Governamental/Legal Trânsito

Carros com IPVA atrasado: podem ser apreendidos?

s%C3%A3o-paulo-transito

Por que é necessário pagar o IPVA? Se eu não pagar, quais são os riscos? Posso perder o carro e a habilitação? Se você tem essas e outras dúvidas, o Notícias Automotivas preparou um artigo completo com as respostas para essas e outras perguntas.


Caso você não tenha pago o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), seja porque não tem condições de quitar ou simplesmente perdeu o prazo, saiba que, infelizmente, você pode ter muita dor de cabeça.

Antes de listar as consequências, devemos antes saber o porquê é necessário pagar anualmente esse imposto. Criado para substituir a Taxa Rodoviária Única (TRU), o IPVA foi “lançado” em 1985 por meio de um projeto de lei que saiu de São Paulo (lei 804/85).

O Governo Estadual é responsável pelo recolhimento de toda arrecadação e divisão para o município, ou seja, metade é do estado e a outra da prefeitura, no caso, o restante vai para o município onde o veículo está registrado. Com esse imposto, obviamente, eles tem o dever de realizar melhorias nos serviços públicos, mas também pode usá-lo para cobrir despesas como, por exemplo, salários atrasados de funcionários.


Todos que tem obrigatoriedade de pagar o IPVA também tem o direito ao DPVAT (Danos pessoais causados por veículos automotores de via terrestre), mesmo assim, muitos não sabem porque e para que ele existe.

Ele serve para indenizar pessoas que são vítimas de acidentes de trânsito. Em casos mais graves, como de morte, os familiares poderão receber o seguro. Motoristas e pedestres têm o direito, mesmo sem a prova de culpabilidade. Cobertura de despesas médicas, hospitais e medicamentos variam de acordo com as gravidades, sendo o máximo R$ 2.700.

Já em casos de invalidez permanente o valor varia de acordo com as sequelas do paciente, o valor máximo a ser pago é de R$ 13.500, isso para cada vítima, em casos de morte a cobertura é de R$ 13.500 por vítima do acidente. O seguro cobre apenas acidentes. Para saber como funciona o DPVAT, basta acessar o site: seguradoralider.com.br.

acidente-de-transito-3

Geralmente você recebe em sua casa, via correios, uma carta com os valores e a data que deve ser paga. É possível também checar no site da Fazenda, para isso, é só digitar o número do RENAVAM, a placa do veículo, RG e CPF.

Mesmo não tendo regras para isso, é comum ter descontos para pagamentos à vista e o parcelamento em até três vezes. Vale ressaltar que cada estado tem autonomia para definir esses descontos.

Muitos não sabem, mas pessoas com deficiência e que tenha redução de mobilidade, tem todo o direito de solicitar à isenção do pagamento do IPVA. Saiba que 1 em cada 3 brasileiros pode ter isenção do imposto. São: deficientes físicos e mentais condutores ou não.

Em alguns estados eles oferecem isenção para quem tem câncer, são eles: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Paraná, Paraíba, Goiás, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Piauí. Por motivos de saúde, ainda são contempladas pela lei que tem: problemas graves na coluna, Tendinite Crônica, Hérnia de Disco, HIV, Doença de Parkinson e quem tenha feito cirurgia da coluna, joelho, punho e/ou Lesão de Ombro entre outras.

Além de todos esses casos citados acima, estão incluídos quem teve o carro furtado ou roubado, desaparecimento ou perecimento do veículo, arresto, sequestro, penhora, apreensão judicial ou apreensão administrativa para fins de averiguação ou instrução de inquérito policial, táxi e moto-táxi, entidades e pessoas com direito a tratamento diplomático, ônibus ou micro-ônibus utilizado no transporte urbano ou metropolitano em fretamento contínuo ou no transporte escolar.

Veículos com mais de 20 anos também não precisam pagar, em alguns estados, mesmo assim gera um grande debate já que eles poluem trinta vezes mais que os carros mais novos. Para pedir um dos benefícios, o carro deve estar no nome da própria pessoa que irá solicitar, você precisa obter a CNH especial em caso de deficientes, é recomendado procurar uma uma Auto Escola especializada.

Deve-se também apresentar um laudo médico, o Detran emitirá o documento e nele o próprio médico irá atestar o tipo de deficiência e incapacidade física. Com tudo isso feito, basta procurar a Secretaria da Fazenda de seu estado e aguardar o retorno e a aprovação da isenção.

Não paguei o IPVA, quais os riscos?

4400424

Agora que você já sabe para que serve o IPVA e para onde vai o pagamento desse imposto, vamos te explicar quais os riscos do não pagamento dele. É bom ficar atento porque os problemas podem ser grandes.

Caso atrase o pagamento, você pode receber um comunicado informando a pendência e a data para que seja quitada. Se mesmo assim não houver pagamento, o nome da pessoa poderá ser enviado para a lista de maus pagadores dos órgãos de proteção ao crédito: SCPC, Serasa ou SPC.

Uma das primeiras dores de cabeça, é o licenciamento, uma das principais taxas, que mostra se o veículo está em dia e se ele está liberado para trafegar em território nacional. É ela que permite a expedição do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV).

Sendo assim, o carro pode SIM ser apreendido e é a partir daí que vem mais problemas. É aplicada uma multa pelo tempo em que você fica sem pagar o IPVA, a porcentagem varia de estado para estado, você pode consultar no site do Detran.

Dessa forma, o motorista não poderá dirigir até que tudo seja resolvido com o governo. Se for parado pela polícia, terá que pagar os juros e as multas para regularizar a situação e o imposto atrasado. Ainda terá que arcar com os gastos dos dias em que o carro ficará parado no pátio do Detran. Para conseguir retirar o veículo de lá terá que enfrentar um processo burocrático e demorado. Em último caso, se o pagamento não for feito, o carro poderá ir para leilão.

OBS.: O que vai ser verificado em uma blitz, pelo policial, é o licenciamento. Se ele estiver em dia e o IPVA estiver atrasado, você não terá problemas. No entanto, isso só acontece durante alguns meses, já que pouco tempo depois do IPVA vencido é necessário fazer o licenciamento do ano corrente, o que não é possível sem o IPVA devidamente pago.

Planeje bem e evite dívidas com o governo, como você viu, a dor de cabeça é grande. Caso ainda tenha dúvidas, procure o site da Fazenda ou Detran do seu estado.

COMPARTILHAR:
  • Geraldo Xavier

    Não tem dinheiro pra manter o carro é simples. É só não comprar
    Carro é pra quem pode e não pra quem quer. Acho que além de dpvat deveria ser obrigatório seguro pra terceiros.
    Se o valor do ipva e do dpvat é correto é outra discussão.

    • EDU

      Nao concordo com voce. As vezes por forca maior acontencem algumas coisas que acabam impedindo as pessoas de pagar o ipva. Tem gente que nao paga mesmo. Mas tem pessoas que por algum problema acabam nao conseguindo pagar ou mesmo atrazando. Cada caso e um caso. Mas nao e legal generalizar e dizer que quem nao tem condicoes nao deve ter carro. Se nosso transporte publico fosse decente eu mesmo seria um que nao teria carro. Nao prq nao tenho condicoes de manter pois tenho 3 veiculos na minha residencia mas sim pelas facilidades do transporte e economia.

      • Geraldo Xavier

        Se não teve dinheiro pra pagar por algum imprevisto que utilize o transporte público até ter condições de pagar o imposto. Isso não é desculpa. Se o transporte público fosse eficiente eu pensaria em usar mais o mesmo. Em casa tenho 2 carros por necessidade. Quando ocorre problemas com 1 deles dou prioridade a minha esposa em usar por maior necessidade dela. Mesmo sendo péssimo quando necessário uso ônibus na boa.

      • Geraaaaldo

        Esse meu xará tá doidao kkk

      • th!nk.t4nk

        Só não concordo 100% contigo Edu, porque também já vi muito caso de gente que diz estar sem dinheiro pra pagar as contas, mas não deixa de ir a restaurante chique, comprar roupa de marca e até fazer viagens caras (“ah mas é que a passagem já estava comprada com antecedência”). Claro que não se pode generalizar, mas eu diria que uma parte considerável desses casos aí incluem pessoas com péssimo gerenciamento financeiro e bastante cara de pau. De resto, transporte público no Brasil também é roubo, infelizmente (muito caro por ter baixíssima qualidade).

        • José Barbosa

          Isto é verdade. Como funcionário público, e pelas distorções existentes no sistema, vejo muitas pessoas que são relativamente bem remuneradas, para a nossa realidade, e tem problemas financeiro sérios. Além, claro, da cultura perdulária de banânia. Não participa de qualquer coisa, é pão duro, e pode ser até alijado do convívio social, numa repressão muito mais forte do que aquele que endivida-se além do que pode.

          • Hodney Fortuna

            Hoje em dia só quem compra carro novo no brasil são funcionários públicos, pequenos, médios e grandes empresários e funcionários de cargos mais elevados em empresas. Carro no brasil para as massas é LUXO então, elas só tem duas opções: se sujeitar aos péssimos transportes públicos ou se aventurar nas motocicletas sofrendo riscos e causando problemas no trânsito!

        • Tenho uma vizinha que ficou meses sem pagar a taxa do Cond… Mas as prestações do Mitsubishi ASX 2011 (ano do lançamento) ela não deixava de pagar (A sindica TiTiTi tinha me contado o motivo rsrsrs). Lembro que na época custava R$ 96.990 a versão 4×4. Valor esse que era 50% do valor de uma unidade no cond.. na época. Sem falar que nem o Apt era quitado era financiado. Pense… para ostentar, se endividava mesmo. Antes ela tinha um Sandero Básico.

      • Cristiano_RJ

        EDU, “motivos de força maior” explica mas não justifica. Seja o que for que aconteça com o cidadão, ele não está isento de não honrar (assiduamente) com suas obrigações. Seja ela o IPVA, outro imposto qualquer, o condomínio do prédio onde reside, a escola dos filhos, o cartão de crédito, o empréstimo bancário, o salário dos seu(s) empregado(s) ou até mesmo um empréstimo que pegou do amigo. Se a ocorrência que o levou a ficar inadimplente for sazonal, cabe a ele tentar renegociar prazos e juros, quando aplicável, ou arranjar outra fonte de financiamento para quitar sua dívida. Se a ocorrência for permanente, ou de longo prazo, que se desfaça de algum(ns) bem(ns) para poder ficar quites com o Estado, o estabelecimento bancário ou comercial, com o condomínio ou o amigo; inclusive o próprio carro se necessário for. Portanto, em última instância eu concordo sim com o colega Geraldo Xavier, se o cara não puder ter carro, que não tenha. Estar impossibilitado de pagar o IPVA por dificuldades financeiras não é justificativa.

        • Ronald

          Meu amigo, você sabe, sempre assassino embaixo dos seus comentários, mas agora, pela primeira vez, vou discordar. Conheço pessoas que necessitam do carro para trabalhar, como taxistas, uber, assistência técnica e etc. E foram roubados, não o carro, mas no dinheiro da empresa ou o seu mesmo, ou tiveram grandes clientes roubados, enfim, uma situação tipo a escolha de Sofia. Não podemos simplesmente generalizar porque cada um tem particularidades específicas. Eu já passei quase 5 anos com ipvas atrasados pois minha empresa faliu, mas precisava atender os clientes remanescentes que fizeram questão de continuar com as minhas consultorias e consertos de equipamentos eletrônicos. Eram empresas distantes e o carro era imprescindível, mas eu tinha que escolher entre a manutenção, combustível e o meu rango, e o ipva do governo. Tenho certeza que se você estivesse no meu lugar faria a mesma coisa. Não com gosto, porque eu também não gostava e você sabe bem como é a PM aqui no RJ. Felizmente, pela minha teimosia e persistência, mesmo “contra a lei”, pude me recuperar e hoje nem preciso mais trabalhar. Mas e se eu tivesse pensado como você? Não vou andar de carro porque “não é certo” andar com imposto vencido, e aí, talvez, nunca tivesse saído do buraco. Há casos e casos… 😀

        • Hodney Fortuna

          IPVA em Estados como SP não há negociação! Se você atrasa um ano essa divida muitas vezes chega a triplicar de valor tornando impagável e assim retendo o seu carro para que vc nunca o venda ou rode pela cidade! Como afirmei o IPVA é um crime legal contra a Propriedade Privada! É uma forma de o governo controlar não apenas sua liberdade de locomoção como também associação estatal de seu bem!

      • Hodney Fortuna

        O IPVA por si é um imposto abusivo que FERE LEGALMENTE O DIREITO A PROPRIEDADE. No lance moral esse imposto é ILEGAL mas, legal por ser constitucional! O Estado se julga dono de pequena parte da propriedade do seu carro o que configura totalitarismo estatal, coisa de país socialista!

    • Sergio Quintela

      Quem usa em propriedade rural compensa não pagar, já que não dá nada. Em 20 anos vc compra outro carro com o que economizou, e ainda sobra.

      • Wise Old Man

        Eu só compro carro “finan” e “Não pago” pra rodar na minha fazenda.
        Sou malandrão

      • TijucaBH

        Problema é que ainda vai sujar o nome da pessoa. Nesse caso, é melhor entao nem emplacar o carro.

      • Michel Soares Pintor

        Se ninguém ta vendo pode fazer errado! Jeito Brasileiro de ser que está levando o pais a essa m***!

        • Bufallobill

          Se ele não esta andando em via pública não tem o porque de pagar imposto (que deveria ser destinado apenas para manutenção da vias).

          • José Barbosa

            1. Imposto não é vinculado;
            2. A questão não é andar ou não, até porque, invariavelmente, mais cedo ou mais tarde ele anda, e utiliza direta ou indiretamente, mas estar à disposição (embora questionável, é assim que é a lei);

          • invalid_pilot

            Imposto é sobre a propriedade e não circulação.

        • “Perguntador”

          Não é jeitinho brasileiro, a lei define que o veículo precisa ser usado no transporte viários de cargas ou pessoas para incidir o imposto. Se a pessoa tem uma fazenda grande o suficiente para andar de carro lá e resolver comprar um só para esse fim, não há necessidade de emplacamento e pagamento de IPVA.

          • Thiago

            A lei não define nada disso. O fato gerador do imposto é a propriedade, não o fato de ser usado para isso ou aquilo. Por lei ele estaria obrigado ao pagamento do tributo independente de utilizar somente para fazer rally na fazenda dele. Agora, se ele não emplacar não sei se o Estado tem mecanismos para se aperceber do atraso no tributo. Mas isso é outra história, independente do Estado ter como identificar ou não ele está obrigado.

            • “Perguntador”

              Eu discordo, o artigo 130 do CTB estabelece o seguinte:
              “ Art. 130. Todo veículo automotor, elétrico, articulado, reboque ou semi-reboque, para transitar na via, deverá ser licenciado anualmente pelo órgão executivo de trânsito do Estado, ou do Distrito Federal, onde estiver registrado o
              Veículo. “
              Transitar em via pública é requisito para obrigação de licenciamento, se não precisa licenciar também não precisa pagar o IPVA, até pq o Estado não teria como controlar a cobrança do imposto de veículos não cadastrados.

              • Thiago

                IPVA e licenciamento são coisas completamente distintas. Você misturou as duas. Veja que eu só falei do imposto. Seu fato gerador
                independe de circulação

                • “Perguntador”

                  São coisas distintas, mas interligaras. Não vejo como pagar o IPVA de um veículo não registrado (que não tem Renavam, placa etc). Como o Estado vai lançar o imposto?

                  Mas ok, essa situação é muito específica e não deve valer a pena o Estado criar uma forma de cobrar imposto sobre esses veículos, que são poucos.

        • Sergio Quintela

          Dado que imposto é roubo, sonegar é legítima defesa.

          • Thiago

            Imposto não é roubo. Toda federação precisa dele para custear os gastos públicos. Roubo é o que os políticos fazem após com o dinheiro arrecadado. Sonegar não é legítima defesa, portanto. Esse raciocínio que você se vale é desculpa esfarrapada para justificar o cometimento de crime de sonegação. Se quer que os outros façam o correto comece por você.

      • Gutto Morais

        Pra evitar isso hoje o CPF do proprietário vai pro serasa. Não tem como não pagar…

    • Xandy Paiva

      Falou o milionário.
      Respeite as outras pessoas, nem todo mundo tem as mesmas condições que vc, é só por isso , não significa que eles não possam ter um carro.

      • Ricardo

        Podem, mas que caiba no orçamento e não para ostentar!

        • Xandy Paiva

          É disso que estamos falando, ninguém tá falando de Camaro, Ferrari ou Mustang.
          Aliás se o cara tiver um desses e aí não pagar aí sim ele tá de sacanagem.
          Agora existem pessoas que suam pra ter um carrinho que hj em dia não é luxo e sim necessidade.

          • TijucaBH

            Suam pra ter um carro e no custo do carro tem que incluir impostos e manutenção. Se nao tem condições de manter, nao tenha!
            Hoje com 100 mil dá pra comprar um aviao monomotor mais velho, valor de um SUV. Quem nao queria poder viajar no proprio avião, na hora que quisesse, sem enfrentar filas nos aeroportos? Mas vai ver o custo para se manter um avião… Sorte que no caso da aviação a fiscalização é rígida!

            • Cristiano_RJ

              Pois é. Incrível como as pessoas acham “normal” justificar o injustificável com explicações como essa.

            • Fico imaginando um avião cair e se os passageiros viessem a falecer devido ao acidente. Depois fosse comprovado falta de manutenção na aeronave e o diretor da empresa provasse por relatórios financeiros que não tinha dinheiro para fazer a devida manutenção. Será que essa situação seria aceita pela sociedade e parentes das vítimas? Creio que não.

              • TijucaBH

                Isso aí

          • Ernesto

            Ué, mas o Geraldo falou em Camaro, Ferrari ou Mustang?
            Quem compra carro tem que ter em mente que há despesas, muitas (impostos, manutenção, combustível…! Não importa se é um Fusca, Fiat 147 ou um Fusion 0Km.

      • Cristiano_RJ

        Essa eu não entendi. Desde quando precisa ser milionário para pagar o IPVA de um carro popular? Se não tem, nem classe média baixa é e não pode realmente ser proprietário de um automóvel.

    • Nicolas_RS

      Seu comentário é digno de pena, no Brasil é caro por causa dos impostos e da alta taxa de lucros, sem falar nos seguros !

      • Xandy Paiva

        GE por causa de pessoas com pensamentos egoístas como estes e que o Brasil está assim.
        Partindo desse princípio, se um trabalhador que suou pra comprar sua casinha, ganha o mínimo é infelizmente não teve dinheiro pra pagar o IPTU na data, tem que ir pra baixo da ponte com a família.
        Lamentável

        • TijucaBH

          Carro é luxo, casa nao! Ninguém perde uma casa propria em leilão porque deixou de pagar IPTU. Pode sujar seu nome, mas vc nao perde a casa!
          Carro nao é pra quem tem dinheiro pra comprar, é pra quem tem dinheiro pra comprar e manter!

        • Cristiano_RJ

          Já eu penso o contrário. Você tem que estar dentro da lei. Se há um imposto a ser pago, sem entrar no mérito se o valor é elevado ou não ou se o Estado faz a parte dele ou não, TODOS os cidadão tem que estar quites com ele e ponto final. Isso não é egoísmo, isso é o correto. Se o cara não tem condições financeiras de arcar com os custos desse bem (manutenção + impostos + seguro + combustível) então que não tenha. Isso não tem nada a ver com egoísmo. Eu penso que o “Brasil está assim”, como você disse, justamente porque os brasileiros acham que podem burlar as regras a todo tempo.

          PS. Não estamos falando em IPTU e sim em IPVA. Casa, todo mundo tem que ter. Carro, você pode viver sem que não irá morrer.

        • Olha, creio que é exatamente o contrário. Se todos cumprissem com suas obrigações, sejam morais, financeiras, tributárias e cível o Brasil estaria bem melhor. Enquanto parte da população querer achar uma desculpa para não cumprir seu dever o Brasil sempre vai ser o que é.

    • Danillo Santos

      Belo raciocínio… Vislumbro um almofadinha dando chilique na rua por causa de um pai de família trabalhador que encostou seu chevete na traseira da Mercedes dele causando um prejuízo de uns 1500 reais… O almofadinha acha absurdo o cara dizer que vai vender seu chevete e pagar o restante do conserto em 6x, pra não deixar os filhos morrerem de fome; daí exige que o policial prenda imediatamente aquele meliante vagabundo, senão meu tio que é juiz vai ferrar todo mundo! Realmente é um absurdo permitir que esses carros antigos possam rodar, teriam realmente que pagar 15.000 reais de ipva anualmente, só pra proteger nossas Mercedes, BMW e etc…
      Desculpe, foi só um exercício de imaginação

      • Xandy Paiva

        É bem por aí, típico caso de quem ganhou o primeiro carro do papai….

      • Louis

        Eu entendo o que ele quis dizer. Ele mesmo diz que, se o valor é justo, seria outra discussão. Mas se é obrigatório, têm que pagar.
        Eu mesmo ando de carro velho porque acho o IPVA um absurdo. Tem muito carrão importado andando sem pagar IPVA, inclusive Ferraris.

        • TijucaBH

          O povo aqui morre de dó do pobre coitado que juntou um dinheirinho e comprou im carro velho mas nao tem condições de pagar ipva. Brasileiro tem que aprender que se ele juntou 10 mil pra comprar um carro, ele precisará de outros 400 mensais pra manter e pagar gasolina.
          Em 2009 comprei um Corsa 2001 GLS completo e na época muitos amigos falaram pra eu comprar um vectra 98 no mesmo valor. Como eu nao tinha condições de bancar um consumo maior, uma manutenção mais cara, etc, mantive minha ideia no Corsa. Fiquei com o carro por 3 anos, mas nesses 3 anos o carro continuou impecável!

        • Danillo Santos

          Existe a maneira certa de falar qualquer coisa, concordo que o imposto tem que pagar; mas daí a dizer que “carro é pra quem pode e não pra quem quer” soa arrogância e estimula a segregação entre pobres e ricos, acirrando as tensões sociais desnecessariamente… Politicamente isso é péssimo, estamos vendo o clima de intolerância causada por posturas como essas

          • Zé Mundico

            Bobagem, carro não é direito, é uma conveniência que acarreta outros gastos acessórios (seguros, manutenção, taxas, impostos, etc. etc)
            Infelizmente a esmagadora maioria das pessoas acha que apenas pelo fato de “poder pagar” um carro, vai ter condições para sustentá-lo indefinidamente. Compra quem quer e paga quem pode.

          • Xandy Paiva

            Liga não Danilo, vivemos num país “super justo e ótimo” , e aqui estamos cheios de riquinhos que só pensam neles mesmos.
            Tem gente que acha, que porque uma pessoa não pagou, é meu carácter, típico pensamento de gente que nunca passou dificuldades na vida.
            E lógico que no final todos acabam pagando, senão não podem andar sem licenciamento.

      • Mas nessa situação também caberia ao dono da Mercedes ter seguro. É como eu ter carro e a apólice cobrir no máximo 100 mil. Aí um acidente com uma Ferrari e o custo do reparo é de 500 mil. O dono da Ferrari que também tenha seu seguro.

        • Danillo Santos

          Com certeza amigo, vc entendeu exatamente o que eu quis dizer

    • KOWALSKI

      Queria ver se esse seu ”ferro e fogo” fosse levado ao pé da letra em todas as esferas da sua vida pra ver se você teria essa opinião. Típico egoísta que nunca passou necessidade na vida. ”Se o meu está garantido, os outros que se danem”. Carro também é pra quem precisa.

      • Cristiano_RJ

        O que o cara falou não é ferro e fogo e não tem nada a ver com egoísmo. É o correto. Fato. Se há uma obrigação legal, tem que ser cumprida. Essa tendência do brasileiro em burlar regras e encontrar atalhos e justificativas para tudo é o nosso câncer social que dá origem à maioria dos nossos problemas. E se ele não cumpre a “ferro e fogo” o que diz em outras esferas de sua vida, está errado também, mas isso não torna sua opinião errada neste caso em específico.

      • Zé Mundico

        De certa forma ele está certo. O problema é que o brasileiro desenvolveu o péssimo hábito de achar que seus problemas pessoais podem servir de desculpa para tudo, até para fazer o que não pode.
        Problemas todo mundo tem, desde pobre até rico. Saber lidar com isso e ter consciência dos seus limites é o que diferencia as pessoas.

    • invalid_pilot

      Falou pouco e falou besteira.
      Vá pagar imposto pra político e funça público mamar nas tetas patrocinado por nós.

      No mundo civilizado esse teu discurso não cola.

      • Cristiano_RJ

        Amigo invalid_pilot, nossas opiniões costumam ser alinhadas em uns 90% dos casos, mas não é este o caso agora em específico. Discordo fortemente do seu comentário. Sim, acho o valor do IPVA injusto. Sim, estou pu**** da vida porque vejo que meu imposto não retorna em forma de serviços dignos, condizentes com o que pago. Mas nada disso muda o fato de que eu tenho obrigação de pagá-lo. Estar dentro da lei não é opcional, é obrigatório, e discordar disso é justamente corroborar com o raciocínio que leva o nosso país a ser assolado por corrupção em todos os níveis, desde o policial na blitz caça níqueis até o político de alta influência, passando pelo grande empresário corruptor. Atrasar o IPVA por descuido ou eventual dificuldade financeira pode acontecer com um ou outro, explica mas não justifica, e o cidadão estará sujeito às consequências previstas em lei. Simples assim. Mas se o cara não tem dinheiro para manter um automóvel, inclusive pagar o IPVA, então ele não deve ter carro.

        • SDS SP

          IPVA é imoral, mas até onde eu sei é um imposto, que por sua vez compulsório. Se não quer carregar esse fardo, melhor não ter um carro. Pior que muita gente com o imposto atrasado é aquele que anda de carrão para mostrar o que não é (por pura vaidade), e pode ter certeza de que é o mesmo fulano que atrasa o condomínio, ferrando com a vida do restante dos vizinhos.

          • Cristiano_RJ

            Pois é, não entendo esse modelo mental de que “ah, o cara é pobre” e aí vem aquela tendência assistencialista e paternalista de querer “perdoar” a dívida. Lembro há uns 15 anos atrás ter visto e criticado um carro caindo aos pedaços, um perigo para todos à sua volta, e um amigo ter retrucado “ah, mas não é todo mundo que tem condições de manter o carro em bom estado”. Ora, se não tem condições, então que não tenha carro. Queria ver ele falar isso se o filho dele fosse atropelado por um carro com pneus carecas e freios “na lona” porque o motorista não conseguiu parar a tempo. Se ele ia dizer “coitado do cara, é pobrinho”.

        • invalid_pilot

          Não disse que sonegar o IPVA seja correto, só digo que defender pagar valor de um imposto (que ao meu ver é abusivo) de forma elitista e sem noção como esse ser disse é errado .

          • Guilherme

            Além de ser uma defesa totalmente elitista e passiva perante ao estado ainda é um defesa contra o próprio questionamento desses impostos. Pensamento legalista é assim, os caras não fazem uma diferenciação entre leis justas e injustas, logo nenhuma pode ser questionada. Eles comparam todos os crimes como se eles fossem iguais. Como se o “crime” de sonegar um imposto injusto fosse igual o crime de cometer um assassinato. É o mesmo argumento de espantalho utilizado para dizer que quem furou fila alguma vez na vida não pode criticar político que rouba milhões. Só observo e sinto pena dessas ovelhinhas que sentem mais cidadãos que os outros porque conseguem pagar o IPVA em dia em quanto outros não.

            • invalid_pilot

              O cara ali parece que tem mais direito do que os outros porque paga mais imposto… Isso que ninguém se tocou no discurso dele.

    • Nelson Oliveira

      Nossa, quer dizer que o pobre coitado que precisa do carro, que, muitas das vezes, garante o sustendo da familia, atrasar um IPVA você vai cair matando em cima dele dizendo “É pra quem pode, não pra quem quer’? Realmente, eis a prova que o brasileiro tem um ódio mortal pelo próximo

      • José Barbosa

        Adoro a classe média falida que não sabe que já é muito no Brasil ter o suficiente para comprar gasolina. Não devem conhecer cortiço nem por Aloísio de Azevedo.
        Fato: para colocar um carro na rua, tem que ter prioridade. Este papo de qualidade do transporte coletivo é uma longa lenga-lenga, a maioria da “classe média falida” JAMAIS vai aceitar utilizar ônibus, mesmo que seja atendida por linhas com bancos de sobra e ar condicionado, até porque, muitas vezes, utilizar um compacto, mesmo que racional, é simples ou humilde demais.
        Noves fora, a maioria dos Estados já adota algum tipo de abono de tributo para veículos antigos, ou o tributo, embora não seja esta característica, tem uma reciprocidade. Não basta TER um carro, e sim MANTER. O Murilo Couto faz uma piada muito curiosa com jatos. Não gostaria de ganhar um nem de graça, porque a própria manutenção me levaria à falência. À sua forma, veículos, e tudo o mais, deve ser pensado também assim.

      • Mas será que realmente são os pobres que não pagam Ipva? Certa vez vi uma reportagem sobre atraso em pagamento de condomínio , a administradora do condomínio foi categórica em afirmar que a maioria dos atrasos ocorrem em imóveis de alto padrão, já nos populares era muito baixo a inadimplencia.

    • Bikudin

      Que comentario mais Chupeta heim filho???

    • TijucaBH

      Concordo 100% com o que voce disse. Se a pessoa está sem dinheiro, como consegue colocar gasolina? Porque sem gasolina o carro nao anda, mas com imposto atrasado, manutenção deficiente, etc pode? NAO!
      Aqui em MG o ipva é pago nos 3 primeiros meses, porem a policia começa a cobrar o CRLV do ano em junho, portanto se alguem teve algum problema financeiro no inicio do ano, ainda tem até o meio do ano pra regularizar sem ter o carro rebocado.
      Acrescentaria uma ideia em relação ao seguro que quem tem seguro total, que inclua danos pessoais, estaria isento do dpvat, pois está pagando 2 vezes pelo mesmo serviço.

      • Geraldo Xavier

        Infelizmente tá cheio de moralista aqui

    • F30FLORIPA

      Concordo, até pq carros com mais de 10 anos de uso não pagam IPVA.

      • Cristiano_RJ

        E eu acho que carros antigos, menos seguros e que quebram com mais frequência, deveriam é pagar mais imposto e não menos. Usam as vias do mesmo jeito, só que causam mais ferimentos com despesas para a saúde pública e engarrafamentos, além de poluir mais o meio ambiente.

    • Gutto Morais

      Nos Estados Unidos é obrigatório seguro contra terceiros. Sem ele, você não pode rodar e se for pego vai pro pátio. Também concordo com a obrigatoriedade deste seguro afinal o que mais tem por aí é pessoas sem seguro e sem compromisso.

      • José Barbosa

        E vale lembrar que se todos tivessem seguro, ele tenderia a ser significativamente mais barato. Não sei hoje quanto é, mas lembro de uma reportagem muito antiga comparando o daqui com o de lá e pelo benefício pode-se dizer que era bastante barato.

    • Hodney Fortuna

      Sou a favor da obrigatoriedade do Seguro opcional para terceiros mas, em substituição ao DPVAT! O Estado não tem o DIREITO MORAL DE EXTORQUIR O CIDADÃO! Somos a nação mais corrupta do Mundo então, não temos a prova concreta de como esses recursos são dirigidos de fato!

      • Geraldo Xavier

        É só juntar os 2 em um só.

  • Carlos Eduardo Stambuk Santos

    O bacana nisso tudo é que os políticos que criam essas leis caras e absurdas que só nos honeram andam de carro com motorista, gasolina, manutenção e sem custo de aquisição para eles com o nosso dinheiro, mas errados de não pagar somos nós!!!

  • Wise Old Man

    Tem que ser apreendido e leiloado para pagar (ainda que minimamente) a dívida fiscal.

    Quem é cidadão de bem, cumpridor e honesto, paga seus impostos em dia (leia-se respeita as leis brasileiras).

    Quem não cumpre deve sofrer as consequências, caso contrário, aquele que cumpre é que paga o pato.

    É o velho exemplo do imposto de renda: quem é assalariado e tributado na fonte chora e a mãe não vê; lado outro, alguns autônomos criminosos sonegam à vontade e nada acontece.

    O País onde quem pode mais, se locupleta nas costas alheias. Isso tem que mudar.

    Portanto, IPVA atrasado = pátio e leilão.

    • Danillo Santos

      Discordo parcialmente… Se fosse possível pagar o licenciamento anual desvinculado de multas que porventura estejam em defesa prévia, aí tudo bem (inclusive houve uma decisão judicial sobre esse assunto recentemente, não sei em que pé está). Nesse caso quem não pagar realmente está errado e teoricamente poderia ter seu veículo recolhido.
      O problema é que os Detrans não permitem isso e quem tem multa em defesa prévia tem que pagá-la para fazer o licenciamento, daí quando ganha a causa tem que esperar muito para reaver seu dinheiro sem correção monetária. Não sei se esse procedimento é legal, mas que é imoral, isso é!

      • Wise Old Man

        Eu licenciei meu carro com multas em defesa. A multa ficou com “efeito suspensivo”.

        Só não consegui mais licenciar quando indeferiram o recurso da multa.

        Não sei se é diferente no seu estado.

        • Danillo Santos

          Moro em Goiânia/GO… Tenho uma multa de 3k e não consegui licenciar porque ela tá em defesa prévia. E isso já tem uns 8 meses

          • Retrato do Papai

            Por lei são obrigados a suspender a multa caso o recurso não seja julgado em 30 dias

            • Danillo Santos

              Caramba, não sabia, obrigado

    • MMM

      Sonegar imposto é legítima defesa.

      • Wise Old Man

        Legítima defesa pressupõe cumprimento de lei. Sonegar equipara o sujeito a bandidos, como Sérgio Cabral.

        A diferença é que ele tem bilhões na mão, você tem a merreca da sua renda. Se o sonegador estivesse no lugar dele, gerindo bilhões, com a índole de um bandido (surrupiador de dinheiro que não lhe pertence) roubaria tanto quanto.

        A diferença é apenas de oportunidade.

        • MMM

          Se vc se sente a vontade doando a merreca que ganha para mensalao, trensalao, entre outros, fique a vontade. Os companheiros do Sergio Cabral contam com voce.

          • Wise Old Man

            Não é questão de querer doar nada.
            É lei, tem que cumprir.
            As leis não são feitas somente para serem cumpridas quando gostamos delas.

            • Xandy Paiva

              Eusébio, concordo com seu ponto de vista, e espero que concorde com o meu tb.
              Pois estas mesmas leis que vc diz , parece que só funcionam pro povão.
              Eu duvido que a maioria dos políticos paguem os IPVAs de seus carros particulares com dinheiro do próprio bolso, devem fazer seus esquemas costumeiros.
              Não estou dizendo que estão certos, mas lei no Brasil somente prós pobres.

              • Wise Old Man

                “Ou se instaura a moralidade geral, ou nos locupletamos todos”
                – Apparício Torelly, aka Barão de Itararé, humorista e radialista gaúcho.

                Em suma, ou TODOS (pobres envolvidos) cumprimos a lei com rigor, ou essa zona NUNCA vai acabar.

                Eles (os políticos) é que não vão tomar a iniciativa de cumprir as leis, se o povo também não cumpre.

                • Xandy Paiva

                  Concordo
                  O fato é simples, a palavra Imposto, ou seja não é uma opção, e sim uma imposição, no final todos acabam pagando senão não fazem o licenciamento.
                  Na vida a maioria das coisas que nos são impostas , com certeza não são boas, senão não precisariam impor….

                  • Wise Old Man

                    Vc acha que o ser humano é tão bonzinho assim?
                    Que não precisa “impor” nada, ele aceitaria tudo de bom grado… Eu tenho minhas dúvidas.

            • MMM

              A questão não é gostar ou não. A questão é que o Estado não cumpre seu papel , logo me sinto desobrigado de cumprir o meu.

              É como uma vez que estava conversando com um colega de uma certa religião e perguntei pra ele pq pagava o dízimo, se sabia que o pastor desviava boa parte disso e ele respondeu que fazia a parte dele é o pastor ia se ver com Deus.

              • Wise Old Man

                Vai ficar nesse jogo de empurra pro resto da vida.

                Os políticos fingem que fazem alguma coisa, o povo finge que cumpre a sua parte.

                Quem vai tomar a iniciativa, nós ou eles? Enquanto isso, os assalariados CLT pagam imposto de renda obrigatório, enquanto médicos, prestadores de serviços, grandes empresas etc não pagam.

              • Louis

                Cara, realmente é revoltante o que fazem com dinheiro público.

              • Thiago

                Se você se sente desobrigado de fazer o seu, lembre-se que não pode reclamar do país que tem.

                • MMM

                  Muito pelo contrário, eu deixo de fazer o meu pq não existe retorno sobre o que deveria. De qqr maneira, tenho hoje pouca coisa no Brasil.

                  • Thiago

                    Sua postura retroalimenta a corrupção e sonegação. Se você se sente bem assim, volto a dizer: não pode reclamar do país que aí está

      • Gil de Piento

        Se sonegar imposto for legítima defesa, então um sem teto invadir imóvel sem uso também seria. Vivemos em sociedade e é preciso organizar essa vida, não dá para olharmos somente nosso umbigo e nossa ganância.

        • MMM

          Sua analogia foi muito infeliz. Se eu comprei um imovel, posso dar o uso que quiser para ele, inclusive deixar sem uso. Se o imovel tivesse sido roubado por um politico, deveria ser invadido mesmo.

          • Gil de Piento

            Todos os imóveis particulares são historicamente frutos de roubo. Justamente por isso fiz essa analogia.

            • MMM

              Ah sim, claro, aquela história que roubaram dos índios, etc. ..

    • Alessandro Araujo

      O Estado tem outras maneiras para cobrar impostos atrasados. Sua postagens não tem respaldo legal.

      • Wise Old Man

        Claro que tem: Constituição, isonomia.

        Quem paga as contas em dia não pode ser penalizado pelos estelionatários.

  • Xandy Paiva

    A pergunta é: E apreendido se estiver com o IPVA atrasado ou se não licenciar devido ao IPVA estar em atraso, pois são duas coisas diferentes.
    Por exemplo, placas final 0 o licenciamento e somente em dezembro, a pessoa pode optar por pagar tudo junto, e aí como fica?

    • Josh Rios

      Essa é a minha duvida! Ao meu ver só o ipva atrasado, mas com licenciamento em dia não é motivo para o carro ficar retido, mas não tenho certeza.

    • Pedro Neto

      A materia nao separou estas duas questoes

      • Xandy Paiva

        Realmente é aí estamos na dúvida NA.
        Por favor poderiam nos esclarecer?

        • O que o policial vai verificar na blitz é somente o licenciamento… é esse o documento que tem que estar em dia para rodar. Se você está com o licenciamento em dia, digamos, em maio, e o IPVA desse ano ainda não foi pago, vc não vai ter problemas.

    • Filipe Augustus

      Eu estava com meu IPVA atrasado porem o licenciamento não, eu passei no blitz e pediram para eu parar, na hora que a policial viu o documento que estava em dia, ela nem olhou mais nada, só mandou eu ir embora e desejou boa viagem!!!!!

    • Aristeu Junior

      Se tua placa é final 0 e no teu estado o licenciamento vence em dezembro, tu tem até o mes de dezembro pra pagar o licenciamento e deixar o carro legal.

      Você não precisa pagar o IPVA no mês de janeiro por exemplo, nem podem apreender seu carro pelo fato do IPVA estar sem pagamento. Porém ao não pagar o IPVA até o vencimento, você fica devendo o Estado, vai rolar os juros, se tu precisar tirar uma certidão de nada consta de débitos não vai poder… bem como não conseguirá licenciar o veículo quando chegar o mês do prazo.

  • Jose Silva

    Brasil é o único lugar do mundo que você compra um carro que tem cerca de 60 a 70% de imposto e ainda tem que pagar 4% de imposto anual daquilo que já é seu e foi comprado com aproximadamente entre 60% a 70% de imposto para ter o documento do carro.

    Cara, isso é insano, se você falar com qualquer gringo no mundo inteiro pode ser até com Venezuelano eles não vão acreditar. Nem em Cuba deve ser assim. É altamente insano você já ter que pagar 70% de imposto em um carro Zero e ainda pagar mais 4% de imposto anual em cima do que ele vale para ter o documento sendo que quando você comprou já pagou um absurdo de imposto.

    Precisamos aprender a votar, isso é algo muito sério, fora da realidade de qualquer lugar no mundo.

    • Wise Old Man

      Mas aqui o imposto de renda é relativamente baixo.

      Alemanha, Itália, França, Japão, todos têm imposto de renda maior.

      Os EUA têm maior imposto nas transações imobiliárias e transmissão de herança.

      Aqui é um dos únicos países do mundo onde os empresários não pagam imposto na divisão de lucros.

      Aqui, optamos por deixar a maior carga tributária no consumo, ex: IPI e ICMS (que afeta o preço de veículos por exemplo).

    • Diogo Vasconcelos da Silva

      A verdade meu amigo…que nos nao temos nada…falam tanto do socialismo…Mas no capitalismo do Brasil ninguem eh dono de nada…Se nao pagar Ipva perde o carro…se nao pagar Iptu perde a casa

      • Wise Old Man

        Nunca existiu e nem vai existir socialismo no Brasil.

        E nem é bom que exista, porque aí nós da classe média perderíamos o pouco que conquistamos.

      • th!nk.t4nk

        O Brasil tem o pior dos 2 mundos cara: tem impostos de país socialista, com a falta de serviços públicos de país liberal. Ou deixa a grana com o cara pra decidir como usar, ou dá os serviços de qualidade. Mas no BR te tiram os 2.

    • Rafael Henrique Arruda

      Tem um detalhe grave nessa história. Pagamos imposto sobre imposto. Um carro de 50 mil, tem uns 18 mil de imposto, aí vc vai lá e paga o ipva sobre os 50 mil quando deveria pagar sobre os 42 mil. To pensando seriamente em quebrar meu punho para ter direito à isenção de impostos.

      • Louis

        O Loola cortou o dedinho para se aposentar por invalidez.

        • Gil de Piento

          Sempre faço questão de desmentir essa notícia fake, por ser deficiente. O Lula não se aposentou por invalidez. Ele recebe uma indenização do INSS desde os anos 1990 por ter sido preso na ditadura. O dedo dele foi um acidente ocorrido aos 18 anos, e após isso ele continuou trabalhando. É triste ver pessoas com estudos e acesso à informação querendo acreditar em mentiras e ainda divulgá-las, isso quando não o fazem por questões de caráter mesmo.

          • Louis

            Pode ser fake, na verdade é um tipo de piada.
            Mas é a cara do Loola, um sujeito mitomaníaco sem escrúpulos, que é capaz de botar culpa de seus crimes na recém falecida esposa. Um cara que é capaz de enganar milhares de pobres para conseguir desviar bilhões de dinheiro público, a fim de manter sua quadrilha no poder, merece ir para o inferno.

    • invalid_pilot

      Concordo. Imposto sobre propriedade de um bem de uso pessoal é absurdo e abusivo.

      Deveria ser pago somente por quem tem lucro financeiro no uso do carro .

    • José Barbosa

      O problema é, na verdade, bastante simples. O Brasil tem uma economia predominantemente informal. A única forma relativamente eficiente e menos injusta de se tributar atingindo a todos é através do consumo, especificamente em bens de alto valor agregado, rastreáveis e de cobrança centralizada.
      Cansei de ver no banco pessoas que tinham vários bens e declaravam, quando declaravam, renda de salário mínimo, ou próxima disto, para fugir do leão. E dada a realidade, era realmente inviável à Receita aferir caso a caso, embora fosse razoável presumir renda com base em propriedade, ao menos para iniciar as ações fiscais.
      Em outras partes do mundo, de fato, há modos diferentes de se trabalhar, mas o imposto sobre a renda é absurdo. Um brasileiro JAMAIS aceitaria ver 40 a 70% do seu salário bruto descontado em Imposto de Renda.
      Se tiver a curiosidade, é relativamente fácil achar simuladores, por exemplo, do imposto de renda alemão. E aí lembrar que lá é um país rico, em que a massa de contribuintes é muito maior. Tudo bem que há contrapartida em serviços públicos, mas não dá para pensar que todos os problemas do mundo se resumem à nossa carga.

      • Realmente… nos últimos meses infelizmente tivemos um grande aumento na carga de impostos para empresas optantes pelo Simples, que emitem somente notas de serviço, em alguns casos passando de 8% para 16%… a gente fica revoltado, mas ainda é uma carga muito menor que em países mais ricos.

  • Geraaaaldo

    Taxation is theft

  • Wise Old Man

    O IPVA tem que ser modificado.

    Eu sou a favor de IPVA progressivo pelo valor/tipo do carro, ex:

    .carro 1.0, híbrido e elétrico, diesel comercial: isento
    .até 2.0 (ou acima 140 cv): 2%
    .até 3.0 (ou acima 180 cv): 3,5%
    .até 5.0 (ou acima 250 cv): 6%
    .maior 5.0 (ou acima 350 cv): 9%

    Com esse caráter pessoal e progressivo do IPVA, poderia ser aplicado em IPI e ICMS, favorecendo a redução (e não aniquilação) da desigualdade, cabendo a uma parcela mais ampla da população conseguir comprar um bom carro.

    Quem quer se dar o luxo de ter carro supérfluo (ex: 3.6 de 380 cv, Range Rover etc) contribui para que o amiguinho consiga sair do Gol Quadrado 1995 e compre um bom carro 0km. Movimenta até a economia.

    Lembrando que redução de desigualdade não é extinguir as desigualdades (o que seria comunismo, onde todos são iguais).

    • Alessandro Araujo

      A matéria quanto à alíquota do IPVA é de competência de cada Estado da União. Não é simplória dessa maneira.

  • Marcos

    IPVA é roubo.

  • Alessandro Araujo

    Não há nenhuma menção no CBT quanto a apreensão do veículo por conta do IPVA atrasado. A apreensão se dá por conta do licenciamento vencido – o qual não é possivelmente fazer sem quitar o IPVA. No estado do Rio de Janeiro já há lei estadual que permite o licenciamento do veículo com o IPVA atrasado.

    • Xandy Paiva

      É o jeito que eles dão de forçar as pessoas a pagarem
      O que não entendo e a multa absurda que é cobrada por atraso, e uma porcentagem surreal, e fica tudo por isso mesmo, ninguém fala nada.
      Outra coisa, porque em cada estado tem seu percentual diferenciado?
      Além do fato de que acho que no Paraná vc pode pagar as três parcelas, um mês sim é outro não, aliviando o início de ano do contribuinte, que já é tão pesado.

      • “Perguntador”

        No Paraná as parcelas vencem em janeiro, fevereiro e março. Para pagar em cota única também é em janeiro, com 3% de desconto.

        • Xandy Paiva

          Ok, devo ter me enganado, acho que as datas de licenciamento é que são diferentes em relação aos finais de placas.
          Obrigado

      • José Barbosa

        A constituição prevê regras gerais, mas como tributo estadual, cada ente escolhe se vai instituir, e quanto vai cobrar. Da mesma forma que as alíquotas são diferenciadas, também há uma enorme diferença na qualidade do serviço prestado. O erro não é cobrar diferente, mas quando se cobra muito sem a devida retribuição.

  • Carlos Sá

    IPVA e multas são tributos e como tais devem ser inscritos em Dívida Ativa para que possam ser cobrados pelo Estado por meio de ação judicial.
    A multa quando em devesa prévia tem sua exigibilidade suspensa, não podendo ser cobrada até a decisão final.
    Nos dois casos (IPVA e multas) mesmo que não pagos não podem ser impeditivos de receber o CRLV, pois a taxa de licenciamento é que deve está em dias para o documento ser emitido.
    Assim, o recolhimento do veículo como meio de cobrança dos tributos (IPVA e multas) é confisco o que é proibido pelas leis brasileiras.
    Porém, no Brasil o Estado comete muitos desmandos e não é responsabilizado por isso, e os cidadãos não cobram o devido cumprimento, principalmente pela morosidade da Justiça.
    A NA deveria escrever um artigo que abordasse essa temática, de que o Estado comete abusos na cobrança dos tributos.

    • José Barbosa

      multa não é tributo.

  • Bikudin

    A unica explicação no meu ponto de vista o IPVA é pra encher bolsos de politicos pq aqui em SP é um valor absurdo pq alem dos carros do Brasil q são de má qualidade as estrada tb são.

  • Bikudin

    IPVA aqui em SP é para encher bolsos do politicos pq alem de nossos carros serem de má qualidade as estradas tb são.

  • Louis

    IPVA é um dos grandes motivos pelo qual ando de carro velho.
    É absurdo pagar 4% todo ano do valor do bem que em teoria é seu. Perco toda vontade em andar em um carro de R$100k, tendo que pagar 4K todo ano para o desgoverno saffado. Fora o seguro, porque os meliantes ficam de olho.

    • Zé Mundico

      Então ande num de 50 mil.

      • Louis

        Sim, é uma alternativa. Desanima pagar o dobro do IPVA só porque seu carro é mais caro, tecnológico, seguro, polui menos, etc.

        • Guilherme

          Espere ser criticado por querer “ostentar” e andar em um carro caro pelos gênios que não entendem que capitalismo saudável é aquele em que as pessoas são incentivadas a buscarem aumentar seu padrão de vida e não o contrário, como aqui em que o país te desanima de comprar carro, montar empresas e etc.

    • Gil de Piento

      O IPVA é estadual, você paga ao desgoverno saffado do seu estado. E de qualquer maneira, taxas sobre automóveis existem até em países “de primeiro mundo”, não é exclusividade nossa.

      • Louis

        Eu sei que é para o estado, mas não deixa de ser saffado. Aliás, o que mais tem é desonestidade no que é público, nos níveis federal, estadual e municipal. E nos 3 poderes, executivo, legislativo e judiciário. Quanto menos eu precisar dar dinheiro para essa corja, melhor.

  • D136O

    Texto superficial

  • Milton Baptista

    No Rio de Janeiro os carros da guarda municipal eram emplacados em Belo Horizonte. Pior, com ipva não pago, e com documentação atrasada. Agora imagine se a guarda municipal vai apreender os próprios caros, alguns com pneus carecas em péssimo estado de cuidado.

  • Bufallobill

    O Estado é uma máfia, você é extorquido para não ter sua propriedade privada sequestrada.

  • Alberto Sergio Chagas

    Duas coisas: aqui no RN, o IPVA é isento apenas para veículos adaptados para deficientes físicos e não para quem tem ou teve câncer. Meu pai teve câncer (graças a Deus está curado) e, por isso, pesquisei no site da secretaria de tributação daqui do RN; outra coisa é que se eu for parado numa blitz e o IPVA estiver atrasado e o agente do Estado quiser apreender o veículo, posso oferecer pagar o imposto naquele momento? O agente do Estado teria que aceitar se eu pudesse fazer o pagamento na hora via aplicativo de internet banking?

    • José Barbosa

      A meu ver, não pode. O agente constatou o fato de que você não está com o veículo licenciado, e não tem (ou mesmo não “quer”) verificar qualquer outra pendência que tenha impedido o licenciamento. A apreensão do veículo é obrigação vinculada, ou seja, não cabe a ele fazer juízo de valor, uma vez constatado um fato.

  • marcos

    Na verdade o IPVA é mais um abuso tributário deste país, quando se compra um veículo já se paga um monte de impostos e todo o ano tem que se pagar o licenciamento e seguro obrigatório…até aí tudo bem, mas ter que pagar anualmente para usar um bem que é teu e que você já pagou o imposto na compra…é demais!!! Além do combustível que já tem um monte de impostos e que torna o uso do veículo diariamente muito pesado ao bolso. Além é claro de estradas pedagiadas que só aumentam os gastos de andar de carro. Manter um carro no Brasil é quase para milionários!!! Ah, já ia esquecendo…ainda tem o Seguro, porque a insegurança e violência no trânsito tornam obrigatório ter um seguro hoje em dia. Não é fácil…

    • José Barbosa

      Mas o raciocínio não é este, e sim de presunção de capacidade contributiva. O Estado escolheu o IPVA como uma forma de aferir que você pode ajudar “mais” do que aqueles que não possuem automóveis.

  • Xandy Paiva

    Pessoal vou encerrando minha participação neste fórum e me preparando para outros kkkk, e quero deixar bem claro minha posição.
    Sou a favor da apreensão caso o carro não esteja licenciado, mas sou contra se o mesmo estiver com o licenciamento em dia e apenas o IPVA atrasado.
    Pois quando chegar o momento de fazer o licenciamento, a pessoa vai ter que pagar de qualquer jeito é além do mais já estará sendo penalizado, pois pagará a multa por atraso que não é baixa.

  • Hodney Fortuna

    eles tem o “dever de realizar melhorias nos serviços públicos” KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK,

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email