*Destaque Chevrolet Pickups Preços

Chevrolet S10 2019 ganha novamente versão Advantage por R$92.990

Chevrolet S10 2019 ganha novamente versão Advantage por R$92.990

Surpreso? Se você correr agora lá no configurador da Fiat, verá que a Toro começa em R$ 91.990… Sim, a GM resolveu que era hora de aliviar o pedal do acelerador e trouxe de volta a conhecida versão Advantage para sua picape média, a Chevrolet S10 2018. Com apenas R$ 1.000 a mais, dá para levar esse modelo equipado com motor flex 2.5 Ecotec SIDI com até 206 cv, mas com transmissão manual de seis marchas.


A proposta é tentadora para quem quer pegar uma picape cabine dupla nova, mas é bom lembrar que a Toro tem câmbio automático de seis marchas “de série”. Porém, seu pacote de equipamentos não é assim tão generoso. Mas e a Chevrolet S10 Advantage 2018? A picape é oferecida com um bom nível de equipamentos e deve atrair muita gente por conta disso.

Nada de roda de aço com calota. Na Chevrolet S10 Advantage 2018, as rodas são de liga leve aro 16 polegadas. Além disso, o veículo vem ainda com faróis de neblina, lanterna de neblina, adesivos laterais Advantage, retrovisores com repetidores de direção e cor preta, molduras laterais, para-choques na cor do carro e capota marítima.

Por dentro, a Chevrolet S10 Advantage 2018 oferece ar-condicionado, direção elétrica, coluna de direção ajustável em altura, banco do motorista com ajuste de altura, multimídia MyLink com Google Android Auto (com Waze, Whatsapp e Maps) e Apple Car Play, Bluetooth, USB e auxiliar, volante com comandos de mídia e telefonia, sistema de som com seis alto-falantes, vidros dianteiros e traseiros elétricos, travamento central elétrico com acionamento na chave (também dos vidros), computador de bordo e o serviço remoto OnStar é do pacote Protect.


A picape tem ainda ajuste de altura dos faróis, airbag duplo, freios ABS com EDB, diferencial de deslizamento limitado, alerta de pressão dos pneus e Isofix. Com motor Ecotec SIDI (injeção direta) de 197 cv na gasolina e 206 cv no etanol, a Chevrolet S10 Advantage 2018 entrega 26,3 kgfm no primeiro e 27,3 kgfm no segundo combustível. A tração é apenas 4×2.

Mas, se a Chevrolet S10 Advantage 2018 chegou com preço agressivo, por sua vez, as demais opções ficaram mais caras em janeiro. A alta foi de até R$ 3.600 e fez a picape cabine dupla da GM passar dos R$ 190 mil, se aproximando muito da Toyota Hilux (em preço) e ficando mais cara que a Volkswagen Amarok V6, que mesmo completa ainda fica distante da S10 mais completa. Nessa corrida de preços, pelo menos essa Advantage vem para buscar quem não tinha opção, exceto a Toro.

Chevrolet S10 2019 ganha novamente versão Advantage por R$92.990
Este texto lhe foi útil??

57 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

    • A Toro também é uma legítima pick-up, e tem até prêmios internacionais. Não tente desmerecer o produto da Fiat, afinal nunca foi concorrente direta da S10 ou Hilux e sim um seguimento novo. Preço x Tamanho x Uso nem sempre são relacionados. Só porque uma média custa quase* a mesma coisa que uma um pouco menor não quer dizer que seja a melhor do mundo, afinal o que baixou foi o preço e não a categoria. E ha quem diga que pick-up de verdade tem que ser 4×4, coisa que nenhuma das duas são nessas versões de entrada.

      • Tem uns detalhes que a Toro Endurence tem que a S10 Advantage não tem:

        A Toro faz 5 km com por litro com esse motor de Palio Fire versão picape(Strada) 1.8 E-porc de 130cv e 18 de torque;

        A Toro não tem o mesmo espaço da S10, nem na caçamba;

        A suspensão da Toro é de carro de passeio, e não tem chassi. E não aguenta pancadas das estradas lunares do BR a fora.(sem contar o pneu de estepe que é de moto).

        E a manutenção da Toro Flex é mais cara que da S10 Flex.

    • Mas a Toro é outro produto, por ser monobloco, é uma pick-up mas não concorrente da S-10 e seu segmento que possuem chassi separado. Toro e Oroch é um segmento à parte… Quem compara não conhece os produtos desse segmento…

  • Então, fica assim.
    Quem quer uma picape “poser”, que vai andar mais dentro das cidades, pegar trânsito engarrafado, e passar pouco tempo em estrada de chão ou carregando grandes e pesados volumes vai de FIAT TORO AT6
    Quem quer uma picape que vai ser usada mais em sítio/roça/fazenda, não pega muito trânsito engarrafado, precisa de capacidade carga em peso e volume vai de S10 MT6

    • Perfeito. Pontuou como Toro e S10 são produtos distintos ainda que tenham uma pequena convergência no público alvo. O maior foco da Toro são donos de sedãs potenciais clientes de SUVs que estão mais interessados em estilo do que em funcionalidade e donos de Strada ou Saveiro CD que querem mais espaço interno.

      • Depende, na lógica é isso mesmo, porém eu embora não possua sítio ou fazenda, nem precise carregar peso, iria de S10, eu a considero mais resistente e pra minha cidade que tem constantes alagações nesse período chuvoso fora as estradas terríveis, seria perfeita! até porque não temos muitos engarrafamentos.

      • Não acho que seja pequena essa convergencia. 90% dos donos de pickups medias fazem uso urbano, principalmente nas cidades do interior. Essa foi a sacada da FIAT.

      • Aqui em São Paulo, muitos pequenos comerciantes só podem ter um carro por limitação de garagem, então partem para as cabines duplas para poder conciliar uso familiar com trabalho.

  • São propostas distintas. A S10 é média: maior em espaço e caçamba, mas dura como qualquer picape voltada ao trabalho rural, principalmente ao passar em buracos (dá o típico “soco” das picapes). A Toro tem menor espaço interno e na caçamba, mas é muito mais confortável. Ou seja, se você trabalha no campo, S10. Se carrega menos peso e fica na cidade, a Toro atende melhor. No mais, a concorrência é ótima e quem ganha é o consumidor.

  • Nenhuma das 2, bom msm é esperar (o que não é raro) a Ford fazer promoção da Ranger 2.2 Diesel XLS MT que sai por R$ 105.000, isso que ela vem de série com 7 AB, TCS e ESC. Vira a mexe vejo promoção dessa aqui em Goiás.

    As vzs faz da 2.2 Sportrack AT com desconto dos mesmos R$ 30.000 como na XLS saindo valor final de R$ 120.000

    • E a fiat não sabe? Strada líder de vendas a anos no mercado, pau pra toda obra… não desmereça um produto que talvez vc não conheça. E olha que sou dono de uma s10. Mas não falo mal da Toro, pois não a conheço.

    • A diferença de acabamento e equipamentos justifica esse preço. A S10 tão equipada quanto a Toro, custa R$20.000 a mais.

      É a mesma coisa de comparar um Polo Highline com um Golf 1.0 TSi. Os preços são parecidos, porém o Pólo, apesar de ser menor, é bem mais equipado. Aí vai da escolha pessoal: carro mais equipado ou maior.

  • Da para levar ao shopping e carregar as compras de 4 meses… 😀😀😀😀😀

    Uma coisa é certa. 80% dos donos dos 4×4 quase nunca andam em estradas de terra. Mas aqueles mesmos 80% jamais iriam querer ter as mesmas picapes sem 4×4. Mesmo sabendo que não iriam precisar do 4×4.

    Acho que estamos naquela época de vale a pena ter e não precisar, do que não ter e na mesma não precisar. 😀😀😀😀😀😀😀

  • Quando será que no Brasil vai acabar essa mania de entregarem camionetes 4X2.
    Esse tipo de veículo tem que ser 4X4 de série.
    Falo de todas as marcas.

    • Quando o público parar de comprar picape para usar como veículo de passeio, ou você acha que uma picape média ou grande com 4×4 será útil em centros urbanos?
      Um vizinho que tive teve duas S10 CD AT 4×4. Usa para trabalho em áreas urbanas. Certo dia ela disse que nos mais de quatro anos que usou as duas, apenas duas vezes precisou do 4×4. Nem usou a reduzida. Uma S10 CD 4×2 AT seria melhor, porque pensar no 4×4 para raramente usar e carregar todo o dia peso morto do conjunto de tração extra contribuindo para aumento do consumo para mim não faz sentido.
      Agora, faz sentido o povo que gosta de comprar picape optar por diesel e pagar a mais pelo 4×4 porque na hora de revender essa combinação terá maior aceitação. Alguns compram porque podem pagar pelas mais caras que tem a tração 4×4, mesmo que nunca ou raramente irão usar isso, mas estão preocupados com a desvalorização, revenda, se não tiver.

  • Pior sou eu e minha senhora: Queríamos uma s10 ou ranger flex(diesel aqui é roubo na certa), fomos na concessionaria faltou só medir a garagem…. Não cabem por malditos 30 centímetros de comprimento. inda atrás da Toro, faltou 10cm…a unica que cabe é a Orok…mas é apertada e feia. Pra aumentar a garagem o trampo e o estresse são enorme$$$$. Fiquei chupando dedo. Odeio picapes!!!!!!

  • –A GM está lendo o mercado brasileiro como ninguém. Em vários segmentos. Fui ver a Highcountry ontem… de 187mil na tabela estão fazendo por 172mil. Pegam minha LT 12/13 (revisada em CSS até os 140milkm) na fipe (82mil) e plano diferenciado em 18x sem juros da diferença com mais um tanto de entrada (cobrando é claro os tac, abertura de cadastro e bla bla bla).
    –Fui ver a amarok v6 = 190mil sem choro nem vela para descontos, pegando minha s10 por 62mil. A VW é sem noção… 25% abaixo da fipe em uma camioneta diesel único dono toda revisada. Ou seja perco 20mil na minha + 18mil na diferença entre os carros zeros. total 38mil e sem plano tx zero…
    –Ranger: de 196 por 190 e pegam a minha por 60mil (kkkkk dei tanta risada) mas depois de muita conversa fechou em 78k. (eu sei que chega na fipe)…NOTA: Se chegasse na fipe eu teria fechado…mas a CSS muito fraca, o gerente as 19:30 da noite não tinha nem ido até a mesa ver o que precisava ser feito para fechamento do negócio. Ficaram em 2 vendedor batendo na calculadora sem chegar num consenso, pior para eles…saí da loja…
    Ainda vou ver Frontier e Hilux… mas com o preço agressivo da GM estou tendenciando em ficar com ela novamente.

  • Será mesmo que é vantajoso comprar essa S10? Com rodas aro 16, deve deixar ela mais instável, entaum pq não aro 17? Sla, não gostei mto dessa S10…pelo menos na teoria.

    • O tamanho da roda não interferencia muito na estabilidade, pois o raio do conjunto pneu/roda será quase igual, pouca coisa maior na roda maior. As rodas de aros menores, como o aro 16, são muito bem-vindas em picapes, pois com essas rodas podemos colocar pneus maiores sem o incômodo de pegar nas caixas de roda, além de absorverem mais os impactos e trazerem mais conforto ao rodar, um ponto muito importante para os usuários de picapes, que as usam muitas das vezes em estradas ruins, assim quando a picape cai em uma “panela”, dificilmente vai estourar o pneu ou mesmo empenar a roda. Hoje em dia, em nome da estética e do uso cada vez mais urbano das picapes, estão adotando rodas cada vez maiores, como os aros 18 da Hilux, Ranger e S10, em detrimento dos aros 16, mais funcionais e melhores para o trabalho pesado.

  • Tem uns detalhes que a Toro Endurence tem que a S10 Advantage não tem:

    A Toro faz 5 km com por litro com esse motor de Palio Fire versão picape(Strada) 1.8 E-porc de 130cv e 18 de torque;

    A Toro não tem o mesmo espaço da S10, nem na caçamba;

    A suspensão da Toro é de carro de passeio, e não tem chassi. E não aguenta pancadas das estradas lunares do BR a fora.(sem contar o pneu de estepe que é de moto)

  • Que importa se a picape tem câmbio manual, e o automático da Toro é de série… para quem precisa de uma pickup de verdade, a S10 dá bastante conta do recado. Vai para “roças” que a Toro, e outras, nem passam perto.

  • A GM tem sido bem agressiva nas promoções . em toda sua linha , S10 é uma picape de verdade ( com chassis ) portanto , mais robusta , A Fiat subiu nos tamancos com o sucesso da Toro , mercados normais e maduros , a concorrência impera na busca de clientes , nós aqui no Brasil é que não estamos acostumados , muito por termos um mercado fechado .

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email