1.0 hoje a venda, mas ainda tô pra conhecer um 1.0 que ande como ele. Mesmo Celta e Gol achei chocho comparando, sensação agravada pelo câmbio de trator dos nacionais. O legal das 12 válvulas é que ele tem uma boa distribuição de potência e torque, sem privilegiar muito uma faixa ou outra. Dá pra andarem baixos e altos giros. Puxa legalzinho na cidade, e já viajei com mais quatro pessoas, mala cheia e com ar ligado, sem problemas. Um elogio grande pra esse carro é o fato dele não sentir muito o peso da carga ou do ar (este que praticamente não faz diferença pro desempenho). Quem já teve um Twingo 16v com ar sabe que aquilo só anda acima de 4 mil rpm se você quiser se manter refrigerado.

kia-picanto-2006-opiniao-dono-6 Carro da semana, opinião de dono: Kia Picanto 2006

CÂMBIO: Aqui a pessoa tem que gostar de câmbio longo. Usar segunda aonde um Celta iria de quarta. Nem pensar em engatar terceira antes dos 25 km/h ou sair de segunda, ele não aceita. Se você tem um Palio Fiasa, a relação final da sua quinta marcha está mais próxima da minha terceira que da minha quarta. O câmbio é mais longo que do Tracker da minha mãe. Isso significa que ele chega a 85 de segunda e 140 de terceira. Como não tenho preguiça de reduzir marcha, pra mim é só vantagem. Ando normal na cidade, e na estrada, só reduzo pra quarta se precisar (em 5ª são 3400 giros a 120; em quarta, 4100, menos que a maioria dos 1.0 em quinta). Mas não sinto falta de força em quinta, dá pra andar de boa, mesmo carregado e com ar ligado. Os engates são fáceis, compararia a precisão com os de um C3, mas com os engates um pouco mais borrachudos. E foram ficando cada vez mais borrachudos conforme o tempo passou. Mas nunca chegou perto de arranhar, escapar ou emperrar qualquer marcha pra entrar.

kia-picanto-2006-opiniao-dono-7 Carro da semana, opinião de dono: Kia Picanto 2006

CONSUMO: grande triunfo. Meu uso é quase exclusivo em estradas do tipo Carvalho Pinto e Bandeirantes, por isso não sei dizer um consumo somente em cidade. Mas já gastei muito de um tanque rodando mais em cidade e menos em estrada. Nunca fez menos que 15 km/l. Minha média é de 17 km/l, geralmente 80% estrada-20% cidade. Aqui cabe salientar que ele funciona como qualquer carro, principalmente os 1.0: pisou, vira um V8. Se a 100 km/h ele faz fácil 19 km/l, a 140 desce pra 13. Um carro pra andar na manha… Cabe ressaltar que ele tem o tanque pequeno, muito pequeno. Apesar da Kia divulgar 32 litros, mesmo andando até o cheiro da reserva nunca consegui colocar mais que 27 litros nele (cerca de 70 reais), até o desarme da bomba, o que me é suficiente pra ir de Lorena a São Paulo, rodar a semana lá e voltar sem precisar abastecer (o que dá perto de 480 quilômetros). Se lá em cima eu disse que o ar condicionado não rouba potência do motor, ele rouba uma gasolina, pois o consumo cai bastante, em média uns 2 km/l.

kia-picanto-2006-opiniao-dono-8 Carro da semana, opinião de dono: Kia Picanto 2006

RESISTÊNCIA: Não sei se sou um usuário comum. Além de tratar o carro como pão-de-ló, só uso ele em estradas e vias boas. Mas isso não significa que já não tenho usado ele em barro, areia, estrada de terra e buracos. Lorena é calçada quase que somente em paralelepípedos. Mesmo assim, a suspensão até hoje tá impecável. Buchas, amortecedores, bandejas, tudo original de fábrica e longe de estar precisando de troca. As pastilhas têm meia vida útil ainda (sim, são as originais), a embreagem está longe de precisar de troca. A bateria foi trocada aos 65 mil kms. De resto, o carro nunca me deixou na mão.

kia-picanto-2006-opiniao-dono-9 Carro da semana, opinião de dono: Kia Picanto 2006

PÓS-VENDA E ASSISTÊNCIA: A recomendação que tenho é: achou uma boa concessionária, agarra ela. No começo eu viajava 500 kms até Ribeirão Preto pra fazer as revisões. Valia cada centavo passar direto por SP e ser atendido em uma boa concessionária do interior. Acho que é como qualquer marca, tem concessionária ruim e boa. Tem lugar que te trata como um lixo (um consultor já me mandou esperar ele voltar do almoço, se não confiasse que me ligaria depois – e ele não ligou) e tem lugar que te tratam como rei. Como qualquer marca de qualquer nacionalidade, sempre vão querer te culpar primeiramente pelo defeito de fábrica, mostrar uma má-vontade pra consertar, mas acho que isso é generalizado.

kia-picanto-2006-opiniao-dono-10 Carro da semana, opinião de dono: Kia Picanto 2006

Aqui cabe dizer que, aos 2500 kms, minha caixa de direção começou a bater quando o volante estava esterçado mais de ¼ de volta e o piso era ruim, como paralelepípedos – defeiro de qualquer Picanto da época. Foi até os 15 mil kms assim. O mais engraçado é que nenhuma concessionária escutava o barulho, sempre diziam que a suspensão foi “apertada” e tava tudo ok, ele não fazia meu barulho imaginário. Depois que apareci no Autodefesa da 4rodas reclamando disso, em 2008, o Gerente Geral de sei lá o quê da Kia em Itú me ligou pessoalmente e pediu pra eu escolher qualquer concessionária do país que ele estava mandando trazer uma caixa de direção novinha da Coréia pra mim (olha a importância do cidadão aqui). E lá foi meu carrinho pra Ribeirão de novo… Ah, o barulho voltou três meses depois, e como não é do interesse da 4rodas fazer a matéria de novo, tá batendo até hoje…

kia-picanto-2006-opiniao-dono-11 Carro da semana, opinião de dono: Kia Picanto 2006

PEÇAS E REVISÕES: Nunca tive problema com disponibilidade de peças. Pelo contrário, quando não tinha, encomendavam e chegavam no prazo estipulado, geralmente 10 dias. Mas nunca precisei de lataria ou peças de acabamento. Somente peças de desgaste comum. Os preços sempre foram de carro importado, mas senti uma boa queda desde então. Já paguei 65 reais pelo filtro de óleo em 2007. Hoje sei de concessionária que cobra 14 pela peça, 120 pela correia do motor e 48 pelo kit de velas. Pesquisar conta muito também, como qualquer marca.

kia-picanto-2006-opiniao-dono-12 Carro da semana, opinião de dono: Kia Picanto 2006

Preço das revisões: 1000kms (não existe mais): 120 reais; 10000: 190 reais; 20000: 340 reais, 40000: 810 reais, 50000: 310 reais.

Como percebi que a garantia não tava sendo mais útil, evitei fazer a de 60000 com eles (é a que trocam todas as correias e tensores). Na época sairia por mais ou menos 1600 a 1800 reais. Hoje sigo a manutenção imposta pela importadora… fora de sua rede. Mas, como disse, os preços vão baixando aos poucos. Achei uma vez a nota-fiscal da primeira revisão de um Soul na mesa de uma concessionária de Campinas: 88 reais.

kia-picanto-2006-opiniao-dono-13 Carro da semana, opinião de dono: Kia Picanto 2006

DIRIGIBILIDADE: pra mim outro ponto forte. A posição de dirigir é gostosa, o carro te veste. Por ser pequeno, é fácil costurar o trânsito. O câmbio longo é algo positivo pra mim. E incrivelmente vai muito bem na estrada, pega poucos ventos laterais, tem boa estabilidade e vai em silêncio, sem motor berrando. O freio é mediano: não tem tendência a travar, não puxa pra lado nenhum e nem te dá sustos, mas sempre pensei que ele poderia ser um pouquinho melhor em situações de emergência. Ponto fraco mesmo, pelo menos pra mim, vai pra dureza da suspensão. Nesse ponto o Twingo chegava a ser um Landau.

kia-picanto-2006-opiniao-dono-14 Carro da semana, opinião de dono: Kia Picanto 2006

O Picanto lembra um Fit de primeira geração. Creio que ela não foi adaptada pro nosso país, o carro sofre em piso ruim. Em paralelepípedos então, a sensação de fragilidade é grande. Quando era novo tinha a sensação de que ele chegava a quicar em paralelepípedos, dependendo da velocidade. Nunca consegui passar de 25 km/h nesse piso, dá dó. A suspensão é naturalmente um pouco barulhenta, mas não muito diferente de um nacional com a mesma quilometragem. É bom salientar que ele possui poucos barulhos internos pra quilometragem: o painel sempre será quieto, quem gosta de umas batidas são os acabamentos das portas (principalmente os pinos), e a tampa traseira.

