*Destaque *Featured Chevrolet Hatches

Chevrolet Cruze Sport6 2018 chega com novidades ao Brasil

chevrolet-cruze-sport6-2018-1 Chevrolet Cruze Sport6 2018 chega com novidades ao Brasil

Assim como a versão sedã, o Chevrolet Cruze Sport6 2018 chega ao mercado brasileiro com algumas novidades, mas sem preços divulgados. A principal é que o motor 1.4 Ecotec Turbo SIDI Flex agora é fabricado na Argentina junto com o hatch médio, que também traz de série em todas as versões os repetidores de direção nos espelhos retrovisores externos.



Além disso, o Chevrolet Cruze Sport6 2018 agora dispõe de regulagem elétrica da altura dos faróis, item também de fabrica no modelo. Para se diferenciar da pegada do sedã, o hatch tem um comportamento mais esportivo graças aos ajustes exclusivos de suspensão e direção. Outro diferencial é o para-choque traseiro redesenhado para que o escape cromado tenha uma boca mais larga.

chevrolet-cruze-sport6-2018-2 Chevrolet Cruze Sport6 2018 chega com novidades ao Brasil

Disponível nas versões LT e LTZ, sendo esta última com pacote tecnológico opcional, o Chevrolet Cruze Sport6 2018 vem com assistente de partida em rampas, controle eletrônico de tração e estabilidade, computador de bordo, sistema de som de alta definição, sistema de monitoramento da pressão dos pneus, ajuste de altura dos faróis, airbags frontais e laterais, câmera de ré com sensor de estacionamento traseiro, revestimento premium dos bancos, rodas de liga leve aro 17 polegadas e sistema Stop&Start.

O Chevrolet Cruze Sport6 2018 também chama atenção pela multimídia MyLink com Android Auto (incluindo o Waze), Apple CarPlay e OnStar. Na versão LTZ, ele inclui airbags de cortina, entrada e partida sem chave, LEDs diurnos, retrovisores com rebatimento elétrico e aquecimento, acabamento da grade e das maçanetas externas em cromo, teto solar elétrico, sensor de estacionamento dianteiro, rodas escurecidas, ignição por controle remoto, retrovisor eletrocrômico, GPS integrado, sensores de chuva e crepuscular.

chevrolet-cruze-sport6-2018-3 Chevrolet Cruze Sport6 2018 chega com novidades ao Brasil

No pacote High Tech, o Chevrolet Cruze Sport6 2018 pode dispor de alerta de invasão de faixa com correção de direção, alerta de colisão, estacionamento automático, carregador indutivo para smartphones, farol alto automático, alerta de ponto cego e banco do motorista com ajustes elétricos. As cores disponíveis são Azul Petróleo, Branco Abalone, Branco Summit, Cinza Satin Steel, Prata Switchblade, Preto Ouro Negro, Vermelho Edible Berries e Vermelho Glory.

O motor 1.4 Ecotec Turbo SIDI Flex entrega 150 cv com gasolina e 153 cv com etanol, ambos a 5.200 rpm. Já os torques são de 24,0 kgfm no derivado de petróleo e 24,5 kgfm no produto da cana. Estes dois valores são obtidos a 2.000 rpm. O Chevrolet Cruze Sport6 2018 tem câmbio automático de seis marchas. Em julho, o modelo vendeu 679 unidades e ficou em 45º lugar entre os automóveis. No acumulado do ano, o hatch emplacou 3.901 exemplares. Ele lidera o segmento com 31,53%.

Chevrolet Cruze Sport6 2018 – Galeria de fotos

  • Ric53

    O único carro da categoria que não oferece lanternas em LED, vai entender

    • Fanjos

      Nem ajuste de altura do cinto ou vidro degradê

      • adrielmenezes

        afinal, todos tem a mesma altura

        • Fanjos

          Um cinto socialista!

          • Lucas de Lucca

            hahahahahahaha boa boa

          • E que trata todos iguais indiferente da estatura. Ou seja, não descrimina nenhuma pessoa.

            • Fanjos

              Ou seja, que é feito para todos mas no fim não fica bom para ninguém

              • mjprio

                Socialista mesmo

      • Victor Hugo

        Coisa mais boba que existe, e os caras querem economizar?!

        • Fanjos

          Até hoje não me lembro de ter visto um carro sem ajuste, nem o Up pé de boi que eu tinha era assim

          • Elfo Safadão.

            Quieto, o único “ajuste” que você tem que se preocupar, são os re-Ajustes de preços, além do mais o carro foi feito pensando nos Brs que querem pagar cada vez mais caro em um carro e não nos Brs que pensam e segurança.

            • Fanjos

              Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhh Desses ajustes eu entendo e amo muito!

              Positivem esse senhor

          • Louis

            Um que não tinha ajuste na altura dos cintos era a Livina, uma das poucas críticas que tenho a este carro.

            • Schack Bauer

              Verdade, nem ajuste de altura do banco. O cinto fica no pescoço da mulherada.

          • Leonardo C.

            Meu Corsinha hatch joy tinha essa regulagem pro motorista e passageiro, vai entender…

            • No_Name

              Fiat Uno de 1900 e bolinha já tinha.

          • thewes

            Livina não possui ajuste de altura do cinto.

          • No_Name

            Lá nos EUA tem Cadillac(!) sem ajuste de altura dos cintos, é de família isso!!!

          • Alfredo Araujo

            Nissan Livina… rs

      • RVM

        é serio isso do cinto? pqp!

