*Featured Chevrolet Preços SUVs

Chevrolet Equinox 2020 chega com motor 1.5 Turbo a partir de R$ 129.990

Chevrolet Equinox 2020 chega com motor 1.5 Turbo a partir de R$ 129.990

UPDATE: Confira os preços da gama e outros detalhes do Chevrolet Equinox 2020. 


O Chevrolet Equinox 2020 chega ao mercado nacional com mudanças mecânicas e na composição das versões. O SUV agora tem novo motor 1.5 Turbo, além do 2.0 Turbo já conhecido, ambos da linha Ecotec. Os preços começam em R$ 129.990.

O Equinox, importado do México, chega nas versões LT, Midnight e Premier, sendo que as três primeiras possuem o novo motor Ecotec 1.5 Turbo de 172 cavalos e 27,8 kgfm, sendo equipado com transmissão automática de seis marchas e opção AWD na versão Premier. Com esse propulsor, o SUV vai de 0 a 100 km/h em 9,2 segundos e consumo de 9,5 km/l na cidade e 11,7 km/l na estrada.

Chevrolet Equinox 2020 chega com motor 1.5 Turbo a partir de R$ 129.990

Na versão Premier, ainda há opção do motor Ecotec 2.0 Turbo de 262 cavalos e 37 kgfm, que dispõe de transmissão automática de nove marchas e tração nas quatro rodas.

A GM não revelou mais detalhes do carro, que terá sua apresentação técnica nesta sexta (6) no Campo de Provas Cruz Alta, em Indaiatuba-SP.

Chevrolet Equinox 2020 chega com motor 1.5 Turbo a partir de R$ 129.990

A versão Midnight chega com visual diferenciado, trazendo elementos estéticos escurecidos para dar um ar mais esportivo e individual ao produto, ostentando assim logotipia escurecida, bem como máscara negra nos faróis, bancos em couro preto, rodas de liga leve aro 19 em preto brilhante, banco do motorista elétrico, faróis de xênon, botão de partida, ar condicionado dual zone, entre outros.

Na versão Premier, o Chevrolet Equinox 2020 vem com estacionamento automático, teto solar panorâmico, carregador indutivo de smartphone, sistema de som Bose, alerta de colisão frontal, assistente de faixa, bancos em couro, assento do condutor com ajustes elétricos e memória, alerta de tráfego cruzado, faróis full LED e alerta de ponto cego com sensor de aproximação.

Chevrolet Equinox 2020 chega com motor 1.5 Turbo a partir de R$ 129.990

Com a nova composição de versões, o Chevrolet Equinox 2020 amplia a oferta com um motor que promete bom desempenho e economia. Essa alteração no portfólio do produto veio por conta da nacionalização do Tracker, cuja segunda geração chega por volta de março.

Chevrolet Equinox 2020 chega com motor 1.5 Turbo a partir de R$ 129.990

Tendo mais cotas para importar do México, a GM revisa a configuração de motores para ampliar a oferta do Chevrolet Equinox, que vinha sofrendo com o compartilhamento do limite da montadora desde o lançamento.

De janeiro a novembro, o Equinox vendeu 4.217 unidades contra 11.549 exemplares do VW Tiguan, seu conterrâneo e maior rival. Assim, o SUV da GM está somente na 19ª posição, enquanto o “alemão” está em 13º lugar.

Logo mais, traremos outras novidades do Chevrolet Equinox 2020, assim como nossas impressões ao dirigir na pista de testes em Indaiatuba.

Chevrolet Equinox 2020 – Preços

  • Equinox LT 1.5 Turbo – R$ 129.990
  • Equinox Midnight 1.5 Turbo – R$ 131.990
  • Equinox Premier 1.5 Turbo AWD – R$ 154.990
  • Equinox Premier 2.0 Turbo AWD – R$ 162.990

Chevrolet Equinox 2020 – Galeria de fotos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Bruno Silva

    O que eu temia se confirmou. O 1.5 substituirá o 2.0 praticamente.
    As versões ficarão assim:
    Equinox LT 1.5 Turbo
    Equinox Midnight 1.5 Turbo
    Equinox Premier 1.5 Turbo
    Equinox Premier 2.0 Turbo

    • Matthew

      Refugo dos carros que seriam enviados para a Argentina antes do mercado deles derreter. Alguém tem que pagar a conta.

    • yurieu

      Viram que o carro não vende, vão cortar todos os custos até sair de linha. Além do mais no exterior já está sendo testado uma versão inédita.

  • afonso200

    show, vale a pena

    • MarcBH

      Piorou o carro e manteve o mesmo preço. A versão atual vem com o motor 2.0T de 262cv e câmbio de 9 marchas e é vendida dor 129.000,00 nas css.

      • Fabrício Sanches

        Pelo menos ela piorou a oferta nos carros mais caros, e melhorou nos menos caros, leia-se família Ônix. Fazer o quê né…

      • afonso200

        partiu semi novos

      • Feliphe Santos

        Era exatamente isso que eu ia comentar. Vejo direto anúncios em vídeos do 2.0 por 129990. Piorou o motor e manteve o preço. Compass e Tiguan agradecem

        • Paulo Lustosa

          Quem dera o Compass ser mais carro que a Equinox. Nem da mesma categoria são.

          • leomix leo

            Mais o povo paga pau pra marca Jeep.

          • Leonardo Mendes Pires

            É só dar uma olhada nos números de vendas… os dois carros tem seus méritos, mas o Compass tem muito mais procura.

            • Paulo Lustosa

              Número de vendas não diz se o carro é melhor que o outro. Equinox é mais carro que o Compass, e isso só quem já dirigiu os dois sabem pra afirmar.

            • Ady Bastos

              Obviamente o Compass tem mais procura porque é mais barato nas versões de entrada… Compass parte de R$ 105.000 (no lançamento, partia de R$ 98.000 nas versões de entrada), enquanto a Equinox foi lançada a partir de R$ 149.000 em 2017/2018. Para ter uma comparação justa, compare o número total de vendas da Equinox Premier X Compass Diesel de mesmo valor…

            • Rodrigo

              Acredito que o fato de ser nacional ajuda (e muito!) O Compass. Além do fato da GMB não dar muito fôlego a seus modelos importados… tive um Sonic, ótimo carro pelo que custou, porém param de importar e a vida do proprietário vira um inferno: seguro aumenta, preço de venda despenca, peças, quando acha, custam uma fortuna… enfim, nesse canto de sereia eu não Caio mais.

              • Dante Moore

                Compass vende muito também pelo fato de vc poder escolher entre gasolina e o diesel. Eu comprei uma Limited a diesel com opcional hight tech que adiciona quase todos os equipamentos de segurança que a equinox possui. Como comprei na jurídica saiu até mais em conta que a equinox na jurídica TB só que com motor a diesel, e eu ainda faço 17 Km/l no diesel de média. Ando 25.000 km por ano.

          • LL

            São de quais categorias???

            • Paulo Lustosa

              O Compass é um compacto metido a médio, feito por plataforma de Compacto do Renegade, que é ligado ao Punto Italiano, herdando a pouca largura interna de cabine desta plataforma. A Equinox é uma média de fato, feito em plataforma de carro médio, com mais espaço interno, maior entre-eixos, rodar superior ao do Compass, e powertrain mecânico superior. Se fosse da mesma categoria, a GM não iria vender o Encore GX nos EUA e a Trailblazer chinesa. Concorrente da Equinox é a Cherokee, feita na plataforma C-Wide do Guilietta, Bravo e Lancia Delta.

              • LL

                Seguindo sua regra, se fosse da mesma categoria a Jeep não iria vender renegade no brasil.

                • Paulo Lustosa

                  Seguindo minha regra não, a regra americana e europeia mesmo mesmo. CUV C-Segment da Jeep é a Cherokee segundo a própria Jeep, e na Chevrolet a Equinox, sendo a Blazer e Traverse D-Segment. Compass é B-Segment com entre-eixos alongado, exatamente como várias fabricantes fazem aqui no Brasil, já que a diferença de entre-eixos do Compass e do Renegade é consideravel usando a mesma base, e o Compass tem o porta-malas que é inexistente no menor. Só aqui mesmo pra achar que o Compass é concorrente da Equinox, porque na prática nunca foram concorrentes diretos. E seguindo a sua lógica, não faria sentido também a Volkswagen vender simultaneamente Voyage e Virtus, GM o Prisma Joy, Onix Plus e Cobalt, e a Toyota o Yaris e Etios, já que os mesmos são compactos e atuam em faixa de preço diferente com um apresentando versatilidade ou itens a mais que a variante mais barata.

        • Ady Bastos

          Os anúncios a R$ 129.990 são para CNPJ (pegadinha do malandro). Pessoa física só consegue comprar por R$ 159.000 (ou menos se tiver alguma negociação com a concessionaria)

          • Ernesto

            Então para CNPJ, esses novos também terão um bom desconto. Partindo dessa base (129K/159K), o novo LT sairia por R$106.272,00.

        • Com certeza…

          agora de 130K tabela vai vender por 115k no choro pra ganhar de Tiguan

      • Hugo Leonardo Dos Santos

        o 1.5 também vai sair uns 120 mil nas CSS, até parece que não conhecem a GM

        • MarcBH

          Provavelmente. Mas a questão é não ter mais a LT 2.0T perto dos 130.000. Entre Tiguan 1.4T e Equinox 1.5T pelo mesmo preço eu pensaria duas vezes antes de escolher a Equinox. E olha que eu tenho uma Equinox LT.

      • Ady Bastos

        Salvo engano… A versão 2.0 é vendida por R$ 159.900 atualmente. Na época do lançamento, setembro de 2017 como modelo 2018, era de R$ 149.900. A Chevrolet resolveu trazer a versão 1.5 para bater de frente com rivais na faixa de R$ 120.000 como Compass, HRV Touring, TCross e até mesmo as versões de entrada do Tiguan Allspace, etc.

      • Paulo Lustosa

        Conhecendo bem a GM, a 1.5 vai ser vendida abaixo de 120mil a LT.

      • radiobrasil

        Eu comprei uma LT 2019 – 2.0T FWD, branco summit, no sabado passado pra substituir um Fusion 2.5 2016. Paguei 125, fiz um mal negócio? Estou indo buscar o carro hoje na CSS.

  • oscar.fr

    Mais carro que Compass

  • Natán Barreto

    A 2.0 estava esse preço na versão LT não tem muito tempo. Mas como brasileiro gosta de pagar mais por menos, talvez essa versão deslanche pra fazer frente ao Tiguan 1.4 que vende muito mais. De quebra ainda pode fazer frente ao Compass enquanto não chega o SUV acima do Tracker.

    • João Silva

      A LT 2.0T tem tabela de 132, mas ainda está em oferta por 129.900. Não é coisa de pouco tempo, não! Vi essa semana! Os interessados que peguem as últimas!

      • radiobrasil

        Eu comprei uma LT 2019 – 2.0T FWD, branco summit, no sabado passado pra
        substituir um Fusion 2.5 2016. Paguei 125, fiz um mal negócio?

        • João Silva

          Bom é pouco! Excelente! De onde vc é? Me interessou muito! Trocou colocando o Fusion no negócio? Quantos % da FIPE pagaram?

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      o dólar subiu demais e esse motor 2.0 é importado, não iriam conseguir manter o LT 2.0 nesse valor

      • Gabriel

        O 1.5T tambem é importado não?

        • Hugo Leonardo Dos Santos

          mas custa menos

  • Joao Victor

    Acho lindo por fora, o interior eu não gostei (versão lt), achei extremamente simples, mesmo com a sacanagem de terem trocado 2.0t pelo 1.5 mantendo praticamente o mesmo preço, continua sendo o melhor custo-benefício da categoria, nosso mercado hiperinflacionado é fogo…

  • Claudio

    Essa traseira é muito feia !!!

  • Cidadão de bem

    Aqui no Chapadão já roubamos três, vendemos as peças e tacamos fogo na carcaça, da muito dinheiro, faça o mesmo meu povo

  • Podiam ter aproveitado e mexido nessas lanternas, alterando layout interno e colocando LED…

    • Bruno Silva

      Isso virá na reestilização, que deve ser lançada até o fim do ano que vem.

  • RKK

    A redução de preço em relação ao propulsor 2.0 foi bem pequena.

  • Dod

    Quem quiser um Equinox é melhor correr pra pegar um LT 2.0 que é vendida por esse valor da nova 1.5 de entrada.
    Não é a primeira vez que a Chevrolet da uma de espertinha. O Captiva começou sendo oferecido na versão top com motor V6 e em uma de entrada com visual mais simples, com para-choques pretos, e motor 2.4 Ecotec. Depois de um tempo tiraram a V6 de linha e a 2.4 ganhou os diferenciais visuais da V6 (para-choques pintados, detalhes cromados, interior bege) e teve o preço aumentado para o valor da antiga com motor mais potente.

    • MarcBH

      Eu peguei um LT em abril do ano passado. Conjunto mecânico muito bom. Se o meu não estivesse tão pouco rodado (apenas 9000km) eu trocaria ele por um LT zero km agora.

      • radiobrasil

        Acabei de pegar um LT 2.0 (eeeeeebaa.. motorzão + 9 marchas!), como anda o consumo do seu?

    • Paulo Lustosa

      Captiva desde o lançamento da versão de injeção direta não tinha mais interior bege… isso era apenas nas 3.6 V6 e 2.4 SFI. Quando saiu a 3.6 SIDI e a 2.4 SIDI, passou a ser interior preto, e no fim de linha a Captiva teve equipamentos que a V6 só teve como opcional, que foi o teto solar, e teve as rodas aro 18 que nenhuma V6 teve.

      • El Gato!

        Essa 3.6 V6 era belíssima, um conjunto mecânico muito gostoso de guiar. Pena que era alcoólatra, o consumo era exagerado demais mesmo dirigindo no modo geriátrico em circuito urbano.

  • Tosca16

    Vai vender mais, entretanto o que vai fazer a GM “bombar” vai ser a nova Tracker.

  • CanalhaRS

    Eu acho tão feias essas versões “black edition”…é um borrão preto, mal se vê um carro aí.
    Em um supercarro como Lamborghini, Ferrari, Bugatti é compreensível, mas em carros normais de linha, ainda mais SUVs, é muito esquisito.

    • radiobrasil

      Nos EUA a gm vende o logotipo preto e outra versao de logo com led AZUL para a frontal (so compativel com farois led.. loja oficial, pra quem “quiser” pelo menos “xunar” sua versaõ normal rsss

  • Porto Velho

    R$2500 mais barato pra perder 90cv.. sei não ein.

    • radiobrasil

      Nao é só o 2.0T pelo 1.5T… é o bom 9 marchas pelo cambio de 6 marchas!

  • João Silva

    Era previsto a morte da LT 2.0 T! Entretanto, ainda tinha esperança que a LT 1.5T ficasse entre 120 e 125 o que daria boa competitividade perante Compass e Tiguan. Se viesse nessa base, seria minha primeira opção de compra!
    Assim embora as versões intermediárias (Midnight e Premier 1.5T) ajudem, continuará com vendas minguadas.
    Agora os interessados devem correr para pegar as últimas LT 2.0T 2019 que são ofertadas pelo mesmo preço de 129900.

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      Esses 129990 da LT 1.5T é só agora, depois tem os descontos “não compre carro hoje”. Com certeza na prática vai sair nesses 120 mil

      • Raul Mafra

        Tomara né, pois 120 acho um preço justo, terras que hrv touring custam 140 pau ne, o problema da equinox é que a midia nao bateu forte nela, lembro quando lançou final de 2017 fui na css 2x pra fazer test drive e nao tinha, aí querem vender como?

      • João Silva

        Mas as promoções “não compre carro hoje” também são enganosas porque pagam menos ainda nos usados, aí é só 80% da FIPE ou menos, e as promoções mantendo os 129 é FIPE no usado ou juro 0%.
        Ou seja, a mesma coisa, a diferença fica na mesma…..

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Ah mas esses 130 mil LT 1.5T é preço que era o LT 2.0T. Até parece que não conhecem a GM, na prática esse modelo vai sair uns 120 mil.

  • sigma7777777

    Tenho notado alguns veículos com motor 1.5 turbo começando por volta dos R$ 130 mil, como Civic Touring, Mitsubishi Eclipse e agora este. Coincidência ou incentivo fiscal?

    • Dudu Pimentel

      Duvido que seja incentivo fiscal…prefiro aposto em preço competitivo.

    • zekinha71

      Tabelamento by Anfavea.

  • Paulo

    Se a vida do HRV Touring já estava ruim, agora piorou. GM está realmente querendo vender mais carros a preços menos abusivos. Tomara que continuem assim

  • Wallison Dos Santos Lemos

    Se a GM quisesse realmente fazer a diferença, vendia esse 1.5 T (que é um excelente motor) pelos mesmos 105 kg de alcatra que a gente consegue encontrar no Compass. Equinox é muito mais carro que o Compass, mas sofre com pouca divulgação e pelo preço caro.

    • João Silva

      Nem precisava tanto para vender mais…. Compass Sport está 116 mais a cor, 118 na pratica. Ah, mas tem desconto PJ, PCD e o escambau por isso vende o que vende! Ok! Se Equinox tivesse na tabela de 120 a 125 com um investimento em marketing e as políticas comerciais da Chevrolet já incomodaria bem a concorrência e venderia bem mais. Agora 130, no mesmo preço que vendiam a 2.0T, pegou mal …..

  • Rodrigo

    Ué mas mesmo com motor de Camaro não vendia nada… Será que o problema era só o motor?
    Preço também acho que não era, já que a Chevrolet costuma dar bons descontos nesse modelo e ainda assim não embala. É um caso a ser estudado…

    • Fabrício Sanches

      Volte e leia a matéria de novo.

      • Rodrigo

        Refiz a leitura e ainda não entendi a estratégia. Em tempo, começo do ano comprei um Tiguan Comfortline e pesquisei bastante seus concorrentes. O Equinox era uma opção (A versão LT custava o mesmo, embora menos equipada com alguns mimos vinha com o ótimo motor 2.0 e câmbio de 9 marchas como vantagem). Entretanto corroboraram para minha decisão 3 coisas:
        1. Motor Flex
        2. Preço do seguro
        3. Pós-venda
        O Equinox não tem motor Flex, isso não seria um problema se ele fosse econômico (no mínimo uns 13 na estrada precisava fazer). Mas infelizmente não sou dono de posto de combustível. Tomara que essa versão 1.5 seja mais econômica.
        O preço do seguro do Equinox superava os R$6 mil anuais. Mais caro que ele só o 3008.
        Por fim, há 5 anos atrás tive um Sonic. De uma hora pra outra a GMB deixou de importa-lo, deixando a vida de quem tinha o carro muito mais difícil em termos de peças de reposição e custo de manutenção. Se vc ver a GM sempre faz isso com seus importados. Assim foi com Astra, Tigra, Calibra, Ômega Australiano, etc. Tem gente que precisa se valer de importadores independentes pra conseguir um par de amortecedores pra esses carros. Vendendo o pouco que vende não duvido que o Equinox deixará de ser oferecido no mercado brasileiro em até 2 anos.

        • Yuri SP

          Boa argumentação. Sua análise foi bastante precisa. Assino embaixo sem nada a acrescentar!

        • Rodrigo

          Em 2021 o Equinox estará fora dos planos da GM para o Brasil

    • yurieu

      Tem que descontar a insuficiência cognitiva dos brasileiros que preferem um Fiat Apertado e gastador com o logotipo Jeep com volante de Mobi.

  • Marcos Jesuino

    Esse carro tem marcha reduzida?

  • radiobrasil

    Eu comprei uma LT 2019 – 2.0T FWD, branco summit, no sabado passado pra
    substituir um Fusion 2.5 2016. Levei um susto ao ver que saiu a 2020
    MAAAAAAAAAAAS a alegria foi imensa ao saber que tive a sorte de comprar a
    ultima versao LT com o fantástico 2..0T + cambio 9 marchas. Se eu
    tivesse esperado pela versão 2020 teria que me contentar com o 1.5T + 6
    marchas. Paguei 125, fiz um mal negócio? Estou indo buscar o carro hoje
    na CSS. E só fiz test-drive na Premier, grande curiosidade sobre o
    desempenho do 2.0 com tração dianteira (50kg mais leve). Agora quando eu
    quiser trocar de carro, complicou… Não vou ter opção “barata” pra ter
    o mesmo desempenho. Agora, falando do 1.5T, mesmo mais “fraco” ainda é
    bem melhor que o 2.0 aspirado do Compass. Eu esperava que a Gm lançaria
    uma versão LS 1.5T, manteria a LT 2.0T e so 2.0T na Premier

  • radiobrasil

    Pessoal só tá se ligando na troca do 2.0 pelo 1.5 e não estão dando importância ao cambio!!! Era at9 nas 2 versões e agora é at6 em todos os 1.5. Escapes duplos e as aletas ativas do radiador…. também ja eram no 1.5

  • RIP Brazil

    Eu também não entendo: se vão tirar o 2.0T AWD do mercado bananês, qual o motivo do 1.5T de entrada ser mais barato?

    Poderiam ter fechado o 1.5T de entrada nos HuE$250.000,00 para influenciar o psicológico da galera que tem pavor de descontinuidade do 2.0T AWD.

    Assim a GMBanânia desovaria os 2.0T AWD (ou não) e faria a festa dos 1.5T.

  • radiobrasil

    A nova “LT” não perdeu só o 2.0T… perdeu o cambio at9, aletas moveis da entrada de ar, escape duplo, o interessante sistema de cancelamento de ruído ativo, o start-stop e pelo que vi nas fotos perdeu um botao que possivelmente seria de lanterna de neblina (na minha lt 2.0 tem mais 1 botão ali no painel de controle das luzes).

  • Ermenegildo Arimatéia

    Um bom SUV com vários ítens por um preço acessível, e todo mundo reclamando, realmente brasileiro precisa ser estudado.

  • Daniel

    Dirigi a 1.5 Turbo nos EUA.
    Não empolga, e veja que lá, a gasolina não é batizada.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

Notícias por email