Chevrolet Elétricos EUA Europa Minivans Opel

Chevrolet Bolt e Opel Ampera-e surpreendem com autonomias ampliadas

chevrolet-bolt-2017-3

Quem está interessado no Chevrolet Bolt (EUA) ou no Opel Ampera-e (Europa) recebe uma boa notícia nesta terça (13).

A dupla de elétricos da GM teve oficialmente seus alcances divulgados por órgãos responsáveis nos dois lados do Atlântico Norte e os números são mais generosos que aquele apresentado pela montadora.

A EPA nos EUA homologou o Chevrolet Bolt para 238 milhas de alcance com suas baterias de lítio de 60 kWh. Isso significa uma autonomia de 382 km, bem superior aos 322 km declarados pela GM no lançamento do monovolume, que parte de US$ 37.500.

Agora a GM poderá vende-lo livremente já com dados de alcance divulgados oficialmente pela EPA e sem correr o risco de um processo por dados incorretos. Já do outro lado do oceano, o Opel Ampera-e também foi classificado com números maiores.

opel-ampera-e-1

A NEDC da União Europeia classificou o elétrico da marca alemã – gêmeo do Bolt – com mais de 400 km de autonomia, mais exatamente 402 km, embora o órgão responsável diga que possa ir além.

Mas ainda assim, a GM adverte que os números da NEDC não refletem exatamente o mundo real e que com uma condução por estradas, o proprietário pode rodar sem problemas por 298 km. Ou seja, não é bom arriscar ir muito além do recomendado sob risco de ficar na rua. Mesmo assim, estamos falando de Europa, onde é bem mais fácil achar um ponto de recarga no caminho.

Para a Chevrolet, o maior alcance chega em boa hora diante do rival Tesla Model 3, que é mais barato e tinha autonomia declarada um pouco maior. Na Europa, a Opel olha para a BMW com seu i3, cujo alcance é parecido com o declarado pela GM e bem abaixo do NEDC.

Com 4,17 m de comprimento, 1,76 de largura, 1,59 de altura e 2,60 de entre eixos, Bolt e Ampera-e lembram um Honda Fit em estilo, tendo 381 litros no porta-malas e espaço interno generoso. O motor elétrico tem 201 cv e 36,6 kgfm, além de máxima de 150 km/h.

[Fonte: Auto Evolution]





  • leomix leo

    Ótima autonomia, para mim 300km já é de bom tamanho, pois percorro menos que isso durante a semana. Daria até para arriscar uma viagem de 300 km.

    • Ricardo Rangel Lirio

      No caso, uma de 150 km, a menos que no ponto final da viagem haja um ponto de recarga.

      • leomix leo

        Off topic: como vou dar o feedback ao amigo, se mal consigo digitar com essas propagandas. NA, reveja isso por favor.

      • leomix leo

        Ele não tem kit para carregar na tomada normal não? Se tiver onde eu chegar Lugo ele na tomada.

        • Ricardo Rangel Lirio

          Segundo matéria da Forbes Brasil, ele tem capacidade de recarga de 80%de sua bateria em até 30 minutos em tomadas normais (dos Americanos). Será que hoje as nossas tomadas normais o comportariam?

          Sinceramente não sei.

          • Marcos Medeiros

            Acho que é tomada 440~480v (ou o padrão de 700v) pois as tomadas 110~127v recarrega um Model s em torno de 6~8 horas, mas se você achar uma informação concreta posta aqui como resposta, vlw ae.

            • Ricardo Rangel Lirio

              A única informação que encontrei foi do híbrido Volt que precisaria de 04 horas ligado numa tomada de 240 volts, caso o proprietário quisesse ignorar seu motor/gerador à combustão.

        • Rodrigo

          Olha, aqui no Brasil a coisa anda tão precária que saiu um vídeo do Acelerados onde o cara foi de SP ao RJ com um i3 com motogerador. Chegando lá deixou o carro na tomada doméstica e ele não recarregou. Teve que colocar gasolina no motor de scooter e se dirigir até um ponto de recarga oficial da BMW para conseguir recarregar. Depois dá uma olhada no vídeo, muito legal.

  • th!nk.t4nk

    Não vejo o europeu trocando um BMW i3 pelo Bolt. Nos EUA vamos ver, pois a GM ficou bastante queimada no segmento dos elétricos com problemático Volt. Acho bem difícil que representem alguma ameaça à Tesla, ainda mais cobrando mais caro e entregando um produto com visual bem inferior.

    • JAC

      BMW i3 autonomia de até 160 km.

    • JAC

      BMW i3 autonomia de até 160 km,Preço: $ 43.395 – $ 47.245

    • EduPerrone

      O problema do I3 é a baixa autonomia (140km), menos da metade do Bolt / Ampera. Se optar pelo “range extender” (motor a gasolina p/ recarga) o BMW pode rodar mais 120km mas o preço dele com esse opcional chega a quase US50k. Já o Tesla Model 3 tem tudo para atrapalhar as ambições da GM: autonomia, preço, desempenho e um desenho bem mais resolvido na minha opinião.

    • Sassá

      Volt problemático? Gm queimada? Onde vc leu isso?

  • dallebu

    Na minha opinião, o futuro dos carros elétricos deveria prever postos de recarga em que você chegue com seu carro, suba numa plataforma e troque o pacote de baterias por outras já recarregadas tipo plug an play para garantir viagens.
    Pra mim, a recarga por tomada deveria ser restrita a residências e estacionamentos.

    • Artur

      Inviável. Necessitaria de baterias idênticas em todos os elétricos. E se a tecnologia evoluísse e adotassem um novo tipo/padrão de bateria?

      • Bruno Souza

        Faz sentido, mas tem como criar um padrão, como tudo na vida, o problema seria a evolução mesmo…

        O único problema dos elétricos são realmente a recarga demorada, mas ainda tem muito que evoluir, talvez fazer só uma parte que seja retirável (coisa de 60km), ou fazer igual o i3, colocar um motor a combustão pra caso de emergências..

  • CanalhaRS

    Não achoque o americano irá trocar o Tesla Modelo 3 por essa minivan da GM. A não ser que a GM baixe os valores ou a Tesla não entregue o que prometeu no lançamento de seu “compacto”.

    • 4lex5andro

      Nem com o Volt a Gm ameaçou a Tesla no segmento.
      E pelo porte, o Bolt deve focar no combate a Prius e Leaf.

  • FrankTesl

    excelente notícia, mas aqui no Brasil dá uma melancolia, pois sabemos que vai demorar uma eternidade para ser lançado. E se for lançado, a GM vai cobrar mais caro que um Camaro.

  • FrankTesl

    Embora eu não ache feio e nem reclame da aparência de um i3, de um Nissan Leaf ou mesmo de Toyota Prius, esse Bolt a aparência mais “normal e discreta”

    • Marcos Medeiros

      Essa geração faz parte do “feio mas chama atenção” o objetivo era justamente esse, fazer com que as pessoas ficassem curiosas com os carros e por consequência eles ficariam mais famosos e a tecnologia ficariam mais conhecida mesmo que não fosse um campeão de vendas.

  • Ailton Junior

    É uma autonomia melhor que muitos carros Br movidos com álcool.

  • Draga

    Lembramos sempre dos pontos negativos como autonomia e recarga, mas eh interessante lembrar do custo da energia e da manutencao (nao precisa trocar oleo, filtro de ar, combustivel, correias, etc) q se traduz em custo por km muito menor e menos dor de cabeca…



Send this to friend