*Destaque Chevrolet EUA Hatches Lançamentos Sedãs

Chevrolet Cruze 2019 ganha frente de Malibu e novos recursos

Chevrolet-Cruze-2019-1 Chevrolet Cruze 2019 ganha frente de Malibu e novos recursos

Cerca de três anos após ter sido introduzido no mercado, o Chevrolet Cruze de segunda geração acaba de receber suas primeiras mudanças visuais. O modelo foi anunciado nesta sexta-feira, 6, pela fabricante nos Estados Unidos e passa a ostentar uma cara bastante semelhante a do Malibu (um dos sedãs mais caros da marca por lá). Segundo a empresa, essas alterações foram introduzidas para ele “continuar o seu sucesso no segmento de carros compactos” – por aqui, ele é considerado um médio.



“O Cruze é a base da estratégia de carros da Chevrolet, trazendo novos clientes para a marca”, disse Steve Majoros, diretor de marketing da Chevrolet para carros e crossovers. “De fato, 53% dos clientes do Cruze em 2017 eram novos na Chevrolet. O Cruze tem sido tão bem-sucedido em atrair novos compradores para a Chevrolet porque sua linha oferece algo para cada cliente, desde estilo de carroceria a escolha de combustível e acabamento.”

Chevrolet-Cruze-2019-1 Chevrolet Cruze 2019 ganha frente de Malibu e novos recursos

Na dianteira, o carro passa a dispor de uma grade mais ampla, que forma conjunto com a enorme tomada de ar inferior, além de para-choque com desenho mais agressivo. Os faróis, porém, seguem com o mesmo desenho e layout interno. Há ainda novas rodas de liga-leve de 16, 17 ou 18 polegadas (esta última uma exclusividade para o Cruze com pacote RS) e lanternas traseiras com iluminação em LED na configuração topo de linha Premier.

Entre os equipamentos, a Chevrolet aparentemente abandona o MyLink para adotar o novo “Chevrolet Infotainment 3” com tela sensível ao toque de sete polegadas. Há ainda partida remota do motor e ar-condicionado automático a partir da versão LT.

Chevrolet-Cruze-2019-1 Chevrolet Cruze 2019 ganha frente de Malibu e novos recursos

A lista de itens inclui também conexão 4G LTE e WiFi hotspot, alerta de saída de faixa com assistência para correção, alerta de ponto cego, alerta de tráfego cruzado traseiro, aviso de colisão frontal, sistema de frenagem automática de emergência com detecção de pedestres, frenagem automática em baixas velocidades, assistente de estacionamento (Park Assist), indicador de distância dianteiro, entre outros.

O modelo estará à venda nos EUA a partir do fim de 2018 nas carrocerias hatch e sedã, com motores 1.4 litro turbo a gasolina e 1.6 litro turbodiesel. Ainda não se sabe, porém, quando ele chegará ao Brasil.

Galeria de fotos do Chevrolet Cruze 2019

COMPARTILHAR:
  • Jefferson Pyc Hartmann

    Tesão de carro. Tenho o da primeira geração e adoro. Imagina Esse.

    • pedro

      O da primeira geração tinha mais personalidade. O atual ficou genérico e com visual muito pesado, com vincos exagerados e em demasia.

      • Gilberto Silva

        Já eu achava o primeiro meio sem graça, com cara de cobalt da antiga geração só que melhor, eu já acho esse muito mais top, embora confesso que o design é meio coreano.

      • Gran RS 78

        Gosto é gosto, mas o Cruze atual está muito mais bonito e invocado que o anterior.

      • Jefferson Pyc Hartmann

        Concordo. Queria o conjunto mecânico do atual no antigo. Hehe.

      • José Barbosa

        O atual não é tão “fotogênico”, mas quando você vê ao vivo, dá uma impressão muito melhor!

        • pedro

          Ao vivo piora. Na primeira geração ainda tinha um azul. Lindo demais.

        • th!nk.t4nk

          O atual ficou muito chinês, tem cara de carro bem mais barato.

      • Filipe Augustus

        Toda vez que eu olho pro Cruze eu penso! Fizeram o Old New Civic com frente e traseira de GM! (entenda Old New Civic como 2006 – 2011) rsrs

        • daneloi

          Caraca. Concordo com você. Pensei que fosse o único que pensasse isso! hehehe

    • MMM

      Eu tive um da primeira geração e adorei. Agora tenho um do novo e gosto mais ainda.

    • 1 Raul

      Ficou lindão mesmo!

    • afonso200

      amigo voce que tem a primeira geração, quantos KM/L faz sei carro em transito normal…..meio a meio….e na estrada a 80km/h no piloto automatico ???? só pra efeitos de comparação com meu V6 atual

      • Jefferson Pyc Hartmann

        Afonso200. Na cidade tenho feito 8. Não consegui. Ais que isso. Na estrada nunca andei a 80. Mas a 110, 120km/h com 5 ocupantes e bagagens faz 11.5. Câmbio manual andando na gasolina. Na cidade considerou bom o consumo já na rodovia nem tanto.

      • everton nogueira

        Me desculpa eu invadir a conversa de vcs, mas não pude ficar de fora por causa do assunto. Eu tenho ainda um cruze 2012 comprado zero com 112000 mil kms rodados e digo com total certeza, na cidade ele não consegue ser econômico mesmo, mas na estrada ele muda da água para o vinho e chega a fazer tranquilamente a 100 km por hora com gasolina boa 14.5/15 km. Na cidade ele bebê mesmo, pois a carroceria é pesada, e sair da inércia para o cruze geração 1 é tenso. Tirando isso, eu já tive outros carros de diversas marcas e posso atestar o cruze foi, é, e está sendo um ótimo veículo sem nada, EU DISSE NADA a relatar em desmerito ao carro.

        • Jefferson Pyc Hartmann

          Everton, próxima viagem que fizer vou andar num ritmo mais lento e com menos pessoas e bagagens a bordo para ver como fica. Agora na cidade eu não acho tão beberrão assim. Como disse tenho feito 8 por litro de gasolina. Tenho um amigo que tem um 1.6 vw vê que fica nisso tbm, então não acho tão beberrão. Meus trajetos não incluem engarrafamentos bem como serras. A cidade aqui até que é favoráVel neste aspecto. Quanto o amigo tem feito na cidade?

          • everton nogueira

            Caro Jefferson, o meu na cidade rola um ” depende” . Veja só, num engarrafamento andando a 40/50 km no anda para faz 7, no trânsito de cidade ” fluindo” 8, 8.5 com gasolina, com álcool diminua dessa conta 20%.

        • Fábio

          Meu caso é semelhante ao seu. Tenho um 2012 auto comprado zero com 95 mil km. O consumo é 9 na cidade e 12 na estrada andando a 140 sempre com gasolina. Eu acho razoável pelo porte do carro.
          A unica coisa que eu tenho que relatar foi a tampa de valvulas que eu tive que trocar por ter rasgado o diafragma. Troquei com 90 mil e foi 1200 reais. Fora isso nada a reclamar tb, por isso pretendo ficar com ele mais tempo.

          • everton nogueira

            Olá Fábio, graças a Deus o meu não deu dor de cabeça até hoje, fiz somente todas as revisões previstas e troquei amortecedores e molas, bem como pastilhas de freio ao longo da vida do carro. Para mim é um carro muito robusto e não tenho nada a reclamar do mesmo. ABS.

    • FabioH

      Eu gostava mais do Cruze de primeira geração do que o atual, tinha linhas mais simples, o atual um desenho confuso, muita informação, principalmente a traseira, que acho horrível, e que esse 2019 infelizmente mantem.

  • Natán Barreto

    Achei q ficou mais parecido com o Volt do que com o Malibu.

  • Robinho

    Caracas, que carro lindo!

  • Lucho

    Belo. Um dos maiores acertos da Chevrolet.

  • Elfo Safadão.

    Já era muito bonito, agora ficou mais ainda.

  • th!nk.t4nk

    Melhorou bem heim! A traseira ainda tá “meh”, mas a frente ficou muito boa!

    • Erivelton Freitas

      Precisa de lanternas melhores e com linhas em LED para ficar mais estiloso ainda!

    • Nique

      Faltaram as lanternas do Malibu

  • oloko

    Estranho ter esse motor 1.6 diesel nos eua, será que vende bem?

  • Fábio Henrique

    Que sonhooo! Desde q saiu esse novo cruze eu estranhei o simbolo da chevrolet fora da grade bi partida q o deixou com uma cara mto generica, agora consertaram. Qd essa reeestilizacao vier pro brasil esperto q melhorem o interior, assim será meu carro usado daqui a uns sete anos (ô tristeza $) kkkk

  • Erivelton Freitas

    Lindo, eu já tinha um tesão no Cruze Sedã atual, depois de ver esse facelift, ele aumentou ainda mais… Ah, quem me dera ter $120.000 até 2019/2020! Não restariam dúvidas de quem eu levaria para casa!

