Citroen Crossovers História

Citroën DS5: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)

Citroën DS5: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)
Citroën DS5

Se você já viu algum Citroën DS5 nas ruas, provavelmente já deu aquela virada de pescoço para observar as formas do carro. O modelo da marca francesa é exótico quando se trata de design, seguindo à risca o que manda a escola francesa. Ele se sobressai facilmente frente aos outros veículos e impressiona também pelo interior futurista e bem acabado.

Lançado no mercado brasileiro em dezembro de 2012, o DS5 já não é mais encontrado na rede de concessionárias da marca desde meados de 2017, bem como os outros modelos da linha DS (leia-se DS3 e DS5). Lá fora, o carro também já saiu de linha, visto que a DS Automobiles (agora uma marca de luxo da Citroën) agora tem como foco os crossovers e SUVs.


Ainda assim, o Citroën DS5 segue sendo um carro admirável e pode ser considerado uma boa compra no mercado de usados para quem busca por um veículo ousado e chamativo. Saiba agora tudo sobre o automóvel:

Citroën DS5: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)

Citroën DS5 – detalhes

O Citroën DS5 é aquele tipo de carro que você olha e não consegue definir com precisão se ele é um hatch, uma perua, um crossover ou um cupê. Na realidade, ele acaba sendo uma mistura de todos eles. E essa combinação acabou agradando muita gente e não dá para negar que o visual do carro é bastante ousado.

Tem gente que acha o DS5 extravagante demais. Mas também tem gente que acaba considerando o modelo premium da Citroën uma verdadeira obra prima, com visual ideal para se diferenciar dos demais carros no meio do trânsito.

A dianteira do carro tem formato bastante pontiagudo e elevado. O destaque fica por conta dos faróis espichados com filete de condução diurna em LED, que forma junção com os vidros laterais por meio de um grosso filete cromado que percorre toda a sua parte superior. Há ainda um capô com vincos marcantes, tomada de ar que destaca o duplo chevrón cromado da marca e para-choque proeminente, além de uma peça ao estilo bumerangue que abriga os faróis de neblina e os indicadores de direção.

As laterais do carro revelam uma silhueta diferenciada, com teto mais baixo e com caimento suave na parte traseira, ampla área envidraçada e linha de cintura bastante elevada. O carro exibe também um vinco marcante na parte superior das maçanetas, rodas de liga-leve de 18 polegadas com acabamento diamantado e um filete cromado na base das portas.

Por fim, a traseira conta com a coluna “D” marcada por um elemento em preto brilhante que faz a junção das janelas com o vidro traseiro. As lanternas também parecem ser inspiradas num bumerangue e contam com um vinco na parte inferior. Já o para-choque sustenta o suporte de placa e um detalhe preto que abriga as duas ponteiras de escape, que, curiosamente, são funcionais!

Pulando para o interior, o Citroën DS5 também não decepciona e dá continuidade à ousadia da escola francesa. O painel, apesar de contar com desenho um tanto quanto simples, chama a atenção pela enorme profusão de botões. De acordo com a marca, todo o conjunto foi inspirado num cockpit de avião. E, convenhamos, não é para menos…

O console central do painel é o ponto que mais se sobressai. Ele conta com as saídas de ar no topo, um relógio analógico na mesma extremidade, a central multimídia com tela sensível ao toque e seus comandos e também os botões do ar-condicionado automático digital de duas zonas.

Citroën DS5: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)

Logo abaixo há a alavanca do câmbio, outros comandos do sistema multimídia, o botão de acionamento do freio de estacionamento eletrônico e até mesmo os botões de comandos dos vidros elétricos das quatro portas, que deveriam estar nas portas – solução típica de carros franceses.

Essas soluções se repetem no console do teto, que concentra as luzes de cortesia e também os comandos do teto solar elétrico. O curioso é que ele conta com nada mais, nada menos que três tetos-solares! Na realidade há um para o motorista, um para o passageiro e outro para os ocupantes do banco traseiro. Todos eles podem ser abertos ou fechados individualmente.

O acabamento também chama a atenção, com direito a uma porção de couro na área do painel logo acima do painel de instrumentos, carpete forrando as laterais do console central, plástico emborrachado na parte superior do painel e das portas, entre outros.

Ele se sobressai ainda pelos equipamentos ofertados, como os bancos dianteiros com ajustes elétricos, memória e aquecimento, com opção de função massagem para o do motorista. Com a função massagem, o condutor recebe massagem nas costas por durante seis minutos.

Há ainda painel de instrumentos digital, head-up display com tela colorida, central multimídia com navegador GPS, sistema de som Arkamys com comandos no volante, opção de acabamento em couro Nappa, entre outros.

Vale ressaltar que o DS5 é construído a partir da plataforma do C5, um sedã de porte médio/grande oferecido pela Citroën entre os anos de 2009 e 2013. Ele, inclusive, saiu de cena um mês após a estreia do DS5, que passou a ocupar o posto de carro mais caro da Citroën por aqui.

Nas dimensões, são 4,53 metros de comprimento, 1,85 m de largura e 1,42 m de altura, com distância entre-eixos de 2,91 m. O porta-malas comporta até 468 litros de bagagens, podendo chegar a 1.288 litros com o banco traseiro rebatido. O peso do carro é de 1.480 kg vazio ou 1.998 kg bruto total.

Citroën DS5 – novidades

Lançamento no Brasil no fim de 2012

Na tentativa de oferecer carros premium no mercado brasileiro, a Citroën anunciou a chegada da linha DS em 2012. O primeiro a ser lançado por aqui foi o compacto DS3, oferecido inicialmente por R$ 79.900. Logo em seguida veio o “exótico” DS5, que começou a ser vendido no mês de dezembro do mesmo ano em versão única de acabamento por R$ 124.900.

O novo DS5 chegou como o topo de linha da submarca DS e ocupou o lugar do C5 dentro da linha da Citroën como o carro mais refinado e caro do catálogo. Na época, ele justificava seu preço elevado pelo visual ousado, acabamento sofisticado e boa lista de equipamentos.

A única versão do carro contava com motor 1.6 THP e câmbio automático, além de itens como ar-condicionado automático digital de duas zonas, chave presencial, partida por botão, bancos em couro, assentos dianteiros aquecidos, banco do motorista com ajustes elétricos e massagem, teto solar panorâmico, central multimídia com navegador GPS, rodas de 17 ou 18 polegadas, faróis bi xênon direcionais, entre outros.

Linha 2017 com visual renovado

Como mudança de meia-vida, o Citroën DS5 2017 foi anunciado em janeiro de 2016 com novidades por fora, por dentro e nos equipamentos. Ele fez a sua estreia nas versões Be Chic e So Chic, com preço inicial de R$ 137.990, ou R$ 14,5 mil mais caro que a linha anterior, podendo chegar a R$ 158.715 no modelo topo de linha, ou R$ 172.320 com todos os opcionais disponíveis.

Entre as novidades, o DS5 passou a ser um carro da própria marca DS e não mais um modelo de luxo da Citroën. Por isso, abandonou o duplo chevrón e adotou o “DS Wings” em letras garrafais. O carro ganhou ainda uma nova grade hexagonal com moldura cromada e novas rodas de 18 polegadas.

Por dentro, o carro adotou um novo revestimento marrom nos bancos e uma nova central multimídia, com tela sensível ao toque de sete polegadas, espelhamento de smartphones Android e iOS e navegador GPS. De resto, seguiu sem alterações.

Citroën DS5: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)

Vendas interrompidas no Brasil

No início de 2017, a Citroën suspendeu as vendas dos modelos DS3, DS4 e DS5 para promover uma reestruturação da linha DS no Brasil. Os carros passariam a ser vendidos em concessionárias exclusivas, seguindo o mesmo padrão empregado na Europa. Esse projeto tinha previsão para o segundo semestre do mesmo ano.

Contudo, na realidade, os carros da marca DS deixaram de ser vendidos de vez no Brasil. Inclusive, o DS5 já até deixou de ser produzido lá fora.

Logo depois, a Citroën prometeu lançar novos carros da DS, como é o caso do crossover DS7 Crossback. Porém, a promessa também não se concretizou – pelo menos por enquanto.

Fim da produção na Europa

Sim, o DS5 já não é mais produzido pela marca. Em junho de 2018, o grupo PSA anunciou o fim de linha dos modelos DS4 e DS5 na Europa. A intenção da marca daqui pra frente é focar em crossovers elétricos.

A marca DS vinha registrando queda nas vendas no mercado. Sendo assim, os crossovers e SUVs serão os pontos chave para dar um “up” nas vendas da empresa.

Citroën DS5 – versões

O Citroën DS5 foi comercializado no mercado brasileiro em duas versões de acabamento diferentes. Elas se diferenciam pela lista de equipamentos de conforto, tecnologia, visual e acabamento.

Confira abaixo as versões do DS5:

  • DS5 Be Chic 1.6 THP
  • DS5 So Chic 1.6 THP

Citroën DS5: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)

Citroën DS5 – equipamentos

DS5 Be Chic 1.6 THP

Segurança: equipado de série com airbags frontais (com dispositivo de desativação do airbag do passageiro), laterais dianteiros e de cortina, apoios de cabeça dianteiros com ajuste de altura e de inclinação, controle eletrônico de estabilidade, controle de tração, faróis bi xênon autodirecionais com lavador, faróis de neblina, lanternas de neblina, freio de estacionamento elétrico automático, assistente de partida em rampas, limitador e regulador de velocidade com velocidades pré-programadas, luzes de condução diurna em LED, retrovisores externos com repetidores de seta em LED e luz de acompanhamento, freios ABS com assistente de frenagem de emergência e distribuição eletrônica de frenagem, entre outros.

Conforto: conta com retrovisor interno eletrocrômico, retrovisores externos com ajustes elétricos e rebatimento elétrico, sensor de chuva, sensor de luminosidade, ar-condicionado automático digital de duas zonas com saídas de ar traseiras, câmera de ré com tela colorida, sensor de estacionamento traseiro, vidros elétricos com função “um toque” e antiesmagamento, direção eletro-hidráulica, volante com regulagem de altura e profundidade, apoio de braço dianteiro com porta-objetos refrigerado, apoio de braço central traseiro com acesso ao porta-malas, entre outros.

Tecnologia: traz sistema de navegação GPS eMyWay com mapa do Brasil e tela colorida, Bluetooth, central multimídia com especialização do som Arkamys e comandos no volante, entre outros.

Visual: tem dupla ponteira de escapamento integrada ao para-choque traseiro, detalhes vsuais cromados, interior com design tipo cockpit de avião, relógio exclusivo no centro do painel de bordo, soleiras de porta dianteiras e traseiras cromadas, vidros pigmentados, winglets traseiros para direcionar o fluxo aerodinâmico, rodas de liga-leve de 18 polegadas “Canaveral” pretas e diamantadas, entre outros.

Acabamento: ostenta bancos em tecido Armucara, volante revestido em couro plena flor com detalhes cromados, alavanca de câmbio com revestimento em couro, entre outros.

Como opcional, ele podia receber o Pack Conforto, que inclui bancos revestidos em couro, bancos dianteiros elétricos com aquecimento, regulagem de altura e de distância, tapetes dianteiros e traseiros, volante revestido em couro Nappa, destravamento das portas sem chave, partida do motor por botão, sensor de estacionamento traseiro, entre outros.

Citroën DS5: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)

DS5 So Chic 1.6 THP

Segurança: oferece os mesmos equipamentos do modelo Be Chic.

Conforto: agrega bancos dianteiros com ajustes elétricos e aquecimento, para-brisa acústico, sensor de estacionamento dianteiro, partida do motor por botão, destravamento das portas por chave presencial, entre outros.

Tecnologia: tem head-up display colorido e retrátil.

Visual: adota teto solar panorâmico tipo cockpit com três cortinas individuais elétricas.

Acabamento: ganha bancos revestidos em couro Sportlounge na cor preta, acabamento interno com peças de alumínio escovado “bouchonné” tipo aviação, entre outros.

Como opcional, tinha o Pack Club, com banco do motorista com memória, regulagem lombar e função massagem, bancos revestidos em couro Nappa ou semi-anilia com desenho exclusivo de pulseira de relógio, sistema de som HiFi by Denon com 10 alto-falantes, amplificador e subwoofer, entre outros.

Citroën DS5 – preços

O Citroën DS5 já não faz mais parte da linha de automóveis 0 km da marca francesa no mercado brasileiro. No entanto, é possível encontra-lo no mercado de seminovos.

Veja abaixo os preços do modelo:

  • DS5 Be Chic 1.6 THP: de R$ 86.659 (2015) a R$ 94.509 (2016)
  • DS5 So Chic 1.6 THP: de R$ 97.518 (2015) a R$ 105.695 (2016)

*Preços com base na Tabela Fipe em dezembro de 2018.

Citroën DS5: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)

Citroën DS5 – motor

O motor que equipa o DS5 é um velho conhecido dos consumidores de Citroën. Trata-se do 1.6 THP, dotado de turbocompressor, que foi projetado pela PSA Peugeot-Citroën em parceria com BMW. Ele é utilizado também em modelos como DS3, DS4, 208, 308, 408, 508, 3008, 5008 e RCZ, além do BMW Série 1 e dos MINI Cooper S.

Ele bebe somente gasolina e consegue desenvolver 165 cavalos de potência, a 6.000 rpm, e 24,5 kgfm de torque, a 1.400 rpm. Tal propulsor trabalha juntamente com uma transmissão automática Aisin de seis marchas, com conversor de torque, que oferece opção de trocas manuais pela alavanca.

Citroën DS5 – desempenho

Segundo dados informados pela Citroën, o DS5 é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos. Sua velocidade máxima é de 211 km/h.

Porém, ao contrário do que o motor turbo de 165 cv sugere, o DS5 não oferece um desempenho muito empolgante. Isso muito por conta do seu peso bastante elevado, de 1.480 kg vazio.

Devido a isso, o Citroën acaba entregando um desempenho apenas aceitável para o uso no dia a dia e em viagens. O automóvel oferece acelerações progressivas e sem aquela “puxada” característica de carros com apelo mais esportivo. Todavia, ele não decepciona em momentos de ultrapassagens e retomadas, já que o turbo garante um fôlego extra e entrega de torque imediata.

Um dos pontos fortes do DS5 é o silêncio do conjunto mecânico. O câmbio automático do carro garante uma faixa de rotação de 2.000 rpm a 100 km/h e 2.200 rpm a 110 km/h.

Citroën DS5: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)

No entanto, em rotações mais altas o ruído começa a invadir a cabine. O isolamento acústico do Citroën DS5 não é um dos mais eficientes, sobretudo nas rodas traseiras que carecem de uma vedação acústica melhor.

No mais, há um bom isolamento entre o motor e a cabine e as portas não apresentam aquele característico ruído aerodinâmico.

A respeito da estabilidade, o Citroën DS5 também se sobressai. Ele dá aquela impressão de estar sempre colado ao chão e consegue contornar as curvas com maestria.

Mas como nem tudo são flores, o DS5 peca bastante ao passar pelos buracos e ondulações das ruas do nosso País. A suspensão apresenta uma pancada seca em terrenos irregulares. Ou seja, caso você tenha a necessidade de trafegar por terrenos desse tipo, pense duas vezes antes de estacionar um DS5 na garagem.

Citroën DS5 – consumo

Consumo de combustível na cidade

  • 8,6 km/l com gasolina

Consumo de combustível na estrada

  • 12,2 km/l com gasolina

Citroën DS5: preço, consumo, versões, motor (e equipamentos)

Citroën DS5 – revisões

A Citroën disponibiliza uma tabela com preços de revisões tabelados para toda a linha DS. Afinal, os modelos DS3, DS4 e DS5 utilizam o mesmo conjunto mecânico.

Veja abaixo os preços das revisões do Citroën DS5:

  • Revisão de 10.000 km: R$ 652
  • Revisão de 20.000 km: R$ 1.004
  • Revisão de 30.000 km: R$ 928
  • Revisão de 40.000 km: R$ 1.052
  • Revisão de 50.000 km: R$ 1.052
  • Revisão de 60.000 km: R$ 1.460

Citroën DS5 – ficha técnica

Motor

1.6 THP

Tipo

Dianteiro, transversal e gasolina

Número de cilindros

4

Cilindrada em cm3

1.598

Válvulas

16

Taxa de compressão

10,5:1

Injeção eletrônica de combustível

Direta

Potência Máxima

165 cv a 6.000 rpm

Torque Máximo

24,5 kgfm a 1.400 rpm

Transmissão

Tipo

Automático de seis marchas com conversor de torque

Tração

Tipo

Dianteira

Freios

Tipo

Discos ventilados (dianteira e traseira)

Direção

Tipo

Eletro-hidráulica

Suspensão

Dianteira

Independente, McPherson, com mola helicoidal

Traseira

Eixo de torção, com mola helicoidal

Rodas e Pneus

Rodas

Liga-leve de 18 polegadas

Pneus

235/45 R18

Dimensões

Comprimento total (mm)

4.530

Largura (mm)

1.852

Altura (mm)

1.419

Distância entre os eixos (mm)

2.915

Capacidades

Capacidade de carga (kg)

610

Tanque (litros)

75

Peso vazio em ordem de marcha (kg)

1.905

Coeficiente de arrasto (Cx)

0,3

Citroën DS5 – fotos

Leonardo Andrade

Leonardo Andrade

Leonardo atua no segmento automotivo há quase nove anos. Tem experiência/formação em administração de empresas, marketing digital e inbound marketing. Já foi colaborador em mais de sete portais do Brasil. Fissurado por carros, em especial pelo mercado e por essa transformação que o mundo automotivo está vivendo.

                              Quem somos

                              O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

                              Notícias por email