Chery Crossovers Europa Mercado Salões do Automóvel

Chery promete híbridos e elétricos para a Europa

chery-tiggo-9-teaser-1 Chery promete híbridos e elétricos para a Europa

A Chery decidiu que já é hora de entrar no mercado europeu de forma oficial. Até agora, a marca chinesa tinha parte de seus produtos vendidos no continente através da italiana DR Motor, que também vende modelos da JAC Motors. A proposta de montadora é focar em utilitários esportivos e em tecnologias ecológicas.



A ação da Chery na Europa começa pelo SUV M31T, que deve aparecer na forma de protótipo em Frankfurt. Com ele, a marca traz o conceito de estilo 3.0 e a estratégia é ter produtos de visual mais agressivo, melhor qualidade e maior segurança. O novo utilitário esportivo será exibido em duas motorizações, sendo uma composta pelo motor 1.6 TGDI e outra com o 1.5 TCI na versão híbrida.

A marca já adianta que ambos cumprem a norma Euro 6, mas não são diesel. A Chery terá também um centro de pesquisa e desenvolvimento na Europa, onde serão criados modelos e tecnologias direcionadas para a região. Híbridos, plug-in e elétricos serão comercializados no continente, segundo a empresa.

chery-crossover-compacto-esboço-1 Chery promete híbridos e elétricos para a Europa

“A estreia mundial do nosso novo SUV marca o início de nossa política agressiva para entrar no mercado europeu. Com lançamento previsto para os próximos anos, não só o M31T, como todos os futuros modelos da linha Chery serão marcados por um nível de qualidade, segurança, design e tecnologia nunca vistos, sem dúvida uma nova fase da Chery Automobile”, diz Ray Bierzynski, vice-presidente executivo do Centro de Pesquisa & Desenvolvimento da Chery, este localizado em Xangai.

Na China, a Chery transferiu parte dos modelos mais antigos para a marca barata Cowin, enquanto a Qoros passou a também utilizar sua plataforma mais recente, a T1X do Tiggo 7, que em realidade foi apenas repaginado para atender ao padrão da marca premium. A T1X é um desenvolvimento em parceria com a Jaguar Land Rover, que resultou em uma base com entre eixos de 2,56 m até 2,80 m, algo semelhante à MQB (excluindo-se naturalmente o gigantesco Atlas).

chery-crossover-compacto-esboço-4 Chery promete híbridos e elétricos para a Europa

Sobre ela, surgiram os modelos mais recentes da marca, sendo eles o Tiggo 7, SUV de porte médio, já visto em Buenos Aires, bem como o Tiggo 5x, SUV compacto que compartilha com este vários elementos. A Chery ainda quer ter um utilitário esportivo com sete lugares, que deverá ser chamado de Tiggo 9.

Além disso, a cooperação com a Jaguar Land Rover, sócia da Chery na China, também envolve a plataforma modular M1X, que é dedicada ao desenvolvimento de sedãs e outros modelos. Esta, por enquanto, ainda não deu origem a nenhum produto.

  • André

    Nossa, os planos da Chery para Europa são bem diferentes que para o Brasil, se tudo der certo, aqui teremos o Celer com suspensão alta, chamado de Tiggo2. É Brasil, quer o que?
    Mas enfim, a Chery só tem a crescer em vender carros para o mercado europeu, nem tanto em vendas mas principalmente em tecnologia, isso a obrigará a ter um alto padrão de qualidade e adquirir muito know-how.
    No sentido contrário, comenta-se que o fim da GM começou quando decidiram sair do mercado europeu vendendo a Opel para a PSA.

  • Ibrahim Shehata

    Enquanto isso a Indústria automotiva Brasileira está tentando vender o lixo que produz!!!!!

  • Handlay P.B.

    Que droga, o M31T ainda será apresentado em forma de protótipo… Ao menos pelos sketches e teasers desse carro dá para ver que ele ficará bonito, ao contrário do Tiggo 5x que ficou uma porcaria. As plataformas modulares T1X e M1X foram projetadas em parceria com a JLR, não sabia, a JLR poderia usar a T1X para fazer um SUV compacto para a Land Rover.

    • Vinícius

      Mas a Land Rover já não tem o Evoque que é um sucesso?

      • Handlay P.B.

        Estou falando de um SUV compacto da Land Rover, do mesmo porte do Renegade, Kicks e HR-V.

        • Vinícius

          Pode até fazer do mesmo porte, mais não vai ser barato!

  • Marcio Mendes

    A Chery demonstra que tem capacidade e know how para fazer e inovar. Infelizmente para o povo brasileiro – que aceita pagar 45 mil num Ka de entrada – vai continuar fazendo pouco ou o mínimo possível. O que é uma pena…

  • Pelo menos sabemos que pelo fato da Chery ter fábrica no Brasil já é um sinal que virão bons produtos por ae.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend