Etc Longform

40 carros importados oficialmente que ninguém sabe que existem no BR

40 carros importados oficialmente que ninguém sabe que existem no BR

Após décadas de proibição da importação de veículos, finalmente, em 1990 os portos se abrem aos importados. E os consumidores brasileiros, sedentos por novidades, os recebem de braços abertos. No entanto, após três décadas, é possível observar  que nem todos foram queridos ou prestigiados pelos compradores e caíram no esquecimento.


Outros chegaram na hora errada, quando o dólar subiu repentinamente após a adoção do câmbio flutuante. Em poucos meses, a cotaçao de US$ 1,00 por R$ 1,00 quase dobrou. Preparamos uma lista descritiva com várias opções e configurações de carros – e também  marcas – pouco lembrados pelo público. E por vezes desconhecidos. Garimpando bem, é até possível encontrar opções interessantes entre eles.

Que tal uma Station Wagon (perua) pouco maior que uma Quantum, com boa mecânica e com assentos para 7 pessoas a R$ 5.300,00? Terás uma Renault 21 Nevada 1992. E um cupê Chevrolet (Opel na Europa) com estilo esportivo ano 1994 e motor 2.0 16v na casa dos R$ 14.000,00? Encontrarás o Calibra.

E um sedan com bom acabamento que tem a mesma mecânica dos primeiros Vectra 2.0 e pode vir com ABS, Airbags e câmbio automático a preço de um fusca conservado? Sorria, em algum lugar tem um  Daewoo Espero te esperando por cerca de R$ 9.000,00.


Veja outros (clique no nome dos modelos para ver fotos):

Alfa Romeo 145 Hatchback 2 portas – de 1996 a 1999 – a partir de R$ 11 mil

Alfa Romeo 147 Hatchback 4 portas – de 2003 a 2005 – com câmbio “F1” e borboletas no volante a partir de R$ 42 mil

Alfa Romeo 155 Sedan 4 portas – de 1995 a 1997 – a partir de R$ 13 mil

Alfa Romeo 156 SportWagon (Versão SW do 156) de R$ 2001 a 2004 – tinha opção de um engenhoso câmbio de 4 marchas semi-automático que poderia ser “cambiado” igual um câmbio manual comum ao invés do sistema sequencial + e -. A partir de R$ 28 mil.

ASIA MOTORS – A Asia tem “filhos” conhecidos como Towner e Topic, mas poucos sabem que ela é a “mãe” deles. Trouxe também o jipe Rocsta 2.2 Diesel em 1994 e 1995. Estes custam a partir de R$ 21.700,00. Esta marca foi englobada pelo grupo Hyundai-Kia

Citroёn AX Gti de 1992 a 1995. Tem motor 1,4i de até 100cv. As mocinhas diriam que é meigo e os marmanjos, um canhãozinho. Por menos de R$ 5 mil, mocinhos e mocinhas podem desfilar com um.

Citroёn BX (Hatchback médio 5 portas) – de 1992 a 1993 – Por R$ 4.600,00 – ou menos – você leva.

Citroёn Evasion (minivan médio-grande) de 1995 a 2001 – teve até versão turbo. Quem dirigiu elogiou estabilidade e desempenho! A partir de R$ 19.600,00 (turbo) é possível evadir-se por aí com a família.

Citroёn XM Break (Station Grande) – de 1992 a 1995. Traz a suspensão Hidropneumática. Separe R$ 8 mil e leve uma pra casa, sem trancos.

Cross Landermarca que trouxe SUV rústico estilo Land Rover Defender. De 2003 a 2006. A partir de R$ 34 mil.

Chrysler 300 M (sedan grande tração dianteira) – de 1998 a 2001. Projeto conjunto com a Mercedes-Benz, dona da marca na época.  Tinha motor 3.5 V6 18v e câmbio sequencial. A partir de R$ 26.500,00

Daewoo Nubira (Sedan e SW médios) – de 1997 a 1999 – Veio depois do Espero. E vendas baixas o Esperavan. Por R$ 8.700,00 iniciais e paciência para responder diariamente à pergunta “Amigo, que carro é esse?” vocè terá um Sedan ou SW bem completinhos.

Daewoo Prince Ace e Super Salon (Sedan grande) – de 1994 a 1995 Aliás, uma barca! Tinha motor 2.0 e, caso um farol dianteiro quebrasse, era só adaptar um de Monza “tubarão”. A preço de Monza, partindo de R$ 8 mil.

Daewoo Tico (Hatchback microcarro 4 portas) – de 1994 a 1995. Mais um na casa dos R$ 5 mil

Daihatsu marca japonesa que ofereceu  microcarros, microvan e microSUV – entre 1994 e 1999 – de R$ 5 a R$ 19 mil.

Fiat Coupé (cupê médio idealizado pelo polêmico designer Chris Bangle, aquele das BMW) – de 1995 a 1997 – Na FIPE a partir de R$ 24.409,00

Fiat Tempra SW de 1995 a 1997, poderia ser chamada de “Raimunda”, feia de cara e boa de porta-malas. Partindo de R$ 7.600,00

Honda Legend (sedan grande) – Na verdade, um Acura. De 1991 a 1998. A partir de R$ 20 mil.

Honda Odissey (minivan para 6 pessoas) – ao contrário de outras, as portas não eram de correr. De 1996 a 1998. A partir de R$ 19 mil.

Honda Prelude (cupê médio) – bem presente em festivais de tuning e filmes do gênero. Com tecnologia VTEC, esteve entre nós de 1992 a 1995. Na faixa de R$ 15 mil iniciais.

Hyundai Coupé “Tiburón” de 1997 a 2003, sendo 2.0 ou V6 2.7 e partindo de R$ 16.500,00 hoje em dia

Hyundai Elantra (Sedan e SW médios) – Sim! Ele já esteve aqui, mas sem divulgação não ficou famoso. De 1992 a 1995 e depois de 2001 a 2004. E juntinho com os primeiros Sonata! Os primeirinhos, 1.6, saem a R$ 7.400,00. Um Sonata 1992 2.0 a R$ 7.200,00. E a Elantra SW, que veio de 1996 a 1998 com motor 1.8 16v pode ser sua por preços a partir de R$ 10.300,00

Hyundai Excel (hatchback pequeno de 2 ou 4 portas) – de 1991 a 1995. Uma das maiores pechinchas desta lista: preços começam por pouco mais de R$ 4 mil.

Hyundai Galloper (SUV grande, uma espécie de Pajero Full Genérico, uma geração atrasada) – de 1998 a 1999. Com motores V6 gasolina ou Turbodiesel. Com R$ 17 mil é só “garrar” um e cair no mato!

Hyundai Scoupe (cupê esportivo) – importado de 1992 a 1995. Com R$ 6.600,00 iniciais você leva um carro de visual interessante e com bom motor 1.5 MPI. Que muita gente nunca viu.

Infiniti Q45 (chegou como Nissan Infiniti) – de 1991 a 1992. Tinha suspensão ativa de F1. Por R$ 10 mil e após procurar muito bem, você pode casar com ele.

Kia Carens (Minivan média) – É para sete passageiros. Esteve aqui de 1999 a 2001 e, embora coreana, saiu à francesa e retornou só em 2008. E está aí até hoje, podendo ser comprada zero Km! As primeiras, usadas custam R$ 17.900,00. Zero Km partem de R$ 69.400,00

Kia Carnival (Minivan grande, com opção Diesel) – Estilo Chrysler Caravan. Está desde 1999 entre nós. Pouco aparece. Seu coração já “bateu” a Diesel. Hoje, só a “petróleo”. As 1999, vc encontra por R$ 21 mil. Novinha em folha, 3.5 V6, por R$ 124.900,00.

Kia Clarus (Sedan e SW médio-grandes) – Esteve por aqui de 1997 a 2000. Motor 2.0 16v, manual ou automático. Com preço inicial de pouco mais de R$ 8 mil.

Lada – Uma das primeiras marcas de importados a chegar (1991). E uma das primeiras a sair (1996).  Sua procedência é russa. Seus modelos eram defasados, mas os preços eram competitivos. O que fez mais sucesso foi o jipe Niva. Também vieram Laika sedan e SW e Samara 2 e 4 portas, que não se mostraram tão robustos como prometiam.  O dólar subiu e o consumidor passou a não querer mais levar seus tiranossauros pra casa. Um Laika 1.5 dos primeiros sai a R$ 2.500,00. Um Niva a R$ 12 mil. Dizem os criativos de plantão que algumas peças de 147 servem nos Lada.

Mahindra Uma marca indiana, que comprou uma coreana, a Ssangyong. Traz SUV e picape cabines simples e dupla com projetos não tão modernos, porém robustos e com motor Diesel common-rail. De 2008 até hoje. As primeiras custam ao redor de R$ 40 mil.

Mazda 626 Segunda Geração (Sedan e SW médio-grandes) – A Mazda trouxe duas gerações de seu 626. A 2ª foi bem pouco vista. De 1998 a 2000, a partir de R$ 13.500,00. Depois disso a marca saiu do País.

Mazda B2200 e B2500 (picape média) – irmã da Ranger e com carinha das primeiras Hilux, tinha motor Diesel e podia ser simples ou dupla. A partir de R$ 14 mil CS 4×2.

Mazda MPV (minivan média) – De 1992 a 2000. Motor V6. Se vir uma anote a placa e compre um bilhete.Na tabela a R$ 12.410,00.

Mitsubishi Diamante (sedan grande) – de 1991 a 1993. Seu por R$ 12 mil.

