Avaliações Chevrolet SUVs

Chevrolet Trailblazer 2014 turbodiesel com 200 cavalos oferece mais força e conforto com economia

chevrolet-trailblazer-ltz-2014-avaliacao-NA-7-700x464 Chevrolet Trailblazer 2014 turbodiesel com 200 cavalos oferece mais força e conforto com economia

Em fevereiro fizemos a avaliação do Trailblazer com motor V6 a gasolina, afinal, era a nova motorização do modelo frente à S10, que já tinha sido avaliada com motor turbodiesel. Só que recentemente tanto a S10 quanto sua versão fechada receberam uma atualização no motor turbodiesel, passando de 180 para 200 cavalos de potência. A S10 atualizada foi avaliada por nosso editor Hairton Ponciano Voz, e agora chegou a vez do Trailblazer.



O Chevrolet Trailblazer 2014 ganhou um importante reforço nas vendas, o aumento de potência do motor diesel 2.8 CDTI Duramax, que passou de 180 cv para 200 cv. O bloco deu ainda mais força e desempenho ao maior SUV da GM no Brasil, assim como ampliou o conforto ao dirigir entregando boa economia de combustível.

Disponível apenas na versão LTZ e também com opção do motor a gasolina V6 3.6 de 239 cv, o Chevrolet Trailblazer 2014 é um utilitário esportivo que serve bem no campo e mesmo na cidade, embora seu foco seja de fato estradas ruins ou longas rodovias, onde o motorista não precisará se preocupar com o posto de combustível.

Custando R$ 162.890, o Chevrolet Trailblazer LTZ 2.8 CDTI não é um veículo barato, mas está muito bem diante da concorrência, onde encontramos o Mitsubishi Pajero Dakar HPE, por R$ 159.990, e o Toyota SW4 SRV de sete lugares por caríssimos R$ 185.800. Se falarmos pelo menos de estilo e potência, o SUV fabricado em São José dos Campos/SP se torna a melhor opção.

chevrolet-trailblazer-ltz-2014-avaliacao-NA-12-700x402 Chevrolet Trailblazer 2014 turbodiesel com 200 cavalos oferece mais força e conforto com economia

Por fora…

Nascido de um projeto global da GM, liderado pela filial brasileira, a Chevrolet Trailblazer 2014 apresenta estilo muito mais moderno que as rivais nacionais, destacando-se linhas até esportivas e formato musculoso, que só reforça a impressão (real) de robustez e segurança. A larga coluna C separa o espaço da terceira fileira e dá ênfase à identidade do modelo, agora um pouco mais distante da Nova S10.

A frente possui uma curvatura suave, com faróis de desenho dinâmico e projetores internos, embora sem LEDs. A grade tem frisos cromados e barra central com o logotipo da Chevrolet, enquanto o para-choque é dotado de faróis de neblina e detalhes cromados no acabamento. O conjunto é imponente e chama bastante atenção.

O SUV apresenta ainda retrovisores cromados com repetidores de direção e rebatimento elétrico, úteis estribos laterais, friso na base das janelas e maçanetas cromados, protetores na parte inferior das portas e lanternas traseiras bipartidas pela tampa traseira, que possuem LEDs na parte inferior e lente transparente nos repetidores de direção.

Além disso, conta com limpador e lavador do vidro traseiro, barra cromada sobre a placa com a câmera de ré logo abaixo e para-choque traseiro com sensor de estacionamento, luzes de neblina e ré. No teto há barras longitudinais cromadas e antena. Completando o visual estão rodas de liga leve são de aro 18 polegadas montadas em pneus 265/60 R18.

chevrolet-trailblazer-ltz-2014-avaliacao-NA-8-700x464 Chevrolet Trailblazer 2014 turbodiesel com 200 cavalos oferece mais força e conforto com economia

Por dentro…

Apesar do preço, a proposta do Chevrolet Trailblazer LTZ 2.8 CDTI não é puramente luxo. O modelo traz muitos itens, mas o conforto é o foco principal. Isso não significa ausência de equipamentos ou acabamento condizente. O visual interno é bastante moderno e atraente se comparado aos rivais, destacando-se naturalmente o painel frontal.

