*Destaque *Featured Chevrolet Lançamentos Linha 2018 Sedãs

Chevrolet Prisma 2018: fotos, preço, consumo, versões, desempenho e detalhes

chevrolet-onix-prisma-2017-NA-84 Chevrolet Prisma 2018: fotos, preço, consumo, versões, desempenho e detalhes

O Chevrolet Prisma 2018 já está na rede de concessionárias da marca. O Prisma 2018 segue sendo o sedã mais vendido no Brasil,  disputando sempre com o Corolla, que atua em outro segmento, e para a linha 2018 traz pequenas novidades. Mas antes disso, vamos aos números de vendas até julho de 2017. Sua plataforma é uma variação global da Gamma II da General Motors e é a mesma aplicada aos Chevrolet Onix 2018, Chevrolet Cobalt 2018 e Chevrolet Spin 2018.



O sedã compacto da General Motors emplacou nada menos que 37.502 unidades, ficando em sexto no mercado de automóveis em 2017. No mês de julho, o Chevrolet Prisma 2018 vendeu 6.300 unidades, ficando em quinto entre os automóveis. O modelo vem sendo – assim como seu irmão Onix 2018 bastante desejado pelos consumidores que querem um modelo compacto e com um bom porta-malas, mas que também tenha performance adequada, espaço interno, conforto e, especialmente, conectividade a bordo.

Fabricado em Gravataí-RS, o Chevrolet Prisma 2018 é feito junto com o Onix 2018 e está em sua segunda geração, já que a primeira era derivada do Celta, modelo popular vendido no Brasil e feito igualmente no Rio Grande do Sul até poucos anos atrás. Com o hatch atual, o sedã faz uma dupla imbatível, que recentemente recebeu atualização visual, bem como estrutura reforçada e diversas alterações para reduzir consumo de combustível.

chevrolet-prisma-2017-avaliação-NA-41 Chevrolet Prisma 2018: fotos, preço, consumo, versões, desempenho e detalhes

Chevrolet Prisma 2018 – detalhes

Com 4,27 m de comprimento, 1,70 m de largura, 1,48 m de altura e 2,52 m de entre eixos, o Chevrolet Prisma 2018 tem um estilo atualizado bem interessante, oferecendo um bom porta-malas com 500 litros de capacidade, assim como peso baixo, variando de 1.035 kg até 1.085 kg, tendo ainda tanque de 54 litros.

A frente é baixa e recebe faróis monoparabola com opção de LEDs diurnos, grade dividida com logotipia da Chevrolet, detalhes cromados, para-choque com grandes ressaltos nas laterais e faróis de neblina circulares. O Chevrolet Prisma 2018 conta com vincos bem pronunciados sobre as saias de rodas, bem como boa área envidraçada e colunas reforçadas. As rodas de liga leve aro 15 polegadas têm desenho harmônico e os pneus 185/65 R15 dispõe de sensores para medição de pressão. Eles também são de baixa resistência à rolagem.

Na traseira, o Chevrolet Prisma 2018 apresenta lanternas compactas e redesenhas com iluminação eficiente, bem como tampa do porta-malas com defletor de ar natural e logotipia Chevrolet. O para-choque tem refletores noturnos, bem como câmera de ré e suporte para placa. O aplique central é preto e os retrovisores são na cor do carro, mas sem repetidores de direção. No teto, há também uma antena ajustável para o sistema de áudio.

chevrolet-prisma-2017-avaliação-NA-31 Chevrolet Prisma 2018: fotos, preço, consumo, versões, desempenho e detalhes

Chevrolet Prisma 2018 – novidades

O Prisma 2018 estreia apenas uma nova opção de cor para a carroceria, tem reposicionamento dos logotipos na tampa do porta-malas e, infelizmente, preços mais altos. Agora é possível encontrar o Chevrolet Prisma 2018 apenas com preços a partir de R$ 45.790. Outra novidade é a introdução do aplicativo Waze na atualização do sistema Android Auto, permitindo que o condutor possa ter o aplicativo de navegação mais desejado do mercado.

Com o Waze disponível para operação a partir da central de entretenimento GM MyLink II, o Chevrolet Prisma 2018 permite ao motorista ter as melhores rotas de navegação para reduzir o tempo de viagem, bem como receber e emitir avisos de diversas ocorrências, entre elas acidentes, carros parados na via, buracos, congestionamentos, polícia, radares móveis, etc. Tudo pode ser feito por comandos de voz, assim como buscar uma nova rota. Como está integrado ao MyLink, não é necessário a liberação por estar em movimento, nem mesmo utilizar qualquer função do aparelho, que é desativado para que tudo seja feito ao toque da tela ou por voz.

Também seguindo a linha do Onix 2018, o Prisma 2018 agora dispõe da cor “Azul Imperial” metálica, que tem preço de R$ 1.400 e está disponível para as versões LT e LTZ. Outra novidade fica por conta dos logotipos na tampa do porta-malas, sendo que o nome do modelo agora se posiciona no lado esquerdo e o nome da versão, no lado direito. Há também a luz de neblina traseira, de série nas versões LT e LTZ.

