Condução autônoma EUA Minivans Segurança Tecnologia Trânsito

Chrysler Pacifica autônoma do Google colide contra Honda nos EUA

waymo-acidente-1024x571

Após o atropelamento de uma ciclista, que ocasionou a sua morte nos EUA, o carro autônomo passou a ser visto com preocupação por parte do público e das autoridades americanas. O Uber – responsável pelo SUV de condução independente do motorista – suspendeu toda a frota de centenas de veículos robotizados para investigar as causas do acidente.


Agora, outro acidente relacionado com carro autônomo ocorre nos EUA. Desta vez a empresa envolvida é a Waymo, que é a divisão de automação veicular do Google. Como se sabe, a empresa utiliza diversos tipos de veículos em seus testes com a tecnologia que permitirá aos carros andarem de forma independente do ser humano, porém, o carro em questão, uma Chrysler Pacifica, colidiu contra um modelo supostamente da Honda, em Chandler, Arizona.

chrysler-pacifica-hybrid-google-4-1024x640

De acordo com a polícia local, o Chrysler Pacífica da Waymo estava em modo autônomo quando ocorreu acidente, mas preliminares indicam que ele pode não ter sido o culpado do evento. Um porta-voz das autoridades da cidade disse: “Estamos investigando uma pequena colisão envolvendo dois veículos, um dos quais é um veículo autônomo da Waymo”.


O comunicado continua: “Esta tarde, por volta do meio-dia, um veículo (“sedã Honda”) viajando para o leste pela Chandler Boulevard teve que desviar para evitar golpear um veículo viajando para o norte em Dr. Los Feliz”. A polícia da cidade americana parece indicar o culpado nesta continuação: “Quando o Honda desviou, o veículo continuou rumo ao leste para as pistas na direção oeste de Chandler Boulevard e atingiu o veículo da Waymo, que viajava em baixa velocidade e em modo autônomo”.

chrysler-pacifica-hybrid-google-3-1024x690

Pelo que foi informado, a princípio, não houve culpa do carro autônomo da Waymo, segundo a polícia de Chandler. As autoridades ainda informaram que um passageiro no banco de trás do Honda sofreu ferimentos leves. De acordo com a empresa de carros autônomos, sua tecnologia permite não só rodar com segurança, mas também evitar acidentes provocados por terceiros. Por ora, a divisão do Google não se manifestou sobre como a Chrysler Pacífica conseguiria evitar o choque com o outro carro. A cena após o ocorrido foi filmada por uma emissora de TV local.

A Waymo, assim como outras empresas do setor de tecnologia, vem aprimorando seus sistemas de condução autônoma para entrada em serviço comercial no ano 2020. O Uber quer ter uma frota de 24 mil unidades do Volvo XC90 totalmente autônomos. A Cruise Automation, que pertence à GM, quer começar com carros sem motorista já no próximo ano. Outras empresas como Mobileye e Tesla também buscam seu futuro espaço nesse novo mercado.

[Fonte: Jalopnik]

COMPARTILHAR:
  • Maycon Farias

    Entrei aqui só para ver os céticos dizer que isso não vai funcionar. Irão dizer que isso não é bom, e por um segundo irão esquecer os milhões de acidentes provocados pela direção manual.

    • Bruno Gomes

      E até então a culpa não está sob o veículo autônomo e sim na possibilidade de uma falha humana na condução do Honda. Assim como o Volvo do Uber que foi surpreendido pela ciclista.

      • Maycon Farias

        Sim sim. tenho plena consciência que a autonomia vai salvar muitas vidas no futuro próximo.

        • Luis Burro

          Na aviação e ferrovias não duvido!

        • daneloi

          Reforço o seu comentário. O transito será bem mais seguro do que hoje em dia.

      • Luis Burro

        Ele não foi surpreendido pelo ciclista,este tava numa distância bem razoável até.O sistema não detectou o ciclista,não ao menos a tempo de evitar a colisão.

        • RRodrigo Souza

          isso mesmo o sistema não detectou e o motorista também não, mas pela filmagem esta muito escuro também, o máximo que daria para fazer era tentar reduzir a velocidade mas acredito que mesmo assim ainda teria muita chance de impacto.

      • noticiasehumakaka

        não adianta defender uma maquina… afinal ela foi criada por um humano que não é perfeito então meu amigo… essa vc perdeu

      • th!nk.t4nk

        O Volvo do Uber no caso errou sim. O carro tinha visao livre das pista adiante, mas nao tomou atitude nenhuma. Disseram aí “ah mas tava escuro”. O sistema usa radar, nao precisa de luz. Foi falha no software mesmo, produto semi-acabado. Dito isso, a imensa maioria dos autônomos ainda causa bem menos acidentes que humanos ao volante.

    • BillyTheKid

      Milhões de acidentes e milhares de pessoas morrem todos os anos, ninguém se importa… Um carro autônomo bate em outro ou causa uma das pouquíssimas mortes do tipo, o povo todo enlouquece.

      Hoje de noite vou pegar a estrada. Possivelmente encontrarei motoristas bêbados voltando/indo pra balada, falando no celular, fazendo ultrapassagens forçadíssimas, etc. Mas após ler essa notícia fico grato de que não encontrarei nenhum carro autônomo. Imaginem que perigo eu correria!!!

      • RRodrigo Souza

        concordo plenamente com você hein, imagina nessa caso que o honda foi desviar de outro carro como informa na matéria e acabou indo em direção ao carro autônomo, neste caso nao tem o que fazer, ou pessoal acha que o carro autônomo iria travar as rodas não sei como e engatar a ré para tentar evitar o impacto, ou vai sai voando sei lá.

      • th!nk.t4nk

        Vira-e-mexe passo por autônomos (tanto na estrada, quanto na cidade). Sinceramente, andam de forma super tranquila e previsível, o que me faz ficar bem sossegado com esses carros por aí. Meu medo é com malucos e bêbados atrás do volante, isso sim.

    • Henrique

      Ta bom inteligente, quando tivermos milhões de carros autônomos, quero ver quem vai fazer menos asneira….. Máquina também erra , só que a diferença entre uma inteligência humana e artificial ainda e muito grande. e o poder de reação perante aos problemas da vida, ainda e melhor no homem que numa maquina !!!!!!!!

      • daneloi

        Discordo. A direção autônoma em um futuro próximo ira reagir muito mais rápido do que nós.
        A direção humana conta com variáveis muito mais críticas: A pessoa pode estar bêbada, sonolenta, pode ter imperícia ao volante, pode estar nervosa, pode ser muito idosa, muito distraída (Celular, conversas ou simplesmente não prestando atenção na pista) além do fato que a maioria das pessoas não tem treinamento para lidar com a direção em ocasiões de perigo.
        Em alguns anos me sentirei mais seguro em um carro autônomo do que com um motorista.

        • ADJR

          Concordo. Quer outro exemplo de que máquina erra menos? Os robôs nas linhas de montagem dos carros. Executam tarefas milhares de vezes de forma padronizada, sem falhas. A mão-de-obra humana jamais faria melhor.

          A evolução da qualidade (e da segurança) dos automóveis deve muito a este processo.

          Me lembro dos comentários de quando a VW instalou seus primeiros robôs para a fabricação do Gol bolinha: “- Agora a linha é à prova de derrotas do Corinthians!”.

        • Nicolas_RS

          Olha a comparação absurda…Sinceramente não sei o nome dessa situação, comparar duas coisas diferentes, pega uma coisa boa e a pior da outra…Se isso não é puxar corda pra um lado, não sei o que é!
          Esses carros autônomos são controlados por programas e programas pegam vírus e tem bugs! Quer comparar com um motorista bêbado? Então compare com um Bug ou Vírus! Coloque o pior e o melhor de ambos!
          Pode ter certeza! Quando carros autônomos forem populares, vai ter casos de carros hackeados causando acidentes e com certeza bugs!

          • daneloi

            Peraí amigo. Não é puxar corda não. Sou da área de T.I. e já trabalhei desde a área de desenvolvimento, passando por infraestrutura, projetos e especificação e integração de hardware.
            Vamos lá…eu disse “em alguns anos(…)”. Hoje não boto a mão no fogo por carro autônomo algum. Certamente bugs e tentativas de hackear
            os sistemas autônomos acompanharão essa nova realidade.
            Nickolas, você deixaria de pegar um vôo de avião por medo de bugs e falhas? São sistemas complexíssimos com inúmeras variáveis a serem analisadas também.
            Sempre os riscos são analisados e mitigados.
            Imagine se as fabricantes de automóveis não automatizassem as fábricas com medo de bugs e invasões?
            Estaríamos tendo carros com padrão de construção da Kombi. A linha de montagem dela em Anchieta pouco mudou em desde os anos 50. De longe era a menos eficiente e aonde mais ocorriam acidentes.
            Não é questão de “puxar corda” e sim de análise.
            Quando a tecnologia estiver madura, irá falhar menos que nós, fora que ela pode impedir a partida do carro se algum item crítico como por exemplo, os freios estejam a ponto de falhar por falta de manutenção.

            Abraços

            • Nicolas_RS

              Mas ai que está a diferença, aviões não são autônomos! Até onde sei, é impossível controlar o avião por meios de “fora do avião”, apenas ar-condicionado, canais de tv, nada sensível, igual a um carro com multimídia, se invadir um carro como um Fusion por exemplo, conseguirá controlar a tela, luzes, no máximo fazer o carro estacionar, mas não o carro em sí. Eu duvido muito que as empresas de carros sejam tão rigorosas quanto as medidas de segurança dos aviões.
              Olhe isso: https://g1.globo.com/carros/noticia/video-veja-como-e-o-furto-hacker-de-carro-sem-as-chaves.ghtml

    • Luis Burro

      Sim,mas este sistema está tentando substituir justamente pra diminuir as colisões e mortes,então não pode falhar!

      • Pedrob

        Inocencia sua pensar que as empresas estao financiando o desenvolvimento de conducao autonoma para melhorar a seguranca no transito. Elas estao fazendo isso para criar uma prestaçao de servico do mesmo tipo que o uber ja faz, mas sem ter que dar uma parte do dinheiro pro motorista, maximizando os lucros.

        • Luis Burro

          Automação requer um gasto demasiadamente desnecessário às montadoras.Qm está querendo isto acho q é mais os governos.É uma evolução natural querer cada vz mais segurança e como é muito mais difícil garantir q humanos diminuam as falhas,o jeito é apelar pra eletrônica.

          • Pedrob

            De forma alguma esse gasto é desnecessário. Isso é essencial para um futuro a medio prazo. A unica maneira das montadoras continuarem no mercado daqui a alguns anos é investir na condução autonoma. Uma empresa “acomodada” com o que ja faz hoje está sempre fadada à falencia. Existem diversas empresas investindo na tecnologia para “surfar” no inicio da onda e ganhar terreno. Do outro lado as montadoras entram com contrapartida, a fim de estarem aptas a fornecer os veiculos. Nao enxergo iniciativa publica com fins de melhoria de seguranca, apenas iniciativa privada com fina lucrativos. Mas, vale salientar, nao estou dizendo que o aumento de seguranca nao virá, muito pelo contrario.

            • Luis Burro

              Mas tbm ñ estou dizendo q elas não irão,porém acho q o interesse de colocar em prática ñ surgiu delas,
              qnto menos gastos melhor.

              • Pedrob

                O interesse de colocar em prática vaio de empresas privadas, para ter lucro. O governo geralmente entra mais na parte regulatória, de como e quando esses veículos estarão (ou ja estão) aptos a rodar na rua.

    • Franco da Silva

      Ainda em fase de desenvolvimento a direção autônoma já tem média mil vezes (e não é maneira de falar, é mil vezes mesmo) menor de acidentes que os humanos.
      Ao contrário do que muito acham, não existe só um carro do Google ou um da Uber rodando um pouquinho por aí. São grandes frotas que fazem grande quilometragem todos os dias.

  • Fabio Marquez

    Na verdade, mais uma vez o carro autônomo é vítima de um carro comum e mais uma vez uma matéria do NA vem demonizar o carro autônomo e choca um total de 0 pessoas.

    • daneloi

      Título totalmente tendencioso.

  • Lyn

    O titulo deveria ser o contrario então ne. Honda colide com veiculo autonomo da Google.

  • Ducar Carros

    Creio que o ciclo do carro autônomo será parecido com a aviação: de vez em quando ocorrerão acidentes, que, depois de investigadas as causas, aumentarão a segurança para evitar que ocorram outra vez.

    • RRodrigo Souza

      o que ta tendo de acidente de avião ultimamente hein. Acidentes no geral sempre vai ter mas será menor do que antes

  • alemaoce

    A manchete está vergonhosamente ERRADA!!

  • Erivelton Freitas

    Normal, a incompetência da Google nos softwares é de se admirar. O Android mesmo é a prova, sistema inseguro, hackeável com uma facilidade assustadora. Na PlayStore, 7 a cada 10 apps contém algum malware, e o sistema não é otimizado, uma vez que mesmo em telefones modernos, trava feito a mula. E olha que o Android é o OS móvel mais usado do mundo.

    No restante dos aparatos tecnológicos, a situação se repete. O Chrome OS não vingou no PC, e o Android não vingou com OS de Carros, apenas como ‘espelhamento de apps’.

    Estou torcendo mesmo para que a parceria da Microsoft com a Volvo nos traga uma verdadeira tecnologia de sistema autônomo com Cortana integrada e tudo o mais, porque seria desastroso ter que usar os péssimos e mal construídos serviços/sistemas da Google em mais uma gama do mercado.

    • Fabrício Sanches

      Quanta asneira……..

    • Cosi fan Tutti

      A Microsoft também não vingou seu sistema Windows Phone, se o Android tem apps demais e algumas são malware, o Windows phone já tem apps de menos, né. E todas tem defeitos, o que falar da tela azul que até meu Windows 10 está apresentando? Não existe empresa perfeita, mas demonizar a Google é demais, pra mim é uma das melhores em termos de tecnologia e inovações.

    • Louis

      Meu Android não trava, vai ver seu aparelho que é uma porcaria.

      • Erivelton Freitas

        Vai ver você tirou a dedução brilhante de que eu uso a porcaria desse sistema em meu telefone lá na Conxinchina, né?!

        Meu Telefone é um Lumia 730 com Windows 10 Mobile, que será trocado até o final do ano por um iPhone 6. Eu não cometo o erro de usar produtos do Google.

        Quem usa Android aqui é minha mãe (Moto G5) e meu Pai (Samsung Galaxy J5 Prime) e os dois engasgam e travam com frequência.

        • Russel Riehle

          Então…

          Deixa eu te dar logo um spoiler aqui sobre travamento no Iphone…

          • Cosi fan Tutti

            O kra fala mal do Android pra atingir a Google, mal sabe ele que o Android é baseado em Linux, só que todo sistema tem defeitos, ainda mais os mais populares, no caso, e ainda usa Windows Phone que foi um fracasso da Microsoft. Deve ser um piadista (além de ser esquerdista de Iphone, bom ainda não hehe….)

    • Nicolas_RS

      Não é de ficar surpreso, alguém bostejar tamanha asneira e que tem como avatar escrito “Ciro”.

      Procure no Youtube: “NOKIA 6 vs iPhone 7 Plus – Speed Test! (4K)” e “iPhone X vs Nokia 8 – Speed Test!”. Tenho um Nokia 6, simplesmente LISO que da pau no Iphone 7 Plus por apenas 1500 reais, o Android é vulnerável se ficar instalando APK’s por exemplo!

      E torcer para a MS é pura ignorância! Windows sim trava demais, coloque no youtube “Blue Screen Bill Gates”.

      Fique calado e poupe de passar vergonha!

      • Erivelton Freitas

        Considerando seu avatar de milico, será mesmo que vale a pena abrir a boca pra responder a um qualquer da internet que acha que sabe muito?! Deixe-me pensar um pouco: Não!

        • Nicolas_RS

          Isso mesmo, se ponha no seu lugar! Seria uma pena se o Iphone 7 Plus perdesse para um Nokia 6 com o “Travadroid”, imagina o seu futuro perdedor IPhone 6…

          E é claro que vai se colocar no seu lugar, não tem argumentos!

