Asiáticos Chery Hatches

Carro da semana, opinião do dono: Chery Face 2010/2010

chery-face-ricardo-opiniao-dono-1 Carro da semana, opinião do dono: Chery Face 2010/2010

Meu nome é Ricardo. Adquiri um Chery Face 2010/2010 a um ano atrás na concessionária Autoasa, em Santos – SP. A aposta no Face foi devido ao bom conjunto de equipamentos, que a meu ver, era (e ainda é) imbatível na faixa de preço: R$32.990. Esse é meu segundo relato sobre o Face aqui no NA.



Além de preço e equipamento, a Chery oferecia uma boa rede de concessionárias, assistência técnica e garantia de três anos, o que dá uma tranqüilidade a mais para quem compra um carro de uma marca recém chegada ao país.

No entanto, depois de muito pouco tempo o carro apresentou alguns problemas técnicos e de acabamento, que foram sendo sanados ao longo de vários (e intermináveis) meses. Hoje meu Chery Face está com 15.400 km. Ele já passou por duas revisões: 2.500 km (R$149) e 10.000 km (R$501!). Todas as revisões feitas na mesma concessionária onde foi adquirido.

chery-face-ricardo-opiniao-dono-2 Carro da semana, opinião do dono: Chery Face 2010/2010

Mesmo depois de atualização na suspensão, o Face continua um caro duro. Isso é fruto da falta de adaptação do carro ao nosso piso, gerando desconforto aos passageiros e o incomodo do barulho interno no acabamento. Para mim, o Face é um carro bom para asfalto bom.

Atualmente ele apresenta uma trepidação durante a frenagem, fruto do empenamento dois discos. A peça já foi pedida, mas a matriz em Salto não possui o item em estoque. Estou aguardando.

Outro item é um relê queimado no ar condicionado, fixado na parte interna do painel. Sem ele funcionando, o equipamento oferece apenas metade de sua capacidade. Também já detectado pela concessionária e esperando oportunidade para ser trocado.

Apesar dos pesares, o Face continua sendo um carro prático para meu dia a dia e ainda chama a atenção na rua, inclusive com pessoas perguntando sobre o nome do carro e da marca. Bonito, o Face atrai olhares de muitas pessoas por onde passa.

chery-face-ricardo-opiniao-dono-4 Carro da semana, opinião do dono: Chery Face 2010/2010

Como é um carro completo, até agora só introduzi o filme nos vidros e um vidro traseiro, fruto de um desastrado motorista de caminhão de gás, que deixou a porta da gaiola aberta e quebrou o vidro do meu carro. Resultado: R$256 no vidro.

Até que não achei caro, embora o custo dele e do reparo na porta tenha sido pago pela transportadora. Outro item que adicionei ao Face foram tapetes de borracha e palhetas do limpador do pára-brisa, mais aerodinâmicas e silenciosas.

Agora, depois de um ano continuo gostando do carro, apesar dos detalhes. Espero que o que precisa ser reparado seja feito logo, pois o desconforto é muito grande. Também espero não ter grandes surpresas daqui pra frente. Afinal, a escolha por um carro zero é também devido ao fato de apresentar menos defeitos do que um usado.

chery-face-ricardo-opiniao-dono-6 Carro da semana, opinião do dono: Chery Face 2010/2010

Chery Face 2010/2010

Motor: 1.3 16V 84 cv e 11,4 kgfm
Câmbio: 5 marchas
Suspensão: Dianteira McPherson e traseira eixo rígido
Freios: Disco dianteiro e tambor traseiro
Peso: 1.040 kg
Tanque: 45 litros
Porta-malas: 324 litros
Rodas/Pneus: Liga leve aro 14 Pirelli P6000 175/60 R14

Itens de Série:

– Ar condicionado
– Direção hidráulica com regulagem de altura
– Trio elétrico (vidros one touch e levantamento no controle)
– Rádio CD com MP3 e miniUSB (com cabo USB)
– Freios ABS com EDB
– Sensor de estacionamento
– Abertura interna do porta-malas e bocal do tanque
– Banco traseiro bipartido
– Cintos com regulagem de altura
– Porta-copos escamoteável
– Faróis e lanterna de neblina
– Regulagem elétrica dos faróis e luminosidade do painel
– Medidor de consumo instantâneo e alerta de manutenção no painel
– Acendedor de cigarros
– Porta-objeto sobre o painel e embaixo do banco do motorista
– Porta-revista no encosto dos bancos dianteiros
– Airbag duplo com desligamento da bolsa do passageiro
– Alerta de cinto de segurança desatado (motorista)
– Luzes dianteiras de leitura
– Limpador/lavador traseiro
– Desembaçador traseiro
– Alças internas no teto
– Antena e barras longitudinais no teto
– Cinzeiro tipo copo atrás
– Luz interna no porta-malas
– Quatro alto-falantes
– Alarme

Um abraço, Ricardo

  • Fla3D

    É só eu que reparei ou todo relato de carro chines mostra o dono feliz mesmo passando por vários problemas? :x

    Eu não ficaria feliz, mesmo que a concessionária arrume os problemas… mas no fim das contas o importante é o dono estar feliz! :D

    • mauricio3167

      Não querem dar o braço a torcer que compraram um belo de um abacaxí e estão arrependidos

      • AutoEntusiasta

        Abacaxi não, ele tá com uma uva nas mãos. Olha a cor do carro. KKK

      • AndreyDKS

        Balela! Eu acho melhor ter um chinês e resolver uns probleminhas, PAGANDO MENOS NA COMPRA e tendo MAIS ITENS DE SÉRIE, do que pagar muito por um nacional pelado que dá problema também.

