Chevrolet Minivans Segredos-Flagras

Chevrolet Spin atualizada é flagrada no interior de São Paulo

Chevrolet Spin atualizada é flagrada no interior de São Paulo

Antes de chegar a nova geração, a Chevrolet Spin 2019 passará por uma ligeira alteração visual, que marcará a meia vida do produto, que se tornou muito importante para a GM após o fim da dupla Meriva e Zafira, minivans queridas pelo consumidor brasileiro. Desde 2012, o monovolume da marca americana se mantém o mesmo em termos de estilo.


Embora tenha recebido uma atualização em 2016, onde a carroceria passou a empregar aços de maior resistência e diversos dispositivos para reduzir o arrasto aerodinâmico e a condução, incluindo uma grade ativa, a Chevrolet Spin manteve o mesmo padrão, apesar da introdução da versão Advantage e melhoramentos no vetusto motor 1.8 VHC de 8V, que passou a entregar até 111 cavalos. O câmbio automático de seis marchas é outro destaque do modelo, assim como o amplo espaço para bagagens ou medianamente para mais duas pessoas na terceira fileira, totalizando sete assentos.

Chevrolet Spin atualizada é flagrada no interior de São Paulo

Agora, a Chevrolet Spin 2019 terá um visual inspirado no Cobalt, seu irmão de plataforma, ganhando faróis com formato mais afilado e retilíneo, harmonizando melhor com a nova grade no padrão que a marca está impondo aos seus carros. Dupla, ele terá ainda detalhes cromados e a gravata dourada em nova estampa. O para-choque também deve sofrer mudanças em seu desenho para acompanhar as alterações. Na traseira, as lanternas devem sofrer uma repaginada, ganhando possivelmente lentes maiores, assim como novidades na tampa traseira e para-choque.


As mudanças na Chevrolet Spin 2019 deve oferecer novas rodas de liga leve e calotas, bem como mais alterações na versão Activ, aventureira. Por dentro, a GM deve mudar a padronagem dos assentos e portas, layout do cluster e iluminação diferenciada, assim como agregar funcionalidades extras. Mas, a maior alteração será a multimídia, que passará a ser a MyLink 2, atualizada, oferecendo integração total com Google Android Auto, Apple Car Play e OnStar, especialmente com navegação orientada de melhor visualização.

Chevrolet Spin atualizada é flagrada no interior de São Paulo

Já alterada mecanicamente, a Chevrolet Spin 2019 deve manter-se da mesma forma e deve ser um dos últimos modelos da GM a sofrer mudança de geração até 2022, dada a atualização que está sendo promovida agora, momento bem próximo do início do programa de renovação do portfólio da marca, que terá 20 lançamentos e 10 novas versões até 2022. Mas, o que esperar da próxima Spin?

A plataforma GEM terá aços de alta resistência – o Buick Excelle 2019 tem 65% – além de controles de tração e estabilidade, bem como assistente de partida em rampa e seis airbags, como revelado para o sedã chinês. Na motorização, podemos esperar pelo 1.0 Turbo de três cilindros com 120 cavalos na gasolina e, quem sabe, algo em torno de 128 cavalos no etanol. Só não há informação se o câmbio continuará a ser automático de seis marchas ou CVT como no carro da SAIC-GM.

Chevrolet Spin 2019 – Galeria de fotos

Agradecimentos ao Carlos e ao Gilson.

Chevrolet Spin atualizada é flagrada no interior de São Paulo
Nota média 4.3 de 3 votos

  • FREDRED

    Motor Monzatech, a GM pode manter e os “clientes” adoram, agora a VW manteve até uns tempos atrás o Jetta com o EA827 aí era uma falência, empresa ridícula, engaña seus clientes e demais adjetivos.
    “Pau que bate em Chico não bate Francisco”

    • Renato Duarte

      sem contar o Fiat Mobi 4 cilindros que nada mais é uma versão do motor fiasa 1050 do Fiat 147 que nasceu na itália em 1975,, e mesmo assim ninguém reclama,,,

      • thi

        aqui em casa não entra fiat nem gm

      • thi

        aqui em casa não entra fiat nem mais gm

      • Uranium

        O motor Fire não tem absolutamente NADA a ver com o Fiasa.

        • Renato Duarte

          Fiateiro???

          • Uranium

            Não… basta ter mais de 2 neurônios pra saber que você falou groselha, simples.

      • Jean Lehn

        Poderia ter passado sem essa amigão, pequise pois a vergonha que voce passou agora foi grande!

        • Renato Duarte

          ah ,,, esqueci que sei menos que o professor aí. Prova que estou errado e apago o comentário. Só prova…

    • ViniciusVS

      Você realmente quer comparar uma Spin com um Jetta?

      Para a categoria do Jetta aquele motor era uma vergonha sim, na categoria da Spin ele mesmo obsoleto atende.

      • Uranium

        Mesmo porque a Spin é a única minivan compacta que sobrou.

      • FREDRED

        Não jovem, não quis comparar, reeleia meu comentário novamente e tente fazer a interpretação correta.

        • ViniciusVS

          Spin é um carro popular e o motor jurássico é compatível com sua proposta, desta forma a grande maioria acha o conjunto “OK” é o mesmo caso dos VW equipados com o 1.6 8v, não vejo ninguém reclamando justamente porque é um excelente motor para a proposta.

          O que a VW fazia com o Jetta 2.0 Flex era de fato muuuuito pior, a Chevrolet pelo menos colocava um 1.8 menos defasado no Cruze.

          • Fernando Bueno

            Tem certeza que o motor 1.8 do primeiro cruze não era defasado?…os ecotec foram lançados na Europa junto com o Opel Vectra B…em 1995…o 1.4 turbo do atual.. é a segunda geração do ecotec..que surgiu em.2006….de novo não tem.nada!

            • ViniciusVS

              Claro que era defasado, porém perto daquele 2.0 Flex do Jetta era considerado moderníssimo.

              Esse tipo de motor em carros menos sofisticados é aceitável, o Cobalt mesmo poderia usar aquele 2.0 de 140cv do Astra que deixaria ele excelente… Agora um Cruze ou um Jetta com esses motores é totalmente absurdo e injustificável.

              • Fernando Bueno

                Não acho não…o ideal msm era instalar o 1.6 ecotec do Sonic no Cobalt e e spin….

                • Elinho Casagrande

                  Mas e a falta de torque? Temos Spin em casa e garanto: anda muito bem até os 120, que é o máximo que acho plausível num carro desses. E Anda mais que Renegade. Então…

    • Augusto Brum

      O problema é que a VW colocou o EA827 que é antigo mas bom no carro errado, pois o Jetta é um carro de imagem. Já os GMs também são ótimos mas são carros com outra proposta e são de segmento inferior, e é por isso que esse motor Família I ainda faz muito sucesso nesses carros.

      • FREDRED

        Concordo.
        Andei um bom tempo no Corsa 1.8 era valente, andava bem, mas o consumo era ridículo, não fazia mais que 7 no etanol na cidade, mesmo andando de forma econômica e sem uso de ar condicionado.

        • José Barbosa

          O motor é beberrão, sim, mas um pé leve consegue melhorar significativamente o consumo. Aliás, minha hipótese é que o grande defeito e/ou característica deste motor deve ser o consumo quando frio, o que justifica a enorme diferença no consumo cidade x estrada, uma das maiores se comparar entre diversos tipos de motores e carros.

          Entretanto, é importante frisar, também, que a manutenção é estupidamente barata. Na ponta do lápis, o custo dele é compatível com outros que pagam de moderninhos, e não dá dor de cabeça.

      • Rafael Lima

        O problema como sempre foi a mediocridade, não havia disponível aqui o 1.4 TSi, nem sequer quiseram importar o motor, aí virou essa chacota, da mesma forma o Renegade e Toro sofrem com esse 1.8 fraco pra proposta, se tivessem investido antes, talvez hoje não teriam sido alvo de críticas, mas como o mercado aqui é medíocre esses erros vão continuar acontecendo

        • Augusto Brum

          Concordo com tudo o que vc falou, esses erros acabam manchando a imagem desses carros, e uma coisa é certa, nós brasileiros dificilmente esquecemos quando uma montadora comete uma falha.

    • José Barbosa

      O motor do Monza era o Família II, e o atual bloco é o família I.

      Se vai criticar, comece sabendo uma diferença BÁSICA destes dois ótimos motores.

      • Unknown

        Porque vcs se apegam tanto com esta história de motor jurássico, derivado de um motor dos anos 90, etc? O que realmente importa é o desempenho, consumo e custo de manutenção do motor. E me parece que, apesar de tudo, estes motores chevrolet não tem um consumo ruim e não andam mal, além de terem manutenção barata.

    • Sassá

      Não é derivado do monza, é do corsa 1.0. Antes fosse o do monza, o astra 1.8 era suave, nao bebia tanto e era girador, turbinado virava um monstro.

  • Rodrigo

    Dada a proposta do carro, um CVT seria ideal. Compensaria um pouco o consumo em estrada devido à silhueta de elefoa prenha e melhoraria sensivelmente o consumo em cidade por causa do alto torque do motor 1.8 Monzatech.
    Mas seria oriundo de quem esse câmbio? Até onde sei a GM nunca produziu CVT próprio…

    • José Barbosa

      Posso até estar enganado, mas acho que a GM jamais, ou muito dificilmente, deixaria o tradicional câmbio automático, vulgo “hidramático”, em troca de tecnologias como CVT ou automatizado de dupla embreagem. Não faz sentido, até por causa da tradição e conhecimento que tem na tecnologia atual.

      • A Chevrolet já adota o CVT no novo Cruze nos EUA, aliado a um motor 1.5T desde o ano passado.

        • José Barbosa

          Interessante, desconhecia esta informação. Quem será o fabricante?

  • Tosca16

    Spin é sucesso, vende bem e não tem concorrentes… ruim por ruim, sem concorrentes tá fácil pra GM.

    • FREDRED

      Verdade, os taxistas adoram ela.

      • Natán Barreto

        Aqui no Rio a maioria dos táxis é Spin e Cobalt

      • invalid_pilot

        Taxista e quem tem muito filho e orçamento mais justo…

      • Tosca16

        Mas muitos são saudosistas ao falarem da Zafira hehe.

        • Luis LC

          Aquilo éra um verdadeiro Opel!!! Belíssima minivan

          • Tosca16

            Gostava.

          • ObservadorCWB

            Com sistema de 7 bancos desenhado pela Porsche.

    • Luis LC

      Acho que é a melhor relação custo-benefício em porta malas, rs

    • Ricardo Blume

      Verdade. Não tem por que investir tanto em um novo modelo. O povo tem que entender isso também.

  • Wilson Feitoza

    parece que ela será “coboltizada”….. se perder o focinho de capivara já ajuda bastante!

    • Renato Duarte

      tenho lá minhas dúvidas quanto ao sucesso dela após a restilização,, ela é adorada enquanto tem a frente de capivara. rsrsrs

  • Abdallah

    Me perdoe os fãs da marca, mas os cambios automaticas da gm nos carros populares, pra mim sao os piores e mais lentos do mercado comparado a concorrencia.

    • Renato Duarte

      se não estou enganado,, essa lentidão no AT mata a questão da economia do consumo .

    • thi

      o normal já é ruim, temos um cobalt .

    • Wellington Myph13

      Longe de ser fã da marca, mas você está BEM enganado.
      Talvez na primeira leva de Sonic, Cruze 1.8 e do Onix que eram mau configurados mesmo…
      Hoje, depois da mexida nos motores e até no 1.4T do Cruze/Tracker ele responde muito bem, rápido e sem hesitação… Pra ter ideia, o Cobalt 1.8 8v AT6 anda junto com o Virtus 1.0T AT6 por causa da boa calibração entre câmbio e motor…
      Até no 1.4 8v agora estão muito bem calibrados, faça um teste pra comparar se já fez algum teste no antigo…

      • Abdallah

        Nao estou enganado….Como disse no comentario q eu fiz… eu disse “para mim”…para meu gosto comparado a outros cambios q testei.

        • Wellington Myph13

          Entendo. Mas ainda digo que se testou a leva antiga, sugiro dar uma nova passada por lá…

        • Unknown

          E outra, vc comentou em relação aos carros populares da GM e o amigo respondeu citando Cruze e Tracker, que não são carros de entrada e tem motores turbo.

          • Wellington Myph13

            Citei Onix/Prisma 1.4 e Cobalt/Spin 1.8. além dos 1.4T. Leia direito.

      • MauroRF

        Eu não esperava o Cobalt andar junto do Virtus. Fiquei surpreso e rindo. A GM anda fazendo milagre com os “Monzatechs”. Já o City, eu tive um, o CVT mata um 0 a 100.

      • Unknown

        Nossa, se vangloriar de um motor 1.8 “andar junto” com um motor 1.0 é o fim da picada!

        • Wellington Myph13

          Vish… Apaga que dá tempo…

        • Edson Fernandes

          Olha, longe de defender o motor Familia 1.8… mas na boa…um motor de concepção bem antiga andando junto com um 1.0 turbo de maior potencia e torque ? é para se tirar o chapeu. Eu não acompanho o consumo desse 1.8 depois das alterações, mas se o mesmo fizer então o mesmo consumo do aclamado 1.0 TSI, aí que a coisa que fica ainda pior.

          • Unknown

            Motor 1.8 da GM com mesmo consumo do que o 1.0 TSI do Polo? Vcs enlouqueceram de vez!

            • Edson Fernandes

              Eu defendendo ? Eu estou falando de algo que se acontece, aí é para impressionar. E na cidade o consumo do Polo / virtus não é tão animador perto de outros automaticos não viu.

        • José Barbosa

          1.8 aspirado vs 1.0 turbo, o que é MUITA diferença.

          Cuidado para não pagar de ridículo. Senão um 3l que anda lado a lado com o 1.6l da F1 não vai merecer aplausos?

          • Unknown

            Nenhum carro anda lado a lado com um F1! Pode até andar de 0 a 100 km/h, mas em uma volta de pista esquece! A F1 é o top mundial! E o meu último comentário foi sobre consumo, nem a pau que o motor 1.8 da GM tem consumo próximo ao 1.0 TSI da VW!

    • Geraldo Xavier

      Já viu o vídeo da disputa de aceleração programa vrum do sbt entre virtus, cronos, city e cobalt?
      Se não viu vale a pena assistit e irá se surpreender.

      • FREDRED

        Me lembrou de um vídeo que vi do 208 Griffe manual no acelerados que andava na frente de muito carro com mais motor, fiquei surpreendido com o desempenho do 1.6 16v aspirado, mas parece que a PSA tirou cavalaria dos novos (16/17 adiante) por causa de emissão de poluentes.

        • Geraldo Xavier

          Esse motor era o capeta

        • Jurandir Filho

          Na verdade, a linha 17/18 perdeu cavalaria só nas versões automáticas, para se adequar a nova caixa de 6 marchas e as normas de consumo, quanto ao manual que você citou, continua com o mesmo motor de 122 cv no etanol

        • Wellington Myph13

          Mas o 208 não andou muito apenas por causa do motor. Ele é um comedor de curvas, seu acerto de suspensão é excelente nisso.

      • MauroRF

        KKKKKKKKK, o Monzatech 1.8 no Cobalt deixou todo mundo surpreso.

        • Geraldo Xavier

          Panela velha é que faz comida boa. Não a toa que quem mais judia dos carros escolhe gm. No rj chove gm na praça. Gnv, trânsito caótico, calor infernal, ar condicionado ligado direto e o velho família movendo isso tudo aguentando 500 mil km sem retifica.

          • Marcos Souza

            Pois é, motor turbo é mais econômico, mas será que aguenta essas kilometragens sem retifica?

            • Geraldo Xavier

              Os fabricantes dizem que sim. Acho cedo avaliar já que quem tem esses motores principalmente os tsi 1.0 acham que tem um carro de alto desempenho e seus motores estão quebrando muito. Quem usa esses motores pensando em economia que é o principal motivo deles existirem rodaram pouco, sendo cedo demais avaliar.a experiência dos primeiros turbos foi traumática pra vw.

      • José Barbosa

        kkk este vídeo é muito bom!

        https://www.youtube.com/watch?v=iJfQKr35Wvw

    • Elinho Casagrande

      Já evoluíram muito. Dirija um mais novo (acima de 2015).

  • 🅰🅽🅳🅴🆁🆂🅾🅽 – 🆂🅿® ✅

    Vetusto foi boa, kkkkk.

  • Zé Mundico

    Inacreditavelmente é a única minivan da praça. Nesse ramo a GM nada de braçada e ninguém reage.
    Tinha a excelente Livina, mas parece que a Nissan amarelou.
    Isso é incríveeeelllllll….kkkkkkkkk

    • A Livina foi embora no mundo todo, sendo aqui e na China os últimos lugares a sair. A Nissan passou a dedicar-se aos SUV’s, e se deu bem por isto.

      • Unknown

        Exato, ela pensou no mercado global. Se ela considerasse as vendas somente no mercado brasileiro, talvez tivesse continuado a produção, pois não vendia mal… Porém, manter a produção em um só mercado acredito que não era vantajoso.

    • Edson Fernandes

      E acredite… mas a saida dela é tão grande que tem fila de espera. E não estou brincando.

  • Samuel Justus

    A spin tem um consumo muito ruim cara…a parte estética fica em segundo plano pra mim, qdo íamos viajar com ela não tinha nem preocupação de arrumar a bagagem. Aí vendemos e pegamos um up tsi….minha mulher ficou grávida! No começo sentimos mais falta do espaço mas agora já estamos acostumados, além do consumo ser muuuuuuito melhor.

    • Geraldo Xavier

      E se não fosse mais econômico seria de se estranhar. É só pegar a relação de peso, potência e arrasto dinâmico entre um carro e outro. Te garanto que um up com motor de spin seria tão econômico quanto o motor tsi. Segundo o inmetro que usa a mesma metodologia de teste para todos os carros testados o up tsi em estrada consome 16,1 e a spin 13,7. 2,4 km/l com a diferença de peso e tamanho entre ambos é muito pouco.

      • Samuel Justus

        Nem precisa falar de relação peso potência, acho que não sou tão burro assim…. nem em sonho a spin tem esse consumo que o Inmetro diz, a minha ainda era automática e não tinha a tal da grade ativa que o modelo novo tem. Além de um consumo ruim ela tinha pneus Bridgestone que duraram 20 mil km e pastilha e disco de freio trocados com essa km tbm.

        • Geraldo Xavier

          Inmetro tem teste padrão pra todos os carros. Cada um tem seu jeito de dirigir e médias diferentes. Carro at consome muito freio ainda mais que não tem embreagem e a spin é um carro grande e pesado. Não vejo nada de anormal. É o mesmo você quere comparar o up com uma cg 150.

          • Samuel Justus

            Pior que tbm tenho uma cg 150….

        • Dod

          @Samuel Justus, quais eram as médias de consumo urbano e estrada da sua Spin com ar ligado?

          • Samuel Justus

            Ela fazia 7.5 na cidade com gasolina e de 5 a 5.5 no álcool na cidade…na estrada vc coloca uns 2 km a mais por litro, isso com o pé leve em ambos os casos. Não vim aqui pra falar mal do carro, que aliás nunca deixou na mão, se alguém quer um carro confiável eu recomendo e como disse a beleza do carro pra mim é segundo plano….uma vez vi uma 0km manual por 60 mil reais e acho que não tem nada por esse preço e que tenha o mesmo espaço. Claro que tem suas limitações mas como meio de transporte eu acho uma opção válida. A GM joga com as armas que tem num segmento que não existe mais e se da muito bem, isso é inegável. Talvez compre outra um dia mas com câmbio manual.

  • 💀GHOC💀

    Carro feio dos infernos, medonho

  • Vamos aguardar a nova Kangoo, que está já em produção pelos hermanos.
    Seria um ótimo concorrente a Spin, se vier recheada e bem acabada

  • Alexandre Maciel

    A cara de capivara continua lá.

  • Marcus Vinicius

    Faltou o motor 1.4 Turbo do Cruze numa futura Versão Elite a Top de Linha !

  • mattgearhead

    É um absurdo pensar que um carro tão mal projetado e feio venda tanto assim. Saudades da Meriva e da Zafira.

  • Alexandre TRE

    Achava que essa espinha já estivesse morta . Por favor GM

  • Pantera Motores

    Hoje em dia na miinha opinião não acho que temos que ter um carro apenas bonitinho. olhando apenas a cor e designer. precisa ter um bom motor é uma boa estrutura mecânica eu é quem sei retifico motores de empresas que possui vários erros de engenharia que poucos sabem disso.. assinado http://www.panteramotores.com

  • wilsonkikawa

    Espero que mudem mesmo essa carroça horrora que a GM nos fez engolir, sabendo que a sua filial europeia continua a produzir a Zafira muito mais bonita e atual e que ainda por cima da de dez a zero em tecnologia e praticidade do que a Spin !!!!!

  • Razzo

    “a Chevrolet Spin manteve o mesmo padrão, apesar da introdução da versão Advantage e melhoramentos no vetusto motor 1.8 VHC de 8V, que passou a entregar até 111 cavalos”

    -》 Uau ! Isto é uma reportagem de 2 décadas atrás?

  • Schack Bauer

    Não tem concorrente na faixa de preço. Nem precisava atualizar. Quem compra, compra porque não tem opção.

  • MyLink 2 a Spin já tinha desde o modelo 2018.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email