_Destaque _Featured Chevrolet Hatches Lançamentos Sedãs

Chevrolet renova os compactos Onix e Prisma para continuar na liderança

chevrolet onix prisma 2017 4

Com a concorrência se renovando, a Chevrolet resolveu mexer nos compactos Onix e Prisma, tudo para seguir na liderança – o hatch foi o mais vendido do segmento e o primeiro colocado no ranking de carros de passeio, com 68,5 mil unidades emplacadas no primeiro semestre, enquanto o sedã foi o mais vendido da categoria e o sétimo no ranking total, com 31,1 mil vendas. Ambos os modelos receberam mudanças no visual e no interior, além de novos equipamentos e aprimoramentos na mecânica.

As principais alterações estão no visual. Os novos Chevrolet Onix e Prisma receberam faróis com um novo formato, agora com LEDs diurnos, formando conjunto com a nova grade bipartida, além do para-choque frontal com novas linhas. Há ainda novas rodas de liga-leve e calotas e lanternas traseiras redesenhadas. O sedã recebeu também uma nova tampa do porta-malas, com um prolongamento na parte superior simulando um aerofólio.

chevrolet onix prisma 2017 6

O interior agora dispõe de novos painéis de porta, agora com um puxador mais ergonômico e novo revestimento em tecido, além de novos detalhes de acabamento no painel, sistema de entretenimento MyLink de segunda geração (com Apple CarPlay e Android Auto) e sistema de monitoramento e concierge OnStar.

Na linha 2017, o Chevrolet Onix estreia a inédita versão aventureira Activ, com faróis e lanternas escurecidos, detalhes em plástico nos para-choques, inserto em plástico prateado na dianteira, caixas de roda com molduras, rodas de liga-leve exclusivas, detalhes simulando estribos laterais, rack de teto e retrovisores com pintura em preto. O interior traz detalhes de acabamento na cor laranja.

chevrolet onix prisma 2017 13

Tanto o Onix como o Prisma seguem sendo oferecidos com os motores 1.0 e 1.4 litro, mas com uma série de mudanças para diminuir o consumo de combustível. De acordo com a Chevrolet, os modelos ganharam nota “A” nos testes do Inmetro e selo verde do Conpet. Há ainda a adoção da direção elétrica e transmissão manual de seis marchas para todas as versões.

Os preços e lista de equipamentos serão divulgados amanhã (25). Confira nesta terça-feira nossas impressões dos novos Onix e Prisma e, na quarta-feira, do aventureiro Onix Activ.

Galeria de fotos dos novos Chevrolet Onix e Prisma





  • Carlos Eduardo

    …”inserto em aço na dianteira”… seria aquela parte do plástico do para-choque pintada de prata??? …”estribos laterais”… sério mesmo que escreveram isso???

    • Rodrigo

      Rapaz… no post da S10 nova escreveram que “os insertos cromados dos difusores de ar impressionam”…
      Tem que encontrar algum destaque pra comentar! Rsrsrs

  • Rodrigo

    Deu até sono…

    • th!nk.t4nk

      Reestilização bem meia-boca. Continua sendo o mesmo bateu-morreu de sempre infelizmente, com os mesmos motores jurássicos, mas agora com cara de “bom carro” do jeito que brasileiro gosta.

      • Franco da Silva

        E pelos 50/70 mil que vão cobrar, vai ter muita fila nas lojas!!
        Quem fica feliz é a Honda, que vai ver os “pé de boi” a 50 mangos e colocar o Fit por 80 mil, HR-V por 110… e vai vender muito também!

  • Vattt

    Bom carro, o preço é caro como qualquer novo brasileiro. O Prisma é quem merecia uma mudança melhor na traseiro como o Cobalt ganhou.
    No fim das contas não pago o que pedem.

  • Ronaldo Osodrac

    A cada dia que passa sinto mais saudade dos carros da Opel na gm brasil.

    • DougSampaNA

      A cada dia sinto menos desejo (salvo o novo Cruze) de comprar um Chevrolata brasileiro..

      • Nitrous

        Eu adicionaria tambem a S10 e a trailblazer, no mais concordo.

    • ViniciusVS

      Que diferença faz?

      Seria um “Opel” Corsa totalmente pelado ( tropicalizado) como os outros “opel” foram…

      Se a Chevrolet tivesse atualizado o corsa em vez de tirar de linha, ele usaria com banco de celta, acabamento porco, motor VHC (Econoflex), direção hidraulica, calotas… ou seja seria um Onix com carroceria diferente.

      Não é porque o carro tem a mesma carroceria que é igual o vendido la fora, ou nosso Corsa 2012 era essa maravilha toda a ponto de dar saudade de tão superior que era comparado com um Onix?

      Os “Opel” vendidos aqui só foram “aceitáveis” em meados dos anos 90 ( porque a água bateu naquele lugar com a chegada dos importados e ali foi o fim da exclusividade das 4 grandes) e mesmo assim depois disso parou no tempo por 20 anos.

      No fim capado por capado da no mesmo.

      • Rafael Santos

        E o Astra então, sem dizer no vectra real

      • FearWRX

        Mas ao menos eram bonitos e não essas atrocidades que a GMB anda fazendo. Por mais beberrona que fosse, a Zafira era linda e bem completa (ao contrário da Spin), o Astra, por mais reciclado que fosse, ainda bebe a mesma coisa que o Cruze e era tão confortável quanto, a Meriva também era bonita e está sem sucessora (na Alemanha ela ainda existe e meu Deus, como é maravilhosa), o Corsa, ou Adam, nem se compara com esse traste do Onix. O Vectra, ou Insignia, nem se fala, pecado colocar ele e o Cruze na mesma frase.

      • Ronaldo Osodrac

        Prefiro um capado com estilo europeu do que um capado com estilo chines ou indiano

      • Ronaldo Osodrac

        Dono de onix detected

        • ViniciusVS

          Não sou dono de Onix e nem colocaria um na minha garagem, porém não sou “viúva” de modelos fora de linha, ainda mais quando esse modelo só usa a casca e o nome igual os vendidos la fora.

    • Fabão Rocky

      É por isso que até hoje tenho meu Corsa sedan 1.4 Premium. Além de não dever nada para esses novos compactos de 50k, é mto mais bonito do q mtos deles.

  • Fábio

    Um bom carro, e não é a toa que é o mais vendido afinal entrega o que o brasileiro quer. Pode ter suas falhas como ter motor antigo mas cumpre o papel, pois é o melhor 1.4 e agora está mais econômico. A propósito, não vejo reclamações daquele 1.6 8v da VW, tão velho e até mais gastador.
    Que os haters chorem sangue ;)

    • Matthew

      Ambos os motores são datados, mas o da VW também é bem acertado pros recursos de que dispõe, sobretudo em torque que chega a 15,6 kgfm a 2500 RPM.

      • Fábio

        Pronto, então concordamos que são motores velhos mas muito bem acertados.
        O VW tem mais torque. Já o da GM é mais econômico e tem o mesmo desempenho do VW mesmo sendo 1.4. E um ponto positivo de ambos é: manutenção simples e barata.
        Dois fatos desse motor velho do Onix é:
        1-Tem bom desempenho
        2-Tem consumo relativamente bom (o 1.4 ganhou nota A no Inmetro)
        Repetindo pros haters:
        1-Tem bom desempenho
        2-Tem consumo relativamente bom (o 1.4 ganhou nota A no Inmetro)
        É tudo o que o brasileiro quer. E de quebra tem manutenção simples.
        Não sei pq essa choradeira toda…

        • Retrato do Papai

          “Já o da GM é mais econômico e tem o mesmo desempenho do VW mesmo sendo 1.4.”

          apaga que dá tempo…

          • Lucas Vilanova

            Ratifico a informação, o motor da GM é mais econômico e tem o mesmo desempenho do VW mesmo sendo 1.4.

            • Retrato do Papai

              não entendo… como um motor com menos potência e (MUITO) menos torque tem mesmo desempenho… só sendo fã mesmo para dizer isso

              • Lucas Vilanova

                Não é ser fã. É analisar os dados friamente. O torque do Onix é 13,9, do gol, 15,6. Pouca diferença. A potência do Onix é um pouco maior também. Fora que o Gol em alta perde fôlego, diferente do Onix.

                • Retrato do Papai

                  continuo não entendendo… vamos lá:

                  Gol 1.6
                  104/101cv a 5250rpm
                  15,6/15,4kgfm a 2500rpm

                  Onix 1.4
                  106/98cv a 6000rpm
                  13,9/13kgfm a 4800rpm

                  -os 2cv a mais do onix no etanol são desprezíveis, visto que somente aparecem na casa dos 6 mil rpm (quem em sã consciência leva um carro 8v até esse giro em uso cotidiano?)…

                  -a diferença de torque é de 1,7kgfm no etanol e 2,4kgfm na gasolina, definitivamente não é pouca diferença, sem falar que o torque chega 2300rpm mais cedo, ou seja, a diferença é brutal…

                  -a relação peso/potência do gol é melhor que a do onix (9,2kg/cv vs 10,1kg/cv, comparando a Highline vs LTZ)

                  -a relação peso/torque do gol é INFINITAMENTE superior ao onix (61,6kg/kgfm vs 76,8 kg/kgfm, mesmas versões citadas acima)

                  -o coeficiente aerodinâmico do gol é melhor que o do onix (0,34 vs 0,35)

                  -no acelerados, o onix 1.4 andou junto do uno sporting (sim, o fire 1.4 de 88cv com câmbio dualogic andou junto do “todo poderoso” onix 1.4) e foi pouca coisa melhor que um versa 1.0 (patético!)…

                  -ainda tem certeza que não está sendo fã?

        • oloko

          Precisa defender tanto assim esse motor do onix cara? Porque vc não o compara com o 1.4 do golf então já que é tão top assim esse motor? Tanto esse quanto o da VW tem 200 anos mas dizer que o 1.4 da gm anda mais que esse 1.6 da vw já forçou a barra

          • Retrato do Papai

            ego inflado, complexo de inferioridade, ou só um “o meu é pior que o seu, mas é melhor”… muita gente quer ostentar um emblema “1.6” no carro mas não pode (até porque não tem mais gm 1.6)… enfim, essa gente gosta de ibope, deixa quieto que é melhor

    • Tango

      Melhor 1.4 porque seu outro concorrente e único é o 1.4 Fire da Fiat que terá seu sucessor apresentado provavelmente agora no Salão do Automóvel. E se ser líder significa ser bom enfim… Já o 1.6 8v é muito criticado até por quem acha que ele é o AP 1600

      • Retrato do Papai

        depois do fire 1.4 e dos motores etorq não tenho tido muita fé nos motores fiat não, mas até que esse 1.4 gse promete ser interessante… injeção direta, provavelmente multiválvulas e talvez até versão turbo… dizem que a versão sem turbo terá mais de 110cv

        • Tango

          As notícias falam em 2 válvulas por cilindro injeção no duto e 100cv.

    • Lucas086

      Não se compara o 1.6 da vw com o 1.4 da Gm, isso é estória de vendedor. O Vw é mais torcudo, muito bom de baixa. O da Gm claro que vai mais econômico, cilindrada menor, mas a diferença é muito pouca.

      • Retrato do Papai

        esse 1.4 GM é 8v mas parece 16v, o torque máximo só chega lá na casa dos 5 mil rpm… deve ser bem ruim de guiar na cidade

        • Edson Fernandes

          Sabe do curioso? É que ele responde bem em baixa! Porque em alta é super aspero!

          Eu também não entendo porque a configuração adotada pela fabricante opta por colocar um regime de rotação tão alto em um carro que tem melhores respostas em baixa.

          Mas não tem comparação o 1.6 da VW, ele anda bem mais. E apesar de consumir mais, é um motor melhor trabalhado de forma que apesar de morrer em alta, ele é bem adequado ao uso nos compactos. (claro que eu falo adequado no sentido de não sentir falta de força, mas longe de concordar que eles devem permanecer no mercado).

          • Retrato do Papai

            a indústria deveria rever o conceito de definição de potência/torque dos motores, abandonando esses valores de pico e partindo para uma média de valores… ex: põe o carro no dinamômetro, anota potência e torque a 1000rpm, 2000rpm…6000rpm, soma tudo, divide por 6 e obtém torque e potência médias… esse método certamente desbarataria alguns motores atuais… ex: etorq 1.6 16v… estava quase comprando um punto essence com esse motor, mas foi só fazer um test drive e puts… que motor anêmico em giro baixo (meu uso é 99% urbano, na faixa de giro entre 1000 e 2500rpm)

            • Edson Fernandes

              Pois é… tenho notado que a maior preocupação das fabricantes nos motores mais modernos é dessa de responder em baixa rotação (ainda que seja bem menos aspero tambem em alta).

              Os motores 1.0 3 cilindros tem uma caracteristica um pouco especifica: Parece “morto” de 1000 a 1200rpm e tem força a partir de 1500rpm.

              É que se nota um belo buraco nessa faixa e as vezes acaba por ter a escolha da marcha errada e o carro “reclamar”, mas a caracteristica que eu queria citar é a do fato que eles podem apresentar um comportamento “tudo ou nada”. Com o up de um amigo, foi isso que acontecia ao pisar mais forte para vencer um aclive. Pisava mais forte e uma derrapada. E ao pegar uber com alguns modelos assim, percebi o mesmo comportamento.

              Vejo que não é maldade do condutor, mas resposta do motor.

  • SDS SP

    Essa última recauchutagem, enfim será a última do velho Family 1 que em 2019 será substituído pela nova de família de motores.

    De qualquer forma, à GMB tirou água de pedra reduzindo a massa oscilante dos componentes que fazem parte do PCU, além de adotar óleo de baixa viscosidade 0W20.

    • Douglas

      Se for ver pelo lado tecnológico a última recauchutagem é a do Ecotec Gen 3, usado no Sonic e Tracker.
      Tem comandos de válvulas variáveis na admissão e exaustão, velas de irídio e coletor de admissão variável.
      Lembre também que aqui no Brasil já foi feito o F1 16v usado na Meriva e Stilo 16v.

      • Edson Fernandes

        Ou podemos pensar no adam e seu 1.0 que deve ser o mesmo que virá para cá.

    • Filipo

      Esse óleo não é o mais recomendável para um país de clima quente como o nosso, ainda mais no norte e nordeste.

      • Douglas

        A Chevrolet não iria mudar o óleo sem testar antes.
        E a Honda já usa 0w20 há algum tempo e não tem problemas.

        • Tango

          Foi achando isso que a VW se deu mal na atualização do VHT.

        • Filipo

          Sim, concordo. Mas pelo meu limitado conhecimento, penso que no Brasil faz muito calor para se usar óleo de viscosidsde máxima 20. Mas, como já mencionei, não entendo muito disso para falar algo com certeza.

      • SDS SP

        Esse motor rodou mais de 10 mil horas em dyno de bancada e mais alguns milhares de km em veículo nas mais diversas condições. Mantendo as folgas de montagem dentro do especificado, acredito que não haverá maiores problemas. Mas de qualquer forma, é bastante pertinente isso que você levantou.

  • Gustavo Miranda

    Essa frente ficou a cara do Knuckles, principalmente no Prisma vermelho:

    • Lucas Vilanova

      iuaehiuaehiuaehiaehuiae, bem bolado!

  • Diego Ávila Monteiro

    Vai continuar líder essa aberração????

    • Tango

      Já foram outras como o Palio o Gol G4. Até aí…

  • Douglas

    Continua com 98 cavalos na gasolina, o Corsa 1,4 tinha 99.
    E tinha mais torque também.

    • Filipo

      É o famoso “enrolation”!
      Mas o consumidor brasileiro adora ser enrolado, então está certo.
      Tomem motor jurássico por mais 3 ou 4 anos!

      • Retrato do Papai

        foi legal quando o astra 2.0 passou de 127cv para 140cv… o carro passou a andar menos e a beber mais

        como dizia o chaves “trocentas pessoas enganadas! extra! extra!”

        • Edson Fernandes

          Mas ele só ganhou potencia para suportar 2 catalisadores! Sim! Para que ele pudesse atender as normas da epoca, ele fizeram isso e para evitar uma menor performance, tiveram de mudar a potencia para maior para compensar a perda de rendimento.

          • Retrato do Papai

            dessa eu não sabia… apenas especulava-se nos fóruns que as modificações foram feitas para atender as normas de emissões da época, mas não lembro de ter observado comportamento semelhante em motores de outras montadoras (muito provavelmente esse 2.0 já era bem beberrão e poluente)…

            o que eu mais via era o pessoal reclamando da enorme perda de desempenho em baixas rotações, que havia um “buraco” na curva de torque, como na imagem que anexei…

  • Douglas

    Não teria sido melhor a GM ter fabricado o Sonic aqui em vez de ter projetado o Onix?

    • ViniciusVS

      Sonic? ahhh claro.

      Melhor ainda seria Cruze Hatch e Sedan no lugar do Onix e Prisma.

      • Douglas

        Quando era vendido aqui custava pouquíssima coisa a mais que o Onix.
        Tanto é que comprei o Sonic.
        Na tabela da época(2014) custava 50.000, e o Onix 1,4 na casa dos 40 mil.
        E a plataforma é a mesma.

        • Gustavo73

          Então custava pouco a mais segundo você era melhor acabado, mais equipado com motor melhor e apesar de dividir a plataforma garanto que tinha construção diferente. Exemplo, Polo e Fox obtiveram 4 estrelas(as mesmas dos mesmos modelos na Europa), Gol com a mesma plataforma teve 3. O Onix obteve 3 estrelas mas o Sonic obteve 5, mesmo com 2 ab e abs acho tiraria no mínimo 4.

        • Edson Fernandes

          O problema para o Sonic em epoca se chama concorrencia.

          Algumas melhores outras piores… o que passava ao consumidor é o fato de o carro ter poucas coisas superiores ao Onix. E claro… o preço.

          Mas outro ponto que ajudou a trazer dificuldades ao Sonic era a falta de algumas versões do produto. E por algum motivo desconhecido a Chevrolet trazia e se importava com as versões LTZ tendo de encomendar por vezes a versão LT.

          Eu mesmo quase adquiri um Sonic LT automatico, não fosse a Chevrolet não ter a disposição um para test drive, tentando me empurrar o LTZ (que era bem mais caro) e não negociando em cima do LTZ (porque eles teriam que baixar para proximo do LT para eu ter interesse).

    • Filipo

      Seria melhor importar o Ecotec de 1,6L para uso no Onix!
      E o Ecotec nada mais é que o F-I em estágio avançado de aperfeiçoamento e não essa melhoria meia-boca que oferecem com este “SPE4”.

    • Gustavo Miranda

      O Sonic tem dois problemas, um foi a pouca aceitação do público que deve ter pesado bastante na hora da GM encerrar sua importação. Outro grande problema do Sonic é a sua proposta incompatível com o nosso mercado, fica fácil se perceber se compará-lo com o Fiesta. O Fiesta pode ser vendido como um carro popular nos EUA e premium no Brasil sem muitas alterações no design, já o Sonic deixa evidente ter sido exclusivamente criado para ser popular, vou deixar o design exterior de lado e falar apenas do “ar de pobreza” do seu interior, que já é o bastante para afastar compradores de Fiesta no terceiro mundo. Já o Onix cumpre com o que falta no Sonic para o Brasil: parece caro, parece premium e seu interior parece de um carro mais chique.

      • Douglas

        Discordo totalmente.
        Você já entrou no Sonic e no Fiesta brasileiro?
        O interior do Fiesta é muito mais pobre que o do Sonic.

        • Edson Fernandes

          Vc só se esqueceu que o Fiesta tinha mais coisas dentro do carro para uso. Acho que faltou esse aspecto no Sonic. Porém, não dá para entender porque que a Chevrolet não trouxe uma versão melhor equipada do Sonic para justificar os preços ocbrados por ele.

  • Diogo Oliveira

    Mais feio que carro chinês. Puta que pariu Chevrolet, QUE TIPO DE DROGA VOCÊ DÁ AOS SEUS DESIGNERS??

    • Cristian_Dorneles

      Eram designers da VW/B (Sério)

      • Diogo Oliveira

        Puts.

  • Leo

    É tão difícil oferecer um motor 1.4 16V, GM? Isso para não falar de um 1.0 turbo…

  • Rafael Santos

    estranho esse novo Gol

  • Lucas086

    Sei lá, de melhora mesmo só os puxadores das portas, pq os atuais são ridículos. A traseira do prisma era até bonita, parece que ficou quadrada demais. Agora o cúmulo são esses motores, esperar agora ver o que GM aprontou, pq se eles já estavam no limite, queroa ver o milagre que fizeram para receberem nota A.

  • zekinha71

    Agora com LED, quem tem o anterior vai correr pra trocar, vai vender o dobro, pois a pessoa não vai mais precisar virar um botão pra acender o farol.

    • AugustoSeide

      Tava pensando sobre isso, mas acho que o LED “substituiu” o farolete, ou seja, a pessoa ainda terá que acionar manualmente. Caso contrário a GM iria se gabar para falar que o Onix possui DLR’s

      • Lucas Vilanova

        Na reportagem falam de LED diurnos. E realmente tem algumas fotos que o LED é bem forte.

  • Jorge

    Sem estepe pendurado na traseira? Vou ter que pendurar depois que eu comprar…

  • Licergico

    onix ‘activia’ … taí o grande concorrente do kiks !

  • fbl

    Realmente a GM faz a conta do chá pra entregar o que o povo quer nessa categoria.

  • AndersonRomeiro

    Renault e Vw, serviu de inspiração.

  • Deivid

    Nota A no inmetro com o família I com as 8 válvulas sem perder potência?
    Essa eu quero ver de camarote!

  • Tango

    Falando em Fiat a fonte digamos que maos acerta é o Marlos Vidal da AS. Acho difícil a Fiat querer um carro com 2 válvulas por cilindro para ter mecânica simples e usar injeção direta.

  • Lucas Faleiro

    Alguém poderia me falar qual a melhor opção? Cobalt 1.8 LTZ AUTO 2017 ou Prisma 1.4 LTZ 2017?



Send this to friend