Segurança

Carros com sistema keyless apresentam maior facilidade para roubo

Carros com sistema keyless apresentam maior facilidade para roubo

Carros com sistema keyless, aqueles onde você pode entrar no carro sem ter que usar uma chave física nem apertar botões em um controle, facilitam para ladrões roubar o carro. Sim, é isso mesmo.


Apesar de apresentarem uma comodidade maior aos ocupantes ao entrar e sair e dar partida no motor sem tirar a chave do bolso, os automóveis que usam chave keyless podem ser roubados com maior facilidade.

Como mostra o vídeo logo abaixo, do site Hack a Day, em cerca de apenas três minutos um carro da BMW, modelo 1M Coupé, foi destravado por hackers sem a utilização da chave original. Isso sem dúvida é algo muito sério!

Para o roubo da BMW em questão, os ladrões “moderninhos” utilizaram um dispositivo eletrônico, que foi ligado ao ODB (On-Board Diagnostic) do carro. Esse recurso é utilizado quando a chave apresenta falhas ou é perdida, com isso, os hackers conseguem invadir automóveis que dispensam o uso de chave física, sem disparar o alarme.


Esse dispositivo pode desativar sensores ultrassom presente no interior de determinados carros, que detectam intrusão e imobilizam o veículo, assim o carro não dispara o alarme quando é violado.

Veja logo em seguida como é efetuada a programação do dispositivo:

Sistema keyless – história

O sistema keyless apareceu no começo dos anos 80, nos modelos Ford Thunderbird, Mercury Cougar, Lincoln Continental Mark VI e Lincoln Town Car, e neles a Ford chamava o sistema de Keyless Entry System, depois o renomeando para SecuriCode.

Se tratava de um teclado numérico na parte externa da porta do motorista, acima da maçaneta. Cinco botões ficavam ali, onde a pessoa digitava o código para destravar a porta. Digitando o código novamente, todas as portas eram destravadas, e até mesmo o porta malas podia ser aberto dessa maneira.

Em 1984 a Nissan começou a oferecer um sistema parecido com o da Ford nos modelos Nissan Maxima e Nissan Fairlady, com a adição de poder baixar os vidros elétricos digitando o código, bem como abrir o teto solar. O teclado numérico também existia na porta do passageiro dianteiro, do outro lado.

Já abertura remota do carro usando um controle remoto apareceu pela primeira vez no modelo Renault Fuego em 1982.

[Fonte: Hack a Day]

Carros com sistema keyless apresentam maior facilidade para roubo
Este texto lhe foi útil??

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email