_Destaque Chevrolet Mercado Pickups

Chevrolet: Agora só falta a Montana

chevrolet montana 2016 1

A GM já não produz mais o Classic no Brasil e suas vendas devem continuar enquanto durarem os estoques, previstos para mais ou menos dois meses. Na Argentina, o sedã da Chevrolet continuará por mais algum tempo.

Com a saída do Celta, feito em Gravataí/RS e do Classic, que era montado parte em São Caetano do Sul e São José dos Campos, ambas em São Paulo, a GM agora tem somente um produto com a antiga plataforma do Corsa B (GM4200), a picape Montana.

Fabricada no ABC paulista, a picape leve da Chevrolet não recebeu qualquer atualização desde o lançamento, diferente do Agile – modelo com o qual compartilhou o projeto – que já est´pa fora do mercado nacional, mas ainda sendo feito no país vizinho.

chevrolet montana 2016 2

De janeiro a julho, a Chevrolet Montana vendeu 6.093 unidades, bem menos que as rivais Strada e Saveiro, que emplacaram 34.833 e 23.204 exemplares, respectivamente. Em julho, a picape leve da GM vendeu 1.315 unidades.

Capaz de levar 756 kg de carga, a Montana tem duas versões e parte de R$ 45.750. No configurador da GM, o modelo já não pode ser montado, mesmo sendo apresentado como linha 2017.

As previsões eram de que a picape venha a ser substituída por uma nova geração ainda em 2016, sendo esta derivada do Onix. Dessa forma, a GM poderia concorrer com mais força nesse segmento, que é praticamente dominado pela Fiat. Quando ocorrer, a montadora deixará seu lineup centrado somente nas plataformas GSV (Gamma II), D2XX e GMT 31XX.





  • EuMeSmObYmYsElF

    ainda em 2016? alguém já viu pelo menos uma mula de testes por aí? duvido muito que saia esse ano.. isso aí é coisa pra 2017.2

    • DiMais

      a GM tem capacidade de desenvolver um produto integralmente dentro das suas instalações, o campo de provas em Indaiatuba possibilita praticamente todo tipo de testes e o acesso lá é muito restrito, bem capaz de despertar mais a curiosidade alheia do que a Área 51 nos EUA.

      • EuMeSmObYmYsElF

        em tempos de drone, 200 celulares por esquina e free marketing usando “testes” e “vazamentos”, duvido que, se existisse, ninguém teria visto nada até hoje

        • DiMais

          um drone lá dentro do campo de provas é só dar um tiro e o dono nunca mais saberia o paradeiro dele… não é impossível desenvolver produtos em segredo mesmo com as ‘facilidades’ do mundo tecnológico atual, prova disso é a própria FCA que tem conseguido manter em segredo até muito perto da data limite as características finais dos seus produtos, o Jeep 551 vai ser apresentado daqui há alguns meses e ainda não surgiu nenhuma foto dele sem disfarces (e certamente quem vazou as fotos do Renegade e da Toro foram punidos).

          • Pedro Cunha

            Hoje em dia, aguçar a curiosidade dos futuros prováveis consumidores faz parte do marketing de sucesso de qualquer produto, principalmente dos automóveis. Um produto lançado “do nada”, sem teasers, sem flagras, sem “mulas camufladas” estará fadado ao ostracismo e boataria questionando qualidade e origens do mesmo.

            • DiMais

              não necessariamente, o Ônix foi oficializado pela GM pouco tempo antes do salão do automóvel de 2012, seus testes de ‘divulgação’ começaram em meados de agosto daquele ano (o produto já estava pronto e só estava passeando sob pesada camuflagem) e isso passou longe de ser uma estratégia fracassada como mostra o desempenho em vendas dele…
              uma picape derivada do Ônix hoje já tem boa parte dos componentes prontos, não é um produto que demoraria para sair da fase de projeto para as ruas e visto que estamos tão perto de mais um salão do automóvel, não duvido nada que a GM pudesse apresentar a nova Montana como sua grande estrela ali mesmo como um conceito.

              • Ⓜ️arcelo

                E outra, se a Mostrana não pode mais ser configurada, com certeza a produção deve ter sido interrompida ou está perto de…

              • José Eduardo Borba

                Sem falar que por não usar suspensão de feixe de molas, a “nova montana” pode muito bem está andando por aí com uma carroceria de Cobalt, ou até do prisma msm. Mas ainda assim, não acredito em um lançamento para esse ano.

                • DiMais

                  pra isso tem o salão do automóvel

        • Felipe

          Mas e a quantidade de imagens de Cobalt, Cruze, Spin / Active, Onix, Prisma, S10 rodando camuflados por ae?! Da Montana, até agora nada!

        • Renato Duarte

          o foda é que foto de drone quase nunca são editadas nos sites e revistas automotivas.

      • Douglas

        Ai sai de lá aberrações como Onix e Cobalt.
        E o pior que os dois foram feitos sobre o Sonic, que é bonito.

        • DiMais

          questão de gosto, o Sonic nunca achei bonito (talvez as lanternas com aspecto de quebradas não tenha ajudado), enquanto o Ônix acho um produto correto, sem exageros como o padrão Hyundai ou sem graça como o padrão VW.

    • Ricardo Rangel Lirio

      Concordo contigo.

    • Franco da Silva

      Não vai sair. Se a previsão (conforme visto neste site há algumas semanas) é trocar a plataforma do Ônix e família em dois ou três anos, não vale a pena começar agora com essa pick-up.

      • EuMeSmObYmYsElF

        faz mais sentido

      • Zoran Borut

        Talvez compense para a GM manter uma plataforma com custos já amortizados para um segmento em que parte importante das vendas é para trabalho, ou seja, cliente que necessita de manutenção barata e conhecida em detrimento de modernidade e tecnologia. Até porque se não fizesse sentido, a GM não teria feito esses Onix e Prisma Joy, ou mantido Classic e Montana tanto tempo em produção com uma plataforma velha.

    • Nova Montana

      • EuMeSmObYmYsElF

        queima, satanás

      • Erismar Araujo

        Parece um espermatozoide!

      • pedro rt

        ficou horrivel esse remendo

    • thi

      a gm nao é como a lentawagen..ja ja sai da jaula o monstro

      • cepereira2006

        Por falar em lentawagen e picapes, essa aí poderia fazer uma picape baseada no Up. Falta no mercado uma picape pequena, nos moldes daquela 137 da fiat. Seria econômica, segura, compacta e em um nicho de mercado exclusivo. Essa idéia vale um milhão de dólares, kkk.

        • ViniciusVS

          Para levar o que na caçamba? um fardo de refrigerante? kkkk

          • cepereira2006

            A caçamba não seria menor do que aquela da Strada cabine dupla. Aquela sim é uma piada.

            • Edson Fernandes

              Então não faz sentido. Que nicho de picape é essa?

              A Toro e agora a Oroch só tiveram mercado pq as médias cresceram bastante e tem uma manutenção bem mais cara. Por isso o motivo delas existirem.

              O problema de uma picape nos moldes de um 148 picape, é que a Saveiro ao ser lançada veio substituir a diminuta picape da Fiat que apesar de ser compacta para a epoca, era inferior em caracteristicas técnicas.

              • cepereira2006

                Subcompacta. Manja aquela picape antiga baseada no fiat 147? Poderia ter uma variante com um bauzinho, tipo fiorino também. No Brasil tem espaço para todos os tipos de picapes. Infelizmente somente alguns nichos são explorados.

                • Edson Fernandes

                  Mas com que valor? Considerando o Mobi o subcompacto mais falado do momento, considerando seus pares Uno e Palio, a diferença é de quanto? R$3000?

                  Não compensa. Ninguém iria se apertar em espaço interno para ter um subcompacto, podendo ter uma picape compacta de cabine simples. O preço não iria ajudar nas vendas de um produto que seria ruim para seus consumidores.

    • Eng Turbo

      2021 (sério!!) Era pra morrer em 2019 com a entrada do GEM, porém será estendida ate o limite.