      • Mr. Pennybags

        meu saudoso corsinha wind 96 tinha :P

      • Guilherme Batista

        Putzz nao tinha reparado…
        Essas montadoras dão umas mancadas bobas que não da pra entender

      • John_911

        Sério????

        • Fanjos

          Yes!

    • daniel.a.o.

      Focus também não tem lanternas em LED. Acho que I30 também não.
      Lanternas em LED dão uma beleza singular.
      O próprio Peugeot 208 as tem. As marcas deveriam pensar mais nisso. Sabem que o brasileiro gosta de beleza, mas esquecem das lanternas e faróis.
      O Polo será lançado com lanternas halógenas. Mais um erro a ser cometido.

      • thewes

        Focus tem filete na Titanium e i30 na versão Limited (top).

        • Lucas de Lucca

          Acho que ele quer dizer as lanternas traseiras em LED, que de fato são muito bonitas mesmo, bem mais que as convencionais.

          • thewes

            Focus titanium possui um filete de led nas lanternas traseiras. Só o freio que é normal…

            • Lucas de Lucca

              Ah tá, é que como você disse “tem filete” achei que se referia ao DRL do farol e não as lanternas.

              • PEDAORM

                Focus tem ambas…

          • Marco Santana

            o titanium plus tem lanternas traseiras em led

      • Ric53

        Mas os 2 que vc sitou oferecem em suas versões tops

      • Rodrigo

        O bom das lanternas em LED é que custam uma pequena fortuna e muitos seguros não cobrem, a menos que você tenha contratado essa cobertura.

        • daniel.a.o.

          Sério?
          Tenho um Peugeot 208 e não tenho conhecimento sobre isso. Acredito que existe cobertura normal. Não há discriminação quanto a isso.
          Nos dias atuais, tem de ser em LED. É uma questão de beleza, mas também de segurança e eficiência. São muito melhor visualizadas.

          • Rodrigo

            Retirado da minha apólice antes de saberem que meu carro (Golf) não tem nem lanternas em LED nem faróis de xenon. Mas se tivesse, esses seriam os valores das franquias em caso de troca:

            FRANQUIAS DAS COBERTURAS
            Para – brisas R$ 105,00
            Retrovisores R$ 105,00
            Faróis R$ 105,00
            Lanternas R$ 105,00
            Vidros Traseiros R$ 105,00
            Faróis Xenon R$ 2.120,00
            Lanternas LED R$ 800,00
            Vidros Laterais Não há franquia
            FRANQUIAS DO VEÍCULO Normal

            Quanto ao seu carro (208), procure se informar com o corretor:
            1. Se tem cobertura para troca de lanternas
            2. Quanto custa a franquia delas

            • mjprio

              Qual seguradora?

              • Rodrigo

                Porto Seguro

                • mjprio

                  Vou olhar minha apolice então. Obrigado

            • daniel.a.o.

              Faróis e lanternas ficam por R$ 120,00 a franquia pela Porto Seguro.

              • Rodrigo

                Acho que deve ser porque nos Peugeot há o sistema misto: luz de posição em LED e outras luzes (freio, ré, neblina, seta, etc.) em lâmpada halógena.
                No caso do Golf todas as luzes são de LED, o que deve encarecer em caso de reparo ou troca.

            • Edson Fernandes

              O meu tem Xenon e se for trocar, custa R$179,00.

        • Edson Fernandes

          Quem tem Fluence do facelift com lanterna em LED, o seguro cobre sim.

          Alguns carros precisam da versão para cobrirem.

      • PEDAORM

        Focus tem led na frente sempre e atras dependendo da versão.

  • RyanSX

    GM, disponibilize o Xenon na versão Top pelo menos, e deixe como opcional nas versões de entrada.

    • mjprio

      A de entrada nem tem DRL em led na LT!

  • Lucas de Lucca

    “Para se diferenciar da pegada do sedã, o hatch tem um comportamento mais esportivo graças aos ajustes exclusivos de suspensão e direção.”

    Fico pensando como deve ser mole e bobo o sedan então, pois o hatch mesmo com esse acerto mais “esportivo” já é molenga e bobo. Nunca tive um carro que balançasse tanto em alta velocidade, não me inspira a menor confiança em andar rápido. Pelo menos é confortável.

    • Fanjos

      O anterior era bem firme principalmente o hatch

      • Lucas de Lucca

        De fato, ele era bem firminho mesmo. Nessa geração acho que a GM focou no Corolla, procurando o máximo de conforto. De fato, pro dia-a-dia a coluna agradece, mas para uma tocada mais divertida deixa a deseja. Até destoa do bom motor dele, que tem fôlego de sobra.

        • Realista.com

          Tem gente dando 230-240 km/h no Cruze turbo(tem vídeo no youtube) e os caras que estão dirigindo nessa velocidade não reclamam e estão super seguros na caranga.
          Mas aqui nos fóruns é um chororô danado.
          Haja reclamação nos fóruns.

          • Lucas de Lucca

            Da 220 kmh com um Focus, um Cruze, um Jetta, um Civic e um Golf e depois vem me contar o que achou de cada um. Ou melhor, você já dirigiu o carro para saber se é chororô?
            Falar a verdade não é chororô. Está dando nojo de fóruns de internet ultimamente, expor sua opinião é chororô agora.

            • Realista.com

              O que me diz de um Cruze a 240 km/h e o dono não reclamar?
              Se não fosse seguro ele não daria essa velocidade.
              Se tivesse percebido algum perigo ele teria começado a frear em 180 km/h ou menos.
              É só minha opinião, nem carro eu tenho.
              Se tivesse compraria um Cruze turbo pois já andei de carona na rodovia.
              Meu amigo colocou 140 km/h e eu achei muito seguro e confortável.

              • Lucas de Lucca

                Aí vai de cada um essa questão de se sentir seguro ou não. Eu acho que ele não foi feito para andar nessa velocidade só isso, transmite sensação de estar solta a traseira, se você frear em alta com ele você sente a traseira escapando perfeitamente. Claro que com todas as babás eletrônicas tem gente que abusa e se sente mais seguro, eu prefiro não arriscar onde não sinto segurança. Carro posso comprar outro mais esportivo se achar que esse não me atende, mas vida só tenho essa rsrsrs.
                Mas não desmereço o carro, no geral ele é muito bom sim e me atende bem, gostei dele até o momento, principalmente motor que achei melhor que o 1.4 TSI da VW, pode comprar sim. Só não espere uma tocada esportiva dele, só isso. Mas é muito confortável e o motor muito bom como disse acima.

                • Edson Fernandes

                  Lucas, sobre o consumo , ode falar mais a respeito?

                  • Lucas de Lucca

                    Edson acho que o consumo dele poderia ser melhor por ser um motor moderno downsizing. Meu trajeto diário é divido mais ou menos em 75% estrada de mão simples e 25% cidade com trânsito moderado. No etanol no uso misto fica entre 7,5 a 8,5 km/L. Comecei usar gasolina (V-Power da Shell) de uns 5 tanques pra cá e vem fazendo de 11,5 a 12,5 km/L. Não percebi perda de desempenho com gasolina em relação ao etanol, inclusive acho o funcionamento do motor melhor na gasolina, mais suave.

                    • Edson Fernandes

                      Nossa isso me assustou ao vc dizer isso. Porque eu faço medias superiores a sua em pelo menos 1km/l em ambos os combustiveis com percursos bem parecidos com o seu.

                      Poxa, eu já li relatos de pessoas com facilidade fazendo médias bem superiores. É nesses casos que eu vejo que terei que voltar um passo para ter um carro valido no dia a dia. O peso dos carros médios prejudicam na hora de manutenção. Não que não sejam robustos, mas estou vendo que o preço x itens de conforto x tamanho do carro na pratica pra mim não está fazendo atualmente diferença. No começo que viajava com o carro cheio sim, mas agora com 2 pessoas apenas, ta sobrando e sinceramente não estou vendo contrapartida ainda que todo dia eu fique super feliz do conforto que possuo.

                    • Lucas de Lucca

                      Sim realmente o peso faz muita diferença. Com meu antigo New Fiesta conseguia médias melhores, principalmente no etanol. Mas o conforto nem se compara.
                      Não dá para ter tudo infelizmente, ganha de um lado perde do outro.

              • Creio eu que em via pública a mais de 180 km por hora todo carro se torna inseguro, seja pro motorista ou para os outros usuários da via.

            • Alexandre

              Falou e disse. Pessoal acha que o 0-100 define a “pegada esportiva”, não avaliam como o carro se comparta em curvas, em retomadas, em frenagens… Hoje a sensação do momento é a palavrinha TURBO (e também dupla-embreagem), mas não levam em conta todos os outros aspectos. No início desse ano, um cara com Cruze Sedan 1.4T (por sinal 0km a época) ficou me fechando na avenida, quando joguei e sentei o pé, ele até “tentou” me acompanhar, mas viu que não dava e ficou pianinho enquanto fazia ele comer poeira.

              • Jose Silva

                estes carros com motores pequenos turbos são feitos para andar em baixa rotação com muito torque, nessa condição são muito econômicos, mas começou a pisar bebe muito. Já tive um Bravo T-JET, excelente carro e super econômico para andar entre 1500 a 3000 rpm e só, a sexta marcha não é longa, deixa o carro bem esperto, se não me engano a 120km/h o giro está na casa dos 3000rpm, até nessa faixa o carro é bem econômico na rodovia, chega dar 15 a 16 km/l com rodas 17, mas passou dos 3000rpm o consumo cai para 13 a 11,5 km/l e isso sem chegar nos 4000 rpm.

                • Alexandre

                  Meu antigo A3 (foto) fiz incriveis 23km/l uma vez andando a 90km/h. Andando a 100km/h fazia 18-19km/l, andando a 110km/h fazia 16-17km/l, andando a 120km/h fazia uns 14-15km/l e acredite andando a 180km/l (isso é encher o pé e o giro lá em cima) fazia 11km/l. Detalhe que foi durante todo trajeto de 100km. Andar a 180 e fazer 11km/l é uma bela duma média. Voce disse que o seu faz 11,5km/l em altas rotações. Ai eu pergunto: se isso não é uma boa média o que será então?
                  Obs.: Carros aspirados de mesma cilindrada hoje em dia não faz essa média andando acima de 120km/h.

                  • Edson Fernandes

                    Ou motores amiores como o meu 2.0 tem uma media inferior ao que v citou. E realmente, bem economico no que vc disse.

                    Se eu fizesse a 120km/h entre 14 e 15 no meu, eu sempre andaria nos limites das vias que uso (porque é desse limite e aumenta mesmo o consumo).

    • afonso200

      quer tocada esportiva pega outro carro.

