*Destaque *Featured Chevrolet SUVs

Chevrolet Equinox 2018 chega ao Brasil custando R$ 149.900

chevrolet-equinox-2018-3-1-1024x703 Chevrolet Equinox 2018 chega ao Brasil custando R$ 149.900

O Chevrolet Equinox 2018 está tendo seu preço e detalhes apresentados. O valor do modelo será de R$ 149.900 em nosso mercado, com a Chevrolet destacando que se trata do SUV mais potente, tecnológico e equipado em sua faixa de preço. A GM apontou que o mercado de utilitários esportivos entre R$ 100 mil e R$ 250 mil, tem metade das ofertas entre R$ 130 mil e R$ 160 mil. Por isso, a marca decidiu posicionar o modelo dentro dessa faixa.



Se trata da versão Premier, a topo de linha. Segundo a Chevrolet, não existirá versão LTZ, nem mesmo quaisquer versões mais baratas com motor 1.5 Turbo, o SUV será vendido apenas na versão completa em pacote único. Para quem espera algo mais abaixo, terá de buscar o Tracker, que chega até R$ 96.590. Ou seja, uma diferença enorme entre os dois produtos. A expectativa de vendas é de 700 unidades por mês neste fim de ano.

chevrolet-equinox-2018-4-1 Chevrolet Equinox 2018 chega ao Brasil custando R$ 149.900

Ao falar isso do preço e da potência do Equinox 2018, que tem motor 2.0 turbo a gasolina de 262 cavalos de potência e 37 kgfm de torque, além de transmissão automática de 9 marchas e tração nas quatro rodas, a Chevrolet mostrou uma imagem onde compara o Equinox com outros SUVs da mesma faixa de preço.

Ali temos Jeep Compass, Peugeot 3008, Hyundai New Tucson, Kia Sportage e outros. Um pouco acima em preço temos Honda CR-V, Mitsubishi Outlander, Audi Q3, Mercedes-Benz GLA, BMW X1 e outros modelos, e realmente, o Equinox traz um conjunto bem potente pelo preço pedido, além de ter muitos equipamentos de série.

Novo-Chevrolet-Equinox-2018-3 Chevrolet Equinox 2018 chega ao Brasil custando R$ 149.900

Dentre os itens de série do Chevrolet Equinox 2018 podemos destacar abertura da tampa do porta-malas por sensor de movimento, ar-condicionado dual zone com saída para o banco traseiro, controle de velocidade em declive, banco do motorista com regulagem elétrica e memória, carregador wireless para smartphone, sistema Easy Park de estacionamento semi-automático, MyLink de 8 polegadas com GPS, Android Auto e Car Play, OnStar, rodas de liga leve aro 19 polegadas, bancos em couro perfurado com costuras duplas, sistema de partida remota, para-brisa acústico, sistema premium de som Bose e teto solar elétrico panorâmico.

Novo-Chevrolet-Equinox-2018-4 Chevrolet Equinox 2018 chega ao Brasil custando R$ 149.900

Dentre os itens de segurança, o Equinox 2018 destaca alerta de colisão frontal com frenagem ativa, alerta de movimentação traseira, alerta vibratório do banco do motorista, alerta de esquecimento de pessoa no banco traseiro, assistente de permanência na faixa, indicador de distância do veículo da frente e faróis full LED adaptativos, freio de estacionamento eletrônico, seis airbags, lanternas em LED, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, sistema AWD com alteração de tração 4×2 ou 4×4.

O Chevrolet Equinox 2018 vem do México (onde é feito nas plantas de San Luis Potosí e Ramos Arizpe), a pré-venda começa em 20 de setembro e o modelo chega nas concessionárias em 20 de outubro. A montadora descartou qualquer chance de produção do modelo no Mercosul, como se cogitava no mercado. Com espaço para cinco ocupantes, o SUV da GM tem 846 litros no porta-malas, medindo 4,65 m de comprimento, 1,84 m de largura, 1,66 m de altura e 2,72 m de entre eixos. Para o Tracker, a GM promete ampliar os volumes importados.

  • Bruno Silva

    Imbatível. Pelo preço não tem nada tão espaçoso (porta malas de quase 840 litros normal), motor 2.0 Turbo de 262 cv e 9 marchas. Os itens de série agradam, teto solar panorâmico, assistentes de condução, etc.

    • João Cagnoni

      Imbatível até quando? Se tratando de GM, daqui a pouco o Ônix está custando 80k, difícil esse carro se manter em 150k.

      • Jaspion

        ainda mais se a demanda for mais alta que 700 carros. Se houver 700 pessoas interessadas o preço é 150k, se houver 1400 o preço é bem maior, e assim por diante. os Dealers vão fazer a festa…

        • Elizangela Oliveira

          Se houver 800 interessados já haverá “prosperação”… 1400 aumenta uns 10k logo de cara!

        • Navaman

          Os últimos lançamentos têm sido com preço menor do que o que será de fato praticado. Aposto em um aumento substancial em até dois meses.

      • Ⓜ️arcelo

        Vdd , agora no começo quem compra pela razão de ser a melhor custo x beneficio da categoria, porém daqui um tempo, dependendo da demanda que não será pequena, vão subindo os preços subindo até que, quando as ruas estiverem fazendo a propaganda, as vendas começas a ser pela emoção e pelo desejo de ter um carro igual ao do vizinho.

    • João Cagnoni

      Mas hoje sem dúvidas é a melhor opção.

      • vicegag

        E outro diferencial, ele é 4×4, que a maioria dos concorrentes não têm de série.

        • oloko

          É 4×4 ou awd?

          • Fernando

            awd

          • vicegag

            Para mim 4×4 e AWD, são literalmente a mesma coisa.

            • Rodrigo Silva

              Vixi…literalmente a mesma coisa? Vc manja bem heim rsrsrs…

              • vicegag

                Fique na sua, não pedi seu julgamento sobre mim, já que o senhor mestre no assunto de julgar, procure também se informar, na QR mencionou o seguinte:
                “Em termos literais, todo automóvel 4×4 pode ser chamado de 4WD (4-wheel drive, ou tração nas quatro rodas) e AWD (all-wheel drive, ou tração integral), sem distinção.”

                • Rodrigo Silva

                  A coisa vai muito além disso. Daí vem a diferença entre um Crossover e um SUV, para ser considerado SUV tem que ter condições de enfrentar o off road com uma certa capacidade, já o Crossover é um carro alto mais voltado para o asfalto, este podendo também ser “4×4”, mas voltado para condução em pista.

                  É justamente o que diz a Mitsubishi ao afirmar que a Outlander diesel 4×4 não tem características de SUV, mas de um Crossover.