  • ViniciusVS

    Chevrolet poderia fazer a nova Montana com frente do Onix em versão aberta e fechada estilo a Fiorino mas com frente de onix.

    A versão aberta poderia inclusive ter versão Joy para trabalho ( interior do onix Joy) e versão LT e LTZ sendo com opção manual e AT6

    Versão fechada somente na Joy, vejo muita Saveiro e Montana com carroceria fechada imitando a Fiorino então acredito que tem mercado.

    • CignusRJ

      Gostei da ideia. tb poderia ter uma picapinha baseada no Cobalt, pq não?

    • Pra versão fechada, acho que seria mais negócio fazer uma versão furgão da Spin. O espaço deixaria Fiorino no chinelo.

      • ViniciusVS

        Seria uma boa opção também.

  • Diego Lip

    Saindo a Montana, a GM acaba de vez com as plataformas jurássicas no Brasil. Agora falta a Fiat acabar com o Palio antigo e seus derivados e a Renault com o Clio e a Kangoo.

    • ViniciusVS

      A família Palio 1996 ( Palio Fire, Idea, Weekend e Siena EL) já saiu de linha… A solução para tirar a Strada seria uma Toro Working básica para trabalho.

      • TurboDiesel

        e o “palio mille” way ?

        • pedro rt

          saiu de linha desde abril

      • DiMais

        já é comentado o desenvolvimento da picape X6P, que é a futura Strada.

        • ViniciusVS

          Essa X6P seria um Grand Siena Picape?

          • DiMais

            X6H – Hatch
            X6S – Sedã
            X6P – Picape

      • Diego Lip

        Ainda não saíram de linha, estão no line up da montadora ainda. A Strada terá substituta.

        • ViniciusVS

          Saíram sim faz uns 4 meses, tem estoque somente. Próprios vendedores falaram que não conseguem mais fazer pedido para a fábrica, só o que tem em estoque.

      • Edson Fernandes

        Então, mas isso só irá acontecer se as variantes de boas vendas da Fiat deixarem de vender. E o mix de menor venda da picape são as de entrada. As que mais vendem são as Working seguida da Adventure.

        • ViniciusVS

          Seria o ideal mas muito provável que sera uma picape com frente de Grand Siena fazendo a mesma função.

    • CanalhaRS

      Não vai ser desta vez, já que os novos Palio/Punto/Siena continuarão com a maldita 326.

      • Diego Lip

        Mas essa plataforma é relativamente nova, falo da linha baseada no Palio da década de 90.

        • Gustavo73

          A 326 é baseada na do Palio dos anos 90.

          • Felippe

            que foi baseada na plataforma do Uno kkk

            • Diego Lip

              Só falta dizer que foi inspirada no 500 e no Topolino, hahaha.

              • Felippe

                do jeito que as montadoras adoram reaproveitar velharia no Brasil, eu não duvido kkk, mas falando sério, eu posso estar errado mas eu já li na internet que a plataforma do palio 1996 foi um upgrade da plataforma do Uno Mille

                • Edson Fernandes

                  A plataforma do Palio 1996 é justamente a plataforma do Uno italiano. A diferença é que o Uno recebeu feixe de molas para nosso mercado.

                  O Palio veio justamente com as caracteristicas tecnicas do Uno (mas vale aqui dizer que essas caracteristicas todo omercado utiliza tbm, salvo alguns modelos com suspensão multilink.

                  Mas a plataforma é oriunda do Uno sim. Só para ter certeza, veja que as saidas de ar do Uno se identificam com as do Palio e familia (incluso Idea e Doblo).

    • pedro rt

      nao tem mais palio fire, weekend e siena EL a venda dessa geracao antiga so tem a strada

  • DiMais

    vai ser um par para a futura nova Strada (X6P), acredito que os maiores ganhos serão no habitáculo mais espaçoso e enfim uma versão cabine estendida, verdadeira razão do sucesso da Strada.
    do lado da Fiat, acredito no fim do remendo da versão cabine dupla, que deixou de fazer sentido com a existência da Toro.

    • Zoran Borut

      Vejo muita Strada CD na versão básica também, que tem preço distante da Toro, então acredito que haja mercado para veículo desse tipo – claro que o fato da mecânica Fiat ser popularizada ajuda.

    • Fábio A.

      Depende. Meu pai mesmo necessita de uma picape pequena para serviço, e a Strada CD 1.4 atende perfeitamente às necessidades de trabalho dele, e atende também como veículo urbano ao possuir capacidade, mesmo que limitada, para 4 passageiros. Não é uma maravilha de carro, mas é funcional. Concordo que a Toro é bastante superior, mas a diferença que separa a Strada CD básica da Toro básica é de 25 mil, quase um carro popular zero.

      • DiMais

        infelizmente não se consegue agradar a todos e se a Fiat conseguir fazer uma Toro ‘Working’ para frotistas com preços mais próximos aos da Oroch a Strada CD deixa de fazer sentido, a não ser que os volumes de vendas dela dentro do mix seja muito considerável e justifique o investimento no desenvolvimento dela, afinal são três configurações bem diferentes de projeto.

  • Mr. Car

    Derivada do Onix, é? Então para mim, pelo menos em um aspecto vai piorar. Vai perder o quadro de instrumentos atual, que gosto bem mais, e ganhar o de “motoca barata” que equipa Onix/Prisma/Cobalt/Spin.

    • TurboDiesel

      o sonho de ser uma “ute” no brasil com o motor do cruze 1.4 t e interior e exterior dele seria uma maravilha da industria br

      • DiMais

        o mais próximo que vamos chegar disso serão as possíveis concorrentes que a Fiat certamente despertou com a Toro.
        não falta muito para as picapes médias seguirem o mesmo rumo dos SUV’s que foram amansados e saíram das estruturas feitas sobre chassi para os modelos monoblocos…

        • TurboDiesel

          acho feia de mais a toro talves a ford faça algo aceitavel ja que a gm ta meio de vagar outra coisa linda seria uma edge pick up kkk

        • ViniciusVS

          Ja imagino um Cobalt pickup alto com roda 16 e pneu grande… Seria algo meio próximo disso.

          • DiMais

            ou um Tracker cortado ao meio no melhor estilo Oroch!

      • Edson Fernandes

        Dificil. Muito mais facil imaginar que ela poderia contar com a gama de motores 1.4 e 1.8 atuais.

    • ViniciusVS

      Pior que muita gente gosta desse painel ( consumidor comum), é de fácil leitura e para a classe C painel digital é superior ao analógico, passa um ar de “modernidade” ( culpa do New Civic)

      Questão de entender o consumidor dessa categoria, olha como as vendas do Etios evoluiram depois do cambio AT e painel digital…

      • Mr. Car

        Não tenho nada contra painel digital em si, tem muitos bem bacanas, só que não é o caso deste da GM, com jeitão de motoca barata mesmo, he, he!

        • ViniciusVS

          Sao carros populares, não da para esperar nada muito sofisticado.

        • thi

          eu odeio painel digital!!

      • Matheus Conrado

        Não foi questão de modernidade, ou pra “agradar classe C” que o onix adotou o painel digital…foi apenas economia no projeto já que o veículo que ele deriva(Sonic) tem o mesmo tipo de painel… no geral não me incomoda,até gosto pois a informação é bem passada (tacômetro e velocímetro são bem grandes)… apenas a falta de termômetro que é imperdoável.. a gm foi burra o suficiente pra incluir uma pouco pratica Bússola e “esqueceu” denovo do termômetro na última reestilização.

        • ViniciusVS

          É um conjunto. tem que pensar no painel mais agradável possível com o menor custo de produção. foi uma força barata e simples de reduzir custo e agradar o consumidor ao mesmo tempo. nesse sentido que falei que é entender o que o consumidor busca.

      • Acho painéis analógicos muito mais elegantes. Dependendo do desenho e do acabamento, passam um ar de sofisticação muito maior. Mas os digitais são imbatíveis em praticidade e precisão (os ponteiros, além de não apontarem um número exato, estão sujeitos a erros por paralaxe). Depois que me acostumei com o do Onix, acho muito incômodo dirigir carros que tenham mostradores analógicos, sinto muita falta do “painel de motoca”.

        • ViniciusVS

          Aqui em casa tem um Civic EXR, e de fato o painel é de fácil leitura pois os números aparecem grandes e bem visíveis, ainda mais por ser 2 andares…

          Não acho o painel do Onix feio como dizem e acredito que boa parte dos que comentam aqui inclusive gostou de primeiro momento mas entra no efeito manada (virou moda falar que é painel de motoca, da mesma forma que virou moda falar que o Veloster não presta etc…), porém não da para negar que de fato caiu no gosto do Brasileiro ( Real consumidor que coloca o carro na garagem)

          Acredito que a tendencia é painel digital em boa parte dos carros, sendo os populares com telinha simples igual do Onix que no caso é Semi-Digital pois tem conta giros e nos Sub-compactos sem conta-giros será somente a telinha igual do Kwid/QQ etc, e nos carros médios para cima 2 telas ou uma tela maior estilo Kicks, Audi TT etc… onde além das infos do computador de bordo, terá as informações que hoje ficam na central multimídia, dispensando futuramente a telinha central no lugar do rádio.

      • Hiluin

        Não acredito que alguém compre carro apenas pelo Painel.
        Em tempo, eu gosto do painel do Onix.

        • ViniciusVS

          Comprar um carro só pelo painel não, mas deixar de comprar um carro pelo painel sim ( Etios com painel antigo)

  • Victor Hugo

    Tiraram a Montana, com plataforma do Corsa II parã colocar essa Montana com plataforma antiga. Não deu pra entender.

  • The Monster Man

    A Montana já foi retirada do mercado na versão Sport e o configurador da LS já não está mais disponível.

  • Lucas086

    Tenho um amigo que está na 3 Montana Sport, ele gosta, apesar de não carregar muito peso, ele carrega volume, então ele gosta muito, a Montana é macia, manutenção barata, e desempenho honesto sem beber muito, sem falar que se compra barato e vende barato. E ele por incrivel que pareça é mais alta que a saveiro.

  • Pedro Cunha

    “Chevrolet – Agora só falta a montana” – Como se o portfólio da marca fosse exemplo de renovação e referência de design…
    O portfólio GMB só não é mais insosso quê o da VW.

    • Douglas

      Ai o cara abre o site da Opel e dá vontade chorar.

      • pedro rt

        de vez enquando abro o site da opel espanha e portugal e começo a chorar tentando imaginar aonde foi, em q momento nosso mercado errou ao parar de se inspirar nos opel e fazer somente essas invencoes locais…

        • Matheus Conrado

          Acho que foi com a ascensão economica do BRIC’s que as fabricas comecaram a enxergar o nosso mercado como se fosse um só vide renault e seus Dacia.. toyota com projeto indiano todas com seus baixos custos.. no caso da GM desde o lancamento do agile(que teve boas vendas) que a Marca viu que o projetos de baixo custo funcionam…

        • ViniciusVS

          Se nosso Astra, Corsa, Meriva e Zafira fossem iguais aos vendidos na Europa até entenderia mas na prática não é bem assim, vou dar o exemplo da Meriva.

          Lá fora tinha opção Diesel e Gasolina, opção com motor turbo, Farois com projetores, lavadores de farois, sistema de som premium, computador de bordo, ar condicionado digital, Flexspace, melhor acabamento, melhor suspensão enfim basicamente só tinha o mesmo nome e a carroceria igual pois na prática é outro carro.

          Isso vendo a versão antiga que foi vendida aqui no Brasil, a versão nova da Meriva da um banho até em carros médios vendidos aqui como o Corolla.

          A Chevrolet vendia carroça usando o mesmo nome de carros vendidos la fora ou seja, só era um opel na casca pois no resto… hoje a mesma coisa, um Onix não deve nada para um Corsa 2012. é só o efeito psicológico do Corsa ser um “Opel tupiniquim”.

          • Complementando: Meriva foi projetada aqui.

            • ViniciusVS

              Para ver como são as coisas, projetada aqui porém muito mais simples que a vendida lá fora, aqui passou por facelift e saiu de linha. lá fora mudou geração e continua firme e forte…

    • thi

      perfiro o da vw (-.-)

  • Diogo Oliveira

    Eu ia falar que a Montana tinha uma plataforma antiga, mas lembrei que a Strada também tem a plataforma do primeiro Palio.

    • Douglas

      Se o problema for esse o atual Palio e Grand Siena usam a mesma plataforma, e o sucessor do Punto também usará.

    • Vinicius LMS

      Pelo menos a Strada tem sub-chassi e não tem a coluna de direção deslocada para a esquerda igual a monstrana.

      Aliás, todos os carros com a GM4200 que estreou no Corsa A nos anos 80 tem essa característica.

  • Douglas

    Uma picape Cobalt ficaria bem mais harmoniosa que uma baseada no Onix.

    • ViniciusVS

      Não seria ruim…

      O Cobalt é algo próximo de um “New Agile Sedan” se a Montana atual é baseada no Agile, poderia sim ser baseada no Cobalt como nova geração.

      Mas fazendo com base no Onix já está bom.

  • Douglas

    A Fiat que está fazendo uma verdadeira limpeza, está tirando Palio fire, Siena EL, Weekend, Idea, Linea e Bravo duma vez só.
    E o pobre Punto já perdeu a versão T-Jet e espera apenas chegar o seu sucessor para morrer de vez, algo que deve acontecer já no próximo ano.

    • pedro rt

      o punto vai sair de linha junto com o palio e grand siena no começo de 2017

  • Ricardo

    Show de horrores as fotos!

  • Gustavo Miranda

    Se eu fosse diretor da GMB tentaria trazer o Lova RV para o Brasil e iniciava o desenvolvimento de uma pickup sobre ele.

  • pedro rt

    nao vai ter mais nova montana em 2016 nem em 2017 a marca vai esperar pra 2018 lançar a nova geracao de carros pequenos da marca e vai chegar ai sim a nova montana

  • Derek Chatter Phenon

    MAS A CHEVROLET JA ESTA VENDENDO A ATUAL MONTANA COMO 2017 , COMO VAI MUDAR EM 2016 ? ME DESCULPEM MAS PODERIAM SE INFORMAR ANTES NÉ. MEU TIO ACABOU DE COMPRAR UMA MONTANA 2017 COM MOTOR NOVO, DIZ ECO ATRAZ

    • pedro rt

      e verdade, nova montana somente em 2018 como linha 2019

    • Matheus Conrado

      Nada impede ela de ser retirada,exemplo: a fiat Lancou o Stilo 2011 no meio de 2010.. poucos meses depois ele foi tirado de linha.. em 2012 a Volks lançou o gol modelo 2013 com cara de G5. meses depois lança outro 2013 com cara de G6.. aqui no BR tudo pode acontecer.

    • Guilherme Nicolau

      O QUE ME DIZ DO LANÇAMENTO DO COBALT 1.8 8 MESES DEPOIS DO LANÇAMENTO DO 1.4?

  • Pipo pipo

    Segundo informações de um concessionário do RJ a GM não estava mais entregando a montana, eles estavam zerados no estoque. Faz 2 meses que estive nesta loja. Achei que a produção havia encerrado.

  • Felipe S. Rangel

    Uma montana com cara de onix, bastante espaço, beleza, um motor melhor e cambio automático seria a referência do segmento.

    • nbj

      Bem lembrado! Câmbio automático (não automatizado) em picapes pequenas somente na falecida Chevy 500. A GM pode inovar novamente neste segmento. Poderia oferecer também uma cabine dupla de 4 portas.

  • Fábio A.

    Essa já passou da hora de ser substituída. Lembrando que a mesma apresentou um retrocesso quanto à plataforma, uma vez que a Montana atual utiliza a plataforma do primeiro Corsa brasileiro. Sem contar no retrocesso de design, esse foi de doer…

  • Gran RS 78

    Acho que a GM poderia tirar de linha a Montana e focar somente em pickups médias e tbm voltar a vender a Silverado, que deixou muitos fãs do modelo na mão.



Send this to friend