kia-picanto-2006-opiniao-dono-15 Carro da semana, opinião de dono: Kia Picanto 2006

PNEUS: o grande problema do carro. Nem é o preço (cerca de 210 cada, se souber pesquisar), mas podem pegar uma calculadora: a altura da banda lateral é a de um Vectra Elite. Não existe um dono de Picanto que não tenha pegado bolha ou reclamado da rigidez dos Hankook 165/60. Recentemente troquei os sapatos dele, optei por 175/65 (como quase todo mundo faz). A estética vai pro lixo, é verdade, fica parecendo um trator, mas a dirigibilidade melhora muito. Era o que faltava. Os barulhos internos somem, a suspensão aquieta, asfalto com ranhuras ou quebradiço deixa de ser uma dor de cabeça, tudo na sua frente fica mais macio e plano. Mesmo quando pega buraco, a suspensão trabalha igual deve ser, com um soco seco e abafado. E o carro incrivelmente fica mais estável, o consumo e desempenho não mudam. Recomendo a troca por quem é insatisfeito com isso.

kia-picanto-2006-opiniao-dono-16 Carro da semana, opinião de dono: Kia Picanto 2006

RESUMO: depois de quatro anos ao meu lado, chego a conclusão de que é um carro excelente. Na época me arrisquei com um coreano novato (creio que como fazem hoje com os chineses), mas não me arrependo de forma alguma. Nunca me deu problemas graves, nunca chegou perto de me deixar na mão. Um carro resistente e com montagem caprichada, bem diferente dos duvidosos chineses de hoje. É econômico, pode dormir na rua porque não é visado, as peças não estão mais tão inacessíveis. Tenho dó de vender, até poderia trocar por um zero (é o que faria se trocasse de carro), mas gosto dele.

kia-picanto-2006-opiniao-dono-17 Carro da semana, opinião de dono: Kia Picanto 2006

Se fosse vender, como já anunciei na internet em tempos de loucura, não demoraria a pegar entre 24 e 25 mil reais de um particular. Considerando o tempo que estou, a quilometragem e o preço de compra, não acho que desvalorizou significativamente, mesmo porque um Gol ou Celta 1.0 completo 2006 não valem nem perto disso. Recomendaria o carrinho e parabenizo quem está comprando os com frente nova. E que venha a nova geração!

HISTÓRICO E LISTA DE DEFEITOS:
2500: barulho na caixa de direção (trocada aos 15 mil kms na garantia)
15000: começaram uns poucos barulhos internos, maioria na tampa traseira
19000: volta o barulho na caixa de direção
28000: uma bolha me obriga a trocar os dois pneus dianteiros, que ainda tinham mais de meia vida (180 reais cada)
50000: troca em garantia das borrachas internas do vidro do motorista (fazia um barulho de batida muito alto quando chegava no topo)
59000: outro buraco estoura o pneu dianteiro e cria uma mega bolha no traseiro. A suspensão segue firme e forte, mas os pneus…
65000: troca da bateria original de 45 ampères (170 reais)
72000: alguns leds do som original Kia-Clarion deixaram de funcionar, o aparelho já não segura mais a música do CD em buracos como antes
73000: barulho metálico na suspensão em paralelepedos, do lado esquedo. Solução: troca das duas molas da pastilha de freio (R$ 17 as duas, encontrei em outra concessionária por R$ 35 a unidade)
78000: o carro vibra inteiro acima de 110. Suspensão perfeita, rodas balanceadas, a vibração persiste. O defeito, descoberto duas semanas depois: uma bolha no lado interno do pneu que, de tão grande, chegou nos sulcos da banda de rodagem. Explodiria a qualquer momento.
82000: troca dos pneus pelos silenciosos e macios Michelin 175/65

Por Adriano Vieira

4.0

COMPARTILHAR:
  • DMBBR

    Gostei!, Tá aí um carro Honesto!

    • AndreyDKS

      Só estou esperando o Picanto 2012, melhor subcompacto ever!

  • MathewBMW

    Adriano, excelente matéria, foi muito detalhista tanto na escrita quanto nas fotos. Achei que foi muito bacana a "iniciativa" de colocar o histórico e lista de defeitos. Abraço.

    • lndnfsu2

      interessante mesmo, da ate para ter uma nocao de como o carro foi bem cuidado

      gostaria de ver mais carros usados igual a esse no NA, ultimamente so tem aparecido carros praticamente zero

  • 000000000000000

    Realmente, a matéria ficou muito boa, e parabéns pela conservação do carro.

  • Lucas Guimarães

    Legal o carro

  • GusZanetti

    Mto legal o relato, gostei do consumo!

    Mas não esqueça que essa transmissão está longa assim, em parte, por estar usando pneus mais altos. E dá uma diferença no velocímetro também (vai marcar menos), mas tô com preguiça de calcular o qto.

    Parabéns pelo carro!

  • Cezarskinner

    Pra mim o Picanto é o melhor da categoria dos subcompacto.

  • Rochahofman

    legalzão o carro

  • matéria excelente, parabéns pelo carro.

  • jttrainer

    carro pro ano dele e oq oferece ta bom d+, o unico modelo q conheço q tenha rds no radio eh os da MB, o resto, nem sei c tem.. dizem q alguns fiat tbm tem mas nunca pude provar..

    Parabens pelo carro, vc diz q o azul nao ta reluzente mas pelas fotos ele ainda ta em mto bom estado..

    • DCald

      2006 os 2din da GM já tinham RDS se não me engano, desde os primeiros do corsa de 2002 já tinham…
      A disqueteira com TF de 2006 é certeza que tem!

      Edit: Os CD changer dos Vectra antigos tbm tinham, só não sei a partir de que ano

  • thiago_rariz

    muito boa materia. É do Eber o carro ou de algum leitor? Belo carro. Comprava facil. Quais os itens de segurança que os Picantos tem hj em dia?

  • DouglasGT

    Legal o carro, boa materia.

  • ccoala

    Gostei da cor, e principalmente, dos bancos que também são azuis.

    • DCald

      Meu pai teve uma Caravan Comodoro SL/E 88 completa… Azul Safira por fora e interior em veludo azulado, carpete, painel e consoles azulados tbm… coisa linda!

    • CRW_09

      O inteiror é irado!

  • MeekeeB

    Realmente muito boa a avaliação por parte do dono, bem escrita e argumentada, ainda bem que passou a época que postavam pessoas avaliando o carro do papai aqui no NA.

    Parabéns, e belo carro, gosto muito de detalhes diferentes no interior, como os bancos azuis, acho que dão uma exclusividade a mais… sem ser xunning, como alguns puristas do preto e prata afirmam.

  • Del

    O carro está impecável cara, parabéns.

  • Pedromachado

    parabens,pelo carrinho…que sirva de exemplo para os compradores de carros pelados e sem graça….

    • JJS

      Já ia dizer isso, doidera mesmo o cara comprar um carro popular pelado por R$ 24.00,00

  • rafasantos

    Muito boa a matéria!! Boa mesmo!! Mas o dono do carro não tem sorte com pneu não… rss

  • augusto_salgado

    tambem gostei de honestidade do DONO e do carro.

  • janduir

    Melhor avaliação que já vi aqui no NA. Parabéns…

  • ambrosio1974

    Excelente relato. Veja bem, se o Picanto comprado em 2006 apresenta essa qualidade toda narrada, acredito que os atuais estejam bem melhores. Além de vir mais completo do que os nacionais, por preço razoável. A questão de peças com o passar do tempo deixa de ser um inconveniente, pelo menos a de desgaste comum, não sabemos dizer quanto tempo ficaria parado na oficina para consertar a lataria e outras peças após uma batida. O design também melhorou, especialmente o que está por vir no meio do ano. É uma opção muito interessante de compra.

  • maiamachadoch

    as pastilhas são originais com 82.000 km rodados?? do que é feita essa pastilha??

  • lucaslfbsb

    O picante é um bom carro para uso diário; há, contudo, de se considerar a péssima revenda do veículo (pelo menos aqui em Brasília, DF). Dizem que, ao comprar um Picanto, você deixará o veículo de herança…

    • ThorBH

      bom… tudo que naum for Gol e Palio e Uno vai gerar esse tipo de comentário…

  • Romulo_Max

    Excelente materia.
    O Picanto é um carro super interessante, espero q o novo chegue ainda esse ano.

    • fpguima

      É um ótimo carro, mas pra vendê-lo, acho que só em uma concessionária Kia mesmo.

  • olhandoalua

    Me convenceu a comprar um…

  • mzmaximo

    pq a kia insiste em usar esse nome horroroso, denigre um carro solido a preco competitivo. pq nao usam o nome coreano, Morning, eh bem mais interessante.

