Citroen Europa SUVs

Citroën C5 Aircross é lançado na Europa e já tem visto para o Brasil

Citroën C5 Aircross é lançado na Europa e já tem visto para o Brasil

O Citroën C5 Aircross é o mais recente SUV dedicado ao mercado europeu. Antes feito somente na China, o utilitário esportivo passa a ser produzido na França, de onde partirá para diversos mercados, alguns fora da Europa, entre eles o brasileiro. De porte médio, o modelo é construído sobre a plataforma modular EMP2 e tem porte semelhante ao do irmão Peugeot 3008, já oferecido por aqui em 2018.


Com estilo bem característico da Citroën, chamativo, mas não exagerado, o C5 Aircross europeu é exatamente igual ao chinês, atraindo a atenção pelos repetidores de direção em LED junto com as luzes diurnas igualmente com diodos emissores de luz. O conjunto fica numa moldura cromada com o duplo chevron na parte superior.

Citroën C5 Aircross é lançado na Europa e já tem visto para o Brasil

Logo abaixo, o Citroën C5 Aircross tem uma segunda moldura com grade e faróis duplos de LED. O para-choque tem molduras estilizadas em vermelho (também nas laterais) e faróis de neblina, enquanto as laterais contam com Airbumps na base das portas. Na traseira, grandes lanternas em LED com efeito 3D e teto solar panorâmico com barras longitudinais de estilo exclusivo. Nas portas, grandes frisos cromados e as colunas C apresentam acabamento em preto brilhante.


Por dentro, o ambiente conta com difusores de ar duplos, multimídia com tela grande e Google Android Auto, além do Apple Car Play. A alavanca de câmbio é elétrica e similar à do Peugeot 3008, mas o Citroën C5 Aircross conta com seletor de terreno Grip Control para condução no fora de estrada e cinco modos. O cluster é digital e tem grafismos que lembram o conjunto visto no C4 Lounge 2019. Já os bancos tem dupla tonalidade e abas bem acentuadas, enquanto o apoio de braço central tem tampa dupla como no 3008 e compartimento refrigerado.

Citroën C5 Aircross é lançado na Europa e já tem visto para o Brasil

Mas, apesar das semelhanças com o Peugeot 3008, o Citroën C5 Aircross difere em muitos outros aspectos. Medindo 4,50 m de comprimento, 1,84 m de largura, 1,67 m de altura e 2,73 m de entre-eixos, o SUV tem base mais longa e tamanho maior, entregando porta-malas com volume variável de 580 a 720 litros. Com cinco lugares, o utilitário esportivo chama atenção pelo pacote tecnológico Advanced Comfort.

Nele, o Citroën C5 Aircross é construído com revestimento acústico maior, a fim de reduzir mais o nível de ruído interno. Além disso, os bancos são fabricados com densidade diferenciada para moldar-se melhor aos corpos de motorista e passageiros. Mas, de todos, o destaque fica para a suspensão de batentes hidráulicos progressivos, que possui três estágios de amortecimento, criando um efeito absorvente e nivelador, que torna a condução em pisos irregulares muito suave.

Citroën C5 Aircross é lançado na Europa e já tem visto para o Brasil

Na Europa, o Citroën C5 Aircross tem sistema de monitoramento em 360 graus, controle de cruzeiro adaptativo, alerta de colisão, frenagem automática de emergência, detector de pedestres e ciclistas, leitor de placas de sinalização, alerta de faixas e tráfego lateral com correção, detector de fadigas, entre outros.

Na mecânica, motor Puretech Turbo com 1.2 litro e 130 cavalos ou 1.6 litro com 180 cavalos (THP atualizado), além dos diesel BlueHDi 1.5 e BlueHDi 2.0 com as mesmas potências, respectivamente. Em 2019, chega a versão plug-in com 300 cavalos e provavelmente tração nas quatro rodas. Aqui, o motor 1.6 THP de 165 cavalos deve ser usado. O câmbio é automático de 8 marchas, mas pode não ser usado no Brasil, onde se usa o de seis marchas.

Citroën C5 Aircross – Galeria de fotos

Citroën C5 Aircross é lançado na Europa e já tem visto para o Brasil
Este texto lhe foi útil??

