Usado da semana

Carro da semana, opinião de dono: Toyota Etios 1.3 X 2013/2014

toyota-etios-x-2013-1-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Toyota Etios 1.3 X 2013/2014

Olá pessoal, meu nome é Bruno, tenho 26 anos e estou aqui para contar um pouco da minha experiência com meu carro, um Toyota Etios x 1.3 2013/2014.



De 2011 a 2013, eu tive um Chevrolet Corsa Wind 1.0 98/99. O Corsa eu havia comprado pensando em economizar combustível, pois anteriormente eu tinha uma VW Parati 1.8 1989 a Álcool. Logo de cara eu já desanimei com o Corsa devido ao seu desempenho, mas até ai tudo bem, pois eu já havia colocado na minha cabeça que seria um sacrífico visando a economia de dinheiro em combustível. Passados alguns meses, porém, eu me desanimei por completo, pois ele fazia uma média de 10,5 km/l na cidade, o que tendo em vista o seu desempenho sofrível, eu achava muito pouco. Sendo assim, em 2013 eu decidi que iria trocar de carro.

Inicialmente comecei olhando carros usados e semi-novos, mas depois de um tempo mudei a minha mentalidade e pensei que era hora de pegar um carro zero km. Aí começou a minha saga, pois depois do Corsa eu peguei um certo trauma de carros 1.0 e não queria um zero km com essa motorização. Outra coisa que pesava, é que eu queria pagar no máximo R$ 35.000 e a maioria dos carros 1.4 ou 1.6 na época estavam custando na casa dos R$ 40.000.

toyota-etios-x-2013-2-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Toyota Etios 1.3 X 2013/2014

Eu já conhecia o Etios na época, até gostava dele externamente (embora achasse a traseira estranha) mas não gostava do seu interior que era todo cinza no modelo 2013, o que me fazia nem pensar nele na ocasião. Um belo dia, estava na fila de entrada do teatro com a minha esposa quando vi um Etios estacionado e resolvi dar uma pesquisada no modelo.

Chegando em casa, fui direto para o computador olhar preço, itens de série e fotos do modelo e para minha felicidade eu vi que o interior no modelo 2014 havia mudado para preto, com detalhes em black piano no painel. Essa mudança deixou seu interior mais agradável aos meus olhos. O preço também se encaixava no orçamento, pois na época o modelo 1.3 X custava R$ 34.600.

Pesquisei opinião de donos e isso foi um ponto a mais para o Etios, pois todos os donos falavam muito bem do carro. Vi que o modelo, diferente de seus concorrentes na época, possuía velas de iridium (que necessitam troca apenas a cada 100.000 km) e utilizava corrente ao invés de correia dentada, além de ter o bloco do motor todo de alumínio. Essas coisas me fizeram ir até a concessionária Toyota aqui de Joinville-SC, para fazer o test drive no carro.

toyota-etios-x-2013-3-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Toyota Etios 1.3 X 2013/2014

Após fazer o test drive do carro, todas as minhas dúvidas se foram e decidi que esse seria o meu próximo carro. Conversei com a vendedora e ela me falou que somente conseguiria manter o preço de R$ 34.600 se eu não desse um carro na troca, caso contrário, iria para R$ 36.600.

Anunciei meu Corsa para venda no sábado daquela mesma semana, e por uma sorte tremenda, na segunda-feira já consegui vender ele. Fechei o negócio e comprei o meu Etios X 1.3 2013/2014, retirando ele em 31 de outubro de 2013. De lá até aqui foram 21 meses e 31.000 km rodados.

Lista de equipamentos

O carro conta com airbag duplo, A/C, vidro elétrico nas quatro portas, direção elétrica progressiva, abertura interna do porta malas e da tampa de combustível, freios ABS com EBD e porta-luvas climatizado.

toyota-etios-x-2013-5-700x525 Carro da semana, opinião de dono: Toyota Etios 1.3 X 2013/2014

Desempenho e estabilidade

Por ser um carro leve (940 kg) e ter 11,8 kgfm disponíveis a 3.000 rpm com gasolina, ele é um carro muito ágil na cidade e com seus 84 cv, não decepciona na estrada. Mesmo com o A/C ligado, você não sente perda de desempenho no carro. O câmbio tem engates muito precisos.

Como um bom carro japonês, as suspensões são um pouco mais rígidas, o que faz com que o modelo ganhe muito em estabilidade nas curvas, porém, a rigidez das suspensões do Etios é em um nível moderado, pois ele também consegue absorver bem as imperfeições da pista.

O carro possui um diâmetro de giro muito bom, o que auxiliado de sua direção elétrica leve, facilita as manobras. A calibragem da direção elétrica progressiva é muito boa, pois você sente o carro na mão quando está dirigindo na estrada.

toyota-etios-x-2013-6-700x394 Carro da semana, opinião de dono: Toyota Etios 1.3 X 2013/2014

Consumo

Esse é o ponto mais forte do carro na minha opinião. Embora o Inmetro diga que esse modelo que possuo tenha um consumo com gasolina de 12,5 km/l na cidade e 13 lm/l na estrada, minha média mínima utilizando gasolina com esse carro até hoje foi de 13 km/l na cidade. Essa média foi obtida em perímetro 100% urbano, com A/C ligado a todo momento e com o pé um pouco mais pesado do que o normal.

No geral, a média dele com A/C na cidade fica entre 13,5 e 14 km/l e em dias de inverno quando normalmente não utilizo o A/C, fica na casa dos 14,5 e 15 km/l.

Até o presente momento, ainda não fiz uma média de consumo 100% estrada com ele, mas em uma viagem que fiz até Florianópolis (180 km de Joinville) no verão, eu rodei mais uns 200 km dentro da cidade e consegui uma média de 16 km/l com gasolina. Já numa viagem que realizei no inverno do ano passado, onde rodei cerca de 1.000 km, consegui obter uma média de 18 km/l também com gasolina.

consumo-etios-x-2013-2-700x1196 Carro da semana, opinião de dono: Toyota Etios 1.3 X 2013/2014

O etanol eu usei pouco, abasteci apenas três vezes e obtive uma média de 11 km/l em perímetro urbano e utilizando pouco o A/C.

O recorde de consumo do meu carro veio a três semanas atrás quando eu estava de férias. Eu abasteci o carro com gasolina em Tubarão, subi a serra do Rio do Rastro e fui até Urubici-SC. Por lá rodei um pouco por dentro da cidade e depois voltei para Joinville-SC pela rodovia BR-282.

consumo-etios-x-2013-3-700x1199 Carro da semana, opinião de dono: Toyota Etios 1.3 X 2013/2014

Em outro dia ainda fui até a praia de Barra do Sul que fica a cerca de 50 km de Joinville, e quando voltei para Joinville, abasteci o carro. Quando parei no posto, eu havia rodado 724 km e o carro gastou 37,1 litros para percorrer este percurso. Uma média fantástica de 19,5 km/l .

consumo-etios-x-2013-1-700x1192 Carro da semana, opinião de dono: Toyota Etios 1.3 X 2013/2014

Interior

O interior do Etios utiliza bastante plástico seco, o que acaba gerando alguns ruidinhos chatos no painel.

O painel peca por não ter computador de bordo e por não ser dos mais bonitos, porém, a posição central que normalmente é criticada, é questão de costume. Hoje quando pego outro carro para dirigir, eu me pego a todo momento olhando para o centro do painel quando quero ver a velocidade.

toyota-etios-x-2013-7-700x394 Carro da semana, opinião de dono: Toyota Etios 1.3 X 2013/2014

O espaço interno do carro é muito bom. Eu tenho 1,78 metro de altura, e na minha posição de dirigir, um amigo de 1,93 metro andou atrás sem bater os joelhos no banco da frente. O carro comporta bem três pessoas atrás, pois ele é um pouco mais largo e tem o túnel central semiplano.

O carro possui ajuste de altura do volante, mas poderia ter um ajuste de profundidade também, o que facilitaria o motorista a encontrar a posição de dirigir mais adequada. O cinto de segurança não tem ajuste de altura, para mim isso não incomoda, mas talvez para uma pessoa de menor estatura venha a incomodar.

Manutenção

Até o momento foram três revisões, todas elas com preço fechado. No momento da revisão, a concessionária disponibiliza três opções de revisão: a básica, a intermediária e a completa e já passa ao cliente qual o valor de cada uma delas.

Nas duas primeiras revisões eu fiz a básica e nessa de 30.000 km eu resolvei fazer a completa para que fosse realizado a limpeza do corpo de borboleta, entre outras coisas. As revisões são todas feitas com agendamento e a concessionária normalmente pega meu carro pela manhã e no início da tarde já o devolve. Caso surja algum imprevisto no meio da revisão, como um atraso no prazo de entrega ou alguma peça extra que necessite ser trocada (que no meu caso foi só um filtro de A/C até o momento) a concessionária sempre liga informando.

Não tenho o que reclamar das revisões da concessionária Toyota aqui da cidade, são muito atenciosos e sempre cumprem os prazos estipulados.

Fora as revisões, só levei o carro a concessionária até hoje para ver alguns barulhinhos no painel. Os barulhinhos foram sanados inicialmente, mas como citei mais acima, por ter muito plástico seco no painel, voltaram a ocorrer mais tarde.

Conclusão

O Etios pode não ser um primor de design, mas ele recompensa aqueles que se permitem conhecê-lo com uma mecânica e um consumo de combustível excelente, estabilidade e conforto.

Após quase dois anos com o carro, não me arrependo um só dia por ter escolhido ele. Infelizmente os preços dos carros subiram bastante e hoje o modelo igual ao meu está saindo por R$ 40.890, mas, pelas opções de mercado disponíveis nessa mesma faixa de preço, se tivesse que comprar um carro zero hoje, certamente iria de Etios novamente.

Por Bruno Guilherme

4.0

COMPARTILHAR:
  • Louis

    Excelente consumo! E pelo visto, o carro é ótimo, quem dirige é só elogios!
    Mas se eu fosse comprar um compacto hoje, eu iria de TSI hehehe

    • Thales Sobral

      Também iria no Up, porém se o cara precisa de espaço o Etios realmente é uma boa pedida. Já andei de passageiro em um e fiquei positivamente surpreso com o espaço dele.

      • O up! para quem vai na frente é relativamente bom de espaço, agora quem vai atrás sofre, principalmente quem é alto!

    • _William

      Hoje em dia não tem nem o que pensar, é TSI. Sinceramente EU nem olharia para o Etios.

    • tuan

      são só 3k a mais e vc tem o TSI. Po!

  • João Cagnoni

    Carro japonês? Quantos Etios existem no Japão?

    • Apopololo

      Nenhum, os carros pequenos da Toyota la são o Vitz e o IQ, pelo que eu saiba o Etios só vende no Brasil e India.

      • pedro rt

        vende na argentina, paraguai e uruguai tmb

        • Apopololo

          Não sabia, obrigado pela informação.

          • Esse negocio de onde vende, tanto faz. O Civic tambem nao é vendido no Japao, nem o Corolla, nem o RAV4, etc.

            • Leandro

              O Civic e Corolla podem não serem vendidos no japão, mas é vendido nos EUA e na Europa, que são mercados exigentes… Carro feito para países “emergentes” tem alguma coisa de diferente, concordam?

      • afonso200

        e la 90% sao vendidos com cambio CVT

    • Vitor Almeida

      Japonês com um leve toque indiano!

      • Félix

        “Leve” é pegar leve… hehe

      • João Cagnoni

        É a força do marketing.

      • Bruno Wendel Marcolino

        indiano com leve toque japonês, só corrigindo hehe

    • pedro rt

      o carro nao e japones mas os freios, suspensao, cambio, motor e plataforma sao os mesmos do YARIS 2006

      • João Cagnoni

        Desses aí, com exceção do motor e plataforma, são todos terceirizados.

      • Marcio Santos

        Logan, sandero e duster também tem cãmbio, motor, supsensão, freios, motor e plataforma renault mas são considerados romenos, se o etios é japonês o logan, duster e sandero são franceses.

    • Minerius Valioso

      Japonês é só o motor mesmo. Isso mesmo, o motor é importado do Japão. Só que não tem o variador de tempo de válvulas.

      • Filipo

        E o câmbio?

        • Minerius Valioso

          Boa pergunta. Aí já não sei te responder.

    • tuan

      Em países desenvolvidos carro de menos de 11 mil dólares sequer são vendidos

  • Rodrigo

    Pois é! Consumo excelente! Isso mostra que o consumo depende de como se leva o carro!

    • Consumo em cidade é um dado extremamente difícil de ser mensurado para poder se comparar entre dois usuários distintos. O trajeto diário importa muito e uma leve mudança de rota gera enormes disparidades em termos de gasto de combustível.
      Um exemplo? Eu moro em Goiânia, e minha média de consumo em um Lounge THP (gasolina) é de 7 a 7,2 km/l, valor obtido com a grande maioria da extensão de meus trajetos em trânsito urbano realmente pesado, com muitos semáforos, esquinas e muito anda e para. Mas basta que eu resolva em um fim de semana dar uma passeada em um shopping situado no lado norte da cidade, cujo caminho inclui tráfego por uma via marginal de fluxo bem razoável, para obter consumos já próximos de 10 km/l, o que altera significativamente a média daquele tanque.
      Por isso é necessário avaliar sempre com muito cuidado esse dado. Garanto a você que um consumidor mais desavisado que comprar um Etios levando em consideração exclusivamente o teste do colega que escreveu o texto, acabará por se decepcionar muito caso vá utilizar o modelo em regime de trânsito urbano pesado de uma grande cidade.
      Outro exemplo é quando você vai dizer a um morador de Brasília que seu carro faz 7 ou 8 km/l na cidade. Ele quase cai de costas. Mas ocorre que é muito normal quando eu trafego por BSB conseguir médias até maiores que em trânsito rodoviário. Lá há uma profusão de avenidas de trânsito bem livre e limite de velocidade entre 70 e 80 km/h, o que leva as médias de consumo às alturas.
      Certo mesmo é comparar valores de consumo entre testes da mídia especializada ou do INMETRO, onde todos os modelos testados são submetidos a trajetos padrão, tornando fácil a comparação direta entre modelos distintos.

      • Darwin Luis Hardt

        digamos que o etios entao faça uma média de 13km/l, cidade e estrada…

        o cara da matéria mora em Joinville, lá quase nem tem trânsito haha

      • Leonardo M

        Realmente é impensável aqui em Brasília sedã média fazendo 7km/l. No meu fusion eu faço 7,5 ~ 8 então médio aqui faz tranquilo 10

        • filipe santos

          Brasilia e utopia do transito como dizem uns hahaha

          Mas depende tbm dos horarios :(

          Se for andar em horario de pico pode esquecer, EPTG, EPIA, BR040… e ai vai

          • Leonardo M

            Pra quem mora em cidade satélite realmente o consumo deve ser igual dos grandes centros urbanos, agora para quem é do plano, é uma maravilha.

            • iCardeX

              Planaltina possui apenas 1 único semáforo (e inútil por sinal), porém uns 1.000 quebra-molas. O consumo por aqui até que é bom pelo fato da cidade ser plana.

      • Burnout

        Ubaldir, uma dúvida… Qual a velocidade média que o computador de bordo mostra quando você faz esta média de 7.2 km/l? Só para fins de registro, o meu 307 motor TU5JP4 faz cerca de 8.5 mas andando a 22km/h.

        • Coisa de 18 a 20 km/h. Meu irmão tem um 307 2.0, mas faz um trajeto bem peculiar para ir para o serviço, passando por uma via semi-expressa. E como tem o costume de ir muito cedo (por volta de 6 da manhã para para fazer ginástica antes do trampo), pega o trânsito muito livre. Aí o carro dele faz cerca de 10 km/l em média.
          Aí é que mora o perigo. Tem muita gente que utiliza o carro em situação parecida, e aí vem a público batendo no peito e dizendo: “meu carro faz 10 km/l na cidade”. Convenhamos que não é bem isso, né. É tudo muito específico quando o assunto é consumo. Uma pequena mudança, até de horário em que se trafega, faz toda a diferença.
          Abraço.

    • Gustavobrtt

      Tem que ver que o consumo a nível do mar é mais baixo. Aliado à baixa velocidade que se desenvolve na BR-101 e rodovias da região de SC, isto retorna um consumo muito bom. Rodando num clio, notei pouco mais de 1km/l de melhora nestas condições, em relação à região de Curitiba, por exemplo, que tem maior altitude e onde vc consegue rodar a 120km/h. De qualquer forma, o consumo está muito bom, principalmente levando em conta o motor 1.3.

  • Omega

    Caro Bruno Guilherme, eu tenho um 13/13 1.3 XS. Estes seus relatos são exatamente o que eu também sinto no meu Etios. Consumo não cheguei a fazer 19km/l, mas já atingi 16,3k/l.
    é um excelente carro, eu estou adorando ele.

    • ALVIN_1982

      Tenho um carriola lá em casa que não usa uma gota de combustível e leva carga e tudo! Detalhe: só é poluente por causa das bufas de quem o traciona kkkkkkkkk

    • Gnull

      Eu comprei um KA 1.0 mês passado e fiz 18,20 Km/l, em trajeto 90% estrada, usando pouco o a/c. Porém, o carro ainda está com 100 km, nem amaciado está ainda, por isso espero que o consumo melhore.

      • Lucas Kopereck

        Vai melhorar,estamos com um Ka+ 1.5,e fizemos duas viagens,na primeira ele estava com 5.000 km rodados,o consumo foi de 16,6 km/l,agora na segunda com 8.000 km rodados,o consumo melhorou ainda mais,foi de 18,83 km/l,em ambas 90% do tempo ar desligado,andando a 100 km/h e usando gasolina aditivada.

      • Rodrigo

        Eu rodava 100% do tempo com AC ligado no meu Ka 2015. Misto 50/50 cidade/estrada.
        A média com gasolina era de 17,6 km/L.
        No álcool fazia 13,2 km/L.
        Quanto mais rodava, melhor ficava o consumo!
        Nem precisa deixar o AC desligado!

      • Yan Oliveira

        Cara, eu fiz uma viagem de 2500km entre ida-volta e rodando dentro das cidades, 4 pessoas + bagagem + AC ligado 100%. Com picos de 180km/h, andando sem dó esticando tudo e sem pensar em consumo, o carro fez média geral de 12,75. Nunca me surpreendi tanto com o consumo de um carro na vida.
        O carro era um Ka SE 1.0 alugado.

  • Bruno Silva

    Pra mim, o Etios está entre os melhores compactos. Aqui em casa temos até vontade de ter um como segundo carro, mas agora vamos investir em outras prioridades. Mais pra frente quem sabe. A Toyota bem que pode dar uma melhorada no visual em geral e mudar esse painel, iria vender muito.

    • Leandro Balmant

      Se ela mudasse o painel (principalmente onde fica o rádio e as saídas de ar) e colocasse dois limpadores de para-brisa ao invés de um, já faria uma boa mudança.

  • pedro rt

    o etios continua sendo uma excelente compra mas nao e a melhor o melhor hj se chama UP! TSI

    • beto

      Isso se vc for solteiro e andar sozinho no carro.

    • Lucas Kopereck

      up! TSI até a chegada do ecoboost kkkkkkkkkkk.

  • Evaldo Avelar Marques

    Qual o nome do aplicativo de gerenciamento de abastecimento?

    • Bruno Guilherme Souza

      O aplicativo se chama Carrorama @evaldoavelarmarques:disqus

      • Yan Oliveira

        Gostei desse pelos prints, bem legal. Eu utilizo o Carango.

  • CorsarioViajante

    ACho que hoje o Etios perdeu quase todo os atrativos, depois de lançarem os novos Ka, Up, March, etc etc. Quando foi lançado ainda impressionava em dinâmica / mecânica, mas hoje está na média, e só.
    O grande diferencial dele para mim ainda é o plano de revisões, com ótimos preços, e a rede toyota.
    Mas isso não me faria engolir um painel com erro de paralaxe e no qual é impossível ver o nível de combustível com o carro em movimento, para dizer o mínimo.

    • Bruno Guilherme Souza

      Acho que o espaço interno também poderia entrar nessa sua lista de diferenciais amigo…

      Quanto a não conseguir ver o nível de combustível em movimento, não sinto este problema não. E a partir do modelo 2015 o mostrador de combustível está maior….

      https://uploads.disquscdn.com/images/5337ea1a0c45df5c4a9aae8c482bf9b40dd7b4dbc818562b9fef2c7ae1967e48.jpg

    • Bruno Wendel Marcolino

      na verdade, a versão 2015/2016 já foi corrigido a questão do marcador de combustível, foi colocado um maior me parece, mas não afirmo.

      Quanto ao painel, quando fiz test drive me acostumei em poucos minutos.

      Etios na verdade é uma compra bem racional hoje em dia, baixa manutenção e consumo, fora o seguro que me parece ser barato.