                  4×4 para off road é uma coisa, tração AWD e outra coisa completamente diferente, vai estudar cara…

                  • vicegag

                    Você é teimoso, não estou falando de “marcas”, pois cada uma por causa do marketing, vai falar um coisa, falo dos sistemas no geral, “Os sistemas 4 × 4 / 4WD / AWD foram desenvolvidos em vários mercados diferentes e utilizados em várias plataformas de veículos diferentes. Não existe um conjunto de terminologia universalmente aceito para descrever as várias arquiteturas e funções. Os termos usados ​​por várias fábricas geralmente refletem considerações de marketing ao invés de engenharia ou diferenças técnicas significativas entre sistemas. O padrão J1952 da SAE International recomenda apenas o termo All-Wheel Drive com sub-classificações adicionais cobrindo todos os tipos de sistemas AWD / 4WD / 4×4 encontrados em veículos de produção. ”
                    Entendeu, e mais uma, procure fazer o que você aconselha, um abraço.

                    • Rodrigo Silva

                      SEU ANIMAL….vamos lá, AWD e 4X4 não são marketing seu JUMENTO, são sistemas DISTINTOS. Existe AWD Haldex da Audi, ou full time como o 4Motion da VW. Existe 4×4 com ou sem bloqueio de diferencial….LARGA DE SER BURRO! Se a 4 Patas é a sua enciclopédia automotiva eu para por aqui kkkkkk, pq o seu caso é perdido! Abraço jumentinho!

                    • vicegag

                      Não lhe ofendi, e não precisa gritar, aqui as pessoas podem expor seus pontos de vista, certos ou errados, mas sempre com respeito ao outro, se depois de tudo que lhe mostrei ( e copilei textos de mais de uma fonte, fora a QR), para mostrar que nem sempre somos obrigados a estar certos, e você não entendeu, então o animal irracional, não sou eu.

                    • Rodrigo banido por ofensa ao outro leitor.

                  • Darwin Luis Hardt

                    mas o 4×4 pra ser off road, só se tiver opção de bloqueio diferencial, não é?

                • Ⓜ️arcelo

                  Exato amigo, você está correto.

                  Qualquer carro que tenha tração nas quatro rodas, independentemente de ser disponível o tempo todo ou não, independente da porcentagem frontal e traseira, independente de ter recursos adicionais com bloqueio ou seleção de roda para tração, é considerado 4×4, pois tem tração nas 4 rodas.

                  As nomenclaturas utilizadas pelo fabricante 4-Matic®, Quattro®, 4WD, AWD, AllGrip®, tem a ver com a tecnologia utilizada e com o nome de batismo do fabricante e não com o sistema 4×4 em si.

            • Luis Burro

              Awd é tração integral,não dá pra escolher os modos.4×4 pode se trocar por seletor ou alavanca entre a tração “comum” dianteira ou traseira,tração nas 4 ou ainda a reduzida.
              Tração integral é mais pra veículos de fora de estrada leve ou asfalto,4×4 é pra usos mais radicais.

              • Diogo

                Vai ter seletor. Pode escolher ficar 4×4 ou 4×2 sem precisar ser um audi rsrs

            • oloko

              Em teoria seriam, mas enquanto o awd tem a tração nas 4 sempre(salvo sistemas que distribuem a tração totalmente para as rodas traseiras ou dianteiras) 4×4 é mais designado para sistemas em que há a reduzida, e também é você que escolhe se a tração é nas 4 ou traseira.

            • oloko

              Agora que vi também que a discussão chegou em outro nível… haha não precisava eu ter te respondido

        • th!nk.t4nk

          Se for um AWD “real” eu nao diria que é necessariamente vantagem. Isso significa que ele transmite movimento pras 4 rodas o tempo todo, resultando em maior gasto de combustível. Sim, isso faz dele um SUV muito melhor pra condiçoes de baixa aderência (particularmente neve e areia), mas o torna péssimo pra quem o usar basicamente na cidade (o que vai ser o caso de 99% de seus compradores). Nos EUA beleza (gasolina barata), mas no Brasil é crítico.

          Edit: de curiosidade fui checar. O sistema do Equinox é um AWD “fake”, basicamente pra ajudar na neve. Ele funciona como um FWD o tempo todo (zero tração nas rodas traseiras) e apenas transfere torque se o carro começar a derrapar. É o oposto de um “real” AWD, como grande parte dos Audi Quattro, onde todas as rodas tracionam o tempo todo. Por outro lado, tem como vantagem nao prejudicar tanto o consumo (embora um pouco prejudique sim pelo peso do sistema, claro).

          • José Eduardo D’Acampora Guazzi

            A5 novo com quattro já tem desacoplamento da tração traseira justamente pensando nisso.

          • João Holmes

            Praticamente todos os carros modernos utilizam esse esquema de tração nas 4 rodas apenas quando demanda, ou seja, on demand. Mas o sistema é imediato, ao menor sinal de destracionar a dianteira a traseira já traciona, então não faz sentido ficar tendo tração 100% do tempo na traseira sem necessidade. Isso vai apenas aumentar o consumo e reduzir a vida do pneu.

          • FearWRX

            O único AWD é o da Subaru. O resto é tudo tração dianteira basicamente.

          • radiobrasil

            Tem no youtube um video de uma revista americana se nao me engano que comparou alguns SUVS AWD em testes de subida numa rampa onde a roda dianteira ficava sem tração (em cima de um cilindro….) … o resultado? NENHUM DELES conseguiu subir normalmente a rampa usando só a tração traseira.

            • Jossimar Pádua Júnior

              manda o link, quero ver :D

              • radiobrasil
                • Jossimar Pádua Júnior

                  Valeu ;)

                • Muito bom. Valeu

                  • th!nk.t4nk

                    Ainda to de cara que estejam tentando afirmar que um AWD eletrônico seja equivalente a um 4WD. E ridicularizando quem diz que nao é bem assim. Beleza entao :)

    • carroair30

      Quero ver os preços das peças de reposiçao e mao de obra! ou vcs acham que vai ser zero KM pra sempre???

      • No_Name

        Para um carro desse porte será um absurdo. Mas quem compra ele zero tem condições de bancar. O problema é depois que vira resto de rico e vai parar na mão dos vileiros kkk.

      • André

        Para quem não aguenta os custos de manutenção, a Chevrolet oferece a Spin, rsrsrsrsrs

        • Elizangela Oliveira

          Ou um Onix!

      • ObservadorCWB

        Do Fusca é tudo barato…da Ferrari é mais caro…..da Equinox ficará no meio termo…..

        • João Cagnoni

          Não é assim que funciona. Tenta manter uma Ferrari aqui no BR e uma lá nos EUA, pode esperar que o custo aqui é no mínimo 10x maior. Será que é culpa dos impostos???

      • Bruno Silva

        Se for assim não compro nem uma bicicleta.

    • Rbs

      Quem carregar alguma coisa nesse porta malas gigante será multado. A lei brasileira diz que esse não é um veiculo destinado para cargas!!

    • Erasmo Artur

      Esse carro por 150 conto quero ver quem é a anta que ainda vai dar 160 naquela Rav4.

    • Milton Quadros

      Muito boas as especificações. Vai tirar vendas até de SUV mais caros. Se não for abandonado pela Chevrolet como tantos outros, é uma ótima opção.

    • Guilherme Batista

      Não vai vender nada, afinal brasileiro não gosta de carro bom, só gosta de Hilux…

      Aproveitando, tendo esse Equinox lindão na linha, qual o motivo pra se comprar uma Trailblazer? Será que vai rolar canibalismo?

  • dallebu

    Nossa, achei um ótimo custo-benefício! Esse Equinox tem um porte e tamanho maior, motor potente e moderno, bem equipado, me surpreendeu o preço, medo dos importados que vem aí? Hehehe
    Peugeot 3008 melhor compra pra quem pode gastar até 140.000, Equinox melhor compra pra quem pode esticar até 150.000
    Obs. Pelas fotos detalhadas que vi, o Equinox (ao contrário do Cruze) parece muito bem acabado, com peças muito bem encaixadas e alinhadas e sem rebarbas.

    • João Cagnoni

      Por 10k a mais vale a pena o Equinox.

    • Bom, se procura um carro com potência acima dos 200 cv e tração 4 x 4, o Equinox é a melhor pedida, mesmo custando um pouco mais de 10 mil acima do 3008. Se o (bom) desempenho do 3008 THP já lhe é suficiente e a não tem necessidade de um 4 x 4, o 3008 é uma boa pedida.
      A tempo, não acredito em um desempenho astronomicamente melhor do Equinox em relação ao 3008. A tração 4 x 4 vai dar uma “capada” nos cavalos do bicho. Os 100 kg a mais do Chevrolet também vão tender a acirrar a disputa. O grande diferencial com certeza será o ótimo torque do 2.0 do Equinox. Somando tudo, por certo que alguma vantagem em termos de arrancada e retomada o GM deve oferecer.
      Em termos de visual, achei o PSA bem mais harmonioso em suas linhas que o GM. Mas, isso vai do gosto de cada um.

      • Felippe2010

        Se eu fosse comprar um Crossover hoje, eu ia fácil de Pug 3008. na faixa de preços ele não tem concorrentes

        • Gilberto Silva

          Uma pena ter capado alguns itens de auxílio à condução que na versão europeia tem.

      • João Cagnoni

        100 cavalos são muita coisa, a mesma diferença que existe do Kwid para o 3008 THP existe do 3008 para o Equinox 2.0T. Se colocar 100 cavalos a mais no Equinox ele andaria mais que um Impreza WRX STI. É claro que tem a questão do peso, porém a potência nestes casos fazem a diferença.

        • Pois é, mas pela tração 4 x 4 e pela diferença de peso, não consigo enxergar uma Equinox fazendo de 0-100 muito abaixo dos entre 8 e 9 segundos do 3008. Vamos ver os números dos testes das revistas especializadas. Fuçando um pouco no google encontramos coisa de 7,6 segundos para o GM. Convenhamos, no uso do dia a dia, você arrancar de 0-100 em 1 segundo a mais ou a menos nesse nível de performance (abaixo dos 10 segundos) vale muito pouca coisa. Possivelmente só servirá para você vencer uma arrancada em um semáforo num embate entre os dois modelos.
          Aí vai do uso que se pretende do carro. para trafegar com segurança e com bom desempenho, a diferença é insignificante. Convenhamos, o perfil de consumidores de SUV’s desse porte não combina com uma condução de competição.

          • GTIke (GTIke)

            Nem fala. O Equinox vai andar MUITO a mais que o 3008. 100cv é muita coisa. E desempenho não é só 0-100km/h. Vai ver a retomada do Equinox, bem provável que seja muito superior a do 3008, ainda mais com um câmbio de 9 marchas.
            Olha o exemplo: Civic Touring acelera nos 7,5s. Golf GTI acelera nos 6,5. É “só 1 segundo” de diferença entre os dois? Não, anda num GTI que tu vai ver o absurdo de força a mais que ele tem. Nem se compara.

            • Amigo, você está corretíssimo. Mas eu fui muito claro em dizer que é tudo questão do uso que se faz do carro. Para o perfil médio de consumidores de SUV’s do porte de Equinox e 3008, pouca diferença fará no uso diário normal conduzindo uma família no carro.
              Agora, se for pra ver qual faz a volta mais rápida no youtube do Rubens Barrichello, a diferença vai ser enorme, mesmo. Acho que fui bem claro no meu texto neste sentido.

      • Gilberto Silva

        Concordo contigo. Por esse motivo fiquei com o 3008, EU achei o design desse Equinox bem estranho.

        • Eu também. Mas, como dizia um grande amigo meu, “gosto não se discute, se lamenta”… kkkk

      • Daniel

        100Kg a mais não é nada para os qse 100cv e 13Kgfm a mais que o Equinox tem.
        pelas fichas tecnicas, o 3008 faz o 0-100 em 8,9segundos (numero respeitavel)
        O Equinox 2.0T faz os 0-100 em 7,6s!!! É MUUUUITO respeitável. Tem muito “esportivo” por ai que não chega perto!

        • Bom, acho que fui bem claro no sentido que quis dar ao meu texto, mas vamos lá. O 3008 tem realmente números muito expressivos de desempenho. O Equinox tem números fantásticos de potência e torque. Mas no perfil médio de utilização desses carros, pouquíssima diferença se sentirá no uso diário conduzindo uma família. Ambos serão carros com vitalidade nas arrancadas, mas que dificilmente serão exigidos com “pé no fundo”.
          Agora, se for em um quilômetro de arrancada, aí sim, a diferença será significativa em favor do GM. Em um circuito inteiro, o acerto de suspensão, o comportamento dinâmico e questão do 4 x 4 poderão complicar a vida do Equinox, difícil cravar, depende muito do perfil da pista.

          • Daniel

            Bom, vc disse que não acredita num desempenho astronomicamente maior da Equinox. Dai eu mostrei os numeros. 1,3s de diferença no 0-100 é sim consideravel, e isso deve refletir tambem em retomadas e demais “solicitações” do pé direito.
            Sobre o 4×4, acredito que ele até ajuda na estabilidade. Pelo que vi do divulgado até agora dos 2 carros, o Equinox vai sobrar (a versão 1.5T dele é que é equivalente ao 1.6THP!).
            Claro, na hora de comprar entram diversos outros fatores, muitos deles, pessoais.

            Minha resposta foi em relação ao desempenho somente, vc questionou o 4×4 e os 100kg a mais, mostrei que os numeros comprovam que a maior potencia e torque já colocou isso no bolso. Claro que ninguém compra esses carros para trackday, mas, a diferença de desempenho pode ser a diferença na balança!

            Vc tem todo direito a preferir o 3008, aqui só estou tratando dos numeros frios.

            No meu caso, mesmo gostando do 3008, e mesmo que ele andasse mais rapido, eu iria de Equinox. Já me decepcionei o suficiente por uma vida com a PSA. E até agora (e já por muitos anos) tenho tido boas experiencias com a GM (e espero que continue tudo certo!)

            • Rapaz, eu entrar nessa modinha de SUV é ruim, hein… rs. Não me afeiçoo a esses “hatches parrudoos”, não. Minha onda é outra. Dei opinião bem isenta, pois pagar cerca de 140 mil reais em um dos dois, prefiro andar a pé… kkkk.
              Eu já tive uma temporada com carros da GM (dois Vectras (G1 e G2) meus e um Kadett e dois Corsas (G1 e G2) da patroa). Tirando o Kadett (esse foi só dor de cabeça), os outros até que foram bons companheiros em termos de confiabilidade. Os preços de revisões nas concessionárias da GM é que eram surreais. Cheguei a pagar 1300 reais (!) em revisão de de 40.000 km de Corsa Maxx 1.0 em 2008. Até hoje não consegui igualar um preço desse para revisão, mesmo tendo andado de Jetta, Lounge, Polo…
              Quanto a PSA, atualmente (depois de muita resistência, confesso), ando com um C4 Louge Exclusive THP e um 208 Griffe em casa (ambos na casa dos 50 mil km rodados). O C4, em termos de confiabilidade, não me chamou a atenção nem positivamente, nem negativamente: teve pequenos problemas (nenhum grave que resultasse em imobilização do veículo) resolvidos em garantia de forma bem apropriada, mais ou menos nas mesmas quantidades que tive com outras marcas. Já o 208, esse sim, com 50 mil km rodados, absolutamente zero de ocorrências. Jamais tive um carro em casa com essa marca. E o atendimento na concessionária Saint Martin de Goiânia tem sido exemplar, a despeito de as revisões não serem propriamente em conta (coisa entre 500 e 800 reais, mas nunca chegando perto dos até 1300 que atingi com o Corsa).
              Atualmente olho com carinho para o Cruze como preferência no caso de eu trocar o C4 Lounge para ficar na mesma categoria, mas ainda tenho forte na memória os valores que desembolsava na época dos Vectras e Corsas para revisões. De qualquer forma, ando querendo ir para um ” Hot Pocket”, deixando o título de carro número 1 da casa para o da patroa. Vejamos quando for realmente trocar os carros.
              Na questão do comparativo entre Equinox e 3008, não me entenda mal: a diferença de desempenho entre os dois não considero astronômica para o uso de carros desse tipo. Não dá pra se ressentir no dia-a-dia do desempenho a menor do 3008, e eu, pensando no uso que faria de um SUV, não teria como preponderante diferenças de desempenho em um nível tão elevado de performance quanto o visto nos dois modelos, foi isso que quis dizer. Mas em momento nenhum estou te dizendo que você está errado em afirmar que o desempenho do Equinox está em outro patamar em relação ao 3008. Só não é relevante caso a hipotética escolha fosse minha. É uma opinião pessoal que não deve ter relevância no campo dos fatos.

              • Daniel

                Olha, nunca tive revisão cara na GM, as vezes que passou de 1mil foi com trocas de outras peças junto da revisão (teve uma que foi com troca de amortecedores, discos e pastilhas…) No geral mesmo, de revisão basica sempre achei os preços razoaveis. Os carros tbm nunca deram problema. Exceto pela vez que, numa revisão, colocaram a vela errada e ela detonou o motor (cabeçote, pistão, bloco, etc – um belo estrago). Pra ter uma ideia, o motor teve que ser trocado.
                Sobre o atendimento, só dá pra elogiar o Road Service. Mandaram o guincho, como não dava pra arrumar o carro na hora, levou para a concessionaria, como não dava pra arrumar no dia me pagaram um taxi (de São José dos Campos – SP até Curitiba – PR, com uma passagem em Guarulhos para encontrar com minha irmã!). Então avisaram que não era problema de fabrica, mas que a concessionaria teria que resolver tudo e a GM ia acompanhar (e acompanhou). Me forneceram um carro reserva de categoria superior e em 10 dias eu estava com meu Corsa com um motor novo (ainda fizeram cristalização da pintura e higienização do interior). O carro voltou como 0km!
                Fizeram besteira? Sim.
                Causou transtorno? Sim.
                Dá pra reclamar? Não! Ficou evidente o “arrependimento genuino” e o esforço em compensar.

                Já com a Citroen. Tive um C4 1.6 que foi só alegria até os 58mil. Então troquei por um 2.0 Automatico, que foi só alegria até os 36mil km… então, deu pau na caixa AT8… 28 dias a pé, sem nem um fusca de carro reserva! Peguei o carro e voltou pior…. muito pior!… Mais 30 dias a pé, me estressando consegui a troca do cambio! 16mil km depois, voltaram os trancos… tive que entrar na justiça (que é ridicula nesse país) e a coisa só enrolando. Resolvi que, comprei outro carro e larguei o C4 pra arrumar em outra concessionaria antes de acabar a garantia (pq se depender da nossa justiça, vamos estar de carro voador e nada!)… 16dias com o carro lá para resolverem (isso depois de 3 meses esperando uma peça!). No primeiro e segundo mes sem o carro, tive um gasto de mais de 9mil com aluguel de carro, não repassam informações, MENTEM frequentemente para o cliente.
                Ou seja, não dá pra confiar. Os carros são excelentes, uma delicia de dirigir, mas, na hora que precisar de assistencia… tá lascado!
                Ah, e a revisão dos 70mil saiu pela bagatela de 2500 reais (Só a revisão com os itens do manual!!!! isso fora os pneus que foram mais 1600 reais).

                • Melhor desse site é essa troca de experiências. Quem sabe eu volte à GM qualquer hora. Desde 2009 que não tenho convivência com a marca. Deve ter mudado muita coisa de lá pra cá. Na época nem preços de tabela para revisão a gente tinha…
                  Quanto à sua experiência com a PSA, sem dúvida que os problemas de AT8 foram recorrentes ao longo da década de 2000 a 2010. Por isso mesmo eu citei a minha “resistência” em comprar carros do grupo. Só o fiz porque nas duas oportunidades em que fui adquirir um veículo, eles eram disparados a melhor compra em termos de custo benefício com relação ao que eu procurava. Em 2014 queria um sedã médio para substituir um Jetta (bom carro com desempenho quase medíocre – 2.0 aspirado). Não havia nada no mercado que se aproximasse minimamente do C4 Louge Exclusive com motor THP. O preço matador (paguei 80 mil na época, 5 mil a menos do que pagaria em um Jetta aspirado completo, bem menos equipado que o Citroen, por exemplo) e o pacote imbatível de equipamentos me fez “arriscar”. Bem, tive uma intervenção em garantia em cada revisão: aos 10 mil os retrovisores externos estendiam o ruído elétrico de rebatimento por alguns segundos a mais depois de fechados; aos 20 mil substituíram os amortecedores dianteiros e seu sistema de fixação devido a ruídos (batida seca) na coluna direita; aos 30 mil fizeram uma intervenção no sistema de direção devido a um rangido baixinho que eu notava quando esterçava o veículo em manobras; aos 40 mil substituíram o conjunto da correia do motor porque relatei um barulho que o carro fazia desde novo logo após a partida por uns 10 a 20 segundos, e como a garantia estava no fim, resolvi relatar o caso para resolução. Tudo foi feito com o mínimo de chateação e sem reincidências. Tive até alguns mimos diferenciados no pós-venda, como uma vez em que uma Montana se chocou na traseira do carro em uma faixa de pedestre, causando a ruptura do cachimbo de um dos sensores de estacionamento. Levei na concessionária, narrei o caso e eles trataram o problema em garantia (!), sem necessidade de que eu desembolsasse qualquer quantia. Também substituíram a bateria do carro após dois anos de uso, quando detectei que a mesma estava começando a dar sinais de fim de vida, sem custo. A bateria na concessionária custava o dobro do valor de outras lojas, então comprei fora e eles substituíram sem me cobrar nada. Portanto, tudo ok.
                  O carro agora passou do período de garantia, a revisão dos 50 mil km está agendada para a semana que vem, mas não há nenhuma observação a ser feita, o modelo está em grande forma e sem nenhum ruído interno. Na parte elétrica, nenhuma lâmpada queimada sequer até hoje.
                  Já na compra do 208, minha esposa teve dois Polos i-motion em sequência, e com o fim da produção do modelo VW, ficamos meio “órfãos” de produtos na categoria “hatch Premium” com padrão construtivo superior, o que acabou me levando ao Peugeot 208, após dar uma olhada no 2008 (não justificava pagar 14 mil reais a mais em um carro que nada mais é que o 208 um pouco elevado e com uma lasquinha de porta-malas a mais). O carro é muito bem equipado e com acabamento diferenciado na categoria, e mais uma vez o preço cobrado diferencia o produto no mercado. Esse também está nos 50 mil km, e para não dizer que teve zero absoluto de ocorrências, na revisão dos 30 mil km eu notei um “grilinho” vindo do banco do passageiro a caminho da concessionária (ando pouco no carro, mas sou sempre eu que o levo para as revisões), o que relatei ao consultor. Um aperto em um dos parafusos do trilho do banco resolveu o problema. Para a revisão dos 50 mil km, vou relatar um problema no esguicho do vidro traseiro, que deve estar entupido. E é só. O câmbio AT8, depois que meteram as válvulas que parecem “caixinha de abelha” (ruído bastante perceptível para quem está ao lado de fora do carro, mas não de dentro) quando o carro está engatado, parece que ficaram muito bons em termos de confiabilidade. O seu funcionamento é suave até demais, mas o número limitado de marchas cobra seu preço na bomba de gasolina e no desempenho, não há milagre.
                  Bem, é isso amigo. Valeu a prosa. Grande abraço.

            • A tempo: a tração 4 x 4 costuma “roubar” um pouquinho do desempenho por conta das partes mecânicas envolvidas, como diferencial traseiro, cardã, sistemas intermediários. A perda de alguns cavalos por conta do aparato é muito normal, a despeito de poder sim haver ganho (dependendo de outras variáveis) em termos de estabilidade em situações específicas.

              • Anderson Lemos

                Na verdade os “traçados” de hoje puxam melhor do que os 4×2 uma vez que há distribuição de força e menor destracionamento na arrancada. Dá um passeio num Audi quattro e depois me conta!

                • Os mecanismos mecânicos para distribuição da tração na 4 rodas implicam em perda de uma parcela da potência para movê-los, isso é físico, não há como discutir.
                  No caso do Audi Quattro, a quantidade de potência disponível acaba por suplantar a perda, mas não significa de forma alguma que ela não exista. Ainda não inventaram sistema de diferencial em cardã capaz de eliminar o gasto de potência com sua inércia e seus atritos internos.
                  Por regra, se você tiver dois carros idênticos, com mesmo conjunto mecânico e diferenciados apenas pela tração 4 x 4, é normal e esperado que o 4 x 2 apresente números de desempenho superiores, a despeito de que em um circuito mais “travado”, possa ser possível obter uma volta mais rápida do tracionado.

                  • Anderson Lemos

                    Roubar potência do motor todos os mecanismos de um veículo rouba, do ar condicionado ao farol Você esta se esquecendo da distribuição de potência, que no sistema integral ocorre de forma mais harmônica do que no sistema simples, dificultando o destracionamento, principalmente em arrancadas, se essa distribuição não fosse vantajosa o suficiente pode ter certeza de que não seria adotada . A grande prova disso são os Audi x BMW, integral x traseira; Os Audi quando comparados em categorias equivalentes andam igual ou superior gastando menos ou a mesma coisa ( maior prova de eficiência do sistema integral é impossível). E nem vou entrar no mérito da segurança…

                    • Como eu disse, comparando carros distintos há vários fatores que contribuem para um maior ou menor desempenho. Se comparar carros com mesmo trem de força, com os mesmos equipamento com diferença só no sistema de tração, números de desempenho (aceleração, retomada, máxima) favoráveis ao 4 x 2. O cardã e o diferencial traseiro cobram seu preço. São dispositivos móveis que demandam potência para movimentação. Mas, em determinadas condições, o 4 x 4 pode sim ser mais rápido em um trecho que o 4 x 2. Tudo depende muito do trajeto, tipo de solo, aderência do piso, etc.

        • João Martini

          Tem um Firefly 1.3 a mais kkk

  • André A

    Ótimo custo-benefício, aparentemente. Mas o meu medo é grande, porque o brasileiro é péssimo motorista, além de ser, em geral, extremamente mal educado no trânsito. E as coisas pioram exponencialmente quando a pessoa dirige um carro enorme como esse: se sente o Deus das Galáxias, estaciona pegando duas vagas, joga o carro pra cima na cidade etc. Agora que todo mundo tem SUV sem ter noção de tamanho do próprio veículo nem em um Smart, a coisa tá realmente complicada.

    • Gran RS 78

      “Um carro enorme como esse”, ele é praticamente do mesmo tamanho do novo Tucson.

      • É, esses SUV’s não são carros tão grandes assim.

        • Gran RS 78

          Exatamente, eles são altos e largos por isso que dá a falsa impressão de serem enormes. Muitos sedans médios são mais compridos que suvs/crossover médios.

          • André

            Largura e altura também compõem o tamanho, aliás nas vagas de supermercado, shopping etc…, o que mais atrapalha é a largura e não o comprimento.

          • Um Equinox tem exatamente 3 centímetros a mais que o meu C4 Lounge. Por aí dá para se ter uma noção exata do quanto a aparência desses modelos enganam em termos do seu tamanho real. O 3008 mede 2 cm a mais que o Equinox.

            • João Holmes

              O novo 3008 tem 4,48m e o Equinox 4,65m. Então, tem 17 cm a mais que o 3008.

              • Verdade, me confundi com a medida do entre-eixos de 2,67 e acabei me enganando, achando que o comprimento seria 4,67. Mas o ponto da questão está no fato de que um Equinox é praticamente do tamanho de um C4 Lounge, corroborando com o fato de que esses SUV’s não saõ carros imensos, como se imagina. São normalmente compatíveis com as dimensões de sedãs médios.

            • afonso200

              sabia que uma kombi tem o mesmo tamanho do fusca, podendo varias 2cm pra mais ou pra menos no comprimento

              • Fusca tem balanços dianteiro e traseiro enormes, e a despeito de ser um carro muito pequeno por dentro, é grande por fora.

          • radiobrasil

            Que diga o Fusion que a patroa reclama aqui que é muito comprido pras vagas pra “compactos” da minha cidade,… quase 5m! E por isso ela quer voltar aos Suvs… êta droga kkk

    • afonso200

      kkkk, nao viu nada, tem um vizinho aqui no condominio que tem uma GM Suburbam 2016/17 V8 6.2L ….importou independente,,,,, giganteeeeeeeeeeeeeeeee

  • Matthew

    Vamos fazer um bolão pra vê quando será o primeiro aumento e qual será o valor no final do ano. Valendo!

    • Hendel Marques

      Cade Fanjos? Ele vai apostar 200K em menos de 1 ano!

      • Fanjos

        Eu queria 200k AGORA!
        Já estou preparando o textão para a GM porque fui oprimido e mimimimimimimi…aguardem

      • Elizangela Oliveira

        Chuto uns 10k logo de cara!

    • anonbr666

      1º de Jan de 2018 já vai estar em 169.900. Vou printar aqui e lembrar de voltar nessa noticia em 3 meses e meio hehe.

  • Dia

    Realmente é um diferencial no segmento. O alerta de esquecimento de pessoas no banco traseiro, é um diferencial em termos de segurança , está de parabéns a Chevrolet. Por isso é líder de vendas no Brasil.

    • NaoFaloComBandeirantes

      Não mesmo! A GM não é lider por se preocupar com segurança.
      A GM é líder porque brasileiro está agando e andando para segurança e compra o Zeronix feliz feliz!

    • carroair30

      Fico imaginando o tipo de piada que os portugueses fazem de nos Brasileiros.

      • No_Name

        Os portugueses também não estão tão lá evoluídos que nós… Os carros que mais vendem são franceses kkk. Se bem que os Renault e Peugeot de lá são mil vezes melhor que os que temos por aqui.

        • João Cagnoni

          E os Peugeot que temos aqui são bem melhores que os japoneses daqui mesmo.

        • Duh

          Carros franceses são excelentes, 208 é um espetáculo.

          • Anderson Lemos

            Você esqueceu de colocar #sqn no final.

        • Marcelo Amorim

          Nao se esqueça que aqui não temos Renault de fato,sao Dacia com o símbolo Renault.

          • No_Name

            Por isso mesmo que os deles são muito melhores.

    • Linkera

      Faltou o “[Mode Ironic On]”

    • ViniciusVS

      Alerta de esquecimento de pessoas no banco traseiro…

      Olha onde o mundo chegou kkkkkkkkkkkk

  • REDDINGTON

    Com o preço dos carros que temos hoje estou surpreso. Imaginava que viria a partir de 160…Mas não veio. Veio em versão única e top. Parabéns GM

  • Fabio Marquez

    Com esse motor o desempenho desse carro deve assustar… A Captiva com o Aloytec ja andava absurdos.

  • V12 for life

    Apesar de a GM já ter anunciado esse preço antes, eu duvidava que realmente conseguiria, se torna uma ótima opção no segmento.

  • Pedro Henrique

    “alerta vibratório do banco do motorista”
    “alerta de esquecimento de pessoa no banco traseiro”
    esses dois é novidade, temos ai sensor em caso de alguém pegar fogo no banco de trásmuito bem vindo para as mulheres que levam o filho na escola nesse carrão, e o outro pra quando elas estiverem voltando da escola e relaxar, se é que entendem
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Filipe Augustus

      Esse alerta vibratório do banco, em caso de sonolência por exemplo, trocar de faixa sem dar seta ele entende como se o motorista tivesse dormido e vibra o banco, o C4 VTR já tinha isso!

      • Linkera

        Correndo o risco de falar uma besteira, acredito que apenas o C4 VTS tinha isso.
        Mas endossando o seu comentário, o C4 VTS, que é um carro de 2005, já tinha isso de fato, então não é algo novo.
        Os C4 VTR mais equipados vieram “apenas” com aquecimento nos bancos dianteiros como diferencial.
        Ass. Feliz proprietário de um C4 VTR 06/07 rsrs =)

        • Edson Fernandes

          Linkera,
          Tem como habilitar esse recurso. Ele só está desativado. Procure na internet que é facil de achar.

  • Kadu

    Até que enfim um carro caro que se enquadra na faixa não tão caro perto dos concorrentes!
    Mas vamos ver se mantém o preço até o lançamento ou mesmo uns 3 meses depois de lançado.

    • ObservadorCWB

      FAle baixo…a GM pode ouvir…kkkkkk

      • Jaspion

        eles já pensaram mto nisso, pode ter certeza.

      • Rafael Neves

        Fanjos já detectou seu comentário e já esta tomando as providências junto a GM rsrsrsrsrs

        • Fanjos

          Exatamente…estou de olho O_O

    • Jaspion

      carro bom pra Blindar…262 CV empurra bem.

      • Mas aí o teto solar atrapalha um pouco já que é panorâmico e vai acrescentar um basta peso no teto do SUV. Possível é, mas na prática é algo propenso e problemas, em especial em uma batida mais severa.

  • Gran RS 78

    Suv fantástico esse Equinox, e a GM acertou a mão em trazer a versão mais completa pelo mesmo preço de concorrentes com menos itens de série e de motorização inferior a ela.

  • Felippe2010

    Enquanto isso a Toyota vende o Rav4, com tração 4×2 e motor 2.0 por 160 mil apenas com o kit sobrevivencia, parabéns a Chevrolet, nessa faixa de preço é uma das melhores opções

    • dallebu

      Toyota Rav 4, um carro incomprável…

      • Felippe2010

        incomparavel mesmo, até o Uno é mais completo que a Rav4 kkk

        • dallebu

          E depois leva fama de que não quebra…claro, não tem o que quebrar, os carros são pelados.

    • No_Name

      Essas japas dispensam comentários…

    • Elizangela Oliveira

      Não elogie muito, já já chove aumento ou “prosperação”…

  • Ricardo

    SUV sem 4×4 não serve pra nada.

    • Paulo Lustosa

      Mas aí é tração integral on demand. SUV 4×4 com reduzida e real capacidade off road mesmo, a mais barata é a Trailblazer e a Pajero Dakar, o resto, incluindo o Renegade e Compass diesel, esqueça.

  • Douglas

    Donos de importados da Chevrolet sofrem.
    Já tive que esperar uns 3 meses por uma peça do Sonic, sem falar que são caríssimas.
    Um amortecedor dianteiro do Sonic custa 1.793,43 reais no concessionário(telefonei para saber).

    • Daniel Albuquerque

      Importados e concessionária são 2 coisas que não combinam em marca alguma, por menos de 700 você compra o kit dianteiro do Sonic original de uma loja virtual Chevrolet no mercado livre, com todas as garantias inclusive direito à arrependimento

    • Os amortecedores do Sonic são os mesmos do Onix, dá pra achar por preços BEM mais em conta. Por esse valor aí você consegue trocar os 4 amortecedores e ainda sobra um bocado de dinheiro.

  • Jeremias Flores

    achei o preço MUITO competitivo pelo que ela oferece.

  • Jefferson Ferreira

    A briga vai ser boa entre o 3008 e o equinox… muito conteúdo por um preço bem competitivo.

  • Alexandre Maciel

    Esse carro não ficará nesse preço por 2 meses. Podem anotar.

    Sem contar que, não duvido, a GMB pode simplesmente fazer o que fez com o Sonic caso não consiga vender o que pretende.

    • Elizangela Oliveira

      Aposto 30 dias para a 1ª “prosperação” nos preços…

  • NaoFaloComBandeirantes

    É um motorzão. 262cv.
    Esse mesmo motor no Cruze faria um esportivo bem legal.
    Mas em tempos de mercado fraco, não há mais espaço para versões assim.

    • Daniel

      Se o Cruze 1.4T já anda bem… imagine com 13Kgfm e 109 pangarés a mais?
      Ficaria um esportivo bacana, que espancaria o Golf GTi, não acham?

  • oloko

    Imagina o agio que as css vão cobrar? E esse preço ai com esse motor e equipamentos não dura 1 mes, lá por novembro já estará em 160 mil, e tendo em vista que é o mesmo preço de uma RAV4, ainda valerá a pena haha

  • Leonardo azevedo

    A Equinox ira matar a Trailblazer logo, apesar da trailblazer ser teoricamente maior e mais robusta

  • Fedido

    Belo e moral

  • João Cagnoni

    Será que o NA pode confirmar a informação sobre o preço? De acordo com outros sites, a versão de 150k corresponde ao 1.5T 4×2 e não ao 2.0T 4×4.

    • João Cagnoni

      Sei lá, agora eu confundi tudo… Nos EUA a versão Premier 2.0T custa 35 mil dólares, é muito caro, fazendo a mesma conversão seria como se o Camaro custasse 115 mil reais por aqui (lá custa 27 mil dólares).

      • João Holmes

        Errado, essa versão custa 38 mil dólares lá, a versão 4×2 é que custa 35 mil.

    • O valor foi apresentado em um slide de 3 metros de altura no evento do lançamento, vimos com nossos próprios olhos.

      • João Cagnoni

        O preço é inacreditável dada a realidade do nosso mercado. Acho que vocês já podem parar de noticiar os outros SUVs e falar só do Equinox… rsrsrs… É disparado o melhor custo X benefício. Espero que não aumentem os preços amanhã.

        • Elizangela Oliveira

          Amanhã não, mas um mês depois do lançamento é “inevitável”. De 5 a 10k.

      • REDDINGTON

        kkkkkkkk

    • ALEMAO RS

      Trabalho em uma multinacional que vende Produtos as Concessionárias e meu contato em uma Concessionária GM me confirmou : EQUINOX 2.0 L TURBO PREMIER Cor Vermelho Glory ( a cor que não vai cobrar a mais) por R$ 149.900,00 e as cores intermediárias que são o Branco Summit e o Preto Global R$ 150.900,00 e as cores mais caras que são o Prata e o Cinza Grafite R$ 151.600,00.

  • Fernando

    boa pedida

  • Igor Pricandi

    Quase todas as matérias são sobre lançamentos carros novos e os comentários em sua maioria fala de preços absurdos e que não comprariam de jeito nenhum, etc, etc. Que quem compra é otário, e daí para mais.
    Por isso eu pergunto: O que vocês vem fazer aqui? Acho que seria o caso de lançar um site de carros usados, assim todos estariam satisfeitos. Lembrando sempre que o otário que compra o novo é quem paga a depreciação de quem compra o usado. Sem esse otário não haveriam carros usados.

    • Supernescau

      E no fim, cada um faz o que quiser com o seu próprio dinheiro, inclusive comprar um carro zero km.

  • Gente isso ae é o otimismo das marcas com o fim do IPI majorado, a GM sabe que em 2018 com o fim do Inovar Auto o mercado vai ser invadido por Suvs de todos os lugares, de varias marcas, e ja esta preparando terreno com o Equinox a um preço convidativo. Bela tacada!

  • Fabio Alm

    Eu estava duvidando que viria por esse preço competitivo, esse carro está vendendo mto nos usa, aumentou 85% as vendas comparado com o ano passado.

  • Iran Borges

    Não entendi o porquê de todo mundo estar gostando do preço…

    • dallebu

      Qual outro SUV médio com motor 2.0 Turbo de 260CV, tração 4×4, porta-malas enorme, bem acabado, completaço, você compra com 150.000 R$?

