Chevrolet Preços Sedãs SUVs

Chevrolet tem taxa zero e descontos para Prisma, Cobalt e Tracker

Chevrolet tem taxa zero e descontos para Prisma, Cobalt e Tracker

A General Motors está promovendo ofertas e condições especiais para alguns modelos da Chevrolet. Os sedãs compactos Prisma e Cobalt estão em destaque, assim como o SUV compacto Tracker. No caso do sedã menor, o Prisma, o preço promocional é de R$ 56.990, R$ 4.200 a menos que o sugerido na tabela, que é de R$ 61.190.


Na versão LT 1.4, o plano de financiamento inclui entrada de R$ 33.752,17 e saldo em 24 mensais de R$ 963,51, com taxa zero. O total a prazo é de R$ 56.876,41. No caso do Cobalt, o preço promocional é R$ 5.000 menor que o de tabela, caindo assim de R$ 74.990 para R$ 69.990, beneficiando especialmente os clientes PCD.

Chevrolet tem taxa zero e descontos para Prisma, Cobalt e Tracker

Nesse caso, o Cobalt LTZ 1.8 tem plano de financiamento com R$ 41.994,00 de entrada e saldo em 48 parcelas de R$ 759,25 com taxa de 0,99%. O modelo ainda tem bônus de R$ 4.000 na troca do velho pelo novo. Já o Tracker Premier está sendo oferecido com entrada de R$ 83.990 (80%) e saldo em 36 mensais de R$ 600,52. A taxa é zero.


Entretanto, a oferta do Tracker também serve de termômetro para a GM, visto que ela só é válida para clientes que trocarem seus utilitários esportivos compactos, ou seja, da mesma categoria do Tracker. Para isso, a empresa promete pagar 100% da tabela Fipe nos SUVs usados da própria casa e concorrentes.

Chevrolet tem taxa zero e descontos para Prisma, Cobalt e Tracker

Até as marcas são citadas: Chevrolet/GM, VW, Ford, Honda, Hyundai, Jeep, Toyota e Nissan. O total a prazo é de R$105.608,72, pouco acima dos R$ 104.290 da versão Premier.

A GM também promove outros modelos, como a minivan Spin LS 1.8, que tem preço promocional de R$ 67.990 e plano de financiamento com entrada de R$ 47.593,00 e saldo em 24 mensais de R$ 873,40 com taxa zero. Já o Cruze LTZ, que deve ser atualizado em breve, sendo substituído pelo Premier, tem entrada de R$ 76.990 e 36 parcelas de R$ 935,59. A taxa de juros é zero.

Chevrolet tem taxa zero e descontos para Prisma, Cobalt e Tracker
Nota média 5 de 1 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Carlos Eduardo Cabral Silva

    Alguém consegue me explicar quem é a pessoa em sã consciência que ainda compra um (mortal) cobalt a expressivos 60mil reais? (sem ser taxista).
    Absurdo um negócio desse.
    Eu lembro bem quando meu pai comprou a primeira geração do palio, que na época saiu, se não me falhe a memória, 16 mil reais completaço.
    Carro novo é sempre bom, mas com esses preços, chega a ser broxante.

    • Walter Augusto

      Uai, tem gente que ainda compra Palio weekend e paga bem mais do que isso !!!!

      • itmrn

        tem gente que compra Doblô!!!!!!!!!!!

    • Daniel

      Em 1997 o salário mínimo era R$120,00, fazendo uma relação com o salário mínimo 60 mil reais de hoje seriam equivalente à R$ 7200 em 1997…ou seja 60mil reais hoje não é muita coisa…. e o completo da época era ar, direção e vidro elétrico, sem abs, airbag….

      • Joao Victor

        Não se compara pelo mínimo, e sim pela renda média, que 1997 era de aproximadamente 600 reais, sendo hoje algo em torno de 1200.

        • Daniel

          1997 era R$475 e em 2018 foi de R$1378…. enfim… R$16mil em 1997 era bastante dinheiro, hoje R$60mil não é muito dinheiro.

          • TchauQueridos

            Depois da forte crise após 2015 que ainda reflete até hoje, diversos produtos e bens caíram de valor ou alguns casos não tiveram reajustes, como aluguel, imóveis, etc…
            Na industria automotiva foi o inverso, após a crise os preços subiram absurdamente, oque faz parecer que 60 mil é pouco. É muito dinheiro se comparado a renda média do brasileiro e ao salário minimo, mas pra comprar um carro é um mixaria.

            • Malvino Jose Moreira Junior

              Sem falar na marolinha de 2008.

              • Matheus Girelli

                A marolinha que virou tsunami e quase afogou todo mundo

                • Malvino Jose Moreira Junior

                  Isso o presidente falou que seria só uma marolinha e mandou as pessoas continuarem comprando na televisão.

          • Bruno Melo

            “R$60.000,00 não é muito dinheiro”, anham, tá certo kkkkk

            • Ric53

              Exatamente kkkkkkkk

            • Daniel

              Bruno, você como advogado deveria ter compreendido o contexto da discussão, mas em fim lá vai mais uma explicação. No post do Carlos ele falou que é um absurdo pagar 60mil num carro 0km, o que eu concordo, mas depois ele falo como se fosse normal ou barato ter pago 16 mil em um palio, o fato que isso foi mais de 20 anos atrás, e a 20 anos a trás esses 16mil se equivalem a 60 mil de hoje, ou seja se para ele 16 mil na época era pouco, 60 mil hoje também é pouco.
              Outro fato, estamos falando de carro 0km, então, dos carros 0km, que nao sejam 1.0, a faixa de valor é de 55mil para cima, por isso no universo dos carros novos 60mil é pouco dinheiro, vc não compra quase nada com esse valor (zero km)

      • The_Prosecutor

        Tanto o salário mínimo quanto as aposentadorias vieram sendo aumentados artificialmente ao longo dos anos.
        No caso dos aposentados, é para garantir aos Bancos a venda de empréstimos consignados.

    • André

      16 mil reais no final da década de 90 era considerado bastante dinheiro R$ 16.000,00 / $ 1,16 = 13.793,10 Dólares Americano em Julho/1998 e que hoje daria R$ 52.413,80 que é um preço de uma carro equivalente e até um pouco mais moderno como um Polo 1.0 MPI, 208 1.2 e Argo 1.0 Drive. Ou seja o carro no Brasil parece que está muito caro de uns 5 anos para cá principalmente, mas o que está ficando ruim é o poder de compra que está caindo muito considerando moedas confiáveis como Dólar e Euro.

    • Rodolfo Deo

      Senhores e senhoras da idade geralmente compram esse carro.

    • Cleidson

      Em 2013, uma colega de trabalho queria porque queria um Agile. Levei um mês mas consegui tirar essa ideia da cabeça dela

    • Zé Mundico

      Dentro da atual realidade de preços de carros, acho até um valor razoável, ainda mais quando vemos Corolla, Jetta e Civic por mais de 100 mirréis.
      Dinheiro não vale mais p*^^@ nenhuma….

    • Eduardo 1981

      Teu pai pagou mais caro do que um hatch de entrada hoje…

      Toca a inflação de 1996 até agora, 23 anos, e verás como custou caro. Acho que mais de 60 mil reais.

      • SDS SP

        Meu tio comprou em 1994 um Monza GL bem pelado por 16 mil reais na época e hoje daria para comprar um carro mais completo.

    • Paulo Lustosa

      Depende, geralmente são pessoas que compram carro pra trabalhar e além de uma relativa economia de combustível (sim, esse cobalt com cambio manual de seis marchas consegue ser econômico), um bom desempenho a ponto de andar mais que todos os VW Virtus (Virtus anda mais que o Cobalt na teoria, na prática passa sufoco) e que tenha baixa manutenção e cesta básica barata em caso de precisar de manutenção, e uma boa relação de equipamentos de série, por isso ele tem o público alvo dele.

      • Eduardo Sad

        Também não vejo esse chororô todo. Tive um Cobalt por 5 anos e me atendeu muitíssimo bem. Hj tenho um Corolla 18, cujo preço 0km é 65% maior do que o Cobalt. Salvado a segurança a mais que o Corolla entrega e que foi motivo da aquisição, o mesmo não justifica a diferença de preço em relação ao Cobalt que tinha. Viajo no atual com qualidade e conforto bem semelhantes ao antigo Cobalt. Sem falar que o Cobalt ainda tem manutenção mais barata, simplificada, é mais discreto, tem seguro mais barato. Cada um sabe o que é primordial para si. Ninguém tem direito de se achar mais esperto por conta das escolhas pessoais do outro.

  • Lennes

    É comprar esses modelos e assim que sair da concessionária já vai perder uma boa grana, e assim que lançarem os modelos novos perderá mais ainda, ou seja, esse desconto aí não vai valer de nada comparado ao que irá perder no total.

    • Fernando Gabriel

      Mas o pensamento de que carro é investimento, é dos 80, hoje não existe mais isso.

    • V12 for life

      Carro é bem de consumo como qualquer coisa que você tenha em casa, quer investir vá ao banco ou compre imóveis.

      • The_Prosecutor

        Certo e errado.

        O carro é o segundo bem mais valioso que temos. Ainda mais no Brasil, onde um carro médio custa R$ 100 mil.

        Logo, quem preza pela sanidade financeira deve sim fazer cálculos e pensar o carro como “investimento”.
        Não no sentido de retorno financeiro, mas investir no conforto, na mobilidade, na segurança, tendo em vista o menor dispêndio possível.

        A isso chamamos relação custo-benefício.

        Portanto, nada mais inteligente que comprar carro levando em conta (não por si só, mas levando em conta) a possibilidade de perder menos dinheiro possível com a revenda e depreciação.
        Loucura é comprar sem pensar nisso, facilmente carregado pela publicidade e pelo desejo de ter um bem, sem pensar nos ônus.

        Se aqui fosse como nos Estados Unidos, onde as pessoas ganham facilmente 5k USD/mês e um carro bacana usado custa 25k, ou um carro novo TOP custa 50k aí sim, daria pra trocar de carro como se troca de roupa, sem stress e sem pensar nos gastos, no retorno…

        • Ananias Anacleto

          Essa imagem de que todo americano leva vida de rei não é bem assim, em certos termos é parecido com o que temos aqui, uma parcela enorma da população vive de “paycheck to paycheck”. Essa idéia de que qualquer americano ganha facilmente 5000 USD ao mês não chega nem perto da realidade.

          • Natán Barreto

            Ele não disse q americano leva vida de rei. Até pq 5 mil dólares pra gente é bastante dinheiro, mas pra realidade de lá é uma quantia “normal” de grana.

            Ele quis dizer q se trabalha BEM menos pra conseguir comprar algo de qualidade num preço justo.

            Aqui carro é considerado bem de luxo. Um carro popular velho, anos dos anos 90 custa em torno de 5 mil reais em estado mediano. Isso é mais de 5 meses de um salário mínimo no Brasil.

            • Ananias Anacleto

              5000 USD lá não é troco do leite. É uma quantida nada desprezível inclusive para eles. Pesquise sobre a quantidade de americanos que não ganham nem metado disso por mês, e sobre os custos de vida, custo de saúde e etc e tal. Os carros podem sim ser um pouco mais acessíveis, mas não é todo mundo por lá que pode se dar ao luxo de comprar BMW e afins, não é tão simples como a gente se ilude em achar que é.

          • The_Prosecutor

            Tudo bem. Mas isso não anula o fato de que lá uma BMW 230i (Série 2 coupe) custa USD 35,500.
            Lá dá pra desejar e sonhar com carros divertidos sem pensar em revenda, dar vazão aos gostos e desejos automobilísticos.
            Aqui não existe essa realidade… Só pra quem tem muito, muito, muito dinheiro sobrando. E quando eu digo muito, é contar com 500.000/ano+
            Todas as pessoas com renda abaixo disso (ou seja, 99% de nós) deve pensar, repensar, tripensar e quadripensar a conta de um carro novo, levando em conta a quantidade de horas de trabalho que custa para comprar um.

            • Eduardo 1981

              Se tripensar e quadripensar se anda de aplicativo e táxi. Mais barato e menos incomodação…

              • The_Prosecutor

                Menos incomodação?
                Deus me livre. Andar de Uber e de táxi é um porre.

        • Vitor

          Discordo. Carro não é investimento. Carro é bem de consumo como um liquidificador.

          O fato de levar em conta a desvalorização e gastos adicionais de um carro não o torna investimento, pois você está apenas reduzindo custos.
          O benefício que ter um carro pode trazer também não pode ser ao meu ver considerado como investimento, afinal todo produto tem um fim, mas nem por isso todos são considerados investimentos.
          Liquidificador faz aquela vitamina da hora e nutritiva, mas não é um investimento.
          Carro só seria investimento se fosse comprado por valor X e vendido em seguida sem custos adicionais por um valor X + Y.

          • The_Prosecutor

            No campo do romantismo é fácil comparar carro com utensílios domésticos… Mas ninguém descarta um carro depois de 10 anos de uso.

            O carro está num patamar intermediário, e cada vez mais se aproximando em preço dos imóveis. O carro também tem um enorme valor residual, e a depreciação varia muito dependendo do modelo.

            Portanto, a melhor análise (do ponto de vista financeiro) é levar todas essas considerações em conta na hora de escolher o carro.

            Essa de “carro não é investimento” é um frase clássica pra rebater os argumentos de quem fala em preço de revenda.
            Tudo bem, é uma frase verdadeira. Carro não é investimento. Ponto.

            Mas comprar carro sem avaliar depreciação, o valor residual do bem, e todos os pontos citados, é irresponsabilidade financeira. Ou dinheiro sobrando.

      • Ananias Anacleto

        Nem imóveis são bom investimento na maioria dos casos, imagina um veículo. Os únicos que ganham dinheiro com carro são as montadoras e as lojas.

        • Zé Mundico

          E o governo, que morde no ICMS, IPVA, IPI, emplacamentos, taxas e IOF sobre financiamentos e seguros.
          Se depender do governo, carro não baixa de preço nunca. Quanto maior o preço, mais ele arrecada!

        • RPM

          Exato….o que tem de gente que comprou imóvel pra investir e hj está pagando taxas e impostos sem conseguir vender ou locar….sem falar nos que perderam pro banco né….

    • Zé Mundico

      Carro é apenas um eletrodoméstico com rodas. Além do preço altíssimo, ainda pagamos impostos, IPVA, manutenção, seguro, emplacamento, combustível e, como se não fosse pouco, ainda pagamos estacionamento.
      Quer dizer, você paga para rodar e paga até para deixar parado.
      Melhor ir de Uber…

      • Klaus Nickel

        uma ideia legal é mesclar meios de transporte próprio: bike pra trajeto curto (saúde/economia/mobilidade); ter uma scooter (trajeto curto/médio, pequenas compras; e uns uber (chuva/levar pequena carga/compras); aluguel de carro (viagens) .

      • RPM

        Eu sempre gostei muito de carro,inclusive faço eu mesmo a manutenção do meu carro em casa(óleos,filtros,etc),mas já me peguei várias vezes pensando em chutar o balde e andar de uber e táxi….muito gasto,manutenção e dor de cabeça viu….

    • Gran RS 78

      Isso vale para TODOS os carros okm. Carro não é investimento, e sim bem de consumo.

  • The_Prosecutor

    A S10 LTZ diesel para produtor rural e CNPJ está por R$ 156 mil.
    Temos um novo nicho de “cotas”: CNPJ.
    Antigamente era bem mais difícil conseguir descontos gordos e vantajosos nessa categoria, era mais restrito ao produtor rural mesmo. Digo isso por experiência própria. Num New Fiesta 1.5 (logo no lançamento) me ofereceram R$ 2 mil apenas de desconto.
    Agora CNPJ está deitando e rolando.
    Nos Jeeps, consegue-se mais de R$ 20 mil de desconto.

  • Emygdio Carlos

    Promoção “mui amigo”!

  • Rodolfo Deo

    Abriram-se as portas do Jurassic Park

  • Chris

    Promoção!!! Compre gerações que estão saindo de linha, com o preço do ano passado, para assim que possamos limpar nosso estoque!!!

  • Fellipe Z

    Brasileiro tem q se estudado. Meu deus do céu. Que loucura estes preços

  • Dod

    Ainda estou procurando a promoção. Condições e valores melhores que esses já são praticados diariamente nas concessionárias Chevrolet, os vendedores e gerentes fazem qualquer coisa para não perder negócio, é preciso muito equilíbrio e controle emocional para entrar em uma loja deles e não sair com um carro zero km.

    • Alexandre Monteiro

      Falou tudo.
      Os preços de tabela da GM são para inglês ver.
      Eles são bem agressivos nos “descontos”

  • savedog

    ta barato …..compra e em menos de 6 meses terá o carro modelo veio..!!!!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email