Chevrolet Pickups Segredos-Flagras

Chevrolet desenvolve picape para enfrentar a Fiat Toro no Brasil

Chevrolet desenvolve picape para enfrentar a Fiat Toro no Brasil

O sucesso da Fiat Toro no mercado brasileiro cresceu os olhos da Chevrolet. De acordo com informações, a General Motors está preparando uma picape inédita para a gama da fabricante norte-americana, que irá rivalizar diretamente com o modelo da Fiat. O novo modelo é indicado como um substituto para a atual e velha Montana no mercado latino-americano a partir de meados de 2020.


A exemplo das novas gerações da dupla Onix e Prisma, a nova picape compacta/média da Chevrolet será construída a partir da nova plataforma Global Emerging Markets (GEM) da General Motors. Ela será usada ainda na próxima geração do crossover compacto Tracker e em diversos outros modelos compactos de baixo custo para mercados emergentes.

Sendo assim, a inédita picape da Chevrolet terá estrutura monobloco, ao invés da concepção com chassi a exemplo da irmã maior S10, que seguirá em linha. O interessante é que a nova picape está sendo desenvolvida exclusivamente pela General Motors do Brasil, ao contrário dos outros modelos com a plataforma GEM que estão sendo projetados em conjunto pelas equipes das filiais brasileira e chinesa.

A estratégia da Chevrolet será praticamente a mesma aplicada pela Fiat na Toro, que é derivada do Jeep Renegade, e também pela Renault na Duster Oroch, que nada mais é que uma versão com caçamba do Duster. Neste caso, a base será a nova geração do Tracker.


Chevrolet desenvolve picape para enfrentar a Fiat Toro no Brasil

Vale lembrar que a atual Montana é derivada do já extinto hatch compacto Agile. Portanto, ela tem dimensões menores e espaço interno limitado, com espaço para somente duas pessoas e algumas bagagens atrás dos bancos.

No caso da nova picape, haverá uma configuração cabine dupla, com capacidade para até cinco ocupantes e também bagagens na caçamba.

Segundo rumores, o modelo contará com o mesmo motor do Cruze e do Tracker, o 1.4 litro Ecotec turbo que por aqui rende até 153 cv e 24,5 kgfm, combinado a uma transmissão automática de seis marchas. É provável que a oferta de propulsores inclua também uma unidade turbodiesel com tração 4×4.

A picape rival da Toro deverá ser construída na planta de São Caetano do Sul (SP), ao lado do novo Tracker.

[Fonte: GM Authority]

Chevrolet desenvolve picape para enfrentar a Fiat Toro no Brasil
Nota média 5 de 7 votos

  • Tosca16

    Uma vez brinquei que seria a “S-5” mas parece que já tem esse nome registrado hehe.

  • Ford Opala Attractive 200TSI

    Global Emerging Markets = carros mal acabados e sem segurança para países subsenvolvidos com habitantes trouxas.

    • Rodrigo Santos

      Para habitantes de países com baixa renda média, só isso.

      • Raul Cotrim de Mattos

        Sabe de nada, inocente…

    • Milton Fabiano Camargo

      E a preços absurdos! Inacreditavelmente, o brasileiro continua comprando. Consulte o preço da já antiga Montana e caia de costas.

  • Rafael Pereira da Silva

    Poderia vir com outro nome tipo Colina, Ipanema, Avalanche.. e deixar Montana para uma concorrente ao Strada, mas é um carro que eu estou ansioso para ver e fazer test drive

    • Vitor Barcellos

      Duvido muito na sobrevivência da atual Montana. E com relação ao nome, pode até ser Avalanche mesmo, já que era o nome da picape monobloco da GM nos EUA.

      • Oliveira

        o nome pode ser, já que tem o porte parecido, mas nos EUA a Avalanche não é mais produzida desde 2013..

        • Vitor Barcellos

          Sim, por isso que falei que ”era” o nome rs. Vamos ver como a GM vai se desenrolar com esses nomes. E será que a GM vai aproveitar algumas ”soluções” que utilizava na Avalanche?

          • Oliveira

            difícil dizer ao certo, mas talvez algumas, para baixar custos.. entretanto, Toro e Oroch são quase que inteiramente novas, então provável que GM seguirá o mesmo caminho, talvez pegando uma carona na plataforma K2, que equipa as pick-ups e suv GM e GMC..

        • Dp Som

          Avalanche era FullSize, muito maior que uma Toro.

          • Oliveira

            sim, mas por porte digo as medidas (entre eixos) serem relativamente próximas, entre as grandes e essas compactas.. dai tem como ter uma noção de tamanho..
            Avalanche 3,3m; S10 3,2m; Ranger 3,2m; Amarok 3m;

            Tarok 2,9m; Toro 2,9m; Oroch 2,8m..

            fora que a Avalanche era pick-up de Tahoe/Suburban, então era enorme mesmo..

        • Paulo Lustosa

          Avalanche era maior que a S10 e era chassis com longarina.

      • Dp Som

        Tem um engano aí, a Avalanche era gigante, e não era monobloco (muitos acreditam nisso por nao ter separação entre cabine e caçamba como normalmente tem em uma picape) ela usa a “plataforma” GMT900, assim como a Escalade EXT (sua versão para ricos kkk), Sierra… Silverado… etc.

        • Vitor Barcellos

          Sim, não falei que a Avalanche era pequena, mas no sentido da construção. E a Chevrolet Avalanche é considerada monobloco, existindo apenas sub-chassis na dianteira e traseira.

          • Paulo Lustosa

            Ela não é monobloco, é montada no mesmo chassis da Suburban, Escalade ESV, Escalade EXT e Yukon XL. É apenas um SUT, mas é chassis com longarina e suspensão a ar.

          • vitorbarcellos 5++

      • Paulo Lustosa

        Avalanche nunca foi monobloco

    • Bruno@BRN.CS

      El Camino, brincadeira, melhor não rebootar um clássico em carro que não faz jus

    • Vinicius LMS

      Acredito que poderão reaproveitar o nome Tornado que a Montana usa em outros países.

    • A Ford deve reviver a Ranchero como uma picape desse segmento. Então, seria coerente a GM reviver a El Camino também.

  • Aguiar Romero

    Eles dizem “competir”, eu digo que só vão criar mais uma para o cartel de preços que praticam! No Brasil não existe concorrência….

  • sigma7777777

    Onix picape made in China kkk E vai ser líder de vendas.

  • PAULO SANTOS

    Mais uma porcaria cara e sem qualidade.

  • el punidor

    Quero ver uma plataforma Global Emerging Markets (GEM) competir com uma Toro, que tem plataforma baseada no Renegade, veiculo vendido nos Eua e europa ocidental, assim como a futura e não citada VW Tarok, também com uma plataforma decente. A GM é tarada por um traste, impressionante, Dacia dos States…..desse jeito vai concorrer com a fantástica , SQN, Oroch!!

    • Raimundo A.

      O pessoal fala da plataforma do Renegade e tal, mas o Toro tem mais haver em termos de plataforma com o Doblo Work UP, que a maioria desconheci aqui.

      Esse Doblo tem reforços para suportar 1t e cedeu com pequena modificação a suspensão B-Link ao Toro. O Toro tem 4,91m de comprimento e 2,99m de E.E. O Doblo Work UP tem 4,98m de comprimento e 3,10m de entre-eixos. O Toro utiliza a estrutura do Doblo com redução nas medidas.
      Fica fácil dizer ser derivado do Renegade, só que ao mesmo tempo veio o 500X que compartilha a mesma base e antes destes dois, já havia o 500L o qual serviu de mula com as alterações de tração nas quatro rodas e novo eixo traseiro. Paralelamente ao Toro desenvolviam o Compass que utiliza a mesma base da carroceria com novas estamparias.
      O Toro nada mais é que o Doblo Work UP com medida menor e possibilidade de tração nas quatro rodas em termos de arquitetura.
      O Compass, sim, deriva do Renegade em termos de base porque a mula foi um Renegade alongado mantendo a parte inferior da plataforma apenas esticada. Devido ao design diferente, o Compass tem melhor espaço interno a nível de largura até porque a base da carroceria é comum ao Toro.

      • Vitor Barcellos

        Fora que esquecem que a Tarok usará a MQB A0 é a MQB simplificada rs

        • Oliveira

          a VW prefere dizer que é modificada.. haha

          • Cesar

            Os Lovers do Carlota também e que utilizam aços especiais valerianos.

        • Vitor C

          Simplificada mas mesmo assim usada em todos os mercados do grupo, inclusive em modelos audi. Melhor do que algo feito pra emergente pode ter certeza.

        • Vinicius LMS

          Não usará a A0, usará a versão normal que também é usada no Tarek, Skoda Karoq e Seat Ateca que derivam do mesmo projeto.

      • Sai da mesma fábrica de Compass e Renegade. Usa sim a mesma base.

  • Vitor Barcellos

    Já que vai matar a atual Montana, será que diferente da Toro e da Tarok, teremos uma versão cabine simples dessa picape GM?

  • Eduardo Sad

    Esses lançamentos com suposta data para meados de 2020 me dão uma preguiça… A Vida é agora!

  • mjprio

    Se vai ter o motor 1.4 T ja sai na frente da toro e Oroch, que ficam devendo um powertrain mais eficiente. Agora a diesel vão ter que trazer algo muito bom pra competir com o afamado Multijet 2.0 da FCA

    • Felipe Gonçalves

      Vc tá esquecendo que até 2020 provavelmente a FIAT lança o 1.3 Turbo dela que é sensacional.

      • mjprio

        Bem… vamos ver se isso acontece de fato… ja esta mais do que na hora… senão vale o que eu disse.

    • Retrato do Papai

      vendo pelo lado da plataforma ela já sai atrás da toro por usar uma do tipo “emergentes” (traduzindo, porqueira pra pobre), ficando mais próxima do sanderão com caçamba

      • mjprio

        Vc tem razão.

  • Elias Silva

    E eu achando que estava pra vim a Silverado (a exemplo da possível vinda da F-150)… que nada..

  • Daniel

    É só pegar o chassis da primeira versão da S10. Criar uma carroceria nova, com cabine dupla, colocar o motor do Cruze anterior com câmbio automático de 6 velocidades e na opção diesel colocar o motor do 608 melhorado. Kkk. Por ser novidade o pessoal sairá comprando em massa. Kkkk

    • Paulo Lustosa

      motor do 608?

      • Daniel

        Motor do 608 é só mesmo uma metáfora para com a GM que é conhecida aqui no Brasil costuma usar mecânicas antigas em veículos novos. Motor 608 é daquele caminhão Mercedes antigo que alguns até colocavam nos jipes antigo da Toyota.

        • Paulo Lustosa

          Eu sei, conheço bem o OM314 da 608 e Bandeirantes por causa das trilhas. Na S10 mesmo, melhor motor diesel que já vi equipar ela foi o MWM Sprint 4.07 TCA com bomba injetora, nem o 2.8 da VM Motori que a equipa hoje consegue ter a durabilidade e baixa manutenção que esse motor tem.

    • rgrigio

      Eu mesmo uns tempos atrás estava procurando uma S-10 geração antiga 2010-11 CS. Só achei bagaço ou as boas estavam a venda a 60k.

      Pra mim é o tamanho perfeito de pick-up.

  • Gabriel

    Antes de querer fazer uma pick up em uma categoria nova deveriam fazer uma Montana que presta, pq a da geração atual é fraca em todos os aspectos.

  • octavio cesar godoy

    Mais porcarias á vista, e mais brasileiros trouxas como eu comprando, kkkkkk, só o Bolsonaro pra dar jeito, kkkkkk

  • Paulino Lino

    Aposto que vai ser uma jabiraca de tão feia (a exemplo da maioria do portfólio da GM no Brasil)

  • Alvarenga

    Pouco provavel que esteja sendo desenvolvida aqui. Até onde sei a GMB não tem mais engenharia local.

  • Guh MDNS

    Se realmente for projetada EXCLUSIVAMENTE pela GMB tem chance de ficar muito bonita, a exemplo da primeira geração da Montana que ficou bem interessante. Quando a GMB quer o design fica muito bonito!!!
    Porque se tiver dedo da chinesa SAIC tem grande chance de ficar uma picape bem sem graça, insossa e até feia, tendo em vista os atuais modelos GM com design da SAIC!!!

    • Cosi fan Tutti

      Qual modelo? Pq os novos Prisma e Onix da SAIC ficaram ate bonitos, inclusive são inspirados na Buick.

  • Bruno@BRN.CS

    Tomara que puxe a beleza da Montana base Corsa C e não a Monstrana

  • Retrato do Papai

    Global Emerging Markets… lá vem bomba

  • Fabiano_Olivr

    E os preços da S-10 que já são salgados vão dar hipertensão só de saber kkkkkkk

  • Marco

    …” O interessante é que a nova picape está sendo desenvolvida exclusivamente pela General Motors do Brasil, ao contrário dos outros modelos”… isso dá MEDO !!! :(
    Da última vez que aconteceu isso, surgiram bizarrices ao estilo Agile / Monstrana / coCôbált / Spin. Trocando em miúdos: só saiu marmota da linha de montagem da General Monsters.
    É esperar prá ver, e torcer (muito) prá ver se vai sair algo que preste.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email