*Featured Chevrolet Sedãs

Chevrolet Cobalt 2019 para PCD: nova versão custa R$ 69.990

Chevrolet Cobalt 2019 para PCD: nova versão custa R$ 69.990

O Chevrolet Cobalt 2019 está ganhando uma nova versão voltada para o mercado PCD com preço de R$ 69.990, valor R$ 1.000 abaixo da LTZ automática.


Sem nome específico, a versão é derivada do Cobalt LTZ 2019, e tem motor 1.8 Flex de até 111 cavalos de potência com câmbio automático de seis marchas, bem como itens bastante procurados pelo consumidor hoje em dia, como a central multimídia MyLink com Apple CarPlay e Android Auto.

A Chevrolet destaca que a versão PCD do Cobalt 2019 mantém a principal qualidade do modelo, que é o amplo espaço interno com porta-malas de 563 litros, o maior entre os sedãs nacionais.

A marca ainda afirma que o conforto do Cobalt é excelente, com “revestimento dos bancos e do volante multifuncional em materiais nobres, enquanto as dimensões das portas e os ângulos de abertura facilitam o acesso ao interior do veículo.”


Chevrolet Cobalt 2019 para PCD: nova versão custa R$ 69.990

“O Cobalt automático tem uma grande aceitação pelo cliente PCD por reunir espaço, sofisticação e o motor 1.8 Flex mais econômico do país. E esta nova configuração chega em uma faixa de preço elegível às isenções tanto de ICMS como IPI”, informa Rodrigo Fioco, diretor de Marketing de produto da GM.

Como sabemos, os sedãs médios sumiram do segmento PCD há um bom tempo, e os chamados “SUVs compactos” também vão sumindo. Com isso, o que este consumidor acaba tendo de melhor são sedãs inferiores aos verdadeiramente médios, como Cobalt, Versa, Etios Sedan, etc.

Chevrolet Cobalt 2019 para PCD: nova versão custa R$ 69.990

Equipamentos Cobalt 2019 PCD

Em termos visuais do exterior, o Cobalt 2019 para PCD tem lanternas de neblina, acabamentos cromados, rodas de alumínio aro 15 e emblema “Cobalt” na base da tampa traseira.

Dentre os equipamentos de série, alguns destaques são ar-condicionado, painel com velocímetro digital, computador de bordo, controle de cruzeiro e o conjunto de retrovisores externos, vidros e travas elétricos.

Chevrolet Cobalt 2019 para PCD: nova versão custa R$ 69.990

Acessórios originais Cobalt

A Chevrolet oferece uma linha de acessórios originais para o Cobalt, dividindo eles em quatro pacotes, chamados Elegance, Tech, Comfort e Full. Dentre estes acessórios, a empresa destaca sensor de estacionamento traseiro, câmera de ré, soleira de porta, frisos laterais, duas entradas USB extras, ajuste automático do retrovisor direito em manobras de ré e a rede porta-objetos para o bagageiro.

Chevrolet Cobalt 2019 para PCD: nova versão custa R$ 69.990

Linha 2019 do Cobalt

O Cobalt 2019 ganha nova chave tipo canivete e cinto de segurança de três pontos com apoio de cabeça central, para o passageiro do meio atrás.

Os itens reforçam o pacote de segurança do carro, que já trazia sistema de ancoragem de cadeirinha infantis (Isofix e Toptether), freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem e airbag para o motorista e o carona.

Chevrolet Cobalt 2019 para PCD: nova versão custa R$ 69.990

Versões do Cobalt 2019

Além da nova versão PCD o Cobalt 2019 continua sendo vendido nas versões LTZ 1.8 manual, LTZ 1.8 automática e Elite 1.8 automática.

As cores disponíveis são Azul Blue Eyes, Prata Switchblade, Cinza Grafite, Cinza Satin Steel, Branco Summit e Preto Ouro Negro.

Chevrolet Cobalt 2019 para PCD: nova versão custa R$ 69.990

Chevrolet Cobalt 2019 para PCD: nova versão custa R$ 69.990

Chevrolet Cobalt 2019 para PCD: nova versão custa R$ 69.990
Nota média 4.5 de 2 votos

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Só faltou o esp e Air bags laterais. Mas por R$ 55 mil pra pcd acho um carro bom

    • Ⓜ️arcelo

      Esse carro está registrado como “CHEVROLET/COBALT 18M LTZ” .