Chevrolet Prisma 2018 – versões

O Chevrolet Prisma 2018 é vendido nas versões Joy 1.0, LT 1.4 e LTZ 1.4, estas últimas tendo opção de câmbio manual ou câmbio automático. A versão Joy 1.0 ainda tem a carroceria da versão anterior, sem novos faróis e novas lanternas traseiras. Esta versão é bem mais simples, não tendo nem sequer travas elétricas, embora tenha vidros elétricos. Não há rádio ou qualquer outro itens de conforto, exceto ar-condicionado e direção elétrica. Ele dispõe do aplicativo OnStar, mas as funcionalidades são todas agregadas ao aparelho móvel, desde que conectado ao veículo.

Já nas versões LT e LTZ, ambas com motor 1.4, o Chevrolet Prisma 2018 tem o visual atualizado, com frente baixa, novos faróis com LEDs diurnos, grade remodelada, para-choques novos, assim como lanternas. O painel é igual em todos, exceto o volante no Joy. Estas opções tem mais equipamentos, destacando-se a multimídia MyLink II com os sistemas Android Auto e Car Play, bem como os diversos serviços do OnStar, que podem ser reproduzidos na tela da central de entretenimento. Com estas versões, o sedã da GM tem um pacote enxuto na gama e sem opcionais, embora possua vários acessórios.

chevrolet-onix-prisma-2017-NA-61 Chevrolet Prisma 2018: fotos, preço, consumo, versões, desempenho e detalhes

Chevrolet Prisma 2018 – equipamentos

Chevrolet Prisma Joy 2018 – De série com motor 1.0 MPI, transmissão manual de seis velocidades, ar condicionado, direção elétrica, airbag duplo, freios com ABS e EBD, alarme anti-furto, monitoramento de pressão de pneus, para-choques pintados na cor do carro, rodas de aço aro 14 polegadas com calotas, banco traseiro rebatível, trava elétrica nas quatro portas, vidro elétricos nas portas dianteiras e preparação para instalação de rádio.

Chevrolet Prisma LT 2018 – Itens acima, mais motor 1.4 MPI, multimídia MyLink II com tela sensível ao toque de 7 polegadas, Android Auto (Google Maps e Waze) e Apple CarPlay, radio AM/FM, entradas USB e auxiliar, Bluetooth, OnStar (Pacote Protect), rodas de aço aro 15 polegadas com calotas integrais, fechamento e abertura automática pela chave canivete, espelhos retrovisores externos na cor do carro, faróis com máscara negra, abertura do porta malas por controle remoto, grade frontal com detalhes em prata, maçanetas externas na cor do carro, maçanetas internas cromadas, sensor de estacionamento traseiro, vidros dianteiros elétricos one touch e anti esmagamento, volante multifuncional e banco do motorista com regulagem de altura.

Chevrolet Prisma LT AT 2018 – Itens acima, mais transmissão automática de seis velocidades com opção de troca manual de marchas e controle de cruzeiro com comandos no volante.

Chevrolet Prisma LTZ 2018 – Itens do LT, mais lanternas de neblina, rodas de alumínio aro 15 polegadas, volante com revestimento premium,  espelhos retrovisores elétricos na cor da carroceria, câmera de ré, faróis com detalhes cromados e LEDs diurnos, grade com detalhes cromados, computador de bordo, vidros elétricos nas portas dianteiras e traseiras, bancos de tecido com revestimento premium e OnStar (Pacote Exclusive).

Chevrolet Prisma LTZ AT 2018 – Itens acima, mais transmissão automática de seis velocidades com opção de troca manual de marchas e controle de cruzeiro com comandos no volante.

O Chevrolet Prisma 2018 vem nas cores Preto Ouro Negro, Prata Switchblade, Cinza Graphite, Vermelho Carmin, Azul Imperial e Branco Summit, sendo esta última sólida com preço de R$ 650 e as demais metálicas, que custam R$ 1.400, exceto Preto Ouro Negro.

O sistema OnStar está disponível para o Chevrolet Prisma 2018 nos pacotes Safe, Protect e Exclusive. O pacote Safe é o mais básico e oferecido somente para a versão Joy, que não possui sistema de rádio e nem multimídia MyLink II. Custando R$ 50,00 por mês, esse serviço utiliza o smartphone e apresenta os seguintes itens: assistência 24 horas contra roubo ou furto com rastreamento do veículo, verificação da manutenção e sistemas do veículo, sensores de prevenção de roubo e OnStar App (alertas de movimento, valet, velocidade, sigam-me, localize-me, atendimento e informações).

Já o Pacote Protect (de série no Chevrolet Prisma LT 2018), custa R$ 65,00 por mês. Este adiciona acionamento de luzes e buzinas de forma remota, travamento e fechamento de portas, navegação, monitoramento em rota e destino seguro (determinado pelo proprietário), chamada de emergência, resposta automática à acidentes, assistência 24 horas para panes e defeitos, botão de emergência e Bom Samaritano, função que permite avisar a central de emergência sobre um acidente envolvendo pessoas de outros veículos.

Por fim, o Pacote Exclusive (de série no Chevrolet Prisma LTZ 2018), custa R$ 80,00 e adiciona os seguintes itens: navegação por seta diretamente no MyLink, navegação integrada ao MyLink por meio do ícone do OnStar, pontos de interesse, navegação no OnStar App e concierge com assistente 24 horas para os mais variados pedidos, incluindo remédios, locais que ainda estejam abertos, pedidos online, orientação sobre trânsito ou locais desconhecidos, pedidos de ajuda, entre outros.

Chevrolet Prisma 2018 – preços

Todas as versões do Chevrolet Prisma 2018 sofreram reajustes, que variam de R$ 910 a R$ 1.300.

Confira os preços do Prisma 2018:

Chevrolet Prisma Joy 1.0 MT6: R$ 45.790 (R$ 1.300)
Chevrolet Prisma LT 1.4 MT6: R$ 55.790 (R$ 900)
Chevrolet Prisma LT 1.4 AT6: R$ 61.150 (R$ 960)
Chevrolet Prisma LTZ 1.4 MT6: R$ 60.990 (R$ 910)
Chevrolet Prisma LTZ 1.4 AT6: R$ 67.050 (R$ 1.060)

chevrolet-prisma-2017-avaliação-NA-23 Chevrolet Prisma 2018: fotos, preço, consumo, versões, desempenho e detalhes

Chevrolet Prisma 2018 – motor

O Chevrolet Prisma 2018 vem equipado com dois propulsores já bem conhecidos do mercado nacional. Eles fazem parte ainda a Família I da General Motores e possuem concepção dos anos 90. Mas, a montadora americana fez ajustes nestes propulsores há alguns anos e mais recentemente em 2016.

Eles ganharam aperfeiçoamentos no comando de válvulas, novos pistões, bielas, virabrequim com nova usinagem em aço fundido, anéis de pistão redesenhados, óleo lubrificante menos espesso, bem como modificações nos coletores e ajuste da eletrônica da ECU. O Chevrolet Prisma 2018 também recebeu modificações no subframe que sustenta os motores, assim como nos coxins.

O pacote de ajustes no Chevrolet Prisma 2018 em 2016 ainda compreende o uso de mais aços de alta resistência, bem como defletores de ar sob o chassi, redução do coeficiente aerodinâmico, alternador com sistema de proteção elétrica, gerenciamento da bateria com recuperação de energia, pneus de baixa resistência à rolagem, nova calibração de molas e amortecedores, rolamentos de menos resistência ao atrito e uma nova arquitetura elétrica da plataforma.

O motor 1.0 MPI da General Motors tem quatro cilindros em linha, cabeçote com oito válvulas e comando de válvulas com variador de posição. Além disso, possui injeção eletrônica indireta de combustível, entregando assim 78 cv com gasolina ou 80 cv com etanol, ambos obtidos a 6.400 rpm.

Já os torques são de 9,5 kgfm na gasolina e 9,8 kgfm no etanol, ambos a altos 5.200 rpm. Mesmo sendo obtidos em rotações altas, o pequeno motor oferece boa carga de força em baixa. Além disso, o Chevrolet Prisma 2018 vem com transmissão manual de seis marchas.

Isso confere ao sedã compacto uma performance interessante na versão Joy, obtendo mais rendimento do motor com uma sexta marcha, reduzindo assim seu esforço em estrada e permitindo encurtar mais as outras marchas, melhorando a condução na cidade. Assim, o Prisma Joy 2018 faz de 0 a 100 km/h em 13,4 segundos e tem máxima de 167 km/h. Os consumos são de 12,9 km/l e 15,6 km/l com gasolina, respectivamente cidade e estrada, bem como 9,0 km/l e 11,1 km/l com etanol, respectivamente cidade e estrada.

Já o motor 1.4 MPI da General Motors equipa as versões LT, LT Automática, LTZ e LTZ Automática do Chevrolet Prisma 2018, tendo também quatro cilindros em linha, cabeçote com oito válvulas e comando de válvulas com variador de posição de abertura e fechamento. Tem igualmente injeção eletrônica indireta flex, entregando assim 98 cv com gasolina ou 106 cv com etanol, ambos obtidos a 6.000 rpm.

Já os torques são de 12,9 kgfm na gasolina e 13,9 kgfm no etanol, ambos a altos 4.800 rpm. Como você pode perceber, esses números até que são modestos e ainda assim obtidos em rotações altas, mas o longevo motor – que um dia equipou Celta e o Prisma antigo –  oferece boa disposição em baixas rotações, sendo suficiente para as pretensões do modelo. Além disso, o Chevrolet Prisma 2018 tem a ajuda da moderna transmissão manual de seis marchas.

Com ela, o sedã compacto entrega uma performance, mas apenas nas versões LT e LTZ, obtendo assim melhor rendimento do motor na sexta marcha, mantendo o giro baixo em estrada e saías mais vigorosas com o encurtamento das demais marchas, garantindo boa condução na cidade. Dessa forma, o Chevrolet Prisma 1.4 2018 faz de 0 a 100 km/h em 10,5 segundos e tem máxima de 180 km/h. Os consumos são de 12,9 km/l e 15,4 km/l com gasolina, respectivamente cidade e estrada, bem como 8,8 km/l e 10,7 km/l com etanol, respectivamente cidade e estrada.

Mas, o Chevrolet Prisma 1.4 2018 tem ainda à disposição a transmissão automática GF6-3 da General Motors. Equipada com conversor de torque, a caixa hidramática tem seis velocidades e uma programação focada no conforto ao dirigir e na economia. Além disso, ela possui opção de mudanças manuais na própria alavanca, através de um botão. O sistema é chamada “Active Select”, mas é pouco intuitivo, pois não apresenta os bons paddle shifts no volante, como acontece nos Chevrolet Cruze 2018 e Chevrolet Cruze Sport6 2018.

Com essa transmissão, que possui sistema de dupla redução e identificação de condução para segurar marchas, a fim de proporcionar melhor retomada ou ultrapassagens, o sedã faz de 0 a 100 km/h em 11,9 segundos com velocidade máxima de 171 km/h. Os consumos do Chevrolet Prisma 1.4 AT 2018 são de 11,9 km/l e 14,7 km/l com gasolina, respectivamente cidade e estrada, bem como 8,1 km/l e 10,2 km/l com etanol, respectivamente cidade e estrada.

chevrolet-prisma-2017-avaliação-NA-38 Chevrolet Prisma 2018: fotos, preço, consumo, versões, desempenho e detalhes

Chevrolet Prisma 2018 – desempenho

Aceleração de 0-100 km/h

  • Chevrolet Prisma 1.0 2018 – 13,4 segundos (etanol)
  • Chevrolet Prisma 1.4 2018 – 10,5 segundos (etanol)
  • Chevrolet Prisma 1.4 AT 2018 – 11,9 segundos (etanol)

Velocidade máxima 

  • Chevrolet Prisma 1.0 2018 – 167 km/h (etanol)
  • Chevrolet Prisma 1.4 2018 – 180 km/h (etanol)
  • Chevrolet Prisma 1.4 AT 2018 – 171 km/h (etanol)

Chevrolet Prisma 2018 – consumo

Motor 1.0

Consumo gasolina
Consumo cidade 12,9 km/l
Consumo estrada 15,6 km/l

Consumo álcool
Consumo cidade 9,0 km/l
Consumo estrada 11,1 km/l

Motor 1.4

Consumo gasolina
Consumo cidade 12,9 km/l
Consumo estrada 15,4 km/l

Consumo álcool
Consumo cidade 8,8 km/l
Consumo estrada 10,7 km/l

Motor 1.4 AT

Consumo gasolina
Consumo cidade 11,9 km/l
Consumo estrada 14,7 km/l

Consumo álcool
Consumo cidade 8,1 km/l
Consumo estrada 10,2 km/l

Chevrolet Prisma 2018 – ficha técnica

Motor

Motor 1.0

Motor 1.4

Motor 1.4 AT6

Tipo

Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Número de cilindros

4 em linha

4 em linha

4 em linha

Cilindrada em cm3

999

1389

1389

Válvulas

8

8

8

Taxa de compressão

12,6:1

12,6:1

12,6:1

Injeção eletrônica de combustível

Multiponto

Multiponto

Multiponto

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484)

Gasolina: 78 cv @ 6400 rpm / Etanol: 80 cv @ 6400 rpm

Gasolina: 98 cv @ 6000 rpm / Etanol: 106 cv @ 6000 rpm

Gasolina: 98 cv @ 6000 rpm / Etanol: 106 cv @ 6000 rpm

Torque Máximo Líquido (ABNT NBR 5484) 

Gasolina: 9,5 kgfm @ 5200 rpm / Etanol: 9,8 kgfm @ 5200 rpm

Gasolina: 12,9 kgfm @ 4800 rpm / Etanol: 13,9 kgfm @ 4800 rpm

Gasolina: 12,9 kgfm @ 4800 rpm / Etanol: 13,9 kgfm @ 4800 rpm

Transmissão

Tipo

Manual 6 marchas

Manual 6 marchas

Automática 6 marchas

Freios

Tipo

Disco ventilado / tambor

Disco ventilado / tambor

Disco ventilado / tambor

Direção

Tipo

Elétrica

Elétrica

Elétrica

Suspensão

Dianteira

McPherson, independente com barra estabilizadora

McPherson, independente com barra estabilizadora

McPherson, independente com barra estabilizadora

Traseira

Eixo de torção

Eixo de torção

Eixo de torção

Rodas e Pneus

Rodas

Aço aro 14 polegadas

Liga Leve aro 15 polegadas

Liga Leve aro 15 polegadas

Pneus

185/70 R14

185/65 R15

185/65 R15

Dimensões

Comprimento total (mm)

4275

4275

4275

Largura sem retrovisores (mm)

1705

1705

1705

Altura (mm)

1484

1484

1484

Distância entre os eixos (mm)

2528

2528

2528

Capacidades

Porta-malas (litros)

500

500

500

Tanque (litros)

54

54

54

Carga útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg)

375

375

375

Peso em ordem de marcha (kg)

1035

1054

1085

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

0,33

0,33

0,33

Chevrolet Prisma 2018 – manutenção e revisão

Revisão

Custo

Quilometragem

Motor 1.0

Motor 1.4

Motor 1.4 AT6

10.000 km

R$ 224

R$ 224

R$ 224

20.000 km

R$ 444

R$ 444

R$ 444

30.000 km

R$ 612

R$ 612

R$ 612

40.000 km

R$ 428

R$ 428

R$ 428

50.000 km

R$ 368

R$ 368

R$ 368

60.000 km

R$ 1.004

R$ 1.004

R$ 1.004

Chevrolet Prisma 2018 – fotos

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

5.0

COMPARTILHAR:
  • Moreno Rocha

    Nú, que legal. Sedan com airbag duplo, sem ESP, TCS, isofix, blá blá blá custando quase 70k reais. Zero no Crash Test. Estamos todos de parabéns. Isso é o retrato do nosso mercado, pois é a versão Sedan do carro que mais vende.

    • El Gato Negro

      Ah velho, pára de encher o saco com essa história do crash test. Ele vem com My Link, cara!!! É uma tela com recursos multimídia!!! Só isso já vale 70 mil!!!

      (Sei lá… não preciso colocar que é ironia, né? Ou precisa? Vai que… né?)

      • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Dezen Seide

        Esse caixão é maior
        Cabe até a sogra no bagageiro

      • Moreno Rocha

        Hahahahah olha não dá nem pra rir, porque o pior é que tem gente que REALMENTE acha que vale isso por causa do MáILINK e do 0sta… ops OnStar rs

        • Raimundo José Paiva Pereira

          MáILINK
          O certo é: maiLinque!
          Grande porcaria: Já sei de gente que o trocou por dvd 2 din pioneer.

    • Filipe

      Mostra muito que tipo de sociedade nós somos.

    • Igor Lima

      Até q enfim trocaram o nome do modelo e da versão de lugar… Agora sim vou comprar!

      • Isso é ótimo, vai absorver a energia do impacto…

        Com certeza tira umas 3 estrelas agora… Kkkkkkk

    • Carlos Eduardo da Silveira

      Caso alguém não tenha entendido… “pois é a versao Sedan do carro que mais vende”… Traduzindo é o MODELO Sedan mais vendido do Brasil/Banânia. A VERSÃO mais vendida deve ser a “Chevrolet Prisma LT 1.4 MT6: R$ 55.790 (R$ 900)”.

  • Fanjos

    Não chegou a 70 mil, eu ignoro

    • oscar.fr

      E vamos combinar que ele merece. Carro com cara de 80 mil, pois tem frente de Cruze (carro de 150 mil, no mínimo).

    • Matheus Conrado

      que suba mais,quero que o meu “capitalize”

  • Brasileiro

    Poderiam lançar a versão Latin Ncap!

    • Carlos Eduardo da Silveira

      Se a Chevrolet lançar essa versão…. melhor ir de Cruze…. o preço passa fácil os 100Mil temers com todos itens de segurança a serem instalados…

  • Handlay P.B.

    Já vi o Prisma 2017/2018 LTZ na rua, eu achei sua lanterna de neblina meio forte, isso porque eu estava a uns 10-15 metros de distância. Esses preços estão estratosféricos, mas enquanto o Futebol estiver passando, a Ludmilla fizer sucesso e a TV estiver ligada para o brasileiro vai estar tudo bem… Se depender de mim essa carroça fica com os pneus murchos e acumula uma enorme camada de poeira nas concessionárias…

    • arzanette

      vc queria o que um vaga-lume piscando ?

  • Elfo Safadão.

    O caixãozinho ficou mais caro.
    O enterro vai ser de luxo?

    • Matheus Conrado

      não se preocupe,em caso de acidente o ONstar tem botão de emergência

      • Elfo Safadão.

        Pra chamar a funerária?

        • Raul Pereira

          Esse funcionalidade será adicionada posteriormente… igual quando falaram que o MyLink 1 receberia mais funcionalidades… estamos esperando até hoje

  • Junoba

    O brasileiro recebe em média R$2.000/mês. Como um brasileiro médio consegue comprar carros tão caros !?

    • Elfo Safadão.

      O banco empurra financiamento a longo prazo, as pessoas preferem hipotecar a suas vidas e manter esse mercado vergonhoso.

    • Pablo Moreira

      com o carnê mais grosso que a trilogia do senhor dos anéis…

    • Pedro Mueller

      Existem aqueles que já são ricos, os que estudam e ficam ricos e aqueles que aprenderam com o PETÊ a parcelar tudo a perder de vista.