Com duplo cockpit, o conjunto possui acabamento em plástico duro, mas bastante resistente. Tons de cinza escuro na parte superior contrastam com o bege no restante do conjunto, que ainda conta com partes em couro nas portas e apliques em outro tom de bege (Athos). O cluster possui dois grandes mostrados analógicos com coberta que remete ao Camaro, assim como a característica iluminação Ice Blue e o display digital central. De ótima visibilidade, o grupo de instrumentos atende bem.

O volante de três raios tem formato robusto e revestimento em couro. Comandos de telefonia/multimídia estão de um lado e controle de cruzeiro do outro. Detalhes na cor cinza prata realçam o visual. No entanto, a coluna de direção tem apenas regulagem de altura. As alavancas de limpadores/lavadores/computador de bordo e fachos/indicadores de direção/computador de bordo ficam logo atrás. Comandos de regulagem de altura dos faróis, iluminação do painel e de faróis/faróis e lanterna de neblina se encontram logo abaixo. Há espaço para dois botões, cuja função original é desconhecida.

chevrolet-trailblazer-ltz-2014-avaliacao-NA-13-700x464 Chevrolet Trailblazer 2014 turbodiesel com 200 cavalos oferece mais força e conforto com economia

Ao centro, porta-objetos com tampa na parte superior e difusores de ar verticais com acabamento cinza escuro, o mesmo tom de cor que contorna a parte central do painel e o console da transmissão. O display multimídia com tela sensível ao toque de 7 polegadas e sistema MyLink se destaca. CD/DVD/MP3/WMA/USB/Aux, assim como navegador e Bluetooth são itens oferecidos com o dispositivo, que ainda conta com seis alto-falantes.

Mais abaixo, o display circular do ar-condicionado automático chama atenção. Também com função independente para segunda e terceira fileiras, o dispositivo apresenta visual sofisticado com temperatura, posição do fluxo de ar e ventilação no centro do controle. Por fim, duas fontes 12V (existem 4 ao todo) e os botões dos controles de descida e de estabilidade. Do outro lado, dois porta-luvas fornecem espaço adicional para objetos de valor. Finalmente, dois práticos porta-copos escamoteáveis ficam próximos dos difusores de ar laterais, oferecendo ainda mais comodidade aos ocupantes.

No teto, luzes de leitura, retrovisor eletrocrômico, porta-óculos, vários apoios de mão, controles traseiros de ventilação e saídas de ar-condicionado no teto para as duas fileiras posteriores (4 no total). Poderia ter um teto solar elétrico. Como é um veículo preparado para transportar objetos no teto, o item parece não ter sido levado em conta. De volta ao console central está a alavanca de transmissão cromada e posição de mudança manual de marchas. Próximo, há o botão para mudança de tração, com opções de 4×2, 4×4 e 4×4 com reduzida.

chevrolet-trailblazer-ltz-2014-avaliacao-NA-26-700x393 Chevrolet Trailblazer 2014 turbodiesel com 200 cavalos oferece mais força e conforto com economia

Entre os bancos, apoio de braço central com porta-objetos e conectores USB e Auxiliar, bem como dois porta-copos sem tampa. Os bancos possuem acabamento em couro bege de toque macio. O assento do condutor conta com controles elétricos, enquanto nos demais são manuais. O encosto do passageiro pode ser rebatido para frente, ampliando o espaço para um objeto longo no interior. O espaço para as pernas é muito bom na frente.

Atrás, os passageiros também não podem reclamar. O banco da segunda fileira tem três apoios de cabeça e cintos de três pontos, bem como sistema Isofix. Eles podem ser reclinados e o sistema de basculamento das posições laterais é muito fácil e pode ser feito apenas com uma das mãos. Há também apoio de braço central com porta-copos.

Na terceira fileira, os assentos não dispõem de regulagem de inclinação, mas até poderiam, dado um pequeno espaço até a vigia traseira. Uma pessoa de 1,90 metro acaba entrando, mas o conforto fica comprometido para viagens longas, lembrando que já testamos este espaço no retorno de Mairinque para São Paulo, durante o test drive de lançamento do Chevrolet Trailblazer.

chevrolet-trailblazer-ltz-2014-avaliacao-NA-16-700x1053 Chevrolet Trailblazer 2014 turbodiesel com 200 cavalos oferece mais força e conforto com economia

Além disso, há dois porta-copos, dois porta-objetos sem tampa (lateral esquerdo e central) e cintos de três pontos. Os airbags de cortina vão da coluna A até a D, protegendo assim todos os ocupantes em caso de impacto lateral. Difusores de ar individuais também estão presentes nos dois últimos assentos. Só faltou mesmo um sistema de entretenimento com tela de LCD no teto para as duas fileiras de trás.