      • Lucas de Lucca

        No geral, como já disse, ele me atende bem. Não vou pegar outro carro só por isso. Apenas expus uma característica dele para futuros interessados que estiverem esperando um “esportivo” pelo nome Sport6 ou pelo motor turbo não se iludirem.

        • Edson Fernandes

          Pra mim seria ideal. Ele deve ser estavel no rodar nos limites da via e muito economico. Rodar forte não é meu gosto, então cairia bem pra mim.

          • Lucas de Lucca

            Sim Edson, até para abusar um pouquinho acima do limite, tipo uns 150 km/h ele vai bem sólido e estável. É mais quando você quer abusar demais mesmo que você percebe que a suspensão dele é claramente voltada pro conforto, e fica atrás nesse quesito de Civic, Focus e Jetta, todos com acerto mais firme. Nada que desmereça o carro, até porque ninguém fica andando a 200 km/h constantes. Somente comentei mesmo porque sempre tem quem acha que por ser hatch, chamar Sport6 e ser turbo vai ser um carro com pegada esportiva por isso e aí a pessoa pode se decepcionar. Recomendo para quem busca um carro macio e confortável pro dia-a-dia com a esperteza e fôlego do motor turbo trazendo segurança em ultrapassagens ou mudança de faixa, mas claro, sem apelo esportivo.

            • Edson Fernandes

              Interessante né? O Fluence nesse aspecto só tem um problema bem sério com costelas de vaca. Você pode forçar bem em curvas, mas tem costelas de vaca? O carro ao ter impacto em alguma roda se ressente e arrasta todo o carro.

              MAs tudo bem, isso faz parte do sistema por eixo de torção da suspensão que acaba passando para todo o carro isso e aí vc perde comportamento dinamico. No multilink a roda que sofre impacto não repassa porque os braços da suspensão irão equilibrar e por isso melhor estabilidade.

              Ou seja, o Fluence sem ter ondulações altas na pista vai bem, mas se tiver muita ondulação, melhor reduzir e ser prudente.

    • predadordemarea .

      Tenho um Cruze sedã turbo que comprei no lançamento e já estou a mais de um ano com ele.
      Não tem essa de balançar não.
      Suspensão é macia? Sim.
      O Cruze anterior tem mais estabilidade? Sim, pois tive a geração anterior e posso falar com propriedade.
      Mas a estabilidade do novo Cruze é boa e o carro não fica balançando não.
      Se quiser entra no meu canal da internet ” predadordemarea” e veja lá meus vídeos.
      Na internet criam-se vários mitos que tem que ser quebrados.

      • Lucas de Lucca

        Papinho de internet?
        Eu tenho o carro cara, hatch, estou com ele há 4 meses e venho conhecendo os limites dele a cada dia. Tem nada de papinho não, a suspensão dele é molenga sim. Ando quase 100 km todo santo dia com ele para ir ao trabalho e sei do que estou falando. A suspensão é macia demais sim, e não passa segurança nenhuma andando em alta velocidade. Claro que a 120 ~ 140 kmh ele é estável, quase todo carro é, mas quando você abusa um pouquinho você percebe como ele é bobo.
        Estou o satisfeito com o carro no geral, acho um bom custo x benefício, mas para tocada mais forte ele não é o indicado. Não é porque tenho que vou falar que é perfeito.

        • predadordemarea .

          Não estou dizendo que você não tem o carro.
          Só estou dizendo que criou-se um mito, na internet, de que o carro balança e não é seguro em altas velocidades.
          Se você acha isso tudo bem.
          No meu, já coloquei altas velocidades e achei seguro.
          O Cruze anterior era mas no chão do que esse novo Cruze turbo.
          Mas na minha opinião o carro não fica bobo em altas velocidades.

          • Lucas de Lucca

            Acho a traseira muito boba. Só isso. No geral o carro é bom e gosto dele, mas de fato a suspensão para mim é um ponto negativo. Uma suspensão mais firme como a do anterior que você citou mesmo nele ficaria perfeito. Mas né, não dá para ter tudo. Foi como disse pro Fanjos, com certeza miraram o público do Corolla que preza conforto e maciez em detrimento de esportividade, para o dia-a-dia acho ele muito bom, a coluna agradece para enfrentar a buraqueira das vias. :-)

            • predadordemarea .

              Então………..
              Eu também iria gostar mais se a suspensão fosse mais firme como no Cruze anterior.

              • XandeeM

                O anterior é mais firme porém perde muito em conforto,como ando na cidade 90% do tempo,prefiro a suspensão do atual.
                Ps. Também tive o modelo anterior.

                • Lucas de Lucca

                  É possível aliar conforto e boa estabilidade fazendo uso de uma boa suspensão multilink. Veja o Focus, bem confortável e parece um trem sobre trilhos.
                  E concordo com você, para o uso civil ele é bem confortável mesmo.

            • Davi Millan

              Eu tinha um C4 Lounge que também não me passava muita segurança em curvas de alta por rolar demais a carroceria (comparado ao meu carro anterior, um Cerato SX 12/13 com rodas 215 45 R17). Recentemente dirigi um Cruze Sedan e achei mais “mole” ainda, até me espantei. Mas ainda quero andar no Sport6 para ver como é.
              Mas isso agrada a maioria do público, então… Eu que gosto muito de carros que dão hérnia de disco. haha

              • Edson Fernandes

                Pois é… porque o Cerato é duro pra kct…rs

                • Davi Millan

                  Ainda bem que o carro contido nessa frase é um Cerato, porque se fosse um picasso pegaria mal pra caramba. :)

                  • Edson Fernandes

                    hauhauahauhauhauah

                    E o Picasso é confortavel… rsrs

          • cepereira2006

            Até porque o sedan é balanceado, 49% do peso na traseira e 51% na dianteira. Não teria motivos para “soltar” a traseira, uma vez que ela não é leve.

      • carloscomp

        Amigo, para não perder o costume, qual a quilometragem do seu no momento? Algum problema?

        PS: O meu Sport6 G1 fez 50.000km agora, troquei o primeiro jogo de pneus. Muito satisfeito. Queria o novo Cruze Sedan, mas a mulher quer um SUV…

        Abraços

        • predadordemarea .

          Amigo, está com 14600 km rodados e até agora nenhum problema.
          Gostei muito do carro e ,para mim, ficaria mais perfeito ainda se tivesse o teto solar.
          Se eu sair do Cruze sedã, vai ser única e exclusivamente pela falta do teto solar.
          De resto………..muito bom.
          Aconteceu uma coisa interessante comigo esses dias.
          Deixei o carro parado na garagem e fui dormir.
          No outro dia, quando liguei o carro pela manhã, o computador de bordo estava acusando que o pneu traseiro estava precisando ser calibrado, tinha uma mensagem e o desenho de um carro na tela do computador mostrando exatamente o pneu que precisava ser calibrado(mostrava o pneu traseiro do lado do motorista).
          Sai do carro, fui verificar e……..
          Tinha entrado um objeto perfurante no pneu que o tinha esvaziado.
          Carro é muito tecnológico.
          Se não tivesse esse recurso eu teria saído com o pneu vazio.

          • El Gato Negro

            Aconteceu exatamente a mesma coisa comigo, semana passada, mas meu carro é um Focus Fastback. Esse recurso do aviso de pressão é sensacional. Não vivo mais sem.

      • cepereira2006

        Concordo plenamente. Tenho um também e não vejo carro melhor para se andar em estrada. Confortável com estabilidade, o que parece antagônico, mas que eles resolveram bem. Quem quer andar acima de 180 na estrada, o que é uma temeridade, deve pegar um BMW.

    • Rodrigo

      Esportivo só no nome SPORT6.

  • Alexandre

    Bom carro, tecnológico, moderno e bonito. Mas com Golf na área e sua pegada esportiva… É mais um mico que a gente se vê por aqui!

    • Lucas de Lucca

      O hatch vem liderando o segmento há alguns meses já. Diria que o mico vem sendo o Golf, com seus preços impraticáveis e depenado na nacionalização. Mas na verdade mesmo, o mico vem sendo o segmento de hatch médio, caminhando a passos largos para sua morte infelizmente.

      • Alexandre

        Acho que nos próximos meses o Golf vai voltar a liderança do segmento. Mas concordo que o segmento já tá fraco há muitos anos.

        • Uranium

          Vai voltar à liderança por quê? Vão reduzir os preços, aumentar itens de série? Porque se não houver mudança nenhuma, o Golf vai é deixar de ser fabricado no Brasil…

          • Evan

            Sim, provavelmente irá liderar, está para lançar o golf 1.0 TSI automático, que era o que estava faltando.

        • Cláudio Modesto

          O PREÇO (grandão) do Golf passou do razoável, tá imoral. Deixará de ser fabricado aqui e o Polo vai entrar no lugar dele, pois o Golf é carro demais pro nosso mercado que só tem carrão.

        • Lucas de Lucca

          Acho improvável o Golf melhorar sua vendas, já que a VW não parece mais fazer o menor esforço para vendê-lo. Inclusive já começou os boatos que vão encerrar a produção nacional dele.

          • Rodrigo

            Comprei um novo Golf faz 3 meses. Tive 15% de desconto no valor de tabela, com todos os opcionais que escolhi. Deu mais de R$10 mil de desconto…
            Vender vende, basta saber negociar e basta ter o carro em estoque.

            • Moreno Rocha

              Rodrigo, bom dia. Qual versão comprou,quais opcionais escolheu e a cidade? Se importaria de dizer o preço que pagou? Estou avaliando um Golf também…

              • Rodrigo

                Foi a Comfortline 1.0 TSI com todos os opcionais, mas na verdade tinha todos os modelos em oferta. Fiquei na dúvida entre a 1.4 TSI Manual e a 1.0 TSI mas aí a economia falou mais alto. O preço é esse que lhe falei: 15% de desconto sobre o valor sugerido no site.
                O único modelo que está com mais desconto é o 1.6 MSI manual que, segundo o vendedor deixou de ser fabricado e estão desovando o estoque.

                • Moreno Rocha

                  Fiz uma simulação aqui e pelo que vi, você pagou na prática pouca coisa a mais que o preço base, mas com vários acessórios. Não vai faltar motor e vai sobrar desempenho e conforto. Muito bom. Parabéns.

      • PrGirafales

        problema do Golf foi a nacionalizaçao e maior erro, lançaram uma versao tartaruga com cambio AT, erraram na motorizaçao, ai corrigiram no motor 1.0 tsi, mas erraram novamente nao colocando uma versao AT, resultado, golf encalhado nas css, pq vc acha golf hj com descontos fortissimo e nao vende, pq nao é AT, hj consumidor desse segmento a maioria quer AT, manual sao poucos que querem

        • Lucas de Lucca

          Cotei o Golf há alguns meses e não me deram muito desconto não, aliás, não pareciam fazer questão de vender. Estavam tentando empurrar o Jetta a todo custo, esse sim com bons descontos.
          De resto concordo com você, a nacionalização fez mal pro Golf, aquela versão 1.6 MSI era ridícula, nunca deveria ter existido e a falta do AT no 1.0 TSI acabou de selar o caixão.
          Trocar a suspensão multilink pelo eixo de torção foi outro absurdo, o DSG7 seco (barulhento) poderia ter sido trocado pelo DSG6 úmido que não tem esse problema assim como fizeram na Tiguan 1.4, freio de estacionamento eletrônico outro pecado terem tirado. Ou seja, perdeu, perdeu e perdeu, não consigo apontar uma melhora com a nacionalização. E pra finalizar o preço subiu de maneira ridícula. Incrível como a VW conseguiu fazer um puta produto que era o Golf Alemão quando chegou se tornar esse mico que temos hoje.

          • Marcos Megda

            O flex pode ser considerado uma melhora, visto que a gasolina nossa tem altos teores de alcool

          • Gambixx

            “não pareciam fazer questão de vender.” Amigo, tenho esta impressão toda vez que entro em uma revenda VW. Devem estar vendendo horrores e ter 80% de participação do mercado (SQN). E olha que estava avaliando trocar meu carro por um golf sw ou jetta top.

    • G.Alonso

      Vende o dobro do Golf…

    • Davi Millan

      Bem que o Golf reestilizado que está vindo poderia vir com o DSG da Q3 e voltar com a suspensão multilink… Só sonhando mesmo :/

      • Lucas de Lucca

        O DSG6 úmido acho possível, até a Tiguan 1.4 recebeu. Agora a suspensão multilink acho difícil, já que até lá fora ele é vendido com o eixo de torção em algumas versões.

        • Davi Millan

          Sim, tenho fé na troca do cambio ainda. Mas na suspensão até que não me incomoda muito.
          Quando dirigi o Golf com DSG eu gostei e o GTI eu me apaixonei!

          • Lucas de Lucca

            O GTI é sem comentários, pena que não posso ter e manter um rsrsrsrsrsrs

            • Davi Millan

              Eu não posso por causa do seguro de 15mil!!!! Só o dobro do preço de um seguro para a 320i Sport.

    • Impala_67

      Não sei se eu sorrio ou sinto pena.

    • Realista.com

      Pelos testes da maioria das revista o Cruze anda mais na reta, apesar de ser mais pesado.
      Só não tem o acerto de suspensão do Golf e por isso num circuito o Golf sempre vai levar.
      Mas na reta……
      Cruze vende bem mais que o Golf então………
      Quem é mesmo mico?

  • Miguel

    Só não gosto da traseira e da escotilha que eles chama de teto solar…

    • IPZ.4

      Escotilha solar

  • Fabio Marquez

    Acho esse hacth muito feio. Alô GM, coloque opção de interior ao menos para o LTZ, pois este bege é muito feio.

  • afonso200

    me pergunto, o sistema start stop nao compensa, pois a bateria pra esse sistema custa uns 1400reais, dai quando trocar a bateria ja se foi a “pseudo economia” de combustivel

    • Rodrigo Pasini

      Isso mesmo, mas isso ninguém fala, o importante é consumir menos.

    • Louis

      Nunca botei fé nessa “economia” do start stop, tanto é que tem muito carro novo que não tem, e ninguém reclama. E tem muito dono de carro que desliga o sistema.

    • Lucas de Lucca

      É irritante, esses dias que está fazendo um calor dos diabos por aqui venho sofrendo com ele desligando o ar condicionado no trânsito. Grotesco não ter como desligar.

      • Marcos Megda

        Qual veículo você tem? Os que ja tive/dirigi tem. Audi, bmw e VW

        • Lucas de Lucca

          Tenho o novo Cruze turbo e ele não tem mesmo, infelizmente.

  • Lucas086

    Um LT interior preto com teto já me deixava bem alegre.

  • afonso200

    teto no sedan nada né

  • Hernan Carlos Granda

    Nao posso entender como a gente pode escolher um pseudo suv do segmento b (renagade, hrv, etc), antes que um carro de verdade do segmento c como cruze focus , civic , etc. So admitiria em uso mixto , mais acho que isso deve estar em 5% dos compradores

    • Hiboria

      Concordo com vc quanto a Hrv, Wrv, coreanos…. mas o Renegade (diesel) é um aventureiro até de respeito da Jeep.

      • Hernan Carlos Granda

        estava falando dos 4×2, acho que tanto duster, renagade e ecosport nas versaoes 4×4 tem sim um atributo que os carros nao tem e é a posibilidade de fazer alguma coisa light fora da estrada

        • Hiboria

          Mesmo entre esses 4×4, o Renegade é diferente, o Eco é um fiesta disfarçado (em termos de plataforma), o Duster é um sandero disfarçado, a plataforma da jeep é muito mais robusta e offroad. Não gosto do Jeepinho, acho ele feio e apertado, mas comparado com os dois sitados, em minha visão, ele está em outro nível.

          • Emanuel Martins

            A jeep faz muito é propaganda enganosa, isso sim. Dê uma rápida pesquisa na internet e veja que os renenegades com problemas de calço hidráulico e verá que até um chevette consegue passar em lugares que o jeep não passa, rsrs

  • El Gato Negro

    Que cor horrível do interior, pqp…
    Disponibilizem um caramelo ou o tradicional full black… porque esse “bege calcinha de velha” não dá pra aguentar.

    • Mr. Pennybags

      Isso me lembra o episodio de top gear em que eles fazem um carro com cor de aparelho auditivo. Deixa essa cor de vovozão pro Corolla, pô!

    • Lucas de Lucca

      O interior do LT que é escuro é bem mais agradável que esse da LTZ.

    • Esse interior cinza / “bege sujo” do Cruze realmente é de doer.

    • Gambixx

      Não reclame muito senão é capaz de colocar aquele marrom horripilante do Creta kkk.
      As coisas nunca melhoram, só pioram.

  • Paulino Lino

    Cada vez que retocam a maquiagem ele fica mais horroroso!!!! Que parachoque é esse ??!! kkkkkkk….. que saudade do modelo anterior

    • Fanjos

      Sem contar que esse ficou parecendo aqueles caras frangos de academia com camiseta colada de compressão, o antigo tinha uma aparência de bombadão, impunha respeito, esse ai é só o chassi do grilo

      • IPZ.4

        Ah, então quer dizer que você é desses que ficam manjando macho na academia? Huum.. entendi.. hahahaha #pas

        • Lucas de Lucca

          As ideias hahahahaha

        • Fanjos

          Eu mesmo… Me beija gato!

      • Paulino Lino

        Hahahahaha exatamente! Ta certo que gosto é igual aquilo que todo mundo já sabe…. mas, falar que acha este atual modelo mais bonito que o antigo é o mesmo que dizer achar a uma galinha mais bonita que um pavão! kkkkk

  • Realista.com

    Só acho que quando tem matéria do Cruze turbo é um chororô danado nos blogs.
    Reclamam da cor das rodas, reclamam da cor do interior, da falta de LED, do ajuste dos cintos……
    Quem aqui vai comprar o novo Cruze turbo?

    • predadordemarea .

      Ué?
      E somente porque a pessoa não vai comprar o carro, não pode reclamar?

    • Louis

      É assim com todos os carros. Aí que está a graça dos blogs kkkkk
      Dá uma lida quando sair algo do Corolla, o mais odiado…

    • Lucas de Lucca

      Reclamação quando é verídica é válida. Olha pensa comigo, o carro na versão top passa de 110 mil reais certo? Você não acha desaforo não ter:

      -Lanternas em LED;
      -Ajuste de altura do cinto;
      -Ar condicionado dual zone;
      -Opção de tonalidade escura para o interior;
      -Teto solar no sedan;
      -Acabamento melhor (abusa de plásticos);
      -Opção de desligar o auto-stop;
      -Até então não tinha repetidor de setas nos espelhos.

      Eu acho.
      Entre outras coisinhas chatas que não me lembro agora e que ele poderia ter/ser melhor. Acho normal reclamar ou expor algo que não te agrada no carro, não importa se irá comprar ou não.

      • mjprio

        Perfeito

      • Edson Fernandes

        E mais um que vc esqueceu de escrever: Saida de ar para os passageiros de trás.

        • Lucas de Lucca

          Putz é verdade. Me esqueci desse detalhe. É que como quase sempre ando sozinho ou em 2, não percebo tanto esse detalhe. Os que citei me incomodam mais, como a falta do ar dual zone por exemplo. Vivo brigando com a dona onça por discordarmos da temperatura rsrsrsrsrs

          • Edson Fernandes

            Pois é… e tem gente que diz que isso é frescura…rs

            Isso aí qdo vc usa e percebe o quanto faz a diferença , não quer deixar de ter…rs

            Nesses dias atrás foi uma colega que não conhecia o recurso e reclamou. Foi ajustar numa temperatura agradavel pra ela (no dia estava 28 graus externo, ajustei o meu lado para 19 e o dela para 22, pra ela ficou otimo e pra mim tbm…rs)

            • Lucas de Lucca

              Pois é, temperatura que agrada é muito particular mesmo.

      • cepereira2006

        Xenon também.

  • carnero

    Top! Vai continuar vendendo o mesmo.
    Ninguem paga 100k por uma saída de escape mais larga….

  • Fabão Rocky

    N curti mto o estilo da traseira desse Cruze, assim como o “Vectra” GT. Mto mais bonito os notchbacks c/ a inclinação da coluna C bem acentuada, tipo o Astra e o Kadett. O Cruze anterior ainda seguia essa antiga receita.

    • Realista.com

      Questão de gosto.
      Sem comparação a beleza de um Cruze com um de um Astra, na minha opinião.

      • Fabão Rocky

        Amigo, n disse q acho o Astra mais bonito. Tbm acho o Cruze infinitamente mais belo q o Astra, ainda mais p/ os dias de hoje, porém a única coisa q n fikei satisfeito foi c/ o formato da traseira, melhor dizendo, coluna C, q poderia ser mais inclinada, assim ficaria mais bonito do q o q já é.

  • Alexandre Maciel

    Se há algo nesse carro que não me agrada desde o lançamento com certeza são as cores do interior. Essa combinação de cores mortas consegue matar o apelo tecnológico do carro.

    Outra coisa: não perdem o costume de colocar pacotes de opcionais para itens que não são descartáveis. Criem uma porcaria de nova versão como Ford/Honda/Toyota fazem.

    • mjprio

      Fora que LTZ seja 1 ou 2 nao tem nada que identifique e diferencie visualmente o que da preju na fipe

      • Alexandre Maciel

        Exatamente. Por isso não costumo colocar opcional nenhum em carro. Aliás, há quase dez anos só vejo carro por versão. Os últimos dois foram assim.

  • Dreidecker

    Cadê a opção de desligar o start-stop ?
    A produção do motor 1.4 Ecotec Turbo SIDI Flex na América do Sul é uma excelente notícia.

  • Gabriel Abdallah

    Nunca vi um carro em que não é possível desligar o “Start-Stop”. Tirando isso, excelente veículo!

  • Gran RS 78

    O Hatch médio mais bonito na minha opinião e ainda vem com motor turbo em todas as versões e preços mais interessantes que seus concorrentes com motores turbinados.

  • Mr. Car

    Não ter (ao menos nos LTZ) o maldito interior pretinho básico dos infernos também conta ponto. Aliás, um não: conta alguns pontos, he, he!

  • Speed Racer

    Gosto muito desse carro, pra mim faltam apenas os airbags de cortina na versão LT e ar condicionado bi-zone.

    • 4lex5andro

      Em seu segmento e pelo preço que o Cruze cobra, não se poderia prescindir de cintos ajustáveis e leds diurnos. Nem nas versões básicas como a LT, é injustificável.

      • Speed Racer

        Concordo, falta isso ainda.

  • Matador de Polo kkkk quem vai trocar ele ou o Focus por um Polo que vai custar 80 mll a versão highline sem aquele painel top, que deve vir por uns 15 mil a mais? Por isso que o POlo vai micar, não vai vender nas versões básicas pq vai ser no preço de mais completas de Onix e HB20, e nas versões mais tops pq vai ser no preço de Cruze, Focus e alguns Suvinhos e sedãns médios.

    • Realista.com

      Polo é classificado como compacto pela montadora e médio pelo INMETRO.
      Cruze, Focus e Golf são classificados como médios pelas montadoras e grandes pelo INMETRO.
      Ou seja, Cruze e Focus são carros superiores ao Polo e de outro segmento.
      Quem vai querer descer o degrau trocando o Cruze ou Focus pelo Polo?
      Se eu tivesse grana pra comprar um carro, jamais faria essa burrice.
      Polo vai ser sempre um Polo, por mais equipado que seja, assim como Gol vai se sempre um Gol por mais equipado que seja.

  • Cezar Lopes

    O Cruze é um Opel Astra “coreanizado”, por isso tem tudo o que o Astra tem, menos o refinamento Alemão no acabamento interno e desenho das lanternas e para-choques dianteiro e traseiro. Pra mim, tem tudo o que o Opel tem, menos o que eu mais prezo no Opel.

  • Joao Gabriel

    Não adianta! Essa traseira é ridícula…

  • Mayck Colares

    Da vergonha falar que a linha 2018 agrega repetidores laterais de direção e regulagem de altura dos faróis, sério

  • Itamar

    Virá a partir de R$ 92.990,00

    Bons tempos quando o hatch custava a partir de R$ 70.000,00

  • Bispo

    Painel chinfrim… traseira de Ford K tunado… frente de “quero ser um i30″….. em resumo, pense 1000x antes de comprar.

  • Silvio

    Achei que a novidade era o câmbio manual…

  • Draga

    A maior novidade esta p a propria GM, q nacionalizaou o motor, reduziu o custo dele, e manteve o preco… P o pobre consumidor somente cores novas e piscas no retrovisor…

  • Não consigo gostar desse novo Cruze hatch. Parece carro chinês. E esse interior meio cinza, assim como do sedan, é horrível.
    Pelo menos ele possui um bom custo benefício, o que é raro hoje em dia.

    • Evandro

      Já falei isso aqui, interior estranho mesmo….

  • Jose Silva

    Aluguei um desses no Estados Unidos, modelo pé de boi de entrada mas bem completo. Gostei do carro, motor bom, até econômico, convertendo em milhas e galões para km/l fiz uma média cidade estrada de 16km/l, mas claro que não conta, lá rodando o tempo todo com transito fluindo a 30 e 40 mph nas cidades e 55 a 70 mph nas rodovias. Lá nos EUA é um carro normal, carro de baixa renda, carro barato que qualquer pessoa pode ter, não chama atenção em nada. Tão barato que 7 dias com carro e com todos os seguros me custou $950 pela locadora ALAMO, ou seja, R$135 por dia ou quase U$40 dia. No Brasil você vai alugar um bosta sem ar condicionado popular com cambio manual nas praias do norte ao sul você não paga menos que R$150 por dia, e se for um carro melhorzinho como ar sai R$200 de categoria super econômico. O que chama atenção mesmo é a quantidade de Jeep Cherokee que eu vi nas ruas por lá, é outro mundo mesmo, Brasil é um pais muito atrasado. Quando você vai para os EUA nestas regiões mais turísticas como Miami, Orlando, Las Vegas e outras parece que você entra no avião e sai dele uns 500 anos no futuro em educação, infraestrutura, saúde, saneamento básico… direitos básicos da vida. Quando você volta ao Brasil é como pegar um avião e voltar 500 anos no passado e a depressão começa fazer parte da sua vida por uns meses até acostumar com essa carniça aqui.

  • Isaac Ferreira Santo

    Engraçado, não consigo gostar do visual desse carro. Me passa a impressão que irá cansar rapido, parece um HB20 bombado

  • Cezar Lopes

    Certo dia estacionei ao lado de um, mas achei que realmente se tratava do i30, apenas quando voltei p pegar o carro é que percebi que se tratava de um cruze.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend