Chery China Segredos-Flagras SUVs

Chery prepara novo SUV premium Exeed LX

Chery prepara novo SUV premium Exeed LX

A Chery está preparando um segundo modelo da submarca premium Exeed, a qual pretende introduzir no mercado europeu. O novo utilitário esportivo tem porte médio, mas tamanho aparentemente menor que o TX e sua versão longa, o TXL. Chamado de Exeed LX, este produto deverá ter um estilo mais próximo ao de um cupê.


O modelo será inspirado no conceito LX, já visto no Salão de Pequim 2018. O modelo terá faróis retangulares e bem afilados, totalmente em LED, assim como uma grade estreita. O para-choque será uma extensão da grade, enquanto as lanternas traseiras em LED possuem formato horizontalizado.

Chery prepara novo SUV premium Exeed LX

As colunas C do Exeed LX serão bem largas e com vigias integradas, assim como o defletor de ar traseiro será proeminente, como visto nas imagens. Por enquanto, ainda não se viu o interior, mas o ambiente deverá ser próximo do TX, dando continuidade ao compartilhamento de componentes entre os produtos da Chery.


Isso acontece, por exemplo, nos três SUVs da Chery feitos sobre a plataforma T1X, sendo eles Tiggo 5x, 7 e 8. O mesmo deve acontecer com o LX em relação ao TX/TXL, sendo eles também fabricados sobre a base desenvolvida em parceria com a Jaguar Land Rover.

Chery prepara novo SUV premium Exeed LX

Nos interessa? Sim. O empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade, CAOA, confirmou a vinda da submarca premium ainda para 2019, sendo uma opção para disputar com produtos do segmento de luxo, em faixas de preço mais acima dos atuais Tiggo 5x e Tiggo 7, além do futuro Tiggo 8, deve custar até R$ 150.000 para ser competitivo.

Na parte mecânica, nenhuma informação sobre o Exeed LX, mas este novo SUV da marca chinesa deve seguir o TX com motor 1.6 TGDI de 200 cavalos e 29,5 kgfm, tendo ainda câmbio de dupla embreagem com sete marchas. Com tração dianteira, terá suspensão traseira multilink e multimídia com conexão via internet e monitoramento remoto do veículo, etc.

Chery Exeed LX – Galeria de fotos

Chery prepara novo SUV premium Exeed LX
Nota média 4 de 3 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Rbs

    Os japoneses não fazem muita zuada na Europa . . . .

    • Zé Mundico

      Engano seu. Toyota, Honda e Nissan tem vida boa por lá. Basta dizer que o carro elétrico mais vendido na Europa é o Nissan Leaf….

      • oscar.fr

        Não mais. Desde o seu lançamento o Tesla 3 se tornou o elétrico mais vendido, seguido do Renault Zoe e, em terceiro, o Nissan Leaf. De qualquer forma, a performance da aliança Renault-Nissan nesse mercado é muito boa, daí a sede com a qual a FIAT foi propor casamento, quando os franceses e japoneses queriam apenas um namorinho com os italianos e americanos kk

        • Zé Mundico

          O Nissan Leaf foi o mais vendido em 2018. Até agora vai dando Renault Zoe em primeiro, Mitsubishi Outlander em segundo e Nissan Leaf em terceiro.
          Se o NA liberar o link, tá aí abaixo.

      • Jr

        A Honda não mais, e já tem um tempo, creio que no final a Honda sai da Europa para se concentrar nos mercados que mais importam para a marca, EUA e China

      • Rbs

        Pela importância das marcas japonesas no mundo, na minha opinião vendem muito pouco no continente europeu.

      • Rbs

        A consultoria Focus2Move divulgou um ranking das marcas de carro que mais venderam automóveis na Europa em 2018. Confira a seguir:

        1. Volkswagen: 1.746.674 unidades

        Divulgação
        2. Renault: 1.097.286

        Divulgação
        3. Ford: 1.013.938

        Divulgação
        4. Peugeot: 971.002

        Divulgação/Newspress
        5. Opel: 882.359

        Divulgação
        6. Mercedes-Benz: 879.895

        Divulgação
        7. BMW: 811.041

        Divulgação
        8. Audi: 724.345

        Divulgação
        9. Skoda: 724.177

        Divulgação
        10. Toyota: 710.163

  • Tosca16

    Falta somente investirem em tração integral, de resto tá bom o avanço dos chineses da Chery.

  • Emygdio Carlos

    Ainda bem que será mais um SUV!

    O mercado quase não tem esse tipo de veículo.

    Ufa!

    • Jr

      Infelizmente é o que tá vendendo hoje em dia, os números estão ai para comprovar isso, quem investe em sedã, tem prejuízo

      • Emygdio Carlos

        Você tem razão!

      • Hodney Fortuna

        Vc tem razão! A Chery investiu no Arrizo 5, carro belíssimo na minha opinião e de bom conjunto mecânico, mas quase não vejo ele aqui pelas ruas. Só vi uma vez.

        • Jr

          Normal, na lista da Fenabrave, o arrizo 5 não vendeu nem 1000 unidades até agora

    • Zé Mundico

      Ainda bem, sedã e hatch não tem mais nada a oferecer hoje em dia.

  • Natán Barreto

    Em 10 anos a Chery vai estar disputando de igual com as outras montadoras como a Hyundai faz hoje e um dia já esteve na posição de montadora de baixa confiança por ser coreana.

    • th!nk.t4nk

      Difícil. Isso aí só vende na China e Brasil (além de outra meia dúzia de países sub-desenvolvidos).

      • Se for ver o que a Chery fazia 10 anos atrás, e o que está fazendo agora, eu não duvido que em 10 anos mais, estará no nível (tecnológico, não de volume de vendas) de Hyundai e afins. A Evolução deles tem sido bem rápida.

      • oscar.fr

        No Brasil é capaz de acontecer mesmo. As pessoas se fizeram uma opinião da porcaria do Hyundai HB20 de carro premium, que eu nunca entendi. Muitos deixaram de levar Fiesta e 208 para levar o low-cost da Hyundai para casa. O próximo passo é a Chery. Já tem cerca de mil corajosos por mês que deixam 100 mil nas concessionárias da marca chinesa para levar o SUV deles.

      • Jr

        O grande problema das chinesas de forma geral é que elas tentam entrar em mercados sozinhas, sem nenhuma infraestrutura decente de pós venda, ai fica difícil de competir com as já bem conhecidas do consumidor, basta ter um mínimo de infra e pós venda que os números melhoram, basta ver a Chery sem a parceria da CAOA e a Chery com a parceria da CAOA, a diferença nos números de venda são gritantes

      • André

        Pergunte para seus colegas, se há 20 anos, teriam comprado um Hyundai ou um Kia, claro que não. Hoje estas marcas gozam de boa reputação em qualquer lugar do mundo, até mesmo na Alemanha. Ninguem deixa de comprar um por achar um carro de baixa qualidade. Podem até preferir outras marcas, por este ou aquele motivo, mas os anos do Hyundai Pony já se passaram há muito tempo, e hoje os coreanos tem qualidade igual ou superior aos concorrentes diretos europeus. Achar que um VW, Peugeot, Renault, Fiat são melhores que um coreano, é não querer enxergar a realidade.
        Mesmo caminho está tomando a Chery, vamos ver daqui a 10 anos. já tem tempo, quando eu tinha um Focus de primeira geração, experimentei um Chery Cielo, realmente era uma carroça ma comparação com o Focus. Hoje, já não sei se não é 0 Ecosport a carroça comparando com o Tiggo 5x.

  • Filipo

    “Premium” chinês? Não, obrigado!

  • Allifen Marques

    Embarcando na sonoridade do “Xceed” da Kia?

  • Hodney Fortuna

    Belo carro! Se chegar na casa dos 200 mil reais para enfrentar concorrentes que custam mais de 300 mil, poderá fazer sucesso entre os “milionários brasucas” que se esbaldam em modelos comprados pela classe média norte americana.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email