Comprando e Vendendo Finanças Mercado

Carro financiado versus carro alugado – Qual é o melhor?

locadoraResultado-620x432 Carro financiado versus carro alugado - Qual é o melhor?

Com as altas taxas de juros e prazos longos para pagar, o consumidor brasileiro fica preso em um círculo vicioso, onde não consegue sair tão facilmente. Ou acaba entregando o carro por não conseguir mais pagar ou renegocia a dívida na troca com outro veículo, igualmente financiado. Uma vez que se entra, difícil sair. Mas a saída é exatamente o cumprimento do negócio.



No entanto, há que seja extremamente crítico em relação ao dinheiro gasto e nas contas acaba preferindo alugar um carro de fato, para poder usar somente o necessário e não ficar preso ao famoso carnê de pagamentos dos bancos. O carro em si é um item de consumo que desvaloriza bastante e ainda por cima custa muito para ser utilizado, seja rodando ou parado em casa, visto que no começo de todo ano, surge o famoso IPVA para se juntar aos outros impostos que incidem sobre o bem de consumo não durável sobre quatro rodas.

A receita para saber se é melhor ter um financiado nas mãos ou um alugado é fazer algumas contas básicas. Tomando por base um modelo 1.0 na cidade de São Paulo pelo preço de R$ 30.000, o consumidor terá um gasto mensal de R$ 1.831, incluindo IPVA (0,33%), seguro (0,5%), juros do crédito (2,29%), manutenção (1,1%) e depreciação (1,88%).

Já o aluguel mensal do mesmo modelo 1.0 para a capital paulista varia entre R$ 1.200 e R$ 1.500 (que representa de 4% a 5% do valor do veículo). Nesse caso, seguro, manutenção e depreciação já estão incluídos na mensalidade do aluguel. Nos dois casos, o gasto com combustível é o mesmo.

A desvantagem do aluguel é exatamente não ter fim. O consumidor de um carro financiado, por mais longos que sejam os prazos (já teve montadora oferecendo 84 meses…), um dia ele quitará o veículo, salvo as duas situações colocadas no início dessa matéria. Na ponta do lápis, vale mais alugar. No entanto, quando a cabeça encosta no travesseiro ou o vizinho acabou de comprar um carro, a matemática vai para o espaço e o ego é satisfeito!

[Fonte: Seu Dinheiro]

Agradecimentos ao Vinicius pela dica.

COMPARTILHAR:
  • Andre

    Discordo totalmente…
    Em pouco mais de 22 meses você já teria gasto o mesmo e não teria bem nenhum.
    "Na ponta do lápis, vale mais alugar." só se for por menos de 6 meses…

    • Davi8u

      Agora e se eu compro um do ano usado? Deve ter uma depreciacao ai de ums 10%. Quanto mais velho mais barato. Vejo esso funcionar so pra quem ja trabalha com carro tipo vendedor. Esse sim pode da ao luxo de trabalhar com um carro melhor e mais completo porque esta alugando.

      • vonask

        tambem concordo com vc.
        Mas contudo carro de locadora geralmente são 1.0 eu prefiro carros melhores, mesmo usando muito o carro, preferi comprar um carro com 3 anos de uso (um hoda fit 1.5) de uma tia, que tinha pouco rodado menos de 20.000km e o preço? daria nem para comprar um onix 1.0 completo.
        prefiro rodar em um carro mais confortavel e seguro que nos atuais 1,0 do pais.
        Agora existe gente que precisa rodar em ruas e estradas ruins, com isso a mao de obra fica mais cara e no aluguel ela esta inclusa. Locadoras como a ….. e a ….. vendem seus carros em menos de 1 ano, o que faz com que sempre esteja num carro "durinho".

        • shemhazai

          Fez um otimo negocio!

    • PONCIO PILATOS

      concordo contigo.

    • Uber

      Bem? Que bem teria?
      Como diz o texto, mesmo quitando as prestações continuaria tendo despesas com IPVA, seguro e manutenção.
      Sem falar na depreciação com o passar do tempo.

      • gameshark

        Por mais que se gaste, e tenha uma absurda depreciação de valor. Você teria sim um bem. Um bem de consumo que pode até ser usado como moeda de troca. Agora vai lá dar entrada em um lote, casa seja o que for com um carro alugado.

      • expresso222

        Todo bem paga impostos. Móveis ou Imóveis.

    • Leonardo

      Essa conta só serve para quem roda muito com carro, ou que usa o carro para fazer o seu salário.
      E outra coisa o juros do crédito citado, já não estaria embutido no valor da parcela do financiamento ?
      Vou dar um exemplo prático REAL que ocorre comigo, a diferença é que não moro em São Paulo (graças a Deus, porque nessa conta, morar em São Paulo não vale a pena).

      Logan 2011 – Rodando média de 700 km / mês
      Trânsito Urbano 80% em média dá média 12km / Litro

      DESPESAS TOTAL ANOValor
      Gasolina 2400
      IPVA+DPVAT+LINCENCIAMENTO 1000
      Seguro 1600
      Revisão 2x Ano + Peças Reposição 2000
      Parcela Financiamento 580

      Total ANO 6580
      Despesas Média Mensal R$ 581,67

      Não estou questionando os números apresentados, posso estar esquecendo de algo, mas ao final do financiamento, imaginando que vou ter um veículo que vale uns 10 mil, é pouco em relação ao preço original que fazem os preços dos bens no brasil se inflarem e serem irreais, não comprei o carro pensando em fazer dinheiro, comprei para usá-lo, e no que foi proposto ele já pagou o que foi investido.

      Mas cada caso é um caso, por exemplo o seguro vai depender do perfil do usuário, do local onde você mora, onde deixa o carro dormir, e outros fatores.

      Mas é bom sempre fazer contas sobre essas comparações.

    • wasdyn

      Pois é, eu ia dizer a mesma coisa. Para um curto período o aluguel é mais vantajoso, mas no caso de longos períodos o financiamento vale mais a pena – mesmo gastando-se mais ao "final" é possível vender o carro e recuperar parte do investimento, isso quando a pessoa não resolve ficar com o carro por mais vários anos.

      • Edson Roberto

        Isso sem contar o tipo de carro. Será mesmo que todo mundo vai querer alugar um carro 1.0 sendo que ela poderia ter umcarro superior? Tem que pensar nisso e no quanto se gasta no aluguel de um carro superior. E ai chegamos a mais variantes que nem sempre colocam o carro alugado em vantagem.

    • Alex Johansson

      "Todo homem deseja um carro para chamar de seu."

      O que o cálculo não considera é que, no caso do financiamento, uma parte do valor será recuperada quando o veículo for vendido.
      No caso do veículo alugado, todo o dinheiro será "dado" à locadora. Quando encerrar o contrato de aluguel, o cliente não terá nada em mãos, nem carro e nem dinheiro.
      Sempre pensei em aluguel de veículos como algo provisório. Por exemplo, se viajo para alguma cidade e desejo ter um carro para me locomover. Só.

  • PauloSalla

    Interessante, sempre pensei nessa ideia, mas nunca fui atras…
    Trabalho com o carro, "não posso" ficar muito tempo com o mesmo carro e rodo bastante, o que acaba desvalorizando ainda mais o meu veículo na hora da venda/troca
    alguém sabe me dizer, como devo proceder para alugar um carro mensalmente?
    (moro no interior de SC)

  • Julio

    Voce financia e no final recebe pelo menos um bem no valor bem abaixo do pago, mas recebe algo, ja aluguel voce nao recebe nem obrigado ^^

    • Davi8u

      Recebe um monte de recibos…kkk

      • Uber

        Carro não é bem, é DES-PE-SA!
        Não é à toa que dizem que ter carro é ter uma segunda família.

        • Leandro

          Me passa a sua despesa de graça então, se não é um bem não deve ter valor comercial.
          Então, o que me diz?

          • BOBO_NAO

            É um bem sim, só não serve como investimento.

  • lsc_mclaren

    Toda vez que eu leio… "Comprou carro pra mostrar pro vizinho"na minha opinião é uma afirmação ridícula! O que vcs tem a ver com a vida do vizinho?

    • andre

      É justamente isso que faz a indústria cobrar um valor q nao vale, porque a pessoa compra um carro com dinheiro que nao tem, para impressionar pessoas que nao conhecem.

      • Edson Roberto

        Mas da formaq ue tem sido os pronunciamentos aqui, dá a impresao que todo mundo faz isso.

  • fredcdb

    Se não fosse pra mostrar pro vizinho ninguém gastaria uma fortuna em rodas esportivas. Eu vou dentro do carro e nem vejo minhas rodas, quem deve estar vendo deve ser o vizinho…

  • fredcdb

    Como assim? Quem compra um carro de 30 mil vai ter uma despesa de quase 22 mil por ano????

    • FSaccon

      Segundo essas contas, sim. Na minha opinião, os valores foram superestimados. É que boa parte do custo de um carro está na sua depreciação, que não é algo colocado na conta pela maioria. Mas não é difícil de mostrar que o custo anual de um carro de 30 mil passa facilmente dos 10 mil reais. Lógico, se você colocar seguro, fazer a manutenção adequada, pagar os impostos… :D

  • FSaccon

    Acho que só compensaria trocar carro próprio por um de aluguel caso seu uso fosse mais pontual. Exemplo: somente aos finais de semana, 1 semana por mês, etc. Aí a conta seria a favor do aluguel. No caso da matéria, embora "mostrem" que custo é menor para o aluguel, faltou considerar que após o final do financiamento o carro ainda tem um valor residual e não somente o apelo de mostrar ao vizinho. Assim, se ao final do financiamento ele valer 25% dos 30.000 iniciais (R$7.500) , acaba a vantagem da locação.

  • Renan21

    Aluguel é para temporada. Se caso eu passasse 6 meses apenas em São Paulo e precisasse de um carro, certamente eu alugaria um, e não compraria.
    Mas se eu for morar lá, eu preferia financiar um carro. Porem eu primeiro juntaria um dinheiro, para tentar reduzir ao máximo o valor do financiamento. Enquanto isso eu alugaria um carro, ou usava o transporte publico, ou bicicleta, taxi…

  • TacodeSinuca

    Se o aluguel fosse à valor baixo e carros que prestam como é no EUA, mas aqui vc paga 100 reais pela diária de um Uno carniça peladão…. Não rola né fi

    • laguiar

      Um Uno na Hertz sai por R$47 a diária (depois da primeira locação se consegue bons descontos). Passei um fds inteiro (retirei sexta a noite e devolvi domingo fim da tarde) com um Fiesta SE PowerShift por R$220, sem limite de kilometragem, rodei quase 600km.

      • Dragoniten

        Melhor que test-drive de concessionária, hein? rs.

        • laguiar

          O carro estava com 47km quando peguei =)

      • marcondes

        ta outra coisa que desconsideram nesses calculos, a diaria não é proporcional ao valor do veiculo, o fiesta não é 5 vezes mais caro que o uno, mas o aluguel é. O aluguel, SE VALER A PENA, pe para carros basicos

        • Edson Roberto

          Perfeito. E é então nessa variavel, que eu gostaria de ver quem abriria mão de hoje tendo um carro superior, voltar a alugar umcarro basico com ar condicionado.

  • Bikudin

    Nenhum dos dois.

  • AutoNacional

    Acho que quando alguém compra o primeiro carro até pode optar por um financiamento e pagar juros, entra a emoção, não possui o carro ainda. Agora, uma vez tendo um carro, é loucura financiar para comprar um mais novo, vale mais a pena fazer uma poupança, ou um consórcio de valor menor, onde a pessoa usa o consórcio mais o carro atual e troca por um novo, ou semi novo. Outro ponto, um carro com manutenção em dia dura tranquilamente 8 anos ou 300 Mil KM sem grandes preocupações.

    • lgferre

      Em partes concordo com você, mas o consorcio já perdeu sua vantagem a um tempo atras.
      Vou citar meu exemplo: Possuía um veiculo 2008 (megane) com mais de 200.000km rodados e manutenção cara e um pouco complicado, utilizei ele como entrada em um veiculo 0km (sentra) ano passado, a diferença de preço entre o 2008 e o 0km estou pagando em 36 parcelas sem juros….
      Praticamente hoje todas as montadoras tem algum tipo de financiamento sem juros…. (para determinados veículos)

    • andre

      Concordo plenamente,pago um consórcio de moto sempre que estou pensando em trocar de carro e opto sempre por usado, comprasse excelentes carros bem mais baratos, dizendo melhor pelo preço que realmente valem mas, o grande problema é justamente o povo que não quer fazer manutenção, pegam o carro 0KM, fazem a manutenção por obrigação por causa da garantia e depois de uns 40milKM, ja estão trocando, se endividando em um novo financiamento quando seria mais barato manter o que já tinha.

  • Kleber

    Alugar só valeria a pena se você realmente ficar numa cidade por um ano, ou no máximo dois. Mas se você quer um bem pra si, por mais caro que seja, é melhor comprar. E outra, valor da parcela do financiamento pode ser baixada, pois na maioria das vezes a cobrança de juros é abusiva. Basta arrumar um bom advogado.

  • joceli

    o mais barato nessa história toda,é fazer como a angélica.ir de táxi.

  • msouza91

    Recentemente eu me vi numa situação parecida, auxiliando um conhecido, acontece o seguinte, pelo menos aqui em Brasília, o custo de um aluguel de categoria 1.0 com ar não sei menos de 2 mil dilmas por mês, financiar um Gol com os mesmos itens custa mais barato que isso, mesmo que com uma taxa péssima, a diferença se faz na manuteção e seguro, fica fácil afirmar que os custos se equivalem, a diferença será que após 60 meses, com uma desvalorização absurda (não acontece nem em Francês) vc vai ter pelo menos 15000, que serviria pra financiar um outro carro, ou com parcela menor, ou de categoria superior, coisa que no Aluguel, vc vai estar confinado a sempre a mesma categoria, o benefício é a curto prazo apenas

  • Louis

    Se não tem dinheiro suficiente, melhor comprar um usadinho por até R$ 15 mil, há várias opções por aí.

    • alexhmoraes

      Eu iria de um usadinho conservado…. só dar uma entrada boa que a pessoa não morre no financiamento, agora o cara vai na CSS e me compra um UNO de 60x sem entrada, isso é burrice mesmo!

      • Louis

        Pior que tem muita gente que, antes de terminar de pagar o financiamento, volta lá na concessionária e troca por outro popular zero e re-financia. Fazer o que né, nem todos pensam racionalmente….

  • ARISTEU

    Cálculo totalmente sem noção.
    Desde quando um carro novo, 0km, 1.0 que tem uma revisão com preço médio de R$300 vai dar manutenção de R$300 todo mês? totalizando R$3600 de manutenção em um ano
    E desde quando o carro desvaloriza 1,88% todo mês e em um ano o carro de 30mil tá valendo só 23mil? Em 3 anos o carro vale só 15mil? Como assim? passado 60 meses ou 5 anos e o carro vale menos de 10mil. Isso significa que HOJE, Agosto de 2013 podemos comprar um GOL G5 2008 de Agosto que novo era R$30.000 por R$10.000? Onde?

    Quem fez essa matéria deve ter sido alguém de dentro de alguma empresa locadora de veículos. Só pode

  • Junior

    Eu discordo também, já aluguei um por 3 anos é me arrependo.

    Pagava R$ 1.200,00 todo mes, em um carro popular, Celta basico do basico, que não tinha nem desembaçador traseiro. Carro de locadora são esmerilhados, sem falar no seguro deles que não cobre absolutamente nada. O seguro é em cima de 20% do valor do carro. Então se vc bateu e ficou abaixo desse porcentual, vc paga toda a batida. Por exemplo o Celta de valer hoje uns 25 mil, então qualquer batida até 5 mil é responsabilidade do locador e tambem não tem seguro contra terceiros.
    Sem falar no dinheiro que vc perde, pq vc não vai recuperar. No meu caso fiz o seguinte comprei um carro usado, um Corolla 05 a 3 anos atras, dei uma entrada e estou pagando prestação de 600,00 que vou quitar no ano que vem.
    Carro alugado só compensa para empresa, que aluga uma frota, o aluguel sai em media de 700,00 por carro.

  • José Medeiros

    Acho que a melhor saída seria: numa conta de 1800 reais, vc aluga um carro de 1200, sobrariam 600 reais que vc colocaria num banco e em 3 anos voce teria 21.600 sem contar um jurinho… ai você dá isso de entrada e financia os 8.400 restantes para um carro de 30.000, não esquecendo que você pagava 1200 de aluguel e ficaria fácil terminar de pagar. Só fica a pergunta: um cara que pode gastar 2000 reais de despesa com o carro vai querer um carrinho de 30.000?

  • Stilrl

    É absurdo achar que há qualquer vantagem para uma pessoa física abir mão da compra de um a carro em favor da locação!

    Essa tal "conta" RIDÍCULA para se chegar ao valor de r$ 1.831 mensais para um carro 1.0 é coisa de deficiente mental!!!

    • Denis

      Não é não. Coloca na ponta do lápis o quanto vc gasta com o seu. Vou citar alguns (no caso de carro financiado):
      Financiamento – Seguro – IPVA – Seguro orbigatório – Combustível – Estacionamento – Revisões – Possíveis reparos (acidentes) – limpeza – manutenção…
      O brasileiro não vê isso, mas hoje nós gastamos um absurdo com carro SIM.
      Isso sem contar com os que além de tudo isso citado acima, gasta-se com acessórios como: Spoilers, rodas, insufilm, som e por aí vai….
      Deficiência mental é não querer enxergar a realidade e principalmente: não saber fazer contas.

      • juca

        Eu comprei um 0Km, aé agora gastei R$ 900,00 de IPVA, Seguro e Licenciamento, nunca precisei fazer nada além das 2 revisões (R$ 180,00 cada uma)…

        Estacionamento, combustivel, acidentes, limpeza não está incluso na locação….

        Na ponta do lapis, só vale em curto prazo, a longo prazo nada feito!

  • rafael_rtg

    So chegaram a 84 meses ai na sua cidade? Aqui na minha a Ford ja anunciou um Ka 100% financiado em 120 Meses….rs

  • JTK

    Prefiro economizar e comprar à vista, mesmo que seja usado, aí é só meu, troco a hora que quiser

  • Filipe_GTS

    Completamente sem sentido.
    É como pagar R$ 1000 de aluguel por uma casa, morar no local 30 anos, e ao final sair com as mãos abanando.
    Se fizer uma força e der uma entrada, pagando os mesmos R$ 1000 por mês, ao final será dono do bem (que, no caso do imóvel, estará valorizado).
    O carro, por mais que sofra desvalorização, ainda vale bastante no mercado de usados do Brasil.

    • Andre Dias

      Imóveis não necessariamente se valorizam para sempre, esse é um dos maiores clichês falsos que se faz quando se fala de investimentos. O mercado de imóveis, como qualquer outro (e a própria economia em si), é cíclico. Há muita euforia no Brasil nesse momento, mas poucos param para pensar que a renda média da população não pode suportar os preços artificialmente altos praticados no mercado nesse momento, mesmo com financiamentos de 30 anos. A "bolha" brasileira não é de crédito, é de oferta x demanda. O déficit habitacional que outrora existiu está sendo corrigido, mas o volume de lançamentos tem sido muito maior do que a necessidade, e não raro se vêem prédios com muito mais luzes apagadas do que acesas.

  • Lexus GS300

    Satisfazer um EGO renitente custa muito caro, é a famosa troca anual de carro quando se compra um. Mesmo eu, com muito dinheiro tivesse, jamais assumiria um comportamento tão infantil.

  • azardo

    Alugar uma casa ou financiar em 20 anos? Porém, nesse caso você não corre o risco de o senhorio querer simplesmente pedir que você se arrume e saia do imovel porque o filho casou e precisa de um lugar pra morar, já ninguem pode te expulsar do carro…

  • Leonardo

    Essa conta só serve para quem roda muito com carro, ou que usa o carro para fazer o seu salário.
    E outra coisa o juros do crédito citado, já não estaria embutido no valor da parcela do financiamento ?
    Vou dar um exemplo prático REAL que ocorre comigo, a diferença é que não moro em São Paulo (graças a Deus, porque nessa conta, morar em São Paulo não vale a pena).

    Logan 2011 – Rodando média de 700 km / mês
    Trânsito Urbano 80% em média dá média 12km / Litro

    DESPESAS TOTAL ANOValor
    Gasolina 2400
    IPVA+DPVAT+LINCENCIAMENTO 1000
    Seguro 1600
    Revisão 2x Ano + Peças Reposição 2000
    Parcela Financiamento 580

    Total ANO 6580
    Despesas Média Mensal R$ 581,67

    Não estou questionando os números apresentados, posso estar esquecendo de algo, mas ao final do financiamento, imaginando que vou ter um veículo que vale uns 10 mil, é pouco em relação ao preço original que fazem os preços dos bens no brasil se inflarem e serem irreais, não comprei o carro pensando em fazer dinheiro, comprei para usá-lo, e no que foi proposto ele já pagou o que foi investido.

    Mas cada caso é um caso, por exemplo o seguro vai depender do perfil do usuário, do local onde você mora, onde deixa o carro dormir, e outros fatores.

    Mas é bom sempre fazer contas sobre essas comparações.

  • CanalhaRS

    Essas contas não serve para uma pessoa normal, apenas para quem usa o carro 24 horas por dia, com vendedores, talvez…

  • CanalhaRS

    Cara, como tu consegue gastar 2000 reais por ano com manutenção, rodando apenas 8.400km?? Tá certa esta conta?
    Ou tu "esmirilha" ou teu Logan é uma coleção de problemas.

  • Leandro1978

    Sou velho, daqueles cujo objetivo da vida é ter seu imóvel próprio e depois o veículo. Aluguer, pra mim, só em viagens…rs…

  • mendanha

    em um ano nao seriam 12 prestações de 580,00?? com isso, seriam 12.960 nessa conta ai…

    • p_ricardo

      12 x 580 = 12960 ?!?!

      num sei mas axo q sua calculadora ta meio estranha..

      • Lucas Salina

        Ele quis dizer somado às outras despesas.

  • Malonekell

    Seguindo essa mesma lógica, é melhor pagar aluguel ou financiar um imóvel? Com o boom imobiliário ocorrido no Brasil, está cada vez mais dificil achar um imóvel com boa localização e um preço justo. Pequenos apartamentos, com péssima localização e de acabamento duvidoso, estão custando uma fortuna. Além do mais, para financiar um destes, é preciso ter um valor para dar entrada, ter nome limpo, comprovar renda e vários outros entraves burocráticos, que encarecem o valor da parcela do novo imóvel. No entanto, ao final de longos anos, o seu imóvel terá se valorizado, o valor da prestação será devorado pela inflação e o imóvel é seu. Já quem mora de aluguel, nunca vai ter seu imóvel, o valor pago sempre é reajustado ano após ano, e ainda vc vive de mudança. Locar um veículo, só se for por um período determinado, pouco tempo, no máximo de seis meses, ou em circunstâncias quaisquer. Antes de comprar seu veículo, é preciso analisar o quanto ele vai lhe custar e se cabe em seu orçamento.

  • Fabio D.

    Estou muito tentado é a comprar meu próximo carro seminovo. Despachar o Cliozinho e pegar algo mais equipado e confortável, um sedã, talvez. Tem muita coisa boa por aí, o mercado tá bacana.

    O porém fica pelo cuidado que se deve ter pra comprar carro "usado", evitar as gambiarras e bombas do mercado. Levar num mecânico de confiança pra ele avaliar. Como já tenho o meu, facilita e muito.

    Estava vendo carros Renault, mesmo. O que acham do Megane Sedã? Bomba? Barato de comprar e bastante completo…

  • zeuslinux

    Se alugar carro fosse mais barato que manter, as locadora iriam à falência, simples assim.

    As locadoras também contabilizam a depreciação, o custo para as trocas de peças de desgaste natural (pneus, amortecedores, freios, etc) e tudo mais, além do lucro que elas precisam ter.

    Claro que elas compram os carros das fábricas bem mais baratos que nós e vendem com 2 ou 3 anos de uso em feirões de seminovos, mas mesmo assim os carros depreciam e têm despesas.

  • Andre Dias

    "No entanto, ao final de longos anos, o seu imóvel terá se valorizado"
    Há sérias controvérsias. Especialmente no mercado atual. A chance de você comprar um imóvel por 500 e ao final do financiamento perceber que ele vale na verdade 300 já é bem discutida no atual mercado imobiliário, sendo cada vez maior o número de economistas que acreditam em uma redução de preços. Aliás, já há alguns relatos nesse sentido: o fulano comprou na planta há anos atrás e, hoje, vendem o imóvel com valor MENOR do que o que ele financiou a perder de vista. Bom negócio? Muito relativo.

  • No caso pode até sair mais barato (coisa que eu dúvido) mas o seu carro é uma coisa que não tem preço.
    Quando precisar, por exemplo levar alguem ao médico, faz o que? Liga para um Taxi no meio da madrugada? Aluga-se previamente um carro? Não, corre e vê alguém que o tenha para chegar o quanto antes ao socorro.
    Isso também não conta a questão de uso, personalização e costumização do seu bem, coisa que não se deve fazer num alugado… enfim…

  • gabriel machado

    a conta ta mal feita, quantos % de entrada ?

    pq o do aluguel deixaria esse dinheiro rendendo

    ao final do financiamento o carro valeria mais que entrada ?

    se sim tem que descontar da parcela, se mais teria que acrescentar aos custos

    não vou calcular isso pois estou com preguiça, mas pra fazer uma reportagem deveriam fazer o calculo corretamente…

  • jhondasgupta

    a associaçao de locadoras ou sei lá quem ,pagou quanto por essa matéria?

  • jhondasgupta

    ou sao os bancos querendo subir ainda mais os juros?

  • Quatrodmaio

    Eu já tive a experiência de alugar carros para trabalhar e, posso assegurar uma coisa – e não estou defendendo as locadoras, que fique bem claro.
    A maior vantagem em alugar carro é que vc está sempre com um carro novo, em perfeitas condições e só paga o aluguel e seguro.
    Ou seja, despesas com IPVA, seguro obrigatório, licenciamento e manutenções são de responsabilidade da locadora.
    Se o carro "quebra" por algum motivo, tu liga na locadora e eles mandam teu carro para o conserto e te dão outro para continuar rodando.
    O ano virou, troca de carro. Sem alteração de preço (locação).
    Vc "cansou" da cor do carro, pede outra. A locadora (não todas) te atende.
    Vai trocar de carro financiado todo ano…

  • Elton_MS

    Na realidade, sua conta deveria apresentar o resultado de R$1163,33/mês, que é o resultado da soma das despesas e parcelamento do carro dividido por 12.

  • Guilherme

    Para a maioria dos casos, um carro é um bem PASSIVO, com o passar do tempo ele "comerá" seu dinheiro, ou seja, não é um investimento.
    Para o caso de uma locadora de veículos, o carro é um bem ATIVO, pois ele "trabalha" para você, já que a locadora está ganhando dinheiro com ele.

    Muitos confundem um bem com investimento, são coisas diferentes, um carro é um bem, mas nem sempre é um investimento.

    Eu vendi meu carro e agora ando de carro alugado, pois faço pouco uso, de 15 em 15 dias, aí compensa eu alugar ao invés de comprar outro. Além disso o seguro para o meu perfil é mais caro, pois tenho 24 anos. Mas, após eu comprar meu apartamento, eu irei comprar outro carro, pois irá compensar mais ter um carro próprio ao invés de alugar.

    Não há como fazer um conta de gastos generalizada, cada pessoa tem que colocar na ponta do lápis o que gastaria para comprar e manter um veículo próprio e o que gastaria para alugar e manter(combustível) um veículo alugado, e no caso de comprar um veículo, levar em conta o valor que receberia ao vender o mesmo. Mas lembrem-se sempre que um veículo é sempre um bem PASSIVO, próprio ou alugado ele vai "tomar" o seu dinheiro.

  • Lucas

    Na verdade, o aluguel versos compra depende muito da necessidade de cada um. Aqui na nossa empresa, nós damos o carro para os nossos gerentes (são três no total). A cada dois anos nós teriamos que trocar a nossa mini frota para não ficar com carros muito depreciados e velhos demais, logo a compra é como se fosse um aluguel só que pior: tem que dar uma grande entrada e sempre tem prestação pra cair no final do mais + revisões + IPVA + licenciamento + seguro + detalhes que aparecem ao longo do tempo. Atualmente estamos com 3 Bravos 14/14, conseguimos aluga-los por 2 anos (vigencia do contrato) por cerca de R$1.200,00 (cerca de 28.000 pra um carro que custa 60.000), e não temos mais despesas com IPVA, licenciamento, revisões, seguro, troca de pneus e o combustível sempre foi por conta dos gerentes. Como a locadora mantem todas as despesas do veículo e ainda lucra alguma coisa? Eu também gostaria de saber! Mas acredito que vários clientes prezos por 2 anos ou mais, a médio e longo prazo vale a pena pra eles, sem contar que batem a concorrência com esse valorzinho atrativo e chamam atenção pra uma clientela muito maior. Claro que tempos de negócios e bonus te garantem um descontinho nas mensalidades. Já eu, particulamente, tenho condições de comprar um carro, prefiro paga-lo a vista e deixar o valor das prestações ou aluguel pra pagar viagens, coisas para a casa, enfim. Tem que por na ponta do lápis não só o custo de um e de outro mas também o seu custo de vida. As vezes, alugar pode sair mais barato, mas será que compensa pra você esse compromisso?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email