      • Iran Borges

        Entendi, vc diz que o preço é bom por comparação com outros que estão no mercado. Eu acho corajoso o cara que paga 150 mil num carro chevrolet que não seja o camaro. Na minha cabeça isso é etiqueta de carro premium. Mas Vc tem razão… perto dos concorrentes parece ser o menos desonesto pelo que oferece.

  • Rbs

    Gostei da criança!

  • klaus

    vou correndo reservar o meu antes que o preço prospere

  • Haggard

    A GM poderia ser mais esperta e colocar o carro por volta de uns R$ 130,000… iria desbancar a concorrência e seria um valor muito bem pago.

    • Fanjos

      Não

  • ALVIN_1982

    Realmente a GM me ajudou a decidir… Vou de 3008.

  • Erasmo Artur

    Sinceramente achei que viesse mais cara. O conjunto é muito atraente diante do preço. Não é um carro apaixonante, como o 3008, mas é de fato a melhor opção para quem quer investir uns 150 temers num SUV.
    Desbancou o 3008, de fato, como melhor C&B da categoria.

    Por fim, tenho certeza que tem dedo do 3008 na definição desse preço, não fosse o francês a GM posicionaria esse carro próximo a versão topo de linha do compass (R$ 182 mil). E na ocasião do lançamento do 3008 por aqui haviam meia dúzia de haters bostejando pela boca criticando pq é francês e bla bla bla…. oras, qualquer produto de qualidade posicionado com preços agressivos faz muito bem ao mercado! Uma semana depois da vinda do 3008 a jeep aumenta os equipamentos do compass e a hyundai reduz os preços do tucson, agora a gm coloca um bom preço na equinox. Todos ganham.

    • Edson Fernandes

      Não acredito nisso. Ela sabe que há produtos nessa faixa de preço diesel e que isso pode definir uma compra. E não pode canibalizar mais a Trailblazer.

    • REDDINGTON

      Erasmo vou confessar que achei que vc estava louco…olhei há uns 2 meses no site o Compass com TODOS os opcionais saia por 177 e alguma coisa, olhei AGORA CUSTA 182.530…Cara esse Equinox tá de “graça” viu…

  • Luis Burro

    Credo,uns 130 mil no máximo tava bom!O Compass começa em um pouco mais de 100 mil.

    • REDDINGTON

      o Compass COMPLETO custa 182.530…

      • Luis Burro

        É,mas tem mais versões além de status q o Chevy nem sonha.

        • REDDINGTON

          Status??? Sério??? Tá Serto…

          • Guilhe

            Kkkkkkkkkkkk, né….

    • Paulo Lustosa

      Compass de 101 mil é 2.0 aspirado flex de 160 cv. Essa criança aí tem 102 cv a mais, tração awd e câmbio AT9 e equipamentos dignos de Compass Trailhawk com tamanho de Cherokee e preço condizente até, fora que o Compass Trailhawk, que é o mais próximo dele em equipamentos, custa 182 mil

      • Luis Burro

        Mas o Jeep tbm tá muito viajão, porém o status é maior q no Chevrolet.
        Mas pra qm se contenta com o básico,o Compass tem mais alternativas pagando menos.

  • Edu

    Carrão de responsa.

  • Milton Quadros

    O carro é perfeito nas especificações e até no preço. O único problema até agora são os “picuinheiros” reclamando. :-)

    • Kadu

      Um dia quero chegar nesse nível, ver um carro de 150k e achar perfeito.
      Até lá, fé em Deus vou ter uma casa de uns 5 milhões, ai vou achar tudo perfeito!

  • João Holmes

    Que Deus me perdoe o que vou dizer, mas esse carro está muito muito barato. Essa mesma versão custa nos EUA 38 mil dólares, o que daria 120.000 reais. Ou seja, o custo Brasil seria de apenas 30.000 reais. Em condições normais de preço, esse carro deveria ser vendido aqui por 240.000 reais, considerando que aqui os carros custam o dobro do que custa nos EUA.

    • Joao Victor Reis

      Ninguém sabe de fato quanto custa sem lucro um carro desse, nem por quanto ele entra na importação oficial pela gm. Pode ter certeza que ainda assim estão lucrando muito bem

  • João Holmes

    Quem comprou o 3008 já deve estar sentindo um gosto amargo na boca. Eu recomendo FORTEMENTE a quem puder esperar que só deixe para comprar carro no ano que vem. Com o fim do InovarAuto, o mercado vai ser inundado de novo com importados. Isso vai pressionar os preços para baixo, além de ter mais opções no mercado. Isso que vimos com o 3008 e o Equinox é apenas o começo.

    • Jurandir Filho

      Questão de gosto, se eu não fosse pobre iria de 3008, design e interior dá de 1000 a zero, o GM ganha em desempenho, claro, e equipamentos, mas o 3008 não faz feio em nenhum desses itens e com o troco (10mil) pago seguro, ipva, etc..

  • Interessante. Mas 700 por mês estão sendo muito, muito, muito otimistas.

  • Alvarenga

    Belo veiculo, mas esta muito caro e não funciona como um verdadeiro fora de estrada, é mais um 4wd nutella !

  • afonso200

    sistema premium de som Bose isoo é interessante

  • afonso200

    dou 60 dias e eles vao aumentar 2mil, mais 30 dias e mais mil de aumento

  • Freaky Boss

    Gostei.
    Melhor opção nessa faixa aí de 120 a 160 mil.
    Melhor custo benefício.
    O carro está muito bem equipado.

  • Paulino Lino

    Não, muito obrigado!! Ainda fico com a Kia Sportage

  • radiobrasil

    Acostumado com os mimos de um Fusion… dona GM poderia embarcar mais aribags né? Só 6 num carro desse?

  • Eric Palamar Blaca

    E eu achando que o 3008 estava ótimo de preço pelo conjunto como um todo… aí vem esse equinox por 10mil a mais e com 100cv a mais!! eita. Espero que não subam os preços ao se tocarem da possibilidade de vender mais que as 700unidades! ”Otimo” preço…

  • Leonardo Lima

    Carro bem equipado, mas senti falta do utilíssimo controle de cruzeiro adaptativo. Se já tem os sensores de frenagem ativa, de estacionamento automático, pq não configurar um ACC?

  • Um carro desses, sem ser diesel, é um grave pecado. No preço que está a gasolina, quem tem mais de 100 mil reais e puder, tem que botar a grana em carro diesel, sem dúvida.

  • Speed Racer

    Merecia versões mais simples e ACC na versão top.

  • Alexandre TRE

    150K vou de diesel

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend