Chevrolet Minivans Preços

Chevrolet Spin LTZ vira Premier na linha 2020 e parte de R$ 84.390

Chevrolet Spin LTZ vira Premier na linha 2020 e parte de R$ 84.390
Chevrolet Spin 7 lugares

Na linha 2020, a General Motors fez uma mudança na gama de versões da minivan Chevrolet Spin. O monovolume perde a versão LTZ e agora passa a dispor da Premier, assim como visto nos utilitários esportivos Tracker e Equinox. Agora, a familiar da marca americana está disponível nas versões LS, LT, Premier e Activ7 com preços entre R$ 68.790 e R$ 89.990, com alta média de R$ 1.400.

Apesar da mudança na nomenclatura, a Spin Premier 2020 – que sai por R$ 84.390 – em nada difere da LTZ anterior, não agregando itens adicionais com a alteração. Assim, ela continua oferece ar-condicionado, direção elétrica, trio elétrico, airbag duplo apenas, rodas de liga leve aro 16 polegadas, sensores de chuva e crepuscular, sete assentos e câmera de ré.


Além disso, a Chevrolet Spin Premier 2020 mantém a multimídia MyLink com Bluetooth, USB e comandos de voz, bem como sistema OnStar e os programas Apple Car Play e Google Android Auto, este último já com os apps Google Maps, Waze, Spotify, entre outros. Luzes diurnas em LED e bancos parcialmente em couro também fazem parte do pacote.

Chevrolet Spin LTZ vira Premier na linha 2020 e parte de R$ 84.390

Na mecânica, a Chevrolet Spin Premier 2020 mantém o vetusto motor 1.8 8V Flex de 106 cavalos na gasolina e 111 cavalos no etanol, entregando mais de 17 kgfm com o derivado da cana. O câmbio automático de seis marchas tem conversor de torque e mudanças manuais por botão na alavanca, enquanto o manual tem o mesmo número de marchas.


A Spin recebeu alterações de estilo recentemente e com isso chegou também o ajuste longitudinal do banco traseiro, permitindo melhor acesso à terceira fileira.

De janeiro a abril, a minivan da Chevrolet vendeu 7.350 unidades, colocando-a na 31ª posição. Única em seu segmento, ela resiste ao fim dessa categoria. A GM ainda não disponibilizou o configurador para sabermos os preços das versões automáticas de LS e LT.

Chevrolet Spin 2020 – Preços

  • Spin LS 1.8 MT – R$ 68.790 (antes era R$ 67.590)
  • Spin LT 1.8 MT – R$ 73.390 (antes era R$ 72.090)
  • Spin Premier 1.8 MT – R$ 84.390 (antes era R$ 82.990 na LTZ)
  • Spin Premier 1.8 AT – R$ 87.990 (antes era R$ 86.590 na LTZ)
  • Spin Activ7 1.8 AT – R$ 89.990 (antes era R$ 88.590)

 

Chevrolet Spin LTZ vira Premier na linha 2020 e parte de R$ 84.390
Nota média 3.3 de 3 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Cleidson

    Aumentou 1400 reais pra tirar as letras LTZ e colocar Premier. Essas letras são banhadas a ouro?

    • vicegag

      Não, é porque usaram mais plástico no Badge.

    • th!nk.t4nk

      É basicamente um carro popular em engenharia e conforto, mas pra justificar esses preços tem que colocar “Premier” mesmo!

      • oscar.fr

        Mas isso ninguém se dá conta. As pessoas adoram arrotar falando sobre Logan, Sandero e Duster que são baixo custo e se esquecem que todos os carros de projeto brasileiro também seriam considerados low-cost se fossem vendidos na Europa. Enterrar 90 mil reais numa Spin com roda pendurada na traseira é atestado de insanidade.

        • De RayBan B|

          Faz tempo que a Spin Activ perdeu o estepe na tampa traseira hein amigo…

          • oscar.fr

            É que é tão raro de ver essa versão na rua. Hoje mesmo vi uma e me dei conta disso. Seja como for, mesmo sem estepe, não justifica custar 90 mil reais. Carro de baixo custo triste demais.

    • rodrod

      heheheh

  • RoDs

    Velho… Estamos chegando a patamares assustadores… HRV 140k… SW4 280k… E esse troço a qus 90k… Não há limites.

    • Thiago

      Não sei se isso por 90k não é ainda pior do que HRV por 140k. Esse motor, duplo airbag, sem esp, em um projeto para “emergentes”, por esse preço??

    • G. de F.

      Assustador é ainda vender mesmo assim!!!!

  • Carlos Dagoberto Garcia

    se ao menos tivesem colocado um motor decente para carregar esse peso ,fala serio nem sei como sai do lugar

    • MarcioMaster

      Anda o suficiente com esse motor, porem os preços hoje acabaram com a atratividade desse carro.

      • Carlos Dagoberto Garcia

        fala serio nao tem força para mover o carro relaçao peso potencia ruim resultado alto consumo de conbustivel tive uma 2016 ltz agora comprei um corolla 2018

        • MarcioMaster

          Assim eu tenho uma LTZ 2014 manual, anda bem, não é um canhão, mas anda bem, no alcool mesmo é otima. Baixa rotação é perfeita, voçe passa quebra molas de quarta marcha sem problemas e não estrada retoma facil, então acho bom o rendimento, lembrando que é uma mini van. O consumo na média, faço 9 na cidade, agora a versão automatica pode mudar esse patamar, não sei, nunca tive.

          • Carlos Dagoberto Garcia

            assim a tua e manual e bem mais economica porque a automatica bebe

        • Fernando Gabriel

          As 2018 para cá, o desempenho ficou melhor.

      • Victor Hugo Pinheiro Cunha

        Se estiver com todos os passageiros e bagagem e subindo uma ladeira íngreme você vai ver que não é o suficiente, ainda mais, por esse preço, merecia um 1.8 turbo pelo menos, pra aumentar o torque…

        • De RayBan B|

          1.8 turbo é exagero… Mas o 1.3 turbo 3 cilindros que já existe lá fora cairia muito bem…

          • Edson Fernandes

            Ou o 1.4 da Tracker.

  • Leandro Balmant

    Tirando o fato que pra ficar boa só nascendo de novo, essa versão Premier deveria agregar Airbags laterais, controle de estabilidade e ar condicionado digital, isso sendo realista.

  • Domenico Monteleone

    tá certo que quem compra é mais pela utilidade do qualquer coisa, mas 90 mil reais por uma Spin é de amagar.

  • Eskarmory .

    Spin é simplesmente um caso patológico na cena.

  • Fernando Gabriel

    Esse aumento se deve simplesmente a alta procura pelo modelo.A ganância das montadoras está cada vez maior.

  • afonso200

    90mil reias, kkkkk e reclamaram que em 2015 eu paguei 51mil reais em Um AZERA 10/11 com 40mil km de u.Dono… tenho até hoje e nao vendo nem a pau

    • Marcus Fumagalli

      Se for a versão com facelift foi um bom negócio, eu tive um mas era 11/11.

      • afonso200

        o 10/11 com facelith 3.3L

    • Impala_67

      Até pq pra vender precisaria de alguém interessado.. kkkk

      • afonso200

        a cada 15 dias alguem me preocura sabendo se quero vender ele ou nao

    • Victor Hugo Pinheiro Cunha

      claro que não vai vender nem a pau, quem compraria essa bagaça de segunda mão?
      casou com ele, e vai vender a sucata no ferro velho… Cara que vem com conversa de carro usado em mercado de carro novo, francamente, não tem peças, se pifar um simples limpador de para-brisas em tempo chuvoso você pode encostar a joça.

      • Richard

        Chamar um carro desse de joça PQP. Temos o mercado que merecemos.

      • afonso200

        kkkkk,

      • Edson Fernandes

        Esse carro principalmente para o porte dele é barato de manter.

        E digo mais… ele é mto mais trasnquilo e barato de manter que um Jetta.

        • Victor Hugo Pinheiro Cunha

          Cara, pegando uma bomba de um Jeca, qualquer carro japonês ou coreano é mais fácil de manter…
          Não se faz mais VW como antigamente, o que estou dizendo é que você não pode contar como seu único carro, não existem peças de reposição em profusão nem de gol e ônix hoje em dia, se você compra um Azera, ótimo, mas se pifar alguma coisa, vai ter que fazer pescaria de peça no ferro velho, ou encomendar importada, e esperar chegar… Aliás é por isso mesmo que carros de luxo desvalorizam tanto no primeiro ano de uso. Quem compra um carro desses não quer ficar frequentando oficina. Quando ele está, usado, já não vale nada pois imagina você viajando e dá um defeito? Pode chamar o guincho. Quem depende de carro pra trabalhar não pode usar um carro com mais de 3 anos de uso. Não é confiável. Serve pra sua avó ir passear mas não serve pra labuta diária.

  • Louis

    Certeza que é DRL em Led? Eu nunca vi Spin com DRL….

    • Rafael Neves

      O correto seria assinatura em LED mas…

  • Carlos Eduardo Cabral Silva

    os preços dos carros é igual a zoeira, não tem limites.

  • klaus

    parabéns, Spin! por esta conquista!

  • fschulz84

    O Fanjos anda sumido pq anda tendo bastante trabalho com a prosperidade nossa de cada dia.

    • Fanjos

      Esta corrido aqui no CPA (Centro de Prosperidades Automotivas)

  • G. de F.

    Trocou o nome, aumentou o preço! Tá “sertim”, GM, afinal de contas, tem aí o Ônix que paga todas as contas. O resto que vender é lucro!

  • Fanjos

    Esse carro fede a simplicidade

  • Eric PB

    triste um carro de 85mil com vocação extremamente familiar não ter controle de tração e estabilidade….

    • Victor Hugo Pinheiro Cunha

      triste, e absurdo, deveria ter menos luxo e badulaques eletrônicos e mais segurança.

  • Baetatrip

    …… Pobremiê!
    Essa carroça beirando aos 90 mil reais?!
    Que saudades da Zafira…….. Bom carro, acabamento de primeiro mundo…… !
    Só para ter idéia: Essa saia ultra tecnologica aerodinamico dianteira, só vejo jas rua quebradas ou raspadas ou arrancadas!
    Até versão de ACT e tao altinha que a saia é raspadinha né?
    Brasil nao tem volta de carros como era 10/15 anos atras…!

  • Luciano Souza

    Quero nem saber o preço de um Doblô,,,,

  • Luciano Souza

    acabei de ver 94.410,00, essence 7 lugares manual.

    • Victor Hugo Pinheiro Cunha

      E na localiza você acha um seminovo por 60 mil… são 34 mil de desvalorização no primeiro ano de uso.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email