*Featured Chevrolet SUVs Test Drive

Chevrolet Equinox 2020: Impressões ao dirigir

Chevrolet Equinox 2020: Impressões ao dirigir

O Chevrolet Equinox 2020 reformula sua proposta para o mercado brasileiro com aumento da oferta de versões e um motor novo, que promete 8,3% mais economia que o motor 2.0 Turbo, de acordo com a General Motors.


Custando a partir de R$ 129.990, o SUV importado do México traz um propulsor novo, que tem quatro cilindros, turbocompressor e injeção direta de combustível, entregando 172 cavalos e 27,8 kgfm.

Com transmissão automática de seis marchas, o Chevrolet Equinox 2020 nas versões LT, Midnight (R$ 131.990) e Premier (R$ 154.990) traz ainda a opção de tração nas quatro rodas nesta última.

Chevrolet Equinox 2020: Impressões ao dirigir

Livre da influência de cotas do irmão Tracker – ainda mexicano – o Chevrolet Equinox 2020 quer ser mais eficiente e ainda ter um bom desempenho com motorização menor.

Contudo, para quem busca performance, a versão Premier pode ser adquirida com o já conhecido 2.0 Turbo de 262 cavalos e 37,0 kgfm (R$ 162.990), mas com câmbio de nove marchas e igualmente com tração AWD.

Das novidades da Chevrolet Equinox 2020, sem dúvida, a versão Midnight é a que chama atenção por seu visual e melhor conteúdo, tendo o mesmo conjunto mecânico da versão LT, que não inclui a tração nas quatro rodas.

Chevrolet Equinox 2020: Impressões ao dirigir

Rodrigo Fioco, diretor de Marketing de Produto da GM América do Sul, diz: “O Equinox 2.0 Turbo é o líder de vendas em sua faixa de potência. O modelo 1.5 Turbo estreia com o mesmo nível de conteúdo e marca o ingresso do SUV da Chevrolet na porção mais procurada pelo consumidor”.

Com 4,652 m de comprimento, 1,843 m de largura, 1,697 m de altura e 2,725 m de entre eixos, o Chevrolet Equinox 2020 tem espaço para cinco pessoas e mais 468 litros de bagagem, que podem ser ampliados para 1.627 litros.

Conteúdo das versões

Chevrolet Equinox 2020: Impressões ao dirigir

O Chevrolet Equinox 2020 já vem bem completo de série, tendo assim os seguintes itens abaixo, de acordo com a versão:

Equinox LT 1.5 Turbo AT6 – R$ 129.990 – Ar condicionado dual zone, direção elétrica, vidros e travas elétricos, retrovisores elétricos, banco do motorista com ajuste elétrico, alerta de esquecimento no banco traseiro, faróis de xênon com luzes diurnas em LED, lanternas em LED, rodas de liga leve aro 18 polegadas e chave presencial.

Além disso, a versão LT inclui ainda multimídia MyLink com Android Auto, Car Play e OnStar, bancos em couro, seis airbags, sensor crepuscular, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, entre outros.

Equinox Midnight 1.5 Turbo AT6 – R$ 131.990 – Itens acima, mais rodas de liga leve aro 19 polegadas escurecidas, detalhes externos em cor preta, logotipia em tom escuro e faróis de neblina com máscara negra.

Equinox Premier 1.5 Turbo AT6 AWD – R$ 154.990 – Itens da LT, mais rodas de liga leve aro 19 polegadas diamantadas, faróis full LED adaptativos, teto solar panorâmico, tração AWD, sistema de som premium Bose, banco do motorista com memória, carregamento indutivo de smartphone e abertura/fechamento elétrico da tampa do bagageiro.

Nessa versão topo de linha, inclui-se um pacote de segurança com alerta de colisão com frenagem automática, detecção de pedestres com frenagem autônoma, alerta de manutenção de faixa, alerta de tráfego cruzado, alerta de ponto cego com sensor de aproximação e sistema de estacionamento automático.

Equinox Premier 2.0 Turbo AT9 AWD – R$ 162.990 – Itens acima, mais duas saídas de escape cromadas, Start&Stop, grade ativa no radiador e sistema de redução de ruído interno.

Impressões gerais

Chevrolet Equinox 2020: Impressões ao dirigir

O Chevrolet Equinox 2020 mantém seu visual que dá um bom status, sendo um SUV de formas bem tradicionais, mas que aposta em detalhes para deixa-lo mais premium, especialmente nos cromados.

As novas versões com motor 1.5 apresentam um aspecto atraente para sua proposta, tendo bom conteúdo de série, amplo espaço e porta-malas generoso.

A versão Premier tem um visual mais luxuoso e menos ousado, chamando atenção pelas belas rodas aro 19 polegadas e pela cor branca nessa configuração, que casa bem com o conjunto.

Chevrolet Equinox 2020: Impressões ao dirigir

Não tem escape duplo cromado como na versão 2.0 Turbo, mas diante do que oferecer, esse item é o de menos. Os faróis full LED não possuem lentes complexas para diferenciar a Premier.

A grade cromada também realça a missão dessa versão topo de linha, que em seu interior apresenta um aspecto bom, sendo bem completa. O teto solar panorâmico dá ao ambiente um impressão bem melhor.

A multimídia MyLink com tela de 8 polegadas e os sistemas de Google e Apple devidamente instalados, assim como o OnStar. Câmera de ré é outro item presente, mas parece que faltou algo: 4G Wi-Fi.

Chevrolet Equinox 2020: Impressões ao dirigir

O Equinox 2020 não vem com internet a bordo, o que é uma pena, mas a GM prometeu que o sistema será implantado no produto mais adiante.

O volante de boa empunhadura não teve modificações, assim como a distância longitudinal da direção. Esta é ruim para quem é alto, já que sua profundidade é pequena.

Também não adianta esperar por um trocador de marchas manual fora do topo do pomo da alavanca de câmbio, sendo ergonomicamente ruim.

O espaço interno é muito bom, especialmente para quem vai atrás. Na Premier, a tampa do bagageiro é elétrica e ainda possui ajustes de altura para evitar danos.

Chevrolet Equinox 2020: Impressões ao dirigir

No compartimento de bagagens, além do bom espaço, há também um compartimento inferior com mais 79 litros. Carregamento de smartphone sem fio, bancos em couro, conectividade suficiente e ar condicionado dual zone, apliques cromados no interior, entre outros, ajudam a compor a Premier.

Agora, a que realmente chama a atenção é a Midnight, que tem visual quase todo preto, dando uma boa impressão de esportividade do produto, ainda mais que o Equinox vem com rodas aro 19 nessa opção.

A personalização exterior agrada, assim como o interior, sóbrio e com bancos em couro de costuras contrastantes. Teto e colunas escurecidos ajudam a reforçar o trabalho.

Impressões ao dirigir

Chevrolet Equinox 2020: Impressões ao dirigir

O Chevrolet Equinox 2020 com motor 1.5 Turbo tem algumas diferenças interessantes entre as versões LT e Midnight em comparação com a Premier. Além de visual e conteúdo, a performance é distinta.

No test drive promovido pela GM, dentro do Campo de Provas Cruz Alta, em Indaiatuba-SP, provamos inicialmente a versão Premier.

O propulsor Ecotec 1.5 Turbo de 172 cavalos e 27,8 kgfm se mostra muito bem disposto para mover o SUV grandalhão. De funcionamento suave, ele rapidamente sobe de giro e faz o Equinox arrancar com certo vigor.

Chevrolet Equinox 2020: Impressões ao dirigir

Subindo para a casa de 4.000 rpm, o Equinox responde bem nas saídas rápidas com o sistema AWD ativado, mas é fácil perceber o peso adicional do sistema de tração, cuja eficiência maior nota-se mais nas curvas.

Nesse caso, o Equinox Premier apresenta estabilidade muito boa, com controle de torque entre rodas e eixos de forma correta, evitando assim que o SUV escape demais e fique mais dentro nos contornos.

Para os mais diversos tipos de piso do CPCA, o Equinox Premier se comportou muito bem, tendo uma calibração de suspensão adequada, freios suficientes e direção bastante leve, que poderia ser um pouco mais firme.

Chevrolet Equinox 2020: Impressões ao dirigir

Desligando-se o AWD, o Equinox Premier 1.5 AT6 fica mais solto e ágil, mas nas curvas mais fechadas, existe ligeira tendência de sair de frente, porém, nada que o controle de tração e de estabilidade não resolva.

Rodando com o AWD ativado (e mesmo sem ele), o Equinox Premier 1.5 Turbo marca 2.300 rpm, mantendo assim um funcionamento mais suave e poupando combustível.

Aliás, de acordo com a GM, o Equinox FWD faz 9,5 km/l de gasolina na cidade e 11,7 km/l na cidade. O SUV não tem tecnologia flex, mas pelo oferece um bom desempenho com o derivado de petróleo.

Chevrolet Equinox 2020: Impressões ao dirigir

Pulando da Premier para a Midnight, a mudança não vem apenas no visual. Cerca de 100 kg mais leve, o Equinox 1.5 Turbo com tração dianteira se mostra um SUV bem ágil.

Nas saídas, é fácil faze-lo cantar as pneus, assim como nas curvas mais fechadas. A tendência é de sair de frente, mas facilmente corrigível.

O propulsor – sem o peso de cardã, diferencial traseiro ou semi-eixos, por exemplo – fica mais livre para poder mover melhor o utilitário esportivo.

Chevrolet Equinox 2020: Impressões ao dirigir

Tendo apenas seis marchas no câmbio, o  Equinox 1.5 Turbo chama atenção pela disposição do propulsor, que garante uma faixa bem plana de torque pleno, nascido sempre em baixa rotação.

O câmbio de seis velocidades tem engates suaves e numa relação mais adequada para a proposta do Equinox Midnight, que roda a 110 km/h aos 2.100 rpm, 200 rpm a menos que no Premier AWD.

Com bom handling, o Equinox garante conforto ao dirigir, mesmo com motor pequeno, apesar de turbinado. A direção também se mostrou muito leve, enquanto a suspensão faz o serviço de casa.

Chevrolet Equinox 2020: Impressões ao dirigir

Tendo boa estabilidade, o Chevrolet Equinox 2020 pode parecer muito grande e alto, mas ele fica bem mais dócil quando se está ao volante. Faltam somente paddle shifts para se obter mais do câmbio e do motor.

Andando nos mais variados pisos, o SUV se comporta muito bem, mesmo nas depressões mais elevadas, pouco visíveis na pista. Nesse caso, mesmo passando por essas depressões, a suspensão não bate no fim de curso.

Chevrolet Equinox 2020: Impressões ao dirigir

Atuando bem desde rotações mais baixas, o Chevrolet Equinox Midnight garante força em qualquer momento da condução, o que ajuda imprescindivelmente nas respostas e na eficiência energética.

Com esse conjunto, o Equinox 2020 mostra que está bem acertado para enfrentar o VW Tiguan Allspace 1.4 TSI Flex. Tendo uma condução agradável nessa primeira impressão ao dirigir. Agora, vamos aguardar a Avaliação NA para ver até onde vai esse SUV de coração menor, porém, nada fraco.

Chevrolet Equinox Midnight e Premier 2020 – Galeria de fotos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Matthew

    Alguém realmente usa o AWD no dia a dia? No caso do motor 1.5 acho que as perdas acarretadas pelo maior peso suspenso da transmissão integral não compensa o ganho em comportamento dinâmico, ainda mais com os controles de tração e estabilidade.

    • radiobrasil

      O AWD é essencial pra quem mora onde neva e as ruas/estradas ficam super escorregadias… esses dias vi um comparativo da Equinox num aclive la nos EUA, com neve. O AWD subiu de boa, o FWD patinou e parou no meio.
      Nas versoes ate entao vendidas no Brasil, LT e Premier, a LT com fwd 50kg a menos… so que uma coisa nunca descobri, sera que a LT por ser mais leve, gasta um pouco menos e anda um pouco mais???

      • cepereira2006

        “sera que a LT por ser mais leve, gasta um pouco menos e anda um pouco mais”. Sim, ouvi o depoimento de uma pessoa que trocou uma LT por uma Premier e disse que passou a andar um pouco menos e beber um pouco mais.

    • th!nk.t4nk

      Aqui onde moro (próximo dos Alpes) a maioria dos carros maiores são AWD, por conta da neve. Sem ele tem garagem de onde nem dá pra sair, pois quando neva muito o sal não dá conta. Já no verão a vantagem do AWD é nos motores mais fortes, pois ele distribui melhor o torque e melhora as arrancadas. Em curvas rápidas também ajuda, pois ao acelerar ele atua na vetorização de torque.

  • radiobrasil

    Eu comprei uma LT 2019 – 2.0T FWD, branco summit, no sabado passado pra substituir um Fusion 2.5 2016. Levei um susto ao ver que saiu a 2020 MAAAAAAAAAAAS a alegria foi imensa ao saber que tive a sorte de comprar a ultima versao LT com o fantástico 2..0T + cambio 9 marchas. Se eu tivesse esperado pela versão 2020 teria que me contentar com o 1.5T + 6 marchas. Paguei 125, fiz um mal negócio? Estou indo buscar o carro hoje na CSS. E só fiz test-drive na Premier, grande curiosidade sobre o desempenho do 2.0 com tração dianteira (50kg mais leve). Agora quando eu quiser trocar de carro, complicou… Não vou ter opção “barata” pra ter o mesmo desempenho. Agora, falando do 1.5T, mesmo mais “fraco” ainda é bem melhor que o 2.0 aspirado do Compass. Eu esperava que a Gm lançaria uma versão LS 1.5T, manteria a LT 2.0T e so 2.0T na Premier.

    • TT 230

      Foi em Santa Catarina?

      Belo carro. Acho até que a grade da LT com menos cromados mais bonita que a da Premier.

      • radiobrasil

        Foi… achei em 2 ou 3 css por 125… chorando.. e fiz um BELO negócio.. 2.0T é tuuuuuuudo de bom!

        • Edson Fernandes

          Olha só… me lembro de vc comentar bastante do seu Fusion.

          Como vc citou o consumo do Fusion no passado, consegue mensurar algo do Equinox em relação ao Fusion?

          • radiobrasil

            Peguei o carro no sabado… na viagem de retorno da cidade onde peguei o Equinox, o Fusion na estrada (sinuosa, esburacada e trechos de serra) , cerca de 90km… Fusion2.5 no alcool fez 7,5 km/l (na cidade ele nao passa de 4!), Equinox fez 12,9 km/l gasolina. Como estava sem placa, so amanha que vou andar na cidade com o Equinox e volto pra dizer as médias, mas estou otimista que a LT 2.0 vai fazer uns 8km/l facil, espero que o star-stop ajude nisso! Agora, em relacao ao desempenho, é fantástico esse motor + cambio do GM! Cambio do Fusion e seus tranquinhos nao deu saudade, o acabamento interno Ford é melhor

            • Edson Fernandes

              Eu nunca conheci o interior do Equinox pessoalmente, mas algo que já me disseram que é espetacular é o sistema de som, confirma?

              Sobre consumo: É o que eu digo, o pessoal desdenha falando que o Equinox é beberrão, maspara o que ele carrega e pela ficha técnica do motor, ele é sim economico. Não tem milagre em achar que fará muito menos diante de tanta potencia disponivel.

              • radiobrasil

                Acabamento, comparando com do Fusion 2.5 2016 que eu tinha, o Ford é beeeeeem melhor. Equinox tem muito plastico duro , no topo do painel é duro mas eles disfarçaram com um emborrachamento bem sutil. O som do LT é mediano, PIOR que do Fusion. Na versao premier o som é melhor, é da Bose.
                Consumo, primeira volta no centro da minha cidade, com muitas paradas, fez fácil 7 km/l (o carro está com 175 km apenas). Creio que a economia em relacao ao Fusion sera maior tambem pelo start-stop. LT é 50km mais leve que o Premier, nao tem awd, é ligeiramente mais economico que o AWD.
                Agora, continuando as comparações com o Fusion… eu to sentindo falta do Ford em ruas de calcamento, o Fusion filtrava tudo, Equinox é muito barulhento. Bancos, Fusion tambem beeeeeeem melhores. O destaque do GM mesmo é o belo power train!

                • Edson Fernandes

                  Olha, eu acho que parte do consumo no Fusion é mto a culpa da transmissão. Apesar dela ser mto suave, ela usa mta energia do motor.

                  Tanto que por mera curiosidade, o motor 2.3 ligado a transmissão de 5 velocidades(primeira geração) conseguia ter um consumo mto brilhante, bem aceitavel e na média dos 2.0.

                  Sobre acabamento… eu acho que a Ford qdo trouxe essa leva (na verdade geração de Fiesta, Fusion, Focus e Edge), quis arrebatar o mercado. Pena que os constantes aumentos derrubaram isso.

                  Mas os carros vieram com itens bem interesssantes e até muito aquém do esperado no mercado. Por isso é interessante. Mas tenho mta curiosidade de andar na Equinox 2.0T.

                  • radiobrasil

                    Como na cidade o start-stop atua muito, nao dá pra contar só o consumo “rodado”, vai ser ate dificil comparar.. pq o Fusion nunca desligava nos semáforos… se somar 5 minutos ao dia de motor desligado nas paradas, deve dar uma pequena difença na economia… TOMARA, pq o Gm só bebe gasosa que é 1.50 mais cara aqui.

                    • Edson Fernandes

                      Olha, pode colocar aditivada de qualidade que ele consome sem te reclamar viu.

                      Esse carro teve tropicalização para suportar nosso combustivel.

                      Sobre o start-stop no Renegade que eu usei, eu vi que economizava 1% do total. Desisti de usa-lo.

                      Mas no efeito do uso, precisava ou utilizar o ar condicionado no minimo para ele atuar ou usar com o ar desligado. Usou o ar com mais carga, ele nunca usava o recurso .(mas eu estava em Maceió que é bem quente)

                    • radiobrasil

                      Na entrega tecnica do carro, na Css, recomendaram usar a comum e a cada 4 – 5 tanques usar aditivada, NUNCA encher o tanque completamente e tambem se quiser posso experimentar gasolina premium. Vou experimentar a podium quando for viajar uns 1000km pra ver se da diferença (ida 500km com podium e volta 500k com comum). O start-stop aqui atuou hoje até com 33 graus fora e ar ligado em 22, e assim que a temperatura interior comecou a subir o motor ligou.

                    • Edson Fernandes

                      Sobre o tipo de uso, podium vc nota com uso continuo a diferença. Mesmo numa viagem, em carros mais antigos com injeção direta devido ao chumbo na gasolina, vc notava. Hoje em dia não.

                      Acho que será um gasto adicional que possa talvez trazer um consumo ligeiramente menor. Tirando isso, não faz sentido, nem mesmo essa recomendação. Se é apra usar detergentes na gasolina, use o aditivo comprado em pote, ele tem uma ação maior que comprar uma gasolina aditivada. Como eu imagino que vc use gasolina de posto de bandeira e certamente já de qualidade, não caia nessa que “precisa” de aditivada. Se está rodando com comum, está bem claro que o carro está realmente adaptado ao nosso combustivel.

                      Legal o uso do start-stop, pois no Renegade era bem raro, normalmente a noite em que a temperatura já estava boa. (e as vezes deixavamos o vidro fechado para nao entrar insetos e não necessariamente pelo calor, algo que me acontece onde moro hj tbm).

                    • radiobrasil

                      Pois bem, tinha pensado no aditivo separado. Li nao sei onde que não é muito bom misturar gasolina aditivada de bandeiras diferentes, devido aos diferentes detergentes que as mesmas contem. Vou dar uma pesquisada se acho algum aditivo bom pra carros turbo com injeçao direta. Outra coisa que recomendo demais, cera Meguiars NXT 2.0… coisa linda que fica na pintura novinha!

                    • Edson Fernandes

                      Heeheheh Essa cera é obrigatoria…rs

                      Sobre misturar gasolinas…. a quantificação de detergentes aditivos na gasolina num tanque como o que fazemos não é osuficiente para lhe trazer problemas.

                      Salvo colocar componentes nocivos ao motor. O que apenas vc teria se colocar combustivel ruim. A solução de limpeza do combustivel ainda quepossam ter conceitos distintos devem servir para limpar de forma consistentes com muitos abastecimentos. Em outras palavras, a não ser que vc rode 1/4 ou menos de combustivel e fique abastecendo, isso não te daria problema.

    • Luiz Rippel

      LS a GM usa/usou mais pra carros de entrada (Celta e Onix por exemplo e S10 pé de boi).
      Carros “Premium” mínimo é LT.

    • Lukoh

      Vc fez um ótimo negócio, com ctz!
      Em casa temos uma Premier 2.0T 2018… o que vc vai sentir falta é das aletas no volante pra trocar marcha…. é um mega motor e muitaaaaaas marchas, mas todo o potencial de dirigibilidade fica capado com a programação que o D oferece.

      • radiobrasil

        Eu nunca usei trocas manuais, nao senti falta mesmo… mesmo no D o 2.0T da pra fazer a festa… pisou, grudou no banco e sorriso no rosto!

  • Natán Barreto

    A GM tentou emplacar o Equinox com o conjunto mecânico forte e acessível em todas as versões e ninguém deu importância. Agora ela adequa a proposta pra algo próximo do Tiguan e ainda assim mais potente. Resta saber se fará realmente diferença, afinal o nome Tiguan já está bem consolidado.

    • L.M.

      Se eu não estou enganado, com a Captiva (substituída pela Equinox) também foi assim.
      Primeiro veio o modelo Sport com o motor 3.6 V6.
      Depois veio a linha Ecotec 2.4 de 171 cv.
      Aos poucos a 2.4 foi vendendo bem mais, até o ponto em que veio a substituir completamente a V6, já no final da linha.

      • Gustavo Adriano

        Salvo engano ao final a 2.4 já era o modelo SIDI com injeção direta de combustível, não?

    • Lukoh

      VW vai ter que rever o preço da Tiguan…principalmente da R-Line, que tá saindo R$ 200mil, c/ 220cv.

      Aliás, não só o preço… como o pacote de itens… um simples botão de partida não tem nem como opcional na Comfortline.

      • Natán Barreto

        A versão R Line tinha até fila de espera. A Comfortline tem um bom custo benefício hoje, mas é m 2020 vai encostar no preço da R Line pro posicionamento do novo Tarek.

      • Fanjos

        A R Line pelos testes que fizeram com ela e a Equinox, ela consegue ser mais rápida e mais econômica que a Equinox em todas as medições, mesmo com menos potencia, falam que é mérito do cambio da Tiguan,e para arrancada tem até botão com controle de largada

        • sandro99

          Sabe se esse botão com controle de largada tem desde o lançamento em 2018 ou somente no modelo 2020?

          • Fanjos

            Se não me engano é itens de serie em todas as Novas Tiguans da Linha R

            • sandro99

              Tenho uma 2018 e não tem este recurso e pelo descrição do site VW também não encontrei. Na próxima revisão perguntarei na css para confirmar. Obrigado

        • radiobrasil

          E esse cambio DSG é confiável?

          • Edson Fernandes

            Bastante. Atualização do DSG6, pois é de 7 velocidades tbm com transmissão banhada a oleo.

          • André Luis Versiani

            Os banhados a óleo são sim.

        • André Luis Versiani

          Tiguan para quem busca satisfação em velocidades mais altas é imcomparável, DNA alemão de fazer carros para as Autobahn fala mais alto.Certeza que ela anda muito mais que a Equinox mesmo com menor potência.

  • Francisco Helio

    O vídeo do YouTube chamado “Renegade atolado” me fez rever o uso de carros 4×4, rsrsrs!
    Prefiro 4WD, por serem mais econômicos e eficientes.
    Considero asfalto molhado, sobretudo em chuva fina, como situação de baixa aderência e alto risco.
    E muitas cidades possuem ladeiras íngremes que também ficam bem escorregadias quando chovem.
    E por fim, carros AWD/4WD são muito estáveis em quaisquer situações dê dirigibilidade, que pra mim, representam segurança.

    • Pedro

      Nunca precisei de AWD, no máximo entra o controle de tração ou controle de estabilidade que evita patinar ou perder o controle em paralepipedo.

      • MarcosGojira

        99% dos donos desses carros os vendem sem nunca terem usado o AWD numa situação real

      • Léo Dalzochio

        Já no meu caso, se não tiver tração nas 4 rodas, não consigo nem chegar em casa.

    • André Dutra

      Concordo plenamente. AWD/4WD não podem ser confundidos com o 4×4, são propostas bem diferentes. Tanto que em alguns carros só existem a opção “AUTO” para a tração, onde a eletrônica faz todo o trabalho.
      Tenho um New Vitara AWD, Utilizei poucas vezes em lugares com barro, nem por isto digo que nunca utilizei. Na cidade com chuva e principalmente na estrada com chuva a tração nas 4 rodas garantem muito mais segurança, é perceptível como o carro muda e como a tração esta trabalhando.
      E como já relatado, muitos donos de carros com AWD podem até dizer que nunca utilizaram, mas se algum dia pegaram estrada com chuva, grandes chances do AWD te-los ajudado.
      No New Vitara o legal é que é possivel escolher o modo da tração (AUTO –> preferencia 4×2,Sport –> 15% torque na traseira, SNOW/MUD –> tração 50/50, LOCKER –> Bloqueio de diferencial -este sim usado só em terrenos com neve e muito barro)

      • Baetatrip

        Isso…… New Vitara usa o mesmo tipo dos maiorias dos AWD
        Tenho um bom 4×4 que o new Vitara “matou”, mudou tudo o segmento “off road” da SZK…
        Que é GV3 4×4 que usa a moda antiga 4×4/ 4x4L/ 4x4LL….!
        New Vitara e bom no qua faz com a proposta e nao abusar…..!
        Já o GV3 pode abusar que nunca deixarás na mao!
        No barro leve/medio o New Vitara cumpre…Já a pesada…… Vai arregar pq? Falta da caixa baixa ou seja: Reduzida (Que hoje em dia essa pea virou “museu”) que o GV3 impõe para valer……..
        Nao estou falando mal do N.Vitara (Acho bonito e leveza para viajar)…. Porem para viajar longe e encarar trilhas fora de “casa” é com GV3 4×4 (Que vai e volta sem nenhum problemas…)
        Para trilha pesada….. Tenho o Samurai 93 preparado……
        “Way for live SZK!”

        • André Dutra

          Te entendo plenamente, o Grand Vitara e New Vitara só tem o nome de semelhança. Como você disse, não dá para abusar no New. Minha escolha pelo AWD foi relacionada a segurança, ter a tração trabalhando pra você e não para OffRoad. Dá pra fazer algumas coisas, sim … mas sem abusos kkkk

  • Pedro

    Se não consegue deslanchar com motor de 262CV , 9 marchas e muita liquidação, sera ainda mais difícil nas outras versoes.

    • Natán Barreto

      Na verdade o público considera o consumo mais do que a potência. Quem compra a Equinox não está tão preocupado com 262cv.
      O Tiguan só tem 150cv e estava até mais caro que a Equinox. Com esse motor acho que há mais chances de deslanchar

      • radiobrasil

        Primeira viagem que fiz com a LT 2.0, 90 km de uma estrada MUUUUUUUUUUUUUUITO ruim, com trechos mega esburacados que precisava praticamente parar e muitas subidas e descidas/curvas, consegui 12,9 km/l com gasolina comum. Por ter motor de sobra, se vc NAO pisar, duvido que gaste muito mais que o novo 1.5

  • Augusto Brum

    Isso que é SUV, teria um fácil. E esse sim é um substituto digno para a Captiva.

    • radiobrasil

      Eu tive um Captiva 2.4 4 marchas em 2010 (terrivel.. cambio matava o carro), troquei por um Fusion 2.5 e agora o Fusion no Equinox LT 2.0. O Equinox o acabamento com mais plastico nao animou tanto, mas quando vc dirige pela primeira vez esquece disso e é só alegria com o belo 2.0T + at9. Paguei 125 e to hiper satisfeito!

      • Fanjos

        O Malibu é idêntico a Equinox por dentro, aluguei um em 2017 e realmente é plastico duro para todo lado, mas até gostei do carro, mas em relação a acabamento ele tomaria uma surra federal do Passat e Fusion com toda a certeza.

        • radiobrasil

          Pra quem preza pelo conforto, suspensão/bancos do Ford dão de 10 a 0… agora que to conhecendo mais o carro, to sentindo falta do conforto do Fusion em ruas com solo lunar da minha cidade.

  • Augusto Brum

    Certamente que a TrailBlazer vai perder mercado para esse carro. A GM tem que atualizar a TrailBlazer logo e criar versões mais baratas, inclusive com motor à gasolina turbo, daí sim.

    • Danilo Vieira

      Acredito que uma das razões de terem tirado a versão a gasolina de linha foi o fato de ter pouca procura, além de achar que também foi pra abrir espaço para a entrada de outros veículos, como a Blazer mexicana.

    • Luiz Rippel

      A GM já tirou de linha a Trail gasolina e a Diesel custa mais de 230mil, não são concorrentes.
      Trailblazer utiliza chassi sobre longarina. Quem quer algo parrudo que aguenta o batidão não escolhe a Equinox.

      • radiobrasil

        Equinox sofre com buracos/passagem de trilhos… dá umas pancadas secas que assustam (e meu carro é 0 km). Não é carro pra judir em terreno ruim.

        • Edson Fernandes

          Nem a atual Tiguan viu.

          • André Luis Versiani

            Tiguan é asfalto mesmo, onde ela brilha!

    • André Luis Versiani

      TrailBlazer ainda está naquela Vibe de SUV derivado de mini caminhão, chassi, barulhenta e pesada. Tem que atualizar mesmo porque os SUV novos monobloco vão dominar mesmo, vide Compass que vende muito!

  • RKK

    “Aliás, de acordo com a GM, o Equinox FWD faz 9,5 km/l de gasolina na cidade e 11,7 km/l na cidade.”

    Melhorou um pouco.

    • L.M.

      Esses 9,5 na cidade não faz.
      Mas na estrada, se fizer 12 km/L, é um excelente consumo.
      Nenhum desses SUVs médios faz mais do que isso, andando normalmente.
      Alguns até podem fazer, se a pessoa fizer uma viagem plana a 80-90 km/h com o pé no freio o tempo todo.
      Mas isso não é a realidade, é o motorista querendo “fazer consumo” só por diversão.

      • Natán Barreto

        O Tiguan tem números excelentes com motor 1.4 TSI

        • Fanjos

          Motor 1.4T da VW usa cheater, na época do racionamento por causa da greve dos caminhoneiros eu fiquei andando naquele modo econômico bem de boas para economizar, consegui medias de 15.5km/l na cidade (tenho até foto do painel), fiz um pouco menos de 800 km/l com um tanque, claro que eu estava andando na mesma velocidade que usuário de Prius ou Corolla, mas realmente consegui fazer milagre e usando gasolina comum de procedência duvidosa (era o que tinha para abastecer)

          • André Luis Versiani

            De Prius até vai, agora de Corolla kkkkkkkkkkkkkkk, já tive 3 e só andava vedado, aquela peste anda pacarai para um sedan com cara de carro de coroa.

      • radiobrasil

        Peguei o meu Lt 2.0 sabado… na viagem de volta pra casa, 90km aprox… fez 12,9 com estrada MUUUUUUUUUUUITO ruim. Como estava sem placa nao rodei na cidade ainda pra descobrir o consumo. Mas se fizer mais que os 5km/l do Fusion 2.5 que eu tinha, ja to bem feliz.

  • MarcosGojira

    “Não tem 4g e wifi, o que é uma pena”
    Ta pra nascer quem paga mensalidade dessas tecnologias.

    • radiobrasil

      Onstar é outra coisa que pelo preço não compensa. Fosse uns 9,90 por mes até pensaria…

  • dallebu

    Quanto motor 4 cilindros turbo a GM tem? o.O
    1.0 Turbo
    1.2 Turbo
    1.3 Turbo
    1.4 Turbo
    1.5 Turbo
    1.6 Turbo
    2.0 Turbo
    ……

    • Leonardo Teixeira

      O 1.0 e 1.2 são 3 cilindros, e acho que o 1.3 tbm são 3 cilindros

    • Hiluin

      1.0, 1.2 e 1.3 são 3 cilindros.
      De 4 cilindros, 1.4, 1.5, 1.6, 2.0 e 2.7.

    • André Luis Versiani

      Teve que se reinventar mesmo, quase faliu nesse mercado em que o Downsizing anda reinando.

  • mjprio

    Achei legal disponibilizarem o motor 1.5,.principalmente na versao LT. O que nao gostei foi de ter a premier apenas na versão AWD, os preços das versões de topo e esse pacote midnight que achei de mau gosto.
    Espero que a GM possa sacudir o mercado e , sobretudo, possa proporcinar um pós venda adequado ao padrão do veículo

    • radiobrasil

      A Premier vc podera escolher AWD ou FWD! Pelo menos na 1.5

  • Rafapenido Penido

    Carro lindo, quem sabe um dia sobra uma grana para comprar um! :D

  • Leandro Lima

    Galera me desculpem, mas eu curto esse carro demais. Muito loco, ainda mais na versão Midnigh. Fica brabo demais. Fica parecendo os carros do FBi e da PF kkkkk. Mas acredito que deve ser uma maravilha, dirigir essa maquina com 262 cv.

    • radiobrasil

      Peguei uma LT 2.0… tinha um Fusion 2.5. O Fusion se arrasta perto da Equinox, motor e cambio MUITO bons!

  • Ubiratã Muniz Silva

    Só eu achei a diferença de preço do Premier 1.5 pro 2.0 muito pequena pra justificar o motor mais fraco?

  • Roberto

    Quantos litros tem o porta malas? (Bom espaço não quer dizer nada caro repórter)

    • radiobrasil

      Se colocar a “cortininha” tem uns 450 litros… meu ex-Fusion tinha la seus 550 e to sentindo falta… Só que se calcular até o teto, sao mais de 800 litros, mas vai ficar sem retrovisor interno!

  • yurieu

    O carro é impecável isso não tem mistério, mas o fato de não ser flex para mim quebra…

  • Diego

    Na 8ª foto da matéria, que botão é aquele com o ícone de uma seta “saindo” do carro? (Ao lado dos botões “set”, “1” e “2).

  • Jonatas Pietr

    A versão Premier 1.5 ficou cara. Só 8 mil de desconto e perdeu o destaque do motor 2.0 Turbo de 262 cavalos com 9 marchas, além de outros equipamentos.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email