Chevrolet China Lançamentos Sedãs

Chevrolet Monza RS tem motores turbinados 1.0 e 1.3 na China

Chevrolet Monza RS tem motores turbinados 1.0 e 1.3 na China

A GM China oficializou o Chevrolet Monza RS. O novo sedã médio da marca americana no mercado chinês, chega em sua versão com apelo esportivo, lembrando que ainda existem outras opções, sendo uma delas a Redline. O modelo foi apresentado no Salão de Guangzhou, no ano passado, e faz parte de uma estratégia da montadora para emplacar um sedã médio mais barato.


O Monza chinês utiliza a plataforma Vehicle Strategy Set (VSS-F), que já está disponível na nova geração do Buick Excelle. Com 4,63 m de comprimento, 1,79 m de largura, 1,48 m de altura e 2,64 m de entre-eixos, a novidade da Chevrolet tem um aspecto simplificado em relação ao Cruze, que continua sendo a opção mais premium da marca nesse segmento.

Chevrolet Monza RS tem motores turbinados 1.0 e 1.3 na China

Com faróis de LED e luzes diurnas também em LED, numa lente dupla, o Chevrolet Monza RS 2020 adiciona grade estilizada com acabamento preto, incluindo a gravata da Chevrolet, assim como logotipo RS e para-choque com linhas mais agressivas, composta também por spoilers integrados.


Na traseira, as lanternas duplas em LED possuem lentes escurecidas e o para-choque dispõe de elementos estéticos semelhantes aos do protetor dianteiro. A tampa do porta-malas tem um pequeno defletor de ar preto. As rodas de liga leve aro 17 polegadas têm desenho esportivo.

Chevrolet Monza RS tem motores turbinados 1.0 e 1.3 na China

Por dentro, a GM China não revelou o interior ainda, mas diz que o cluster será digital e configurável, tendo ainda multimídia com tela grande, bem como bancos em couro e conexão 4G LTE com hot spot Wi-Fi, algo que veremos no Cruze 2020, que será lançado no fim de janeiro ou começo de fevereiro no Brasil.

Na mecânica, o Chevrolet Monza RS 2020 usará o novo motor 1.3 Turbo com injeção direta de combustível e quatro cilindros, que entrega 163 cavalos e 23,4 kgfm. Assim como na versão Redline e demais (provavelmente LT e LTZ), o sedã também terá à disposição o motor 1.0 Turbo com as mesmas características deste último, mas com três cilindros, entregando 125 cavalos e 17,3 kgfm. O câmbio pode ser manual ou de dupla embreagem com seis marchas. Estes serão usados no Brasil também.

Chevrolet Monza RS tem motores turbinados 1.0 e 1.3 na China

Apesar do nome, dificilmente esse modelo chegará ao mercado brasileiro, devido à presença do Cruze. Além disso, na China, o mercado é tão grande, que é necessário ter sedãs médios mais simples que os produtos internacionais. Deve-se lembrar ainda que por lá, o Onix Sedan (nosso Novo Prisma) chegará em breve, ficando acima do Sail e abaixo do Monza.

Chevrolet Monza RS 2020 – Galeria de fotos

 

 

Chevrolet Monza RS tem motores turbinados 1.0 e 1.3 na China
Nota média 4.4 de 8 votos

  • Só é uma pena que de Monza ele não tem nada… Nem mesmo o clássico ‘pezinho’ da janela traseira. Aquela curva final.

    • Domenico Monteleone

      nosso Monza só se chamava Monza aqui, no resto do mundo era Ascona. Quem se chama Monza mundo a fora era outro carro, e mesmo assim não foi projetado como como um renascimento, só pegaram o nome na prateleira.

    • Paulo Lustosa

      Carro J com o nome Monza só no Brasil. Nos EUA e na Europa eram carros totalmente diferentes.

    • V12 for life

      É um sedã médio assim como o antigo, isso já torna digno do nome, diferente do que a Mitsubishi fez com o Eclipse.

  • Domenico Monteleone

    Receita ideal para o Brasil: simplificado ao máximo.

    • V12 for life

      Não tão ao máximo, a plataforma GEM e uma versão simplificada dessa, mas talvez esse Monza seja a referência para o Cobalt.

      • Edson Fernandes

        Esse aí já poderia ser o “novo” cobalt.

    • vicegag

      E me lembro, que quando aqui lançaram o Cruze, a QR disse que era uma alternativa simplificada ao Opel Astra, agora o Monza é lançado como alternativa para simplificar o simplificado.

      • Whering Filho

        O Cruze era uma versão Chevrolet do Daewoo Lacetti.

    • Joao Fontaniva

      não a ideal pra vender muito e ter lucros recordes, pega o simplificado nos outros países, e simplifica mais, poe peças de segunda, no preço você põe o mesmo que o Premium nos outros países, se quiser vender mais aumenta 20% no preço. aqui no bananal é sucesso de vendas garantido.

  • FearWRX

    acabou de começar 2019 e já vendem como 2020, que coisa nojenta

  • vicegag

    Não entendo os critérios para redução volumétrica, a VW aumentou de 1.4 para 1.5 o TSI, dando a entender que reduzir demais não era o ideal, agora FCA e GM optaram por reduzir de 1.4 para 1.3.

    • mjprio

      O que achei estranho foram os valores de torque, mais baixos que a média…

    • tiago

      Cada cilindro tem 333 cm³, 3 cilindros = 1.0; 4 cilindros 1332 cm³ = 1.3 ou 1.4 como prefere a honda.

    • V12 for life

      999/3= 333. 333×4= 1332. Isso significa que motores 1.0 de 3 cilindros podem usar os mesmos pistões, camisas e bielas que os 1.3 de 4 clindros, uma forma de reduzir custos. A VW escolheu outra forma, fazer um motor a gasolina com o mesmo deslocamento de um diesel, aumentando o 1.4 TSI para 1.5, assim como o 1.6 TDI seria reduzido também para 1.5, mas o Dieselgate parou esse plano.

    • Samluzbh

      Cada fabricante acha que seu projeto é o melhor por algum motivo que não sabemos ao certo, veja os Firefly da FCA usando somente 2 válvulas.

      • Edson Fernandes

        E que pelo menos o 1.0 , é um motor que eu ja andei e achei bem interessante. E é bem economico.

  • Natán Barreto

    Aqui seria o novo Cobalt. Mas teremos apenas o Prisma

  • francis

    O 1.8 m.p.f.i te espera agora flex e na Spin..

    • Rafael Neves

      o 1.8 falando “Venha que vou te usar… MUITO”kkkkkkkkkk

  • Roberto

    Se viesse poderia aposentar Cobalt e cruze.

    • Foonoslew

      Podia tanto ser nosso futuro prisma

    • Felipe Rocha de Assis

      Cruze já vai sair de linha, não deve passar de 2020.

      • Marcos Jesuino

        Só nos EUA

        • Felipe Rocha de Assis

          EUA e México.

  • Paulino Lino

    Poderia substituir o horrível Cobalt (ah, mas a GM cobraria preço de Cruze por esse Monza aí!)….. entendi.

    • Felipe Rocha de Assis

      Vão tirar o cruze de linha, substituir o cobalt pelo monza e cobrar preço de cruze, isso ai.

  • Gabriel

    Acho que falta uma refinada final na dianteira pra ficar, de resto achei bonito.

  • Wagner

    A GM deveria aposentar esse jurássico 1.8 e fabricar esse modernos motores turbo.

  • Fabão Rocky

    A GM sempre fez carros bonitos nos anos 70/80/90/2000. Se a GM fizesse releitura dos modelos que tivemos aqui no brasil como, Monza e Kadett, c/ ctz faria mto sucesso, assim como a VW fez a releitura do Fusca no New Beetle. O único erro foi q o New Beetle n veio como popular.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email