    • DCald

      Com certeza! Se eu comprasse um, iria no ebay ou coisa do tipo e compraria os logotipos "Morning"!

  • mark_v10

    parabens pelo carro e pela materia, kia neles!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • aprs

    Vejo muitos que tinham Twingo passando pra Picanto. Os problemas na caixa de direção lembram um pouco o que acontece com o Tiida. Já a suspensão é assim nessa versão, na de frente nova e provavelmente na completa reestilização que virá.

    • fpguima

      A geração antiga do Focus também dava problemas com a caixa de direção, era só virar o volante pra direita e "PLOC".
      Malditas ruas e estradas lunares…
      A sorte é que a minha teve que trocar com 50mil km, já outros tiveram que fazê-lo aos 10mil km.

  • ACR

    Adoro essas matériaAdoro essas matérias, parabéns…
    Grande parte das reclamações não são do carro em si, mas da rede de concessionários que detona a paciência do consumidor e queima a imagem do fabricante,s, parabéns…

  • MeekeeB

    Realmente muito boa a avaliação por parte do dono, bem escrita e argumentada, ainda bem que passou a época que postavam pessoas avaliando o carro do papai aqui no NA.

  • andrefrade

    17kmL
    eita consumo bom…..

    • Victor Motter

      por que o motor nao é flex . é bem acertado só pra gasolina !
      se fosse flex .. pode colocar no max 10 e na estrada .. cidade entre 7e 8 km/l

  • Rolo_Bitazi

    Ótima matéria.
    Mas o dono se empolgou um pouco, 140 Km/h em terceira marcha, imagino nessa proporção que em quinta o "azulzinho" passa de 200 km/h…. Lol.

    • dricoura2

      Sim, ele passaria… se tivesse motor pra isso. Não é questão de empolgação, sim de câmbio longo. Se tivesse motor pegaria os 230 que a quinta deixa chegar. Mas dificilmente passaria de 160… Como a terceira tem força, corta aonde vai, no caso, 140.

  • Prime_rafael

    Legal, isso mostra que é um carro bacana, tem seus defeitos assim como todos os carro podem ter, porém não deixa o usuário na mão e com aquela sensação de ter levado gato por lebre.

  • vonask

    O meu é "cara nova" quase velha automatico. Ele anda bem… faz 11 na cidade e na estrada (eu ando com 120/130) não arranca com celta, mas acompanha e olha que eu so tenho 4 marchas. Os defeitos citados estão perfeitos, parece com o meu. Eu ja tive 2 pneus cortados e tive que trocar pelo 175/65 tambem. Mas ao contrario, achei mais bonito com eles que com os antigos, ja que ele preencheu a caixa de roda e não fica roçando por dentro. Agora quer corrigir, a afirmaçao que a altura é a mesma do pneu do vectra. o vectra tem pneu 225/45 aro 17 do elite como o 45 é % da largura, então o vectra tem 101mm de borracha entre o chao e o aro o picanto tem pneh 165/60 aro 14 60% largura da 99mm, incrivelmente tem menos borracha que o aro 17, sem contar que… o vectra não usa hankook, o que faz necessario a troca do pneu que no caso do meu, foi com menos de 10mil km com 2 buchos.

  • AJPINHEIRO

    esse carro é de fato interessante, no entanto devemos salientar que no quesito motor ele REALMENTE não se destaca.

  • jonathan1985

    Nota 10 pra avaliação, parabéns!!
    Pelo relatado, o dono tem o perfil parecido com o meu, cuido demais do carro. Mas tambem, se for o caso, nao poupo ele do uso severo…
    Gosto muito do picanto, nao pretendo trocar de carro tão cedo, mas hoje, dentre os 1.0 0km's, não vejo melhor opção pra trocar meu clio privilége, se nao o picanto…

  • BrunoMulsane

    O carro esta bem conservado e cuidado, parabéns. Mas na minha opinião jamais compraria um carro desse. O carro é duro, não tem espaço interno nem no porta malas. Peças caras, mecânica difícil. Bom, se o motor fundir, quero ver o orçamento para faze-lo, em quem vai ter coragem a não ser a concessionária, onde é caríssimo de realizar esse tipo de serviço. Liquidez péssima e revenda difícil. Desculpa, mas teria de ter uma paixão incondicional pelo carrinho para deixar de comprar um fiesta com ar direção e trio eletrico, motor 1.6, espaço interno excelente e porta malas. Fama boa nos mecânicos e boa revenda. Tem uma promoção na minha cidade por R$33.000 nesta versão. Enfim, pincanto nunca compraria, prefiro um ka novo completo 1.6 que é uma delicia de dirigir vem com abs e air bag e possui desempenho de carro grande.