      • CorsarioViajante

        Depende, para mim seria irracional, pois compraria um carro que todo dia me daria um desgosto. Quer coisa mais “irracional” que gastar uma nota para todo dia ter desgosto? rs

        • Bruno Wendel Marcolino

          pois é, mas ai já é subjetivo, pra mim, desgosto é carro caro de manter, que gaste bastante combustível, que de problema toda hora ou que eu leve uma facada todo ano no seguro, pra ti talvez seja apenas design e não se importe tanto com tais itens que citei.

          Então compra racional é subjetivo, assim como achar um carro bonito ou feio. Essa seria tua lógica?

          • CorsarioViajante

            SIm, o chamado “racional” tem que atender às suas necessidades, ou melhor ainda, à um equilíbrio delas. Como eu costumo dizer, não compro um carro só pela beleza, mas certamente deixaria de comprar pela feiura, por exemplo. No fim o que vale mais para mim é o conjunto da obra, e nisso entra tanto a parte utilitária como a parte de ser agradável de ver, conviver e usar.
            POr isso acho mais coerente dizer “compra criteriosa”, pois com critério você equilibra os aspectos emocionais e racionais de forma que te satisfaça.

    • _William

      Concordo plenamente!

    • Derek

      Aquele painel, simplesmente, não dá…

      • CorsarioViajante

        Para muitos, naõ tem problema. Mas para outros, realmente complica. Para mim inviabilizaria.

  • Rafael

    Pelo que da pra ver ele é EXTREMAMENTE racional na compra do carro (usa até app pra tabelar os consumos) então o etios deve atender bem mesmo…

    • Freaky Boss

      concordo. Esse é um carro para compradores muito racionais.

      • CorsarioViajante

        Eu sempre questiono o termo “racional”. ACho que a dualidade correta não é entre “compra racional” x “compra emocional” mas sim entre “compra impulsiva” x “compra criteriosa”.

        • Freaky Boss

          pode ser.

        • Concordo. Compra racional abrange um leque enorme de opções e uma escolha criteriosa entre todas as estudadas, sempre se tendo em tela qual é a verdadeira necessidade de quem compra o veículo (desempenho, espaço interno, volume para bagagem, utilização em meio urbano ou rodoviário, etc).
          Visivelmente é muitíssimo raro no meio automotivo um cliente que faça uma compra realmente racional.

    • Marcelo Dias

      Ele usa app pra tabelar o consumo pq o Etios não tem computador de bordo.. Hauhaua

  • ALVIN_1982

    Achei um pouco exagerado essa economia toda, mas tá valendo, não por causa que eu desconfie do relato, mas por causa da nossa alcoolina…

  • Bily Tocera

    Comprei recentemente um Etios Xls 1.5 hb. Foi a melhor decisão de compra que pude fazer. O carro é impressionante em desempenho, ergonomia e muito mais ainda em economia. Ele tem pouco mais de 6 mil km rodado, mas já medi na cidade cerca de 14 km/l na gasolina e etanol cerca de 11,5 km/l. Quem se permite conhecer esse carro se surpreende muito.

    • Baralho

      , rsrsrsrs

  • Freaky Boss

    bom relato. Mas consumo é um negócio danado, sujeito a vários fatores.
    Um conhecido meu tem um carro desse aqui em BH-MG. Cidade ruim para consumo: Trânsito “garrado” (como dizem aqui) e muito morro! Faz de 10 a 11 km/L na cidade c/ gasolina. No fim da tarde ele pega o rush, mas de manhã não, pega trânsito mais tranquilo pelo horário.
    Consumo é bom (comparando com concorrência), mas aqui ele não faria 13km/L.
    Parabéns pela compra. Apesar do design, eu sempre vi esse carro com bons olhos. Deve ter muito hh de engenharia nele, certamente. Isso faz diferença.

    • iCardeX

      Eu concordo que o consumo está sujeito a vários fatores, porém é evidente que alguns modelos possuem aprimoramentos para privilegiá-lo. E tiro pela minha experiência entre o Golf G5 e Golf MK7, como o mesmo comportamento de direção, nos mesmos percursos, ambos os veículos possuem autonomias completamente diferentes. E detalhe: Gol G5 (944Kg) e Golf (1.218kg). Estava convicto de que perderia 15 a 20% adotando o Golf. Resultado: o Golf tem autonomia média de consumo 23% melhor. Estou poupando quase R$ 3.000,00 de combustível por ano com essa brincadeira.

  • edbil

    A Toyota hoje poderia estar batendo de frente com HB20 se tivesse mais cuidado com o mercado brasileiro. O carro sofreu e ainda sofre rejeição de grande parte dos consumidores. Imagino que tenha sido um pouco de arrogância da marca achar que a marca por si só já era suficiente para emplacar o modelo.

    • CorsarioViajante

      Exato. Desde as primeiras clínicas houve grande rejeição ao carro, tanto que antes de lançar tiveram que baixar o preço várias vezes.

    • Bruno Wendel Marcolino

      deveras, o lançamento do Etios foi com interior espartano ao extremo e no mesmo mês do HB20, lembro que até comprei uma revista Car and Driver que tinha o comparativo dos 2 veículos e detonaram a Toyota por lançar um carro dessa forma, ainda disseram que se fosse lá em meados de 2008 ainda era aceitável, pois o padrão era bem mais baixo.

    • CharlesAle

      Se pelo menos o Étios tivesse um interior com material de melhor qualidade, compensava o fraco desenho do carro. Mas nem isso, ou seja, ruim por dentro e por fora. Apesar disso, para o cotidiano, é um excelente carro..

  • Walter

    Entre etios e Up iria de Up.

  • Francisco Joao

    O que mata é o acabamento, tive a oportunidade de andar no ETIOS CROSS é inacreditável como a toyota foi mesquinha, o carro com 8mil km cheio de barulhinhos chatos de acabamento no painel o dono diz não se incomodar, eu tenho um New Fiesta 1.5 se 2014/15 que todo mundo fala mal do acabamento e tá com 15mil km sem nada de ruídos (ruas péssimas aqui no MA) tem desalinhamentos nos acabamentos mas ruido 0, o etios tem tudo para ser campeão de vendas basta melhorar esse ponto critico.

    • CharlesAle

      Tem um cara aqui na vila que tem um NFiesta dos primeiros importados, sedã, e com uma esquisita cor verde-limão. O conversei com o dono enquanto lavava os carro, e ele me falou que já está com 87 mil rodados, e ainda roda com conforto e sem ruídos, além de nunca te-lo deixado na mão..

  • Fábio

    Entre Etios e Up! TSI eu levaria nenhum dos 2 e esperaria pacientemente pela nova geração do Etios ano que vem. Up! é fora de cogitação porque não tenho paciência com o pós venda MEDÍOCRE da rede VW. ;)

  • Bruno Brasil

    O relato só confirma o q imagino do carro, excelente mecanica, bom consumo, atendimento excepcional pela CS, etc. Mas me recuso a comprar um carro que eu tenha o desgosto de olhar todo dia para uma coisa que me desagrada, que é o painel. Sem chance alguma.

    • Francisco Joao

      Cara é ridículo aquela balança filoza no centro, mas isso eu passo, o que eu não engulo é a qualidade zero dos plásticos, muitos grilhinhos chatos para um carro novo com a marca toyota, é um otimo carro na mecânica mas com acabamento digno da fiat em 1970.

  • beto

    Esse carro tem que ser muito bom pra compensar, na minha opinião, o título de carro nacional mais feio.

  • beto

    Quando fui trocar o carro de minha esposa fomos até a concessionária para ela conhecer o Etios. Saímos de lá brigados, ela não acreditou como tive coragem de mostra-la nos dizeres dela “essa aberração”.

  • Gran RS 78

    Todos falam bem da dirigibilidade do Etios, mas sejamos francos: É dificil engolir esse design, tanto interno quanto externo.

    • CorsarioViajante

      ACho que a dirigibilidade dele era boa em relaçaõ aos rivais de quando foi lançado. Na época era um diferencial.
      Só que o tempo passa e já lançaram uma nova leva, com Ka, HB20, Up, mesmo o March, o patamar subiu muito.

    • Pessoal da Toyota “caprichou” nesse design. Até o teto do modelo, com aquelas corrugações que ninguém entende para que vieram ao mundo, foi projetado para gerar um certo desconforto visual. Realmente é um modelo de visual extremamente controverso.

      • Mauro Schramm

        Não concordo que seja controverso. A feiura do modelo é quase unânime. :-)

        • Ah, mas sabe como é: o quase não abrange todo mundo. Já vi textos com pessoas expressando amor absoluto pelo design da Spin… rs. Prefiro utilizar o termo “controverso” para não ser injusto com aqueles que curtem o design do carro.

      • Bruno Wendel Marcolino

        acho o hatchback não tão ruim assim em design, agora o sedã e principalmente o Cross, esse sim terrível, principalmente na cor amarela.

        • O sedã parece demais com o Logan de primeira geração, só que piorado (aquelas lanternas traseiras são “hour concour”). Agora, a versão cross… aquilo ali pra mim é irremediável: ganharia o concurso de carro mais desengonçado do nosso mercado em muitos anos.

      • Gran RS 78

        Não custava nada a Toyota ter feito um visual inspirado no Yaris, que iria agradar muito mais, pois ela iria juntar a fama da marca com um visual mais bonito e moderno. Pelo jeito só para a nova geração desse carro.

        • O Yaris tem o design realmente muito agradável. Tive a oportunidade de conhecê-lo ao vivo e a cores em uma viagem que fiz no começo do ano. Tanto a versão sedã quanto a hatch são de belo design.

        • Gabriel Araujo

          Tive a oportunidade de andar no Yaris em uma viagem que fiz ao Chile. Parecem ser o mesmo carro em vários aspectos (tamanho, motor, etc). Não entendo o porquê de a Toyota ter trazido o Etios em vez do Yaris. Não sei se foi burrice de tentar acreditar que o mercado brasileiro é o mesmo mercado indiano, se foi um teste para tentar constatar a hipótese anterior, ou se foi proposital entregar um carro feio, para que não vendesse tanto e dessa forma a toyota tivesse condições de produzi-lo e dar manutenção, sem prejudicar a fama conquistada de seu pós-venda, nem “atrapalhar” o pós-venda (fila de revisões) de clientes de outros modelos que já conseguiram seu lugar ao sol: corolla e hilux.

          • Gran RS 78

            Gabriel, acho que a sua primeira opção seria a mais correta, pois a Toyota acho que o Etios fosse vender bem no Brasil, somente por ser um Toyota, independentemente de seu visual horrivel. A VW achou o mesmo com o Up!, que chegou com preços salgados demais, mesmo para o nosso mercado, e suas vendas tbm estão bem abaixo do esperado pela VW.

      • CorsarioViajante

        Se não me engano o teto corrugado é para dar maior resistência ou coisa do gênero.

        • É para isso mesmo, dobraduras como aqueles vincos aumenta a rigidez de uma peça, que deve ter esse tipo de solução por ser fabricada com chapas de espessura mais fina. Mas é algo que só existe no Etios. Certamente há diversas formas distintas (e provavelmente mais dispendiosas para a montadora) de providenciar a rigidez necessária à peça. Aquilo ali ficou parecendo teto de caminhão ou algo do gênero. Muito feio, na minha opinião.

          • CorsarioViajante

            Se não me engano o March tem uma dobra em formato de bumerangue no teto também.

            • Bom, aquela lá ao menos é “engraçadinha”, e combina com o estilo “redondinho” do carro. Ela se assemelha com o efeito que uma pedra produz quando cai na água, e contorna o local da antena. Se tiver função estrutural, ela é pequena no March, pois a área de aplicação das ranhuras é bem reduzida.

    • andre oliveira

      O desing externo no hatch até passa mas,o interior não dá.

      • Gran RS 78

        Olha, na minha opinião, eu acho feio de qualquer angulo esse carro, mas gosto é gosto.

  • Marcos Souza

    Até cogitaria ter um, se tivesse uma versão automática. Mesmo problema do up. A automatizada do up não me atrai.

  • Em 2013, quado estava decidindo qual carro eu compraria, fui conhecer o Etios e se não fosse o painel, certamente ele estaria na minha garagem hoje. O design externo nunca me incomodou, mas a dificuldade de leitura do velocímetro é enorme e como as prefeituras da região estão com a indústria da multa a todo vapor, resolvi ficar com um Gol mesmo.

  • Guilherme Gimenes

    parei de ler quando vi a foto do interior, com o velocímetro no meio do painel e alavanca para ajustar o retrovisor. na minha opiniao, enqto essas tranqueiras forem compradas, nunca teremos carros de verdade.

    • Bruno Guilherme Souza

      Guilherme a “alavanca” para ajustar o retrovisor não existe mais. Atualmente todos os modelos, desde a versão de entrada X já vem com retrovisor elétrico.

  • Peraldiano

    Taí, gostei. Uma compra feito com critério, foco e objetividade. É um carro simples, eu diria até simplório, mas cumpre bem o papel de ser barato e econômico com qualidade.
    Estive perto de comprar um no ano passado, mas como não tinha automático (igual ao Versa) passei batido.
    Tem um público alvo, que são aquelas pessoas com uma renda limitada e que necessitam apenas para uso urbano e algumas viagens curtas.
    É feinho? É, mas e daí? Com uma semana já está acostumado e curtindo sem culpa.
    E com a economia que faz, não tem beleza que se sustente.
    Dinheiro sempre em primeiro lugar!

  • João Carlos

    Este é o HB20 é o melhor CustoXDordeCabeça do mercado sobretudo pra quem vai rodar muito em pouco tempo.

    Quem gosta de problema é livro de matemática.

    • FilipeD

      ???

      • João Carlos

        Ah vá, tá fácil de entender.

        • FilipeD

          Juro que não entendi, amigo. HB20 o que?

    • iCardeX

      ????????????????????????????

      • João Carlos

        ?

  • Rodrigo

    Colega meu tem um Etios igual ao seu, só que 1.5 (e cinza). Pra ele é só alegria…
    E olha que ele vem de um Honda Fit 1.4 CVT só gasolina (tão econômico quanto).
    O Etios é um dos poucos casos de carros flex que conseguem ser econômicos.

  • Murilo Soares de O. Filho

    O Carro parece perfeito nesta avaliação, mas…gosto é gosto e o mercado não parece gostar.

  • Alessandro

    O Etios passa longe de ser a melhor opção, nesta mesma faixa de preços temos o Fiat Palio 1.4, Ford Ka 1.5, Up TSI, HB20 1.0.
    O visual do carro é muito feio, para mim é o que mais conta. De que adianta a comida ser gostosa porém feia? Agente não engole, ou engole de cara feia.
    Sobre o consumo do carro não vou comentar por que qualquer carro pode ser econômico e o que mais se leva em consideração é a forma que ele é dirigido. Tenho um New Fiesta 1.6 16V Titanium e já registrei médias maiores que a apontada entretanto não jogo os números na cara pq sei q quando eu quero q o carro bebe, ele vai beber (e andar proporcional).
    Enfim, de qualquer forma, carro bom é aquele carro que nos atende, se o Etios te atendeu, parabéns. No meu caso, e acredito que no caso de 90% dos entusiastas automotivos, ele nem entraria no roll das opções.

    • Leandro

      concordo!

    • Gustavobrtt

      Concordo com tudo o que você disse exceto por “qualquer carro pode ser econômico” e Fiat Palio 1.4 na mesma frase.

      • dogmarley

        hahahaha fato

    • iCardeX

      Ao menos ele comprovou, mensurando corretamente através de um software. Estou cansado de ouvir histórias de médias de consumo irreais para outros veículos. Esse papo de “quando quero” é conversa para boi dormir.

  • Darwin Luis Hardt

    quando vi a primeira foto da matéria, pensei em Joinville, sem ter começado a ler o texto, nao sei porque…

    se um dia tiver o etios automático, acho que vai puxar muito mais venda pra toyota. O march e o versa já vao ter CVT até final desse ano

  • Baralho

    Sem falar que quando fecha a porta parece que está fechando a porta de uma Kombi. O barulho da lata batendo/estralando é incrivelmente semelhante.

    • CharlesAle

      Fiorino(antiga) é a mesma coisa. Sintoma claro de uma fabricação espartana!(pobre)…

  • Uelinton Santos

    Eu sempre evitei entrar nessas discussões sobre o Etios, pq sinceramente, a cultura do brasileiro é viver de aparência em tudo (compram ou tem as coisas para os outros verem)… Bom, todos os lugares que vi debates sobre o Etios sempre, alegam simplicidade, plástico, barulho, isso ou aquilo… como se gols, onix, hb20 e etc, viessem com todo esse luxo – caiam na real, ou vc tem dinheiro para comprar um carro acima dos R$ 60mil e ai sim, começa a melhorar ou vc vai ter que se contentar é com os disponíveis… até pouco tempo atrás, vc comprova um gol e o retrovisor direito era cobrado a parte, ou ainda quando vc estava negociando o vendedor olhava para tua cara e tentava te convencer que os tapetes e as calotas que não estavam sendo cobrados era o grande diferencial frente ao concorrente dele… grande merda, me recordo uma viagem que fiz ao Canada, e que aluguei um veículo (dito como aluguel básico – o mais barato) e quando fui retirar o veículo no estacionamento o cara me veio com um Elantra…. sinceramente, esta é a realidade do nosso país, não só nos veículos mas, em tudo, empurram uns produtos bostas associados a serviços piores ainda e acreditam que estão fazendo o melhor…. muito mais que beleza, que realmente não é o forte do Etios, ele oferece coisas que os outros carros estão começando oferecer agora e não esqueçamos – na minha opinião – um pós-venda como o da Toyota, é muito mais garantia de um bom investimento… não existe nada pior que vc ter um produto e, como qualquer outro passível de problema, e quando ele quebra e vc precisa de suporte, o fornecedor deste produto te ignora como se vc não fosse nada.

    Antes que vcs falem, é mais um proprietário defensor do Etios, hoje sou sim, e é natural que um cliente satisfeito fala bem, logo, essa é mais uma prova de que o Etios é um excelente veículo… me recordo de quando a Toyota chegou no brasil com o corola – feio pra cacete – todo mundo falava, sabe como ele ganhou mercado???? de boca em boca, com proprietários satisfeitos… e isso está se repetindo com o ETIOS.

    Assinado, um feliz proprietário do meu PRETO…

  • Bittencourt

    Quando eu falo só me jogam pedras…
    Mas, mais um cliente com quase 100% de satisfação com seu Toyota.
    Cada vez mais orgulhoso (e tranquilo) de ter essa marca na garagem.
    Ps: antes que comece o mimimi pelos valores dos Toyotas 0km, dizendo que eu sou otário, etc., meu Corolla foi comprado usado com 80.000 kms, 9 anos de uso, por R$ 24.800,00.
    Aconselho a TODOS fazerem o mesmo. Se não tiver grana para comprar um zero, pode levar um semi-novo com o mínimo de atenção do ex-dono que não vai se arrepender; se tiver, leve um novo.
    Parabéns pela compra, Bruno!

    • iCardeX

      Engraçado… Vendi um G5 1.6 Power, 178.000km, com todas as revisões religiosamente executadas na autorizada. Quando decidi por procurar o FIT EX 2008, nenhum dos 30 candidatos havia feito mais que 4 revisões obrigatórias. Não entendo esse endeuzdnto com a Honda e Toyota quando sequer seus fiéis proprietários conseguem arcar com o plano de revisão obrigatórias.

      • Bittencourt

        A questão nem sempre é falta de recursos.
        Alguns proprietários só fazem revisões em concessionários para preservar a garantia e têm mecânicos/oficinas de confiança (como eu, que recomendo DEMAIS a Toyotec aqui de Salvador) para fazer as preventivas após esse período.
        O meu mesmo só tinha revisão em autorizada até os 50.000 km, depois foi tudo feito por fora, inclusive a troca de óleo do câmbio.
        Portanto, todas as revisões em concessionária são desejadas, mas se vc sentir que o cara conhece alguém que saiba mexer e que cuidava bem do carro dele, é tranquilo também.
        Um abraço!

        • iCardeX

          Aham… acredito muito….

          • Bittencourt

            Bem, não acredite então.
            Fique com sua verdade e seja feliz.
            Bom final de semana.

            • iCardeX

              Brother, minha namorada comprou um Honda Fit de segunda mão. O veículo está, no momento, com 202.000km. Eu o levei para a revisão de 190k e 200k. Sei muito bem do que estou falando. Os valores de hora-técnica cobrados na autorizada são inconcebíveis. Meus 2 últimos veículos só fizeram serviços em concessionários autorizados. E olha que eu faço revisão obrigatória a cada 3 meses (rodo 10k nesse intervalo). Esse Honda Fit, faríamos com a autorizada somente se fôssemos retardados.

              • Ernesto

                iCardex, o cara tem um Toyota e você está falando de Honda. Só porque os dois são japoneses e têm boa fama que devem obrigatoriamente terem o mesmo atendimento, certo?

                • iCardeX

                  Não estou falando de atendimento. Estou levantando a questão da ausência de revisões efetivadas com a rede autorizada, e suas peças genuínas.

                  Mas Toyota é Honda não quebram, de certo as peças deveriam serem todas “lifetime”.

              • Bittencourt

                É o que estou falando, em vez de ser extorquido em autorizadas, procure um mecânico que saiba mexer com Hondas e faça os serviços com ele.
                Sai muito mais em conta, e os serviços às vezes fica até melhor!

                • iCardeX

                  E porque as revisões do Gol G5 (17 revisões) em média custavam R$ 400,00 e as revisões do Golf Mk7 alemão (6 revisões), em média R$ 350,00 cada? Na boa Bittencourt, a revisão mais cara do Golf, a de 60.000km, com peças e mão de obra, R$ 808,00.

                  • Bittencourt

                    Sim, o preço das do Golf estão ótimos!
                    Mas se as da Honda estão altos para seu bolso, ou vc faz por fora ou troca de marca, se só quiser fazer nas autorizadas; a escolha é sua.
                    Meu ponto é: existem pessoas que tem condições de fazer todas as revisões em concessionária, mas fazem por fora devido à enorme diferença de valores, com um serviço bem feito e com peças trocadas por originais, como eu.
                    Um abraço.

                    • iCardeX

                      Depois que levei meu Gol para um orçamento em uma dessas mecânicas de confiança (recomendação de amigo), e aos 50k, já queriam trocar a correia dentada (pelo manual, na revisão dos 90k), suspensão, etc. Saí com um orçamento de R$ 1.190,00, e desisti. Na autorizada, revisão obrigatória, com tudo diagnosticado: R$ 379,00.

                      O Fit faz a revisão em mecânica alternativa porque a Honda não gosta do meu dinheiro, porém eu entrego as peças, os óleos, e estabeleço o que será feito em cada revisão revisão. Pago somente por serviço. Pootz, eles são tão bem entendidos que até o óleo do motor eles querem colocar em contradição à especificação do manual. Não dá! Tenho pena daquelas BMWs, e AUDIS que vejo por lá…

                    • Bittencourt

                      É amigão, me compadeço da sua situação.
                      Um abraço e bom final de semana.

  • Ronaldo

    Em casa temos a versão 1.5s e a 1.3 um com meu pai outro com minha mãe, meu pai é do tipo que não freia na lombada, não desvia dos buracos e anda com o carro em qualquer terreno, resultado o carro até hoje não apresentou problemas/ruidos, já p hatch é um carro que alinha potência/consumo, o carro anda muito bem e ainda por cima é economico, eu fui um crítico desses carros agora sou um adepto, é questão de andar e formar a opnião antes de bater o olho e já ter uma opnião formada.

    • iCardeX

      “Não freia em lombada, não desvia de buracos, e anda em qualquer terreno.”

      Kkkkkkkkk

      • Gabriel M. Vieira

        Juro que imaginei o cara andando com o carro num campo de Golfe, não sei porque… kkkkkk

        • iCardeX

          kkkkk

        • iCardeX

          Eu imaginei o cara dirigindo aquele blindado que subiu o morro do Alemão em 2010. Mas ele disse que dirigia um Etios… fiquei mais sossegado….

  • Maycon Farias

    A Toyota tem número de ccs, tem fama, confiança, boa mecânica etc… ou seja tem tudo para ter esse carro la no top 3, só falta fazer ele ficar atraente o bastante. Fiquei babando com o consumo, realmente muito bom. Parabéns pela compra.

  • JCosta

    Design é algo muito pessoal e é evidente que essa jaca atendeu às aspirações do criador do artigo, mas certamente o conjunto mecânico poderia ganhar um interior decente, especialmente um painel que não atente contra a segurança do trânsito.

  • Vanderlei Santos_JAC_J6_2012

    @brunoguilhermesouza:disqus como foi o questão do Som? Foi instalado por fora?
    Quando fui ver um o atendente disse que não instalava um som que já tenho e que perde-se a garantia se instalar por fora.

    • Bruno Guilherme Souza

      Sim, instalei por fora. O vendedor me indicou uma loja para fazer… Tem que cuidar aonde leva pra instalar, pois se cortarem algum fio, ai realmente vai perder a garantia, caso contrário não tem problema nenhum…

  • Christian Balzano

    A Toyota pode ter uma qualidade mecânica impecável, mas não gosto desse carrinho. Teve grandes pretensões para desbancar o Gol mas não esperava seus concorrentes de peso: HB20, Ka, March, Onix, etc. Direcionamento errado e fora do gosto do consumidor brasileiro. O Corolla deve salvar as finanças desse projeto e a Toyota deveria pensar rapidamente num substituto ou exclui-lo do portfólio. A Honda não se arriscaria entrar num segmento tão complicado quanto esse, seu carro mais “barato” continuará sendo o Fit. Mas não me leve a mal Bruno, sua compra foi racional e se o carro lhe atende, é isso que importa. Meu comentário é mais a respeito mercadológico do que o carro em sí.

  • afonso200

    o que me fez ainda nao ir para um economico como oetios, ou UP que fazem tranquilos 18km/l (etios) e o UP 24km/l é a falta de cambio AT ou CVT e o cruise control, poois fazer marcha, ta lokoo

    • iCardeX

      A VW, por bem ou por mal, possui o melhor câmbio que eu já experimentei até agora. Não curti o da Honda, o desmilinguido da Gm não me agrada, e os da Fiat não possuem muita precisão.

  • afonso200

    mais uma duvida, que aplicativo é esse que voce coloca volume do tanque, km percorridos ??? e ele te da medias e graficos ??

    • Bruno Guilherme Souza

      Carrorama. Sim, dá as médias e graficos de desempenho…

  • Ev Gim

    Olha, pode até ser que tenha boa mecânica, seja econômico (detalhe que Joinville é famosa por ser completamente plana, onde a bicicleta é muito usada como meio de transporte), etc…. Mas o carro é muito tosco, muito simples, está “escrito na testa”: “Sou barato!”. Um único limpador de para-brisas; a borracha acima da porta é só para os passageiros da frente, os de trás que se molhem ao abrir a porta para sair após chover; o tapete do habitáculo dá a impressão que vai rasgar sozinho, assim como o revestimento dos bancos; o painel de instrumentos então….é o campeão! Minha opinião: não vale o preço que a toyota pede. Eu não compraria, pela má impressão que ele transmite em termos de acabamento.

  • Boris

    Eu tive um Etios XS 1.5 2013/2014 comprado em dezembro de 2014 e vendido em dezembro de 2015, rodei aproximadamente 15 mil KM.

    Motivo de compra: Fiquei sem dinheiro durante construção e vendí um Lancer GT 11/12 com 10 mil KM (nao queria vendê-lo, but I needed the money)
    Comprei à vista por 38000 (tabela 39k)

    Prós:
    Motor fantástico, realmente bebe pouco e é bem forte com muito torque em baixa, dá pra sair de terceira no sinal q o carro nem pipoca. Peso leve. Andando em estrada até 120-130km/l deixa muito 2.0a pra trás.
    Mecanica robusta, cambio e embreagem bons, suspensão macia (um pouco mole) mas transmite segurança, carro freia muito bem.
    Espaço interno ( na frente ), o sedan tem porta malas absurdo e espaço traseiro muito bom. Carro excelente pra taxista.
    Carroceria sólida, bem acabada e simétrica. Portas batem firmes.

    Contras: Carro bem simplório. Velocimetro no meio nao é um problema tao grande (fácil de acostumar), a questao é que ele é impreciso, andando a 45 no GPS ele marca 60 por hora.
    Bancos sem firmeza nas laterais, cansa em viagens.
    Conjunto roda e pneu insuficiente para o carro na versao com aro 14 ( meu caso). Coloquei rodas 16 com diametro pouco maior e melhorou muito a firmeza e a direçao ficou mais direta.

    Curiosidade:
    Participei de trackday no autodromo de londrina, fiz 22 voltas com melhor tempo de 1:40s aproximadamente. Usando rodas 16 205/50, filtro de ar conico KN, e combustivel 30% Gas Premium 70% Etanol.

    Motivo de venda: Problema na perna esquerda, vendí pois precisava de carro automático.
    Tabela Fipe 31k vendí por 31500 (dei as rodas junto)……….. Vendido somente 3 horas depois de anunciado.

    Compraria novamente? Sim, se tivesse automático. Mas o preço subiu muito. hoje esta versao custa 45k e o mercado tem muitas outras novas opçoes.

    Editado:

    Ví muitos duvidando do consumo dos relatos aqui na discussao. Posso passar a minha experiencia ( considerando o pé do acelerador de chumbo quase o tempo todo)

    O meu fazia 9km/l na cidade com alcool e ar ligado, mas tratando o acelerador como a Ronda Rousey trata suas adversárias. Foi o pior consumo q consegui fazer. Gasolina boa na estrada até 110km/h faz 14 fácil….. pra mais se nao tiver serra pra subir, mas o carro fica nitidamente mais fraco na gasolina

  • 1945_DE

    Compra bem racional, carro bem utilizado. Cumpre o seu papel com o dono. Mas eu não consigo ser tão racional assim.

  • Minerius Valioso

    Gostei do relato.

    Já andei de carona no Etios Sedan, eu me surpreendi com algumas coisas:

    – Suspensão confortável;
    – Espaço interno;
    – Ruído do motor contido em baixas rotações;

    Mas falta a Toyota corrigir os habituais erros grotescos já citados pelos comentaristas. Aí ele será imbatível.

  • Alvaro Guatura

    Fez uma excelente escolha.
    Se fosse comprar um carro hoje desta categoria ficaria entre o Up turbo e o Etios (e provavelmente optaria pelo Up, mas gostaria de ter os dois na garagem)

  • Kenedy

    Não sei como vocês conseguem andar de AC desligado.
    Não sentem calor não ? Ta doido, considero isso uma economia totalmente desnecessária.

    • Bruno Guilherme Souza

      Amigo, eu ando de AC desligado no inverno…. Não sei em que cidade você mora, mas aqui em Joinville costuma fazer bastante frio no inverno.

    • Cristiano Espindola

      Problema de morar em um país de tamanho continental: temperaturas de todos os tipos. Aqui no RS são poucos os dias que necessitam de ar cond no inverno.
      Outro fato: o ar quente, item tão menosprezado, faz falta por aqui (naquelas manhãs de 5 graus).

      • Rodrigo

        Eu sou de São Paulo, moro em Salvador, mas geralmente que fazer trabalhos em Belo Horizonte, São Paulo e Curitiba.
        Fiquei três meses em Curitiba no inverno há um tempo atrás… rapaz… eu já estava desacostumado com o frio, apesar de gostar bastante!
        Sair do chuveiro nesse frio já é crítico! rsrs

      • Ernesto

        Apesar da pouca necessidade de utilizar o AC, caso você não faça, procure ligar pelo menos uma vez na semana. Isso serve para lubrificar o sistema e não deixar ressecar mangueiras do sistema.

  • dogmarley

    belo upgrade!
    te atendeu perfeitamente? ótimo!

  • JoãoAVR

    É, foi o tempo em que Uno Fire era referência em consumo, meu carro não faz essas médias de forma alguma.

  • Wendell Rodrigues

    Meu pai possui um e em férias recentes pude dirigir ele bastante.
    Realmente o carro é muito econômico,(15 km/l do CE para BSB) ágil na cidade e na estrada com seu cambio muito bem escalonado e a direção extremamente leve.
    Você dirige o Etios em uma certa posição elevada e isso é bom para muita gente porém eu não consegui achar uma posição em viagens longas que me deixasse confortável fora isso achei o carro excelente.

  • Lucas Irrthum

    Uma coisa é fato: se você decidir comprar um modelo da Toyota, seja ele qual for, dificilmente ficará insatisfeito. Não sou fã boy da marca, até porque aqui em casa tem um Civic. Mas as montadoras japonesas não fabricam porcarias, tal como as nacionais. O Etios tem várias qualidades, bom desempenho e consumo, a confiabilidade de um Toyota e etc. O que prejudica as vendas é justamente o design. Esse painel central, que mais parece uma balança filizola, dá uma cara de carro asiático, que o público brasileiro jamais aceitará. Quando vi as primeiras imagens do carro, no lançamento, achei que não venderia praticamente nada, e que rapidamente a montadora faria modificações profundas, ao perceber a “burrada” que fez. No final das contas, as vendas me surpreenderam. Não compraria um, mas entendo aqueles que, como você, compraram. Boa avaliação, abraço!

  • Thiago Lago

    Tenho o meu 14/15 1.3X coloquei positron e som, visor de combustível grande e ajusta altura do banco e volante. Passei por cima de uma barra de ferro que caiu do caminhão na estrada a roda amassou, pneu rasgou e ele nem desalinhou com step. Uso na obra, roça engate puxando cimento e tijolo, telha, subindo aclive sem dó algum e muita lama e cascalho na roça, eu tiro do lava jato ele vêm como se fosse zero, viagens longas, salvador, Curitiba etc. nada de defeito com 28000 rodados 19.6km com ipiranga aditivada e 13.8 com etanol tudo na estrada. Apaixonado no carrinho é pra macho mesmo se quiser beleza e luzinhas e porta esmalte corra dele e coitado dos mecânicos.

  • EDER ANGELO Soares

    Venho informar que fui de Macaé a Muriaé, 90% na estrada, um pouco de terra e cidade… colocamos 150 reais de gasolina , rodamos uns 850 km no geral e o carro fez praticamente mais de 20 km por litro… etios é um super carro, se a Toyota pensar numa sexta marcha para baixar a rotação, esse caro faria no mínimo uns 22 a 25 km/l , super carro, quebrei a lanterna dando ré, paguei 120 reais… preço normal. Nunca mais mexo com ford, gm, chevrolet…. e se essas quiserem chegar aos pés do Etios, devem pensar num modo de super economia nos carros, talvez uma sexta marcha ou um desligamento automático do motor… Etios até o motor é simplificado, tem a metade das conexões da concorrência.,,,

  • Carlos Feitoza

    Cara, você disse tudo que sempre quis dizer, e o que sinto do Etios. O Meu é Etios x 1.3 – 2014. Até hoje tenho feito 16km/l na gasolina e 10~11 no etanol.

  • Veranice Gonçalo

    Obrigada voce me auxiliou muito se eu tinha alguma duvida estou 100% decidida por ele encontrei um na minha cidade com 38mil km rodados muito bem conservado conheço os donos e vou fechar negocio.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email