China Ecologia Elétricos Governamental/Legal Mercado Montadoras/Fábricas

China planeja encerrar as vendas de carros movidos por combustíveis fósseis

pequim-poluição China planeja encerrar as vendas de carros movidos por combustíveis fósseis

Agora chegou a vez da China. Após Índia, França, Reino Unido, Holanda, Noruega e Alemanha, entre outros, anunciarem o banimento das vendas de carros movidos por gasolina e diesel, o maior mercado do mundo em volume já prepara o fim definitivo para os carros comuns. De acordo com o site Automotive News, o governo de Pequim prepara o terreno para estabelecer um prazo para os fabricantes de veículos iniciarem a mudança dos automóveis a gasolina ou diesel para elétricos.



O objetivo é forçar uma aceleração no desenvolvimento, pesquisa e produção de carros elétricos, a fim de que as vendas de veículos movidos por combustíveis fósseis diminuam gradualmente até que o mercado alcançar 100% dos emplacamentos de veículos equipados apenas com baterias de lítio ou tecnologia mais sofisticada. Pequim quer um mercado livre de emissões.

De acordo com o governo, neste momento estão sendo mantidas conversas entre os políticos e os técnicos dos órgãos reguladores para que se alcance uma data viável para a imposição da proibição de carros novos movidos por combustíveis não alternativos. Para a administração central, o impacto do fim dos carros a gasolina e diesel na China será enorme e terá um alcance global.

Isso porque atualmente o país é o centro das atenções do mundo automotivo, pois além de ser o maior em volume, cresce em níveis superiores aos demais players mundiais, sustentam bilhões de dólares em lucros para os fabricantes globais. Esse impulso na produção de carros elétricos reduzirá os custos globais de forma agressiva nos próximos anos, ajudando assim a acelerar o fim de motores convencionais nas próximas duas décadas.

byd-china China planeja encerrar as vendas de carros movidos por combustíveis fósseis

Impor uma data agora provavelmente forçará outros grandes mercados na mesma direção, dado a grande importância da China no cenário mundial. Provavelmente os EUA deverão manter-se distantes de prazos para o fim dos carros convencionais, mas com Europa, Índia e possivelmente o Japão seguindo no mesmo caminho, a pressão dos custos sobre as operações americanas será enorme, quando o restante do mundo estiver extinguindo os combustíveis fósseis veiculares.

Para a China, em particular, acabar com gasolina e diesel nos carros novos significará também reduzir e, num futuro distante, encerrar as importações de petróleo, da qual o país é extremamente dependente. No momento, o país já impôs metas de produção anual para carros elétricos, que serão cada vez mais elevadas com o passar dos anos. Os fabricantes tentam adiar o máximo essas mudanças, mas sem o país, nenhuma grande montadora quer ficar de fora.

E o Brasil? As mudanças aqui devem demorar, mas algumas datas servem como aviso de que até o país não poderá fugir muito desse destino. O ano de 2025 será o derradeiro para os carros comuns na Holanda e Noruega. Já 2030 é cogitado na Alemanha e anunciado para a Índia. França e Reino Unido partem para 2040. Então, quando o Rota 2030 chegar ao fim, como o Inovar-Auto agora, teremos ou não uma política voltada totalmente para a emissão zero?

[Fonte: Automotive News]

  • noticiautomotivaracistaa

    sera?

    • th!nk.t4nk

      É estratégico. Isso força as montadoras a apostarem na eletromobilidade, desenvolvendo tecnologia local e dando a dianteira pra exportaçao no futuro. De bobos os chinas nao têm nada.

  • Maycon Farias

    Amem!

  • Ricardo Blume

    Me pergunto qual será o futuro dos países exportadores de petróleo se as coisas continuarem assim. Claro que utiliza-se a matéria-prima para a fabricação de tantos outros produtos mas grande parte dele é usado para a fabricação de combustíveis fósseis.

    • Nicolas_RS

      Se isso acontecer, vai demorar uns 100 anos no mínimo, carros populares são uma das coisas que menos gasta combustível, existe milhares de veículos que usam o petróleo como combustível, aviões, blindados, navios, foguetes, um único blindado M1A2 gasta mais combustível pra ligar (+ ou – 35l) do que a maioria dos brasileiros anda em um único dia e existe mais de 9mil produzidos. Daria pra fazer uma lista enorme de centenas de veículos que estão em produção e a vida útil será de no mínimo uns 30 anos e não existe qualquer tipo de prototipo elétrico no imaginário para substituir.

      Esse negocio de motores elétricos é apenas para o cidadão comum no resto não muda nada.
      Sem falar que tem o Gás Xisto.

      • th!nk.t4nk

        Tudo o que você citou ainda é insignificante perto do consumo por automóveis, caminhoes e onibus. O mercado de petróleo teria uma queda muito violenta, essa é a realidade. E esquece essa previsao de “100 anos” que fazem no Brasil. Todas as grandes empresas do setor aéreo, trens e navios estao trabalhando em fontes alternativas de energia. Nas indústrias nem se fala, Bosch/Siemens estao dando um banho com seus sistemas de armazenamento de energia limpa. A revoluçao está ocorrendo, só que nao no Brasil, por isso ninguém vê/acredita. Abram os olhos o quanto antes.

        • Nicolas_RS

          Com certeza terá uma redução, mas será praticamente pífio, Tentarei explicar novamente, como disse antes um único blindado M1A2 gasta 35litros APENAS para ligar, e tem 9mil unidades produzidas esse é apenas um veiculo entre outras centenas de modelos, APENAS veículos TERRESTRES os EUA tem 320.000 veículos, mais de 5mil aviões militares e centenas de navios, TODOS usando derivado do petróleo como combustível e no mundo tem mais de 11mil aviões comercias de grande e médio porte (foram somados apenas empresas que tem mais de 200 aviões em sua frota), Boeing diz que para os próximos 20 anos terá uma demanda de 41mil aviões, 7.200 apenas para a China. Teria que somar mais milhares de veículos de centenas de países, mas é um trabalho cansativo. Temos o 787, “recém” lançado e tem variantes fazendo testes e até a Boeing começar a planejar um substituto vai demorar uns 20 anos anos, assim como o A350 da Airbus, Tem o F-35 que será adotado por países aliados dos EUA , ninguém vai acordar do dia pra noite e jogar TRILHÕES de dólares no lixo. Uma única empresa aérea de grande porte gasta mais combustível que toda frota de SP.

          Obs: Alguns dados tem uma margem de erro tanto para cima quanto para baixo.

          Obs2: Como a política dos EUA é vender sucata, quando esses veículos ficarem velhos , será repassado para o Brasil e outros países que aceitam sucatas.

          • Deadlock

            Bobagem, o grosso do consumo é dos veículos a combustão utilizados por civis. É o fim da era do petróleo. Graças aos países que vão proibir os carros a combustão. O preço do petróleo pode baixar, mas como são decisões de países soberanos, não fará muita diferença, a não ser para os países que não proibirem os combustíveis fósseis, que até poderão ganhar com a redução dos custos dos transportes.

            • Nicolas_RS

              Cara novamente, uma única empresa aérea gasta mais combustível em uma semana do que um uma frota inteira de SP em um mes. Quantos quilometro por litro faz um carro ? A media da maioria é de 10. Um único 737 NG(Avião comercial mais produzido no mundo) consegue levar 26.025 Litros de combustível, APENAS UM, ou seja precisa de 520 carros com tanque de 50 litros para se equivaler a um 737NG, mas existe 8.000 (fora os que estão sendo fabricados) ou seja, equivale a pelo menos 4.160.000 carros. Mas ou contrario dos carros que a GRANDE MAIORIA vai demorar pelo menos uma semana pra gastar os 50l, o 737 gasta em uma única viagem com seu alcance máximo. Um único avião, existe centenas de modelos, isso falando apenas de aviões, o mesmo para o A320, existe mais de 7.500 e se equivale a mais de 4.350.000 veículos, isso que esse dois são modelos “econômicos” C/B para as empresas.
              Lamento mais daqui 50 anos e indústria do petróleo estará firme e forte.