    • jonathan1985

      Falaste sério sobre o KA?? Aquele com porta de aço e acabamento deplorável?
      Concordo que o Fiesta tem um ótimo custo benefício. Mas nao da para comparar os ítens que um tem contra o outro.
      Sem contar que em uma comparação mais justa, esta deveria ser feita com o Fiesta 1.0. Neste, esqueceram de colocar o motor.
      Qualquer outro 1.0 com os mesmos ítens (isso os que os possui como opcionais, é claro) vai custar bem mais que o Picanto e muitos nao terão o mesmo acabamento e qualidade.
      Concordo com a parte de manutenção e tudo mais, mas normalmente, quem tem esses carros cuidam bem. Com a Kia bem estabelecida noBrasil e o Picanto crescendo em vendas, acredito que o valor de manutenção nao seja um horror, como o próprio dono disse que já notou com o passar do tempo uma redução nos valores. Claro, nao vai ser mais barato que um Ka ou um Celta, mas se paga mais por se ter BEM mais.

    • JJS

      Fiesta com fama nos mecãnicos e bom de revenda?? enq cidade é isso ?? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • ThorBH

        +1

        essa eu naum entendi tb naum

  • feu

    O ideal seria queo novo PICANTO tivesse a OPÇÃO flex.
    Ou seja, neguinho pudesse optar entre a versão a gasolina ou flex. eu optaria pela versão 100% gasosa!

  • HelioReis93

    Pena que vá desvolarizar bastante. Depois dele, veio a versão 2008, repaginada em 2011 e a 2012 está batendo na porta, totalmente diferente.

  • AlexandreCE

    Excelente relato. Muito bem escrito e com detalhes importantes. Até eu fiquei com vontade de ter um… hehehe…

    Honestamente, quando sair do New Fit vou dar uma testada no Picanto. Se me agradar, pode ser a minha escolha.

  • coelhho

    Carrinho bom d+

    Andei nele numas semanas, realmente bem confortável e rendimento chega nem perto de Celta, que vc esticou no semáforo já tá de 4a.

  • GMV

    Belo carrinho.

  • Felipe_Henrique

    Parabéns pelo carro e pela avaliação, Adriano.
    Até hoje, o Picanto é uma excelente alternativa ao trânsito diário…
    Mas me tira uma dúvida: Pretende pegar um modelo 2012? Abraço!

  • Wellsanto

    Otima matéria !!!!

    Tai um carro que eu nao conhecia com tantos detalhes assim !!!!

    Tinha até um certo "preconceito" com o carro…

    Mas agora achei o carro bacaninha !!!!

  • Cil

    Empolguei! Espero que o meu fique "veinho" assim. Ehehehehehe… Adriano, se estiver por aqui, você pode me dá uma informação básica?

    “ô carro feio”. Bonito era o Gol caixa tunado dele… kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!

    Quando você está sentado no banco do motorista, você consegue ver o capô do carro???? Tipo do banco do motorista, a frente é alinhada? Você sente o carro mais mole de um lado que do outro? Estou com um problema "insolúvel" no meu. A dianteira do lado do motorista arriou, a ponto de o reflexo do meu carro no carro da frente mostrar claramente metade do farol de neblina do lado do motorista, enquanto o do passageiro não aparece (a imrpessão é a de estar dirigindo com o pneu de bicicleta). Não sou tão gorda (82 kg) para o carro arriar tanto. Pior que já levei na concessionária duas vezes, está lá pela segunda vez, e já me ligaram dizendo que "fizemos todos os testes e seu carro não tem nada"…. o que pode estar se encaixando no caso das concessionárias que você descreveu. Amanhã vou dar uma volta com o mecânico… no bom sentido é claro… ehehehehe… para "mostrar o problema".

  • DIW11

    Eu tive um bate papo ( Test Drive ) com o Picanto em meados de 2008. Alias, fui até uma cidade vizinha que tem autorizada exclusivamente pra ter esse momento com ele. Sempre gostei muito desse carro. Ele me cativa… Alias, até tenho bastante vontade de ter um, porém, com a frente atualizada. Eu gostei desse relato, que por sinal, bem feito, pq eu sempre tive curiosidade de saber como ele é com altas quilometragens… Me parece ser bom né?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email