Mitsubishi Space Wagon (minivan média) – de 1993 a 2004. Uma Minivan por R$ 11.600,00. Que tal?

Mitsubishi Grandis (minivan grande) – de 2005 a 2008. Para sete pessoas. A partir de R$ 43 mil

Mitsubishi L300 (van grande) –van metida a Besta. De 1995 a 2000. Diesel. Por R$ 17 mil. E pode virar seu ganha-pão.

Nissan Frontier AX e DXAinda importadas. De 1998 a 2000. A diesel, mas sem turbo. Na casa dos R$ 28 mil

Nissan Primera (Sedan médio) – De 1997 a 2000. Na época de ouro do Vectra…briga difícil pra ele. Passou meio batido. Hoje sai por R$ 13 mil iniciais

Nissan Quest (minivan) – de 1993 a 1996 – Famosa nos EUA. Aqui nem tanto. Sinta-se um americano ao volante por R$ 15 mil.

Nissan Terrano II (SUV grande, Diesel) – de 1995 a 1997, partindo de R$ 27 mil.

Peugeot 205 (Hatchback e Cabriolet pequenos) – de 1993 a 1998. Pode ser seu por menos de R$ 5 mil. Faça rolo na sua CG e pega um pra xunar!

Peugeot 306 (Hatchback, Sedan, SW e Cabriolet médios) – de 1995 a 2000 por cerca de R$ 7 mil iniciais.

Peugeot 307 SW teto panorâmico – de 2003 a 2008. Estilosa, ninguém pode negar. E custando a partir de R$ 26 mil com motor 2.0 e câmbio manual.

Peugeot 504 (picape a Diesel para 1.300 Kg) – De 1992 a 1999. Se beleza não for fundamental, você não tiver bursite (não tem direção hidráulica) e nem dó de por o carro pra trabalhar duro, poderá ter uma por R$ 8.500,00. E movida a Diesel.

Renault Grand Scénic – (2008-2009). Irmã rica e francesa da Scénic. Sete lugares. Um bom “problema” para você: Custa cerca de R$ 49 mil. Preço próximo ao da Mégane Grand Tour Zero Km. Qual levar?

Renault Laguna Nevada (Station Médio-grande) – Veio na 1ª geração, de 1996 a 2001 e na 2ª, de 2002 a 2003. Esta última já com chave cartão, xenon, vários airbags, rodas 17 etc. Uma 1996 sai a R$ 13 mil.

SEAT – Marca do Grupo VW. Basicamente trouxe Ibiza e Córdoba. Ah, e um tal de Inca (furgão tipo Fiorino). De 1995 a 2002. Partindo de R$ 8 mil no Ibiza.

Ssangyong – Korando, Musso, Actyon e outros. Marca desconhecida mas que gozava de boa reputação devido aos motores e câmbios da Mercedes-Benz. Design sempre controvertido lembrando animais selvagens. Chegou em 1995 eainda está entre nós. Por R$ 22 mil leva-se pra casa um de seus “bichos”. Mais curisoso ainda é a marca ter trazido uma van de 16 lugares e um sedan executivo, o Chairman!

Subaru – Parte de um gigante grupo japonês que faz de agulha a avião. A Toyota tem uma fatia acionária na companhia e outras marcas como GM já babaram por ela.Desde 1992 no Brasil. Grandes diferenciais: tração integral, uso do turbo e dos motores boxer (como os Porsche). É multicampeã de rallye. Teve um esportivo de design futurista, o SVX e tem um SUV grande, o Tribeca. Prepara um cupê pequeno com tração traseira. Impreza e Legacy são os mais conhecidos. Por R$ 6 mil já dá pra ter um dos mais antigos. Se o dono cuidar da manutenção básica terá em mãos um carro quase inquebrável!

Suzuki Baleno (Sedan e SW médios) – de 1995 a 2000. Sem tanta personalidade, porém apresentáveis, completinhos e confiáveis. Convenhamos:  por R$ 8 “mangos” iniciais está bom, não está?

Suzuki Swift (Hatchback e Cabriolet) –  pequenos, simpáticos e eficientes, aportaram no Brasil em 1993. Com capota, a partir de R$ 5 mil. Sem (cabrio) parte de R$ 9 mil.

Toyota Paseo (cupê médio) – de 1992 a 1996. Motor 1.5i 16v. A partir de R$ 14 mil

VW Golf Cabriolet de 1996 a 1997 – Importado  – Por cerca de R$ 20 mil iniciais

VW Golf GTi VR6 de 1995 a 1997 – Importado  – Partindo de R$ 18.500,00

 

Observação: Outros tantos modelos foram trazidos por importadores independentes. Mas o objetivo aqui são os carros importados oficialmente.

Por Gerson Brusco Gonzalez

40 carros importados oficialmente que ninguém sabe que existem no BR
Nota média 5 de 1 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email