Chevrolet Condução autônoma Elétricos EUA GM Minivans Tecnologia

Chevrolet Bolt autônomo está pronto para produção, garante CEO da Cruise Automation

chevrolet-bolt-autonomo-1 Chevrolet Bolt autônomo está pronto para produção, garante CEO da Cruise Automation

O ano de 2020 será um marco para a indústria automotiva mundial. É no começo da próxima década que os fabricantes de veículos prometem a condução autônoma para os consumidores comuns. Apesar de ainda faltar alguns anos, a evolução na automação dos carros e também na inteligência artificial faz com que alguns já estejam prontos para o mercado.



A Tesla, por exemplo, resolveu liberar sua tecnologia aos poucos, usando os clientes como pilotos de teste. As experiências deles alimentam os bancos de dados que tornam seu sistema cada vez mais inteligentes, pois não mais simulam um ambiente real, eles estão na vida real do trânsito e das pessoas.

Mas, se Elon Musk chama atenção da mídia no melhor estilo Tony Stark, alguns trabalham de forma mais discreta, tais como a Cruise Automation. A startup americana de automação veicular só chamou a atenção do mundo quando a GM decidiu pagar US$ 1,1 bilhão para te-la de forma exclusiva. A soma elevada fez com que o mercado e a indústria olhassem com mais atenção para essa empresa, chefiada por Kyle Vogt.

chevrolet-bolt-autonomo-2 Chevrolet Bolt autônomo está pronto para produção, garante CEO da Cruise Automation

Prontamente, a GM liberou seu mais recente elétrico, o Chevrolet Bolt, que passou a ser testado em algumas cidades dos EUA. Parece que tal negócio começou há muitos anos, não é mesmo? Apenas parece, pois a compra da Cruise Automation ocorreu em março de 2016 e os testes com o Bolt, assim como também com a Lyft (empresa de compartilhamento da GM), iniciaram poucos meses depois. Pois é, pouco mais de um ano em que a GM surpreendeu com uma compra bilionária, Kyle Vogt faz um anúncio surpreendente nas redes sociais.

De acordo com o CEO da Cruise Automation, o Chevrolet Bolt com a tecnologia de condução autônoma desenvolvida pela empresa, já está pronto para produção em massa. Vogt ainda vai além, dando detalhes que corroboram para a informação. Segundo ele, o monovolume elétrico tem o pacote de segurança de fábrica funcional, incluindo airbags, zonas de deformação, freios, etc. Ele também comenta que o veículo possui as facilidades originais, inclusive com “bancos confortáveis”.

Kyle Vogt também revela a capacidade produtiva para o Chevrolet Bolt autônomo: 100.000 unidades por ano. Ele se refere à planta da GM em Lake Orion, Michigan, onde o elétrico é fabricado atualmente. O chefe da Cruise diz ainda esse volume permitirá que a planta fique mais ocupada. E de onde vem a segurança para tal afirmação sobre a condução autônoma do modelo?

chevrolet-bolt-autonomo-3 Chevrolet Bolt autônomo está pronto para produção, garante CEO da Cruise Automation

De acordo com o CEO, o Chevrolet Bolt emprega agora a terceira geração de sistemas de condução autônoma, incluindo eletricidade, comunicação e atuadores completamente novos e, o mais importante, tolerantes a falhas. Vogt explica que o compacto da GM não pode confiar no ser humano como um backup em caso de falha. Isto porque a tecnologia consiste em condução plena sem condutor, o que significa dizer que o carro contará somente consigo mesmo.

Assim, foram introduzidos nada menos que 4.085 fios e 1.066 conectores, quantidade elevada por conta da duplicação de sistemas. Basicamente, caso um falhe, outro igual assume a tarefa. Kyle Vogt compara o conjunto de backup da Cruise Automation ao de aviões e ônibus espaciais. Com isso, o Chevrolet Bolt com condução autônoma pode explorar o mundo com relativa segurança, mas há um problema e ele não é tecnológico.

Sem legislação, o Chevrolet Bolt da Cruise já pode ser produzido e vendido, mas não pode circular pelas ruas de forma legal. Para isso, o congresso americano está se mexendo para aprovar leis que visem liberar juridicamente o trânsito de veículos sem condutor a bordo e de carros onde o motorista pode virar passageiro quando quiser.

Esta semana, o governo Trump lançou uma segunda revisão de diretrizes para condução autônoma, dando autonomia aos fabricantes em detrimento das restrições impostos na administração anterior. Críticos dizem que as montadoras farão o que quiserem nas estradas americanas, colocando em risco a segurança das pessoas. O governo defende que as empresas terão maior liberdade para inovar e desenvolver suas tecnologias. Um terceiro pacote de medidas para regular o segmento será revelada em 2018.

Enquanto a legislação para condução autônoma ainda está na esfera política, que também incluirá os 51 estados, a Cruise aproveitará o tempo para aperfeiçoar mais a tecnologias com novas gerações do sistema, incluindo ainda mais situações e coisas do cotidiano para alimentar o banco de dados do futuro Bolt autônomo. Recentemente, a empresa recebeu US$ 14 milhões para ampliar seu centro de pesquisa e desenvolvimento na Califórnia e mais pessoal para aumentar a equipe técnica.

[Fonte: Autoblog/Gizmodo]

  • Mr. Car

    Vai funcionar bem. Contanto que um caminhão não cruze a estrada, he, he, he, he, he! Autônomo é o CAZZO, carro meu, dirijo eu.

    • VC acha que o computador não tem sensores pra prever isso??? (Não estou considerando que o caminhão também será autonomo, e nesse caso o computador dele avisaria aos carros ao redor um possível acidente).

    • Diego Germán de Paco

      O maior Troll do NA. Disparado

      • Mr. Car

        Sua queixa está anotada, senhor. Próóóóximo!!! He, he, he!

    • Zergling

      É uma pena que centenas de milhares de pessoas morrem no mundo por ano com esse tipo, e outros tipos de acidente também.

  • Luciano RC

    Acredito que em breve vai acabar a função de motoristas em carros. Por mim, será perfeito. O tempo dirigindo eu vou poder aproveitar a família nos finais de semana e no dia-a-dia eu aproveito para ir trabalhando.

    • Diego Germán de Paco

      Concordo. Top demais

    • Zergling

      Pra mim já é assim. Eu só finjo que o motorista do Uber não existe. A diferença é que é bem menos seguro com um motorista.

  • Vattt

    Num futuro não muito distante vamos achar muita graça ao ver esses carros com toda essa parafernalha ao redor do carro!!!

  • Handlay P.B.

    Surpreendente, o Bolt autônomo já está pronto para ser produzido! Na próxima década os carros passarão pela maior revolução de sua história em que deixarão de ser movidos por suco de dinossauro passando a ser elétricos e se dirigirão sozinhos, emocionante…

    • ObservadorCWB

      Errado. A revolução está ocorrendo no Brasil. Os frutos do Inovar Auto estão chegando…kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Leonardo M. G.

      Revolução vai ser quando a área de polímeros também deixar de usar suco de dinossauro…

  • ale123

    Que bom que estão evoluindo rápido, toda essa evolução vai chegar mais cedo do que eu imaginava, apesar dos que torcem contra, inclusive um que posta sempre aqui a mesma coisa e deve ser carente de atenção.

  • Maycon Farias

    Para você purista, belisque alguma parte do seu corpo…. é isso mesmo, você está acordado e isso não é um sonho, o futuro chegou e esta logo ali em 2020. O mundo está mudando muito e bem rápido.

  • Miguel

    Nosso trânsito vai fluir muito mais e não precisaremos nos preocupar com os sem noção ao volante.
    O tempo e os acidentes em transito devem diminuir.
    Esperando por 2020.

    • Fanjos

      No EUA será assim em 2020, no HuEzil só depois da 3 vinda de Jesus.

  • Jose Borges

    Acho isso impressionante! Finalmente não teremos mais habilitação sem motorista andando por aí?

  • Luis Burro

    Pensei q a foto de capa fosse alguma cena do Transformers.

  • Celso

    Veremos uma geração de “não motoristas” “dirigindo” estes carros. O mundo será muito mais seguro, o trânsito fluirá muito melhor (engate eletrônico entre os carros), menores de idade, cegos, deficientes, idosos, bêbados “dirigirão” estes carros. O mundo será melhor, mas teremos saudades desses nossos tempos.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend