Chevrolet EUA Hatches Mercado Montadoras/Fábricas Sedãs

Chevrolet Sonic deixa de ser produzido nos EUA por baixa demanda

Chevrolet Sonic deixa de ser produzido nos EUA por baixa demanda

O Chevrolet Sonic é outra vítima do crescente domínio de crossovers e SUVs no mercado americano. O compacto da General Motors deixou as linhas de montagem de Lake Orion, em Michigan.


Com a saída de Orion Twonship, o Sonic logo estará fora do mercado americano quando os estoques acabarem. Em julho, os revendedores Chevrolet puderam realizar os últimos pedidos do Sonic.

Após sair de cena em outras regiões do mundo, incluindo a Coreia do Sul, o Chevrolet Sonic só estava mesmo presente no mercado americano, tendo até mesmo saído do Canadá há algum tempo.

Em declínio nas vendas desde 2014, o Chevrolet Sonic vendeu apenas 13.716 unidades em 2019, mas a GM nem comunicou o quanto ele vendera em 2020.

Já comercializado no Brasil, onde teve baixas vendas e saiu em pouco tempo, o Sonic era vendido nos EUA tanto em carroceria hatchback quanto sedã, sendo oferecido nas versões LS, LT e Premier.

Chevrolet Sonic deixa de ser produzido nos EUA por baixa demanda

O propulsor usado era o 1.4 Turbo de 140 cavalos e 20,4 kgfm, sendo o mesmo propulsor do Cruze argentino, porém, com menos força, tendo ainda transmissão automática de seis marchas.

Sem sucessor, o Chevrolet Sonic reduz ainda mais o portfólio da marca nos EUA, embora o Spark ainda esteja presente por lá, importado da Coreia do Sul. De qualquer forma, o fim de linha em Orion significará espaço para o Bolt EUV.

O crossover elétrico derivado do Bolt terá prioridade daqui em diante, assim como o Bolt atualizado. A eletrificação na GM já recebeu o reforço do GMC Hummer 2022, mas ainda terá um SUV elétrico da Cadillac, uma picape elétrica da Chevrolet e um veículo autônomo da Cruise Automation.

Por ora, a GM não tem planos para nada abaixo do Bolt e nem mesmo um SUV subcompacto menor que o Tracker. Assim, apesar de alguns produtos venderem bem fora dos EUA, como o Onix, a gama Chevrolet nos EUA deve sustentar o Spark por mais uns dois anos.

[Fonte: GM Authority]

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

        Quem somos

        O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

        Notícias por email