Os dois últimos bancos também podem ser rebatidos, ampliando o espaço do porta-malas, que varia assim de 235 a 1.830 litros, dependendo do arranjo dos assentos. Além disso, um compartimento no assoalho guarda o suporte da cobertura retrátil de bagagem, usado na configuração de cinco lugares. Por fim, as portas possuem porta-garrafas e maçanetas cromadas, oferecendo comandos elétricos dos vidros, sendo os do motorista em boa posição, mas o comando dos retrovisores (que oferecem rebatimento elétrico) está junto à coluna A e em posição ruim.

chevrolet-trailblazer-ltz-2014-avaliacao-NA-6-700x464 Chevrolet Trailblazer 2014 turbodiesel com 200 cavalos oferece mais força e conforto com economia

Por ruas e estradas…

Alta, o Chevrolet Trailblazer LTZ 2.8 CDTI pode o fácil acesso com ajuda dos estribos e de puxadores internos nas colunas A. Apesar dos 4,87 m de comprimento, o modelo pode ser facilmente estacionado com ajuda da câmera de ré e sensor de estacionamento, mas faz falta outro dispositivo eletrônico na parte frontal, onde o condutor não tem visão adequada durante manobras. A sensação de segurança aparece logo que nos sentamos no posto do motorista. A visibilidade é boa é os comandos estão próximos às mãos.

Ao ligar o motor, as batidas metálicas características dos motores diesel aparecem imediatamente. O 2.8 CDTI entrega 200 cv a 3.600 rpm e ótimos 51 kgfm a 2.000 rpm. A força do propulsor renovado entusiasma e não se traduz apenas no ronco, que é moderado em velocidade de cruzeiro. A 110 km/h, a rotação atinge 1.700 rpm, graças também à transmissão automática de seis velocidades. No entanto, não espere desempenho mais esportivo do Chevrolet Trailblazer LTZ 2.8 CDTI, pois nem função “Sport” ele oferece.

Feito para cruzar o país visitando poucos postos, pudemos registrar 13,2 km/litro no ciclo rodoviário com o modelo. Com um tanque de 76 litros, o SUV praticamente poderia ir de Campo Grande/MS até São Paulo. No ciclo urbano, registramos 7,2 km/litro. É bom para um utilitário de 2,1 toneladas com 200 cv.

chevrolet-trailblazer-ltz-2014-avaliacao-NA-3-700x464 Chevrolet Trailblazer 2014 turbodiesel com 200 cavalos oferece mais força e conforto com economia

O modelo tem chassi de longarinas e suspensão traseira com eixo rígido e molas helicoidais no lugar dos feixes de molas, tal como em alguns SUVs derivados de picapes. Isso se traduz em maior conforto e controle, já que a suspensão é totalmente voltada para absorção de impactos, já que a oscilação lateral é algo frequente no dia a dia. Por isso, ESP ligado é fundamental, garantindo a segurança. Os freios agem muito bem, mas sempre é bom ter cautela por causa do porte do veículo. A direção não é tão leve como a de um automóvel, mas não exige esforço fora do comum.

O nível de ruído é muito bom em velocidade de cruzeiro e para um SUV diesel 4×4. O silvo da turbina pode ser ouvido muito pouco. Para quem gosta, é bom ter ouvidos bons ou manter as janelas abertas. Em termos de desempenho, a força aparece mais após 1.000 rpm e a resposta ao acelerador é imediata. As retomadas também são excelentes e garantem muita segurança em ultrapassagens.

Experimentamos o Chevrolet Trailblazer LTZ 2.8 CDTI também em estradas de terra, embora já tivéssemos testado a tração 4×4 e também a 4×4 com reduzida em um circuito montado pela GM em Mairinque, região de Sorocaba/SP. Desta vez foi algo bem mais leve, onde pudemos testar a tração 4×4 na lama. Mesmo em condições de barro, buracos, valetas e outros obstáculos geralmente encontrados nestes caminhos, o modelo se sai muito bem.

chevrolet-trailblazer-ltz-2014-avaliacao-NA-2-700x464 Chevrolet Trailblazer 2014 turbodiesel com 200 cavalos oferece mais força e conforto com economia

Finalmente, a título de observação, a unidade testada pelo Notícias Automotivas deu um susto no retorno à GM. Embora rodando em estrada de asfalto e em velocidade próxima de 110 km/h (limite da estrada), repentinamente ouvimos um ruído estranho no cofre do motor, acompanhado de perda imediata de potência e uma fumaça preta saindo do escape.

Ao pararmos o veículo e observarmos o motor, notamos que o tubo de admissão de ar – junto ao corpo da borboleta do sistema de injeção common rail – estava fora do lugar. Para resolver a questão, apenas uma chave de fenda emprestada e a Chevrolet Trailblazer LTZ 2.8 CDTI voltou a ter os bons 200 cv, retornando à normalidade. Inclusive novamente alcançando 13,2 km/litro no restante do percurso.

Nada de fumaça preta. Aliás, o sistema EGR – recirculação de gases de escape – é muito eficiente nesse aspecto, reduzindo também as emissões de CO2. Enfim, talvez na revisão alguém tenha deixado de apertar bem a braçadeira que prende o tubo de plástico. Não encontramos relatos semelhantes na internet relacionados com esse modelo específico. Enfim, um detalhe pontual que não alterou o resultado da avaliação.

chevrolet-trailblazer-ltz-2014-avaliacao-NA-29-700x393 Chevrolet Trailblazer 2014 turbodiesel com 200 cavalos oferece mais força e conforto com economia

Por você…

O que a Chevrolet Trailblazer 2.8 Turbo Diesel tem em comum com o Novo Agile e o Tracker? Assim como eles, o maior SUV da GM também só está disponível em versão topo de linha LTZ. Bom para quem quer um carro completo, ruim para quem não pode dispor de R$ 136.300 na versão a gasolina ou R$ 162.890 na movida por óleo diesel. Seria interessante a introdução de uma opção LT com preço mais em conta, aproximando-se mais da apagada Captiva, hoje apenas em versão 2.4 Ecotec.

No mais, o Chevrolet Trailblazer LTZ 2.8 CDTI é feito para quem tem família grande e/ou necessita de um veículo robusto para cidade – enfrentando as crateras do asfalto e regiões alagadas – e campo, onde chácaras, sítios e fazendas não vão parecer tão distantes. Econômico, o SUV da GM oferece também muita força e excelente desempenho na estrada, sempre focando no conforto dos passageiros.

chevrolet-trailblazer-ltz-2014-avaliacao-NA-9-700x464 Chevrolet Trailblazer 2014 turbodiesel com 200 cavalos oferece mais força e conforto com economia

O Chevrolet Trailblazer LTZ 2.8 CDTI oferece um bom pacote de equipamentos de conforto, segurança e entretenimento, que inclui ar-condicionado automático com saídas na parte traseira, seis airbags, ESP, TCS, bancos em couro, banco do motorista elétrico, retrovisor eletrocrômico, sensor crepuscular/estacionamento, câmera de ré, rodas aro 18, retrovisores com rebatimento elétrico, MyLink, CD/DVD/MP3/USB/Aux, Bluetooth, freios a disco nas quatro rodas, entre outros.

O que falta? Teto solar elétrico, sensor de estacionamento dianteiro, multimídia para os passageiros das demais fileiras e alerta de ponto cego já seriam bem-vindos. No mais, 3 anos de garantia e cesta básica de peças de R$ 7.167,45. Em revisões com mão de obra até 60.000 km, o proprietário pagará R$ 4.704. Para o segmento, a Chevrolet Trailblazer LTZ 2.8 CDTI apresenta bons argumentos para ser a escolha final.

Medidas e números…

Ficha Técnica – Chevrolet Trailblazer LTZ 2.8 CDTI 4×4 2014

Motor/Transmissão
Número de cilindros – 4 em linha turboalimentado, intercooler e injeção direta eletrônica Common Rail
Cilindrada – 2776 cm³
Potência – 200 cv a 3.600 rpm
Torque – 51 kgfm a 2.000 rpm
Transmissão – Automática de seis velocidades, além de mudanças sequenciais de marchas na alavanca.

Desempenho
Aceleração de 0 a 100 km/h – 10,6 segundos
Velocidade máxima – 180 km/h

Suspensão/Direção
Dianteira – Independente com braços articulados/Traseira – Eixo rígido (Five-Link)
Hidráulica variável

Freios
Discos nas quatro rodas com ABS e EDB

Rodas/Pneus
Liga leve aro 18 com pneus 265/60 R18

Dimensões/Pesos/Capacidades
Comprimento – 4.878 mm
Largura – 1.902 mm
Altura – 1.845 mm
Entre-eixos – 2.845 mm
Peso em ordem de marcha – 2.157 kg
Tanque – 76 litros
Porta-malas – 235 a 1.830 litros (dependendo da disposição dos assentos)

Cesta Básica de Peças

• Farol (dir) – R$ 1.451,71
• Retrovisor (esq) – R$ 1.175,20
• Bico injetor (cada) – R$ 902,13
• Pastilha de Freio (par) – R$ 528,11
• Palheta do limp (par) – R$ 115,46
• Para-choque (tras) – R$ 1.773,48
• Amortecedores(4) – R$ 624,82 (dianteiros) R$ 596,54 (traseiros)

Total = R$ 7.167,45

Galeria de fotos da Chevrolet Trailblazer 2.8 CDTI 2014:

5.0

  • Fanjos

    É vendo o valor de carros como esse que passa de 70 mil dólares ( preço de um Porsche top de linha lá fora ) que me sinto o cara mais pobre do mundo =/

    • Renatopami

      Perfeito…..esse tipo de carro lá fora,é carro de locadora…..estive nos States mês passado,aluguei um GMC Terrain…..carrinho do tipo dessa Trailblazer…..como o Brasileiro é feito de bobo….meu Deus!!

  • meu carro daqui dez anos

  • L(ツ)L

    Raridade encontrar uma dessas na rua, moro em uma cidade de 6OO mil habitantes e aqui parece que ninguém tem.

    • Louis

      Que eu me lembre, só vi 1 andando até hoje!

      • Andrex2501

        Eu moro aqui em São Paulo – Capital e vi apenas 2, as vendas desse carro são irrisórias, a GM ao invés de abaixar, não, não quer dar o braço a torcer.

        • Louis

          Mas já abaixou hehehe, no lançamento era quase R$ 180 mil a top….

      • André

        Eu tbm moro em juiz de fora mais de 500 mil habitantes e só vi uma

    • ZEKINHA71

      Moro em São Paulo e viajo muito e só ví uma até hj.

      • pablobmw

        Aqui em gyn já vi várias !!

  • Antoio Js

    O desenho da parte da porta traseira para trás não casa com o resto do carro, lembra a Spin.

    • lmenegazzo

      Carro horrível, é o spinzão

  • Não entendo oq tem no cérebro de uma pessoa que compra um carro comum neste valor. Alias, não sei oq tem na cabeça de todo mundo q compra carro zero… Carro zero no Brasil é pra traficante, político, pessoas que ganham dinheiro fácil… Eu tenho condições de comprar qualquer carro 0 km, mas faço questão de andar de 'carroça'. Tem gente q reclama do país, reclama do preço, mas vai lá e compra

    • messias

      Parabéns

    • mjprio

      Eu te digo porque tem gente que compra carro zero. é pra justamente não comprar carro bichado na mao de agencia de picaretas, que maqueiam os carros e vc acaba levando gato por lebre…Daí com o dinheiro que le ganha em cima de vc ele compra carro zero tb!!!

    • Antonio_Brust

      Gente esperta compra seminovo, né?

    • gcarlos

      Por isso vou montar uma FÁBRICA DE CARROS USADOS, pra vender aos espertos desse país.

    • MM_

      Cada um tem suas prioridades. Eu dou muito valor para minha família para transporta-la em carroças.

    • JSilva

      Tem homem que reclama de mulher, tem mulher que reclama de homem, tem gente que reclama da chuva, do sol, da noite, da lua, do calor, do frio, enfim, de tudo!!! Mas entendo que as pessoas ao comprar um carro zero buscam a segurança de adquirir um bem que tem procedência e fugir da mão de espertalhões. Não sou ninguém pre te dar conselho mas se vc tem uma boa condição aproveite-a em sua plenitude pq a vida é uma só e dinheiro não se leva pro caixão, os vivos não deixam rsrsrsrs… Abraços!!!

    • Rafael Lopes

      Também não vejo nenhuma vantagem em pagar 30 mil em um Zero popular podendo pegar um semi-novobem cuidado e pouco rodado pelo mesmo valor de uma categoria acima EX: Pagar 22 Mil em um Mille 0KM ou em um Honda Fit 2007 completo? Pagar 35 Mil em um Fox ou em um Focus GLX 2.0 2010? ou 48 mil em um Duster basico (até com rodas de ferro) ou um Captiva 2.4 V6 2011? Não sei se estou equivocado, mas na minha opinião, é muito mais negocio andar com um Focus Completão que um Fox 1.0 pe-de-boi. mesmo que a """Confiabilidade""" de um 0KM seja maior.

    • MARCIO37

      AMIGO COMPREI UMA TRAILBLAZER ZERO E NÃO SOU NEM TRAFICANTE NEM POLITICO, APENAS GOSTO DO QUE É BOM E TENHO DINHEIRO PARA BANCAR ESSE MEU GOSTO, ACHO QUE VC PODERIA FAZER UM COMENTÁRIO MAIS INTELIGENTE E MENOS OFENCIVO, ACHEI O SEU COMENTÁRIO BABACA, ACHO QUE ISSO É UM RECALQUE DE QUEM NÃO TEM DINHEIRO PARA COMPRAR UMA E FICA QUEIMANDO.

  • carrosecompania

    odeio isso na chevrolet, vendem os carros só na versão top.AFFFFFFFFFFFF

  • Antitruste

    Materia com jeito de ter sido paga pela gm… Muita puxacao de saco por um veiculo extremamente caro e sem sal… O reflexo disso se ve nas vendas baixas, e quase nenhuma nas ruas…
    Essa frente ai agora q reparei, eh um pouco diferented a S10, mas praticamente igual…nao sei pq a gm fez isso mas gastou dinheiro a toa pois nem dah pra perceber a diferenca, a frente da s10 jah tah mais q boa, deviam ter gasto mais tempo desenhando uma lateral e traseira mais modernas e agradaveis, pois tah parecendo uma copia mal feita da hilux sw4 (tipo essas copias q nem o chines Tiggo, q eh copia da antiga Rav4)

    • Você deveria pensar primeiro antes de tecer um comentário desta natureza ofensiva!
      Já lhe ocorreu que o carro pode ser bom? pois lhe digo o seguinte, tenho uma Pajero Dakar e já tive oportunidade de testar a Trailblazer e pude constatar que se trata sim de uma das melhores opções deste nicho de mercado, sobretudo, por se tratar de um nicho bastante escasso, além de que ficou muito melhor após a redução dos preços e do acréscimo dos atributos da mesma

    • Navaman74

      Eu acho a Trailblazer mais bonita que a SW4 ou a Dakar.
      Internamente, não gosto desse A/C circular e do acabamento, que poderia ser melhorzinho para a categoria. Mas isto parece ser problema em todas.

      • JSilva

        Vc foi muito "bonzinho" na forma que falou do acabamento rsrsrsrs, entrei nesse carro na ccs e te digo uma coisa, para mim o Cobalt parece ter um acabamento melhor! O acabamento desse carro é simplesmente brochante!!!

  • Robinho

    Estilo não se discute, mas dizer que a Trailblazer é mais bonito do que a Pajero HPE é exagero…e prefiro a Pajero em todos os quesitos…

    • rsc_dhc

      Menos cambio e equipamentos neh…Cambio AT4, AB2 e sem controles (tracao, estabilidade, capotamento) MATA o carro!!!

      • Vinicius Surerus

        A Pajero tem controle de estabilidade sim, de tração também e um belo câmbio de 5 marchas que casa muito bem com o motor. Por favor, vamos conhecer o carro antes de falar. Blz?

        • Cara a Pajero que tem isso que você ta falando é a Full a Dakar tem 4 marchas e não tem nem controle de tração e nem de estabilidade

    • concordo que estilo não se discute, bem como também não se discute que a mecânica da trailblazer é superior à da Pajero Dakar, digo isto pois tenho uma e posso afirmar qua a Dakar precisa ser atualizada

  • MecanicoDigital

    Apesar de tudo, acho que o maior defeito desse carro é mesmo seu alto preço, no mais, é sim uma boa opção.

    Este carro me agrada bastante.

  • fse

    A GM errou na lançamento colocando o preço muito alto, acima da SW4 sua concorrente. A Trailblazer pode ser melhor que a SW4, mas é só ver nas vendas que ainda esta longe. Moro em uma cidade do interior do Pará e por aqui já se ve nas ruas algumas. Como é um carro alto, bom pras nossas estradas péssimas, e tambem diesel o pessoal aqui acaba optando por carros assim.

    • mjprio

      A questao da TrailBlazer X SW4 é a mesma da Hilux X outra picapes e do Corolla. A marca TOYOTA, aliada a altissima confiabilidade mecanica, reduzido indice de avarias e excelente pos venda, quem tem nao troca!!!

      • gcarlos

        No entanto a S10 vende mais que a hilux

        • rvieria

          Sim, mas vamos considerar que a Hilux está em fim de vida e a GM vende a S10 com 10 descontos e promoções sobre. Ademais, as versões cabine simples da Hilux são relativamente mais caras que as da S10. Logo, natural que a S10 venda mais.

  • WagnerSCS

    Com certeza uma boa opção, mas se fosse comprar eu escolheria a V6.

  • GUGASP

    Esse carro não vingou.
    A cada 2 concessionárias GM conseguem vender um modelo desses por mês, no total de 300 carros por mês, aproximadamente.
    Está claro que o público desses SUVs de mais de R$ 140 mil prefere outras marcas.

    • O mercado deste tipo de veiculo é tradicional e receoso, onde só se aposta em determinado veiculo após se confirmada suas qualidades, por isso acredito que a trailblazer só vai deslanchar com o tempo quando comprovar sua robustez e durabilidade caso os tenha

  • CharlesAle

    Por esse preço,os consumidores preferem os importados…..

  • pablobmw

    Credo, olha o preço do retrovisor !!

  • Adriano_Silva

    Vai continuar vendendo pouco, o problema não esta na ausência de potencia do motor, a concorrente mesmo mais cara e menos potente vende mais, o segredo? Basta conviver com as duas "SW4".

  • Heitor

    Olá prezados, é meu primeiro post nesta área, então não me fuzilem..rsrsrsrs
    Só deixar minha simples opinião caros leitores.
    Posso até estar errado,
    Por que pagar mais de 130mil Dilmas numa Trailblazer versão a gasolina para 5 pessoas e que de acordo com muitos comentários, possui um acabamento interno não muito condizente ao porte do veiculo, chegando ao cumulo de até o Cobalt 1.8 parecer melhor internamente…? É nestas horas que só me vem em mente a Freemont da FIAT que infelizmente ainda só possui propulsor a gasolina, porém, leva 7 pessoas com muuuuuiito conforto, tem o mesmo porte do veiculo citado acima, e acabamento interno condizente e visual externo também muito agradável…por menos de menos de 100mil Dilmas….
    Forte abraço a todos.

    • Evandro

      Não existe Trailblazer de 05 lugares nem aqui nem no japão Heitor! você entendeu laguma coisa errada, todas tanto diesel como gasolina são 07 lugares. Eu que não quero colocar meu bem maior que é minha família em carroça, optaria pela Trailblazer, pois além de ser mais alta e robusta tem tração nas 04 rodas e chega onde uma Freemont sequer sonha! Como o carro é pra uso familiar eu n ligo se ele é 1.0 ou 4,1, não corro com a minha família no carro, dou valor a itens de segurança com airbag cortina, controle de estabilidade isofix e outros, os solteiros é que querem carro de família correndo igual à porsche, consumindo igual Uno Mille e dizendo que na Lua ele compraria de graça e que só aqui é caro!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend