Asiáticos China Governamental/Legal Mercado

China impõe medidas para aumentar as vendas de automóveis

china-impoe-medidas-para-aumentar-as-vendas-de-automoveis China impõe medidas para aumentar as vendas de automóveis







O governo central da China, anunciou um novo pacote de medidas para alavancar as vendas de automóveis no mercado interno e custear o desenvolvimento de novas tecnologias automotivas.

Primeiramente, o governo chinês cortou pela metade os impostos sobre os preços dos automóveis, a fim de aumentar as vendas internas, também afetadas pela crise mundial.

O imposto foi reduzido de 10 para 5% e atinge os automóveis com motor até 1.600 cilindradas. A nova alíquota vai vigorar à partir de 20 de Janeiro e será válida até 31 de Dezembro.

O governo também reduziu entre 2 e 3% os preços da gasolina e do diesel. A medida já entrou em vigor naquele país. Mas, não foram somente estas medidas para desenvolver o mercado local.

Cerca de 10 bilhões yuans ou cerca R$3,373 bilhões, deverão ser investidos para o desenvolvimento de tecnologias automotivas e de veículos movidos por energias renováveis.

A intenção é melhorar o nível de emissões no país, incentivando pessoas das zonas rurais à substituírem seus carros antigos, além de melhorar o crédito para financiamentos de modelos novos.

Os índices de emissões na China são os mais altos do mundo e a partir de agora, quem menos produzir CO2 passará a ter maiores vantagens futuramente naquele país.

As vendas de automóveis cresceram 6,7% na China em 2008, apesar de positivo, o índice assusta os chineses, já acostumados à terem crescimentos anuais em torno de 8%.

Fonte: Agência Estado.



Send this to a friend