      • Igor Lima

        Por que só com o PT? Com o PT, democratas, PMDB, PP, PSDB, PRB, PSOL, afinal… Tem escândalo para todo mundo não está acompanhando ?

        • Pedro Mueller

          Eu sei amigo, aqui no brasil falta um grupo terrorista de extermínio de político corrupto.

    • Cidadão

      Receber em média não quer dizer que todo mundo ganha isso. Quem compra carro zero não ganha isso

      • Junoba

        Mas é isso que eu quero dizer. Comprar carro zero 0km virou coisa de “endinheirado”, ou seja, uma pequena parcela da população.

        • Rafael Lima

          Sempre foi só uma parcela pequena que tem condições de comprar um carro

          • Junoba

            Ou seja, o Brasil é um país de poucos.

        • Cidadão

          Isso é verdade

  • Wagner Lopes

    Bom carro caso custasse até 35K….a versão topo…

  • Daniel dos Santos

    Nao colocaram mais airbags e outros sistemas de seguranca? Continua o mesmo…

    • Matheus Conrado

      não ia adiantar,o airbag so ia servir de travesseiro pra defunto,ja que a resistência dele é igual a lata de sardinha.. por equanto vc paga em media de mil reais pra ter a novidade de um logo que trocou de lugar..

      • Davi Millan

        Gostei do travesseiro de defunto!

      • ALVIN_1982

        Lata de sardinha é muito mais resistente… vc acabou com a lata :(

      • Alex BH

        E essa de trocar logos de lugar só confundem a gente. Quando tiver no mercado de usados, daqui a alguns anos, e o (coitado) do camarada for procurar um Prisma ou Onix 2017 / 2018, aí vai vir aquela pergunta: será que já bateram na traseira? Porque uns têm o logo de um lado, outros de outro… Por exemplo o Fit antigo, têm uns que o logo tá na esquerda, outros na direita.

        • Matheus Conrado

          no caso do onix/prisma eles se baseiam na nova linguagem da Chevrolet como se vêem no Cruze,tracker e equinox.. antes disso as siglas ficavam nas laterais (classic,celta,agile) umas besteirinhas pra deixar o anterior envelhecido.. ja que não tem coragem pra colocar equipamentos novos de fato.

  • Luís Paulo

    legal!
    mudam o nomezinho dele de lugar na tampa do porta malas e aumentam mais de mil reais!
    é uma palhaçada sem tamanho mesmo esse Huezil!

  • Renato

    Para quem não sabe, o Prisma, Cobalt, Onix e Spin não vem com o Filtro de Cabine (filtro do ar condicionado) de fabrica. Caso queiram, terão que colocar como um ” acessório” a parte, pago a parte, para se proteger dos poluentes dentro do veículo, mesmo o carro custando mais de R$ 67 mil.
    Caso tenham interesse, entre no site da montadora, escolha um desses modelos, Versões ficha técnica / Itens disponiveis, e leiam ao final da tabela.
    Recentemente seu irmão de plataforma Onix recebeu uma nota 0 no quesito segurança, e como ambos dividem a mesma plataforma…
    Ainda falando em segurança, não tem cinto traseiro de 3 pontos e encosto de cabeça para o ocupante do meio;
    Air Bags Laterais; Controle de estabilidade.
    Não tem um Parabrisa Degrade, mesmo no nosso pais sendo tropical, incidencia solar alta…
    Estamos falando de um carro que ainda utiliza o motor 1.4 do Celta de anos atrás (com melhorias, claro), mas sua concepção é antiga, não tem tanta tecnologia embarcada no motor ou no carro, nada que justifique um preço tão alto assim!

    • Pedro Mueller

      Amigo, é mentira isso do filtro de cabine neh!?!?! Ja tinha nojo dos GM e agora sinto ânsia de vomito.

      • Renato

        Infelizmente não Pedro, não só o Prisma, mas o Onix, Cobalt e Spin não vem com o filtro de cabine de fabrica!
        Entre no site da montadora, selecione o carro. Em seguida Selecione Versões Ficha Técnica e Itens Disponiveis. No final da pagina, abaixo da tabela tem a descrição sobre isso.
        Em uma breve pesquisa no google, reclame aqui, você também poderá ler relatos de proprietarios que descobriram isso depois da compra!

        • Pedro Mueller

          Sério amigo, como fakta esclarecimento pro brasileiro, essas montadoras sambam na cabeça de quem sua pra pagar financiado esses carros.
          Isso se chama falta de respeito.

      • Raul Pereira

        É verdade. No meu a vendedora quis empurrar como opcional…
        Ah! sabe o que mais ele tem? o estepe ecológico! Sim, aquele fininho que não sustenta andar a mais de 80km/h

        • Pedro Mueller

          O estepe até não me incomoda, é menos peso pra carregar, nunca troquei pneu mesmo com pneu furado, sempre tem dado tempo de chegar na boracharia.

          • Raul Pereira

            Eu também não. Nãoligaria, mas eles fazem uma economia absurda e não repassam pra nós, ou seja: mais lucro sujo

    • Matheus Conrado

      sobre o parabrisa degradê,discorso.. o carro tem uma parabrisa inclinado até demais não faz falta nehuma. sobre o resto concordo com tudo.. essa do filtro é sacagem ao extremo a porcaria do filtro,mesmo de marca boa(Mahle) me custou 30$ …o ridículo é que na lista da revisão de 30k vem dizendo: troca do elemento filtrante do sistema de ar condicionado… piada.

      • Renato

        Com relação ao parabrisa degradê, a sua função é evitar o ofuscamento dos ocupantes dos bancos dianteiros por raios solares. Por mais ou menos inclicado que seja, os raios solares adentram o habitaculo, na linha de visão do condutor.
        Mas o real motivo para não ter é a economia que a montadora faz, não só no Prisma, mas em quase toda linha (exceto S10, TrailBazer e Camaro). Pasme, nem mesmo o Cruze que pode chegar a mais de R$ 110 mil, não tem o parabrisa Degradê!

    • RATICIDA

      E na linha 2017 o Onstar só é gratuito por 6 meses. Era 1 ano….

  • Pedro Mueller

    Por esse precinho campeão já incluíram plano funeral no Prisma e Onix?

  • Pedro Mueller

    Vi que a GM vai lancar como opcional alguns pacotes para Onix e Prisma.
    Pack1: plano funeral para até 5 ocupantes
    Pack2: cremação
    Pack Heaven: pack1+pack2
    Pack 0-star: já vem com rosario pendurado no retrovisor.

    • Danilo Figueira

      hahahahahhahahahahhahahaha melhor comentario ate agora

    • Marco

      Boa!!! Criatividade Nota 10 !!!

      • Pedro Mueller

        Obrigado, Deus abençoe.

  • Janderson von Neumann

    Quanto mimimi com essa história de crash test, até parece que todo mundo compra carro pensando em bater….além do mais, já ví vários acidentes com Onix e Prisma e me surpreendi com a estrutura e por saber que sairam passageiros ilesos deles, ano passado um onix caiu de um viaduto aqui em Poa, e o motorista não se machucou, isso em um viaduto alto…, além do mais, sei que equipamentos de segurança são essenciais, eu mesmo sou defensor de que o carro seja o mais completo e seguro possível, mas dependendo do acidente não existe nada que salve, quem é daqui do RS e viu o acidente do casal de médicos a bordo de uma BMW nova e top viu que de nada adiantou um monte de recursos…., sei lá, tem casos que só Deus salva mesmo…., mas falando do Prisma, usei um ontem de Cabify, zero km, adorei o carro, muito macio, nada de barulho interno, bem acabado, barulho de motor quase nulo, suspensão que absorve bem o piso lunar daqui, enfim, achei ele bem acertado, o cara me disse que tinha um Onix antes, 2013, e que esse Prisma zero que ele pegou tá muito diferente, melhor montado, melhor acertado, ele estava muito satisfeito, e eu como passageiro gostei mesmo do carro, mesmo não comprando mais GM eu senti uma velha lembrança dos tempos que eu era cliente fiel da marca, aquele Prisma ontem me fez voltar no tempo e sentir a volta do bom acabamento da GM e da maciez do conjunto.

    • Louis

      Então vai lá e compre o seu. Mas torça para ninguém bater na sua porta.
      Depois de um resultado vergonhoso desses, eu riscaria da minha lista de compra.
      Papelonix.

      • Alex BH

        Ia dizer o mesmo. Já tive carros da GM, eram referência em tecnologia, conforto, etc. Mas deixei de ser cliente e perderam meu respeito lá pra 2003. De lá pra cá, os carros dela só pioraram, e o line-up ficou péssimo.

        • Marco

          Conterrâneo, eu risquei a GM do meu portfólio depois que eles tiveram a cara de pau de lançar um tal de k-h-Agile, Monstrana, coCôbált e aquela marmota da Spin. Uma montadora que se preze jamais lançaria coisas tão grotescas quanto estes carros.

      • Eduardo

        Os caras metem o pau no Prisma, andam de Gol, Voyage, Uno, Palio, enfim.. é tudo a mesma mer**.

        Ou vai dizer que algum popular (tirando o up) tira alguma nota razoavel em crash test?? Digo popular, preço abaixo de 70 mil.

        • Louis

          Mas, podendo escolher, por que escolher um que tirou ZERO e praticamente não tem proteção lateral? Minha crítica é para quem vai comprar o Onix 0km, quem já tinha comprado, paciência.

          • Eduardo

            Mas vc não acha estranho somente o Onix ter passado por esse teste recentemente? Será que não estão tentando dar uma “queimada” no produto? Um instituto PRIVADO fazendo um teste justamente no líder de vendas. Acredito que na linha nacional, somente UP vai tirar alguma estrela..

            • RATICIDA

              O Palio velho e o 208 passaram nesse teste.

            • Edson Fernandes

              Só um detalhe: A Gm por fontes internas (e veiculado aqui no NA) disse ainda que a Chevrolet iria reforçar estruturalmente o carro. Ou seja, antes era até pior.

        • Matheus

          Exato. Por isso tem que meter o pau em geral. Caros de menos de 80 mil no Brasil são vergonhosos em segurança. Por isso não ando nessas carroças 0km.

    • Matheus Conrado

      eu tenho um e nem por isso eu defenderei um carro inseguro…ele tem tudo isso que vc falou… mas é inaceitável que um palio tenha mais resistência lateral do que ele,também concordo que em alta velocidade não tem carro que aguente batida.. o detalhe é que o que foi testado foi atingido a 40km/h,ou seja velocidade de ciclo urbano.. e mesmo assim a porta invadiu bastante o habitáculo… o consumidor brasileiro precisa valorizar sua própria vida e boicotar marcas que valorizem mais europeus e americanos.. ou jamais os carros nacionais irão evoluir no quesito de segurança… jamais recomendarei onix e prisma á ninguém,enquanto não resolverem isso.

      • Raul Pereira

        um motoqueiro pegou a porta do meu mais ou menos nessa velocidade (a anta saiu de trás do meu carro e quis ultrapassar enquanto eu fazia a curva), arregaçou minha porta e a maçaneta não abria pelo lado de fora

    • Ernesto

      Quanto mimimi? Você mesmo diz que é defensor de que o carro seja o mais completo e seguro possível e vem dizer de mimimi das pessoas que estão reclamando do carro? Bem contraditório isso, não?

    • Raul Pereira

      Vou te responder como sendo proprietário de um Onix LT AT 2015.
      Eu sei que dependendo da batida, só uma estrutura de Ferrari pra te salvar ou nem isso. Não compro o carro pensando em bater, mas é uma falta de respeito com o consumidor isso. Quando falei de regulagem estatal teve gente que quase me crucificou aqui, mas as marcas deveriam ser OBRIGADAS a submeter seus carros ao NCAP (ou qualquer teste semelhante) e a etiquetagem do INMETRO (pelo menos isso teremos em todos os carros), pois na época pesquisei muito sobre o carro, mas não tinha esse dado do crash test lateral e hoje ando com um carro que sei que vai desvalorizar horrores e é inseguro. A GM assim como todas as outras revendas é desonesta e não informa tudo para o comprador, o que é um absurdo. Eu só fiquei sabendo dessa hist´roia do estepe ecológico quando peguei o carro, que veio com um pneu vagabundo, fino igual de moto 125cc, ou seja, mais uma informação não oferecida na hora da compra.

      • Esquilo Tranquilo

        Ideia besta essa de “comprar pensando em bater”, nem vou comentar isso mas sim a questão de SE bater, você estará dentro de um veículo com ao menos o mínimo de proteção para os ocupantes. Assim como o raul comentou, chega a ser uma falta de respeito com o consumidor, pagar caro nessas desgraças de latinhas de refrigerante com motor.

  • Filipe

    R$ 67 mil num pedaço de lata de óleo sobre rodas!?? Não, obrigado!

  • Milton Fabiano Camargo

    Deveria encalhar nos pátios. Ninguém em sã consciência deveria pagar um preço absurdo desses num carrinho de entrada. Mas as marcas estão subindo os preços agora, pois esperam que quando a crise passar e as pessoas voltarem a ater acesso a crédito, estarão todos “amaciados” com os esses preços altíssimos.

    • Raul Pereira

      Pode até encalhar, mas eles fazem uma ‘promoção’ e o povo vai lá e compra.

  • Alex BH

    Cara, na boa… olha o interior desse carro. Nível Celta. Lembro que estava ajudando meu sogro a comprar um carro há uns 3 anos, e ao entrar num Onix a primeira coisa que ele falou foi desse interior pobre, nem prolongamos o test-drive, ele descartou essa joça logo de cara.

  • Felippe2010

    Esqueceram de falar na matéria que agora você ganha um caixão grátis na compra de um carro da familia Onix

  • Alexandre Maciel

    2018 em maio de 2017. Jamais vou me conformar com esse tipo de prática.

  • Raul Pereira

    Mano, um Prisma por 67k… chegamos ao fundo do poço. Subiu em 15k o preço desde quando comprei meu Onix

  • Vendo essa segunda foto, do interior do carro, fica claro que se trata de um carro de 67k: maravilhosos bancos de sei lá que material, lindo painel de motinha, plástico duro de excelente qualidade, design impecável… estou indo agora comprar o meu, antes que aumente mais!

  • Esquilo Tranquilo

    Ja vem com o sistema NO STAR incluído.

  • Rafael Trindade

    De uma vez por todas, por que um carro como este sobe de preço tanto em um ano, sendo o mesmo carro.
    Sério!

  • theTaripy

    Eu “fiquei em coma” e não percebi que essa lata custa na versão top o que um dia custou o corolla! Doi o coração imaginar que alguém tem coragem de pagar 67 mil reais num onix sedam…

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email