_Destaque Crossovers Salões do Automóvel Toyota

Chery prepara novo SUV compacto para o Salão de SP, segundo site

tiggo-3x-oficial-1

A Chery deverá apresentar durante o Salão do Automóvel de São Paulo, marcado para acontecer entre os dias 10 e 20 de novembro, um novo SUV compacto para a sua linha. Trata-se do novo Tiggo 3X, mostrado aos chineses no início deste ano no Salão de Pequim, que poderá começar a ser vendido no Brasil no primeiro semestre de 2017, com direito inclusive a produção nacional na planta de Jacareí (SP).

O novo Chery Tiggo 3X vai se posicionar como o modelo de entrada da futura “família Tiggo” da montadora chinesa no mercado nacional, que contará ainda com o topo de linha Tiggo 5. O veículo compartilha plataforma e uma série de outros componentes com o Celer, o que irá facilitar sua produção em terras tupiniquins. O motor, inclusive, deverá ser o mesmo do irmão menor, um 1.5 litro flex de até 108 cv e 14 kgfm de torque, com câmbio manual de cinco marchas.

tiggo-3x-oficial-6

Entre os equipamentos, o novo Chery poderá dispor de airbags frontais, freios ABS com EBD, direção assistida, ar-condicionado, trio elétrico, sistema multimídia com tela sensível ao toque, rodas de liga-leve, entre outros.

Quanto ao preço, é de se esperar que o Tiggo 3X seja oferecido por algo entre R$ 45 mil e R$ 50 mil. Pelo menos por enquanto, o Chery não terá um concorrente direto, a não ser pelos aventureiros Chevrolet Onix Activ, Hyundai HB20X e Volkswagen CrossFox, além do futuro Honda WR-V, que também deverá dar as caras na mostra automotiva.

[Fonte: UOL Carros | Imagens: Reprodução]

Galeria de fotos do Chery Tiggo 3X





  • Debraido

    SUV barato + Marketing + fabricação local = possível sucesso.

    • Gustavo73

      É a chance da Chery deslanchar.

      • meneghelli1972

        Ainda bem que a Chery vai começar pelo Tiggo 3X, a dias atrás tinha lido que esse seria o ultimo dos 3 modelos de SUV que ela iria trazer, seria primeiro o Tiggo5, depois o Tiggo3 reestilizado e por ultimo esse dai, tomara que comece por esse.

        • Gustavo73

          Nesse sentido não tenho conhecimento sobre os modelos para opinar.

    • Matheus Ulisses P.

      Faltou só dizer que é bonito, mas sei que isso é subjetivo demais e não se discute.

  • Jorge Osório Cortese Magalhães

    Bem simpático! Mas se a Chery não investir em marketing, vai ser mais um desconhecido pelos consumidores! Pouquíssimas pessoas conhecem o Celer e muito menos sabem que a Chery tem fábrica no Brasil…

    • edgar__rj

      A Chery da minha cidade fechou, do nada…

      • Jorge Osório Cortese Magalhães

        Sim, não vende…

  • Gran RS 78

    A Chery tem um modelo para enfim vender bem no Brasil. A marca precisa ter preço agressivo junto com uma campanha de marketing idem.

    • Tosca16

      Ao meu ver poderia ter sido o Tiggo 5 ou até mesmo um sedã tal como o Arrizo 5, se e claro tivesse sido feito o lançamento mundial deste aqui e não no Chile como acabou acontecendo.

      • Gran RS 78

        Mas hj no Brasil, a única categoria que está vendendo bem é justamente a dos suvs/crossover compactos, como HRV e Renegade. Esse modelo da Chery iria entrar em um segmento que praticamente não existe concorrente, na faixa de preço de 45 mil até os 55 mil reais, pois só temos os aventureiros urbanos nesse nicho.

        • Tosca16

          Sim, entretanto a praticamente dois anos ou mais que esperávamos o Tiggo5, naquela conjuntura não existia muito dos queridinhos de hoje como HR-V, Renegade e até mesmo se quisermos colocar o recente Kicks .

          • meneghelli1972

            Esse poderá ser um aventureiro de entrada mesmo, são apenas 9cm a menos que o Ecosport. Então podemos acreditar que sera de porte quase médio. :)

      • Edson Fernandes

        Concordo Tosca!
        Não entendo a necessidade de lançar um aventureiro de um compacto. O Tiggo 5 faria uma representatividade maior. Inclusve porque ele é o médio e poderia ter itens para atrair. Espero que a Chery também olhe para o lado de recheio dos carros porque não vai adiantar seguir na receita atual.

        Alias, acho nada acertado manter do jeito que esta o motor 1.5. Pode ser ajuste de escalonamento do cambio, qualquer coisa…. mas ela precisa começar a pensar em gostos locais para condução em um geral. Já existe o centro de desenvolvimento, bora para botar na massa!

        • Tosca16

          Verdade, tem que rever sim seus planos aqui e repensar seriamente as escolhas feitas. Mas em relação ao Tiggo 3x o mesmo ficou bom, mesmo sendo derivado de um compacto, sou mais ele que um “pseudo” aventureiro, como temos aos montes.

  • Tosca16

    E já testaram novas versões do New QQ, já modelo 2017… Parada ela não tá não !

    • André

      Tosca, pelo amor de Deus, avisa a Chery que não adianta lançar o QQ 2017, finalmente nacional, se não for flex. pela tabela depreendesse que o carro será apenas a gasolina em todas as versões. Piada isso, né? Ainda mais num popular.

      • edgar__rj

        Eu gostaria que meu Sandero (1.6) fosse só á gasolina. Muito raro eu colocar etanol nele… Aqui no RJ não compensa , e acho que nunca compensou…

        • André

          Pois é, no estado de SP o etanol compensa muito, principalmente na estrada.

          • Ernesto

            E creio que o maior mercado seja aqui mesmo, o de SP.

        • Angelo Mattos

          Amigo, agradeça seu Sandero ser Flex. Hoje em dia, aqui nesse país, quase metade da gasolixo que vc coloca é etanol. Se seu motor rodasse somente em gasolina, com certeza vc já teria que ter retificado o cabeçote, substituído bomba de combustível, etc.

  • Tosca16

    Colocaria o mesmo motor 1.6 DVVT do TIGGO3; dando um pouco mais de fôlego ao modelo, pois não creio que este 1.5 do Celer seja o melhor em desempenho, como também no consumo e também porque sabiamente teremos versões automáticas, e bem provável que seja do tipo CVT.

    • Edson Fernandes

      Olha, seria o melhor mesmo! Alias, a acteco tem também a nova geração do motor 2.0 que poderia ir para o Tiggo 5.

      Ele no Brasil seria valido com o 1.6 e 2.0. Mas para o 3 esse 1.6 se encaixaria muito bem. Alias, se ela quiser pode pensar em deixar em uma variante de entrada o 1.5 e topo de linha 1.6 também (tendo a opção do cambio CVT)

  • Mumm Rá

    Estou sendo chato ( falando isso sempre ) mas desejo muito sucesso para Chery porque apesar de tudo ( cartel automotivo + preconceito dos brasileiros contra carros chineses ) essa marca insiste e investe no mercado brasileiro espero muito mesmo que cresça bastante e figure entre as principais

    • Gustavo73

      Pra nós consumidores quanto mais opção melhor. E se decidirem realmente vender(capacidade produtiva eles tem) com preços mais realistas para o consumidor, quebrando a forma de vender(preços) vingente melhor.

  • Ângelo Coppo

    Te desejo sucesso, Chery! Ah, e invista na publicidade, essa é a receita!!!!

  • Rodrigo

    Eu curti! O preço estimado e design são convidativos!
    Sendo confortável e com conteúdo decente, vai deslanchar!

  • Aaron Ramos

    Se fosse 49-55mil, seria mais interessante, mas passando dos 60 eu prefiro apertar um pouco e partir pra um Renegade pé de boi por 69.

  • Tomtilt

    Se custar realmente entre 45 e 50 mil tem muito potencial pra vender bem.

    Isso se a Chery parar de fechar concessionárias mais rápido que a velocidade da luz.

  • delvane sousa

    Já que eles tem fábrica aqui poderiam ofertar o produto no mercado. Mas creio que o valor seria superior ao citado, desde que não seja o preço de um HR-V, por que ai não teria a menor chance.

  • Louis

    Interior fica devendo um pouco, mas para concorrer com Sendero Stepway está bom demais.

  • Felipe

    gosto da marca, tem um QQ na empresa e minha mae tem um celer, como trabalho em outra cidade viajo muito, pra preservar o meu carro as vezes uso o dela, mil vezes um celer do que qualquer gol, palio e etc.

    • Angelo Mattos

      Foi pensando assim que eu comprei um Celer nacional ano passado.

  • Jurandir Filho

    Custa colocar um cambio automático?

  • Edson Fernandes

    Chery, não poderia ter um CVT junto não? Poderia ser uma otima oportunidade em vista dos preços dos automaticos no Brasil.



Send this to friend