              • AntonioReis

                Segundo a ANP, em 2016 as vendas foram:
                Gasolina c = 43 bilhões de litros
                Álcool = 14,5 bi
                diesel = 54 bi
                Querosene de aviação = 6,7 bi

                • Nicolas_RS

                  Usando o Brasil de exemplo ?

                  • AntonioReis

                    Nos EUA em 2016:

                    Gasolina = 17,28 quads
                    Combustível de aviação = 3,18 quads

                    1 quad equivale a cerca de 8 bilhões de galões de gasolina automotiva.
                    1 quad equivale a cerca de 7,4 bilhões de galões de querosene de aviação;

                    Fonte: US Energy Information Administration

                    • Nicolas_RS

                      Dei exemplos da Frota mundial do 737 e A320, não apenas de um ou outro país.

          • pdias

            O que vem primeiro? O ovo ou a galinha ??? Se existem trilhões em ativos futuros de petróleo, outros trilhões em energia elétrica também estão em jogo…. A diferença, amigo, é que para se ter petróleo tem que matar terrorista daesh no oriente médio, beijar a mão de rei árabe (como fez Trump em sua primeira viagem internacional, hehehe) e acreditar que eles não vão traí-lo muito, só um pouquinho, como sempre…. Massss, turbina eólica, reator nuclear, usina hidrelétrica se faz em casa e fica em casa…. que trilhão você prefere???? Pergunte aos chineses o que eles estão escolhendo vendo um b. como o Trump sedento por petróleo. Os chineses não vão gastar soldado, tempo e dinheiro com reis árabes e concorrência com o Trump, pois a escala de carros chineses já fará um “cosmos” a parte dos EUA….

            • AntonioReis

              Ainda mais que o petróleo um dia vai acabar. E as outras são energias renováveis. Os chineses vão direto para essas renováveis.

          • Gustavogm

            Como se os blindados ficassem andando por aí todo dia… A maioria fica parado e só é usado em treinamento. Quanto os aviões sim eles gastam muito combustível, mas os novos estão saindo em sua maioria com queda de até 30% no consumo de combustível.

            • Nicolas_RS

              Os EUA quase sempre estão fazendo treinamento com outros países, quando não é com a Coreia do Sul, Japão é com a Europa. Sim, os aviões estão consumindo menos 30% em media, mas até 2060 a frota mundial triplicara, nos próximos 20 anos espera que mais de 40mil aviões sejam encomendados.

        • Deadlock

          Tomara que se ferrem todos esses países produtores de petróleo. Esses países vão ter que trabalhar como todo mundo. O petróleo vai cair muito de preço, dado o grande número de países que vivem da commoditie.

          • Nicolas_RS

            EUA invadiu o Iraque especialmente pelo petróleo, e a maioria dos países que tem petróleo tem o Gás Xisto.

            • Deadlock

              É, mas quem vai proibir os veículos movidos a petróleo não são os EUA, ainda mais sob Trump. Hoje a China é o maior mercado do mundo para automóveis e seu impacto será muito grande. O fato é que o petróleo vai declinar gradativamente.

        • Franco da Silva

          Com certeza. O pessoal costuma jogar coisas para 100 anos, 30 anos… isso é coisa do passado. Agora, em 5 anos muda muita coisa. Em 10 anos, é tudo diferente. Os elétricos vão chegar bem mais rápido do que se pensa, mesmo no Brasil. Assim que uma montadora “grande” aderir e o preço for razoável, vai acontecer!

    • No_Name

      O futuro será das matrizes elétricas e os asnos da política querem privatizar a Eletrobras num país que só tem menos água que as geleiras da Antártida…
      Se for para privatizar algo que privatizem a Petrobras que não terá muita serventia no futuro e atualmente é a maior fonte de corrupção do país.

      • Louis

        Tem que privatizar a Eletrobrás mesmo!
        Político não tem competência para gerir empresas, isso já está mais que provado. Pode ser do ramo que for, empresa estatal dá prejuízo, vira cabide de emprego e fonte de corrupção e desvios de dinheiro. De que adianta ter estatal gigante, se dá prejuízo e o povo tem que sustentar e tapar os rombos ?

        • Ricardo Blume

          Disse tudo amigo. O papel do governo é prover o povo de saúde, educação, segurança enfim, o básico para se viver. Em se tratando de um país como o nosso onde a cada troca de governo trocam-se todos os gestores das empresas públicas afim de empregar comparsas e vagabundos, coloca-se em risco a saúde das próprias empresas. Vide a Petrobrás e os Correios hoje; agora compare com ex-estatais como a Embraer e Vale. Prefiro pagar mais por um serviço de qualidade do que enfrentar outra crise política e econômica e ver meu país voltar dez anos no tempo. Chega de vagabundagem neste país!

          • Antonio_Brust

            Qual Vale? Aquela responsável pelo desastre ambiental em Mariana e que foi responsabilizada a troco de pinga?

            • Louis

              E quem não puniu a Vale? R.: o estado. Ou seja, o estado não faz nem sua obrigação, e quer cuidar de empresas? Melhor privatizar o que for possível.

        • Leonardo

          Mas você sabe que o governo vai continuar com uma fatia enorme né? Na prática vai continuar tendo uma penca de indicados políticos do mesmo jeito, assim como a vale tem até hoje.
          Acho inocência das pessoas acreditar que a corrupção acaba ou sequer diminui com a “privatização” de uma empresa.

          • tjbuenf

            Não é incoerência, é inocência ou má fé. Veja o setor de Telecomunicações que foi privatizado com dinheiro do BNDES, foi expandido com dinheiro do BNDES e agora está tendo perdão bilionário de dívidas. É a empresa pública que presta serviço ruim, mas as empresas de ônibus são péssimas em (quase) todos os lugares desse país, e não são “estatais”. O povo gosta de generalizar para mostrar que tem razão no que defende.

            • Louis

              Acontece que todo dinheiro desviado, é dinheiro público. Você mesmo citou BNDES (público). Serviço de transporte é uma m…, corrupção desgraçada, concordo, mas é porque o poder público está envolvido. Claro que quando o poder público permite, as empresas privadas sem escrúpulos se aproveitam. Transporte público deveria ser aberto para concorrência, empresa que quisesse entrar em qualquer linha, deveria ser permitido. Aí é que eu queria ver. Mas não, há licitações, jogo de cartas marcadas com as prefeituras.
              Um banco privado jamais abriria empréstimos como o BNDES fez para a JBS.
              Com a iniciativa privada, é sim POSSIVEL que haja corrupção e mau-serviço. Se for empresa pública, é CERTEZA que vai haver corrupção e ineficiência nos serviços.

              • Leonardo

                Eu ouso dizer, que ser for privado e grande, é CERTEZA que vai haver corrupção, sonegação ou qualquer coisa nesse nível. Praticamente inexistente no Brasil alguma grande empresa que nunca tenham se envolvido em algum caso suspeito, seja sonegação, seja fraude de licitação, seja práticas abusivas de mercado. A questão é que no Brasil não são os políticos que não tem ética: ninguém tem ética de forma geral.
                Acho que ainda existe empresas estatais que prestam um serviço relevante para a sociedade, como a Embrapa e a Conab, mas concordo que a maioria poderiam ser privatizadas.

              • tjbuenf

                É muito achismo. Difícil é você achar um caso de corrupção no governo onde uma empresa privada não esteja ligada. Em governos menores, os municipais, é até mais intenso. A exceção da corrupção não é a empresa privada, é a empresa privada que não é corrupta, o que são pouquíssimas, mas as pessoas querem fazer perceber que a corrupção é do governo, como se pudesse existir corrupto sem existir corruptor.

                • Ernesto

                  O problema do setor público não é somente a corrupção, mas a péssima administração. Veja também o serviço prestado por órgãos públicos, bancos públicos: são todos péssimos!
                  Tem que privatizar mesmo!

                  • tjbuenf

                    Eu uso Santander, BB, Caixa, Itau e Bradesco. Não vejo diferença entre eles. Todos a mesma M****.
                    As pessoas se acostumaram a falar mal do serviço público como se o privado fosse de fato melhor. A burocracia no setor público é grande? Sim, mas experimente marcar uma cirurgia pelo seu plano, que faz de tudo para que você não desfrute de nada.
                    A administração no setor público é ruim? Pode ser. Veja Doria que comprou milhões em remédios prestes a vencer e onerou ainda mais a prefeitura com a responsabilidade do descarte deles. Pergunta: ele faria isso em uma empresa dele? Claro que não. O que vemos novamente são as pessoas, mesmo competentes, usando o público para se dar bem no privado, e isso inclui até quem tem a conversa da concessão à iniciativa privada.

                    • Ernesto

                      Eu uso Itaú e às vezes preciso ir em Bradesco, Santander e Caixa Econômica. De todas, sem dúvidas o pior atendimento é o da Caixa.
                      Minha mulher tem conta na CEF. No ano passado o cartão dela expirou e fomos 2 vezes na agência para solicitar um novo cartão. Adivinhe: até hoje ela não recebeu o novo cartão. Banco do governo ser igual as outras? Nem ferrando!

          • Louis

            Se continuar tendo indicação política, é porque a privatização não foi bem feita…

            • Leonardo

              Se o governo continua com um percentual elevado sobre o capital da empresa ela continua tendo influência significa e bastante poder. O modelo de privatização que se propõe para a Eletrobras é uma mera diluição da participação, porém mantendo uma percentual gigantesco e golden share. Na prática o poder de indicar pessoas do governo vai ser imenso, visto que nenhum acionista privado terá nem perto da participação do governo.

      • Car’s Fan

        Apaga que dá tempo!

      • A idéia não era privatizar umas pra criar a Ventobras? ou foi abandonado depois que a Dilma saiu?

        • No_Name

          Sei não, filho. Só sei que se tratando de geração de energia elétrica limpa nós temos vantagem e temos capacidade de sobra de prover nosso próprio sustento por muitos anos enquanto quase todos os outros países precisam e precisarão cada vez mais de métodos poluentes e perigosos como as usinas térmicas e as nucleares.

          • Limpa? O impacto ambiental que Belo Monte ira causar ainda não foram contabilizados. Será imenso.

      • Gustavogm

        Por isso mesmo que tem que vender. A pressão por investimentos em produção de energia serão enormes nos próximos anos e o Governo Federal não tem a mínima condições financeiras pra fazer isso. E mesmo que tivesse iria acabar tudo superfaturado como Belo Monte e as obras da Petrobrás! Sem contar que nos próximos anos, se o governo não atrapalhar, é a geração própria de energia que deve dar um salto com as casas contando com placas solares para gerar energia consumida na residência e carregar os veículos da família!

    • th!nk.t4nk

      O volume de petróleo como matéria-prima pra químicos e polímeros é insignificante perto do que é utilizado como combustível. Nao tem como comparar. Se hoje ninguém mais tivesse carro à combustao, os exportadores de petróleo teriam um problemão nas mãos sim.

  • FrankTesl

    mais uma vez o brasil il il il il perdendo o bonde…
    se depender dos donos do poder daqui, permaneceremos à margem de mais esse ciclo de inovações globais, com a brocha chamada etanol na mão até onde for possível protelar, só para resguardar interesses de usineiros, petrobras etc

    • Antonio_Brust

      Grande parte do povo é a favor desse atraso. Tem gente que quase chega ao orgasmo vendo um carburador babando gasolina e acha que um carro da década de 90 com motor 2.0 de ferro fundido com 100 cavalos é carro de verdade.

  • Felipe Kai

    Moro em Shanghai há 14 anos e mês passado comprei um Tesla model S,o carro é simplesmente perfeito para grandes centros urbanos os chamados de “commuter cars”,há um grande número de carregadores pela cidade da Tesla(free) e de outras marcas chinesas(pago) porém para utilizar os carregadores das marcas chinesas é preciso comprar um adaptador (370 reais +-).
    O clima nestes últimos anos tem melhorado muito em relaçāo a poluiçāo e hoje a China é o segundo maior comprador de Teslas do mundo.Estāo no caminho certo mais uma vez e o Brasil continua dando um passo para frente e dois para trás.

    • leomix leo

      Me fale mais sobre sua experiência com essa máquina.

      • Felipe Kai

        A Tesla sempre recomenda carregar nāo mais que 90% a nāo ser que você vá fazer uma viagem longa e de preferência nāo usar a bateria abaixo de 20%,da minha casa ao escritório sāo 10 kilômetros e eu carrego o carro 1-2 vezes por semana,no total contando com idas ao trabalho,casa de amigos,etc…eu gasto menos de 20 centavos de reais (convertido) para rodar 1km! E como o carro nāo possui motor entāo nāo há necessidade de revisāo e outros serviços,ao ano para manter este carro aqui na China vou gastar por volta de 1500 reais com TUDO incluso.
        O carro é simplesmente fantástico,por ser elétrico ele tem uma aceleraçāo instantânea e no console central só existem 2 botões,um do pisca alerta e outro para abrir o porta luvas.
        No começo é preciso se acostumar com o carro principalmente com o sistema kers,pois ele tende a freiar o carro mesmo sem precisar pisar no freio mas esta opçāo pode ser desligada. Tem como postar fotos aqui ou algum moderador me daria a liberdade de enviar fotos do meu carro?

        • Guilherme

          Poutz, manda fotos

        • Diego D’Agostini

          Por aqui acho que não dá…

        • Ricardo Blume

          Há vários relatos de donos de automóveis dos mais variados modelos na seção Carro da Semana ou algo assim aqui mesmo no site do NA. Entre em contato com o pessoal da página e envie seu relato com fotos amigo (se você não se importar). Todos estamos curiosos em saber mais sobre a Tesla, vide que no Brasil estes carros estão somente em nossos sonhos. Abraço e boa sorte ai na China.

        • FrankTesl

          mande fotos sim, é muito bom ter contato com relatos de quem usa o tesla no dia a dia.
          fale tambem com o eber ou outro moderador para vc enviar um artigo da sua experiencia com o tesla.
          a coluna chama-se carro do leitor ou algo assim.

    • Daniel

      Pois é… aqui no Brasil só vamos ter um movimento mais agressivo em relação aos carros elétricos no dia em que os políticos acharem que trará mais votos para eles se elegerem/re-elegerem, ou quando receberem propina para favorecerem fabricantes de elétricos.

    • invalid_pilot

      É sussa imigrar pra China ou nem ?

      • Felipe Kai

        É bem tranquilo,tem muito brasileiro aqui já,desde empresários a churrasqueiros!

        • No_Name

          O Brasil é inundado deles agora vem a recíproca kkkkk.

          • Felipe Kai

            Normal,assim como tem chinês nos USA aqui também tem muito americano,europeu,africano,etc…enfim,sāo pessoas que por algum motivo tiveram que sair e/ou escolheram sair de sua terra natal para tentar uma vida melhor.

            • Antonio_Brust

              É complicado a questão do idioma ou muitos chineses falam inglês?

  • Sasaki

    Sao Paulo que precisava adotar esse plano,o ceu aqui e cinza todos os dias,mas se tratando de Brasil ja sabe ne,quando os carros estiverem voando nos outros paises o Brasil adota esse sistema 100% carros eletricos!!!

    • invalid_pilot

      Menos mal que o Etanol aqui é vantajoso – ao menos é um pouco mais limpo que gasolina

  • heliofig

    Vamos inventar um jeito de exportar energia elétrica pra China, porque etanol e petróleo já era… (entenderam a ironia?)
    Com tanto etanol no Brasil, que ninguém faz o preço descolar da gasolina, agora pensam em proibir tudo… e ninguém constrói usinas elétricas para longo prazo. Solar e éolica são muito boas, mas não têm tecnologia (eficiência) para grandes consumos.
    Será que vamos ter que construir usinas nucleares em todos os estados do Brasil???

    • Leonardo

      Solar e eólica tem sim potencial. Esse ano teve dias que mais da metade (54%) de toda a energia consumida pelo nordeste estava sendo fornecido por eólicas!
      Conversando com especialistas da área, tenho ouvido falar bastante que o custo tem caído vertiginosamente.

      • heliofig

        Sim, vc está certo. Eu vejo eólicas e solares como sendo o futuro para o Brasil.
        O que eu quis dizer é que, numa necessidade urgente por energia, elas são limitadas tecnologicamente – uma turbina eólica de última geração produz 2MW, enquanto uma turbina hidráulica vai a 200MW facilmente. Uma única turbina de Belo Monte gera mais de 600MW ( e são 18)…

        • Tu esqueces que o CERN esta pesquisando a fissão nuclear, assim que eles descobrirem como domina-la, adeus tudo, pois teremos tecnologia gratuita e infinita como o sol, aqui, precisando somente acontecer. Ae vai depender de quem vai ter as patentes.

          • Dario Lemos

            Acho que você está se referindo a fusão nuclear.

            • ah sim verdade, a fissão já é dominada inclusive pela Coreia do Norte heheh

          • heliofig

            Esse é o caminho.. mas só alguns vão dominar esse mercado, pode escrever.

      • Gustavogm

        Semana passada teve horários em que mais de 80% da energia consumida no Nordeste foi gerada por eólicas! Quanto a solar se o governo isentar de impostos os componentes e criar estimulo para adotar a tecnologia tenho certeza que explodiria a geração de energia por esse meio. Na Bahia estão construindo a maior usina solar do país com capacidade para abastecer um cidade de 200 mil moradores.

  • Car’s Fan

    Ainda bem que existem empresas americanas pioneiras e que romperam paradigmas com carros elétricos como a Tesla e Estados como a Califórnia que é pioneira na mobilidade elétrica, porque se depender do espertão do Trump, EUA ficariam praia trás nessa corrida…

    • Louis

      E se dependesse de alguns “mente fechada” céticos que vemos comentando por aqui, ainda nem teriam inventado a roda, pois “nada vai funcionar”.

  • Zé Mundico

    Excelente medida, já está passando da hora de desenvolver mais tecnologia para carros elétricos. Não adianta ficar se pegando com uma tecnologia que não tem mais para onde ir e que está esgotada.
    Não sou vidente mas acho que o motor a explosão (Otto ou Diesel) ficará restrito a transporte de cargas pesadas e máquinas agrícolas pesadas, que requer mais potência e torque a um baixo custo.
    É uma tecnologia mais simples e que permite inovações rápidas e mais baratas, além de ser energia limpa e segura.
    No mais, é desenvolver tecnologia, coisa que um certo país da América Latina tem pavor……

  • Emygdio Carlos

    Em que pese o Brasil não ter o mesmo nível de poluição da China, acredito que a tecnologia de eletrificação dos veículos é um caminho sem volta para as Montadoras, a médio e longo prazo no nosso país. Uma questão que deixo para os nobres colegas é a seguinte: O que o governo brasileiro fará com o tão especulado Pré-Sal? Essa “riqueza” terá a serventia que se imaginava quando do seu descobrimento? Obrigado pelo espaço!

    • Felipe Kai

      A questāo é a dependência do petróleo,a China hoje importa muito petróleo e derivados pois além de combustível ele pode ser usado para fabricar de brinquedos até roupas entāo eles tem um plano para diminuir essa dependência,pois aqui todos os planos criados pelo governo sāo de médio e longo prazo.Custa muito mais barato importar energia de outros países do que importar petróleo e essa é a idéia que eles tem e pretendem executar.
      O Brasil por sua vez depende muito do petróleo como fonte de renda e vai continuar até perceber que chegou ao fim,pois esse é o jeito brasileiro de planejar tudo a curto prazo.
      A Tesla entrou de vez no mercado tanto que a China hoje é o seu segundo maior mercado e muitas marcas chinesas hoje tem desenvolvido o seu próprio carro elétrico pois contam com o apoio do governo,uma realidade que irá demorar muito mais muitos anos para acontecer no Brasil.

  • Jackson Willian dos Santos Jac

    Brasil sempre atras..

    • Maycon Farias

      Umas 1000 Unidades Astronômicas atras.

      • zekinha71

        Agora pegou pesado.

  • thi

    Meus amigos , a tendencia do petroleo he ser abandonado , VCS acham q vamos esperar o petroleo ACABAR ??? E vai sair na frente quem fizer primeiro .100 anos he nada , ainda acho q demorou muito

  • Stéfano

    Haja carvão mineral pra tanto carro elétrico na China.

    • No_Name

      Eles já tem a maior produção eólica do mundo e crescendo…

  • Alvarenga

    Ah, mas o PT descobriu o Pré-sal, que vai ser a maior riqueza do mundo !!!!!!

  • pdias

    É lógico: quem quer MUITO petróleo tem que mandar ou “pagar” soldado para lutar no oriente médio contra um monte de maluco fanático. Já energia elétrica é algo que se investe dentro do próprio país (construção de usinas nucleares e hidrelétricas, turbinas eólicas e parques fotovoltaicos), assim o dinheiro não “vaza” para os outros (não sustenta a corja atual de reis árabes)… Se a China decretar fim dos carros à dinossauro líquido, a maioria aqui vai viver para ver o fim dos carrões como entendemos hoje, pois a escala deles é tão grande que nenhuma montadora ficará de fora do mercado de lá optando por carros antiquados… bye bye para o presente que ainda vive no passado

  • Ibrahim Shehata

    Caramba……..e aquele petróleo todo que estamos planejando produzir no Brasil vamos vender pra quem?!!! Claro pra você Brasileiro……….. O Petróleo é nosso………KKKKKKKKK

  • Leonel

    De fato, uma boa medida, desde que o prazo seja factível (nem muito “curto” e nem muito “longo”, como 2100 por exemplo). Agora, eles precisam também, urgentemente, depender MUITO menos das usinas de carvão, que, em minha opinião, são as maiores responsáveis por tanta poluição…

  • É só a justiça desmontar esses esquemas onde as indústrias e o governo racham a fortuna que pagamos por essas porcarias depenadas. Quando a exploração do nosso mercado ficar inviável, aí o que é novo, o que é tecnologicamente avançado e inovador vai ser, como para o resto do mundo, produtos para melhorar e facilitar a vida; e não produto pra rico como acontece por aqui…

    • Munn Rá : O de Vida Eterna

      parabéns pelo seu avatar : embora meu inimigo o admiro muito

      • Kkkkkk valeu Munn Rá, embora do mal você foi faraós, imperadores e reis em todas as eras da humanidade, a sua longa experiência também é admirável! :D

  • O Pato

    Parte boa: Sobra mais gasolina para alimentar os 6 nenenzinhos do 250.
    Parte ruim: Se os elétricos dominarem vai ter cada vez menos oferta de postos de combustível, vou ter que abastecer com álcool hospitalar.

  • Munn Rá : O de Vida Eterna

    Nos EUA vai demorar porque o pessoal ” gosta de queimar gasolina ”

    No Brasil vai demorar ……. por ” mutreta empresarial/governamental “

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend