Celta 2012: motor, consumo, preço, equipamentos

Celta 2012: motor, consumo, preço, equipamentos

O Chevrolet Celta 2012 era um carro popular bem conhecido do mercado nacional e com milhares de unidades vendidas, sendo o mais emplacado da General Motors em seu período.


O hatch compacto com vendas em torno de 13 mil unidades por mês, sendo um dos mais emplacados do Brasil na época, brigando com o Volkswagen Gol e o Fiat Palio Fire.

Até então, o Celta vendeu 1,5 milhão de unidades desde seu lançamento em 2000, sendo um veículo simples, econômico e de baixo custo de manutenção, bem como valorização no mercado de usados.

Fabricado em Gravataí, Rio Grande do Sul, o Celta 2012 era oferecido nas versões LS e LT, sendo que a primeira tinha carrocerias com duas ou quatro portas. Bem popular, era um carro que muitos compraram zero km pela primeira vez.

Com 3,78 m de comprimento, 1,62 m de largura, 1,44 m de altura e 2,44 m de entre eixos, o Celta tinha 260 litros no porta-malas, tendo espaço interno reduzido e carroceria em parte compartilhada com o Chevrolet Prisma 2012.

Celta 2012 – detalhes

Celta 2012: motor, consumo, preço, equipamentos

Bem simples, o Celta 2012 tinha suspensão sem subchassi na frente e eixo de torção atrás. Com tanque de 54 litros, o hatch da Chevrolet apresenta uma boa autonomia por ser um carro econômico, fazendo quase 13 km/l.

Com conteúdo frugal, o hatch tinha como opcionais ar condicionado, direção hidráulica, ar quente, protetor de cárter, lavador e limpador do vidro traseiro e temporizador do para-brisa.

O modelo da Chevrolet tem equipamento básico, sem sistema de áudio ou alto-falantes, que podiam ser instalados na rede de concessionários como acessórios, sendo o rádio do tipo 1din da Positron.

Na versão LT, o Celta 2012 chegou a ter vidros dianteiros elétricos e travamento central elétrico. Com padronagem diferenciada nos bancos, essa era a versão mais completa do compacto, que contava com vidros traseiros manuais.

Os retrovisores eram manuais também e o acabamento muito simples, com apliques prateados apenas no volante e portas dianteiras. O painel com difusores circulares e instrumentos analógicos vinha com o essencial.

Celta 2012: motor, consumo, preço, equipamentos

Ainda que fosse simples, o Celta era um carro prático para o dia a dia, com bom custo-benefício para quem precisava de um automóvel e não queria ou não podia pagar por um carro mais sofisticado.

Equipado com motor VHC-E 1.0, com cabeçote de 8 válvulas, entregando 77 cavalos na gasolina e 78 cavalos no álcool, sendo acionado por uma caixa manual de cinco marchas. Sem airbags ou freios ABS, era um dos carros mais simples do mercado.

Em 2014, o Celta foi obrigado a portar freios ABS e bolsas de ar infláveis. No mercado de usados, o hatch compacto é um dos populares mais vendidos e procurados por quem precisa de um veículo, sem gastar muito.

Sendo bem valorizado, o Celta conta com mecânica fácil de manutenção e com peças relativamente baratas e oferta ampla no setor de autopeças. Alguns exemplares do modelo podem ser vistos com acessórios.

Nesse caso, a rede Chevrolet oferecia alguns itens, como spoilers dianteiros e traseiros. Também haviam saias laterais aerodinâmicas e faróis de neblina. Frisos laterais nas portas também eram vendidos.

Celta 2012: motor, consumo, preço, equipamentos

Atrás, o escape podia ter ponteira cromada e o Celta 2012 recebia opção de rodas aro 14 polegadas de liga leve e cinco raios, bem como pneus 185/60 R14. Havia também a antena no teto e o sistema de áudio completo da Positron.