      Será que eles pegam o carro na css, no caso o LTZ, arrancam o emblema e dão o descontão do bolsa veículo na nota fiscal para pcd???

      • RED FLAG

        Li a muito tempo no jornal Estado de Minas, que nos EUA, funcionários de montadoras, podem indicar parentes ou qualquer cidadão para comprar veículos com descontos.
        Isso foi um chute do reporter ou é verdade?

    • Andrei Vieira

      annn???? esse lixo por 55 ainda é caro

      por 54 mil tu pega um renault Captur life (conversadinho até a modelo Zen 1.6 cvt como o meu sogro conseguiu). tem esp, chave presencial, rebatimento dos retrovisores, multimédia além de ser 10x mais bonito.

      • Hugo Leonardo Dos Santos

        Sim, mas no caso tem gente que não gosta de SUV.

      • Edson Fernandes

        Ele como 2018/2019 já foi capado.

        Ele deixa de ter som, rebatimento, tampão, multimidia e rodas de liga. Ele ficou bem proximo do que é ofertado no Kicks. (e ainda perde em itens), exceto ESP nas versões automaticas.

  • Louis

    Pra ganhar um descontão com bolsa-veículo, está ótimo.

    • Dod

      Bolsa-veiculo hahaha

  • Piston head

    O console central parece ter ficado com uma cara interessante, só tem essas fotos?

    • Marcelo Martins

      No site da motor1 tem mais algumas fotos !!

    • Pablo Henrique

      Tem o quê de diferente? Não notei nenhuma novidade

      • Piston head

        Pela foto do NA achei que tinha melhorado, depois nas imagens do carplace vi que esta quase a mesma coisa.

        • Edson Fernandes

          E não tem nem encosto central né….

  • tiago

    “motor 1.8 Flex mais econômico do país”
    Incrível como a GM pega motor de concepção antiga e os deixa econômicos.

    • Cmenusi

      “1.8 com 111 CV, é isso produção?”

      • Gorpo de Etérnia

        Eu também acho um “absurdo”, porém, dá uma olhada no teste dos sedãs compactos do canal Acelerados no youtube….

      • Gabriel Molina Pinheiro

        Pode parecer pouco, mas deu benga em Virtus TSi, Procura no canal Acelerados como o amigo falou. Por mais simples que seja é um carro muito confortável, tem bom torque em baixa rotação, e uma manutenção barata. Isso conta bastante pra maioria da população na hora de comprar um carro pra família.

        • Alexandro Vieira Lopes

          aquele video é zuado, os caras sairam com freio de mao acionado no virtus, rs.
          ai teve a 2 chance, mas achei que o resultado foi direcionado.

  • Marcelo Eugenio

    Essa versão PCD perde o OnStar e os sensores de estacionamento que são de série na LTZ, segundo vi em um grupo no Facebook. A matéria podia ter mencionado isso.

    • Gio

      Eles tinham que tirar qualquer coisa pra justificar mesmo.. Se fosse apenas a LTZ, porque não vende-la por 69.990 para o público geral também?

  • Vitor

    Taí um carro sem grife, que passa batido pela maior parte do público mas que tem suas qualidades.
    Bom espaço interno, porta malas excelente, bom acabamento pelo menos nas versões mais caras e desempenho condizente com a proposta do carro.
    O desing da primeira versão não agradou. O da segunda já achei mais aceitável.

    • Edson Fernandes

      O problema é que vc esbarra com sedans mais baratos ou consegue esbarrar em sedans mais modernos ou melhor equipado.

      Exemplo:
      Versa, Etios (que tem ESP), Virtus, Argo…. tudo nessa faixa de valor e quase sempre melhor equipados.

      Só a exemplo… a Fiat tem vendido Argo por volta de R$71000 e trás ar digital, ESP, sensor de chuva e crepuscular… só para dar exemplo. O Etios vem com o ESP, ainda que careça de uma transmissão melhor, mas que compensa em relação ao 1.8 antigo da GM…

      Enfim… citei poucos exemplos só para não ficarmos dizendo que ele é ruim pq ele não é. Mas carece…

      O proprio Virtus se consegue o Comfortline ao mesmo preço… (e PCD tbm)

  • Deprimente pagar 70k (ok, o PCD paga menos) por esse interior pobre.

  • Anderson Trajano

    Até ontem a versão LTZ era a versão PCD. Agora aumentam o preço da versão LTZ e lançam uma versão menos equipada para ser vendida ao público PCD. Aos poucos as versões mais interessantes dessa faixa de preço vão ganhando versões capadas. A VW também já fez isso com o Polo, ou seja, começou a vender a versão PCD com o kit Tech 2 e depois aumentou o preço propositalmente e agora só vende com o Tech 1.
    A Honda já se ligou e lançou as versões Personal de Fit e City, totalmente capadas.

    Não tem jeito, quando o Brasileiro consegue um jeito de pagar mais barato, exercendo um desconto que é seu por direito, as montadoras encontram uma maneira de aumentar ainda mais os preços e deixar os consumidores na mãos com versões ainda mais capengas.

    Imagino como vai ficar quem não tem desconto PCD …

    • Edson Fernandes

      Fique mais triste… o Polo com motor TSI somente sem pack.

      • Guilherme

        Mas já???? Esse carro sobe de preço toda semana? hahaha
        Eu fui ver, mas sem chance. O acabamento muito ruim somado a falta de interesse de alguém da vw em atender me fizeram pegar o cronos mesmo

        • Edson Fernandes

          Dessa vez não foi pela escalada de preços. Foi pela VW não querer vender com os pacotes mesmo. Mesmo o pack 2 qdo ela decidiu deixar de vender, ele sem cor metalica atingia o preço de PCD. A VW que optou assim como agora pelo pack 1, de não vender mais para PCD.

          • Guilherme

            quando eu fui ver, o vendedor tinha falado que não tinha pack, mas achei que era engano dele, pq o preço não passava dos 70 mil. vai entender…

            • Edson Fernandes

              Infelizmente foi a VW que passou uma carta aos concessionarios cortando os packs para quem deseja comprar via PCD. Uma pena.

  • Paulino Lino

    Não consigo gostar desse carro. Poderia custar a metade do preço que eu ainda não compraria! Ohhh coisinha feia de papai.

  • Hodney Fortuna

    Eles estão vendendo um modelo para PCD mil reais a menos que a versão também top para cliente comum! Isso se traduz para o mercado PCD um mau negócio já que se encontra mais caro que o Kicks, Renegade, Creta e modelos menores como o Versa e Yaris. Tudo bem que esse modelo vem completo mas a GM está faturando e muito para esse modelo que é isento de bastantes impostos!

  • Marco

    Esse carro tem um bom motor e que ficou muito bem acertado com o câmbio automático. Pena ser tão feio. Que pena que a nova geração só virá no final do ano que vem (se vier), que será o Chevrolet Cavalier de outros mercados. Muito mais bonito e bem acabado. Esse Cobált só voltando prá prancheta e começando do zero.

  • Lauro Agrizzi

    Gente um carro desses por 70K é o cumulo do mau gosto. Onde anda a cabeça da GM e do consumidor que compra uma bucha dessas?

  • RIP Brazil

    Nunca vi fabricantes de veículos tão boas com seus clientes, explico.
    As fabricantes poderiam negociar com o governo e PROSPERAREM o limite do preço dos veículos para os PcD´s comprarem (por exemplo, o limite valeria para o Compass completão com isenção de IPI e ICMS) e com isso, os preços para os demais públicos PROSPERARIAM AINDA MAIS!

    Desenhando:
    Compass: HuE$160.000,00 para PCD já com isenção de IPI e ICMS
    Compass para o otário, ops, não-PcD: HuE$320.000,00

    #eu_apoio

  • Danilo

    De 1.8 gastão pra 1.8 gastão acho o Cronos uma melhor pedida. Mais bonito por dentro, por fora e bem mais equipado.

  • Rafael Trindade

    Brabo de ler a notícia do Virtus custar 89 k é ver esta do Cobalt por este preço pra PCD.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email