  • Para mim deveriam ter mexido na traseira, que tem cara de carro chinês.

    • el punidor

      O hatch mais ainda.

  • Lucas de Lucca

    Na minha humilde opinião, esses são os itens para melhorar no carro brasileiro em caso de atualização:

    1-Ar condicionado dual zone;
    2-Melhorar (e muito) o acabamento;
    3-Colocar opção de desligar o start-stop;
    4-Melhorar a programação do câmbio AT atual e adicionar paddle shift e a tecla S – Sport;
    5-Melhorar a suspensão, pois o carro balança demais (o Civic 10 por exemplo, é extremamente estável e tão ou até mais confortável que o Cruze);
    6-Adicionar controle de cruzeiro adaptativo nas versões Premiere/LTZ2;
    7-Colocar faróis Bi-Xenon;
    8-Dar opção de interior preto nas versões tops, pois aquele interior claro é de gosto duvidoso.

    O que eu me lembro que me faz falta/incomoda no carro é só isso.

    • th!nk.t4nk

      Nao tem nem ar dual-zone? Nem start-stop? Caramba, a GM é ligeiramente cara-de-pau no Brasil heim!

      • Rafael Neves

        Start Stop tem só não tem como desliga lo…

        • Piston head

          Se não tem como desligar, era melhor nem ter…

          • Luiz Gustavo

            Não é bem assim, basta você colocar a alavanca do câmbio no modo “manual”, puxando-a para a esquerda, que desativa o start/stop.

            • Lucas de Lucca

              Sim funciona, mas é meio incômodo isso, pois compro o carro automático justamente pra não ficar mexendo no câmbio, isso sem falar quando você nem para totalmente em esquinas e ele já desliga, dando um tranco. Para mim, o start-stop é totalmente desnecessário, se tivesse opção, só andaria desligado. O que ia custar colocar um botão no console pra desligar ou então uma opção na central mesmo? Fazer, o jeito é se conformar.

              • Luciano RC

                O Tracker não faz isso. Não sei se é por causa do ar condicionado que uso em tempo integral, mas ele tem um tempo de uns 4 segundos para desligar… eu solto o freio e piso novamente, ele mal se mexe e liga… mantendo o ar ligado.

            • Luciano RC

              Andar com um carro AT6 no manual? Isso é terrível.

              • daneloi

                Eu gosto de dirigir Meu renegade com o ZF9 no modo manual! kkkkkk. Me internem…
                Hoje dirigi um cruze ltz2 (tesão de carro…Estou pensando em nao pegar o trailhawk e passar pro cruze) e curti o modo manual!

          • Rafael Neves

            Fato!

          • Luciano RC

            Terrível isso… hoje sai com Tracker, um calor infernal e preciso dar distancia do carro da frente, ficar soltando o freio e me aproximando aos poucos para ele não desligar e esquentar.

            • afonso200

              amigo, coloca a posição do vento para o parabrisa, veja se resolve essa questao de desligar o motor (start-stop)

              • Luciano RC

                Vou testar isso amanhã.

          • RRodrigo Souza

            varios carrios de varias marcas não tem botão para desativar o star/stop , como muitos carros não tem opção de desativar airbag do passageiro

        • William Silva Lima

          Pelo que eu vi em uma avaliação, se você usar as trocas sequenciais no câmbio (imitação de câmbio manual) ele não desliga o motor…

          • Luciano RC

            Comprar um automático para usar o sequencial é completamente maluco.

            • William Silva Lima

              Tem maluco pra tudo nesse mundo rs… E como eu gosto de fazer o motor gritar às vezes, pra mim é uma ótima opção.

              • Luciano RC

                Nunca curti… uso o modo sequencial para segurar marcha ou mesmo numa rodovia muito sinuosa para melhor consumo… e olhe lá.

              • Lucas de Lucca

                O modo manual dele só serve pra descer serras, pois as reduzidas dele além de não ter a aceleração complementar (tipo o punta-tacco) o que dá trancos no motor, também tem um delay monstro. Para cima, se tiver com o pé embaixo pressionando o botão do “kickdown” ele também troca por conta, agora se acelerar até o final mas não apertar o botãozinho do fim ele corta giro e não passa sozinho, porém o mesmo delay das descidas se aplica nas subidas de marcha, logo não serve pra muita coisa. Não há nenhum apelo esportivo nele, o motor é turbo, mas a suspensão e o câmbio são bem pacatos, ao melhor “estilo americano” se é que me entende. Ele é bem mais eficiente deixando em D mesmo.

            • Luiz Gustavo

              Concordo contigo. Mas é uma solução, mesmo que seja incômoda.

            • daneloi

              me desculpa… :-( faço isso as vezes…

              • Luciano RC

                Depende da situação, eu também uso. Agora ficar usando diariamente como se fosse um manual não dá.

      • Lucas de Lucca

        Ele tem o start-stop, mas não tem como desligá-lo e em algumas situações ele não trabalha bem eu acho, fica incômodo, como quando desliga sem nem parar totalmente em esquinas o que faz dar tranco. Dias muito quentes também são um problema, ou você deixa o ar no máximo e morre de frio ou deixa numa temperatura confortável tipo 21 graus e ele desliga, esquenta a cabine e só depois liga de novo. Isso sem nem entrar no mérito do custo altíssimo da bateria dele pra reposição, que nem de longe a economia pífia de combustível cobre o preço dela.

        • Kyfkd

          Opa Lucas! Tenho um também e tudo isso que eles falaram e vc tbm é verdade para manter ele ligado, mas no trânsito eu também não gosto de trocar as marchas, na estrada e no transito livre sim.
          Mas isso que eu faço para manter o carro ligado quando precisa (apesar que eu acho q sou um dos poucos que gosta do start-stop aqui hehe). Quando vc parar o carro que o motor desligar, afunda bem o pé do freio e solta ele rápido até metade do curso mais ou menos do freio, a central eletronica vai calcular q vc vai andar e vai religar o carro, mas como vc ainda não tirou o pé do freio o carro vai ficar ligado o resto do tempo neste ciclo de frenagem.
          Foi o jeito pra mim mais comodo de religar o carro quando precisa (dias quentes, ou saídas que precisa de agilidade para o carro sair).
          Abraços

          • afonso200

            coloca o ar no parabrisas que resolve o start-stop

      • Ar dual zone não tem nem no gringo. A GM é que insiste em manter essas “pobrezas” nele…

    • XandeeM

      A GM dar opçoes de escolha pro interior seria bem dificil,acho que só o Jetta oferece isso no segmento.Quanto ao acabamento,está na média dos concorrentes.

      Concordo com o resto.

      • Lucas de Lucca

        Eles já dão essa opção do interior escuro no LT (que acho mais bonito que o LTZ), era só oferecer no LTZ também. E quanto ao acabamento, não acho que esteja na média não, em desenho OK, mas em qualidade acho inferior ao Corolla e Civic. O meu está com 20 mil km, ando praticamente 80% em estradas boas e já tem bastante grilo. Deveria ser melhor pelo preço cobrado.

        • Kyfkd

          Acabei de ver vc comentar isso tbm, pra mim o acabamento é bom, mais os grilos tão chatos….. Vou reclamar bastante na revisão, peguei o carro com 10000 e na proxima revisao vou colocar pra eles resolverem.
          Abraços

        • Lucas

          Tava com um Corolla XRS 2018 e o vendi 8 mil km O carro é uma escola de samba ambulante, bate em tudo quanto é canto. Atrás do multimídia, atrás do velocímetro, nas colunas e encosto do carona. Os cintos não ficam tensionados direito e suas fivelas batem nas colunas também. Falta muita qualidade no carro, só vende mesmo porque as pessoas são fâs incondicionais e na maioria das vezes nunca sequer entraram em um concorrente.
          Detalhe: Tive um XEi 15-16 que tinha exatamente os mesmos problemas. Tirei a prova e Corolla nunca mais – até porque é muito caro pelo que oferece.

          • leomix leo

            Rpz, isso só pode ser uma fake news, pq a galera venera o Toyota. Me fala que tá brincando amigo.

            • Lucas

              Eu queria estar brincando. Tive os dois, como te falei, e a experiência foi desanimadora. O carro tem seus pontos positivos, mas deveria valer uns 90k 0km porque é bem pobre.

            • Jefferson Pyc Hartmann

              Acho que o consumidor está ficando sensato e não mais Maria vai com as outras. É muitas x nestes relatos fanáticos o relator não possui o carro do qual esta falando. Fala aquilo que leu na net. Eu tive Civic. Bom carro, mas tem opções melhores sem contar a manutenção honda que nao é das mais baratas. E falo de manutenção preventiva mesmo.

              • leomix leo

                Tive civic lxl 2012, comprei em 2014 na mão de um amigo da família, agora apareceu uma ótima oportunidade e peguei um c4L sem ser o atualizado (facelift) estou gostando, como tudo novo são só flores, vamos ver como ele se comporta, ainda não dá pra fazer média de consumo pois só tem 700km rodados, no Pc de bordo marca 7.7 dentro de minha cidade, ainda não peguei estrada com ele. Creio eu que deva fazer algo em torno de 12 como o Civic.

                • Jefferson Pyc Hartmann

                  Gosto muito do Civic, mas como disse ele não é absoluto. Quanto ao C4L, particularmente acho um baita carro, e este seu na minha opinião é mais bonito que o atual. Minha única crítica a ele vai para a Central multimídia, de resto o carro é top, conjunto mecânico extraordinário, acabamento muito bom mesmo, conforto acustico acima da média sem contar o conforto aos passageiros. Enfim o c4l é um que esta na minha lista. Parabéns pela aquisição.

          • Lucas de Lucca

            Interessante seu relato, não tive muito contato com essa nova geração do Corolla, mas a geração passada apesar do design feio era bem acabado. Esse os contatos que tive foi em test-drive, logo não tem como saber o futuro. Mas isso sobre a maioria dos donos serem fãs incondicionais e fingirem não haver defeito nele é fato.

            • Lucas

              Posso ter dado azar com meus dois carros, vai saber… Mas com a experiência que tive com o veículo eu afirmo que jamais voltaria a ter um Corolla. Outra coisa que me incomodou foi o barulho que a chuva faz no teto do carro, que parece não ter um revestimento acústico apropriado. Lembra o som de pingos d’água em telhas metálicas.
              Mas o carro tem pontos positivos também: Direção muito leve, bebe pouco na estrada (na cidade não passou de 7.8 na minha mão), tem suspensão confortável e revisões baratas – a primeira custa 300 reais, inclusive.É razoável, mas não por 115 mil.

              • daneloi

                Tive civic 2007, 2008 e 2014. Todos faziam o mesmo barulho irritante que a chuva fazia no teto

          • Ernesto

            Cara, me surpreendeu o que você escreveu. Tive um Corolla XEi 10/11 que vendi em 2015 sem qualquer ruído. E no ano passado peguei um 13/14 e também sem barulho algum. No seu caso o raio caiu duas vezes no mesmo lugar! Não é possível!

            • Lucas

              Que estranho. Em que cidade você mora? Sou de Belém, aqui o melhor carro é o que bate menos porque todos fazem ruído, já que o asfalto é bem precário. Tive A4 2015, 320i 2013, SW4, Sorento, 2 Corollas, Dakar, Ranger e o carro com melhor qualidade de montagem que possuí foi a Amarok, seguida da SW4 e A4.
              Percebo que a geração anterior dos carros da toyota era bem feita, apesar dos materiais de acabamento serem toscos, vide a SW4 2013 (que tenho até hoje) e seu Corolla. Parece que tudo era bem encaixado e preso pra não fazer barulho. Porém, pela experiência que tive, os atuais me decepcionaram mediante o alto preço pago.
              Reforçando: Fazer um barulhinho não desabona o Corolla em nada. O que mata ele é fazer barulhinho custando 118 mil.

              • Ernesto

                Moro em São Paulo, capital.
                Vou dar uma perguntada para o meu cunhado sobre grilos no carro dele. Ele tem um XEi 14/15 com mais Km que o meu atual e anda muito mais na cidade.

        • daneloi

          Eita…To engatilhado pra pegar um ltz2 ou renegade trailhawk em julho…achei o acabamento fraco pro seguimento mas ainda assim gostei do carro. Você falando agora que já tem bastante grilo tá me fazendo ponderar a minha escolha

          • Lucas de Lucca

            Sim, o acabamento é o ponto fraco do carro. No geral vai gostar do carro, mas os grilos me decepcionaram um pouco sim.

        • Ernesto

          Puxa Lucas, eu estou querendo pegar um sedam mais novo e uma das opções que estou pensando é justamente um Cruze LT 1.4 T seminovo. Vou dar uma pesquisada melhor sobre o carro, já que não dá para generalizar, né? Digo isso pois o Lucas (abaixo) comentou que tem Corolla com muitos grilos e eu tenho um agora, 13/14 que peguei no ano passado, e já tive um outro, tirado 0Km, 10/11. E ambos não tinham/têm qualquer barulho.

          • Lucas de Lucca

            Então carro acaba sendo loteria. Tem que levar em consideração que o meu é o hatch 17/17 ou seja, peguei a primeira fornada dele, começo de produção já viu né. Talvez tenham melhorado nos modelos 18 os encaixes.
            Mas tirando esses grilos, não tive nenhum problema ou defeito, no geral o carro é bom e agrada.

            • Ernesto

              Bom, como penso num seminovo, corro o risco de pegar um Cruze “samba do crioulo”. Vamos ver. Estou amadurecendo a ideia. Abs

    • BillyTheKid

      Acho interessante que já existe o controle de cruzeiro normal e indicador da distância até o veículo da frente (uma informação necessária pro carro poder reduzir a velocidade sozinho).

      Considerando isso, o que falta pro Cruze poder disponibilizar o controle de cruzeiro adaptativo? O carro aparentemente já tem todas as informações necessárias, não entendo porque não liberam a função. O pior é que eu acho que nem nos EUA ele tem esse opcional.

    • Charlis

      Cara excelente comentário!
      Tirando o as dual-zone (nunca usei no meu carro, rs), eu teria problema com esses itens.
      Eu detesto o Start-Stop, a primeira coisa que faço é desativar isso.
      E também achei o cruze mole demais… pro meu gosto, é complicado. Não sei se na Hatch fica melhor, parece que tem outra calibração a susp traseira.
      E a cor cinza… eu detesto tbm, rs.

      []s

      • Lucas de Lucca

        A questão do dual zone é que ando bastante com a dona onça, aí já viu né, ou eu passo calor ou ela passa frio hahahahaha

    • Edson Fernandes

      Saida de ar para bancos traseiros tbm vai bem.

      • Lucas de Lucca

        Bem lembrado Edson.

        • Rodrigo

          Nunca entrei no novo Cruze, mas por fotos e avaliações me parece que o acabamento interno é muito bom.

          Eu particularmente acho o acabamento interno do COROLLA digno de carro popular um horror.

          • Lucas de Lucca

            Ele é aceitável. Abusa muito dos plásticos duros e tem algumas rebarbas e mal encaixes. Outro ponto negativo são os grilos. O meu faz barulho nas 2 portas dianteiras, na tampa do porta malas, atrás do cluster e atrás do MyLink, alguns começaram bem cedo antes dos 10 mil km como os do painel e olha que dirijo a maior parte do tempo em rodavia e não pego muito asfalto ruim. Pelo preço do carro, poderia ser melhor.

    • Luciano RC

      Seria perfeito colocar isso nova versão Premier e fazer muita propaganda dela. Venderia bem.

      • Lucas de Lucca

        Se fizessem essas alterações, mesmo que subissem o preço lançando como Premier acima do LTZ eu olharia com carinho e provavelmente pegaria outro quando viesse o facelift.

        • Luciano RC

          Acho que seria bom para brigar com o Corola Altis e Civic Touring.

    • Realista.com

      Eu como proprietário de um Cruze turbo LTZ só faço questão de um teto solar .
      Só isso.
      Em relação ao caro balançar demais, discordo totalmente.
      A suspensão é macia mas o carro é estável e faz bem curva.
      Inclusive nos testes feitos pelo programa Acelerados no circuito com curvas, o Cruze foi superior ao Corolla novo e ao Focus(que muitos dizem que é referência em estabilidade e dirigibilidade mas……….tomou da suspensão molenga e do Cruze que balança).
      Foi só pelo motor turbo?
      Claro que num Circuito, o que conta é um conjunto motor-suspensão.
      Em relação ao câmbio também discordo.
      Faz muito bem o seu papel e melhorou muito em relação ao câmbio do Cruze anterior com a atualização sofrida.
      Isso fica evidente tanto em desempenho pois o casamento motor-câmbio funciona bem, como em conforto.
      Claro que sempre vamos ver esse papo de: falta isso, falta aquilo…………..
      Mas qual carro do nosso mercado não vai ser criticado pela falta de alguma coisa?
      Mas cada cliente tem as suas necessidades.
      Tive carro com aletas atrás do volantes e nunca usei.
      Vemos o exemplo de carros como o Corolla que é, na minha opinião o carro mais pé duro de todos os médios, mas é o que mais vende.
      E você não vê os donos com essa história de : falta teto solar, falta multilink, falta…………
      Cada carro sempre vai ter o seu público.
      Quem é consumidor desse segmento, se não gosta do Cruze vai para outro.
      O Cruze mostrou que foi bem aceito por aqui e ainda vende na casa dos 1700 unidades só do modelo sedã.
      Eu acho que temos dois mundos distintos: A opinião dos donos dos carros e a dos consumidores.

      • Lucas de Lucca

        Como eu disse é apenas minha opinião. Acho o Cruze campeão no custo x benefício, mas podia ser melhor. Apenas listei coisas que gostaria que colocassem/melhorassem, não estou desmerecendo o carro.
        E gosto é gosto, para mim, a suspensão do Cruze é sim molenga, se balança mas não tomba (como já ouvi por aí) é outra história, a questão é que ela transmite uma sensação de insegurança em determinadas situações. E não, nunca, jamais ele se equipara ao Focus em suspensão, que é referência no segmento. O que fez diferença no Acelerados foi o motor turbo, já que o circuito deles é todo travado e com uma subida monstra e nesse cenário o torque do turbo faz toda a diferença. O câmbio também, é todo voltado para economia e dá trancos em algumas situações (principalmente na mudança de 3ª para 4ª se não me engano) e as vezes é meio indeciso. É sim melhor que o anterior, mas ainda é lento e sinto falta sim do modo S para aproveitar melhor o bom Ecotec turbo.
        No geral, estou satisfeito com o carro, tirando os grilos do acabamento nenhuma dor de cabeça com ele. Eu compraria outro Cruze hoje? Sem pelo menos uma parte das melhorias que citei, não, não compraria.

        • Renan Abreu de Moura

          Pra mim as melhorias deveriam ser:

          1) opcao de desligar start-stop;

          2) opção de teto solar;

          3) trocarem o modelo da roda, colocarem uma diamantada igual o do Civic;

          4) colocarem paddle shifts.

          Com essas alterações o carro ficaria show.

          • Lucas de Lucca

            É que o meu é o hatch, então o teto ja tenho. As rodas diamantadas ficariam show, apesar de gostar da atual. Mas é isso aí.

            • daneloi

              Prefiro carros hatches e estou em dúvida entre o hatch e sedã. Mesmo preferindo o hatch (por ser menor e ter o teto) fico com muito receio com a aceitação na revenda. Se o hatch vende em um ano o que o sedã quase vende em um mês fico preocupado com a rejeição do mercado quando chegar a hora de vender.
              Eu sei que é um erro absurdo e me envergonho de admitir isso mas acabo levando em consideração esse quesito.
              Você chegou a cogitar o sedã?
              Abraço.

              • Lucas de Lucca

                Particularmente acho o sedan mais acertado que o hatch no desenho pois a traseira do hatch é meio estranha, mas achei ele muito mole quando andei, balançava muito, aí como o hatch tem uma suspensão um pouquinho mais firme aliado ao fato que não preciso de porta malas fiquei com o hatch mesmo. A revenda acredito que vai estar na média dos concorrentes, o problema é que o segmento de hatch médio no geral vem caindo, por isso creio que nesse ponto o sedan deva vender mais fácil sim.

  • REDDINGTON

    Bonito.

  • Rei Reis

    Imagine esse motor 1.6 diesel no Brasil!!! Já está na hora de mudar esse lei no Brasil!

    • Raul Cotrim de Mattos

      Já era… já não tem mais porque disso.

      • Nicolas_RS

        Pq? O preço da gasolina e álcool não para de subir! Se colocar opções de motores a Diesel, a media faz mais que o dobro por litro!

    • Engraxate

      Agora que o mundo civilizado está banindo os vetustos motores a diesel em carros de passeio, realmente, é hora de desovarem o maquinário e a tecnologia no Brasil.
      E os brasileiros agradecem… Assim como agradeciam os containers de pneus usados

      • Nicolas_RS

        Existe versões de carros que tem aqui e na Europa, porem lá tem versões Diesel e faz mais que o dobro por litro do que as versões a gasolina!²

    • Luciano RC

      Sai fora… melhor ter investimento nos motores flex e cambio com mais marchas. O Cruze ficaria melhor com um AT9.

      • Nicolas_RS

        Existe versões de carros que tem aqui e na Europa, porem lá tem versões Diesel e faz mais que o dobro por litro do que as versões a gasolina!

        • Luciano RC

          E agora as montadoras estão parando porque não conseguem mais se enquadrar nas leis ambientais.

  • Emerson Soares

    Belissimo Carro. A chev finalmente acertando a mão no design dos seus carros. Tem poucos nas ruas. Terá de melhorar os equipamentos para melhorar custo beneficio e aumentar mais as vendas. Desing e motor tem de sobra.

  • Fernando

    acho essa frente muito bicuda. caimento muito acentuado. acho mais bonito o hatch do que o sedã por conta disso.

  • Antônio Pereira

    Muito bonito. Honrou o antigo vectra.
    Espero que tenha mudado o interior também, que na minha opinião é dos atuais pontos fracos.

  • Eric Locatelli Martini

    Na minha opinião, o mais belo dos sedãs médios.

    • No_Name

      O Focus 4 sedã colocará no chinelo esse Cruze, será muito bonito. Mas pena que não o veremos por aqui.

      • Fábio Henrique

        Ue, o focus nem saiu ainda, pelo q vi nos vazamentos eh mais do mesmo

  • Leonel

    Que frente agressiva! Curti demais…

  • Leandro

    A traseira do hatch é meio estranha, mas teria um fácil.

  • No_Name

    A “tendência” do momento é esse nicho dos faróis de neblina com esse “buraco” enorme pelo visto… Eu não gosto, acho de muito mau gosto, parece coisa de chinês que curte essas papagaiadas desarmônicas.

    • Piston head

      Tb acho muito exagero

  • V12 for life

    Espero que esse centro cromado não chegue aqui, destoa completamente do restante da dianteira.

    • Fábio Henrique

      O ideal seria ter a opcao com e sem, igual a s10 com a opcao de grade na cor ou preta

  • Ewerton Tavares

    Ficou interessante. Espero que esse facelift provoque melhores ofertas da versão atual.

  • William Silva Lima

    O que eu mais gostei no carro foi a questão do motor turbo ser econômico e empurrar bem o carro, além do câmbio simular trocas manuais, o que ajuda se vc estiver em um aclive ou quiser deixar o carro mais esperto pra ultrapassagens

  • beto

    Já tive um da 1° geração, carro muito bom. Se esse facelift chegar aqui cogito voltar a ter um.

  • Filipe Lawrence

    Ficou horrivel, parece que a frente é muito grande pro resto do carro

  • BMWM

    Legal esse carro coreano. Rs.

  • Engraxate

    Na versão sedã, confesso que ficaria com o Civic, mesmo perdendo em potência.
    O acerto de dirigibilidade do Civic, tanto de direção, quanto suspensão, é bem melhor, além do acabamento interno e design.

    Já, se for um consumidor que não liga para dirigibilidade, é mais provável ele ir no Corolla.

    Enfim, campo difícil para o Cruze. Eu, se fosse da GM, começaria oferecendo uma versão com interior “all black”, acho que atrairia consumidores, dado que muitos detestam esses bancos e painel claros, que mancham com facilidade, principalmente quando se tem crianças a bordo.

    • Eduardo Throne

      Já dirigiu o Cruze? Dirigibilidade dos dois é muito boa mesmo… Não colocaria o Corolla em pauta nem se custasse muito menos.

    • MMM

      Eu fiz 3 test drives no Civic e no Cruze. Pra mim o Civic ganhou em design interno e externo, além da posição de dirigir. E só.

      Toda vez que vejo um Civic na rua eu babo no visual, aí dou uma acelerada e lembro o que me faz sorrir.

  • Eduardo

    Deveria ter uma versão RS com o motor 2.0t do Equinox.

    • Gilberto Silva

      Falou tudo, eu só mudaria o nome pra SS ou GSi, aliás penso isso há tempos!

  • Gabriel Abdallah

    E o Start-Stop, será possível desativar?

  • Gran RS 78

    A Gm conseguiu melhor ainda mais esse belo modelo. Espero que venha logo para o Brasil, especialmente o sport6.

  • Ricardo

    Mas acabou de mudar!

  • Marco

    Sei não mas acho o atual mais bonito. O pára-choque dianteiro só se resume em grade. Ficou muito exagerada essas entradas de ar. Agora uma coisa é inegável: essas novas versões ficaram bem melhores que a 1ª versão (Daewoo Lacetti) com aquela frente bicuda e grade de trator, “a lá coCobált”. Esse motor 1.4 Turbo também é show de bola. Anda muito e é econômico prá caramba. Tudo o que o consumidor racional deseja: desempenho e economia.

  • FFSB

    Transformers.

  • Adriano Feroli

    Deve ter um jeito de desativar o Star Stop eletronicamente. Estou estudando o Cruze …dois pontos que desanimam além do preço : Start Stop não ter um simples botão liga e desliga e frente baixa.

  • Nique

    Acho q a prioridade seria mudar a traseira.

  • Fabão Rocky

    Tanto o Cruze de 1ª qto o de 2ª geração são bonitos, mas o q a GM errou a mão nos 2 foram as lanternas traseiras.

  • Jackson

    Mudou novamente???? Que bom, o modelo anterior vai descer a ladeira em preço kkkkk talvez agora comprar um usado.

  • Adriano Lius II

    Prefiro meu ds5 .

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email