China Elétricos SUVs

Changan venderá elétricos no Brasil com preço abaixo de R$ 150.000

Changan venderá elétricos no Brasil com preço abaixo de R$ 150.000

A Changan, que no Brasil tinha inicialmente nome de Chana, que em 2011 mudou de nome e em 2016 abandonou nosso país, acaba de anunciar que iniciará operações comerciais de venda de veículos elétricos no Brasil ainda em 2019.


Se trata de uma empresa estatal chinesa que atua na área de veículos desde 1959, com operações em mais de 60 países.

Inicialmente, segundo o comunicado, a Changan venderá o sedan EADO 460 e o SUV CS15, ambos 100% elétricos. Depois, em 2020, chegarão ao Brasil o SUV CS35 em versão elétrica, o compacto Mini Benny EV e a linha de utilitários Star, neste caso tanto elétricos quanto a gasolina.

Changan venderá elétricos no Brasil com preço abaixo de R$ 150.000


O SUV Changan CS15 deverá ter preço abaixo de R$ 150.000, ao passo que o sedan EADO 460 ficará no máximo em R$ 170.000.

Changan venderá elétricos no Brasil com preço abaixo de R$ 150.000

A rede de concessionárias da marca deverá ter 10 unidades inicialmente em 2019, atingindo, segundo a empresa, 60 concessionárias até dezembro de 2021.

Changan venderá elétricos no Brasil com preço abaixo de R$ 150.000

E você, acha que dará certo essa vinda da Changan para o Brasil?

Changan CS15 EV: ficha técnica

Preço na China (yuan)

189.400196.400
Preço na China (USD)28.03029.070
Garantia na China3 anos / 120.000 km3 anos / 120.000 km

Carroceria

SUVSUV
Comprimento (mm)41004100
Largura (mm)17401740
Altura (mm)16301630
Entre-eixos (mm)25102510
Peso (kg)15301530
Portas/assentos5 / 55 / 5

Motor

75 cavalos + motor elétrico 55 kw75 cavalos + motor elétrico 55 kw
CombustívelElétricoElétrico
Potência (hp/kw/rpm)75 / 5575 / 55
Torque (Nm)170.0170.0
Motor elétrico (kw)5555
Torque motor elétrico(Nm)170170
Autonomia (km)300300
Bateria (kWh)42.9242.92
Tipo de bateriaLithiumLithium
Velocidade máxima (km/h)130130

Transmissão

1-marcha1-marcha
Marchas11
TipoFWDFWD

Suspensão, freios, rodas

Suspensão dianteiraMcPhersonMcPherson
Suspensão traseiraEixo de torçãoEixo de torção
Freios dianteirosDiscos ventiladosDiscos ventilados
Freios traseirosDiscosDiscos
Freio de estacionamentoManualManual
Pneus205 / 55 R16205 / 55 R16
EstepeNãoNão
Tipo de rodaLiga leveLiga leve
Equipamentos

Conforto

A/CManualManual
Travamento central
Trava remota

Sistemas

Sensores de estacionamentoDianteiro e traseiroDianteiro e traseiro✔
Câmera traseira
Freio ABS
EBD
Brake Assist
Controle de tração
ESP
Hill Start

Luzes

Faixo baixoHalogenHalogen
Faixo altoHalogenHalogen
Faróis de neblina
Ajuste de altura do farol
DRL

Multimedia

Navegação
Tela LCD
Bluetooth
Interface de áudio externoUSBUSB

Segurança

Airbag duplo✔ / ✔✔ / ✔
ISOFIX
Trava das portas traseiras

Bancos e volante

Bancos ventiladosFront- / Rear-Front- / Rear-
Bancos aquecidosFront- / Rear-Front- / Rear-
Descansa braçoFront✔ / Rear-Front✔ / Rear-
Volante multifuncional
Ajuste de altura do volante
Volante em couro

Vidros e espelhos

Vidros elétricosFront✔ / Rear✔Front✔ / Rear✔
Teto solaropt
Espelhos com aquecimento
Ajuste elétrico
Descongelamento
Limpador traseiro
Changan venderá elétricos no Brasil com preço abaixo de R$ 150.000
Nota média 2.4 de 5 votos

  • Lenon Slater

    Com esses valores… não precisa nem se dar o trabalho !

    • Ricardo

      É que hoje, na cabeça das montadoras, um carro de R$ 149.000 é barato.

      • JOSE DO EGITO

        Chega desses lixos chineses

        • Cosi fan Tutti

          Melhor ficar so com “lixos” brazucas, sem concorrentes?

          • Amauri José da Cunha

            o cara só não quer importar lixo, prefere o lixo nacional mesmo.

            • Cosi fan Tutti

              Eu queria saber qual critério dele pra lixo, pq tenho 100% de certeza que ele nunca foi na China e nunca andou em um desses ae da matéria, e muito menos outros modelos chineses.

              • JOSE DO EGITO

                Por acaso vc ja foi a MARTE pra saber que la nao existe vida????

                • Cosi fan Tutti

                  Uau temos um gênio aqui, vc sabe se lá existe ou nao? Pq nem a NASA sabe ainda, vivem mandando sondas pra descobrir. Quem sabe se vc mandar um email pra NASA contando o q sabe eles economizam parando de manda robozinhos pra lá?

            • JOSE DO EGITO

              sim prefiro

          • JOSE DO EGITO

            Melhor

          • leitor

            Parece que sim.

    • TijucaBH

      Nem se vier com a conta de luz paga por 10 anos vai vender nesse preço. Melhor um Prius zero ou um BMW i3 usado.

    • Rbs

      Changan tentará vender elétricos no Brasil com preço abaixo de R$ 150.000

  • Zé Mundico

    Chana e Eado…que não se percam pelos nomes.

    • Cardoso (não aquele)

      Imagina se lançam uma versão do Eado com motor a combustão, de seis cilindros em V.
      Fico pensando no nome que poderiam usar. EADO-V talvez.

      • leitor

        Nem precisa tanto. A logomarca já é um V. Acho que vai dar problema em entrar nesse carro.

    • leitor

      O nome da marca deveria ser Chingan.

    • imagina se fosse o SUV com esse nome, ia dar uma baita cacofonia no texto.

  • Mr. Pennybags

    Dica: não venha!

  • Domenico Monteleone

    Obrigado, mas entre esses veículos e continuar na combustão mais um tempo, fico a moda antiga.

  • Dod 2019

    Que Chanas caras.

    • Zé Mundico

      É porque essas chanas são elétricas.

      • Edson Fernandes

        Imaginou se elas entrarem em curto?

        • leomix leo

          😂😂😂😂😂😂😂😂

  • Paulo Henriq

    tecnologia GNV é muito mais viavel

    • leitor

      Se tiver que fazer adaptação cara, vistoria anual e tomar susto com aumento de 40%, aí não dá. Nenhum nem outro. Mais em conta um carro razoável 2009 pra passar um ano ou dois, parando na oficina de dois em dois meses. Pra quem pode todo mês pagar mais de R$1.500,00 em prestação é outra história.

      • Paulo Henriq

        Eu me referi a tecnologia, um veículo que tenha investimento para o desenvolvimento do veículo movido a GNV será mais viavel que os carros elétricos, as baterias independente do fabricante do carro tem garantia de 10 anos, depois… não se sabe, o Carvão que é a fonte de energia elétrica na Europa e EUA, também polui, então a viabilidade do GNV é enorme,

        • leitor

          Concordo, Paulo! O que falta mesmo é a lei e homens de palavra no congresso para garantirem benefícios. Poderia começar com a manutenção das garantias dos motores e peças após a adaptação. No mínimo dizer quais são os cuidados necessários e nada de exagerado. Um carro novo perder a garantia por isso é um absurdo. Além de manter estáveis os preços do combustível. Aumento de 40% é criminoso. Eu até quero meu carro a gás natural, mas sem isso é um risco. E nada dessa vistoria anual. Deveria ser igual aos outros. As vantagens são enormes: Bem menos poluente, menos processamento, material farto, mais eficiente e eficaz, mais seguro etc.

        • FrankTesl

          Na verdade a maioria desses países usam gás natural como combustível em termoelétricas, Carvão é cada vez menos usado.
          E o gás é consumido em termoelétricas de maneira mais eficiente do que em motores de carros

    • LSM300C

      O etanol também, até já existe relato de carro a água, mais o governo e a indústria do petróleo não vai deixar projeto nenhum ir a frente.

  • Jurandir Filho

    A ford poderia copia essa tampa traseira do carro laranja e colocar na Eco kkk

  • CanalhaRS

    Momento humor do dia: que Chana tão cara!!!

  • Ricardo

    Quando existir um carro 100% auto sustentável e não poluente diretamente ou indiretamente, pois elétricos não são, por R$ 50.000, eu compro só para trabalhar e economizar.

  • Kiyoshi Yamashiro

    Esse suv tá bem parecido com o Ecosport

    • Julio Viol

      copiaram descaradamente, como sempre fazem

  • Fanjos

    Nossa um carro elétrico xing ling por menos de B$ 150 mil?
    Meu Deus!!! Quanta bondade…quanta vantagem, vou correndo boletar um de cada cor!

    • le0gt-r

      Já vou hoje mesmo acampar na porta da css Chana.. :|

      • Dod 2019

        Na portinha da Chana.

    • Cosi fan Tutti

      Eu adoro a forma que os brasileiros falam de forma pejorativa dos produtos chineses sabendo que, em poucos anos, vão pagar língua. Alias em algumas áreas ja estão, como celulares e TVs.

      • cepereira2006

        A gente aqui zoa todas as montadoras sem noção. Se as chinas entrarem sem noção no mercado, vão ser zoadas também. Se qualquer um desses aí estivessem 70k eu entraria na fila e encarava um china elétrico. Mas a 150k, só zoando mesmo.

        • Cosi fan Tutti

          Aha e tu acha que eles nao poderiam? Ae ja entra na esfera governamental, se uma chinesa faz isso, as primeiras a reclamarem no governo sao as montadoras instaladas aqui e antigas que querem que vc pague isso num Ônix superfaturado. Alias o novo Ônix, que também é projeto chinês, custara por ae e ninguém vai reclamar por ser da GM.

      • Faheina

        Já preparei a pipoca

      • Fanjos

        Quando estiverem com qualidade suficiente e preço competitivo eu retiro o que eu disse.
        Por enquanto não dou a minima nem para carros, nem para celulares ou Tvs chinesas, etc.
        Hoje em dia da China só preciso da mão de obra escrava barata deles para montar meus eletrônicos com tecnologia Sul Coreana, Americana ou Japonesa

        • Cosi fan Tutti

          Isso, e quando chegar os produtos chineses vc ira pagar caro neles e ainda vai pagar feliz, pq brasileiro adora criticar mas nao fabrica praticamente nada tecnológico, so consome. Enche a boca pra falar mal pra no fim pagar o dobro ou 3 vezes mais por tudo, pq nao tem capacidade de fabricar o seu próprio e vender a preços justos.

  • Pedrov154 #17 🇧🇷

    Tem que ter coragem, muita coragem. Boa sorte aos corajosos, rs.

  • Cosi fan Tutti

    E provável que seja um teste, pq a Changan na Argentina vende carros a combustão mesmo. As chinesas aos poucos voltando, na Argentina ja tem 12 marcas chinas, no Chile são 22 já. As melhores a meu ver são GWM Haval, GAC, Geely, DongFeng e Zotye.

    • alemigav

      Acho que vai chegar numa situação em que as marcas chinesas já presentes como a JAC, Chery e Lifan ficarão com uma imagem de “porcaria premium” enquanto que essas novas marcas aparecerão e tomarão o lugar de porcaria lixo mesmo, kkk.

      • Cosi fan Tutti

        Na verdade nao, pq o nivel destas outras ja está bem superior, e a tendência é elas nao virem disputar nos segmentos inferiores, como no caso da Changan, e sim nos mais caros como SUVs e elétricos.

    • 4lex5andro

      Geely e BYD parecem bem reputadas, as chinesas estão trilhando o caminho das coreanas de vinte anos atrás, que por sua vez imitaram as japonesas que passaram pelos testes de {des}confiança dos mercados desenvolvidos.

      P.s. No caso da DongFeng seriam caminhões pesados, certo? Os Sinotruck chegaram a ter vendas razoáveis por um tempo, mas não vingaram no Brasil.

      • Cosi fan Tutti

        DongFeng é um grupo gigante faz parte do “big four’ chinês que inclui Chang’an, SAIC e FAW, não faz so caminhões, tem modelos ótimos bem próximos em estilo da Nissan, pois eles tem joint-venture.

        • cepereira2006

          Que venham e tragam produtos a preços acessíveis. Torço para que isso aconteça. Mas 150k só fazendo piada mesmo.

          • Cosi fan Tutti

            A matéria não diz q custara 150, mas abaixo disso. Mas a Zotye, outra chinesa, tem planos de trazer um carro urbano 100% elétrico por 50 mil, eles tem ate site no Brasil ja onde apresentam o modelo. Estão aguardando homologar e monta rede.

            • Ernesto

              O “SUV” abaixo de 150 enquanto o sedam na faixa de 170…se você acha razoável isso para uma empresa que veio, foi embora, e quer retornar…

              • Cosi fan Tutti

                Esses valores já são oficiais?

                • Ernesto

                  Não sei dizer, estou só falando o que a matéria passa.

        • Igor Virgilio

          DongFeng também é dona de 16% da Peugeot-citroen.

  • zekinha71

    Existe uma Chana EADO, agora bugou tudo.

  • Itamar

    Olha, eu gosto de Chana, mas essa ta cara, viu?

    • Cromo

      Realmente, tem chanas muito mais baratas.

  • Augustus do Aveiro

    Chana elétrica é um carro ou um vibrador, R E F L I T A M

  • Augustus do Aveiro

    PENSOU que legal, vc tem uma CHANA elétrica, mora na Xexênia e se muda pro Butão!

  • leitor

    A logomarca do carro é um V. O nome do carro é EADO. Será que o pessoal lá na fábrica não viu isso? Fica aí a dúvida. A certeza é que não terei um carro desse.

    • Samluzbh

      E um(a) Chana elétrica você teria?

  • Tem um pequeno erro na ficha técnica:

    100% elétricos, consta potência de “75cv + motor elétrico de 55kw”?

    O correto seria “motor elétrico de 75cv (55kw)”.

  • Gannicus

    Chana boa.

  • Murilo Soares de O. Filho

    Essa é o tipo de Chana que acaba com a sua vida.

    • Junoba

      Pagar 150k em um carro desse é literalmente para acabar com a própria vida…

  • Vitor

    Já é um avanço pra podermos ter aí uns descontos nos carros elétricos.

  • Jaderson

    Vejo daqui uns tempos que, quem tiver um carro que emite gás carbônico, vai ser carro de relíquia.

  • Renato Alves

    Essas chinesas só prometem e prometem, não cumprem o que falam

    • Cosi fan Tutti

      Serio, mesmo o governo sabotando elas em 2011 com inovar auto ficaram 4, e uma tem fábrica. Estas começaram a vir, e outras vão voltar com essa novo governo.

      • cepereira2006

        Realmente, além do povo brasileiro o PT sabotou até os comunas da China.

        • Cosi fan Tutti

          Por incrível que pareça. E fizeram pra proteger os interesses de multinacionais européias, americanas e japonesas. Mas é mais pra manter os votos dos metalúrgicos.

        • oscar.fr

          Ué, e o novo goevrno anticomunista vai favorecer a vida dos comunistas da China? Que doido.

          • Cosi fan Tutti

            Vao favorecer o livre comercio, que alias a China é mestre.

      • Renato Alves

        Esse novo governo está mais preocupado em esconder laranjas do que qualquer outra coisa.

        • Cosi fan Tutti

          Ahah o Brasil é protecionista ha 500 anos ja e a culpa é de um governo de nem 2 meses. Quem realmente atrapalhou a vinda das chinesas e outras importadas foi a Dilma, com o Inovar Auto.

  • Marcus Vinicius

    Deve trazer seus caminhões elétricos

  • Antonio Carneiro

    Já planejo o meu primeiro elétrico. Isso é um futuro sem volta.

  • Renato Alves

    A chinesa deveria trazer de volta seus utilitários, e dessa vez com motores flex. Fica a dica ai Changan. O mercado carece de caminhonetes e vans pequenas confiáveis.

  • Alvarenga

    Changan ? Eletrico ? “menos de 150K” ??…..Ah tá !

  • gustavo

    Tomara que dê certo, é sempre bom mais concorrencia, seria bom se além dessa marca viesse tambem a Tesla.

    • Cosi fan Tutti

      Tesla ja vende aqui.

      • Dod 2019

        Oficialmente não, atualmente só por importadoras independentes.

  • Natán Barreto

    Se na notícia tivesse escrito abaixo de 70 80 mil até seria algo a se pensar, tendo em vista que com 150 mil quem optaria por um Changan em vez de um Renault, Chevrolet ou Nissan? Não faz sentido.

    Até pq a Changan já abandonou o país uma vez né?

    • th!nk.t4nk

      Mas ainda ia ser meio tenso pagar 70-80 mil num carro com aceleração de carro 1.0 e bateria que só deus sabe se vai durar além dos 3 anos da garantia. A economia com combustível nunca iria se pagar, e nem sequer desempenho bom teria. Nao tem sentido.

  • Junoba

    Só se for vender para frotas de empresas e órgãos governamentais. Quem pagaria tudo isso ?

  • Hodney Fortuna

    Estão aumentando as revendas para se tornar carro de nicho! Carro elétrico no brasil é como disputar um mercado como se fosse de SUVs da categoria de um Compass Diesel pelo preço que estão cobrando! O carro elétrico só vai ser viável se houver uma redução nos preços! Valeria a pena se fossem vendidos por preços na média de 80 a 100 mil reais.

  • Cromo

    Acho q o nome Chana era melhor para veículos comerciais, assim como Besta tbém era bom. Para SUVs e sedãs… acho q não.

  • Pipo pipo

    Eu já tive uma Chana dourada, foi muito usada em obra, tinha todos os defeitos de qualidade, acabamento e conforto mas verdade seja dita: nunca me deixou na mão, carregou até 20 sacos cimento de uma só vez. Não havia peças nas concessionárias (fato). Deixou saudades mas não teria uma novamente.

    • Samluzbh

      Pelo visto sua Chana era “pau pra toda obra”.

  • Jorge Irineu Hosang

    Conheço os carros da Changan a fundo!! Muita lorota sobre a qualidade destes carros, sobretudo, porque muitos andam, aqui no Brasil, em carros da Ford que foram desenvolvidos por eles!!

    Assim acontece com carros da Citröen/Peugeot, que foram desenvolvidos pela Dongfeng e da Volvo, que está sob tutela da Geely, esta última, que detém também o controle acionário da London Taxi, Proton e Lotus e que, criou uma marca de carros elétricos chamada Link&Co.

    A tecnologia chinesa na área automotiva foi muito além do país deles, fizeram o que o Brasil deveria ter feito lá trás. Agora, não adianta chorar, porque enquanto aqui os governos só querem saber de arrecadar muito sobre pouco, na China é diferente.

    E sobre produção de baixo custo com mão-de-obra escrava, é outra história da carochinha, eles tem nos seus quadros, os melhores engenheiros, vindo das mais variadas partes do mundo, que trabalhavam para outras montadoras.

    Camelô é uma coisa, indústria automobilística é bem outra!! Não façam essa comparação infantil.

    • Ernesto

      Por curiosidade, quais carros da Ford foram desenvolvidos pela Changan e que são vendidos no Brasil?

  • Roger

    O SUV CS15 é bonito, mas o sedã Eado é muito sem graça (para não dizer FEIO).

    • Cosi fan Tutti

      O Eado bonito é o hatch.

      • Roger

        Não o conhecia. Mas já que o mencionaste, procurei no Google, por curiosidade. Realmente, tens razão. Só não entendi por que fizeram um hatch tão bonito e sua versão sedan tão feia.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email