Chery Sedãs

Chery Arrizo 5 com motor turbo já é anunciado pela CAOA

Chery Arrizo 5 com motor turbo já é anunciado pela CAOA

O Chery Arrizo 5 tem sua primeira aparição oficial divulgada no Brasil. O sedã médio da marca chinesa está sendo anunciado nas redes sociais como o próximo lançamento da empresa, aqui controlada pela CAOA, trazendo motor turbo. Como se sabe, a montadora deverá produzir o modelo em Jacareí-SP e o produto será exibido ao público no Salão do Automóvel, em novembro.


O Arrizo 5 será um dos dois lançamentos que a Chery deve fazer no país ainda em 2018, sendo que é esperado o anúncio do Tiggo 4 para logo depois. Na chamada da Caoa Chery, o sedã obviamente já é confirmado com o motor 1.5 Turbo, que equipa uma das versões do produto na China.

Por ora, o que se sabe dele é que tem 147 cavalos e 21,5 kgfm quando equipado com transmissão automatizada de dupla embreagem com seis marchas ou CVT. No caso do Arrizo 5, o mais provável é manter o câmbio CVT, embora esta não seja a opção usada pelo Tiggo 4.

Chery Arrizo 5 com motor turbo já é anunciado pela CAOA


Se a Caoa Chery considerar a logística de peças, então a caixa de dupla embreagem será a opção viável para compartilhamento entre os dois. Falando nisso, ambos usam o mesmo motor 1.5 Turbo com 147 cavalos, lembrando que na versão manual, a potência sobe para 152 cavalos.

Analisando ainda em termos de Brasil, o propulsor ainda teria chance de chegar com tecnologia Flex, o que ajuda em termos comerciais. A comunalidade com o Tiggo 4, que será feito em Anápolis-GO, ajudará a reduzir os custos de produção do Arrizo 5 na região do Vale do Paraíba.

Por seu porte (4,57 m de comprimento e 2,67 m de entre-eixos), um Chery Arrizo 5 Turbo escapa muito da proposta original da marca chinesa, que era ter um médio com preço de compacto, mas empregando o fraco motor 1.5 aspirado de 113 cavalos, insuficientes para um desempenho aceitável. Com este novo motor, ele deverá corresponder nesse quesito, mas a questão agora é preço. E aí, você arrisca um valor?

[Fonte: Facebook]

Agradecimentos ao Lucas Oliveira.

 

 

Chery Arrizo 5 com motor turbo já é anunciado pela CAOA
Nota média 5 de 5 votos

  • Tosca16

    Agora sim, o primeiro modelo com o dedo da Caoa de fato; pois sendo os chineses iriam insistir no 1.5 DVVT aspirado que também equipa esse modelo em demais mercados. Esse possivelmente chegará aos 160cv com etanol, pois naturalmente terá um ganho de potencia e torque na flexibilização do modelo.

    • Gannicus

      O torque tá bom pra categoria. Pelo menos melhor que o Cerato…

      • Tosca16

        Poderia ter algo mais, perto dos 23 Kgf.m mas tá bom.

        • Edson Fernandes

          Mas poderiam ter as duas versões. A aspirada e a turbo. Mas no fim das contas, traga a versão turbo e depois estude a versão aspirada.

          • Tosca16

            Aspirada com esse 1.5 fraco, ao menos para nossos padrões seria um peso morto… mas se a CAOA fez milagre com AT4 e 1.5 aspirado no Tiggo2 quem sabe.

    • Davi Millan

      Virá com DCT @disqus_iBviZCagQV:disqus? Se esse carrinho chegar aqui com DCT ao invés do apático, barulhento e entediante CVT, é bem capaz que eu arrisque ir em um…

      • Tosca16

        Não sabemos, provavelmente não; a não ser que a Caoa faça isso… Não existe essa configuração em nenhum sedan da marca, o novo Arrizo6 por exemplo vem com uma geração mais moderna de CVT, 9CVT vs o antigo 7CVT que equipa o Arrizo5, Tiggo3 e alguns outros modelos…

        • Davi Millan

          obrigado @@disqus_iBviZCagQV:disqus, mas a esperança é a última que morre. haha

          • Tosca16

            Como ela quer nacionalizar tudo, possa ser que tragam o DCT em toda gama, para economizarem em powertrain com os irmãos Tiggo4 e Tiggo7, mas tipo vem outro porém; eu sempre quis o DCT no Tiggo4 e Tiggo7 mas já já aparece um aqui dizendo que brasileiro quer distância de dupla embreagem, que não presta porque aqui é quente, porque aqui fica perto da linha do equador, sempre tem algo hehe. Aí vem, estrategicamente, CVT cairia até melhor que dupla embreagem, ao menos no Arrizo5.