O Celta 2012 tinha frente com logotipo Chevrolet em dourado, faróis grandes com lentes únicas e lanternas, tendo ainda grade com acabamento preto. O para-choque tem ainda grade inferior.

Havia molduras para os faróis de neblina, vendidos como acessórios. Com lateral bem limpa, o Celta LS tem maçanetas e retrovisores pretos, com design das janelas traseiras único na versão 2 portas.

Na traseira, as lanternas eram verticais e pequenas, com tampa tendo alguns vincos, bem como opção de ter limpador e lavador, além de vidro traseiro térmico. Com vidros verdes, o Celta tinha para-brisa laminado.

As rodas eram de aro 13 polegadas com calotas, tendo ainda pneus 165/70 R13. Na rede Chevrolet, era possível comprar um jogo de rodas de liga leve aro 14 polegadas de cinco raios com pneus 185/60 R14.

Celta 2012: motor, consumo, preço, equipamentos

Por dentro, o Celta tinha painel bem simples em única peça, com cluster analógico e dotado de mostradores com iluminação amarela, tendo aí nível de combustível, temperatura da água, conta-giros e velocímetro, além de hodômetros.

O volante de três raios apresentava acabamento prateado no Celta LT, reproduzindo o mesmo em alguns detalhes, como em apliques nas portas.

A coluna de direção não tinha ajuste em altura ou profundidade, mas havia opção de assistência hidráulica. O banco do motorista também não conta com ajuste de altura, nem mesmo nos cintos de segurança.

Ao centro do painel, havia slot para rádio 1din, que nesse caso podia ser comprado na concessionária com a marca Positron, tendo display digital e entrada USB. Junto, vinham quatro alto-falantes e a antena externa.

Mais acima, ficavam os comandos do ar condicionado manual, que garantia um conforto a mais a bordo do simples Celta. Este contava ainda com vidros elétricos nas portas dianteiras na versão LT.

Celta 2012: motor, consumo, preço, equipamentos

Eles vinham no pacote com o travamento elétrico das quatro portas, ainda que não houvessem comandos dos vidros traseiros para fechar o carro por completo remotamente.

Os bancos eram simples e tinham padronagem exclusiva na LT, enquanto o banco traseiro tinha dois apoios e cabeça, além de cintos de 3 pontos nas extremidades. O quinto lugar recebia cinto subabdominal.

Nas portas, o acabamento era bem simples com muito plástico duro e parte da carroceria aparente. Atrás, no bagageiro, os 260 litros tinham cobertura e traziam assoalho forrado em carpete, além de luz interna.

O espaço interno era reduzido, sendo que os bancos dianteiros tinham ajustes em longitudinal e atrás, o espaço para pernas era pequeno. Sem banco bipartido, até o arranjo de bagagem ficava difícil.

O Celta 2012 tinha ainda alça no lado do passageiro, bem como luz interna geral, retrovisor interno dia e noite e para-sol do lado direito com espelho. O teto claro era em feltro e o carro tinha poucos porta-copos e objetos.

Já o porta-luvas tem tamanho razoável e uma tampa bem simples e leve. Com alavanca de câmbio podendo ter acabamento prateado, o Celta 2012 foi um carrinho importante em sua época.

Celta 2012 – versões

Celta 2012: motor, consumo, preço, equipamentos

  • Chevrolet Celta LS 2P
  • Chevrolet Celta LS 4P
  • Chevrolet Celta LT 4P

Equipamentos

Celta 2012: motor, consumo, preço, equipamentos

Chevrolet Celta LS 2P – Motor 1.0 com transmissão manual de cinco marchas, mais para-choque pintado na cor do veículo, vidros verdes com para-brisa laminado, alça de teto do lado do passageiro, para-sol do passageiro com espelho integrado, alarme sonoro de faróis ligado, conta-giros, vidros manuais, bancos em tecido, fonte 12V, ventilador, travas manuais, retrovisores externos com controle interno, porta-malas com forração no assoalho, rodas de aço aro 13 polegadas, calotas integrais, pneus 165/70 R13, banco traseiro rebatível, bancos dianteiros com encosto basculante, retrovisores e maçanetas em cor preta, limpador do para-brisa em duas velocidades e intermitência, luz auxiliar de freio, volante espumado, apoios de cabeça nos bancos dianteiros e traseiros, cintos de 3 pontos nas laterais, cinto do quinto passageiro subabdominal, entre outros.

Opcionais: ar condicionado, direção hidráulica, limpador lavador e desembaçador vidro traseiro, temporizador do limpador para-brisa, ar quente e protetor de cárter.

Chevrolet Celta LS 4P – Itens do LS 2 portas, mais portas traseiras com travas de segurança para crianças, protetor de cárter e vidros traseiros manuais.

Opcionais: ar condicionado, limpador lavador e desembaçador vidro traseiro, temporizador do limpador para-brisa e ar quente.

Chevrolet Celta LT 4P – Itens da LS 4 portas, mais limpador lavador e desembaçador vidro traseiro, temporizador do limpador para-brisa, protetor de cárter, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas, acabamento interno com detalhes na cor prata, calotas diferenciadas, retrovisores e maçanetas na cor do veículo, bancos com padronagem diferenciada e travamento automático das portas ao atingir 15 km/h.

Opcionais: ar condicionado, direção hidráulica e ar quente.

Preços

Celta 2012: motor, consumo, preço, equipamentos

  • Chevrolet Celta LS 2P – R$ 26.115
  • Chevrolet Celta LS 4P – R$ 27.833
  • Chevrolet Celta LT 4P – R$ 29.364

Celta 2012 – motor

Celta 2012: motor, consumo, preço, equipamentos

O Chevrolet Celta 2012 tinha motor GM Família I, um projeto de origem Opel e que surgiu em 1982, na Alemanha. Assim como o EA111 da Volkswagen, essa linha de motores da General Motors foi desenvolvida para atender carros pequenos.

Projetado com a Família II, que chegou ao Brasil em 1983 a bordo do Chevrolet Monza, o Família I herdou a mesma arquitetura deste último, porém, em tamanho e volumes menores, de modo a caber na primeira geração do Opel Corsa.

Com bloco de ferro fundido, o motor de quatro cilindros também vinha com cabeçote de fluxo cruzado na câmara, o chamado OHC, tendo ainda comando único acionado por correia dentada, além de tuchos hidráulicos para movimentação das válvulas.

Falando nelas, havia duas por cilindro, caracterizando assim um motor com bom torque em baixa rotação, porém, com pouco rendimento em alta. Por aqui, o GM Família I chegou na versão 1.0 com 999 cm³, como no Celta 2012.

Antes disso, porém, ele veio no Corsa B nacional com injeção eletrônica monoponto e apenas 50 cavalos, o propulsor iniciou sua carreira no Brasil, eliminando o antigo motor do Chevette.

Surgiram ainda as versões com injeção multiponto, no caso com 60 cavalos para o Corsa Super, bem como 1.6 com cabeçotes de 8 ou 16 válvulas, entregando 92 ou até 108 cavalos.

Isso nos anos 90, pois, com o lançamento do Celta em 2000, a GM simplificou a linha e trouxe o 1.4 alemão, porém, com 8 válvulas. Para os novos Corsa e Meriva, chegou 1.8 da Família I, mas este com 8V (na Alemanha era 16V).

Assim, o Celta passou a ter somente motor 1.4 8V com 85 cavalos até a chegada do 1.0 8V conhecido como VHC-E. Também chamado econo.flex, recebeu diversas melhorias, como coletor de admissão em plástico com variação de fluxo.

Bobinas individuais também foram adicionadas ao VHC-E, bem como ,melhoramentos na parte elétrica, proteção de bateria, mudança de óleo lubrificante, juntas de cabeçote reformuladas, velas atualizadas, anéis, pistões e bielas mais modernos, entre outros.

Com taxa de compressão de 12,06:1, o motor 1.0 VHC-E do Celta 2012 entregava 77 cavalos na gasolina e 78 cavalos no etanol, ambos a 6.400 rpm. Os torques eram de 9,5 kgfm no derivado de petróleo e 9,7 kgfm no combustível vegetal, ambos a 5.200 rpm.

Apesar do giro elevado, o VHC-E tinha boa disposição, robustez e confiabilidade, estando ainda em produção com mais uma atualização sob os modelos Joy e Joy Plus, na fábrica de São Caetano do Sul. Contudo, deve sair de linha em 2022 por conta do Proconve L7.

O Celta 2012 tinha ainda transmissão manual de cinco marchas F17 com sistema Close Ratio de engates macios, precisos e rápidos, tendo ainda trava de ré, bem como embreagem de acionamento hidráulico.

Desempenho

Celta 2012: motor, consumo, preço, equipamentos

  • Chevrolet Celta 1.0 Manual 2 Portas – 0 a 100 km/h em 13,4 segundos e 161 km/h
  • Chevrolet Celta 1.0 Manual 4 Portas – 0 a 100 km/h em 13,4 segundos e 161 km/h

Consumo

Celta 2012: motor, consumo, preço, equipamentos

  • Chevrolet Celta 1.0 Manual 2 Portas – 7,6/8,7 km/l e 10,7/12,8 km/l
  • Chevrolet Celta 1.0 Manual 4 Portas – 7,6/8,7 km/l e 10,7/12,8 km/l

Celta 2012 – manutenção e revisão

Celta 2012: motor, consumo, preço, equipamentos

A General Motors tem plano de revisão com paradas a cada 10.000 km ou 12 meses para o Celta 2012. O hatch compacto feito em Gravataí-RS é um produto bem difundido no mercado nacional e com vasta oferta de peças.

Na rede Chevrolet, o Celta passa por inspeção prévia de itens básicos do carro, envolvendo suspensão, direção, freios, motor e câmbio. Além disso, são feitas as trocas de óleo do motor e filtro de óleo.

Também são incluídos filtro de ar, velas, correia dentada, fluido de freio, fluido de direção hidráulica, líquido de refrigeração com aditivo e palhetas dos limpadores. Também são trocados itens de desgaste natural.

Nesse caso, pastilhas de freio, lonas de freio, discos de freio, rolamentos, pneus, pivôs de direção, buchas de balança, coifas, coxins de motor e câmbio, entre outros.

Pode-se ainda fazer funilaria, pintura, alinhamento, balanceamento, cambagem, limpeza interna, lavagem, limpeza de ar condicionado, carregamento de gás do ar condicionado, instalação de acessórios e recall.

Celta 2012 – ficha técnica

Celta 2012: motor, consumo, preço, equipamentos

Motor1.0 VHC 
Tipo
Número de cilindros4 em linha
Cilindrada em cm3999
Válvulas2
Taxa de compressão12,6:1
Injeção eletrônicaIndireta
Potência máxima77/78 cv a 6.400 rpm (gasolina/etanol)
Torque máximo9,5/9,7 kgfm a 5.200 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão
TipoManual de 5 marchas
Tração
TipoDianteira
Direção
TipoMecânica
Freios
TipoDiscos dianteiros e tambores traseiros
Suspensão
DianteiraMcPherson
TraseiraEixo de torção
Rodas e Pneus
RodasAço com calotas aro 13 polegadas
Pneus165/70 R13
Dimensões
Comprimento (mm)3.788
Largura (mm)1.626
Altura (mm)1.429
Entre eixos (mm)2.443
Capacidades
Bagageiro (L)260
Tanque de combustível (L)54
Carga (Kg)460
Peso em ordem de marcha (Kg)870 (2P) 890 (4P)
Coeficiente aerodinâmico (cx)ND

Celta 2012 – fotos

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.