Carros compactos com preços nada compactos!!

Carros compactos com preços nada compactos!!

Quando dizemos que um carro é compacto, logo pensamos num modelo de dimensões reduzidas, com um motor menor e preço mais baixo. Bem, quase isso, pois os preços dos compactos não são nada compactos.


A verdade é que existem opções compactas em quase todos os segmentos, como hatches, sedans e até SUVs/crossovers. Seja para andar em cidades grandes, ou simplesmente pela preferência do consumidor, eles atendem uma boa parcela do público brasileiro.

O problema é que, assim como ocorre em todas as outras categorias, os compactos não tem preços chamativos como alguém poderia imaginar. Desde os subcompactos Kwid e Mobi, até modelos premium, os valores estão cada vez mais assustadores.

Pensando nisso, decidimos montar uma lista com os 10 modelos compactos mais caros em cada uma das três categorias citadas acima, sempre levando em conta a versão mais cara de cada modelo.

Deixamos de fora as marcas premium, que de outra forma responderiam por quase todas as posições nessa lista, assim como os elétricos, que sempre custam muito mais caro que seus correspondentes a combustão.

Os preços usados para ordenar cada categoria são referentes aos modelos sem opcionais, mas em alguns casos também citamos os valores ainda mais absurdos que eles alcançam quando equipados ao máximo.

Confira!

Hatches compactos com preços nada compactos

Volkswagen Polo GTS – R$ 126.190

Carros compactos com preços nada compactos!!

Entre os hatches compactos, o Polo GTS é aquele que apresenta o preço mais alto. É verdade que estamos falando sobre uma versão com motor mais forte e visual diferenciado, mas será que ele vale quase R$ 130 mil?

Ele foi lançado por aqui em janeiro de 2020, com preço inicial que já assustou muita gente: R$ 99.470. Em pouco mais de 20 meses, o esportivo da Volkswagen teve um aumento de quase 27%.

Mas é claro que a situação pode ficar ainda pior se você optar por uma cor metálica (azul, cinza ou prata), que custa R$ 1.585, e ainda adicionar as rodas de 18 polegadas, que acrescentam R$ 1.780. O valor final pularia para R$ 129.555.

Em termos de equipamentos, o Polo GTS vem com quatro airbags, ar-condicionado digital, detector de fadiga, faróis e lanternas em LED, sensor de chuva e crepuscular, painel digital e multimídia VW Play com tela de 10 polegadas.

Seu principal atrativo, porém, é o motor 1.4 TSI de 150 cv e 25,5 kgfm de torque, associado ao câmbio automático de 6 marchas. Com esse conjunto, ele acelera até os 100 km/h em 8,4 segundos e chega a 207 km/h de velocidade máxima.

Peugeot 208 Griffe 1.6 AT – R$ 104.990

Carros compactos com preços nada compactos!!

A história do Peugeot 208 é interessante quando falamos sobre seus preços. Em seu lançamento, que ocorreu em setembro de 2020, os preços chegavam a R$ 94.990, o que gerou algumas críticas à marca.

Com seguidos aumentos, esse valor máximo chegou a R$ 99.990, mas então a Peugeot decidiu mudar sua estratégia e diminuiu os valores de todas as versões. A configuração topo de linha Griffe caiu para R$ 90.990.

Ótimo, certo? O problema é que isso não durou tanto, pois em menos de três meses o modelo francês já custa R$ 104.990 em sua versão mais equipada. Ou seja, ele está ainda mais caro em relação aos valores citados acima.

Para compensar, a Peugeot coloca itens como seis airbags, painel digital 3D, carregador wireless, multimídia de 7 polegadas, sensor crepuscular e de chuva, alerta de colisão, leitura de placas de velocidade, alerta e correção de permanência em faixa, teto panorâmico e rodas diamantadas de 16 polegadas.

O problema mesmo é que nem essa versão aparece com o motor 1.6 THP, se limitando ao mesmo 1.6 aspirado de 118 cv e 15,5 kgfm (com câmbio automático de seis marchas) das opções mais baratas.

Toyota Yaris XLS Connect 1.5 CVT – R$ 104.760

Carros compactos com preços nada compactos!!

O Yaris nunca conseguiu brigar entre os mais vendidos de seu segmento, então a Toyota aproveita para cobrar preços bem salgados daqueles que realmente querem colocá-lo na garagem.

O reajuste divulgado em agosto de 2021 assustou esses interessados, fazendo com que a versão mais cara XLS Connect ultrapassasse, pela primeira vez, a barreira dos R$ 100 mil. Pouco tempo depois, outro aumento elevou o preço para os atuais R$ 104.760.

Mas o que oferece um dos hatches mais caros do país? Assim como as opções intermediárias, essa configuração vem com o motor 1.5 de 110 cv e 14,9 kgfm, associado ao câmbio CVT de sete velocidades.

Entre os equipamentos, ele tem faróis automáticos, rodas de 15 polegadas, acabamento em couro, piloto automático, sensor de chuva, sete airbags, multimídia de sete polegadas com Android Auto e Apple CarPlay, teto solar, entre outros. Achou pouco? Nós também.

Outros hatches com preços salgados:

Sedans compactos com preços nada compactos

Volkswagen Virtus GTS – R$ 133.090

Carros compactos com preços nada compactos!!

Muitas marcas vendem versões bem parecidas de seus modelos nas carrocerias hatch e sedan, e também aumentam seus valores de forma simultânea. Isso acontece, por exemplo, com o Polo e Virtus na versão GTS.

O Volkswagen não tem muita concorrência quando falamos sobre sedans compactos esportivos, mas ele cobra caro por isso. Depois de ser lançado por R$ 104.940 em fevereiro de 2020, sua tabela já subiu 26,8%.

Assim como no caso do Polo, o Virtus GTS pode ficar ainda mais caro com pintura metálica e rodas de 18 polegadas, alcançando R$ 136.465. Ou seja, ele fica mais caro que um Corolla GLi 2.0 (R$ 132.890) ou um Civic EXL 2.0 (R$ 134.900).

A lista de equipamentos é bem parecida com a vista no hatch, bem como a motorização 1.4 TSI de 150 cv. O que muda é o porta-malas, que cresce de 300 para 521 litros, e a aceleração até os 100 km/h, que sobe para 8,7 segundos.

Nissan Versa Exclusive 1.6 CVT – R$ 112.890

Carros compactos com preços nada compactos!!

O Nissan Versa é outro sedan compacto com preço bem alto em nosso mercado. O que ajudou a empurrar seus valores para cima foi a presença do V-Drive, o antigo modelo que ainda era vendido quando a nova geração chegou.

Mesmo assim, a Nissan não foi nada tímida em divulgar seguidos reajustes desde seu lançamento, em outubro de 2020. Nesses 12 meses, o Versa mais caro pulou de R$ 92.990 para R$ 112.890, uma alta de 21,4%.

Para justificar, a marca se apoia na enorme diferença entre o Versa antigo e o modelo renovado. Todas as versões vem com seis airbags, sensor de estacionamento, assistente de partida em rampa, controle de tração e estabilidade, sistema de som e chave presencial.

Pulando para a opção mais cara Exclusive, você ainda leva ar-condicionado automático digital, faróis inteligentes em LED, alerta de tráfego traseiro, câmeras 360º, monitoramento de ponto cego, multimídia de 7 polegadas com Android Auto e Apple CarPlay, rodas de 17 polegadas, entre outros.

O motor não muda entre essas versões, sendo sempre o mesmo 1.6 aspirado de 114 cv e 15,5 kgfm, nesse caso com câmbio CVT.

Toyota Yaris Sedan XLS Connect 1.5 CVT – R$ 108.590

Carros compactos com preços nada compactos!!

Lembra das muitas similaridades entre Polo e Virtus na versão mais cara? O mesmo ocorre com o Yaris em suas versões hatch e sedan, ambos cobrando bem caro pela configuração XLS Connect.

Diferente do irmão menor, o Yaris Sedan sempre usa o motor 1.5 Dual VVT-i 16V, entregando 110 cv e 14,9 kgfm. O câmbio também não é alterado, com o CVT Multidrive de 7 velocidades em todas as opções de acabamento.

O que muda é exatamente a quantidade de itens de série apresentados por cada versão. Mesmo assim, a lista não tem nada diferente do hatch e nem o nível de tecnologia apresentado por alguns rivais. Como pontos positivos, podemos destacar o nível de segurança oferecido pelos sete airbags.

Não ter uma lista tão generosa fica ainda pior para o sedan, pois ele custa R$ 108.590 (ou quase R$ 4 mil a mais que o hatch), oferecendo apenas um porta-malas maior, com 473 litros.

Confira outros sedans compactos com preços bem altos:

SUVs e crossovers compactos com preços nada compactos

Jeep Renegade Trailhawk 2.0 Diesel – R$ 180.990

Carros compactos com preços nada compactos!!

Chegando à última categoria, vemos que os SUVs compactos oferecem um nível mais alto de equipamentos, mas os valores cobrados assustam em alguns casos. Um deles é o Jeep Renegade.

O queridinho dos brasileiros tem outras versões mais procuradas, mas a topo de linha Trailhawk é a mais completa. A começar por seu motor 2.0 turbodiesel (que aparece desde a Moab, que custa R$ 159.990), que entrega 170 cv e 35,7 kgfm, com câmbio automático de 9 velocidades.

Essa opção topo de linha traz detalhes visuais exclusivos, é mais alta em relação ao solo e vem com sete airbags, ar-condicionado dual zone, faróis full LED, multimídia de 8,4 polegadas, piloto automático, sensor crepuscular e de chuva, entre outros.

Como opcionais, tem o Pacote Adventure Intelligence e o teto solar, que elevam o preço final para R$ 191.480. O problema é justificar a diferença de R$ 12 mil para a versão Longitude, que tem o mesmo conjunto mecânico e boa parte desses itens.

Suzuki S-Cross 4Style-S Allgrip 1.4 Turbo – R$ 178.990

Carros compactos com preços nada compactos!!

Responda rápido: quantas vezes você já viu um S-Cross nas ruas de sua cidade? A verdade é que o modelo da Suzuki chega a ser desconhecido de boa parte do público, e seu preço beirando os R$ 179 mil não ajuda nisso.

Atualmente, ele é vendido apenas na versão 4Style-S Allgrip, que vem com motor 1.4 turbo de 146 cv e 23,5 kgfm de torque, com câmbio automático de seis marchas e tração 4×4.

Além desse bom conjunto mecânico, o S-Cross tem sensor de luz e de chuva, chave presencial, botão de partida, start/stop, teto solar, rodas de 17 polegadas, controle de tração e estabilidade, seis airbags, ar-condicionado dual zone e bancos em couro.

Tudo isso mostra que a Suzuki tem um bom produto em mãos, mas a falta de uma atualização visual (tão importante nesse segmento) e o valor tão alto realmente impedem o S-Cross de fazer mais sucesso por aqui.

Mitsubishi Outlander Sport Black Edition HPE AWD – R$ 175.990

Carros compactos com preços nada compactos!!

O nome bem comprido acima pode fazer os menos atentos imaginar de qual carro estamos falando, mas o Outlander Sport é simplesmente um ASX de cara nova e preços bem altos.

A versão Black Edition chegou em meados de 2021 como uma versão especial e limitada, mas ainda permanece no configurador da marca e por isso ganhou seu lugar nessa lista. Como o nome diz, ela traz um acabamento escurecido para o modelo.

O que não muda é o motor, que continua sendo o 2.0 aspirado de 170 cv e 23 kgfm de torque, com câmbio automático CVT de seis marchas. Como o nome indica, ele também vem com tração 4×4.

A lista de equipamentos inclui rodas de 18 polegadas, ar-condicionado automático, multimídia de 9 polegadas, sete airbags, controle de tração e estabilidade, banco do motorista com ajustes elétricos, monitoramento de pressão dos pneus, sensor crepuscular e de chuva, entre outros itens.

Veja outros utilitários compactos que custam caro no Brasil:

Viny Furlani

Formado em Gestão de Negócios, trabalha no segmento automotivo há mais de 17 anos. Em 2009, passou a escrever avaliações e notícias sobre carros, totalizando mais de 2.000 artigos, em vários sites. Além das matérias escritas para o NA, também cuida das mídias sociais do site.