Chery China Finanças Montadoras/Fábricas

Chery deve passar para o capital privado até o fim de novembro

chery-exeed-tx-1 Chery deve passar para o capital privado até o fim de novembro

A Chery revelou que passará para o capital privado até o final de novembro, de acordo com o site chinês Gasgoo. A Changjiang Equity Exchange será responsável por essa mudança radical na história do fabricante de Wuhu, cidade na província de Anhui. Fundada em 1997, a empresa começou como autopeças e se tornou um fabricante de automóveis em 1999 com um clone da primeira geração do Seat Toledo, feito com ferramental usado adquirido da Ford.



De lá para cá, a Chery evoluiu rapidamente, iniciando um processo de desenvolvimento próprio de produtos e motores a partir de 2007, sendo provavelmente a montadora chinesa que mais investiu em P&D no país, criando linhas completas de modelos saídos originalmente de Wuhu.

No entanto, sob a gestão estatal da administração municipal da cidade-sede, o fabricante asiático sempre pareceu gastar mais do que ganhava. E foi esse o motivo da última onde de desenvolvimento que a Chery promoveu ao criar uma gama de produtos de melhor qualidade com uma equipe internacional, ao mesmo tempo em que tentou lançar sem sucesso a Qoros no mercado europeu. Mais recente, a aposta da empresa é a submarca Exceed, também no velho continente.

Ao trocar a gama de produtos baratos por modelos mais sofisticados, a Chery Holdings acabou criando a Cowin Auto. Esta agora é o braço de baixo custo da empresa, que tem ainda um quarto membro, a Chery New Energy, dedicada ao desenvolvimento de tecnologias alternativas para eficiência energética. De acordo com o site chinês, cada uma dessas empresas seria vendida em separado, citando rumores de mercado.

Sabe-se que a empresa Wuliangye estaria interessada na Cowin Auto, enquanto a Qoros seria alvo do Grupo Baoneng. Rumores também falam que o empresário Dong Mingzhu e as empresas Baidu e Industrial Bank estariam de olho na Chery, bem como a Hybrid Kinetic Group, de Hong Kong, que quer levar 87,5% de toda a companhia. Por ora, não houve a divulgação de como será a composição acionária da montadora daqui para frente, mas espera-se um comunicado nos próximos dias.

Em relação à operação brasileira, também não houve divulgação da escolha do novo controlador, que levantará 50,7% das ações da filial brasileira. A principal aposta é o Grupo CAOA, que já é dado como certo no negócio. O anúncio na bolsa de Hong Kong deveria ter sido feito no dia 7 de novembro, mas até agora impera o silêncio. Tanto na China quanto no Brasil, a Chery busca a entrada de capital. Lá, para cobrir o caixa da empresa, reduzido para dar continuidade ao processo de mudanças, e aqui devido aos prejuízos locais.

[Fonte: Gasgoo]

 

  • Almicre Piovezan

    CAOA não, muito obrigado!

    • Esquilo Tranquilo

      Pior que não vejo outro comprador, e talvez seja a única saída pra melhorar a imagem da marca. Apesar de odiar a CAOA e as propagandas absurdas dos RUIMday, é inegável o UP que ela deu na marca.

    • Deadlock

      Estão falando da empresa como um todo, inclusive a matriz. Agora com o capital privado, as coisas vão andar.

    • Tosca16
  • EDU

    Pode por a parceria que quiser que graças ao sindicato de bandidos simpatizantes do Partido dos trabalhadores que nunca trabalharam nada vai par frente ponto.

    • Luciano RC

      Tranquilo, agora vai entrar a CAOA para administrar. Aquela empresa que tem pacto com os Esquerdistas e pagou propina… então ela pede para liberar e todo mundo libera.

  • Lucas086

    Rapaz, que carro bonito esse da matéria, pq não pra cá, ai mandam essas coisas feias que vendem por aqui

    • Luciano RC

      A Chery precisa muito melhorar a linha de produtos.

      • Tosca16

        A linha já é boa, só resta trazer kkkkk

        • Davi Millan

          Aliás, já tem previsão de lançamento do Tiggo 7? Ele vira com o 1.5T e cambio DCT?

          • Tosca16

            Previsão não tem, mas seria ano que vem… creio que a CAOA só iria trazer essa versão, no máximo o 1.5T com CVT.

            • Davi Millan

              Aaaah queria o DCT! :(
              Certeza que compraria um chinês novamente.

        • Luciano RC

          Concordo.

    • Marcelo Henrique

      Só uma pequena correção, só mandam essas coisas feias que NÃO vendem por aqui.

  • Fernando Bento Chaves Santana

    O que acontece com Chery lembra o caso da Daewoo nos anos 90. Após conseguir uma boa participação no mercado internacional com produtos medianos a empresa coreana investiu uma volumosa soma para criar um novo portfólio, desenvolvido pela Italdesign, em tempo record, porém ficou sem fôlego pois não conseguiu retorno financeiro rápido o suficiente para compensar os investimentos. No final divisão de automóveis faliu e empresa fora adquirida pela GM (a Tata ficou com os caminhões). Após a aquisição GM que aproveitou os novos produtos e a boa equipe de engenharia da empresa para tornar a Daewoo sua principal base de desenvolvimento de carros pequenos e médios nos anos 2000 (expansão da Chevrolet para a Europa ocorreu com produtos Daewoo). Talvez algo semelhante aconteça com a Chery e ela passa para o controle de algum grupo com dinheiro interessado nos produtos já desenvolvidos na equipe de engenharia que desenvolveu produtos interessantes como a linha Qoros.

  • Flight_Falcon

    Se o marketing da CAOA é bom para vender Hyundai é fácil, para vender o carro de 1 bilhão de dólares, o melhor SUV do mundo, etc, quero ver vender Chery como eles são, sem mudar acabamento ou modelos.

  • Cosi fan Tutti

    Alguem duvida que a Chery sera a nova Hyundai tanto mundialmente quanto aqui no Brasil? Somente estas ultimas ações da empresa la vendendo capital e aqui vendendo parte da operação pra um grupo local demonstram que não estão pra brincadeira.

  • SDS SP

    A CAOA assumindo pode dar um bom fôlego para a marca.

  • Zé Mundico

    Em outras palavras: fim de linha para o conglomerado. Venderão cada empresa do grupo individualmente e a montadora principal será vendida a quer der mais, juntamente com a marca.
    Nasceu pequena sonhando em ser grande mas vai terminar pequena mesmo.

    • Cosi fan Tutti

      Na verdade é o contrario, uma estatal se tornando privada.

      • Zé Mundico

        Sim, mas de forma fatiada, por isso o fim do conglomerado.

  • Tosca16
  • Tosca16

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend