China Ecologia Governamental/Legal Híbridos Tecnologia Veículos Comerciais

China: Youngman rebate acusação de fraude em caminhão movido a água

China: Youngman rebate acusação de fraude em caminhão movido a água

Que tal um caminhão movido apenas por água? Parece mais uma daquelas histórias que surgiram ao longo da história do automóvel e não se materializaram. No entanto, um fabricante chinês ganhou notoriedade nacional em 2017 ao apresentar um caminhão que usava apenas água como fonte de energia.


Trata-se da Jinan Yougman Auto, uma empresa que não é totalmente desconhecida fora da China, pois, há alguns anos, vendia carros da malaia Proton com uma submarca e ainda associada com a inglesa Lotus. Em 2017, a montadora apresentou um caminhão que prometia uma revolução, deixar de lado os combustíveis fósseis.

Este veículo era um caminhão de tamanho médio, que fora equipado com um complexo maquinário logo atrás da cabine. De acordo com a Youngman Auto, trata-se de um dispositivo que faz a eletrólise da água e obtém dela o hidrogênio, que assim é enviado para um reator, cujo processo resulta em eletricidade.

O processo seria como das células de combustíveis, que fazem a reação química entre hidrogênio e oxigênio para gerar eletricidade. De acordo com a Youngman, na época, o caminhão tinha um tanque que permitia rodar 804 km. Obviamente, bastava encher o tanque com mais água para continuar rodando.


China: Youngman rebate acusação de fraude em caminhão movido a água

A Youngman também disse que um carro de passeio com a mesma tecnologia poderia rodar 1.000 km. No entanto, a tecnologia desenvolvida pela empresa começou a ser questionada na própria China. O Professor Guan Bin, do Instituto de Motor de Combustão Interna da Universidade Shanghai Jiao Tong, diz que não é possível ao veículo rodar apenas com água.

O processo de geração de hidrogênio envolve uma série complexa de reações químicas e físicas, explica. Além disso, descobriu-se que a fábrica da Youngman está fechada há quatro anos. Ela seria responsável pela prometida produção de 100.000 veículos por ano ou até 300.000 em três turnos.

O presidente da empresa, Pang Qingnian, rebateu as acusações de fraude. A Youngman Auto fechou um contrato de US$ 1,2 bilhão com a cidade de Nanyang, província de Henan, para trabalhar com ela no desenvolvimento da tecnologia. O governo chinês está investigando o caso.

[Fonte: Yicai Global/Auto Home]

China: Youngman rebate acusação de fraude em caminhão movido a água
Nota média 4.8 de 4 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Domenico Monteleone

    Que gambiarra dos infernos…e ainda por cima tira um baita espaço pra carga

    • Tosca16

      Se rodar com água pode ser um caminhão pipa atrás, depois coloca um rebote ou faz tipo bi-trem kk.

  • Julio Alvarez

    a energia eletrica usada para separar o hidrogenio da agua é maior do que a energia mecanica gerada pela queima do hidrogenio para mover o caminhão. Basta ter conceitos básicos de fisica para ver que isso é fraude.

    • Samuel Jesus de Sousa

      Fortíssimas ligações de pontes de hidrogênio, eles querem mesmo que a gente acredite

    • Matuska

      Sempre surge uma história dessas de tempos em tempos.

  • Verdades sobre o mercado

    Na década de 70 um brasileiro apresentou um automovel movido a água e nunca mais se ouviu falar nele…

    • José Eduardo D’Acampora Guazzi

      Claro que não, fraude não vai pra frente kkkk. É questão de balanço de energia.

    • Velasques

      Era o projeto Chambrim.

    • Jackson

      não era brasileiro mas eim um francês Jean Pierre Marie Chambrin é só procurar aí no google por projeto chambrin que vocês veram o que é sim uma fraude com o proprio engenheiro e com a população mundial que poderia estar livre do abuso nos preços do combustivel…

      • Matuska

        Um francês que tentou aplicar o golpe no país de origem, como estava em descrédito, veio para cá, convenceu os militares porém sem apresentar um único protótipo funcional, logo foi desmascarado.

    • DinhoRoxxx

      Se isso funcionasse o que já tinha de barco e navio funcionando a água

    • José António Rossetto

      Me lembro dele! era um Opala…nunca mais.

    • FocusmanBA

      Segundo meu pai, ele viu o protótipo desse carro nos anos 80. Óbvio que discutimos muito sobre a impossibilidade disso funcionar kkk

  • Vitor Meireles

    “De acordo com a Youngman Auto, trata-se de um dispositivo que faz a eletrólise da água e obtém dela o hidrogênio, que assim é enviado para um reator, cujo processo resulta em eletricidade.”

    Segundo a Lei de Conservação da Energia, “Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”. O processo consiste em eletricidade → hidrogênio → eletricidade. É necessário mais energia para quebrar as moléculas de água do que o hidrogênio gerado pode render. Ou seja, melhor pegar essa energia vinda da fonte principal e aplicar diretamente em um motor elétrico.

    Até que outro método de se obter Hidrogênio se apresente mais viável, golpes como esses surgirão e enganarão os leigos.

    • Nicholas Jensen

      Aqui no Brasil tem um pessoal que adapta isso para motores a combustão mesmo, diz que gera uma boa economia de combustível, mas nunca soube se é verídico.

  • CanalhaRS

    Vindo de um país que é famoso por falsificações, nenhuma surpresa.

  • Cesar

    Lá eles também tem CAOA

  • Ricardo Junges

    A la brasileira….

  • Hugosw

    IronicMode=on
    No Mercado Livre tem um kit que custa 100,00 que faz o carro andar só com 1 litro de água, tecnologia brasileira está muito mais avançada

  • Só não rola desenvolvimento e produção por ganância humana, escoria prefere a economia (exploração de combustível fóssil até esgotar) do que a preservação ao planeta.

    • DinhoRoxxx

      Isso é mentira se funcionasse já teria muito navio funcionando a água.

    • Matuska

      É fraude, um sistema desses violaria leis da física. Já foi testado e não funciona, porém de tempos em tempos surge um esperto tentando conseguir espaço na mídia para enganar leigos.

      • Simples troque petróleo por hidrogênio, no processo simplesmente sai somente agua do escapamento, já temos exemplo Toyota Mirai vendido no Japão.

        • Matuska

          O Toyota Mirai funciona de forma diferente, não há um veículo “movido a agua” como diz a empresa da notícia. Nesse caso O hidrogênio é extraído em outro local e o Mirai consome para mover o veículo. Esse tipo é chamado de Célula de Hidrogênio, diferente do desta noticia. O que estamos discutindo aqui é extrair o hidrogênio a partir da água, que é algo muito complicado pois consome muita energia. Esse tipo de sistema é totalmente inviável e fraudulento, pois a energia que é gasta para quebrar a molécula é maior que a energia conseguida a partir da queima do próprio hidrogênio extraído. Nesse caso, seria muito mais vantajoso usar essa energia para mover diretamente o carro, num motor elétrico, e não fazer a eletrólise para depois queimar o gás e liberar energia.

  • Leonardo Silvano

    Alguém lembra dos kits de hirdrogênio que prometiam consumo de 30 km/l?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email