      • marmota2

        Abacaxi no Brasil, em regra, é todo carro que custa menos de 60k.

        Tem umas exceções (Sentra,Cerato….)

        Mas são poucas, infelizmente.

    • crisburatto

      Nem a fantástica e insuperável Hyundai tem peças em estoque…

    • Uber

      Todo relato de carro chinês é igual ao de quem tem carro brasileiro, VOCÊ acha que o dono não dá o braço a torcer apesar de VOCÊ achar a escolha dele errada.
      Para mim, donos de carros nacionais pelados não dão o braço a torcer.

      • viny

        Exatamente! Não adianta pegar uma marca chinesa e generalizar desse jeito…e a JAC? Não é bem superior? E não é chinesa também?

        A verdade é que marcas "diferentes" deveriam ter chegado bem antes por aqui…pq assim um popular não custaria quase R$ 30 mil, pelado!

      • Marcelo_Machado

        Esse chines dá mais problema que carro usado mal cuidado. Não vejo os "nacionais" darem probelma assim. Esse Chery e o Lifan 320 que apareceu aqui há uns meses tão brigando pra ve qual deu mais problema.

    • O_Corsario

      Mas, por mais que dê problemas, acho que o cara fica feliz pois pagou bem barato, então é meio que "elas por elas".

      • Marcelo_Machado

        Por mais barato que seja, esse monte de problemas num 0Km é dose. Cadê o custo/beneficio?

        • dferraz88

          Tive um amigo que teve FOX e ficou na rua várias vezes, e isso ele tirou o carro Zero e e, alguns meses. Mesma coisa já ouvi de Corsa, Celta, Uno, Sandero e muitos outros modelos nacionais. Até agora não ouvir falar de nenhum chines que deixou o cara na rua, nesse caso mesmo está "trepidando o freio" e o relê do Ar-condiciado precisa ser trocado, tanto que o AR nem deixou de funcionar e a concessionário já identificou o problema e irá trocar as peças, quantas vezes amigos com problemas parecidos em seus carros ou muito pior e a concessionária se quer deu atenção para o cara, e donos de "excelentes" carros nacionais !!! Aff..

          • DCald

            sim, tem nacionais com problema… mas, qtos % dos nacionais vendidos dao problema? e os chineses? nao tem 1 relato que o cara compra um chines e passa 1 ano sem ter nenhuma ocorrencia… ja dos nacionais, eu mesmo sou prova viva de varios 0km que nunca deram problema por aqui…(e, qdo deu, foi rapidamente solucionado)

            por enquanto, ainda podemos dizer que a propabilidade de um chines dar problema eh maior que a de um nacional dar problema…

      • Fla3D

        Sei lá, não consigo achar algo que custou mais de 30mil barato… se fosse eu estava indignado, como ja fiquei com um pug problemático que eu tive uma vez.

        Agora eu vendo os 33 mil que ele pagou, não tenho com não pensar que foi praticamente o mesmo que eu paguei ano passado em um Fit usado, que nunca deu problema algum, fiz revisão recentemente e foi só trocar óleo, filtro e palheta, além de ter custado a metade do que o cara pagou na revisão do face. Então eu nunca, de forma alguma trocaria o meu fit usado por um face zero… mas aí vai de cada um, só não consigo achar barato.

        • O_Corsario

          Barato pra realidade do nosso mercado de zero quilômetros, né?
          E acho que comparar com preço de usado é complicado.

          • Fla3D

            Claro, mas pra mim o que conta é o quanto dói no bolso, então não faço distinção entre novo e usado, mas é como eu falei, vai de cada um. ;)

    • ITALIA150

      Fla3D, daqui uns cinco ou seis anos, veremos vários carros chineses sucateados, abandonados em ruas e terrenos baldios ! pode anotar !

      • Fla3D

        Pois é… tomara que não para o bem dos proprietários, mas isso que vc falou me lembrou dos Ladas… eheheh

        • Mora17

          mas os ladas ainda eram tração traseira e tem o ar quente mais quente que eu ja vi na minha vida! kkkk

          eu teria um Lada preparado para correr na Superclassic como o Flávio Gomes….

          • Fla3D

            E ainda tinham limpadores de farois! :D

            Esse do Flávio Gomes virou uma lenda já, mas é uma pena que a maioria ta caindo aos pedaços por aí…

    • Magno_p10

      Temos que ver opiniões de ex donos ninguem fala mau do proprio carro e admitir que fez mal negócio vamos ver mais pra frete a enchurrada de reclamações.

    • Cil

      O carro dele tem um ano e apresentou alguns problemas, só que ele não informa quando estes problemas surgiram. Meu carro com 1,7k km rodados também deu problema na suspensão, e a concessionária também corrigiu. Então porque eu não ficaria feliz? Eu tenho uma amiga que comprou um Astra e o carro deu pau com 10-15 dias de uso, morrendo na rua. O problema foi corrigido e ela ficou feliz com o carro dela. Já não se pode dizer o mesmo de Renault, Toyota e Fiat – nada contra ambas as empresas, mas apenas citando-as como exemplo – que apenas com intervenção judicial ou da internet (NA/Twitter) resolveram os problemas dos seus carros. Pra mim, qualquer fabricante pode ter problemas com o que vende, a diferença está na forma como são tratados estes problemas.

      E outra coisa que chama a atenção é o fato de que o Face dele foi da primeira leva vendida aqui, e todos nós sabemos que os primeiros carros de qualquer lançamento sempre são problemáticos. Qualquer proprietário de KA G2, com água entrada pela parte frontal, barulho da gasolina no tanque, problema nos tanquinhos plásticos, sabe do que eu estou falando, podendo-se dizer o mesmo dos donos dos primeiros Gols G5. Ou seja, carros de marcas conhecidas deram problemas logo após o lançamento.

      O que importa é se houve algum tipo de adaptação após um ano de vendas por aqui. Será que os carros vendidos hoje em dia sofrem do mesmo mal.

      E…. ehehehehhe… será que não tem um dono de J3 por aqui não???

    • Gladimir Silva

      Atenção ao seguinte comentário:
      – Mesmo depois de atualização na suspensão, o Face continua um caro duro. Isso é fruto da falta de adaptação do carro ao nosso piso…
      Imagino que na china as pavimentações sejam melhor que de primeiro mundo para se fazer um comentário desses, pois é do conhecimento de todos que a melhor autoestrada do mundo é a autoban que fica na Alemanha e depois delas as dos Estados Unidos, no entanto, os carros alemães e americanos se adaptam bem as nossas ruas, não precisam de ajustes, troca de peças de suspensão e outras conversas fiadas dos revendedores chineses para justificar a pouca qualidade do que vendem. Carro bom não precisa se adaptar as nossas más pavimentações, eles são bons em qualquer lugar.
      A china é uma potência, é um dos países emergentes, mas eles não são um paraíso totalmente asfaltados, Tem muita rua na China que ainda é pavimentada com calçamento de pedras irregulares. A China é um pais enorme, mas a gente só costuma ver fotos de Pequim ou de outras grandes cidades. Na china tem muita cidade pequena que nem calçamento tem nas ruas.
      Os proprietários dos Chery poderiam nos poupar desses infelizes comentários, pois carro bom não escolhe terreno. carros alemães, italianos, americanos, franceses e japoneses não tem problema com as nossas pavimentações. Deve ser porque nesses países as pavimentações são piores que na China e por isso eles fazem os carros com suspensões mais macias e robustas. Façam o favor, vamos pensar racionalmente antes de comentar tais disparates.
      Um abraço e boa sorte aos cobaias.

  • dricoura2

    Eu juro que tento gostar dos chineses. A boa vontade é bem grande. Mas quando vejo esses relatos bate um receiosinho….

  • Kenny_

    "Mesmo depois de atualização na suspensão, o Face continua um carro duro".????!!
    A vez que andei em um Face a suspensão me assustou por ser molenga demais e chacoalhava muito, inclusive em retas.

  • Mora17

    realmente preocupante num ter discos de freio, algo simples e de desgaste natural em qualquer carro, e fazendo as revisões e pela quilometragem, num deveria ter empenado os discos não acham?

    • aleneo2

      pior q empena, ja tive carros que com 20 mil empenaram o disco de freio.

    • MajorAutomotivo

      A Toyota Hilux empena.
      Inclusive as concessionárias recomendam usar os freios de forma suave. Pode isso?

    • Fla3D

      Vai ver o cara ficou brincando muito de testar o ABS… :p

      Agora esse é o tipo de peça de deveria ter passado por uma adaptação pra usar um nacional, tem tanto modelo de disco nacional, eu espero que no J3 essa seja uma das adaptações que fizeram.

  • Guicamarao

    Pagou barato, não tem pq reclamar. COmo vai reclamar do AC se o preço do carro é para um pelado?

    • Marcelmtm

      Discordo completamente.
      O carro é barato em termos. É barato pq os demais são muito caros.
      E mesmo considerando o carro barato, não é desculpa para não ter peças ou para dar problemas.
      A marca que estipulou o preço. Se o preço tá muito baixo, o problema é deles. O consumidor está levando pra casa um carro "completo". E se o carro possui AC, ele TEM que funcionar…Não importa o quanto pagou.

    • Marcelo_Machado

      Barato em termos. Com esse monte de problema e essa revisão de 510,00 o barato tá saindo muito caro.
      Depois ainda vai ter que pagar pra vender e se livar do bichinho.

    • Leandro1978

      Eu discordo. Pelo seu pensamento, o dono de o QQ não poderia reclamar de nada, o pedal do freio entortou? Ah, mas pagou barato, né? O ar não funciona? Poxa, reclamar do que, se pagou apenas R$ 22.990? A roda caiu? Anda com 3… Não é porque paga-se menos em um produto que ele pode apresentar problemas sem que o consumidor possa reclamar. Pode ser um parafuso de centavos ou o produto mais caro que você possa imaginar, se apresentar problemas, deve-se reclamar, procurar seus direitos. Já imaginou se todos pensassem como você?

    • Fla3D

      Pra mim um bem que custa mais de R$30 mil não é algo barato… tem que reclamar sim!

  • ARISTEU

    Ja falei e vou repetir, esses carros chineses que oferecem muito, são iguais aos celulares de 2,3 e 4 chips. Tem tudo, tv, wifi, gps, camera, mp3… mas tudo que tem, é de péssima qualidade. Com os carros é a mesma coisa.
    Quem tem um, acha bom, só que dificilmente cai na real que não fez um bom negócio.
    E tem mais, acho que nem as próprias concessionarias aceitam esses carros usados como entrada pra um novo.

    • felipe_freedom

      Fazem tudo, mas não fazem direito.

    • thiagolamim

      Concordo contigo.
      São fraggeis, estragam rapido. igualzim os MP20 que vendem por ai.

    • Caldeira

      Não ter disco de freio pegou mal mesmo mas o resto vcs estão pegando pesado. Celta depois de um tempo é silencioso que é uma beleza neh? Com relação a segurança são uma maravilha também. Com relação ao AC queimou um relê, não vi aí um absurdo tão grande assim. Agora todos sabemos que os carros da Cherry não foram adaptados para nossas estradas logo é de esperar um desconforto e estranhament ao volante. Não vi nada nesse relato para desmerecer tal carro, principalmente se comparado aos nossos tradicionais.

    • CARnivoroBH

      Isto é verdade… concordo.. mas a minha expectativa é que ocorra com os carros o mesmo que ocorreu com os MPTUDO… Depois da chegada deles… mesmo sendo uma porcaria.. as grandes marcas tiveram que trazer mais rapido para o Brasil as novas tecnologias e os trazem lançamentos pra cá e com preçso bem competitivos…

      • O_Corsario

        Sorte de quem comprou barato depois, azar de quem comprou os mpTudo né… rs

        • MatheusFR94

          pois é… o foda é que tem que ser assim, pra uns se darem bem, outros têm que se dar mal… é a lei da selva…

      • pfcmacedo

        Desde o primeiro chines com preços bons por aqui falo algo parecido, o principal beneficio desses chineses é puxar o mercado pra baixo e obrigar as outras a trazer mais tecnologia. No futuro pode ser que tenham qualidade 100% e confiabilidade mas por hora só de fazer as outras repensarem seus preços e "acessorios" já vale muito

        • CARnivoroBH

          POis é… E já podemos ver uma mudança… mesmo que ainda muito pequena no setor automotivo aqui no BR. Com esta chegada forrte dos chinas + o crescimento da Kia e HY, aliado a melhora na renda da população tem levado ao consumidor a exigir pelo menos um carro com alguns opcionais…. Podemos ver a A Ford trabalhando no MKT no Fiesta Rocan 1.6 com ABS e AB2…. Propagandas das montadoras ofertando veiculos completos ao invés de pelados… Nas lojas da RN aqui em BH com faixas de Logan e Sandero completo, propaganda da VW oferecendo o Gol mais completo… Enfim.. antes o foco era nos mais peladões para deixar o preço bem baixo e atrair os clientes.. agora já estão vendo que atraem de outra forma…

  • fbatti

    não ter um disco de freio em estoque é muita cara de pau!!!!
    Imagina quando baterem na porta traseira direita, vai ter essa peça, ou quando vc se acidentar e entortar um braço ou pivô da supsensão, vai ter essas peças??
    no ano passado fiz o freio dianteiro do meu corolla dx 94 com 130mkm, como pode empenar um disco de freio de um carro praticamente 0km????
    Ahh, outra pergunta que não sai da minha cabeça, se carro chinês fosse tão bom, eles não seriam os líderes de vendas lá na china ????

  • PKuster

    Bonitinho, mas por enquamto, ordinário. Apesar da (ainda) falta de qualidade dos carros Chineses, certamente acontecerá com eles o que aconteceu com os Coreanos, antes se desconfiava da qualidade dos veículos "made in Coréia do Sul" e hoje chegam a superar os Japoneses. É salutar a concorrência, na medida em que mordem os 4 grandes e adormecidos estabelecidos primeiramente no Brasil, principalmente GM e VW. A GM está dando mostra que fará alguma coisa, mas a VW – infelizmente, contenta-se em virar uma mera importadora de seus produtos mexicanos (em especial) e alemães. Uma pena …

    • PKuster

      Êrro de digitação acima: "por enquanto" – claro …

  • Ike H.

    Imaginem se fosse com qualquer umas das 4 grandes… só ia reclamar… Mas é japones, ai tem desculpa… 15.000 km e vários defeitos e falta de peças…

    • João Paulo Vizioli

      Japonês???

  • Duda_li

    Carro importado tem dessas a falta peças. E começam as aventuras, amortecedor de Santana, porta de Chevette, pisca de Fusca…

    Por isso as grandonas estão tranquilas.

    • Fla3D

      Pois é, e aí eu não consigo deixar de lembrar dos Ladas, o que a gente mais ve aí são eles caindo aos pedaços e cheios de gambiarras com peças de outros carros.

  • RenePOA

    Muito cara a manutenção até os 10milkm.
    Quando tive um Honda gastei pouco mais da metade deste valor até os 30milkm.

    • fredggp

      Eu também pensava desta forma Rene, mas o preço barato da revisão do Honda (aqui em casa tem civic e fit antigo) você mesmo subsidiou quando comprou o carro pelos olhos da cara… Boa jogada da Honda.

  • Eu não tenho coragem de comprar um chinês (pretendo me arriscar num Stilo em breve, espero que não seja triciclo).
    Mas é importante que apareça cada vez mais pioneiros ( ou kamikazes), para que a indústria possa evoluir.
    A Chery não tem se mostrado exemplar, mas a JAC já mostra algo diferente, e o mercado percebeu isso. E algumas empresas fizeram correções nos preços e ou pacotes.
    E mesmo o QQ sendo fraquinho, talvez perigoso/frágil, VW e Fiat, se preparam para substituir Uno e G4, por algo barato mas melhor que do que os produtos atuais.

    • RenePOA

      Vc não vai arriscar comprando um Stilo.
      Tive um branco 2003 16V por 3 anos e não deu nenhum problema.
      Meses depois de vendido o comprador me ligou
      elogiando o carro. Abs.

    • Leandro1978

      No caso do Stilo, se não me engano, dá para saber se o antigo proprietário fez o recall ou não.
      Quanto aos chineses, hoje eu não arriscaria comprar, mesmo os JAC, que me parecem ser os melhores entre os chineses. Porém acho que na próxima geração eles vão crescer, irão melhorar seus produtos e ganhar a confiança do mercado (e aumentar os preços, claro). Mal comparando, mais ou menos como a Toyota e Honda fizeram nos anos 1990 e a Kia e Hyundai fizeram agora. Mas é inegável que alguns estão mexendo no mercado, como o J3 e, parece, que o QQ fará.

      • Eu não encaro um chinês tão cedo. Pra ser franco nenhum importado, pelo menos não até que eu possa ter 2 carros. Muitos modelos tem confiabilidade mecânica comprovada como o i30 no teste de longa duração, mas imprevistos acontecem, ou mesmo pequenos acidentes e peças tem sido o problema crônico dos coreanos.
        O JAC é o melhor chinês e cobra bem por isso. Haima parece estar acima e vai cobrar caro também, até a Brilliance que foi mal na europa e deu uma boa melhorada vem com preço colado no CrossFox. Pra mim um verdadeiro aburdo para uma marca novata com rede diminuta.

        • Leandro1978

          Falta de peças é um problema, lembro de uma dona de um Tucson que esperou 4 meses para conseguir um capô do motor, li isso em uma QR de algum tempo atrás. Um fato como esse tira o prazer de ter tal carro. Isso me faz pensar muito antes de adquirir um importado, inclusive já deixei de comprar devido a este fato.
          Outro exemplo de cobrarem muito e ser desconhecida é a MG, que atualmente produz seus modelos na China, o 350, por exemplo, tem motor 1.5 e custará o mesmo que o Cruze e ainda terá que visitar a autorizada a cada 5.000km.

      • Mora17

        eu vejo com os chineses o risco de uma parte do mercado sempre rejeitar como acontece com os franceses ainda hj.. com 10 anos de fabricas no Brasil… mas claro que tendo os 2 exemplos, eles podem buscar seguir o caminho trilhado por japoneses e agora pelos coeranos..

  • luidlh

    botava fé nessa marca chinesa, mas depois dessas que se lê por aqui, já não dá mais…
    fora que a chery faz caros pra durar 3 anos, ou seja, depois de 3 anos de uso, ninguém vai querer comprar teu carro e vai ser bem difícil de passar pra frente. Essa dos 3 anos aí, um professor meu tem um amigo que trabalha numa concessionária chery, e ele afirmou isso, não sei se posso acreditar, mas faz bastante sentido, afinal, é carro da China, não conheço nenhuma marca chinesa como sinônimo de qualidade e durabilidade ainda.

  • GuilhermeD.

    Hoje em dia, comprar carro zero deixou de ser garantia de não ter problemas. Essa desculpa não cola mais!!!!!

    Por isso que eu só vou de semi-novo e na maioria das vezes completo!!! Nunca tive problema e estou no meu 7º semi-novo!!!

    • O_Corsario

      É uma opção, mas uma opção que não será válida para todos por vários motivos. Acho que temos que comparar carro zero com carro zero, e carro usado com carro usado.
      Se formos falar do mercado de usados, temos que pensar em um… chinês usado ou semi-novo!… Quem se habilita?

      • GuilhermeD.

        Claro que vai da necessidade e vontade de cada um, mas carro zero não precisa necessariamente ser comparado com carro zero.

        Eu comparo carro zero com carro semi-novo e só vejo vantagens pro lado do semi-novo. Hoje em dia, não vejo vantagem nenhuma em adquirir um carro zero… mas essa é minha opinião…

    • Marcelo_Machado

      Desculpa, mas carro 0Km não dá esse monte de problema. Os chineses é que são mestres em dar mais problemas do que carro usado mal cuidado.

      • GuilhermeD.

        Ah tá…. me fala uma marca que não teve recall nos 2 últimos anos? Será a maioria ou minoria?

        Nos carros zeros de marcas mais estabelecidas no nosso mercado os problemas serão menores, mas não deixam de existir.

  • Supramagnus

    Se fosse um VW ou Fiat, ele já tinha tacado fogo no carro na frente da concessionária…

    Os chineses por enquanto só servem para baixar o preço da concorrência.

  • CanalhaRS

    Já deu pra perceber que a satisfação dele com o modelo é bem menor do que quando relatou a primeira vez.
    Carro chinês hoje ainda é loteria, pode dar certo como pode dar em uma bomba.

  • AbuMarcelo

    Mas o pior é que com esse preço ele pegaria um carro sem os itens que o face veio e poderiam dar todos estes problemas também. Já vi Gol com uma semana de uso ter problemas na parte elétrica e ficar apagado no meio do transito… Já vi Fiesta com problemas sérios no motor com menos de 10 mil km… Já vi Palio sendo devolvido por problemas na estrutura do carro… Problemas podem ocorrer com qualquer marca!

    Achei o carro muito bom por ser um chines, mas não compraria um desses nem a pau!!!

  • O_Corsario

    Preocupante a falta de peças, principalmente de uma peça tão básica como essa. Sem contar o perigo de ficar andando com freio empenado, lógico que deveria ter em estoque.
    Isso acaba parecendo despreparo e amadorismo da marca, que não tem estoque de peças. O fato do carro ter sido "mal tropicalizado" também demonstra isso.
    Achei as revisões caras, eu tenho um polo e ainda não pague mais que quatrocentos nenhuma revisão (o carro está com 35.000 km, revisão a cada 10.000km)
    Acho que a Chery teria chances de vender mais até do que o J3 se trabalhasse melhor sua imagem e tivesse um pouco mais de estoque de peças. Mas então, talvez, o preço não seria tão baixo…

    • Marcelo_Machado

      Pelo jeito essa Chery só tem chances de vender mais se fizer um carro totalmente novo. Esse carro já deu maiores e piores problemas que um usado mal cuidado. Fora essa revisão dos 10.000Km, R$ 510,00!!!!!
      O que vc economiza no valor do carro, gasta com revisão e levando ele para arrumar.

  • Igorslt

    Meu celta também deu problema com o disco de freio, o carro ainda com menor kilometragem, depois com 20mkm eu tive que trocar novamente, tive e tenho diversos problemas com ferrugem, sendo que a nossa querida GM so da um ano, o carro faz barulho! Não sei… acho que vocês estão com muito preconceito com os carros chineses e TAMBÉM tem uma verdadeira porcaria em casa e pagou muito mais caro.

    • Mora17

      uma explicação que ouvi de um dono de auto center bosh e achei bem plausível para o desgaste de freio do celta ( o meu nos 4 anos que tive nunca durou mais que 25.000km) é que, o material da pastilha do Celta é mais macio, e com isso desgasta mais rapidamente, porém, ( e isso é um fato ) o carro freia muito bem devido o maior atrito da pastilha com o disco.

  • GABRIELFLORIPA

    Achei as revisões elevado o custo da revisões para o valor do carro.
    O valor total das duas primeiras revisões (2.500 e 10.000km) é quase o mesmo das três primeiras revisões (10.000, 20.000 e 30.000km) em um New Civic.

    • Gladimir

      Não sei qual o perído de revisões de cada marca, mas em geral é em trono de 10000km. Na Fiat a primeira é aos 15000km, depois aos 30000, 45000, etc. Na Ford, na GM, na Honda são aos 10000, 20000, 30000.
      Minha pergunta é a seguinte:
      – A chery não confia na qualidade das suas peças e do seu trabalho de montagem, que precisa fazer a primeira revisão já aos 2500km a segunda aos 7500km e assim por diante?

  • jnasser

    Já tem vários relatos de problemas nos amortecedores nos carros Chery no ReclameAqui, e a garantia não cobre. Provavelmente não vai querer cobrir também os discos pois é possivel alegar mau uso.

  • Marcelo_Machado

    Depois falam que carro chines vale a pena!!! Tem bom custo/beneficio!!! Todo relato de carro chines é a mesma coisa, um monte de problema. Como o dono disse: _"depois de muito pouco tempo o carro apresentou alguns problemas técnicos e de acabamento, que foram sendo sanados ao longo de vários (e intermináveis) meses."_
    Vc compra um carro 0Km e fica longos e varios meses levando ele pra consertar, fica com o disco de freio empenado com 15.000Km e ainda tem que esperar a peça chegar!!!! Além do relê do ar condicionado.
    O comentário final dele diz tudo sobre esse tal custo/beneficio dos chineses: _"Espero que o que precisa ser reparado seja feito logo, pois o desconforto é muito grande. Também espero não ter grandes surpresas daqui pra frente. Afinal, a escolha por um carro zero é também devido ao fato de apresentar menos defeitos do que um usado. "_

    Esse carro já deu mais problema que a maioria dos carros semi-novos que temos aqui. Continuo achando melhor comprar um semi-novo do que um Chines 0Km.

  • FAELTIMAO

    Hoje em dia praticamente todo carro tem defeito quando ainda é novo,mais as marcas mais conhecidas ninguem relata, só vai ao publico quando a montadora admite o recall,a diferença da Chery é que é uma marca nova e ainda pode melhorar e muito a qualidade dos seus produtos,diferentes das demais,e a vantagem é sem duvida o otimo preço,recheado de itens,ao contrario dos "pelados" nacionais.

  • buxada_ce

    isso nao e somente uma "virtude" dos chineses, tive um C3 09/09 1.4 completo feito em porto real Rio de Janeiro que nos "excelentes" 9 meses que tive com ele foi somente para 2 recall, teve o sensor de temperatura queimado inutilizando o ar condicionado, um paralama que soltou em plena viagem a 110 km/h, alem de ter que trocar a boia de medição da gasolina que deixou de funcionar. Citroen no Brasil desde 1991/ Chery no Brasil desde 2009.

  • Renato_Dantas

    Somos eternamente grato ao Ricardo pela coragem de ser um dos primeiros a possuir esta coisa chinesa chamado de carro, graças a ele vou continuar reticente na compra (se é que vão melhorar) futuramente de um chinês.
    Nossas carroças podem até ser peladonas mas temos peças a disposição até em açougue.

  • Marcelo_Machado

    É o primeiro ano de Brasil, mas a qto tempo fazem carro lá na China? Isso não quer dizer nada, só pq chegaram agora aqui podem trazer carros que só dão problemas.
    O 1º ano de Renault no Brasil os carros davam esse monte de problema? O 1º ano do Sandero dava esse monte de problema?
    Acho essa seção do NA muito boa por isso, dá pra ver realmente como esses carros chineses não valem a pena, por mais baratos que sejam.

  • Marcelo_Machado

    Vamos esperar e ver a 1ª avaliação do dono de um J3 aqui no NA.

  • GuilhermeD.

    Ainda vai um tempo pros chineses ganharem qualidade e consequentemente confiança.

  • Gabriel_Nint

    Pessoal fala com se carro brasileiro não desse problema nunca. Toda hora da problema nos nossos carros zero e o problema com falta de peças e mal atendimento é igual ou até pior ao dos chineses.

    Então, antes passar nervoso num carro barato completo e no ar-condicionado do que passar nervoso num carro pelado.

    • Mora17

      mas ai queima o Relê do AC e vc passa nervoso igual num carro pelado, mas ainda sentado num banco pior que de uno mille, num carro que custou 10.000 a mais que o próprio mille

    • Gladimir Silva

      Tive um Uno Mille que comprei Zero em 2007 e entreguei na compra de um Novo Uno em 2012. Nestes cinco anos rodei 104000km. Aos 65 000km troquei o Kit de embreagem, comprado em uma autopeças da cidade (não no autorizado, pois tem peça em qualquer açougue como disse um amigo ai em cima) e umas borrachas de suspensão aos 95000km. O disco de embreagens até poderia ter durado mais, mas resolvi ensinar minha esposa a dirigir e passei uns 6 meses treinando ela aos sábados e domingos, porque autoescola não ensina a dirigir, apenas a passar no teste, eu pelo contrário ensinei ela a dominar o carro. De resto só coisas de rotina como troca e óleo, pneus, correia de comando, filtros e velas, nada de quebras. No novo Uno que tenho há um ano tive um problema de barulho na barra de direção que é regulável e foi resolvido de imediato na revenda. Deixei o Novo uno para uso exclusivo da minha esposa e comprei um Prisma 1.4 completo para mim ( o Novo Uno da minha mulher é completíssimo Não há nada no chineses que ele não tenha O Prisma, nem precisa falar, não tem airbag nem ABS) com 77000km. Como de costume, como não sei qual o cuidado do antigo dono com o carro, troquei a correia de comando, o tensor da correia e as velas, e já rodei 10000km e não apresentou nenhum defeito.
      Eu ficaria muito irritado se comprasse um carro Zero e tivesse que ficar visitando a assistência técnica com frequência para solucionar problemas em cima de problemas e ainda ter que esperar pelas peças. Já teria vendido o carro.
      Agora tem uma diferença grande entra as grandes nacionais e as chinesas que é o Recall. Uma Empresa séria, quando identifica problemas em seus carros, chama todos os proprietários para fazer o Recall. Porque as chinesas não resolvem logo o problema? Porque não fazem o recall e poupam os seus clientes do transtorno de ter que reclamar e correr atrás da solução? Isso diminuiria muito as insatisfações. Quem acha que os recalls nas mrcas tradicionais é transtorno não está raciocinando racionalmente. Preferiam ter que reclamar?
      O Recall é um ato de responsabilidade do fabricante e um direito do consumidor, Acho que os clientes das chinesas tem que começar a solicitar ao procom que tome atitudes legais para obrigar essas fábricas irresponsáveis a fazerem recall e terminarem com os problemas repetitivos que já foram identificados.
      Eu torço que os chineses deem certo para poder ter mais opções, mas por enquanto eu continuo confiando somente nas mascas Fiat, VW, GM, Ford, Toyota e onda.
      meu próximo carro será um Toyota Corolla, pois nem nas francesas e coreanas dá para confiar ainda. Essas, não quanto a qualidade dos carros, mas quanto a rede de assistência técnica e falta de peças no comercio paralelo, ou seja, fora das revendas.
      Um abraço e boa sorte aos pioneiros das marcas chinesas, francesas e coreanas.

  • granrs78

    Sou dono de um Civic Lxs 2009 que tirei Okm, e estou passando por um problema similar com o meu carro, pois sofri um acidente em que uma Pajero bateu na traseira do meu carro, danificando o parachoque e o tampão. Estou esperando exatos 45 dias pelas peças para o conserto, e até agora nada da peça chegar. Então isso não é nenhuma exclusividade de Hyundai ou Chery, pois o meu carro é fabricado em Sumáre e mesmo assim estou com ele batido, embora possa rodar normalmente, mais fica aí o meu aviso, que todas as pessoas estão sujeitas a passar pelo mesmo problema, não importando que marcar possue tanto nacional ou importado, pois os problemas são os mesmos.

  • Mora17

    Sem duvidas.. tipo um corsa premium 2006, ou até um fit 2005 custam menos que o Face, e mesmo usados vão dar menos problemas… ainda não é a hora de comprar um chinês, embora acredite mto que um dia será…

    • dferraz88

      Não concordo 100% não, tenho um FIT exatamente 2005, com pouca kilometragem, já tenho que trocar os reparos da suspensão dianteira e apertar o protetor de carter, além de duas lâmpadas queimadas. Terei um custo de cerca de R$ 500 reais, no caso de um FACE Zero km, ainda estaria na garantia.

  • CARnivoroBH

    A minha expectativa é que ocorra com os carros o mesmo que ocorreu com os MPTUDO… Depois da chegada deles… mesmo sendo uma porcaria.. as grandes marcas tiveram que trazer mais rapido para o Brasil as novas tecnologias e os trazem lançamentos pra cá e com preçso bem competitivos…

  • marciors01

    Paguei pela revisão de 10k do meu megane 2.0 R$168, não foi cobrada mão de obra mas mesmo que fosse cobrado ficaria na metade do valor cobrado na revisão deste face.
    O j3 não vale a pena porque deveria custar mais barato, o motor é mais fraco do que o 1.6 dos concorrentes, o cãmbio é ruim e a suspensão meia boca, e por valores aproximados pode-se comprar um symbol ou fiesta 1.6 com ar, direção, vidros, travas, abs, airbag pc de bordo e som.
    Verdade, o jac tem outros mimos mas é um carro que ninguém conhece, com os pontos fracos que citei futuro incerto, eu não trocaria estes dois carros por um jac de forma nenhuma.

  • richoll

    Hum? Um contentamento um pouco falso do meu chara, particularmente só compro carros china em mais ou menos uns 10 anos, eles têm muito o que provar ainda.

  • Fla3D

    Aquele do Lifan mesmo foi bizarro, o carro só dava problema e ele tava todo feliz que olhavam para o seu mini fake… fico com o meu fit usado, tem carro de cara de tia, ninguém repara, mas também não da problema nenhum. :D

  • dferraz88

    Cara o Gol (modelo atual) quando foi lançado deu MUITOS problemas, e continua tendo problemas muito mais sérios que esse dos chineses (principalmente no motor), tanto que tiveram que fazer Recall. O mesmo aconteceu com o Stilo que sofreu com o problema de perder as rodas, acho que até agora não vi nenhum "defeito" significante nos chineses não.

    • Leandro1978

      O Chery S18 entortou o pedal do freio no teste de frenagem, o Effa M100 teve seu teste de 60.000 km interrompido devida à insegurança, a Pluttus não passa dos 100km/h ("passar dos 100 km/h já é uma aventura"). Tais fatos, na minha opinião são significantes. Desculpe, mas insisto, não confio nos carros chineses. Os nossos não possuem qualidade que deveriam, mas os chineses também não ficam atrás. Pode ser que na próxima geração melhore, hoje eu não gastaria um centavo neles.

  • O_Corsario

    O engraçado é que ele falou que recomendaria pros amigos, mas não compraria outro! rs
    Belo amigo hein!!! kkkkkkkkkkkk

  • DougSampaNA

    Se este Habib tivesse enxergado os orfãos do Fit com cambio CVT, e a JAC tivesse este item, olha que aí eu diria que ele iria abocanhar uma fatia preciosa de orfãos da Honda, só pela fama do dito cambio, que atesto, é bom pra caramba, ajuda muito na economia de combustivel.
    Um JAC CVT faria sucesso na terra dos orfãos do OldFit.

    • fininhopublic

      Isso com certeza! Mas o Sr. Habib não é bobo. Ele que primeiro firmar a marca no Brasil, não iria oferecer um item como este logo assim, de cara! Mas é algo para se pensar hein!

  • h1ghland3r

    "Bonito, o Face atrai olhares de muitas pessoas por onde passa."
    Tudo bem que gosto é que nem –. Mas se for pra chamar atenção compra um carro bem melhor usado e pinta de rosa, tenho certeza que vai chamar é mais atenção.
    Mas aprecio a coragem parar comprar um chinês e relatar os problemas, muitos não gostam de comprar quando fizeram uma má escolha.. Mas aquela do Lifan foi hilária mesmo :p

  • JHerzévRN

    "No entanto, depois de muito pouco tempo o carro apresentou alguns problemas técnicos e de acabamento, que foram sendo sanados ao longo de vários (e intermináveis) meses."
    "Atualmente ele apresenta uma trepidação durante a frenagem, fruto do empenamento dois discos. A peça já foi pedida, mas a matriz em Salto não possui o item em estoque. Estou aguardando."
    "Outro item é um relê queimado no ar condicionado, fixado na parte interna do painel. Sem ele funcionando, o equipamento oferece apenas metade de sua capacidade. Também já detectado pela concessionária e esperando oportunidade para ser trocado."

    E ainda dizem que carro chinês é bom. Deus me livre.

  • Kelvynt

    Olá pessoal. Comprei um Chery Face Preto 2011/2012. Aquele que já vem com o jogo de rodas liga leve diferente. Além disse o Adesivo da Acteto saiu da tampa do porta malas, assim também como o nome FACE mudou para o mesmo matérial que o simbolo da Chery. Bem assim que peguei o carro começei a notas todos os aspectos que todos falavam, suspensão dura, barulho no fundo, entre outros. Bem…não vi nenhum desses aspectos no carro em que comprei, mesmo eu tento feito o Teste Drive nele mesmo, porque o que ia comprar ele desistiu, para pegar um vermelho. Dai para realmente testar ele, assim que comprei fui em uma estrada bastante acidentada, onde também era uma Pista de piçarra, um pouce depois de ter caido uma chuva.O carro se comportou bem.

    Dentre todas essas reclamações que vi do carro, não note nenhuma nesse modelo em que comprei. Aconselho a quem quiser ir a uma concessionária mais próxima e fazer um test-drive nesse modelo, e depois vir aqui e dizer o que achou.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend