Citroen Mercado Sedãs

Citroën promete três novos sedãs até 2021

Citroën promete três novos sedãs até 2021

A Citroën quer apostar novamente em sedãs. É isso o que promete Arnauld Belloni, diretor de marketing da marca parisiense, ao site inglês Autocar. O executivo disse que haverá três novos modelos de três volumes até 2021 e que o movimento é “único, mas não arriscado”.


O motivo é a onda crescente de SUVs que está dominando o mercado mundial e ir contra essa maré pode significar problemas para algumas marcas, mas isso não parece o caso da Citroën. Belloni ainda insinuou que os novos carros não compartilharão do atual design da empresa.

Belloni diz: “Acreditamos que ainda há lugar para o sedan”. Sobre o estilo e proposta, o chefe do marketing da Citroën comenta: “Quando você considera nossa promessa que todos os nossos carros terão opções híbridas elétricas ou plug-in do próximo ano e as mudanças de plataforma que trazem, considere as oportunidades que nos proporcionam inovar estilisticamente.”

Apesar disso, Arnauld Belloni promete que os novos sedãs terão o DNA da marca: “O que eu prometo a você é que esses carros serão compatíveis com a herança de inovação da Citroën. A ascensão do SUV não pode ser desfeita, mas isso nos dá espaço para reimaginar o propósito e a aparência do salão.”


Citroën promete três novos sedãs até 2021

O executivo, no entanto, disse que não haverá peruas de todos os tamanhos, pois, acredita que não haverá demanda suficiente para sedãs compactos, o que indica uma busca por modelos bem maiores. Sabe-se que a Citroën planeja um novo C6 e que o C5 é um produto quase que obrigatório na China, assim como o C4L.

Nesse último caso, a plataforma modular CMP contempla um sedã com medidas de médio, tendo até 4,59 m de comprimento e 2,65 m de entre eixos no projeto base, o que não significa segui-los fielmente, como já visto com o DS 3 Crossback.

Aqui na região, o C4 Lounge vem perdendo espaço no mercado junto com outros sedãs médios, mas ainda é um produto que traz boa imagem para a Citroën.

É aquilo, botar todos os ovos na mesma cesta (SUVs) pode ser arriscado, mesmo numa operação regional. Apostar no segmento de compactos? Seria uma saída, mas rumores dizem que o C-Elysée (e 301) não devem seguir adiante. Belloni indica a mesma direção.

[Fonte: Autocar]

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Jorge Osório Cortese Magalhães

    Que os sedans sobrevivam! E que a Citroën faça juz a seu histórico de design personalissimo!

    • th!nk.t4nk

      A Citroen vendia bem pra frotas empresariais antigamente. Esse público executivo é mais tradicional e prefere sedãs (além desse tipo de veículo consumir menos do que SUVs). Ou seja, tem mercado sim. Só precisa do produto certo, competitivo.

  • A Citroen sabe fazer belos sedãs. Espero que venha coisa boa!

    • Deadlock

      Se tivesse melhor qualidade seria uma fabricante para brigar com as grandes. Ao menos, parece que no pós-venda está melhorando. Hoje, gosto mais do design da Peugeot.

    • André

      Curiosamente, a Citroen não tem tradição com sedãs, ao contrario da Peugeot. Dos clássicos Citroen, nenhum era sedã, como DS, XM, CX, etc… Na Europa foram pouquissimos os sedãs da Citroen vendidos.

      • Matthew

        Acho que o único sedã que sobrou na linha Peugeot foi o 301. Transformaram o 508 num cupê de 5 portas. Na China tem um 308 sedã baseado na última geração do hatch europeu, mas até onde eu sei só é vendido lá.

      • LL

        Podia existir uma releitura do XM hibrido, um dos carros mais bonitos da história, na minha opinião.

        • Eduardo Zacchi

          Esse foi “o sedã”!!!

  • Cleidson

    Eu só queria ESP e mais airbags no C3.

    • Matthew

      Sai dessa, cara. Não se contente com tão pouco. C3 já tá mó cansado, precisamos de novidades, ainda mais no segmento de sedãs.

    • Eduardo Zacchi

      O C3 é um produto bom, mas infelizmente os franceses não atualizaram a versão nacional com a versão francesa, assim como a Peugeot fez com o 308, no qual o nosso, apesar de bom, é um “remendo” do finado 307…

  • Naylthon Souza

    Concordo plenamente com a Citroen, o mundo não vai viver só de Suv,s e pick-up,s , sedan sempre existiu, no Brasil o Ford Ecosport abriu caminho pros suv,s em 2003, aí agora que virou moda no mundo inteiro, mais acredito em sedan, sei que muitas montadoras ainda acredita no segmento, Toyota, Honda, Nissan estão vendendo bem seus sedan,s.
    A Ford e GM que estão tirando seus sedan,s de linha pra lançarem SUV, na Ford acho tiro no pé, tirar fiesta, Focus e Fusion de linha, pra colocar SUVs que ainda vai ser lançado em 2021, e a GM vai tirar o cruze de linha.

    • pedro rt

      la fora o impala e malibu tmb sairam de linha so quem ta em linha nos outros paises vizinhos do nosso e o aveo, beat notchback, sail… todos serao substituidos pelo novo onix sedan assim como as versoes mais caras do prisma aki

  • 🇭 🇺 🇬 🇴

    Como faz falta sedans da PSA aqui no Brasil.

    • Fabão Rocky

      O problema é que brasileiro tem preconceito c/ carro francês. Acho mto bonito os carros da Citroen como C3, C4 Lounge, linha DS e os da Peugeot como 208, 308, 408, etc. Mas brasileiro prefere comprar carroça como Mobi, Uno, Celta, e carros da Dacia.

  • Fabão Rocky

    Que ótima novidade! Enfim uma notícia de carro de verdade, q não seja suv!

  • Eduardo Borges

    Eu tenho um C4L PCD 2019. O carro é um espetáculo. Realmente não tem o que por de defeito. É um dos melhores carros que já tive. Muito confortável, espaçoso e ainda por cima é bem econômico mesmo tendo um excelente motor turbo THP.

    • Eduardo Zacchi

      É econômico justamente por ter o motor THP. Esse motor é muito bom, mas acho (e somente achos) que a PSA deveria ter algumas outras opções de motores mais fortes…

  • leitor

    Entre outras coisas, o sucesso das vendas tem a questão do preço como um dos pontos principais. Não adianta cobrar caro pelo luxo, os SUVs que tomam conta do mercado também têm luxo, não adianta competir sendo caros. Os sedãs são carros bonitos e desejados. Mas creio que ainda é mais por homens. E creio que mulheres se sentem mais adaptadas a SUVs e a Hatches, até a peruas, que homens também gostam.

  • Wagner Martins

    O mercado precisa de novas opções de sedãs e hatch. Sou contrário a onda SUV. Oferecem menos (esportividade, acabamento, comportamento dinâmico) pelo mesmo preço. Quem já comparou Focus e Ecosport, Tracker e Cruze, Hrv e Civic, sabe…

  • 1 Raul

    Citroen nunca mais!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email