            • Eu acredito que Tiggo4 virá com CVT e mesmo o Tiggo7, haja vista a aceitação pífia do Hyundai New Tucson DCT.

              • Tosca16

                CVT só tem na versão 2.0 manca aspirada; turbo nesse modelo é DCT, mas como é o mesmo motor do Arrizo5 Sport, que na China vem com CVT, nada é impossível. Mas eles já veicularam na imprensa, turbo e dupla embreagem.

                • Acredito que até o lançamento optem pelo CVT. É uma mecânica pronta já, e de fácil aceitação por aqui.

            • Davi Millan

              Sim, eu entendo o uso do CVT ao invés da DCT. Mas também a questão de defeitos nas DCT ficaram restritas ao Powershift e DSG-7. Ou seja, fazendo um bom DCT não terá problemas, assim como os DSG banhados a óleo e os DCT da Hyundai, hoje presente no Tucson. Vou torcer pelo DCT! haha

              • Tosca16

                Caoa por certo focará nas revisões, veja que esse AT4 do Tiggo2 no mundo inteiro é o DPO/AL4; caixa francesa da Renault, aqui veicularam como Aisin, mesmo do Toyota Etios; o câmbio original At4 do modelo é considerado problemático nos franceses mas não tem relatos nos Chery, pois a Acteco tinha feito modificações e modificado o plano de revisões e troca de fluidos da transmissão automática.

                • Davi Millan

                  Oi? Essa eu não sabia! Mas devem ser o AT8 e DP2 ao invés do AL4 e DP0, pois a primeira já teve atualizações que deixou ela mais resistente e melhor ainda, podendo ter função ECO e S. A AL4 foi muito mal falada aqui no Brasil, mas o maior problema dela era o brasileiro. Esse cambio era muiiiiito moderno na época, mas ao mesmo tempo mais delicado, tendo que fazer a troca dos fluidos aos 30mil km, como outros cuidados e trocas preventivas. Mas ao andar com carros com essa caixa, demonstravam ser ano luz melhor que as caixas da Chevrolet (Zafira, Astra e Vectra de 4 marchas) que eram burras, irritantes e gastonas.

                  • Tosca16

                    Bom, se vc pesquisar no site da Acteco e em fóruns russos verás que falam em DPO/AL4 com modificações feita pelos chineses.

                • O AL4 era problemático, mas saiu de linha há muito tempo. O DP0 era uma atualização vinda do lado Renault-Nissan e o AT8 era a atualização da PSA. O AT4 do Tiggo2 para o mundo não era fabricado pela Renault, nem pela PSA, mas sim pela Acteco mesmo, mas de fato uma versão baseada no antigo AL4. Como o desempenho não ficava bom (consumo de combustível ruim), eles trocaram no mundo inteiro para o AT4 da Aisin, que é modernizado com sistema de adaptação inteligente ao modo de condução e otimização do consumo e emissões.

              • Tosca16

                Sei que na China a linha Chery está assim;
                Somente o Tiggo3x(Tiggo2) usa o AT4 (DPO/AL4); Tiggo3, Arrizo5, Arrizo EX, Arrizo7 usam o 7CVT (simulação de 7 velocidades), o novo Arrrizo6(ArrizoGX) traz a nova geração de CVT’s da marca, 9CVT (9 velocidades simuladas); linha Tiggo4, Tiggo7 e Tiggo8 usam o DCT (Getrag); Tiggo4 fora da China tem uma opção 2.0 aspirada com o 7CVT. Tiggo7 ao menos na versão atual na China (Fly e 2018) não tem mais o 2.0 como opção, tem o modelo 2017 ainda fora da China que traz essa opção.

        • Quase certo que toda linha será CVT, uma vez que os DCT possuem baixa aceitação no Brasil e a CAOA Chery não quer errar.

          • Tosca16

            Não é certo não, em comunicado a imprensa a CAOA deixou claro, motorização turbo e DCT nos Tiggo4 e Tiggo7.

            • Não confirmaram o câmbio ainda. Falaram como é na China. Levo fé que usarão o CVT, pela questão mercadológica.

              • Tosca16

                O CEO que disse, virão o que tem de melhor na China, motorização turbo e dupla embreagem.

                • Os novos CVT são o que tem de melhor na China. Risos! Acredito ser por isso a demora, pq se era pra ser DCT já dava para ter lançado, uma vez que já eram testados aqui.

                  • Tosca16

                    Não não, a CHERY China investiu pesado nos DCT; tanto é que falam em eficiência energética de marcas premium europeias em seus produtos… Tiggo7, Tiggo8 e Tiggo4; lançamentos e reestilizações recentes todas tem DCT. A Chery tem uma linha ou pensamento que me parece claro; fora os SUV’s de entrada, todos são DCT, os sedans ao contrário, CVT; veja que é incomum um turbo CVT, e a Chery tem.

                    • Investiu, mas agora estão chegando os novos CVT com emulação de até 9 marchas, altamente eficientes e aptos a motores turbo.

                    • Tosca16

                      Só chegou no Arrizo GX, lançamento recente… Tiggo8, maior da gama de SUV’s usará DCT. Tá nítido que a pegada da marca é essa, CVT linha Arrizo, DCT linha Tiggo.

                    • O mais recente modelo veio com o novo CVT. Creio que a CAOA usará essa solução para o Brasil se quiser se consolidar. DCT não é bem aceito no Brasil.

                    • Tosca16

                      Brasileiro tem isso de não aceitar o que tem no mundo inteiro…

                    • Infelizmente o DCT de caia seca não é durável em pavimentações ruins.

                    • Tosca16

                      Vi um comentário num canal do Youtube de um brasileiro que mora nos EUA, ele descendo a lenha nos CVT; dizendo que lá todas aboliram, vocês (brasileiros) que gostam de lixo de “simulação”… não sei se é fato, não acompanho o mercado norte-americano, sei que muitos lançamentos de 2017 pra cá na China foi de Dupla Embreagem, no mercado local virou febre.

                    • Nos EUA o CVT voltou com tudo, vide estar no facelift do Cruze.
                      Na China está vindo com força e será a principal transmissão da Chery, uma vez que ela é a desenvolvedora e fabricante das suas atualmente, diferente do DCT.

                      Veja essa passagem escrita no site da Chery International:
                      CVT

                      A transmissão CVT da Chery, como a primeira transmissão continuamente variável (CVT) desenvolvida de forma independente na China, quebrou o monopólio dos gigantes multinacionais na indústria de transmissão automática. Em comparação com o AT tradicional, a tecnologia completamente avançada goza de uma vantagem incomparável em termos de conforto de condução e eficiência de combustível. Enquanto isso, com custo menor que o da AT tradicional importada, a Chery fornece carros de transmissão automática com alta eficiência e baixo custo de manutenção para os consumidores domésticos. Devido à característica suave durante a operação da CVT, o carro pode garantir a suavidade e conforto sob qualquer condição de condução para uma condução mais agradável e melhor experiência de condução.

                      Ou seja, sendo um produto próprio, acredito que será esta mesma a ser adotada em tudo, até por questão de custos.

                    • Tosca16

                      Agora o que é engraçado é insistirem nesse 1.5T, sendo que a Acteco já possui motores bem mais potentes na gama; veja no site da Acteco a linha F de motores turbo; eles tem 1.6 de 180cv e bons 280Nm de torque…

                    • Acredito que o 1.6 Turbo virá no Exeed e Tiggo 8 para o Brasil, e aqui será a escola dos chineses, com o sucesso que a CAOA irá gerar.

                    • Tosca16

                      Outra coisa que não entendo nos chineses da Chery, ao menos no vídeo dos novos Arrizo Gx e EX que vi; investiram em saída de ar traseira, ar dual-zone, portas USB…. ao menos nos que vi, não tem regulagem de profundidade do volante, parece que não aprendem hehe. Até porta objetos que desce suavemente no novo Arrizo EX (Arrizo5) tem, mas continua sem regulagem de profundidade do volante.

                    • Infelizmente regulagem de profundidade já não é um item tão aclamado. Bom ter, mas tem coisa mais interessante, de fato.
                      Espero que lancem um modelo de imagem, arrebatador.

                    • Tosca16

                      Mas é algo que projetos modernos devem ter, comodidade e as vezes ergonomia. Um ArrizoGX não ter regulagem de profundidade é tão grade quanto um Jetta novo ter um túnel central que dá dois palmos de altura, são coisas inadmissíveis para projetos modernos em plataforma. O mesmo é a Chery insistir em direção hidráulica, não faz sentido.

                    • Tosca16

                      o Exeed TX por exemplo, é automática de 7 velocidades.

                    • Mas ele também vira com CVT 9 marchas, conforme o CarNewsChina.

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Chuto 75 mil Look e 85 mil ACT

    • Tosca16

      Chuto menos, partindo de 69 e chegando aos 80.

      • Hugo Leonardo Dos Santos

        Eu acho que não por causa do motor, deve ser caro, e ele tem que ser mais caro que o Tiggo 2

        • Tosca16

          Sim, será; estou colocando 10 mil frente ao Look… 69.990,00 sem controle de estabilidade e tração, na versão de entrada com rodas aro 15 e central, acho que dá, porque aí viria com peso pra cima de Virtus e cia.

          • Hugo Leonardo Dos Santos

            E tem a questão do PCD tb, pode ser

            • Tosca16

              Estamos a pensar bem nessa situação, mas provável que a versão que de fato venha equipada ultrapasse fácil os 75 mil reais, beirando 80 que é o que acho plausível para concorrer com Virtus, Cronos e Yaris.

              • André

                Irritante essa obsessão por enquadrar os carros na categoria errada, não importa se é mais barato ou caro, se chines ou não, fato é que tem porte de sedã médio e é um verdadeiro sedã médio. Pode ate´ser mais barato que um Yaris ou City, mas continua sendo um sedã médio. Mesma coisa com o Cerato, mesmo sendo 1.6 aspirado, ainda é um verdadeiro sedã médio, em qualquer lugar do mundo concorre com Corolla e Civic.
                Pode até ser que o Arizzo 5 seja um sedã médio barato em relação aos outros, mas ainda é médio. Vai concorrer com sedã médio e ganhar no preço, Quem vai comprar um Arizzo, gostaria de comprar um Jetta/Cruze/Civic novo, mas não tem bala para isso, ou simplesmente acha caro, então vai comprar o concorrente mais barato.

                • Tosca16

                  Mas a Caoa já disse, irá trazer um médio brigando com os compactos, não tem como fugir disso pois pelo preço e marca o modelo ficará longe das versões mais equipadas de seus concorrentes de fato em categoria, Civic, Jetta e Cruze todos estes ultrapassam e bem os 100 mil reais.

                  • Hugo Leonardo Dos Santos

                    Exato, por 85 mil completo com um motor 1.5 turbo de 150 cv que seja, seria um baita preço, um sedan médio turbo do mais barato hoje custa R$ 96 mil

                • Natán Barreto

                  Aí é que você se engana. O cliente do sedã médio nem olha pra chinesas. Mal olham pra Hyundai e Kia que tem nome e preço em relação à Corolla, Civic, Jetta, Cruze e Focus.

                  Quem vai comprar esse Arrizo é o cliente do Virtus, Cronos, Cobalt, City e Yaris. Pessoas que vão ver um melhor custo beneficio.

                  Isso já aconteceu no passado com Megane GT brigando com Spacefox e Weekend, Focus brigando com compactos completos em 2008 e por aí vai.

                  • André

                    Vou ser sincero com você, sempre tive sedãs médios, mas agora acabai por trocar um Jetta por um Virtus. O Jetta Comfortline novo está 40mil reais mais caro que o Virtus TSI Comfortline, achei muito dinheiro para nem tanta diferença de carro. Claro, o Jetta é mais carro, mas não vale os 40mil de diferença. Possivelmente se o Arizzo já estivesse no mercado, poderia considerar para continuar com um sedã médio. Fato é que os carros estão ficando muito caros e renda não está acompanhando esse aumento.

                    • Natán Barreto

                      Entendo perfeitamente e isso se enquadra no que eu disse. O Arrizo entraria no seu leque de opções por oferecer custo beneficio em relação aos compactos. Os clientes dos sedãs médios na mesma situação que a sua também pensarão melhor.

                      Até porque sedã médio não tem mais cliente. Todos partiram pra SUV ou perderam poder de compra e migraram pro andar debaixo. Os que sobraram estão comprando Corolla.

              • Hugo Leonardo Dos Santos

                Notícias
                Chery Arrizo 5 turbo flex nacional será lançado em novembro
                Sedã é maior que o Virtus, mas terá preço próximo dos sedãs intermediários (4rodas)

  • Munn Rá : O de Vida Eterna

    Sucesso para a Chery/CAOA ( e para outras chinesas também ) porque quanto mais concorrência melhor para a gente

  • Renato Alves

    Vindo mais barato e mais equipado que a dupla Virtus e Cronos terá grande chance de ser sucesso.

    • Gustavo Oliveira

      Penso q por ser xing tem que custar muito menos pra galera entrar nessa.

      • Marcos megdA

        Ele é um sedan médio, teoricamente não era pra concorrer com os citados. Mas a intenção da marca é oferecer um sedan médio a preço dos compactos bombados. Então eu esperaria um top de linha na casa dos 85k pelo menos. O que já seria bem mais barato que um cruze LT por exemplo

  • Phantasma

    Se vier com um preço agressivo e um pós venda decente, pode ser um divisor de águas para os Xina nessas terras.

  • Hugosw

    Seu por apenas R$69.990,00

    • Louis

      Se vier com este preço e bem recheado de acessórios, acho interessante.

      • Luis Fernando Pozas

        Daí não seria melhor o Cerato?

        • Hugo Leonardo Dos Santos

          acho que não, pois o Arrizo é até mais completo e será nacional

  • Bruno Silva

    Se vier com preços de Virtus não vejo muita chance de sucesso, mesmo sendo 1.5. Se vier um pouco abaixo bem equipado (que tenha ESP na de entrada diferentemente do Tiggo2), pode vender bem.

    • Tosca16

      Caoa tá conseguindo empurrar 1.5 aspirado com AT4, não duvide de nada hehe.

      • O Tiggo2 ficou espetacular em sua proposta. O carro anda bem, escalonamento bom do AT4, e o consumo de combustível não ficou excessivo.

        • Tosca16

          É, funcionamento tá correto. Uso urbano, anda de boas, sem tranco algum…

  • Dod, o verdadeiro :D

    Considerando que o Tiggo2 chegou na mesma faixa de preço dos concorrentes diretos (HB20X, Onix Active, Stepway, T40; sim, hatches aventureiros, que é isso que o Chery é), eu não vejo esse Arrizo chegando por menos de 85-90k.

    • Fellipe Borges

      No seu entendimento por que o Tiggo2 não brigaria com Ecosport, Kicks, Duster, Captur, etc?
      Valeu

      • Marcos megdA

        Porque ele é uma analogia do WRV. Um hatch bombado de suspensão elevada empurrado como SUV, sendo que nem se enquadraria como crossover

        • Fellipe Borges

          Mas minha pergunta não foi o motivo dele não ser um SUV.
          Esquece a categoria por um minuto, você acha que na prática, pelo que ele entrega, ele não poderia brigar com Ecosport, Kicks, Duster, Captur, etc?

  • Cardoso (não aquele)

    Preço: mais alto do que vale.

    • Luis Fernando Pozas

      Descreveu todos, ou quase todos, VW

  • RVM

    Eu acho interessante ler que um carro com 115 cavalos ou próximo, com torque de 13, 14, 15 kg ou próximo é fraco. Virou uma moda. Se não tiver 150cv e 20 kg de torque não presta .

    Eu tive um 308 thp, um fluence 2.0 e hj um kicks. Na boa. O carro me.atende plenamente. No final do mês economizar R$ 100 a 150 ee. Combustível entao é a cereja do bolo
    A média hoje é mais alta? Sim. Mas chamar de fraco? Não acho justo…

    • André

      Muito bem observado! A maioria das pessoas nem precisam de tanta potencia.

    • e3965

      Problema que brasileiro no geral não tem dinheiro para ter 2 carros, um para cidade e outro para viagens, e “motorzinho” na estrada é para passar raiva em pista simples.

      • RVM

        eu tenho 2, o Kicks e um focus 2.0.
        confesso ainda que tal potencia adicional não se justifica a essa rasgação de ceda por super potencia. no final das contas eu so faço gastar mais $$ com combustivel.

        Dirijo o kicks na estrada, é pontual a falta de potencia, visível, mas um carro que com 4 pessoas coloca 140, 150 no plano de forma segura, não acredito ser um problema!.

        • Matthew

          Realmente em circuito urbano ou rodovias largas com varias faixas dá pra tocar. Mas em vias de pista única, com sobe e desce, tendo de ultrapassar carretas quando elas dão sinal com o pisca pra falar que a contra-mão tá liberada, faz toda a diferença um carro com motor mais forte, sim. Não é paranóia de brasileiro. Ou mesmo em boas rodovias, mas o carro com carga máxima dá pra sentir claramente a limitação do motor menor.

        • e3965

          Você mesmo respondeu porque o kicks te atende, se precisar tem o Focus. Eu mesmo jamais teria um kicks como único carro, serve como no seu caso, um carro de cidade, para viagens com carro cheio, pista simples, época de trânsito intenso é um terror.

    • Samluzbh

      Concordo com vc, um bom motorista tira do 1.6 mais que a maioria desses fissurados por potencia dos 2.0, e diga se de passagem a maioria anda na maciota pra economizar.

    • Davi Millan

      Isso é questão de perfil somente e sem falar que o Kicks anda bem e é econômico também, lógico que não é nada avassalador, mas corresponde ao esperado.
      Já no meu caso eu nem olharia para o Kicks, mas entendo a proposta dele. Depois que fui “picado” pelo bichinho do turbo eu não consigo mais comprar carros aspirados.
      Já sobre a economia de combustível é relativo a muitas variáveis. Eu também já tive um THP e ele foge do pensamento comum de que seria um carro econômico, fazia 8km/l na cidade e no máximo 13-14km/l na estrada a 110km/h. Já o Fluence não precisa nem falar, bebe mais que ex-presidente. Hoje eu tenho uma Golf Variant 1.4 e faço tranquilamente 12km/l na cidade e 17,6km/l na estrada a 110km/h.

      • RVM

        entendo e concordo com você.

        o meu questionamento é so que a midia de modo geral mete pau em carros com 100 e poucos cavalos dizendo “rendimento ruim” (note que estou defendendo um chines, não o kicks em específico), sendo que acredito ser certo afirmar que na avassaladora maioria dos motoristas isso atende em plenitude.

        lembro de num passado proximo, meu pai tinha um golf, aquele modelo classico todo redondo, nao sei a geração…logo após o quadradinho… o carro éra um trator, 2.0 e tinha 100 e poucos cavalos e com certeza nao tinha torque espetacular não.

        o que falar então dos Gols APs, e etc…

        pode ser um comentário sem referencia, mas eu acho apelativo chamar um carro, no mundo de hoje, com um motor do tamanho de uma caixa de picole que gera essa potencia/torque de fraco…

        enfim, é um pensamento só.

  • awatenor

    100 k

  • Torcendo para trazerem o Arrizo 7 para cá…

    • Tosca16

      Arrizo 7 não, ele é ultrapassado já na gama. Vem coisa melhor, Arrizo 6 ou quem sabe o Exeed.

      • Hugo Leonardo Dos Santos

        arrizo GX

        • Tosca16

          É o Arrizo6 para o mercado international.

  • Donald Acap Acap

    Se entrar na cota PCD, daqui a 2 anos será meu carro! Quem guia um turbo não volta ora aspirado

  • afonso200

    porque é tao dificil vender um produto com motor moderno e preço bom no BR. sempre jogam la nas alturas o modelo com motor bom e moderno, e o mesmo modelo na versao de entrada e motores obsoletos 1.0 – 1.4 – 1.6 com preços mais em conta

  • A marca é CAOA Chery aqui no Brasil, assim como a Suzuki é chamada Maruti Suzuki na Índia. Está estampado nos carros. Não entendo a insistência em chamar a CAOA Chery de apenas Chery se o nome é CAOA Chery.

    • Tosca16

      É questão de tempo e marketing pra soar nos consumidores que a marca é Caoa Chery agora… donos de Chery mesmo são reluzentes em falar, imagina quem não é proprietário. Cheguei ao ponto de ver um comentário num grupo de um rapaz dizendo que ia mandar arrancar o logo, porque ele comprou foi um Chery não Caoa hehe.

  • Os modelos Tiggo 4 e Arrizo 5 devem ser dotados de CVT no Brasil, uma vez que os automatizados tem baixa aceitação no Brasil.

    • Tosca16

      Arrizo eu apostaria em CVT, já que é utilizado no mundo inteiro; quanto ao Tiggo4 e Tiggo7 ela já disse em comunicado a imprensa, vão ser DCT.

    • Tosca16

      E sabendo da Caoa como é pode apostar que vão por marketing pesadíssimo no dupla embreagem como sinônimo de modernidade, esportividade e baixo consumo de combustível… e bom, não sei se é bom frisar mas o DCT da Chery são GETRAG; a mesma do polêmico Powershift da Ford.

      • Justamente por isso não levo fé no DCT, ainda mais com a Chinesa testando novos CVT.

        • Tosca16

          Bom, sendo chinesa não deveria apostar num AT4 também, né? Todo mundo esperava CVT no Tiggo2… Aguardemos.

          • AT4 já utilizado no Etios era aceitável. Vale lembrar que a CAOA só ajustou o escalonamento, pois a chinesa já estava lançando o modelo. Tiggo2 ficou com o AT4 por isto.

            • Tosca16

              Ficou porque não tiveram tempo para mexer nos produtos, mas se confirmar o Aisin já foi dedo deles; o Tiggo2 usa caixa de origem francesa, DPO/AL4; pode olhar no site da Acteco.

      • Marcos megdA

        Mas a Getrag fornece cambios pra outras marcas que nao deram problemas, como a Ferrari

        • Tosca16

          Mas aqui todo mundo vem falar dos Ford, né.

  • Charles Duarte

    Achei que ja viria o Arrizo EX, esse seria perfeito pois ja tem o interior atualizado, acabando com um defeito do arrizo 5, que tem o exterior lindo, mas o interior deixa muito a desejar… mas pelas fotos o que vem é o 5…

    Poxa CAOA traz logo o EX…

  • Bryan Silva

    Hoje em dia um motor 1.5 Turbo em nosso mercado deveria ter pelo menos 160~180cv e mais de 23kgfm.

    • Tosca16

      Temos 1.5 aspirado nos japoneses Yaris e City e são considerados bons em sua proposta.

      • Bryan Silva

        O 1.5 aspirado da Honda é bem bacana!

        • Tosca16

          Dizem que o conjunto do Yaris é melhor que o do City, desde motor a câmbio…

  • Anti-Hater

    Se vier a preço de Virtus Confortline / Cronos Precision tem grandes chances de vender relativamente bem. Não digo líder do segmento dos sedãs médios, bem longe disso, mas até pra mim que estou pensando em comprar um Virtus GTS (a ver o preço quando lançar) não deixaria de olhar o Arrizo 5 não, o que poderia dar umas vendas legais pra ele se mais gente ficar curioso em ver. Talvez até sirva de chamariz pra marca e faça algumas pessoas esperarem pelo Arrizo GX…

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Notícias
    Chery Arrizo 5 turbo flex nacional será lançado em novembro
    Sedã é maior que o Virtus, mas terá preço próximo dos sedãs intermediários (4rodas).

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email