  • Vitor Almeida

    se virá importado, vem com o motor THP atualizado e o mesmo cambio de 8 marchas né, qual o sentido de mudar a linha de produção do carro para uma unica configuração para o Brasil!

    • Gomes

      O sentido é que é caríssimo homologar powertrain, então melhor usar o que já está pronto, que de qualquer maneira já existe lá para montagem de 3008/5008

      • Jurandir Filho

        Mas se vier importado da França, vai montar o motor aqui??

    • daneloi

      Essa situação não é nova e já ocorreu várias vezes. No seat Ibiza 1.0 16v, o motor saia do Brasil, era montado no carro na espanha e então o veículo era enviado pro Brasil. O mesmo acontecia com o Fiat 500 1.4 fire flex. O powertrain era enviado ao Mexico e de lá voltava já integrado ao carro para o Brasil. O mesmo já aconteceu com o c4 Picasso de geração anterior. Então é bem provável que venha com o 1.6 thp sem atualizações e AT 6 mesmo

      • G E O

        Mas o Ibiza era feito na Argentina, não era?

        • daneloi

          Verdade cara. Inicialmente era importado da Espanha. Quanto ocorreu a reestilização no começo dos anos 2000 começou a vir da Argentina mesmo após a introdução do AT 1.0 16V. Falha minha mesmo, amigo.

          • G E O

            Hehe, imagina cara! Também fiquei na dúvida.

        • Fabiano Navas

          Mesmo da restilização (linha 2000), inicialmente, todos os Córdoba, Vario e Ibiza vinham da Espanha.
          Posteriormente, em 2001, passaram a mesclar a produção.
          Eu mesmo tive um Córdoba 1.6 Automático 2000/2001 e meu irmão tinha um Ibiza 1.0 16V 2000/2001 e ambos eram espanhóis!
          As Córdobas Varios continuaram espanholas, os Incas sempre foram somente argentinos, enquanto Ibiza e Córdoba existiam sim os dois (argentinos e espanhois), sendo os Cordobas automáticos somente espanhóis, bem como todos os 1.6 quando equipados com o pacote opcional de airbag duplo, ABS, som e rodas.
          Então o @daneloi:disqus está correto!

    • vicegag

      O THP de 165cv é o Bom Brill da PSA para os carros de luxo no Brasil.
      Nem precisa ler toda matéria, buscando qual motor, pois THP de 165cv é dogma no livro sagrado da PSA Brasil.

      • Rafael Lima

        Não entendo a reclamação com esse motor, ele é ótimo, econômico, robusto, tem boa performance. É só anseio pelo novo só por ser novo? Pq ele é amplamente usado na Europa, acho que deveriam trazer apenas o 1.2 THP e aposentar o 1.6 e ficar com o 1.2, 1.2 THP e 1.6 THP

        • Unknown

          Pode ser um ótimo motor, mas econômico não é! Pergunte aos donos de Citroen e Peugeot. O Puretech sim é muito econômico e deveria ser mais explorado!

          • Eric PB

            realmente nao é economico. 408 da minha patroa faz 7,5-8km na cidade. Não acho bom não… Agora o novo 3008 ouvi falar q faz quase 10. Sinceramente deve ser um milagre de atualização do software do câmbio ou algo assim. (cambio esse q acho bom de trocas).

            • Rafael Lima

              Um sedã médio faz isso mesmo 7,5~8, vi gente falando que faz 8 a 8 pouco quase 9, depende de como se dirige e do relevo também, o carro é muito pesado, quase 1,5 toneladas, esse câmbio é o atualizado, o que vem nos 1.6 aspirados da marca

          • Rafael Lima

            O C4 e 408 são bem pesados e mesmo assim andam muito bem, o consumo é maior pelo peso, quase 1,5T, não tem como serem econômicos, o 3008 que passa disso é mais econômico que o Compass

          • Gladston De Oliveira Reis

            Eu tenho um 3008 Griffe Pack, a 115 km/h o meu faz 15,8, na cidade faz 9.7. Não tenho nada a reclamar do motor, principalmente em um carro alto, pesado e com rodas 19 polegadas.

            • Unknown

              Menos do que 10 Km/l na cidade, com gasolina, já não pode ser considerado um bom consumo para um carro 1.6. Mas ainda assim estes dados devem ser do CB, duvido que seja um número factível.

              • Gladston De Oliveira Reis

                Quantas fotos você precisa amigo? me passa seu email que passo para você, além do mais não estou aqui pra defender marca e sim meu bolso, tinha uma Fiat Toro 1.8 e essa sim bebia igual um “jeep”. 5 na cidade e 9 na estrada rodado a 110 km/h.

    • daneloi

      Essa situação não é nova e já ocorreu várias vezes. No seat Ibiza 1.0 16v, o motor saia do Brasil, era montado no carro na espanha e então o veículo era enviado pro Brasil. O mesmo acontecia com o Fiat 500 1.4 fire flex. O powertrain era enviado ao Mexico e de lá voltava já integrado ao carro para o Brasil. O mesmo já aconteceu com o c4 Picasso de geração anterior. Então é bem provável que venha com o 1.6 thp sem atualizações e AT 6 mesmo

    • Dick Buck

      Me perguntava isso, mas depois de sair a notícia que a versão destinada ao México do Nissan X-Trail, fabricado nos EUA, foi péssimo no LatinNcap enquanto a versão para os americanos foi muito bem nos testes, não duvido de mais nada.

  • Duh

    Quem quer um mais classudo pega o 3008, quem quer um mais jovial e exótico vai o C5, ambos super lindos. Se pudesse ia no segundo, seu interior é incrível.

    • Jurandir Filho

      Já eu gosto mais do 3008, o volante pequeno desses novos Peugeot é viciante, tenho um 2008 e toda vez que vou dirigir outro carro, parece que estou no volante de um onibus

      • Fanjos

        E bacana mesmo, tem o tamanho próximo ao Volante do Logitech G27

    • Miguel

      Tá uma briga boa! Rs
      O 3008 tem um design espetacular que eu adoro, esse C5 tem o design exótico e um interior que é lindo também… tem que ver eles ao vivo e testar pra tirar a dúvida.

  • Itamar

    daqui a pouco chega um falando que a traseira é de X e frente de Y

    • Certamente enxergarão o Argo, pois tem um povo que acha que todo lançamento do planeta passou a ser inspirado no Argo. Depois dos geocentristas, agora é a vez dos Argocentristas.

      • Itamar

        hahahaha sim!

        Ah, mas essa traseira de Tiguan e essa frente de Kona

        • Rafaelprado

          Eu vi um “Q” de Toro nessa frente…

          • Rafael Lima

            O Conceito do C4 Cactus que iniciou essa linguagem da Citroen veio bem antes da Toro

          • Unknown

            Mas Toro começa com T… rsrs

    • Unknown

      Kkkkk, pode crer. Bando de idiotas!

  • Fanjos

    Esse THP da PU/Citroen é o novo Apzão

    • JOSE DO EGITO

      Acho que ó novo FAMILIA I da GM entra seculo sai seculo e continua o mesmo !

      • Filipo

        É verdade que a PSA utiliza o motor Prince (THP) em tudo que é veículo. Mas este não é ruim e nem antiquado. Pode não ser dos mais modernos, mas tampouco é defasado. E ao menos ela tem atualizado ele por lá.
        Se aplicarem a atualização por aqui, chegando em cerca de 190 cv com etanol, nesta versão, e melhorando o consumo, será muito bom. Só não podemos esperar da PSA o mesmo nível tecnológico de powertrain da VW, que tem mais dinheiro e “know-how”.
        O futuro é “turbo”!

        • Wagner Lopes

          Em termos de grana OK, a VW deve estar bem melhor que a PSA mas em termos de motor vai me desculpar mas esta não deve nada a VW pois vira e mexe ganha prêmio na Europa com a eficiência de seus motores.

          • th!nk.t4nk

            Ahm não exatamente. O THP 1.6 é hoje o lanterninha em eficiência em sua categoria na Europa. Ele é classificado como “C” em eficiência até no 308. Já o Puretech 1.2 sim é brilhante e bem atual. Fazendo um balanço geral a VW ainda tem sim motores mais atuais e interessantes. Passou da hora da PSA aposentar o THP, o motor nao é ruim mas já está muito desatualizado frente aos concorrentes sim.

            • Wagner Lopes

              Amigo, não estou entrando em questões de mercado pois a linha de produtos e mercado da VW é muito maior que a da PSA. Me refiro puramente a questão de ter ou não know how de se projetar um excepcional motor e isto a PSA não deve nada a VW, principalmente nos diesel.

              • th!nk.t4nk

                Sim, a PSA manda bem pra caramba nos diesel. E o THP ainda é bom, nao me entenda mal. Mas eu gostaria de ver a empresa explorando mais os novos Puretech no Brasil. Poderiam até vir com um mild-hybrid pra melhorar o torque nas saídas e obter uma autonomia excelente. Tomara que sigam um caminho assim, competência pra motor eles têm sem dúvida.

                • Wagner Lopes

                  PSA no Brasil é outra história pois o volume de vendas é muito baixo e não justifica qualquer investimento extra, nem mesmo a aprovação de um novo motor. A melhor estratégia a meu ver é continuar aplicando o atual THP em massa pelo menos os usuários ganham em peças de reposição e reparabilidade na rede de oficinas independentes.

            • Unknown

              Perfeito! Foi mais ou menos o que eu disse em um comentário anterior.

        • Paulo Santos

          Mas bebe muito

    • Rafael Lima

      Aqui no Brasil esse tipo de comentário nem tem sentido, esse THP é mais tecnológico que mais da metade dos motores que temos aqui, a PSA vai pro rumo da eletrificação, não tem sentido em investir em um motor turbo novo lá fora

      • Unknown

        Mas deveria substituir boa parte da gama pelo Puretech, este sim um motor econômico!

      • Vinicius Lima Santos

        Concordo. Agora que algumas montadoras estão começando a renovar os motores aqui no brasil. Mas é super comum ver VW com derivados de motores dos anos 90 (há pouco sendo substituidos pelos 3 cilindros). GM com o motor de Corsa repaginado.

    • Paulo Santos

      Highlander

  • REDDINGTON

    Achei estranho essa “boca” vermelha na frente e dos lados. Tirando isso, ficou muito bonito. Briga boa entre ele e o 3008.

  • EDU

    Uouuu que nave , Que maravilhoso , carro assim a Citroen nao vende no Brasil . Ai trazem ninguem compra .

    • Jurandir Filho

      Bem por aí…

  • Vattt

    Não curto nem um pouco essa coluna C pintada de preto que serviria para dar continuidade no visual, mas foi quebrada pelo filete cromado da porta que no fim só se transforma num elemento de gosto, e de mal gosto para mim.

    • Piston head

      Também reparei isso, mas o resto está muito bonito.

  • TG

    Muito bonito!

  • Faheina

    RT:
    E o painel monocromático como no C4 Lounge (a là kadett 1988)? tendo o espetáculo que o primo tem dentro de casa?
    a citroen não se ajuda

  • Alexandre

    Não gosto desse novo design da Citroen… Antes era requintada demais, agora parecem carros de brinquedo, falta sobriedade.

  • Zé Mundico

    Sei não…acho difícil a Citroen trazer essa nave para o Brasil . Simplesmente não vai ter tutano para garantir o pós-venda de um carro importado e com motorização diferente da matriz.

    • Rafael Lima

      A Peugeot vende todos os 3008 que vem pra ca e tem concessionárias com lista de espera, se trouxerem o C5 Aircross pode ser que faça o mesmo sucesso, pq ele é lindão

      • Unknown

        Nop!

  • Wagner Lopes

    Não me agrada nenhum um pouco essa nova identidade visual da Citroen. Prefiro o estilo dos Peugeot. Mas logicamente é estratégia de marketing do grupo para diferenciar as duas marcas.

  • Debraido

    Acho que os franceses estão começando a entender o mercado brasileiro.

  • Mauro Banqueiro

    O preço será importado também

  • Unknown

    Cluster que lembra o do C4 Lounge… Meu Deus, num carro desta categoria?

  • Erivelton Freitas

    Só vem, seu lindoso!

  • Paulo Santos

    É um “Cactão”.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email