  • SK15

    Confio de olhos fechados nos carros autônomos … como disseram em mensagens anteriores máquinas erram … digo que humanos erros 1000x mais pode ter certeza.

  • Luis Burro

    Mas tbm,não sei como podem achar q da noite pro dia estaria funcionando perfeitamente!Ainda tem muita água pra rolar e vários sistemas a ser criados,integrados e testados,inclusive para as vias.

  • Luis Burro

    Deviam arrumar este título,pq como está sugere q a culpa foi do autônomo,mas foi o Honda q bateu nele.

  • Mayck Colares

    Qualquer um que ler a matéria toda vai entender que não foi culpa do carro autônomo. Essas tecnologias vieram pra ficar e tem que perder esse estigma de que não presta, temos é que dar apoio.

  • Paulo C

    Acho que o autônomo iria bem melhor se buzinasse sempre que identificasse situações de risco. 😂

  • marcosCAR

    Não foi culpa do autônomo, porém, não acredito que o sistema ficará disponível tão breve…

  • Elizangela Oliveira

    Que vergonha esse título!

  • ADJR

    O título da matéria induz ao pensamento de que o veículo autônomo causou o acidente. Mas o texto esclarece que foi ele a ser atingido pelo outro veículo conduzido pelo ‘humano”. Sensacionalismo desnecessário.

    E o que parecia um demérito aos autônomos tornou-se uma propaganda positiva a essa tecnologia.

  • luiz

    Esses acidentes são ótimos do ponto de vista científico pq são demonstrações práticas e 100% reais de como os acidentes acontecem, assim os softwares já conseguem boas bases pra evitá-los no futuro, quando a tecnologia autônoma estiver disponível pra todos

  • Russel Riehle

    Click bait…
    NA…. não precisa disso, cara…

  • Nicolas_RS

    Isso é uma lenda! Aviões precisam de seres humanos! Computadores apenas estão simplificando as coisas, é como um ESP, cambio automático, faróis automáticos e etc, mas precisam do ser humanos para decolar e pousar, e se o piloto quiser fazer m3rd4, faz sim!

    • daneloi

      Precisam de seres humanos sim mas os sistemas do avião diminuem muito a chance de um acidente

      • Nicolas_RS

        Sim, é como um assistente de faixa, mas se o piloto não tiver treinamento, preparo vai fazer m3rd4. Há uns anos atrás um piloto que por falta de experiência “pousou”, antes da pista com um 777, no caso ele pilotava aviões de categoria menor e não tinha experiência.

  • Gladston De Oliveira Reis

    Eu acho que os carros autônomos ainda precisam ser bastante aperfeiçoados, quando tudo for autônomo pode se esperar uma grande redução de acidentes nas estradas, mas enquanto tiver gente dirigindo vai ter acidentes.

    • RIP Brazil

      Ou hackers invadindo os sistemas.
      Oh, wait!…

  • Mauro Banqueiro

    Isso não vai prestar..,

  • O Honda em questão é um Civic Coupe modelo ’96 a ’00

  • Marcelo Nascimento

    Várias pessoas já disseram, mas é bom reforçar: por que colocar a manchete dizendo totalmente o oposto do que diz o texto?

  • JCosta

    É engraçado o uso constante do SUPOSTAMENTE nas matérias de blogs e da imprensa “main stream”…

  • Niko de Oliveira

    Bem tendenciosa a matéria, assim como a original em inglês. Desde o título pode-se até pensar em má-fé do redator. Por que não inverter a ordem, inclusive para ilustrar com mais precisão o fato “Honda conduzido por humano colide contra Chrysler Pacifica autônoma do Google”. Seria mais fiel aos fatos e justo com os leitores. Ao contrário do que aconteceu com o Uber/Volvo a ação ou omissão do carro do Waymo não teve nenhuma relação com o acidente causado por imprudência de um motorista que avançou o sinal vermelho e da inabilidade (natural do ser humano diga-se) de reagir a tempo e evitar a colisão.

  • Comentarista

    Desta vez o veículo autônomo não teve culpa nenhuma.. só teve o azar de estar lá no momento da colisão.
    É apenas o título do artigo que está fora do contexto para chamar a atenção.
    Conseguiu pelo menos.. rsrs

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email