Hatches Populares Usado da semana

Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Up! Move 2015

Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Up! Move 2015

Acompanho o site por mais de 6 anos e montei esse relato com a minha opinião com o Volkswagen Up! Move 2014/2015, espero que gostem.


Compra do Up! Move

Adquiri o Up! por volta de 07/2014, na época eu estava buscando um carro zero, econômico e “completo”. Conferi diversos modelos de entrada e apesar de não gostar do design exterior do carro, eu gostei bastante do test drive e ele era muito bem avaliado pela mídia especializada.

Itens como projeto recente, segurança e o preço de seguro/manutenção também pesaram bastante na escolha. A única coisa que me arrependo na compra foi não ter escolhido outra cor, as cores que não cobravam a mais eram preto, branco e vermelho (acabei escolhendo a última).


Adquiri o carro no lançamento e paguei aproximadamente R$ 34 mil por ele, na época eu já achei o valor muito alto, com os preços atuais o carro foge da proposta de ser econômico.

Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Up! Move 2015

Visual exterior do Up! Move

Sem dúvida esse é o ponto que menos me agrada no carro e sempre fui bastante sacaneado pelos amigos por ser um carro de menininha! rs. O carro tem uma boa altura do solo e nunca raspa embaixo (mesmo quando não vi uma lombada e passei sem diminuir a velocidade).

Os faróis iluminam bem o limpador de para-brisa é realmente muito melhor do que os outros carros que eu tive. Uma coisa curiosa é que eu e mais umas 4 pessoas deram uma cabeçada no carro ao entrar desatentos, acho que isso acontece pelo espaço pequeno do carro, mas pode ser só vacilo mesmo.

Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Up! Move 2015

Interior do Up! Move

O carro tem um bom acabamento, sem rebarbas ou peças desencaixadas. Com o tempo de uso surgiram alguns barulhos chatos na parte de trás, mas nada fora do normal. Todos os botões são de fácil acesso e o ar condicionado não decepciona, mas também não impressiona. A falta da saída de ar no painel não chega a prejudicar o resfriamento da cabine, mas demora um pouco a mais para refrescar quem senta no banco de trás.

O isolamento acústico do carro é bem fraco até para a categoria, cada pingo de chuva no teto é ouvido dentro carro rs. Tenho 1,80 metro de altura e pelo menos para mim o ajuste de altura do volante não serviu pra nada, pois qualquer alteração ele ficava na frente do painel.

O interior do carro é bem minimalista, o painel monocromático com a tela do computador de bordo bem simples, tudo bem prático, funcional e sem sal. O cinto de segurança não tem ajuste de altura e sempre ficava pegando direto no meu pescoço, vi em um fórum que soltando o plástico lateral dava para ajustar o cinto parafusando ele mais para baixo, fiz isso e resolveu o meu problema.

Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Up! Move 2015

Não consegui me adaptar aos bancos originais do carro, tentei diversas posições e sempre ficava dolorido, acredito que isso ocorra porque o encosto das costas é muito reto, por fim troquei os bancos depois de uns 9 meses que havia comprado o carro e não tive mais problemas.

O espaço para quem vai atrás é razoável para a proposta do carro, mas como eu troquei os bancos, quem vai atrás ficou um pouco mais apertado e preciso deixar o banco do passageiro todo para frente para colocar a cadeirinha do bebê.

O porta malas tem 280 litros o que não foge muito da categoria, por ele ser bem curto e alto dependendo do que é preciso levar pode ser bem complicado. A porta do carro tem plástico apenas no centro e o resto é de aço na cor do carro e as vezes dá reflexo da rua.

Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Up! Move 2015

Dirigindo o Up!

O up! não foi o primeiro carro 1.0 que eu já dirigi, por isso eu fiquei bastante surpreso com o desempenho. Em baixa velocidade e com baixa rotação o carro sempre tem força para uma esticada, já em alta velocidade ele perde bastante o fôlego e é preciso andar com a rotação mais alta para acompanhar o fluxo.

O carro tem direção elétrica o que torna as manobras bem suaves, pelo que eu li todo mundo reclama que a direção do carro nem parece elétrica de tão pesada que é, mas não concordo, inclusive não gostei muito do comportamento em altas velocidades, pois a direção parece meio molenga demais.

O câmbio tem o mesmo jeito do Polo antigo, curto e preciso (perfeito na minha opinião), por outro lado eu estranhei o pedal da embreagem que é bem mais alto do que eu estava acostumado o que no trânsito pesado acabado me cansando mais.

O freio é bom e já me livrou de muitos acidentes, mas nessas ocasiões o carro dava a impressão que ia perder o controle, o pedal treme e os pneus parecem que travam. Meu carro anterior ao Up! tinha ABS e o pedal não tremia e nem o pneu fazia barulho ao frear bruscamente como o up!.

A suspensão é bem firme (até demais), mas eu acostumei rápido e só percebo o quanto ela é dura quando ando em outros carros ou quando alguém que está andando no carro comigo comenta.

Consumo do Up!

O carro tem ótima autonomia e eu sempre tive médias de consumo acima de 15 km por litro com o ar ligado mais ou menos 50% do tempo na cidade e com muito trânsito. Atualmente o carro está com 50.000 km rodados e acredito que nem 2.000 km foram em estrada por isso não tenho muita noção do consumo na estrada.

Manutenção

Comprei o carro zero e logo no primeiro mês o porta malas ficou travado devido alguma falha eletrônica (foi uma novela resolver isso na concessionária). Desde início também o alarme do carro disparava sozinho, depois de acordar muitas vezes a noite apenas para desligar o alarme eu desativei o sensor da cabine (outra novela na concessionária e no final tive que fazer por conta própria).

Fui convocado para dois recalls, porém na data que eu agendei o consultor não estava lá no horário marcado, fiquei uma hora esperando e acabei desistindo. Por volta dessa época eu desisti de fazer a manutenção nas concessionárias devido ao valor cobrado ser absurdo e o tempo necessário de espera, na minha opinião não faz sentido pagar o dobro do valor em uma concessionária e ter de agendar hora e ainda sim ter dor de cabeça.

Fora os problemas acima tudo funcionou muito bem, não tive vazamentos ou peças quebradas, o carro está com 50.000 km rodados nem os pneus parecem gastos. Achei as trocas de óleo bem caras para um carro popular, mesmo fora da concessionária sempre gastei por volta de R$ 200 com óleo e filtros.

Opinião geral sobre o Up!

Em geral gostei bastante do carro, apesar de não parecer tanto nesse relato :) Modelos de entrada foi o que eu mais gostei de dirigir (os modelos são Nissan March, Ford Ka, Fiat Palio e Chevrolet Celta, todos 1.0).

Acredito que em como pontos mecânica e segurança o carro está acima da categoria. Hoje principalmente devido aos problemas com a concessionária não compraria carro zero da Volkswagen. Eu recomendo o carro para quem roda bastante e busca um carro com boa autonomia de combustível, gostoso de dirigir na cidade e não tem a família grande.

Com os preços atuais acho que o apelo economia na compra do carro se perde e a versão TSI compensa mais o dinheiro pago.

Por Rafael Cascaes

Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Up! Move 2015
Nota média 5 de 1 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email